Fórum da rede ex aequo

Assuntos Gerais => Apoio => Tópico iniciado por: Enigma em 17.jan.2010, 19:25:18

Título: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: Enigma em 17.jan.2010, 19:25:18
Estou rodeado de pessoas, mas sinto-me sozinho. estou rodeado de pessoas que não gosto, não é por serem más amigas, mas é porque, não querendo parecer convencido, já sofri muito mais que eles e quando oiço isto ou aquilo da boca deles, dos supostos "problemas", fosse comigo já os tinha resolvido, ou então nem aconteciam, pq acabam por ser problemas de crianças... Uma das pessoas que sabe que sou gay, a segunda que contei, disse-me que, a partir do momento que lhe contei, começou a perceber-me melhor, certas coisas de repente fizeram sentido na cabeça dela sobre mim, disse-me que eu já não parecia misterioso. Tenho medo que subconscientemente, mesmo fazendo os possíveis para ser eu próprio no dia a dia, sem a parte do ser gay, deixo passar certas sensações às pessoas que me rodeiam e que as acabo por as afastar. Mas depois há outros amigos que sou mais próximo e que sinto que a amizade é genuína, algo puro e bom,  o que me leva a pensar que as outras pessoas que me rodeiam no dia à dia são bastante infantis, ou que elas mesmo tenham problemas de confiança, que estejam também perdidos... Ou então é tudo invenção da minha cabeça por estar "sozinho" neste "mundo"... tento criar situações para não me sentir sozinho, para pensar que tenho salvação, que um dia tudo vai mudar... mas estou a perder a esperança, pensei que no secundário iria tudo mudar. Agora, 3 anos depois, estou no meu 12º ano e posso dizer que sim, mudaram muitas coisas, sinto-me mais a vontade comigo mesmo, mais confiante, mas a coisa que eu mais queria que mudasse não muda: o facto de eu estar sozinho. Não tenho amor, é praticamente impossível quando se está dentro do armário e quando a escola e a zona em que vivo, pouco de LGBT têm, ou então pouco/nada eu conheço... E depois, mesmo na faculdade, quem me diz que vou conhecer alguém? Alguém para amar, ou amigos verdadeiros para abraçar? Às vezes sinto que não há ninguém neste mundo que me compreenda, e mesmo que compreenda, que é que eu tenho de especial para ser algo que valha o esforço de compreender? Já pensei em viajar, meter uma mochila às costas e seguir pela Europa inteira, pelo mundo inteiro, sem a família com as expectativas altas para o filho, sem os "amigos" a precisarem do amigo que os melhor sabe ouvir e tem sempre a palavra certa na ponta da língua... só comigo próprio e a terra, não sei porque esta ideia acalma-me, é estúpido, pq nesta situação eu estaria mesmo sozinho, mas eu não me sinto assim quando penso nesta hipótese, alias, o sentimento desaparece quando me meto a pensar nas terras que iria conhecer, nas paisagens que iria ver, e o desconhecido que iria enfrentar... Um mundo que não me conhecesse... Para eu começar do zero.

