rede ex aequo

Olá Visitante21.set.2019, 00:12:08

Autor Tópico: Festival RTP da Cançâo  (Lida 1277 vezes)

 
Festival RTP da Cançâo
#0

Qlark

  • Visitante
Caso nâo saibam, as cançôes que estâo a concorrer ao Festival RTP da Cançâo 2010 estâo no site da RTP e se quiserem podem votar na vossa cançâo preferida. Eu votei na Filipa Azevedo ("Há Dias Assim"), a vencedora do programa "Familia Superstar". A voz continua a ser soberba e a cançâo pode ser simples, mas possui uma melodia agradável.
Entre os concorrentes, encontram-se:

- Vanessa. Uma das grandes cantoras de Portugal, cujo talento único permanece ignorado.
- Dennisa. Uma cançâo mexida e divertida.
- Nuno e Fábia :P
- Catarina Pereira. Apesar de a Catarina Pereira ser uma das cantoras mais fortes, a sua cançâo, "Canta Para Mim" é uma cópia exacta da cançâo "La noche es para mi" da Soraya.
- Nucha [smiley=confuso.gif]

    Festival RTP da Cançâo
    #1

    Offline pedrosilvaesc

    • ***
    • Membro Total
    • Banido
    • Género: Masculino
      • Facebook
    Ao que tudo indicou quem estaria em primeiro lugar no televoto era a Catarina Pereira mas tudo mudava sempre que esta situação acontecia isto porque o Emanuel tem acesso aos resultados da votação, e sempre que a Catarina ficava em primeiro lugar 'misteriosamente' cai uma série de chamadas na canção da Suzy, afastando a Catarina da vitória. Ou seja, os votos foram manipulados e fraudulentos e com conhecimento da RTP, que até ao momento nada fez para corrigir o problema, e mesmo sabendo que são votos fraudulentos não procedeu ao anulamento. Até países como a Bielorrússia quando este tipo de situações aconteceram eles foram rígidos e procederam ao correto. RTP, na qualidade de telespectador quero que procedam a uma atitude. Numa declaração na sua página no facebook, o autor de “Mea Culpa”, Carlos Coelho, escreveu que irá solicitar “uma auditoria aos votos recebidos para total transparência de resultados”. Coelho confirma a autoria do “post”, reiterando que “este festival foi muito estranho em vários aspectos”. Sem papas na língua, o autor da canção classificada em 2.º lugar no Festival da Canção (FC2014), Carlos Coelho, acha “estranho” o resultado do concurso, que elevou para 1.º lugar a canção “Quero ser tua”, interpretada por Suzy, relegando para a 2.ª posição a sua canção “Mea Culpa”, na voz de Catarina Pereira. E explica porquê. “Acho estranho que na semifinal, onde era contado apenas um voto por telefone, a canção da Suzy tenha ficado em 5.º lugar, com metade dos votos da nossa canção, quando na final, onde o voto passou a ser ilimitado, já tenha ficado em 1.º lugar com mais do dobro dos votos da canção classificada em 2º lugar”. De acordo com Coelho, estes dados foram-lhe revelados por fonte da RTP, apesar dos mesmos não terem sido ainda publicados pela estação pública. Havendo dúvidas, “iremos contactar amanhã o nosso advogado no sentido de preparar um pedido de auditoria que, se provar que tudo foi transparente, ficaremos todos mais tranquilos, incluindo a RTP e a equipa vencedora”. Contudo, “se este foi o Festival da Central Telefónica, se saberá. Calma e serenamente, porque quem não deve, não teme”. Mas as dúvidas da equipa da canção “Mea Culpa” não se ficam por aqui. “Houve regras que só algumas canções cumpriram”, referiu Carlos Coelho, dando como exemplo: “Todos os compositores receberam um correio electrónico dando-nos conta que não seriam permitidos adereços em palco. Qual o nosso espanto quando a canção que acabou por sair vencedora utilizou diversos adereços desde o 1.º ensaio da semifinal”. Por outro lado, “espanta-nos também o facto do contrato com a RTP ser claro quanto ao facto de todos os direitos de edição e reprodução da canção pertencerem à RTP até ao festival Eurovisão, contudo, tivemos conhecimento na sexta-feira através dos media que a canção “Quero ser tua” será editada pela Sony já a partir de amanhã”. Por fim, Carlos Coelho questiona “porque é que a equipa da canção vencedora pôde substituir a canção que lhe fora atribuída no medley de homenagem a Calvário e Simone, por uma outra canção que nunca concorreu ao FC”. E isto já para não falar “nos vídeos do 1.