Fórum da rede ex aequo

Assuntos Gerais => Geral => Tópico iniciado por: bluejazz em 28.dez.2003, 14:53:13

Título: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 28.dez.2003, 14:53:13
Oi,

Esta é uma situação hipotética que poderá/deve acontecer a muitos jovens LGBT.

Que fariam (ou fizeram se já passaram por isto) se após a revelação/descoberta da vossa orientação sexual e/ou identidade de género tivessem sido/fossem expulsos de casa pelos pais ou familiares ou sentissem o clima/ambiente em casa tão insuportável que não conseguissem mais continuar a viver lá?

Que soluções usariam? Que fariam? Que fez quem já passou por isto?

Esta é uma questão importante. Por favor participem com as vossas ideias, experiências e opiniões, porque pode haver pessoas para quem este assunto é importante.

Por todo o mundo, por exemplo, existe um nível significante de jovens LGBT sem-abrigo e estudos indicam que a ideação e tentativas de suicídio nestes jovens sem-abrigo sobe exponencialmente para pelo menos metade terem tentado suicidar-se.
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Aluap em 28.dez.2003, 15:24:55
Bem, responder a essa questão é mesmo bastante complicado para mim, uma vez que é daquelas perguntas que quando surgem na minha cabeça, opto por não pensar no assunto e mudar o rumo das minhas ideias.

No entanto, e tentando imaginar a situação pela primeira vez, vou tentar responder.

A minha primeira hipótese, e uma vez que os meus pais são divorciados, seria explicar a situação ao meu pai, e ver ele permitia que eu lá ficasse. Pondo a hipótese de também ele me afastar de casa, ou pura e simplesmente eu não ser capaz de lá viver, a situação tornava-se mais complicada ainda! No caso de isto acontecer, parto do princípio que também a mensalidade (que ele dá) me seria cortada, inviabilizando o aluguer imediato de um quarto..

Não sei...  :-\ Nesse caso, precisava urgentemente de começar a ganhar dinheiro. Era capaz de pedir a uma amiga minha que é de fora, mas estuda cá, se ela me deixava ficar na casa dela até eu ser capaz de ter dinheiro para tudo (casa+alimentação e afins).

Ok!!! Ía ser mesmo muito difícil!! Só sei que ía ficar desesperada... Não sou capaz de dizer mais nada  :-[
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: moon_angel em 28.dez.2003, 16:04:14
ok...  como comigo as coisas se passaram de forma mto pacifica, e ainda hoje, quase 3 anos depois dos meus pais saberem da minha orientação, ainda moro com eles, acho q isso quer dizer alguma coisa... :)

lucky me!!!

agora se as coisas não tivessem corrido assim tão bem, não sei como ficaria a minha situação...

(No ano em q tudo se colapsou, eu estava a fazer estágio e a morar fora de casa; como o estágio era remunerado, tinha como me sustentar... mas no ano seguinte tinha plena consciencia do q me puderia acontecer: ficar desempregada... e aí não saberia o q fazer...)

mas se o ambiente, a nao aceitação e todo esse tipo de factores q sei q contribuiriam para uma ruptura psicologica e emociaonal da minha parte, nao fossem do melhor, sei q a minha vida passaria por sair de casa... arranjar um quarto, ou um apartamento (isso obviamente iria depender dos custos), ou no caso de ficar sem trabalho, procurar alguem amigo q me pudesse socorrer nesse emergência...  mas sei q não ficaria a viver em casa...

sei tb q não iria desistir de voltar a falar com os meus pais, e tentar ao máximo repor a harmonia q nos unia... embora soubesse q ia, à partida, travar uma batalha dificil... Mas o amor q lhes tenho, sei q me levaria a tomar tal atitude...

ok... just my opinion.... :)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Nu_vito em 28.dez.2003, 16:08:18
estar a dizer k sei cm um jovem se iria sentir, é mentira nao sei cm se poderá sentir, se for forçado ou se ele sentir k deverá sairde casa dps de se assumir, por mais k tente, sei k deve sentir uma enorme trsiteza, pensar ou dizer cm reagiria se isso acontece-se cmg, tb não posso idealizar, pk mts vezes pensamos ou formailizamos um hipotetico discurso ou maneira de agir e dps kd xega à altura saínos completamente ao contrario...axo k iria reagir cm o proprio momento assim o indicasse...
so passando pla experiencia(k espero nc ter k passar) é k poderia dizer cm reagia....

