rede ex aequo

Olá Visitante24.jun.2019, 09:59:06

Sondagem

A tua homo/bissexualidade é compatível com o teu emprego?

Sim é, pois ninguém sabe...
Sim é, e alguns colegas sabem
Sim é, e os meus patrões e colegas sabem
Nunca pensei nisso
Não, se eles soubessem..
Não, já fui despedido por isso

Autor Tópico: Homossexualidade e emprego!  (Lida 69526 vezes)

 
Homossexualidade e emprego!
#0

Offline goldis

  • **
  • Membro Júnior
  • Género: Masculino
  • Luta e vence!Sê feliz!!;)
Olá a tod@s: ;)

  Criei esta votação e este tópico, para vos pedir a vossa opinião e experiência pessoal, acerca da relação homossexualidade/emprego, pois no mercado de trabalho, há quem sofra só por ter asumido as suas opções, seja em que campo fôr...
 
         Assim apelo a vós, para a partilha das vossas experiências ou só para a vossa importante opinião...
 

                      Até lá, sejam felizes... ;) :-*
                                   Goldis
    " You are beautiful, no matter what they say...their words can´t bring you down..."

    Homossexualidade e emprego!
    #1

    Offline cacao

    • *****
    • Associad@ Honorári@
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
    • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
      • Mais sobre mim...
    Posso partilhar convosco  uma experiência que tive...

    No final de uma entrevista de trabalho foi-me preguntado se teria mais alguma coisa relevante que dizer. Disse-lhes:-Sim! Quero que saibam que sou homossexual.

    O entrevistador corou (talvez) porque não esperava. E preguntou em que medida considerava eu importante afirmar a minha orientação sexual no trabalho.

    Na verdade não acho que seja importante ou deixe de ser, cada caso é um caso. E naquele momento disse-o logo à partida porque é parte integrante da minha vida e não o penso ocultar.

    Fui selecionada e consegui o trabalho. Fiquei a pensar que mais tolerantes ou menos, tinha mesmo sido escolhida por aquilo que sou.
    .......................

    Ontem fui jantar com a minha namorada a um restaurante de comida indiana. À saida trouxeram-nos um papel para se quissessemos preencher sobre o que tinhamos achado da comida, do serviço, e através de quem ou com quem tinhamos ido ali. Respondi: Da minha namorada.

    Sei que com estas atitudes corro o risco de sofrer na pele consequências muito más. Mas tb vos posso dizer que só na semana passada fui chamada de F U F A pela primeira vez na minha vida ... feito o balanço que não escondo o que sou... é positivo. É bem mais negativo o facto de ser mulher! Sou bastantes vezes mais insultada e assediada.

    Fiquem bem!

    p.s. em relação á votação, votei «sim, embora o meu patrão e os meus colegas saibam». Mas na realidade não concordo com o «embora»...
      Another one will bite the dust...

      "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

      "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

      Homossexualidade e emprego!
      #2

      Offline bluejazz

      • *****
      • Associad@ Honorári@
      • Membro Vintage
      • Género: Feminino
        • Homofobia
      Responder
      No final de uma entrevista de trabalho foi-me preguntado se teria mais alguma coisa relevante que dizer. Disse-lhes:-Sim! Quero que saibam que sou homossexual.

      Cacao, o que fizeste foi muito positivo. Eu faria a mesma coisa. Quero que saibam quem sou desde o início, não me interessa ter de andar a esconder partes da minha vida, que ainda por cima são importantes. O stress advindo daí não vale a pena. E ganham também uma prova da minha honestidade.

