rede ex aequo

Olá Visitante19.jun.2019, 22:33:07

Autor Tópico: Voluntariado  (Lida 8368 vezes)

 
Voluntariado
#20

Sinvastatina

  • Visitante
Caires, Tive uma má experiência com a Abraço. Colocaram um anúncio a pedir nutricionistas para dar Consultas a pessoas com HIV em regime de Voluntariado.Fui à entrevista e depois nem resposta deram. Creio que podiam ter tido outra postura (por ex. um mail a agradecer a disponibilidade).
Mas sim faço Voluntariado numa associação Humanitária na Margem Sul.

    Voluntariado
    #21

    Offline caires

    • *****
    • núcleo lgbti funchal
    • Membro Elite
    • Género: Masculino
    • coordenador núcleo lgbti funchal | direção rea
      • núcleo lgbti funchal
    Sinvastatina, compreendo o que dizes.

    Há uns anos, eu próprio pedi apoio à Delegação do Funchal da Abraço e só quase dois anos depois tive resposta deles... e ainda se puseram com imensas desculpas e como se a culpa fosse minha. Mesmo assim quando ajudo nas recolhas de alimentos penso nas crianças e pessoas que eu estou a ajudar. E sinto-me bem comigo próprio. Eu nem entendo como a Abraço tem tanto nome, quando as coisas 'por dentro' são bem diferentes do que aparentam.

    Aliás, eu considero que no âmbito do VIH/SIDA, as associações portuguesas deixam muito a desejar. Não são ativistas, não são inconformadas... conformam-se muito com o que acontece nesse âmbito e pouco fazem. Mas pronto, posso estar errado, porque cá do Funchal não consigo ter uma visão muito informada e abrangente sobre o assunto, até porque a Abraço é a única a existir cá.

    Voluntariado
    #22

    Offline mfpsantos

    • **
    • Membro Júnior
    • Género: Feminino
    Olá a tod@s,
    Todos os tipos de voluntariado são excelentes. Acho que nos aumenta mesmo enquanto seres humanos.
    O meu sonho é mesmo fazer uma missão em África (preferencialmente PALOP), nunca inferior a 3 meses. É um objectivo de vida desde que me lembro.
    Desde os 14 anos que sou Bombeira Voluntária, sendo que é um voluntariado muito especifico, que me dá imenso gozo pessoal, além de ser muito eclético e multidisciplinar – além da área de saúde ou incêndios, tem outras áreas. Desde fazer central (atender chamadas de emergência é um desafio enorme porque geralmente a pessoa do outro lado está em pânico), busca e resgate de pessoas/animais, acidentes, cheias, prevenções, campanhas… enfim, até aberturas de porta. Bombeir@ é-se para muita coisa!
    Não é a ideia de “heroísmo”, mas é efectivamente ajudar o próximo, geralmente nas alturas em que mais precisam, sobre o lema “Vida por Vida”.
    Das coisas mais fantásticas que já fiz foi mesmo um parto, estava tão feliz quanto a mãe. São coisas que nunca se esquecem, a alegria infinita de ajudar o outro.
    Também faço pontualmente voluntariado em lares de idosos, fazendo-lhes companhia, falando com eles, dando aquilo que todos mais precisam: atenção.
      Marta Santos

      Voluntariado
      #23

      Offline tendinite

      • ***
      • Membro Total
      • Género: Feminino
      Olá a tod@s,
      Todos os tipos de voluntariado são excelentes. Acho que nos aumenta mesmo enquanto seres humanos.
      O meu sonho é mesmo fazer uma missão em África (preferencialmente PALOP), nunca inferior a 3 meses. É um objectivo de vida desde que me lembro.
      Desde os 14 anos que sou Bombeira Voluntária, sendo que é um voluntariado muito especifico, que me dá imenso gozo pessoal, além de ser muito eclético e multidisciplinar – além da área de saúde ou incêndios, tem outras áreas. Desde fazer central (atender chamadas de emergência é um desafio enorme porque geralmente a pessoa do outro lado está em pânico), busca e resgate de pessoas/animais, acidentes, cheias, prevenções, campanhas… enfim, até aberturas de porta. Bombeir@ é-se para muita coisa!
      Não é a ideia de “heroísmo”, mas é efectivamente ajudar o próximo, geralmente nas alturas em que mais precisam, sobre o lema “Vida por Vida”.
      Das coisas mais fantásticas que já fiz foi mesmo um parto, estava tão feliz quanto a mãe. São coisas que nunca se esquecem, a alegria infinita de ajudar o outro.
      Também faço pontualmente voluntariado em lares de idosos, fazendo-lhes companhia, falando com eles, dando aquilo que todos mais precisam: atenção.