Desculpem se o que escrevi não faz sentido, é o que dá quando percebo que estou a começar a gostar de um rapaz e começo a pensar na vida e de como, pela terceira vez, não vai passar de sonhos.
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: Faa em 18.jan.2010, 20:23:35
Estou rodeado de pessoas, mas sinto-me sozinho. estou rodeado de pessoas que não gosto, não é por serem más amigas, mas é porque, não querendo parecer convencido, já sofri muito mais que eles e quando oiço isto ou aquilo da boca deles, dos supostos "problemas", fosse comigo já os tinha resolvido, ou então nem aconteciam, pq acabam por ser problemas de crianças... Uma das pessoas que sabe que sou gay, a segunda que contei, disse-me que, a partir do momento que lhe contei, começou a perceber-me melhor, certas coisas de repente fizeram sentido na cabeça dela sobre mim, disse-me que eu já não parecia misterioso. Tenho medo que subconscientemente, mesmo fazendo os possíveis para ser eu próprio no dia a dia, sem a parte do ser gay, deixo passar certas sensações às pessoas que me rodeiam e que as acabo por as afastar. Mas depois há outros amigos que sou mais próximo e que sinto que a amizade é genuína, algo puro e bom,  o que me leva a pensar que as outras pessoas que me rodeiam no dia à dia são bastante infantis, ou que elas mesmo tenham problemas de confiança, que estejam também perdidos... Ou então é tudo invenção da minha cabeça por estar "sozinho" neste "mundo"... tento criar situações para não me sentir sozinho, para pensar que tenho salvação, que um dia tudo vai mudar... mas estou a perder a esperança, pensei que no secundário iria tudo mudar. Agora, 3 anos depois, estou no meu 12º ano e posso dizer que sim, mudaram muitas coisas, sinto-me mais a vontade comigo mesmo, mais confiante, mas a coisa que eu mais queria que mudasse não muda: o facto de eu estar sozinho. Não tenho amor, é praticamente impossível quando se está dentro do armário e quando a escola e a zona em que vivo, pouco de LGBT têm, ou então pouco/nada eu conheço... E depois, mesmo na faculdade, quem me diz que vou conhecer alguém? Alguém para amar, ou amigos verdadeiros para abraçar? Às vezes sinto que não há ninguém neste mundo que me compreenda, e mesmo que compreenda, que é que eu tenho de especial para ser algo que valha o esforço de compreender? Já pensei em viajar, meter uma mochila às costas e seguir pela Europa inteira, pelo mundo inteiro, sem a família com as expectativas altas para o filho, sem os "amigos" a precisarem do amigo que os melhor sabe ouvir e tem sempre a palavra certa na ponta da língua... só comigo próprio e a terra, não sei porque esta ideia acalma-me, é estúpido, pq nesta situação eu estaria mesmo sozinho, mas eu não me sinto assim quando penso nesta hipótese, alias, o sentimento desaparece quando me meto a pensar nas terras que iria conhecer, nas paisagens que iria ver, e o desconhecido que iria enfrentar... Um mundo que não me conhecesse... Para eu começar do zero.

Desculpem se o que escrevi não faz sentido, é o que dá quando percebo que estou a começar a gostar de um rapaz e começo a pensar na vida e de como, pela terceira vez, não vai passar de sonhos.


O sonho comanda a vida... se fores a ver, a nossa vida é feita de sonhos...
Dedica-te a ti, e a tua pessoa... pois mereces ser feliz... a nossa felicidade somos nos q a fazemos.

Por isso se feliz!
Vive, sorri, ama, luta pelos teus sonhos!