      Eu não tenho experiência de emprego, mas tenho a experiência de ter-me assumido ao meu orientador de mestrado logo na primeira reunião que tivémos para nos conhecermos. Aliás nem lhe disse... ele perguntou-me que coisas fazia e contei-lhe dos projectos LGBT em que andava metida. E ele assumiu que eu era algo relacionado (por acaso bem). É uma pessoa muito querida. :) Só mais tarde comecei a assumir-me a amigas e colegas de mestrado (numa das vezes foi num seminário mesmo, porque vinha a propósito do que estavamos a falar!) e tive só sorrisos... :) O saldo até agora tem sido positivo. :up

      Goldis, concordo também com o comentário da Cacao sobre o "embora" na opção 3! Achei estranho! :) Foi engano ou propositado? :-X
        "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

        Homossexualidade e emprego!
        #3

        Offline Ines

        • ****
        • Membro Sénior
        • Género: Feminino
        • aprende a amar as tempestades, não fujas delas...
        :curtain  ;)

        Pah em breve espero poder partilhar convosco a minha experiência...apenas vos posso dizer k sou de opinião k n devemos usar máscaras....mas por vezes qd as tiramos sofremos na pele a dita discriminação  :'(
        Por isso o melhor é qd sentirmos segurança, avançar e mostrar k somos =s apenas temos outra forma de nos sentirmos... o amor é universal  ;) viva o amor  :heart :heart :heart ;)

        :curtain cacao  ;)

        Pois eu tb nunca sofri (ainda) qq tipo de atake verbal na rua ou outro local qq...mas tb ainda n provokei mto  ;D axo k fazes mto bem em n omitires os teus sentimentos, e é t bom qd nos aptece abraçar forte a nossa moça na rua  :D ;) Pah eu cada vez tenho mais dificuldade em n fazer o k sinto...afinal n estou a cometer qq tipo de crime...ou será k ser-mos felizes...amar-mos...é crime  ??? ::) hmmm sabe t bem sentirmos akela mãozinha coladinha na nossa  :D ;) aos poucos lá xegaremos...por isso vamos indo c passinho pekeninos e qd formos velhinhas vamos passear tod@s junt@s de mãos dadas...hmmm k tal  ??? ::) ;)




        :-* a tod@s  :up
          De todos os canto do mundo
          Amo com um amor mais forte e mais puro
          Aquela praia extasiada e nua,
          Onde me uni ao mar, ao vento e à lua.

          Homossexualidade e emprego!
          #4

          Offline M

          • ***
          • Membro Total
          • Género: Feminino
          • Let me be empty and I'll find some peace tonight.
          Eu escolhi o "Sim é, pois ninguém sabe...".

          Eu ainda sou estudante, mas apenas alguns dos meus colegas sabem que sou lésbica; os meus amigos + próximos (um deles é gay).

          Tive uma má experiência por causa de uns rumores que andaram a passar sobre mim e a minah sexualidade que foi, para além ed pessoas que eu não conehcia de lado nenhim fiassem simplesmente a olhar para mim como que a tentar encontrar algo que confirmasse os rumores, um tipo que não me conhecia de lado nehum fazer um comentário com outro a dizer deposi de ter feito um comentário daqueles que algumas pessoas fazem quanto têm um excesso de estupidez na cabeça sobre um a rapariga e depois disse que aquilo não se devia dizer à frente de raparigas... ams que ali também não estava nenhuma. >:(

          Isso irritou-me e magoou-me bastante, porque me apercebi o quão más as pessoas conseguem ser em relaçã oa pessoas que nem conheçem. O que vale é que o outro tipo com quem o idiota estava a falar me defendeu mesmo não me conheçendo muito bem dizendo ao outro que estava a ser mauzinho. E depois de termos alguns amigos em comum e de nos apresentarmos, por acaso sempre me tratou bastante bem.  :up

          Ao menos isso...

            Homossexualidade e emprego!
            #5

            Offline Hain

            • *****
            • Membro Elite
            • Género: Masculino
            • God help the outcasts
            Ólá, infelizmente não posso responder ao tópico, visto o meu único trabalho ser o da faculdade (mas, enfim, que grande trabalho que é  :inq)
            Sò queria salientar uma coisa:

            Responder
            Goldis: Criei esta votação e este tópico, para vos pedir a vossa opinião e experiência pessoal, acerca da relação homossexualidade/emprego, pois no mercado de trabalho, há quem sofra só por ter asumido as suas opções , seja em que campo fôr...


            Quais opções?  :)
              A life without passion would be a life barely worth living.

