Fórum da rede ex aequo

Assuntos Gerais => Geral => Tópico iniciado por: Soueu20 em 05.jun.2010, 20:35:11

Título: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Soueu20 em 05.jun.2010, 20:35:11
Na declaração que fez ao País para anunciar a promulgação do diploma que consagra o casamento entre pessoas do mesmo sexo, Cavaco Silva lembrou as soluções encontradas por outros países. Saiba como se faz lá fora e dê a sua OPINIÃO: Concorda com a legalização do casamento entre homossexuais ou era melhor reconhecer apenas uma união de facto?

Canadá: em 2005 foi o terceiro país no mundo a legalizar o casamento homossexual. Desde 2003, as várias províncias têm vindo, gradualmente, a reconhecer o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Estados Unidos da América: o casamento homossexual já é legal em seis estados: Massachusetts (2003), Connecticut (2008), Iowa (2009), Vermont (2009), New Hampshire (2010) Washington, D.C. (2010). Em 2009 o Supremo Tribunal da Califórnia autorizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. No entanto, foi realizado um referendo que rejeitou o casamento entre pessoas do mesmo sexo e que introduziu uma emenda constitucional. Estados como New Jersey, Colorado, Hawaii, Maryland, Nevada, Wisconsin e Washington, pessoas do mesmo sexo podem viver em união de facto.

México: foi o primeiro país da América Latina a legalizar o casamento gay. Desde 2006 a união de facto era já possível.

Colômbia: o Tribunal Constitucional reconheceu, em 2009, direitos similares aos heterossexuais e homossexuais. Na Colômbia não é permitido o casamento mas os casais homossexuais podem viver em união de facto.

Argentina: em Maio de 2010 a câmara dos deputados deu luz verde um projecto de lei que permite o casamento gay. Falta ainda a aprovação do Senado.

Uruguai: a união de facto entre casais do mesmo sexo já é possível, no Uruguai, desde 2008. A legislação nacional do Uruguai foi a primeira na América Latina a considerar a união de faco entre pessoas do mesmo sexo.

Islândia: as uniões de facto, entre pessoas do mesmo sexo, são possíveis na Islândia desde 1996. O casamento gay poderá ser aprovado na ainda em Junho deste ano.

Finlândia: Na Finlândia a união de facto entre pessoas do mesmo sexo é possível desde 2002. Os casais homossexuais têm os mesmos direitos que os heterossexuais. No entanto, a adopção de crianças não é permitida.

Noruega: Em 2009, a Noruega se tornou o sexto país legalizar o casamento gay. Aprovada em Junho de 2008, a lei também autoriza a adopção.

Suécia: Na Suécia, o casamento entre pessoas do mesmo sexo é possível desde Abril de 2009. Foi o primeiro país a incluir em legislação nacional a negação do casamento religioso entre homossexuais.

Dinamarca: A Dinamarca foi o primeiro país no mundo a considerar a união de facto entre casais gays. Na Dinamarca os direitos para casais, independentemente da sua orientação sexual, são os mesmos.

Alemanha: A união de facto entre homossexuais é possível na Alemanha desde Agosto de 2001.

Holanda: O casamento é legal desde 2001.

Bélgica: A Bélgica legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo em 2003, dois anos depois do País Basco.

Luxemburgo: Desde 2004 que casais lésbicos e gays têm acesso à união de facto no Luxemburgo.

Reino Unido: O Reino Unido permite a união de facto desde 21 de Dezembro de 2005. Esta lei dá aos casais homossexuais os mesmo direitos que os casais heterossexuais.

França: O casamento homossexual não é permitido em França. No entanto, o Pacto Civil de Solidariedade (PACS) existe desde 1999.

Suíça: A lei federal de 2004 foi confirmada no referendo de 2005. A união de facto entre casais homossexuais é permitida em território suíço, apesar da adopção não o ser.

Eslovénia: Na Eslovénia a união civil entre pessoas do mesmo sexo é permitida desde 2005.