é a minha opiniao.. :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 28.dez.2003, 16:36:08
Nu_vito, não interessa se acabarias por fazer algo diferente ou não, mas sim o que farias neste momento se de repente de facto estivesses nessa situação...
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sandy em 28.dez.2003, 18:18:05
 :'( Bem... Essa é uma questão deveras complicada!
 Essa é uma situação com q me deparo diariamente. Apesar da minha mãe saber q sou lesbica e conhecer a minha namorada... tem dias em q parece n aceitar bem e "manda boquinhas". Se tiver o "azar" do meu pai somar 1+1=2.... Provavelmente será o q me vai acontecer  :'(

 O meu pai é demasiado homofóbico e machista e, um belo dia, calhou em conversa e perg o q faria se lhe dissesse q era lésbica... a resposta foi q as minhas malas estariam na porta da entrada 5 min dps  :'( :'( :'(

 Mas como por enquanto pensa q ele n sonha sequer... n vale mto a pena esturricar os miolitos a pensar nisso  ;)

 :-* :-* :-*

Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 29.dez.2003, 12:33:24
A juventude gay e lésbica sem-abrigo: questões e especiais preocupações,
Kruks G (1991), Journal of Adolescent Health, 12, 515-8.

São revistos os dados disponíveis dos problemas de suicídio dos jovens gays e lésbicas sem-abrigo. As indicações mostram que sofrem maiores riscos de tentativas de suicídio. É mencionado que uma amostra de juventude gay das ruas, que fez parte do estudo Schneider et al. (1989) (embora os resultados não tenham sido publicados) consistia de "53 jovens das ruas, identificados como gays (...) tendo 53% deles tentado suicidar-se pela menos uma vez e 47% mais do que uma vez". (p. 517)

http://homofobia.com.sapo.pt/dados.html
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cacao em 29.dez.2003, 14:07:33
Se os meus pais me expulsassem de casa eles seriam obviamente MAUS PAIS! E seriam eles que estariam a cometer o maior erro das vidas deles, não eu.

Como já foi dito por diversas pessoas lá teria de arranjar maneira de sobreviver, mas à parte de toda a logística também teria que sobreviver a nível dos afectos e o ser-se rejeitado de uma maneira tão crua é muito difícil de lidar com.

Esperava ter alguém que me desse a mão algum primo, tio ou amigo e pouco a pouco voltar a ganhar auto-estima e sentir-me livre para ser quem sou. Sem desistir de tentar mostrar aos meus pais o quão equivocados e mal informados estariam. Se ao fim de muito tempo visse que era impossível qualquer aceitação por parte deles então partiria para outra porque as figuras parentais são muito importantes mas ninguém é insubstituível por muito que nos custe a aceitar.
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: moon_angel em 29.dez.2003, 15:18:54
... as figuras parentais são muito importantes mas ninguém é insubstituível por muito que nos custe a aceitar.

não te estarás a contradizer?!  :-\

não percebi mto bem o q queres dizer com esta frase... afinal de contas, as figuras parentais são importantes, dizes q se pusessem fora de casa eram MAUS PAIS, e dpois dizes q ninguém é insubstituível?