              Homossexualidade e emprego!
              #6

              Offline marazul

              • *
              • Novo Membro
              • Género: Feminino
              Olá!!! :curtain

              Confesso que também nunca me deparei c/ esse tipo de situação. Nunca me assumi para os meus colegas de faculdade no passado e sobre emprego tb ainda não posso falar. :book

              No entanto conversando com uma grande amiga psicóloga, fiquei com a certeza de que infelizmente nem todas as pessoas têm a mesma sorte que a Cacao. Contava-me essa minha amiga acerca de um rapaz que quando finalmente se assumiu no emprego, as reacções dos colegas foram tão más a nível de comentários muito pouco felizes que lhe eram dirigidos, que a pressão foi tão grande a pontos do rapaz de despedir da empresa.  :(

              Acho muito bom a pessoa assumir logo a sua preferência de início pois uma atitude de honestidade e de firmeza faz com que sejamos menos susceptíveis a alguns comentários. Por norma "goza-se"com quem não responde aos comentários e baixa a cabeça e não com quem responde à letra.  Mas nem todos temos a força/certeza/autoaceitação necessária para tomar uma atitude tão frontal na altura e que por vezes é mesmo a atitude mais acertada.

              É tb triste verificar k as piores injurias passam por pessoas que não conhecemos de lado nenhum e que qd nos conhecem até pensam que afinal somos todos iguais.

              MAS...tb acho que com o tempo e embora até possa ser dificíl, as coisas normalizam e os colegas começam a ver os homossexuais como aquilo que são...pessoas iguais a eles. É preciso dar tempo ao tempo e darmo-nos a conhecer. De certeza que depois tudo corre bem!!!! ;)

              Beijokas pa todos!!!  :up


                "Ruge, repreende, arrasa, desde que sempre o faças com as asas."

                Homossexualidade e emprego!
                #7

                Offline QueerCore

                • **
                • Membro Júnior
                • Género: Masculino
                • Vers une déconstruction de la norme
                  • O meu cantinho secreto de raios de sol azul
                Olás olás
                pois eu tb n posso responder na totalidade a este fórum.. a minha experiência como trabalhador.. enfim.. sou um dos não sei quantos mil no desemprego! ehe
                Trabalhei nos sensos.. não me assumi porque nem podia.. era aqui na freguesia e isso traria naturalmente grandes confusões cá em casa... Mas fui obrigado a ouvir piadas de certos recenseadores que foram a casa de pessoas em que havia transgenders.. e até uns que foram a casa de umas fuf**.. lá engoli em seco.. muito chocado pelo tratamento que estavam a dar  pessoas.. mas é curioso que acho que falavam mais por ser algo tão raro do que por acharem errado.. quase como se fossem animais em vias de extinção numa jaula que aqueles privilegiados poderam ver e até comunicar por breves instantes..
                Na fac em si (entenda-se licenciatura) nunca ninguém soube.. porque nem eu me assumia.. ainda estava na fase delirante de que não podia ser..
                No mestrado.. e mais especificamente no meu grupo de investigação... apesar de nunca o ter dito claramente à minha orientadora.. penso que ela saberá, sucedendo o mesmo com mais alguns profs que por lá páram. Por grande coincidência.. a minha orientadora apresentou-me a uma rapariga que eu já conhecia de vista e que agora também é do grupo de investigação.. por coincidência.. ela gosta de meninas! ehehe os 2 investigadores juniores têm gostos assim diferentes da maioria ;) A Ines numa incursão à minha fac já teve o privilégio de conhecer esta minha amiga de que gosto bastante..
                Bom.. mas acho que estou mais a falar de mim do que do post em questão..
                Para terminar deixem-me contar-vos a história meio triste de um amigo meu.. Ele trabalhava num banco.. e tentou passar por heterossexual.. mas receber chamadas do namorado.. e tentar trocar-lhe o género ao telefone... ser visto com algumas pessoas.. levou a que certo dia os queridos colegas que já estavam desconfiados lhe tirassem o telemóvel sem ele ver para lerem as suas sms.. e assim comprovaram.. e assim passou a ser insultado diariamente.. ele acabou por não suportar a tensão.. vai mudar agora de emprego.. o patrão sempre o defendeu e o apoiou.. mas mesmo assim ele não aguentou e vai agora mudar de emprego.. pergunto-vos a vós como já lhe perguntei a ele.. adiantará fugir? sei que ele não está bem.. mas vá ele para que emprego for terá sempre a possibilidade de voltar a acontecer o mesmo! Ainda mais porque ele agora tenciona fazer o esforço descomunal por esconder tudo mesmo.. Fugir e poder voltar a tropeçar na mesma pedra ou enfrentar o problema de mentalidades a muito custo e tentar mudá-las?
                Opinem.. porque eu não sei mesmo o que é melhor.. embora eu ache que eu enfrentaria o problema..
                besos
                  (...) nous sommes éduqués non seulement à l'homophobie, mais encore à l'hétérophilie, souvent l'héterémanie, parfois l'hétérolâtrie. - Jacques Fortin