º ensaio que foram proibidos pela RTP num email que todos recebemos, mas que na prática não foi cumprido nomeadamente pela equipa vencedora”. Vasco da Câmara Pereira informou, em nome da equipa da canção vencedora: “Estamos muito interessados que a RTP realize uma auditoria ao televoto do Festival da Canção. Incentivamos, até, uma entidade independente a realizar essa auditoria para que não restem dúvidas quanto à vitória da canção “Quero ser tua”, interpretada por Suzy”. Sobre outras acusações que têm sido publicadas nos media afirma que “a equipa de Suzy e Emanuel não comenta insinuações e especulações”. As lágrimas de emoção e alegria de Catarina Pereira, quando soube que estava no Top 2 do Festival da Canção (FC2014), logo se transformaram em lágrimas de tristeza. Afinal, uma vez mais, a vitória do concurso não lhe estava reservada. No final do festival, e passados os primeiros minutos de choque, Catarina Pereira não escondeu a sua tristeza. "Claro que estou um pouco triste... como é óbvio. Quando estamos perto do 1.º lugar é sempre frustrante... ainda por cima pela segunda vez". A cantora não deixou de agradecer à sua equipa, à família, amigos e todos aqueles que acreditaram na sua vitória. "Vivi uma semana de emoções tão fortes, foi tudo muito bom", recorda. "O meu facebook foi toda a semana invadido por mensagens, vídeos de apoio, partilhas de portugueses mas também de estrangeiros que acreditaram, tanto como eu, na nossa canção. É isso que me enche a alma!". No dia da final, e durante a actuação, "senti que a sala estava connosco e no fim, os aplausos, as pessoas em pé, as reacções... senti que o pessoal estava mesmo connosco! Quero que seja essa imagem a ficar na minha memória". Contudo, falando de resultados, e apesar de acreditar na vitória, "sempre tive medo que acontecesse o mesmo que em 2010... estar perto da vitória e depois... mas aconteceu". A questão que se impunha. "Regressar ao festival está nos seus planos?" A cantora teve a seguinte resposta: "É melhor não responder a essa pergunta hoje... hoje diria de certeza que não... não pelas pessoas que são fantásticas ... mas pelo sistema, que nunca parece perfeito".Uma experiência que, pensando um pouco, não gosta de pôr de parte. "O festival tem algo de mágico e estar neste palco é muito bom". Nos próximos dias, Catarina regressa a Londres, onde estuda, e onde pretende desenvolver uma carreira profissional. A nossa entrevista não terminou, sem antes a cantora desejar Boa sorte à vencedora do FC2014, Suzy. "Desejo-lhe tudo de bom! Ela não tem culpa nenhuma de eu não ter ganho!". f** GASTEI EU 25 EUROS A VOTAR NA CATARINA PEREIRA E NO FINAL GANHA A p*** DA SUZY?! Estou realmente expectante para ver como isto vai acabar, não me consigo conformar com os resultados e estas palavras do Carlos Coelho realmente me deixam a questioná-los ainda mais. Se se vier a confirmar legitimidade por parte da canção que foi vencedora, respeitarei com certeza, mas realmente acho difícil isso acontecer. Grande mas grande Coelho. Este nada tem a ver com o outro. Vai ser bonito vai. Afinal não foi só a votação que foi estranho neste festival. A sério que ficou em 5º lugar na semifinal. Quase que não passava. Quem não deve não teme!!!! Força Carlos e restante equipa, exigimos justiça e no mínimo clareza! Carlos Coelho, és um grande homem! Sou abertamente contra a ida da Suzy ao festival e se, de qualquer forma eles possam ser desqualificados, fico "contente". Politicamente falando, o que eles fizeram no televoto, só porque têm dinheiro (e não só), não se faz! Que se descubra a verdade. Primeira lição, a RTP nunca deveria ter acabado com a regra de só contar o último voto por número de telefone. Ahah! Era mesmo fixe se a canção da Suzy desclassificada. Ainda não percebem que Mea Culpa seria realmente a canção vencedora e que nos iria levar novamente