sorry.. but I don't understand... :(
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Cactus_cute em 29.dez.2003, 15:39:54
o q n é insubstituivel sao as más figuras parentais, reunindo tudo o q a cacao disse... e concordo... pai é pai e mãe é mãe, mas n é p o serem q tem direito a uma dose inalterável de respeito. n é uma questao de titulo, é uma questao de amor q se da aos filhos... bons pais amam os filhos mais do q qualquer coisa, mais do q eles mesmos, e como tal defendem-nos de tudo e todos q possa agredir as suas "crias". e é isso q ganha o respeito e o amor dos filhos... se algures neste processo um pai for negligente na sua funçao, ou neste caso agir mesmo contra a sua funçao, para que manter uma mentira de amar, respeitar quem n o merece?...
subscrevo totalmente, pais q ponham os filhos fora de casa p um motivo destes sao maus pais, e se n alterarem a sua maneira de ver as coisas, sao de facto substituiveis... mesmo q fique um vazio depois de serem "substituidos" é a velha máximo do "antes só q mal acompanhado"... pessoas q vao contra o q somos e o q cremos fazem-nos mal, sobretudo se tivermos q estar constantemente a engolir quem somos para evitar conflitos.
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: moon_angel em 29.dez.2003, 16:16:44
e qdo os pais parece q estão a levar tudo numa boa.... aceitam a/o namorad@... mas depois fala-se em combinar um almoço para se conhecerem, e...

simplesmente dizem q vamos deixar tudo como está.... :( :( :( :(

enfim...

nao posso dizer q são MAUS PAIS; como disse a cacao, pq eu AMO-OS incondicionalmente.. mas as vezes surpreendem-me.... pela negativa, claro!
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Cactus_cute em 29.dez.2003, 16:22:03
nao tens q te surpreender pela negativa, acho eu... pondo-me no lugar dos teus pais imagino q eles possam ter receio de ver algo q n queiram, pq continuas a ser a filhinha deles... é uma questao de lhes dar tempo (independentemente de ja ter passado mt tempo ou n... cada um precisa do seu proprio tempo para se habituar as mudanças inesperadas) e de ires desmistificando possiveis ideias erradas q eles tenham... muito dialogo, é sempre a melhor soluçao :)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: moon_angel em 29.dez.2003, 16:26:50
thanks... Cactus...  :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Pandora em 29.dez.2003, 18:02:22
Se ao fim de muito tempo visse que era impossível qualquer aceitação por parte deles então partiria para outra porque as figuras parentais são muito importantes mas ninguém é insubstituível por muito que nos custe a aceitar.

I subscribe that.
E por muito que nos custe a aceitar... (a nós e a eles).
Está profundamente imbuído em nós o mito, o arquétipo parental... e daí deriva a dor da separação (mesmo nos casos em que a relação é ou foi má).

(independentemente de ja ter passado mt tempo ou n... cada um precisa do seu proprio tempo para se habituar as mudanças inesperadas) e de ires desmistificando possiveis ideias erradas q eles tenham... muito dialogo, é sempre a melhor soluçao :)

Cactus,
Cada situação pode ser um Mundo. Cada situação pode trazer em si contornos de dificuldade que muitas vezes pensamos inimagináveis.
Mas uma coisa é certa: as tuas palavras foram - para mim - de uma grandeza enorme.  :-* :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Magia em 29.dez.2003, 18:21:35
n por ser lgbt, mas por ser apenas kem sou.. ja senti o clima demais pra mim e ja tentei fugir...  :-X
tentei, n fugi.. e ainda bem.. pk depois de muita "luta", discussoes, etc.. as coisas tao melhor ká em casa...

recentemente a minha mae deu-me o livro do daniel sampaio, vagabundos de nós.. kem leu sabe do que estou a falar e da carga emocional k akilo poderá representar para nós as duas... acabei ontem de o ler... e acho que me devo preparar para mais uma discussaozinha acesa... uma k a minha mae, devido à sua fase de negaçao, tem estado a evitar... sera ag o momento? hum? tenho medo... medo exactamente de me sentir mal a ponto de desejar desertar...

e caso tenha de o fazer? para onde ir? tenho amig@s, é certo... mas até kando poderei estar numa situaçao dessas?

é complicado...  :-[
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: moon_angel em 29.dez.2003, 22:57:45
magia.. é preciso ter calma...

eu acho q sair de casa nem sempre é uma solução... e qdo o é, pode nao ser a mais viavel...