                  Homossexualidade e emprego!
                  #8

                  Offline cacao

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                  • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                    • Mais sobre mim...
                  Queercore,

                  não era Satre que dizia que o inferno são os outros... pois no caso do teu amigo, o problema são os outros!!! Eu não tenho problema nenhum por ser homossexual, e se existe problema então está nos outros e não em mim.

                  Não acredito que a solução seja fugir e voltar a criar outra mentira no trabalho... acho que nessas situações só estamos a fugir de nós mesmos.

                  Um abraço!
                    Another one will bite the dust...

                    "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                    "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                    Homossexualidade e emprego!
                    #9

                    Offline Magia

                    • *****
                    • Membro Ultra
                    • Género: Feminino
                    • É preciso luz... senão a escuridão não descansa!
                      • A minha galeria
                    Ok... Já k ele fugiu e kom akeles kolegas não há mai nada a fazer... Eu fugiria, mas no próximo emprego não eskonderia, enfrentava-os, tipo:Alguém aki tem problemas kom o facto de k eu seja homossexual? Não? Ka bom, pk vamos ser iria colegas...  :devil E kaso os tenham, paciência, pk não vos tou pa aturar e não adiantam de nada as bokas, nem as vou ouvir...  :P
                      Podem fazer-me de tudo que eu perdoo, desde que não me mintam.

                      Homossexualidade e emprego!
                      #10

                      ana

                      • Visitante
                      Meus amigos.....
                      O mundo real é cruel.......
                      Tomem cuidado.....
                      Prefiro ter o meu "pequeno segredo" a ter que  viver com o inferno em  que os outros me poriam...
                      As pessoas em quem eu confio mesmo  sabem, agora os outros que não me dizem nada  o que me interessa?!
                      É muito arriscado pôr em causa a estabilidade profissional, simplesmente não dou azo a que os outros se metam na minha vida para além daquilo que lhes é permitido.
                      Se sou realizada pessoalmente com a relação afectiva que tenho, para que vou eu arriscar a minha realização profissional, agora que  as coisas andam a correr tão bem  a esse nível???
                      isto não significa que tenha pouco ou menos orgulho daquilo que sou.

                      Beijinhos a todos.

                        Homossexualidade e emprego!
                        #11

                        Offline M

                        • ***
                        • Membro Total
                        • Género: Feminino
                        • Let me be empty and I'll find some peace tonight.
                        Responder
                        Por norma "goza-se"com quem não responde aos comentários e baixa a cabeça e não com quem responde à letra.


                        Isto é verdade. Aquilo que algum ppl estava a começar querer fazer por causa dos tais rumores em relação a mim, reduziu-se a quase nada quando eu - sem dizer que era lésbica - começei a ser ainda mais directa do que o costume em relação  coisas e dizer sempre o que acho e, desculpem a expressão.. cag@r no que os outros dizem de mim e se fôr preciso manda-los ir dar uma curva.  :devil

                        De qualquer forma não acho relevante ter de se dizer se se é homossexual ou não. Não se vêm os heterossexuais a dizer 'eu sou heterossexual' por aí.  ;)
                        Embora realmente haja alturas em que tenho vontade de responder a alguns comentários idiotas que fazem em relação a ppl homossexual.  :inq Enfim...