à final da Eurovisão com um excelente resultado no TOP10. Esta qualidade das musicas na eurovisão são mesmo fracas. Se realmente a música vencedora ficou em 5º lugar na semi-final...temos aqui caso!!! E não é azia! É lutar por direitos iguais e de forma justa e equilibrada, sem corrupção! Há problema em apurar a verdade? Quem não deve não teme!! Levanta realmente algumas questões interessantes. Este não foi o festival da música foi o festival dos interesses, do dinheiro, da corrupção, da fraude, etc...FORÇA! O Dinheiro não pode comprar a vontade dos portugueses! Muito mau gozar com todas as pessoas (como eu) que votaram, deviam ser indemnizadas! A Carla Ribeiro já fez questão de deixar a dica, e o Rui Andrade apoia a opinião do Carlos Coelho em representação do Paelinck xD! Pois é as "coisas estranhas" que aconteceram antes, durante e depois do festival da canção também não conhecem limites. Ganhem juízo e metam a mão na consciência. É o NOSSO DINHEIRO a ser desperdiçado em fantochadas. Se a RTP queria "a equipa Emanuel" a representar Portugal, porque é que produziu o Festival da Canção?! Mais valia uma selecção interna e assim ninguém enganava ninguém. ABRAM OS OLHOS. Força Carlos acho muitíssimo bem que se faça justiça. É só chupistas!!! Isto a que é honestidade. QUEM NÃO DEVE NÃO TEME. Não se trata de azia, conforme alguns vão aqui dizendo, pois quem trabalha com profissionalismo e dedicação não gosta que haja dois pesos e duas medidas para outros concorrentes. A RTP que mostre as coisas como são e que prove que o dinheiro que os portugueses gastaram não foi em vão e manipulado por alguém que tem mais dinheiro que todos juntos que exerceram uns trocos naquilo que acreditam. Eu como português sinto-me roubado e sou apoiante da Catarina. Gastei dinheiro e senti desde logo que haveria falta de transparência nestas votações. AUDITORIA SIM e as regras devem ser iguais para todos. Se algum quebrou é desclassificado e acabou. Não quero que me roubem mais EUROS nesta trampa de votações. Parece que os amigos do Emanuel que durante a semana ganharam algumas tendinites a telefonar em massa para a RTP chegaram ao ESC Portugal e alegam que o compositor da música que deveria ter sido vencedora ("Mea Culpa") está com azia. Isto é impressionante. Se ficar azia significa que há um sentimento de injustiça e revolta por se ter a certeza da existência de irregularidades no processo de votação então posso dizer que a maioria dos portugueses que votou sente azia. Comecem a ouvir boa música que bem precisam e é por causa das vossas mentalidades que somos vistos lá fora como os campónios da Europa. Parece que os amigos do Emanuel que durante a semana ganharam algumas tendinites a telefonar em massa para a rtp chegaram ao ESC Portugal e alegam que o compositor da música que deveria ter sido vencedora ("Mea Culpa") está com azia. Isto é impressionante. Se ficar azia significa que há um sentimento de injustiça e revolta por se ter a certeza da existência de irregularidades no processo de votação então posso dizer que a maioria dos portugueses que votou sente azia. Comecem a ouvir boa música que bem precisam e é por causa das vossas mentalidades que somos vistos lá fora como os campónios da Europa. Vamos a isto, vamos exigir a verdade até ao final e revelar o que realmente se passou numa noite de parca clarividência! Seja feita justiça! E não só este autor devia estar revoltado, perante os detalhes, todos os outros deveriam estar. Juntem-se! Estamos convosco! Que pouca vergonha. Haja transparência! Catarina, não vás já para Londres. Espera um bocadinho! Se para além da m**** que se anda a passar inclusive estavam PROIBIDOS de usar ADEREÇOS e a canção "vencedora" usou tem obviamente de ser DESCLASSIFICADA! Até doí ver o lugar que ficamos e os comentários nos top's feitos por pessoal de outros países!: «shame on you Portugal!». Há tantos dados obscuros neste processo, e a ideia de que o Emanuel iria comprar os votos esteve sempre tão clarividente para todos (muito antes