é preciso ter calma!
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: candy cane em 30.dez.2003, 00:40:07
 Essa situação é muito complicada.
 Só penso em assumir-me quando for financeiramente independente, porque já sei qual seria a reaçao dos meus pais.
Se tivesse que sair de casa não teria mesmo para onde ir.
 Talvez fosse para casa da minha avó. A  minha avó, apesar de ser mais velha e de ter menos informação que os meus pais, é muito mais compreensiva e de certeza que iria ficar do meu lado e apoiar-me, apesar de ter um pequeno desgosto por "querer bisnetinhos"...
 Apesar de ir ter muitos problemas teria de seguir a minha vida, não poderia ficar presa aos preconceitos dos outros e ter uma segunda vida.
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 01.jan.2004, 21:47:49
Como acham que seria possível organizar uma estrutura de apoio a jovens nestas situações? Que se podia fazer e oferecer?
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cacao em 02.jan.2004, 11:13:43
Talvez fosse para casa da minha avó. A  minha avó, apesar de ser mais velha e de ter menos informação que os meus pais, é muito mais compreensiva e de certeza que iria ficar do meu lado e apoiar-me, apesar de ter um pequeno desgosto por "querer bisnetinhos"...


Novoselic_angel,

É engraçado que toques nessa questão do avós porque existem alguns estudos que apontam isso mesmo. A relação avós-netos é construida, muitas vezes, num clima de maior abertura devido a um gap de gerações. E claro entre pais e filhos esse oco ainda não está presente... :-\

Quanto ao desgosto dos «bisnetinhos» a que te referes, creio que é uma falsa crença. Muitos LGBT querem ser papás e mâmas e a orientação sexual de uma pessoa não está correlacionada com o desejo de ter filhos - Conheço mesmo alguns casais heterossexuais amigos que não desejam ter filhos ;)

Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Magia em 02.jan.2004, 13:53:06
Como acham que seria possível organizar uma estrutura de apoio a jovens nestas situações? Que se podia fazer e oferecer?

uma okupa de apoio era fixe!  :D ;D
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Nu_vito em 02.jan.2004, 14:20:28
uma ekipa nao so de ajuda nao so dos jovens ms tb das familias....
e uma associação/local onde os jovens "abandonados" pudessem passar plo menos as "primeiras" noites, onde lhes pudessem tratar deles(comida, banhos, etc...)as coisas basicas...nao tornar um centro de acolhimento a "mendigos", ms um sitio onde se sentissem bem, do genero um grupo de amigos k "acolheram-no"por uns dias....

 :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Videl em 02.jan.2004, 15:19:59
Em relação àkilo dos pais k po~em os filhos na rua por saberem k eles são lgbt são maus pais...eu axo mais, por mais contestável k seja, eu axo k em kuase todos os kasos em k os pais põem os filhos na rua (à excepção de um ou dois, como por exemplo os filhos mostrarem comportamentos perigosos para a vida dos progenitores, tipo tentar matá-los lol, ou bater nos pais) os respectivos são maus pais...
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Cactus_cute em 02.jan.2004, 15:28:58
videl, claro :) seja p serem lgbt, seja p terem chegado tarde a casa, seja p estarem gravidas (o q sinceramente ainda acho pior), seja p quererem namorar c um capuleto (lol) acho q nada justifica por-se um filho fora de casa, excepto as tais situaçoes q referes, q infelizmente se verificam mt em casos de toxicodependencia, por exemplo...

qt a criaçao de uma estrutura de apoio, claro q isso era "muito fixe", claro q seria muito importante... a questao n é essa (acho q todos concordamos q todas as estruturas de apoio para quem o necessita sao "muito fixes" e importantes)... a questao é se é ou n possivel faze-lo. e mais, a custa de quem e do esforço de quem é q é possivel faze-lo...
acho q a bluejazz n referiu isso apenas para ser discutido de modo teorico, mas talvez para se estabelecer uma estrategia q permita a formaçao de tais centros/estruturas de apoio... portanto em vez de estarmos todos a dizer q sim q seria muito bom, talvez fosse melhor propor ideias de como o fazer :) eu n o fiz, pq n faço ideia, confesso... alem de q n tenho qq tipo de experiencia de vida nestas coisas... mas acho q é importante perceber-se o q é importante nesta questao ::) fazer mais e falar menos talvez... penso eu de que ::)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cacao em 02.jan.2004, 18:09:41
nao tornar um centro de acolhimento a "mendigos", ms um sitio onde se sentissem bem

Penso que um centro de acolhimento a "mendigos" visa ser um sítio onde as pessoas que não têm aonde ir se sintam bem, e que também tenham condições mínimas no seu dia-a-dia.