                          Homossexualidade e emprego!
                          #12

                          Lara_croft

                          • Visitante
                          :curtain Olah! Pessoalmente, em relacao a este assunto, nao vejo mta necessidade d andar a badalar as minhas tendencias sexuais, pelo local d trabalho.
                          Axo k prefiro manter uma postura um bocado mais distante, ateh pk m parece k isso n vai ser nada mesmo relevante para o meu desempenho profissional.
                          Nao digo isso numa entrevista d emprego, tal como nao vou dizer k gosto d fazer nudismo  ou de trocas d casais... eh soh pk axo k n vale a pena. S as pessoas descobrirem d uma forma indirecta, tasse bem, mas tb n m parece mt correcto virem confrontar m com kestoes visto k vivemos numa sociedade livre e cd kual fax o k lhe apetece sem ter d dar satisfacoes aos outros.
                          O unico ponto positivo d contar ao resto do pessoal eh k podia sempre ter a sorte de haver mais raparigas a "simpatizar" cmg...  :wings os rapazes, esses parece-m k iam simpatizar d certeza!!  :devil
                          Perdoem-m esta visao mais http://www27.brinkster.com/doublebyte/h1.asp do "coming out".
                                   sempre...
                                              beijinhos :-****



                            Homossexualidade e emprego!
                            #13

                            Offline cacao

                            • *****
                            • Associad@ Honorári@
                            • Membro Vintage
                            • Género: Feminino
                            • "There´s no sin, but stupidity" Oscar Wilde
                              • Mais sobre mim...
                            Em relação ao «badalar» (discordo com o termo usado) a minha orientação sexual numa entrevista vi esse aspecto não como uma necessidade de auto-afirmação mas com o querer marcar aquilo que sou.

                            Fora e dentro da minha vida profissional ou académica sou sempre a mesma pessoa. E cada pessoa deve ser respeitada pelo que é.

                            Eu simplesmente escolhi a vertente de dizer na entrevista que era homossexual, outros escolherão outras. Mas penso sempre receber a minha namorada de braços abertos seja em que ocasião for. Por isso finco o pé e «badalo» que gosto dela. Tem algum mal isso?

                            Em relação aos heterossexuais que não andam por ai a dizer que o são... Perdoem-me mas são cada vez mais os que sabendo a minha orientação tem necessidade de me dizer a sua... pelo motivo que seja.

                            Fiquem bem!
                              Another one will bite the dust...

                              "Se não houvesse nem mar nem amor, ninguém escreveria livros." -  Duras

                              "A felicidade é o livre uso das nossas capacidades". - V. Woolf

                              Homossexualidade e emprego!
                              #14

                              Lara_croft

                              • Visitante
                              Hey Cacao: nao fikes xatiada!! Nao disse akela cena pra t ofender. Axo k deves fazer akilo k t fax sentir bem: mesmo k fosse desfilar com uma bandeira... tens d ser tu propria. somos apenas diferentes, ok? beijinhos :-****

                                Homossexualidade e emprego!
                                #15

                                Offline joão paulo (PG)

                                • ****
                                • Membro Sénior
                                • Género: Masculino
                                • Porquê o medo que os outros ajudem alguém?
                                  • PortugalGay.PT
                                Aqui vai mais uma experiência pessoal:
                                Responder
                                «trabalho num grupo de investigação na Universidade  :book . Como me dou bem com todos os meus colegas chegou a uma altura (mais propriamente quando um deles se casou) em que tive de me abrir quanto à minha orientação sexual  :curtain . Afinal, se todos levam namoradas (mesmo que de há 1 semana), pq não posso eu levar o meu companheiro com o qual vivo há uma data de tempo? Isso já foi há uns anos, e as reacções foram sempre positivas :up . Entretanto vão chegando novos elementos ao grupo e lá tenho, de vez em quando, de fazer as apresentações:  :´ Sabes... não é namorada... é namorado... etc... A verdade é que o facto de terem um colega assumidamente gay mudou as cabecinhas daquele grupo, muitos temas que nem lhes passavam pela cabeça (por exemplo, casamento para pessoas do mesmo sexo), hoje em dia parecem-lhes perfeitamente naturais. Se calhar essa é a maior vitória: mostrar neste grupinho (e, por consequência, aos amigos deles) que ser gay não é uma coisa que só acontece aos outros.»
                                [/i]