sequer da semi-final), que fico satisfeito que haja alguém que queira averiguar a situação. Nem se trata de azia, é uma questão de clareza. E a RTP, pelos vistos, precisa de ser abanada, não pode simplesmente lavar as suas mãos e fechar os olhos. Dar-se ao respeito e respeitar os compositores que convida. Queremos a verdade! Nada mais! Azia têm os apoiantes da Suzy! Nota-se a anos luz o apoio dos portugueses à Catarina Pereira! E isso, sim, deve dar azia ao Emanuel! Ele já eliminou 300 mensagens que deixei no Facebook dele e agora já nem se pode deixar lá mensagens! Apure-se a verdade para se saber o que realmente se passou. Temos esse direito porque todos nós pagamos uma taxa para a RTP que nos é debitada na conta da electricidade. Acrescento que não estou de acordo como foi efectuada a votação, era justo e correto um voto por cada número de telefone, tal como na semi-final. Finalmente acrescento que na minha opinião e de mais algumas pessoas que eu conheço a canção "MEA CULPA" era a justa vencedora e a que melhor representaria Portugal no Festival da Eurovisão. Alguém que tenha tomates, bem diz a Carla Ribeiro. Mas ainda há dúvidas de que o resultado não corresponde à vontade popular? Seria bom que o processo fosse célere, para eventualmente se repor a justiça atempadamente - entenda-se, antes da Eurovisão. Força Catarina!!! Emanuel estás tramado....Como compositor tenho algo a dizer...Abaixo o tema ''Quero ser tua'' desse compositor, cantor, músico, pouco elegante...Que fala muito mas sabe pouco. Se não existissem regulamentos, ainda se compreendia...Mas pronto, a RTP necessita estes filmes para catapultar mais um sucesso de música portuguesa decadente. Temos pena que a SIC e TVI tenham mais share e depois venha uma roubalheira deste género, afectar toda a moralidade musical... Típico das Televisões e toda uma cornucópia de gente desde cabeleireiros até designers de moda, que necessitam destes dinheiros a fundo perdido (algum do nosso bolso claro), associado a uma compra desnecessária da Sony que não faz qualquer sentido. O Emanuel, seja mais reflectivo e menos agressivo aquando as suas palavras face a perguntas simples...Mais de metade da plateia saiu descontente do festival da canção e o Emanuel diz que é um profissional e só compõe músicas de sucesso? A tua não cabe nem num buraquinho de uma formiga, que até uma criança toca num instrumento, com 6 ou 7 anos, com boa aprendizagem... 12 milhões de visualizações no youtube? O Emanuel encaixa-se no perfil da Eurovisão? Acha-se? Enfim, são perguntas óbvias a fazer em frente a bons profissionais que se enchem de orgulho que fazem boa música, vendendo trabalhos discográficos a bons ouvidos. Para a próxima é necessário aprender que se já aprendeu algo com o seu passado, já deveria ter ficado bem claro nessa cabeça que existe algo para além de fazer dinheiro com a música. Ser um BOM PROFISSIONAL, para além de não manchar a música com 3 ou 4 palavras num refrão! Se a canção vencedora não respeitou as regras devia ser eliminada, e já agora durante a semana do Carnaval Suzy e Emanuel foram há SIC para buscar votos de certeza...RTP Deixem-se de ser burros desqualifiquem essa canção de treta! Se provar que houve falcatruas então a RTP tem de tomar uma posição e apresentar 'contas', pois isto é muito mau para a própria estação e para a nossa credibilidade, se se provar que não foi tudo como deveria ter sido como serão os próximos festivais da canção? Ficarão sempre debaixo de suspeitas e um festival com tanta história, tanta tradição não merece que agora ao fim de precisamente 50 anos alguém que sendo famoso ou não venha manchar o bom nome da competição só porque queria ganhar. Espero que isto vá mesmo para a frente, mais do que eleger a Catarina, o Rui ou outro qualquer é importante que se 'proteja' o festival da canção e toda a sua credibilidade. Está a intrigar-me é o facto da RTP estar a demorar muito tempo em divulgar os resultados! A Suzy deve ser desqualificada! A canção até é gozada na TVI!