      Que belo exemplo. Inspirador :)

        Voluntariado
        #24

        Offline mfpsantos

        • **
        • Membro Júnior
        • Género: Feminino
        Obrigado tendinite! Faço o que me faz sentido, apenas isso.
          Marta Santos

          Voluntariado
          #25

          Offline ÉssePê

          • ****
          • Membro Sénior
          • Género: Feminino
          • As pessoas não mudam. Revelam-se.
            • My Dream's ♥
          É bom existir tópicos como este... Eu até estou interessada em fazer brevemente.
            "Às vezes ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

            Voluntariado
            #26

            Offline mfpsantos

            • **
            • Membro Júnior
            • Género: Feminino
            ÉssePê, que tipo de voluntariado? Se puder ajudar, avisa.
              Marta Santos

              Voluntariado
              #27

              Offline ÉssePê

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Feminino
              • As pessoas não mudam. Revelam-se.
                • My Dream's ♥
              mfpsantos não tenho ainda nenhum em mente, tenho de pesquisar sobre, informar-me melhor e ver quais as hipóteses que tenho.
                "Às vezes ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

                Voluntariado
                #28

                Offline Odra

                • *****
                • Membro Elite
                • Género: Masculino
                • Welcome to the Town of Gay! ;D
                mfpsantos não tenho ainda nenhum em mente, tenho de pesquisar sobre, informar-me melhor e ver quais as hipóteses que tenho.

                https://www.rea.pt/voluntariado/  ::) ::)
                  Estamos a fazer um jogo. Lançam-se os dados e quem obtiver maior pontuação faz uma pergunta aos restantes jogadores. Utilizaremos um dado com 20 lados. /roll 1d20

                  Nível de originalidade: o mais alto de todos!
                  lol

                  Voluntariado
                  #29

                  Offline mfpsantos

                  • **
                  • Membro Júnior
                  • Género: Feminino
                  Odra, excelente resposta!

                  ÉssePê - O rea precisa sempre e pode ser algo que te dê enorme gozo!
                    Marta Santos

                    Voluntariado
                    #30

                    Offline ÉssePê

                    • ****
                    • Membro Sénior
                    • Género: Feminino
                    • As pessoas não mudam. Revelam-se.
                      • My Dream's ♥
                    Vou dar uma vista de olhos, obrigada aos dois  ::) ::)
                      "Às vezes ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

                      Voluntariado
                      #31

                      Offline caires

                      • *****
                      • núcleo lgbti funchal
                      • Membro Elite
                      • Género: Masculino
                      • coordenador núcleo lgbti funchal | direção rea
                        • núcleo lgbti funchal
                      O voluntariado faz-me sentir tão vivo e útil. Acho que é uma das minhas zonas de conforto. Atualmente faço voluntariado na rede ex aequo (equipa de comunicação e grupo ex aequo funchal) e sou sub-coordenador do Núcleo Amnistia Internacional Funchal. E adoro cada momento dedicado a estes dois projetos.

                      Voluntariado
                      #32

                      Offline ÉssePê

                      • ****
                      • Membro Sénior
                      • Género: Feminino
                      • As pessoas não mudam. Revelam-se.
                        • My Dream's ♥
                      Olá a tod@s,
                      Todos os tipos de voluntariado são excelentes. Acho que nos aumenta mesmo enquanto seres humanos.
                      O meu sonho é mesmo fazer uma missão em África (preferencialmente PALOP), nunca inferior a 3 meses. É um objectivo de vida desde que me lembro.
                      Desde os 14 anos que sou Bombeira Voluntária, sendo que é um voluntariado muito especifico, que me dá imenso gozo pessoal, além de ser muito eclético e multidisciplinar – além da área de saúde ou incêndios, tem outras áreas. Desde fazer central (atender chamadas de emergência é um desafio enorme porque geralmente a pessoa do outro lado está em pânico), busca e resgate de pessoas/animais, acidentes, cheias, prevenções, campanhas… enfim, até aberturas de porta. Bombeir@ é-se para muita coisa!
                      Não é a ideia de “heroísmo”, mas é efectivamente ajudar o próximo, geralmente nas alturas em que mais precisam, sobre o lema “Vida por Vida”.
                      Das coisas mais fantásticas que já fiz foi mesmo um parto, estava tão feliz quanto a mãe. São coisas que nunca se esquecem, a alegria infinita de ajudar o outro.
                      Também faço pontualmente voluntariado em lares de idosos, fazendo-lhes companhia, falando com eles, dando aquilo que todos mais precisam: atenção.