                                  Homossexualidade e emprego!
                                  #16

                                  Offline bluejazz

                                  • *****
                                  • Associad@ Honorári@
                                  • Membro Vintage
                                  • Género: Feminino
                                    • Homofobia
                                  Responder
                                  o patrão sempre o defendeu e o apoiou.. mas mesmo assim ele não aguentou e vai agora mudar de emprego.. pergunto-vos a vós como já lhe perguntei a ele.. adiantará fugir? sei que ele não está bem.. mas vá ele para que emprego for terá sempre a possibilidade de voltar a acontecer o mesmo! Ainda mais porque ele agora tenciona fazer o esforço descomunal por esconder tudo mesmo.. Fugir e poder voltar a tropeçar na mesma pedra ou enfrentar o problema de mentalidades a muito custo e tentar mudá-las?

                                  Queer, parece-me que ter "vergonha" e esconder é sempre a pior solução, porque se as outras pessoas se veem que tens vergonha de ti próprio é aí que começam a ter armas para te atacar, porque te veem inseguro, envergonhado do que és. Se pelo contrário uma pessoa for segura, sem vergonhas e não andar a esconder coisas é meio caminho andado para as pessoas ficarem desarmadas e mesmo que falem coisas por detrás, muitas deixam de ter coragem de te discriminar e se calhar até te admiram e/ou se aproximam de ti para te conhecer e/ou para falar de coisas suas. Esconder algo é um stress muito grande, acho que quase todos aqui sabemos disso. Acho preferível passar anos num emprego em que as pessoas saibam com o que podem contar e esperar à partida. Nalguns sítios (talvez muitos) não haverá problemas... e talvez haja a ilusão de algumas pessoas homo ou bi que basta sempre não falar, que ninguém tem de saber. É natural as pessoas quando trabalham juntas falarem da sua vida, especialmente das pessoas mais próximas... inventar ou mentir para não saberem cria um stress numa pessoa e uma barreira enorme entra ela e as outras pessoas. "Tens namorado?", "És casada?", Vives sozinha?", etc. Se mentes e inventas uma pessoa do sexo oposto, um dia possivelmente vão querer conhecê-la e se não conhecem, anos depois podem começar a dizer "como é que é possível que nunca o vimos?". Se mentes e dizes que não tens ninguém, alguém pode um dia encontrar-te na rua muitas vezes com a mesma pessoa do mesmo sexo e começar a somar 2 com 2. Isto são tudo possibilidades que não são totais, mas são sempre válidas. E... eventualmente, muitos dos colegas e/ou amigos irão desconfiar e se calhar começar a falar coisas. É uma questão de perdas e ganhos. Uma pessoa pode gostar muito de um emprego e não querer abandoná-lo, pode ser o único que conseguiu e precisa muito dele, mas acho boa "política" dizer as coisas nas claras desde o início. Deixam de ter armas contra nós. O amigo do Queer é um bom exemplo de que "baixar os olhos" é a pior solução por vezes. Se o esconder nesta experiência correu mal, acho que na próxima podia experimentar fazer algo diferente... ou seja, assumir-se do início e ver como as coisas correm. A balança para já na sua experiência pessoal tende a cair para o lado do "prejuízo" quando se pensa em esconder a orientação sexual a todo o custo.

                                  E isto não é uma questão de "badalar", é uma questão de serem vocês própri@s no que diz respeito à vossa orientação sexual, tal como a maioria dos heterossexuais o são no emprego. Mesmo que isso durante décadas passe por ser necessário dizê-lo explicitamente na entrevista ou já depois no emprego, porque as pessoas assumem sempre que és heterossexual. Desculpem se escrevo coisas que desagradam a algumas pessoas, se tento chamar a atenção a possibilidades que se calhar não são agradáveis... para as pessoas que nunca tiveram emprego (e devem ser muitas porque somos a maioria jovens a estudar), pensem realmente ao decidir esconder a vossa orientação a todo o custo, o que isso vai implicar na vossa vida no emprego e na vossa relação com os colegas e "chefe" (se houver), com que podem até eventualmente ficar amig@s. Enfim, como digo muitas vezes aqui... é só uma perspectiva.