Espanha: Em Junho de 2005 a Espanha tornou-se no terceiro país da Europa, e no quarto do mundo, a permitir o casamento homossexual. Na sequência do casamento entre pessoas do mesmo sexo, em Espanha a adopção por casais homossexuais é já uma realidade.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Pulse em 05.jun.2010, 21:44:26
Eu coloco a questão de outra forma. Se o que nos iam dar era exactamente a mesma coisa mas como um nome diferente do que já existe, porque não ficarmos com o que já está estabelecido?  ;D
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: btsferreira em 05.jun.2010, 21:59:36
Ola :) porque casamento e uniao de facto nao é a mesma coisa e iriam criar uma 3ª figura legal que fosse igual ao casamento e diferente da ja existente uniao der facto :) diferenças como nao se ser considerado familiar directo tanto para heranças como para uma simples visita ao hospital. é obvio que esta solução era discriminatoria porque seria dizer que ha algo errado naquela uniao que nao na de pessoas entre sexos diferentes.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Akasha em 07.ago.2012, 02:03:50
Boa noite.
Quais sao as principais diferenças entre o casamento e a união de facto entao?
Obrigada
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Thought em 07.ago.2012, 02:08:43
Boa noite.
Quais sao as principais diferenças entre o casamento e a união de facto entao?
Obrigada

As principais diferenças a meu ver sao pequenas questões legais, pois com o casamento ficas mais protegid@ juridicamente
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Imaterial em 07.ago.2012, 03:48:51
As uniões de facto foram aproximadas em muito ao casamento justamente para que as pessoas que desejam os benefícios legais mas desprezam o título "casamento" o façam (além de que outras alterações foram feitas a modos que para "acalmar" o activismo lgbt relativamente à temática).

De qualquer das formas, creio que em união de facto continua a não haver o reconhecimento dos membros como "família", daí que em coisas como visitas ao hospital ou testamentos o/a parceiro/a pode ser posto de parte quer pelos médicos/enfermeiros, quer pelos familiares
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Green em 08.ago.2012, 09:55:58
De qualquer das formas, creio que em união de facto continua a não haver o reconhecimento dos membros como "família", daí que em coisas como visitas ao hospital ou testamentos o/a parceiro/a pode ser posto de parte quer pelos médicos/enfermeiros, quer pelos familiares


Exacto, existem diferenças legais e sociais que envolvem determinados direitos e deveres. Se for a mesma coisa não faz o mínimo sentido ter um nome diferente, só fazia sentido se, por exemplo, se argumentasse que o casamento é para procriação (única diferença entre hetero e homo) e a união de facto para pessoas que apenas querem viver juntas. A única questão é que isso não está em contacto com a lei nos dias de hoje, uma vez que a fertilidade do casal não é requisito para o mesmo, nem a ausência de filhos é factor de dissolução automática da relação ou perda de qualquer benefício.

Cá para mim, as opções devem ser dadas a todos e as pessoas que escolham o que desejam. Num tom mais irónico, não percebo muito bem porque a Igreja gasta tanta energia em tentar sabotar o casamento dos outros quando o matrimónio deles tem estado em declínio (ver este gráfico (http://www.pordata.pt/Portugal/Casamentos+entre+pessoas+do+sexo+oposto+total+e+por+forma+de+celebracao-1933) e este gráfico (http://www.pordata.pt/Portugal/Divorcios+total+e+por+forma+de+celebracao+do+casamento-1281)) e parece-me que merecia toda a sua atenção.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Diotima em 08.abr.2013, 21:49:14
Pessoalmente prefiro união de facto.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Di HF em 08.abr.2013, 22:09:38
Votei no casamento com adoção, porém não é o que quero para mim.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: PsyGirl_Av em 08.abr.2013, 22:16:40
Casamento homossexual com adopção  ::)

Dois sonhos que espero realizar no futuro - tudo a seu tempo, claro.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Dééé em 01.mai.2013, 02:49:24
Casamento homossexual com adopção  ::)

Dois sonhos que espero realizar no futuro - tudo a seu tempo, claro.