                      Adorei o que li e sorri :)
                        "Às vezes ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

                        Voluntariado
                        #33

                        Offline carolinalg

                        • *****
                        • Moderação Geral
                        • Membro Elite
                        • Género: Feminino
                        • call it Magic... call it true...
                        Estou à espera da resposta da ONV, :clown para saber qual o meu horário para fazer voluntariado com elxs nas ruas de Lisboa, muito em breve!
                        Oxalá isso seja compatível com os meus compromissos da faculdade.  :)
                          - carolinalg -

                          Voluntariado
                          #34

                          Offline mfpsantos

                          • **
                          • Membro Júnior
                          • Género: Feminino
                          Adorei o que li e sorri :)

                          Obrigada Sara, sorri ao ler isto também!
                          Aquele abraço
                            Marta Santos

                            Voluntariado
                            #35

                            Offline ÉssePê

                            • ****
                            • Membro Sénior
                            • Género: Feminino
                            • As pessoas não mudam. Revelam-se.
                              • My Dream's ♥
                            Adorei o que li e sorri :)

                            Obrigada Sara, sorri ao ler isto também!
                            Aquele abraço

                            Já sabes que não precisas agradecer.

                            Aquelee abraçoo  :blush
                              "Às vezes ouço passar o vento, e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

                              Voluntariado
                              #36

                              Offline carolinalg

                              • *****
                              • Moderação Geral
                              • Membro Elite
                              • Género: Feminino
                              • call it Magic... call it true...


                              Peepz, sempre fui (esta tarde)! Estive na baixa de LX... alguém me viu? :P

                              É uma sensação incrível, saber que se está a ajudar alguém, mas infelizmente nem toda a gente pensa desta maneira (recebi montes de não e olhares de desprezo durante o tempo todo que lá estive em atividade).

                               :clown [ONV]
                              « Última modificação: 4 de Junho de 2016 por carolinalg »
                                - carolinalg -

                                Voluntariado
                                #37

                                Offline mfpsantos

                                • **
                                • Membro Júnior
                                • Género: Feminino
                                Adoro a sensação que falas, nem precisas de a descrever. As pessoas não têm a noção do que é estar do outro lado. Nós vemos a indiferença, a forma como aceleram o passo, desviam o olhar ou inventam mil e uma desculpas. O que mais me surpreende acaba por ser as pessoas que tem menos, as mais necessitadas, as que menos podem… são sempre aquelas que mais tentam ajudar, dentro do que podem... Vê-se no olhar da pessoa às vezes carregado de lágrimas que por vezes teimam em cair, na forma de ela falar e mostrar o seu coração. Transparece, é claro como água!
                                Enche-me completamente estas acções. Não me esqueço de umas quantas histórias que passei na rua.

                                Ainda bem que existem pessoas como tu @carolinalg!
                                  Marta Santos

                                  Voluntariado
                                  #38

                                  Offline carolinalg

                                  • *****
                                  • Moderação Geral
                                  • Membro Elite
                                  • Género: Feminino
                                  • call it Magic... call it true...
                                  Adoro a sensação que falas, nem precisas de a descrever. As pessoas não têm a noção do que é estar do outro lado. Nós vemos a indiferença, a forma como aceleram o passo, desviam o olhar ou inventam mil e uma desculpas. O que mais me surpreende acaba por ser as pessoas que tem menos, as mais necessitadas, as que menos podem… são sempre aquelas que mais tentam ajudar, dentro do que podem... Vê-se no olhar da pessoa às vezes carregado de lágrimas que por vezes teimam em cair, na forma de ela falar e mostrar o seu coração. Transparece, é claro como água!
                                  Enche-me completamente estas acções. Não me esqueço de umas quantas histórias que passei na rua.

                                  Ainda bem que existem pessoas como tu @carolinalg!