O que entendes por mendigos, nu_vito?

Não te parece que a palavra que usaste é um pouco pejorativa? Um mendigo é uma pessoa que vive de esmolas e que muitas vezes aparenta um ar pouco cuidado e porco, mas não tem de ser sempre assim.

Em relação ao centro de acolhimento é óbvio que sou a favor, mas preocupo-me mais com todos aqueles que não são expulsos de casa mas têm de aguentar a homofobia dos pais no seu quotidiano. Por isso parece-me mais importante um centro de apoio diurno que durante o dia tenha actividades de grupo e dê apoio psicológico a individuais e familiares.
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Cactus_cute em 02.jan.2004, 18:26:04
concordo q o tipo de "tortura psicologica" a q certas pessoas (LGBT ou n) estao sujeitas continuando a ter um tecto possa ser pior de suportar... no entanto essa vertente acho q esta um pouco coberta por entidades como a ex aequo e outras suas semelhantes, q apesar de deficitarias em numero, fazem um papel importante e q é importante referir...
acho ainda q havendo estruturas de apoio a LGBT "desalojados", talvez esses q estao sujeitos a essa pressao optem p se evadir dela, recorrendo aos tais centros... n sei o q é mais importante, se o ovo se a galinha, pois acho q ambos sao importantes... mas eu, se dependesse de mim e se pudesse (ou puder) fazer algo p isso daria prioridade a formaçao de centro de apoio "tipo estalagem"... simplesmente pq a mim me choca mais a ideia de um dia ter q ir morar na rua do q ter q "engolir sapos" em casa, para q possa ter casa (q isso todos fazemos a maior ou menor extensao)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 02.jan.2004, 19:00:36
Eu acho as duas situações graves. Embora também seja verdade que um sem-abrigo LGBT também é sempre um sem-abrigo e para todos os sem-abrigo existem muitos centros de apoio.

E por outro lado, na realidade, quem tem problemas em casa e fica em casa (escolhe ou tem de ficar em casa) não tem lugares específicos estatais/institucionais para apoio para falar abertamente desses problemas e os seus motivos (se é por ser LGBT) senão a rede ex aequo e outros grupos/associações LGBT (com as suas devidas excepções em vários lados).
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Nu_vito em 03.jan.2004, 11:20:32
nao tornar um centro de acolhimento a "mendigos", ms um sitio onde se sentissem bem

Penso que um centro de acolhimento a "mendigos" visa ser um sítio onde as pessoas que não têm aonde ir se sintam bem, e que também tenham condições mínimas no seu dia-a-dia.

outch...
nao era isso k keria dizer....começo a pensar k tens algo contra mim andas smpr a perseguirme... :-\to a brincar.... ;) :-*

o k kiz dizer foi, algo onde se pudessem sentir bem, tipo nao tar la darlhes de comer e "deitalos" é tar c eles, conversarem...e pk nao fdazerem festas ouvirem musicas verem tv filmes dançar etc...e sabes k nos acolhimentos aos sem-abrigo isso nao acontece...era o k keria dizer e eu nao utilizei a palavra "mendigo" de uma forma a menospreza-la foi um exemplo k dei de pessoas k estao na rua e essa palavra tornase mais "forte" para o k keria dizer, entendest agr? :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Pandorasbox em 03.jan.2004, 13:33:50
Não fui posta na rua, é certo.
Mas o que é certo, também, é que nada ficou na mesma e acabei por sair de casa de repente e sem grandes condições, mas com a ideia de que seria o melhor.
De facto, a minha relação com os meus pais foi estranha logo quando me fui embora, mas agora, 6 meses depois, está em grande recuperação. Claro que a minha namorada não é aceite, mas eu estou a reencontrar uma relação calma com a os meus pais.
Não é fácil dar o salto e as circunsta^ncias financeiras em que o fiz foram altamente complicadas e ainda são, mas é preciso ter esperança de que tudo vai melhorar e de a estabilidade já está à espreita.