Nunca se deve desistir dos nossos sonhos
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: Enigma em 22.jan.2010, 18:39:15
Mas os meus sonhos vão demorar a realizar-se, até lá faço o que? =|
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: Hélder em 22.jan.2010, 19:09:01
Estou rodeado de pessoas, mas sinto-me sozinho. estou rodeado de pessoas que não gosto, não é por serem más amigas, mas é porque, não querendo parecer convencido, já sofri muito mais que eles e quando oiço isto ou aquilo da boca deles, dos supostos "problemas", fosse comigo já os tinha resolvido, ou então nem aconteciam, pq acabam por ser problemas de crianças... Uma das pessoas que sabe que sou gay, a segunda que contei, disse-me que, a partir do momento que lhe contei, começou a perceber-me melhor, certas coisas de repente fizeram sentido na cabeça dela sobre mim, disse-me que eu já não parecia misterioso. Tenho medo que subconscientemente, mesmo fazendo os possíveis para ser eu próprio no dia a dia, sem a parte do ser gay, deixo passar certas sensações às pessoas que me rodeiam e que as acabo por as afastar. Mas depois há outros amigos que sou mais próximo e que sinto que a amizade é genuína, algo puro e bom,  o que me leva a pensar que as outras pessoas que me rodeiam no dia à dia são bastante infantis, ou que elas mesmo tenham problemas de confiança, que estejam também perdidos... Ou então é tudo invenção da minha cabeça por estar "sozinho" neste "mundo"... tento criar situações para não me sentir sozinho, para pensar que tenho salvação, que um dia tudo vai mudar... mas estou a perder a esperança, pensei que no secundário iria tudo mudar. Agora, 3 anos depois, estou no meu 12º ano e posso dizer que sim, mudaram muitas coisas, sinto-me mais a vontade comigo mesmo, mais confiante, mas a coisa que eu mais queria que mudasse não muda: o facto de eu estar sozinho. Não tenho amor, é praticamente impossível quando se está dentro do armário e quando a escola e a zona em que vivo, pouco de LGBT têm, ou então pouco/nada eu conheço... E depois, mesmo na faculdade, quem me diz que vou conhecer alguém? Alguém para amar, ou amigos verdadeiros para abraçar? Às vezes sinto que não há ninguém neste mundo que me compreenda, e mesmo que compreenda, que é que eu tenho de especial para ser algo que valha o esforço de compreender? Já pensei em viajar, meter uma mochila às costas e seguir pela Europa inteira, pelo mundo inteiro, sem a família com as expectativas altas para o filho, sem os "amigos" a precisarem do amigo que os melhor sabe ouvir e tem sempre a palavra certa na ponta da língua... só comigo próprio e a terra, não sei porque esta ideia acalma-me, é estúpido, pq nesta situação eu estaria mesmo sozinho, mas eu não me sinto assim quando penso nesta hipótese, alias, o sentimento desaparece quando me meto a pensar nas terras que iria conhecer, nas paisagens que iria ver, e o desconhecido que iria enfrentar... Um mundo que não me conhecesse... Para eu começar do zero.

Desculpem se o que escrevi não faz sentido, é o que dá quando percebo que estou a começar a gostar de um rapaz e começo a pensar na vida e de como, pela terceira vez, não vai passar de sonhos.

Como eu te percebo, há certas alturas, principalmente á noite que dou comigo a pensar nestas coisas :-\
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: oriol_16 em 26.jan.2010, 23:21:51
Como eu te compreendo...! Essa ideia do sair daqui,se calhar e no meu caso para n desapontar a familia e procurar um lugar onde seja melhor aceite,passa mts vezes pela cabeça mx tens de tentar viver a vida,encontar as pessoas certas para serem tuas amigas e tenho a certeza k um dia encontrarás alguém k te "complete" :D.
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: Safira em 26.ago.2010, 22:27:15
Mas os meus sonhos vão demorar a realizar-se, até lá faço o que? =|

Ao ler-te parece que estou a ler algo vindo de mim...
Tiras-te palavras da minha boca...
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: CrazyDarks em 26.ago.2010, 22:30:29
pois, boa pergunta.  :-\
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: MP em 15.jan.2011, 23:40:26
Mas os meus sonhos vão demorar a realizar-se, até lá faço o que? =|

Ao ler-te parece que estou a ler algo vindo de mim...
Tiras-te palavras da minha boca...

Lembra-te que nem tudo na vida são sonhos.
Há sonhos que não passam disso..
Constrói algo na tua vida, que te faça sentir segura no futuro... isso é o primeiro de tudo.
Título: Re: Quando é que as coisas vão mudar?
Enviado por: btsferreira em 16.jan.2011, 15:57:16
Mas os meus sonhos vão demorar a realizar-se, até lá faço o que? =|

Ao ler-te parece que estou a ler algo vindo de mim...
Tiras-te palavras da minha boca...

Lembra-te que nem tudo na vida são sonhos.
Há sonhos que não passam disso..
Constrói algo na tua vida, que te faça sentir segura no futuro... isso é o primeiro de tudo.


Tens que pensar que a vida é feita de etapas e que esta pode parecer complicada mas que ira acabar e vira uma fase melhor :)