                                  Ainda bem que existe gente com noção, isso sim. Eu só fui dar a cara por uma organização. Quem contribui com um tostão que tenha já é uma grande pessoa. E sim, tens toda a razão. As famílias abastadas, algumas delas com crianças pela mão, passaram muitas vezes por mim com cara de desprezo, demonstrando ignorância e indiferença. Apeteceu-me gritar-lhes "E se fosse o seu filho quem estivesse no hospital com uma doença terminal? Não gostava que o ajudassem?"... Porque para a mala da Gucci ou para os fatos da Giovanni Galli têm dinheiro, mas 0,40€ que seja - o troco de uma m*rda de um café - não "têm".
                                  Que mundo é este, onde os pobres são os solidários?
                                  « Última modificação: 5 de Junho de 2016 por carolinalg »
                                    - carolinalg -

                                    Voluntariado
                                    #39

                                    Offline mfpsantos

                                    • **
                                    • Membro Júnior
                                    • Género: Feminino
                                    Pessoalmente, acredito que a melhor forma de ter a noção das coisas (sejam o que forem) é através da vivência, da experiência, no sentir na pele. Contudo, sou dotada de empatia perante coisas que não vivencio, tenho a noção clara que consigo “put myself in someone else's shoes”, colocar-me no lugar dx outrx, tentar imaginar a forma como se sente etc. Porém acho esta capacidade já rara de existir e daí existir esses dramas tão modernos – desprezo, ignoração, desdém. Vamos evoluindo a sociedade em algumas coisas, mas vamos perdendo cada vez mais valores de humanidade, solidariedade, empatia, …. Acho que é por isso que as pessoas aceleram o passo quando acham que alguém xs vai abordar, quando alguém lhes vai pedir uma mera contribuição para algo que efectivamente vale a pena.
                                    Dizem que estas abordagens são muito recorrentes, o que de alguma forma “satura” as pessoas – até posso considerar isso, mas a verdade é que essas mesmas pessoas não procuram contribuir de alguma forma para nenhuma instituição/organização a menos que ela venha para a rua nesses peditórios ou campanhas.
                                    Da minha vivência, considero que a explicação para xs mais pobres serem mais solidárixs venha da sua experiência e vivência, do que sentiram ou sentem na pele, isso talvez xs faça reconhecer o mérito de determinadas instituições/organizações – por contacto directo ou indirecto, por estarem mais atentxs, por serem dotadxs de mais empatia, tudo junto e outros factores…
                                    A pergunta ao “e se fosse consigo”, “se fosse o/a seu/sua filho/a”, “se fosse alguém que ama” é a melhor forma de às vezes chegar aos corações dxs outrxs – mesmo assim, não é eficaz por não haver a tal capacidade de empatia que referi em cima.
                                    Eu não ligo nada a marcas, não sei diferenciar uma mala da Gucci ou da Cutxi, isso nada me diz, ou os factos da Giovanni coisas que falavas, sou tapada em muitos sentidos e esse é só mais um, porém nota-se claramente até na postura - impessoal, distante, fria, de superioridade e de quererem fazer-se passar por mais do que são. O meu pensamento quando isso acontece é “essas pessoas são infelizes, está mal consigo mesmxs e com todxs xs outrxs. Lamento que assim seja” - mas esse pensamento é calado pelo outro “fico surpreendida com a quantidade de pessoas nobres que ainda continuam a existir, com o facto de quem menos tem mais dá, porque é na partilha que se aumenta o que se tem”.
                                    Nunca me esqueço que numa das piores fases da minha vida, em que mal havia comida na mesa o meu pai deu 20€ aos bombeiros da minha freguesia... simplesmente deu e dava-nos enorme jeito para comprar comida. Pouco tínhamos mas não ficamos mais pobres com isso, até enriquecemos. É óbvio que a minha mãe ficou possuída e ele disse-lhe “É na partilha que mais temos, não sabemos o dia de amanhã e podemos precisar deles” - ele sorriu ao dizer-lhe aquilo com uma tranquilidade fantástica. Felizmente não precisamos e passado 1/2 anos tornei-me bombeira cá, na minha freguesia, e represento com o maior orgulho do mundo a farda que visto. A ambulância que foi comprada com esse dinheiro é indescritível, sem dúvida a minha favorita!

                                    Aqui deixo uma imagem que explica muito:


                                      Marta Santos

                                       

                                      Tópicos relacionados

                                        Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                      8 Respostas
                                      2287 Visualizações
                                      Última mensagem 22 de Dezembro de 2011
                                      por _Margot_
                                      1 Respostas
                                      1273 Visualizações
                                      Última mensagem 2 de Dezembro de 2011
                                      por sophiahh
                                      1 Respostas
                                      1012 Visualizações
                                      Última mensagem 29 de Setembro de 2012
                                      por JDelgado
                                      0 Respostas
                                      811 Visualizações
                                      Última mensagem 18 de Julho de 2016
                                      por rede ex aequo
                                      3 Respostas
                                      428 Visualizações
                                      Última mensagem 28 de Fevereiro de 2018
                                      por Atomic