rede ex aequo

Olá Visitante24.mai.2019, 18:27:03

Autor Tópico: Homofobia em Tecnologias de Informação  (Lida 5284 vezes)

 
Homofobia em Tecnologias de Informação
#0

Offline nevertoolatetobehappy

  • *****
  • Associad@ Honorári@
  • Membro Elite
  • Género: Masculino
  • Be yourself. Be happy. Be nice.
    • Tiny Ripple Hope
Boa tarde a tod@s,

No emprego, mas também na vida em geral, um mundo dominado por homens é por norma mais homofóbico para gays do que ambientes com mais mulheres.

Sou engenheiro de software e a minha experiência mostra-me, claramente, que no emprego, mas também na faculdade, existe em Engenharia Informática preconceitos para com gays e diria até uma demonstração de infantilidade nos comportamentos e atitudes (por exemplo, nas piadas constantes e de mau gosto).

Gostaria contudo de saber, de entre quem está na área de Tecnologias de Informação, qual a vossa experiência no que diz respeito a homofobia no emprego e/ou faculdade: pessoas a quem se assumiram e quais as consequências, relação com colegas e amigos, ambiente de trabalho, qual a vossa base de apoio, etc.

Abraços e beijos,
Tiago.
« Última modificação: 4 de Setembro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
    "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

    Homofobia em Tecnologias de Informação
    #1

    Offline Adónis

    • ****
    • Membro Sénior
    Ando a ler um livro que explica um pouco esses comportamentos, mas por outro lado é sabido que em ambientes muito masculinos como quartéis, seminários, colégios ou residências de rapazes ocorrem muitos casos de homossexualidade encoberta. Também por vezes entre amigos em ambientes masculinos gera-se uma espécie de tensão homoerótica velada que os intervenientes não admitem. Por outro lado as atitudes mais homofóbicas a que já assisti partiram de mulheres, portanto cuidado com as generalizações. 

    Não raras vezes piadas homofóbicas ou uma heterofilia exacerbada são mecanismos de defesa inconscientes para tentar esconder sentimentos homoafectivos e homoeróticos.
    « Última modificação: 5 de Setembro de 2013 por Adónis »

      Homofobia em Tecnologias de Informação
      #2

      Offline kenprt

      • ***
      • Membro Total
      • Género: Masculino
      Eu acho que os Nerds como estão fartos de serem gozados por serem nerds, geek,s monstros das caves, etc... descarregam essa frustração noutros grupos minoritários. Os Nerds são feitos para estar com máquinas, não para socializar. ahahah Não esperes muito deles. Altas expectativas, altas são as desilusões :D

      Um pouco de sabedoria e senso comum ahah

        Homofobia em Tecnologias de Informação
        #3

        Offline Adónis

        • ****
        • Membro Sénior
        Eu vivi numa residência universitária de rapazes, eles descobriram que eu não era hetero, um dia quando estava no duche entraram no meu quarto, leram as mensagens do meu telemóvel e deram com uns livros gays escondidos debaixo do guarda-roupa. Um deles, de Medicina, ocasionalmente lançava uns comentários desagradáveis na minha presença, outro afastou-se, era de uma aldeia do interior e tinha pouca «mundividência», mas tirando esses dois casos o resto das pessoas continuaram a tratar-me como antes e ainda hoje tenho lá grandes amigos. Um deles era de Engenharia. Na altura fiquei muito surpreendido pois eram pessoas que lançavam constantemente piadas homofóbicas e comentários «machistas», mas a reacção foi extraordinária e muito positiva.

          Homofobia em Tecnologias de Informação
          #4

          Offline nevertoolatetobehappy

          • *****
          • Associad@ Honorári@
          • Membro Elite
          • Género: Masculino
          • Be yourself. Be happy. Be nice.
            • Tiny Ripple Hope
          Eu acho que os Nerds como estão fartos de serem gozados por serem nerds, geek,s monstros das caves, etc... descarregam essa frustração noutros grupos minoritários. Os Nerds são feitos para estar com máquinas, não para socializar. ahahah Não esperes muito deles. Altas expectativas, altas são as desilusões :D

          Um pouco de sabedoria e senso comum ahah

          Eu não sou nerd nem geek... O que eu espero das outras pessoas é o mínimo de respeito pela dignidade de cada um, o que inclui não humilhar ou excluir só porque tens uma orientação sexual diferente, precisamente o que, às vezes, não vejo no dia-a-dia. Dizer na brincadeira que "tu gostas é de levar no c*", só porque sim, é ofensivo, desnecessário e infantil.
            "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

            Homofobia em Tecnologias de Informação
            #5

            Offline Adónis

            • ****
            • Membro Sénior
            Esse tipo de comentários que conferem uma forte carga pejorativa à homossexualidade estão fortemente entranhados na linguagem dos jovens portugueses. É triste mas já conheci rapazes de muitos países, já convivi com eles e este tipo de comportamentos e atitudes parecem-me muito típicos dos portugueses. Onde floresce muito a linguagem homofóbica entre rapazes é nas praxes.