      Festival RTP da Cançâo
      #2

      Offline pedrosilvaesc

      • ***
      • Membro Total
      • Banido
      • Género: Masculino
        • Facebook
      Não importa procurar definir o que é porque, para cada um de nós, a Música é sempre alguma coisa. Mesmo em povos para os quais não existe a palavra Música, e são muitos, esta ocupa um lugar indissociável nos cinco continentes. A Música estrutura muitos dos rituais comunitários, permite a comunicação entre cristãos e muçulmanos, africanos e americanos, profissionais e amadores, crianças e avós. Atravessa todo o sistema educativo. Porquê educar pela e com a Música? Platão, muito antes de qualquer técnica de marketing ou investigação musicoterapêutica, respondeu de forma simples: Porque a Música penetra mais fundo na alma humana! Os nossos corações estão cada vez mais palpitantes e mais rápidos a cada dia que passa, a ansiedade para o Eurovisão é muito grande, os nossos corações batem mais forte toda vez que a nossa canção favorita se apresenta. É aquele friozinho na barriga! Para quem é fã da Eurovisão, não é necessário explicar a grande excitação que se cria em volta da competição. Tudo misturado num ambiente de grande euforia que se cria todos os anos. A Eurovisão é inseparável da sua essência LGBT e pela qual pode ser considerada um dos maiores eventos LGBT, se não oficialmente, praticamente. Repete-se a festa, a música, a alegria, a magia, o convívio e o espírito unificador deste inesquecível e acolhedor festival onde todas e todos são sempre bem-vindos todos os anos! Para os grandes adeptos, há Eurovisão o ano inteiro. Organizam-se grandes eventos, debates, sabem tudo o que há para saber sobre o tema, e até já decidiram quem deve ganhar para o ano, etc...A Eurovisão é uma forma de diversificar a oferta televisiva. Pelo menos, uma vez por ano, sabemos que irá para o ar algo que foge aos programas convencionais: os telejornais, que dia após dia, só nos dão más noticias; as telenovelas, que apesar de, por vezes, serem baseadas em factos reais, tão depressa são interessantes como enrolam o enredo de tal forma que, se perdermos 3 ou 4 episódios, dá a sensação que está tudo na mesma; os programas de entretenimento, que começam a perder audiências e são pouco educativos; os programas humorísticos, que muitas vezes nem fazem os telespectadores esquecerem, por momentos, as desavenças da vida. Ora, a Eurovisão tem um carácter transversal: é adequado para toda a família, oferece-nos um espectáculo que nos faz sair do nosso mundo e entrar num mundo mágico, podemos aprender muitas coisas sobre o país anfitrião e os países participantes, novas línguas, novas culturas, nova musicalidade. Posso dizer que conheço poucos ou nenhum programa tão completo como o ESC. É tão multifacetado que é uma pena que só se realize uma vez por ano. Como eu gostava que, em Portugal, gravassem mais programas com esta temática, promovendo-os. O mês de Maio deveria ser o mês eurovisivo. Adoraria que houvesse antevisões, previsões de resultados, programas de promoção à grande final, ou que