Boa sorte para aqueles que tenham de dar uma grande volta de repente! Um dia olhamos para trás e tudo vai ser mais uma lição de vida, para nós e para os outros.!
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sacerdotisa em 03.jan.2004, 14:31:55
Blue, kriaste um tópiko k de uma certa forma tem sido a minha pedra no sapato, o meu tendão de Aquiles!!!!! Este é sem dúvida o meu kavalo de batalha, o meu maior medo de todos e de sempre!!!!! Já há mto tempo desde o ínicio do meu "komming out", k tinha este pavor ...de os meus pais algum dia deskobrirem e de me porem as malas à porta!!!!!

Ainda hoje, penso nisso, kontudo tento não pensar mto ..... pois andei em lutas kom "moi memme", kom a velha ordem de acção: konto ...não konto...!!!!!!!

Optei por não kontar.... precisamente pelo preço k possivelmente poderia pagar.... um bilhete kom direito a bagagem inkluída para destino incerto...sem  V  de volta!!!!

Muito sinceramente não sei o k faria se me visse perante esta situação..... tinha de pensar mto bem se fikaria ou não na mm cidade ou se optaria por pedir guarida a ppl's amigas k fui fazendo desde o tempo k frekuento esta realidade cibernétika!!!!!!


Tentaria, arranjar um part-time uma koisa do estilo para ao menos ter € para komer e poder ajudar de alguma forma a kem me desse abrigo!!! Pois ninguém tem a obrigação de nada e saber k poderia estar a subkarregar alguém.... não me agrada de todo!!

Todavia, também sei k se fosse ao invés....supondo k morava sózinha e alguém fikasse na rua tb lhe estenderia a mão komo se faz kom kem nos é kerid@!!!!


Konfesso, k ao sair de kasa "kompulsivamente" por vias direktas  (=expulsão) ou menos direktas (= pressão emocional) tentaria estar kom kem amo!!!! ;D ;D


Relativamente às ppls k se possam enkontrar nestas cirkunstâncias..... prokurem alguém k vos possa dar a mão, um amigo, algum familiar, não sei....kem vos possa dar guarida e também minimizar o avassalador koração dilacerado!!! segundo a minha óptika, não é relevante apenas o aspekto ekonómiko, mas também o emocional!!!!


bjs e saudações cibernétikas  ;D ;D ;D
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Forsaken_Girl em 03.jan.2004, 15:52:25
Bem, isto é realmente um tema complicado... É daquelas coisas q até custa só de pensar  :'(.

Eu ainda não disse aos meus pais q sou bissexual, nem tenciono faze-lo tão cedo, pq realmente não me parece q eles fossem aceitar bem... Não digo q me expulsassem de casa (apesar de o meu pai uma vez ter dito q o faria se "eu um dia fosse lésbica"...  >:() pq, apesar de tudo, não o estou a ver a fazer isso (mas posso estar enganada), creio é q o ambiente familiar se tornaria tão pesado q quem acabaria por se ir embora era eu.

Mas pondo a hipótese q eles me punham na rua, ficava numa situação bastante complicada... Tentava ir para casa da minha avó (q, tal como já se disse aqui, costumam ser mais compreensivos apesar de tudo) e tentaria arranjar um pequeno trabalho onde pudesse ganhar algum dinheirito para a ajudar...