              Homofobia em Tecnologias de Informação
              #6

              Offline nevertoolatetobehappy

              • *****
              • Associad@ Honorári@
              • Membro Elite
              • Género: Masculino
              • Be yourself. Be happy. Be nice.
                • Tiny Ripple Hope
              Esse tipo de comentários que conferem uma forte carga pejorativa à homossexualidade estão fortemente entranhados na linguagem dos jovens portugueses. É triste mas já conheci rapazes de muitos países, já convivi com eles e este tipo de comportamentos e atitudes parecem-me muito típicos dos portugueses. Onde floresce muito a linguagem homofóbica entre rapazes é nas praxes.

              Se há palavra que me vem à cabeça é mesmo "triste". Se as pessoas soubessem o que é estar do outro lado e ser "lapidado" por palavras, não faziam o que fazem... Nem todos são fortes. Falaste de praxes. Lembro-me como se fosse hoje que numa das primeiras praxes um dos doutores perguntou "Há aqui algum gay?". A piada era aquela... Enquanto esta pergunta for uma piada, ainda temos um longo caminho para percorrer no ensino superior. Felizmente, hoje em dia sou bem resolvido comigo mesmo, mais forte e maduro.
              « Última modificação: 5 de Setembro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
                "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                Homofobia em Tecnologias de Informação
                #7

                Offline Adónis

                • ****
                • Membro Sénior
                Mas é no Superior que se formam as futuras elites do país. E a praxe, lamentavelmente, tem uma forte cultura de homofobia e machismo que em nada dignifica aqueles que serão os líderes de amanhã. Ao longo de anos habituei-me a ouvir esses comentários homofóbiocos, mas por vezes a homofobia esconde uma homossexualidade encapotada. Houve um doutor que me fez vida negra e há um ou dois anos vi-o em fotos e vídeos de festas gay bear em Lisboa. Caí para o lado, ele era TÃO homofóbico.

                  Homofobia em Tecnologias de Informação
                  #8

                  Offline nevertoolatetobehappy

                  • *****
                  • Associad@ Honorári@
                  • Membro Elite
                  • Género: Masculino
                  • Be yourself. Be happy. Be nice.
                    • Tiny Ripple Hope
                  Mas é no Superior que se formam as futuras elites do país. E a praxe, lamentavelmente, tem uma forte cultura de homofobia e machismo que em nada dignifica aqueles que serão os líderes de amanhã. Ao longo de anos habituei-me a ouvir esses comentários homofóbiocos, mas por vezes a homofobia esconde uma homossexualidade encapotada. Houve um doutor que me fez vida negra e há um ou dois anos vi-o em fotos e vídeos de festas gay bear em Lisboa. Caí para o lado, ele era TÃO homofóbico.

                  Diria que se estão a formar elites de excelência... Aliás, basta ver que quem mais dignifica Portugal são, regra geral, os trabalhadores e não as elites, no qual incluo políticos e empresários. Quem emigra e é reconhecido, muitas vezes é quem cá dentro não conseguiu adaptar-se ao "sistema". Sinto um profunda desilusão ao saber que há homens completamente homofóbicos que na realidade são gays. Já foram feitos muitos estudos sociológicos sobre este tema, mas custa-me sempre a aceitar que exista quem opte por odiar o grupo minoritário do qual faz parte. Se calhar não teria sido má ideia teres perguntado a esse "doutor" se ele dorme bem à noite...

                  No entanto, a minha luta é outra, a minha luta é de inclusão.

                  "Darkness cannot drive out darkness; only light can do that. Hate cannot drive out hate; only love can do that." ~ Martin Luther King, Jr.
                  « Última modificação: 5 de Setembro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
                    "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                    Homofobia em Tecnologias de Informação
                    #9

                    Offline gravity

                    • ****
                    • Membro Sénior
                    • Género: Feminino
                      • Facebook
                    Então sou eu a vir dar um testemunho positivo.
                    Tanto no IST onde estudei Eng. Informática como no ISCTE onde continuo ligada às Tecnologias da Informação todos os meus amigos (e a maior parte das pessoas na verdade) sempre souberam da minha orientação sexual e chegaram a relacionar-se com namoradas minhas.
                    Não vejo que se possa então generalizar tal comportamento. Como em todas as áreas há gente ignorante e cruel e gente evoluída e simpática. Acho que é uma questão de nos dar-mos com as pessoas certas e de, mostrando com normalidade quem somos, ignorar comentários menos produtivos que, sem atenção, acabam por desaparecer.
                    Ah! E não penso que seja por ser rapariga porque tenho amigos gays em ambas as faculdades e conheço casos positivos.
                     :)