                                  :-*
                                    "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                                    Homossexualidade e emprego!
                                    #17

                                    Lara_croft

                                    • Visitante
                                    "É natural as pessoas quando trabalham juntas falarem da sua vida, especialmente das pessoas mais próximas... inventar ou mentir para não saberem cria um stress numa pessoa e uma barreira enorme entra ela e as outras pessoas. "Tens namorado?", "És casada?", Vives sozinha?", etc. Se mentes e inventas uma pessoa do sexo oposto, um dia possivelmente vão querer conhecê-la e se não conhecem, anos depois podem começar a dizer "como é que é possível que nunca o vimos?". Se mentes e dizes que não tens ninguém, alguém pode um dia encontrar-te na rua muitas vezes com a mesma pessoa do mesmo sexo e começar a somar 2 com 2."

                                    Nesta parte n posso concordar ctg. Axo k tens sempre o direito d reservar a tua vida privada sem mentir, mm k sejas heterossexual e as pessoas, ker keiram ker nao teem d respeitar isso. S perderem a noçao dos seus limites, podes sempre xamar-lhes a atençao (de uma forma simpatica, claro ;-)) para s meterem na vida delas. Penso k neste aspecto os britanicos sao mais reservados e respeitadores do k nos os portugueses, k temos a mania d andar a cuskar a vida d toda a gente.
                                    D kk forma, axo k n s deve mentir e s realmente t virem na rua com a mm pessoa,  pensem lah o k kiserem. Podem sempre desconfiar, mas a kestao k devemos ter em mente eh...
                                      WHo f****** Cares? ;-)
                                                           beijos  :devil


                                      Homossexualidade e emprego!
                                      #18

                                      Offline bluejazz

                                      • *****
                                      • Associad@ Honorári@
                                      • Membro Vintage
                                      • Género: Feminino
                                        • Homofobia
                                      lol Apetece-me fazer uma citação... "No man is an island"... Nunca pensei que o fosse citar, mas enfim. ;)

                                      Cheers, Lara Croft!
                                        "I cannot be, as Bourdieu suggests, a fish in water that 'does not feel the weight of the water, and takes the world about itself for granted'" - Felly Simmonds

                                        Homossexualidade e emprego!
                                        #19

                                        Offline QueerCore

                                        • **
                                        • Membro Júnior
                                        • Género: Masculino
                                        • Vers une déconstruction de la norme
                                          • O meu cantinho secreto de raios de sol azul
                                        subscrevendo as palavras da blue e agudizando mais ainda o quadro.. devo dar-te os meus mais sinceros parabéns Lara se consegues conviver com os teus colegas de trabalho sem falar de nada de pessoal.. suponho que terás um trabalho bastante mecanizado e em que isso acontece.. na maioria dos casos, seja em trabalho, faculdade é impossível fazer isso.. até porque se não falas... se te calas e encobres deixa lá que há quem fale por ti e até invente.. foi assim que no fim do meu curso eu até tinha uma namorada, amava outra rapariga que por sua vez também me amava.. é confuso eu sei!
                                        beijos!
                                          (...) nous sommes éduqués non seulement à l'homophobie, mais encore à l'hétérophilie, souvent l'héterémanie, parfois l'hétérolâtrie. - Jacques Fortin

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          15 Respostas
                                          11835 Visualizações
                                          Última mensagem 15 de Fevereiro de 2018
                                          por _jorge_
                                          8 Respostas
                                          1969 Visualizações
                                          Última mensagem 5 de Novembro de 2013
                                          por Tiagooo
                                          3 Respostas
                                          815 Visualizações
                                          Última mensagem 24 de Outubro de 2013
                                          por theone111
                                          1 Respostas
                                          963 Visualizações
                                          Última mensagem 16 de Maio de 2018
                                          por Atomic
                                          0 Respostas
                                          1046 Visualizações
                                          Última mensagem 30 de Janeiro
                                          por sleepy_heart