Eheh votei no mesmo xD concordo  ;)
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Spektrum em 20.ago.2013, 16:02:28
Casamento homossexual com adopção  ::)

Dois sonhos que espero realizar no futuro - tudo a seu tempo, claro.
Primeiro, construir a fundação da casa :P ::)
Spoiler (clica para mostrar/esconder)


Casamento homossexual com adopção
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: theone111 em 20.ago.2013, 22:21:03
Casamento homossexual com adopção. MAS, a adquirir separadamente lol

Simplesmente por questões de igualdade.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: PsyGirl_Av em 20.ago.2013, 22:32:35
Spoiler (clica para mostrar/esconder)

Quero ter direito a ter as opções que qualquer cidadão tem - independentemente da orientação sexual! Homossexualidade não é doença nem crime, então porquê tanta privação de direitos?! Questões políticas? Tradição? A mim soa-me a discriminação!
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Cardo em 23.ago.2013, 16:20:27
Eu sou pela união de facto, seja para relações homo, hetero, poli, o que seja.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Cardo em 23.ago.2013, 22:48:52
Eu sou pela união de facto, seja para relações homo, hetero, poli, o que seja.

Olha que isso é interessante. Eu vinha cá responder quase o mesmo com a pequena diferença no nome - ia referir-me ao casamento.
No entanto, após ler este comentário, altero a minha resposta para: Sou a favor de qualquer contrato desde que o nome e os direitos sejam iguais para qualquer tipo de relacionamento.

Ora ai está, eu sou mais a favor da uniao de facto, pelo facto de que é mais facil em caso de separação/divorcio. E como "virou" moda o divorcio, assim não há tanta chatisse lool
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Sorrow em 28.jun.2015, 01:01:23
Casar não quero, mas quero ter uma mulher linda, maravilhosa, compreensiva e fiel... que me ame de verdade como eu a ela...
Quero apaixonar-me todos os dias quando acordar ao seu lado.
Ser feliz para sempre até sermos velhinhas. Isso inclui o "morrer" por ela se for preciso... :)

Bem, no fundo, é isto!
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Soulmate em 28.jun.2015, 16:46:07
Casar não é algo obrigatório que queira fazer mas, no entanto acho que é um rito de passagem importante na vida do casal como uma próxima etapa a concluir  :blush. E como tal, sim eu gostava de casar. Não pelo papel, não pelas alianças, não pela festa mas sim, por ser algo especial e diferente ao mesmo tempo e que certamente que será um dia que ficará marcado para o resto da minha vida.  ;)
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Nats em 28.jun.2015, 17:06:47
Provavelmente não me quero casar, nem ter adoptar (quem sabe um dia mais tarde eu mude de ideias)... Mas todos deviam ter esse direito, daí ter votado nisso.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Blesia em 28.jun.2015, 20:00:59
Provavelmente não me quero casar, nem ter adoptar (quem sabe um dia mais tarde eu mude de ideias)... Mas todos deviam ter esse direito, daí ter votado nisso.

x2 [smiley=sim.gif]
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Bandura_62 em 28.jun.2015, 23:15:45
Casamento homossexual com adopção of course :)
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: Cátia. em 07.jul.2015, 16:10:06


Casamento entre pessoas do mesmo sexo, por favor, que chamar-lhe casamento gay/homossexual é um grande disparate.
Título: Re: Casamento gay ou União de facto?
Enviado por: bookerdewitt em 08.jul.2015, 16:35:53
Eu sou da opinião que todo e qualquer ser humano deve partir da mesma base de direitos e deveres e que as pessoas devem ter a opção de acesso ao casamento, adopção, FIV etc etc etc independentemente da sua sexualidade.Isso sim é igualdade.

Parece-me que muita gente nesta sociedade kafkiana confunde aquilo que quer para si com aquilo a que os outros têm direito.

É partir do principio que as pessoas só lutam por uma causa quando são parte interessada.É uma visão muito contorcida do conceito de liberdade, igualdade e mesmo sociedade.