                      Homofobia em Tecnologias de Informação
                      #10

                      Offline nevertoolatetobehappy

                      • *****
                      • Associad@ Honorári@
                      • Membro Elite
                      • Género: Masculino
                      • Be yourself. Be happy. Be nice.
                        • Tiny Ripple Hope
                      Então sou eu a vir dar um testemunho positivo.
                      Tanto no IST onde estudei Eng. Informática como no ISCTE onde continuo ligada às Tecnologias da Informação todos os meus amigos (e a maior parte das pessoas na verdade) sempre souberam da minha orientação sexual e chegaram a relacionar-se com namoradas minhas.
                      Não vejo que se possa então generalizar tal comportamento. Como em todas as áreas há gente ignorante e cruel e gente evoluída e simpática. Acho que é uma questão de nos dar-mos com as pessoas certas e de, mostrando com normalidade quem somos, ignorar comentários menos produtivos que, sem atenção, acabam por desaparecer.
                      Ah! E não penso que seja por ser rapariga porque tenho amigos gays em ambas as faculdades e conheço casos positivos.
                       :)

                      Olá,

                      Obrigado pelo teu testemunho. É um testemunho importante pois dás esperança a quem não teve uma experiência de vida tão positiva.

                      Gostaria de clarificar dois pontos.

                      O primeiro é de que, ao contrário do que possa parecer, sou uma pessoa optimista e acredito que existem pessoas respeitadores, simpáticas e evoluídas.  Eu passei por uma fase de negação longa, solitária e sofrida, mas a minha atitude é de continuar a procurar por pessoas que serão influências positivas na minha vida, apesar de também ter consciência de que existem outras que me vão afastar e magoar. A única questão é a da que ainda não as conheci, pois verbalmente a grande maioria dos homens que conheço no meu emprego são homofóbicos, e como não sou assumido, não consigo saber se a partir do momento em que o fizesse as piadas dariam lugar a palavras de inclusão.

                      O segundo é de que não pretendo, e peço desculpa se o fiz, generalizar partindo da minha própria experiência pessoal e das pessoas que conheço. Criei este post para cada um deixar o seu testemunho, existindo assim uma base de experiências plural, que possivelmente dará confiança a quem não se assumiu de o fazer no emprego.

                      Falaste de um ponto-chave quando escreveste: "Acho que é uma questão de nos dar-mos com as pessoas certas e de, mostrando com normalidade quem somos, ignorar comentários menos produtivos que, sem atenção, acabam por desaparecer." É o que eu tenho tentado fazer, procurar quem me respeite e ignorar comentários homofóbicos. Eu sei que existem pessoas no emprego, como em qualquer outra parte, que promovem a união e não a exclusão - o desafio tem sido encontrará-las... Até agora, no emprego, nunca ouvi ninguém dizer um comentário positivo sobre LGBT...

                      Não sei se o mercado de trabalho é mais homofóbico do que a faculdade, que me parece ser o meio onde tu conheces mais amigos LGBT, mas são casos positivos com o teu e dos teus amig@s que me fazem acreditar num futuro em poderemos viver a nossa sexualidade em completa normalidade. É esse o futuro que eu sonho para todos nós.

                      Beijos,
                      Tiago.
                      « Última modificação: 5 de Setembro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
                        "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                        Homofobia em Tecnologias de Informação
                        #11

                        dre_o

                        • Visitante
                        Eu acho que os Nerds como estão fartos de serem gozados por serem nerds, geek,s monstros das caves, etc... descarregam essa frustração noutros grupos minoritários. Os Nerds são feitos para estar com máquinas, não para socializar. ahahah Não esperes muito deles. Altas expectativas, altas são as desilusões :D

                        Um pouco de sabedoria e senso comum ahah

                        Não consegui ignorar tal comentário...

                        Os nerds não podem ser pessoas normais?
                        Estamos num fórum onde não devia de haver descriminação de qualquer tipo de minoria.

                          Homofobia em Tecnologias de Informação
                          #12

                          Diotima

                          • Visitante
                          Para além de que os nerds nem são os principais responsáves. Ás vezes os insultos vêm das pessoas mais simpáticas que podem ser na net o que não podem ser na vida real: agressivos, brutos. Ás vezes são os mais adaptados que depois têm esse tipo de linguagem...