nos demonstrassem tudo o que está por detrás da organização de um evento como este, parra ficarmos a conhecer tanto como um fã eurovisivo que assiste ao vivo ao certame. De facto, este fanatismo perdeu-se ao longo do tempo, mas seria óptimo que a chama renascesse, e que todos os telespectadores chegassem à conclusão que um programa tão importante e completo como este, diferente de tudo o resto, não pode simplesmente desaparecer. É o amor da eurovisão...Sou viciado com muito gosto, vivo da eurovisão, a minha vida é a eurovisão, já chumbei na escola por causa da eurovisão! SOU UM EXPERT DA EUROVISÃO sou eurovisiólogo de serviço, sou especialista na análise histórica das tendências de voto, sou profundo conhecedor das ciências musicais, voz oracular particularmente sensível aos movimentos de massas (“o povo português prefere”, “os europeus adoram^”, “os júris votam sempre em”). Sou especialista na eurovisão! É verdade que tenho uma vida social incipiente e aborrecida: não tenho nada melhor para fazer do que passar os dias a fazer as minhas pontuações de todos os anos e demais trabalho, a rever as actuações da Carola ou dos pães Sakis Rouvas, Alexander Rybak, Eric Saade e tantos outros, no Youtube, e a expressar os seus juízos absolutos e opiniões inquestionáveis pelos fóruns, blogues e caixas de comentários! Podem-me achar doido, mas facilmente eu posso explicar tudo! Posso explicar como me tornei na pessoa que sou na maneira que sou naquilo que sou: um viciado na eurovisão, um verdadeiro amante da eurovisão! Sei que desiludo muita gente por adorar a eurovisão, sei que tenho o desprezo de muita gente por adorar a eurovisão e apenas falar só de eurovisão. Se peço desculpa por isso?! Sim claro! Mas...como gosto de escrever, exprimir da melhor forma possível aquilo que penso, aquilo que me vai na alma, o meu desabafo, a minha eloquência, escrevo estas palavras...Penso muitas vezes que a vida é uma magia...e se calhar preciosa! Há tantos tipos de vida nesta vida, tantas coisas para amar! O amor mútuo de um casal, o amor pelos filhos, o amor por nós mesmos, por nós próprios, mesmo até o amor por coisas materiais. A EUROVISÃO É O MEU AMOR, É MEU! PREENCHE-ME E DEFINE-ME! A minha paixão pela eurovisão, o meu amor pela Eurovisão faz-me seguir em frente, é o meu verdadeiro porto de abrigo quando estou mal, estou triste, e quem me conhece sabe bem a m**** de vida que tenho!

         

        Tópicos relacionados

          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
        1613 Respostas
        139396 Visualizações
        Última mensagem 21 de Maio de 2018
        por Mirta
        5 Respostas
        1708 Visualizações
        Última mensagem 12 de Maio de 2016
        por ÉssePê
        15 Respostas
        1965 Visualizações
        Última mensagem 13 de Dezembro de 2016
        por carolinalg
        0 Respostas
        569 Visualizações
        Última mensagem 25 de Fevereiro de 2017
        por carolinalg
        1 Respostas
        443 Visualizações
        Última mensagem 26 de Julho de 2017
        por unicorn39