                            Homofobia em Tecnologias de Informação
                            #13

                            Offline Malayka

                            • ****
                            • Membro Sénior
                            • Género: Feminino
                              • Twitter
                            Homofobia em TI? Por favor. Eu estou a tirar LTIC na FCUL e não tenho problemas.  Se há homofobia na faculdade ou no emprego é algo geral, não especificamente numa área. Digo eu =/.
                              Esperando o melhor, preparada para o pior.

                              Homofobia em Tecnologias de Informação
                              #14

                              Offline rcpgonci

                              • *
                              • Novo Membro
                              Também ando nesta área na FCUL e não tenho razões de queixa com o pessoal da mesma área. Até pensei que fossem mais relaxados com o assunto. Já tive piores experiencias com pessoas de outros cursos

                                Homofobia em Tecnologias de Informação
                                #15

                                Offline Malayka

                                • ****
                                • Membro Sénior
                                • Género: Feminino
                                  • Twitter
                                Também ando nesta área na FCUL e não tenho razões de queixa com o pessoal da mesma área. Até pensei que fossem mais relaxados com o assunto. Já tive piores experiencias com pessoas de outros cursos

                                Também andas lá? ^^
                                  Esperando o melhor, preparada para o pior.

                                  Homofobia em Tecnologias de Informação
                                  #16

                                  Offline rcpgonci

                                  • *
                                  • Novo Membro
                                  Também ando nesta área na FCUL e não tenho razões de queixa com o pessoal da mesma área. Até pensei que fossem mais relaxados com o assunto. Já tive piores experiencias com pessoas de outros cursos

                                  Também andas lá? ^^

                                  Também ando no DI, mas não é em LTIC :)

                                    Homofobia em Tecnologias de Informação
                                    #17

                                    Offline nevertoolatetobehappy

                                    • *****
                                    • Associad@ Honorári@
                                    • Membro Elite
                                    • Género: Masculino
                                    • Be yourself. Be happy. Be nice.
                                      • Tiny Ripple Hope
                                    Fico feliz pela FCUL ser um exemplo de inclusão dos LGBT. Quem sabe se um dia não farei na FCUL uma pós-graduação. :)

                                    "Já tive piores experiencias com pessoas de outros cursos"
                                    Poderias partilhar connosco essas experiências?
                                    « Última modificação: 5 de Setembro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
                                      "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                                      Homofobia em Tecnologias de Informação
                                      #18

                                      Offline Adónis

                                      • ****
                                      • Membro Sénior
                                      Atenção, Lisboa não é um paraíso mas as atitudes e comportamentos perante a homossexualidade são distintas em relação à realidade no resto do país. O mesmo sucederá provavelmente no meio académico de Lisboa, segundo algumas informações que tenho Lisboa terá um meio académico mais aberto que o Porto, Braga ou Coimbra.

                                        Homofobia em Tecnologias de Informação
                                        #19

                                        Offline nevertoolatetobehappy

                                        • *****
                                        • Associad@ Honorári@
                                        • Membro Elite
                                        • Género: Masculino
                                        • Be yourself. Be happy. Be nice.
                                          • Tiny Ripple Hope
                                        Atenção, Lisboa não é um paraíso mas as atitudes e comportamentos perante a homossexualidade são distintas em relação à realidade no resto do país. O mesmo sucederá provavelmente no meio académico de Lisboa, segundo algumas informações que tenho Lisboa terá um meio académico mais aberto que o Porto, Braga ou Coimbra.

                                        Também penso o mesmo... Falando especificamente da minha experiência académica, na FEUP, não conheci em 5 anos de faculdade, um/uma amig@ assumidos, nem vi grande abertura para o fazer, nomeadamente nos meios maioritariamente masculinos.
                                        « Última modificação: 5 de Setembro de 2013 por nevertoolatetobehappy »
                                          "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

                                           

                                          Tópicos relacionados

                                            Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                          1 Respostas
                                          5852 Visualizações
                                          Última mensagem 7 de Setembro de 2009
                                          por mgeral
                                          3 Respostas
                                          1531 Visualizações
                                          Última mensagem 28 de Setembro de 2008
                                          por corema
                                          5 Respostas
                                          1876 Visualizações
                                          Última mensagem 5 de Julho de 2012
                                          por ivan919
                                          6 Respostas
                                          8424 Visualizações
                                          Última mensagem 15 de Setembro de 2018
                                          por Aschen
                                          1 Respostas
                                          234 Visualizações
                                          Última mensagem 22 de Janeiro
                                          por tomasbarao