Claro q se também ela me recusasse em sua casa, tentaria procurar ajuda num(a) amigo(a)... Mas é sempre díficil, as pessoas têm ainda um pouco a mente fechada e duvido q a maior parte dos pais dos meus colegas ao saberem do motivo pelo qual eu tinha sido expulsa de casa, me deixassem lá permanecer.  :-\

Também acho q um pequeno centro de apoio a este tipo de situações talvez ajudasse, mas teria q ser realmente uma ideia bem estruturada. Teria q ser um local onde se pudesse dar apoio psicológico a esses jovens, visto estarem num estado emocional algo frágil, tal como, dar-lhes comida, etc, etc obviamente...  ;)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: angel19 em 03.jan.2004, 18:10:46
Bom...talvez eu n deveria responder a este tema, já k aainda n sou assumida a mim mesma knt mais aos meus pais :) Mas mesmo assim gostaria de dar a mh opinião!

Penso k tds os k viam a novela "Mulheres Apaixonadas", conseguiram "arrancar" alguns comentários por parte dos pais ou familiares...Pelo menos cmg foi assim! Várias vezes, enquanto viamos a novela, temas de discussão ou simples comentários surgiam relativamente à relação homossexual. Pois bem, mh mãe sempre dizia "Ai, k desgosto se algum dos meus filhos fosse homossexual..."
Meus pais, principalmente mh mãe, são super compreensivos, super amorososo, mt amigos dos filhos...enfim, bons pais! Tnh quase a certeza k apesar do desgosto e desilusão, meus pais acabariam por entender. Poderia ser dificil, levaria mt tempo!! Mh mãe n deixaria de tentar mudar-me, fazer uma carrada de promessas, consultar um padre p m ajudar...enfim!! No entanto, JAMAIS me expulsariam de casa!! JAMAIS!!

No entanto, se tal pudesse acontecer, acho k faria como tantos outros já falaram. Iria ter com a mh avé, ou iria pedir auxílio a alguma amiga...  
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Emanem em 25.jan.2004, 15:07:06

Se tivesse que sair de casa por causa da mulher que amo, saíria. Deixaria a minha familia e a minha casa por ela, pelo nosso amor que é grandioso!


[size=10] Amo-te barthez!!! [/size] [smiley=enamorado.gif]
 :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sacerdotisa em 25.jan.2004, 15:51:22

sacer faz vénia, após uma afirmação desta!!!

@@@@@@@@@@@

Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: metafora em 25.jan.2004, 18:15:14
Este tema a mim não me diz muito, pessoalmente, claro, mas obviamente que me faz pensar no caso de outras pessoas.

Sou um caso um bocado atípico... saí de casa aos 19 anos, sem quelquer tipo de querela familiar, e aos 22 comprei uma casa a meias com a minha namorada, com pleno conhecimento dos meus pais que, inclusive, ajudaram. Eles, no entanto, não sabem deste namoro. Nunca lhes disse nem senti necessidade de o fazer. Aceitam a minha namorada como um membro de família, gostam bastante dela. Se pensam que é somente uma amiga ou mais é que não sei...

Sinceramente não me trás mais ou menos paz o facto de eles saberem a realidade. Aliás vivo perfeitamente esta relação e jamais me preocupei com os outros. Eu sou eu, nós somos nós e isso basta-me.

Se os meus pais me perguntarem respondo, se não perguntarem não direi.

Talvez a educação que tive seja mais distante, mais formal, o que potencia esta situação. Não me vejo obrigada a dizer que tenho uma namorada, até porque também nunca lhes falei dos namorados que tive.

Neste caso é uma postura, noutros é uma tortura.

Mas como alguém já disse (a Cacao?!) se os pais expulsarem um filho de casa é porque não são bons pais, porque não sabem desejar a felicidade de um filho.

Mas obviamente que a emancipação, a maturidade e a estabilidade económica determinam tudo numa situação complicada como esta...
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 27.mar.2004, 13:04:50
. . : : HOME SWEET HOME HELL : : . .

(http://img15.photobucket.com/albums/v46/castanha76/bevbee.gif)

Conheci a Bev durante a Study Session que fiz em Estrasburgo. É irlandesa, tem 19 anos e estuda na Universidade de Manchester. Ah! Já agora é lésbica, não que seja importante dizê-lo afinal as pessoas LGBT já não são alvo de discriminação e talvez nem nunca o tenham sido, teimam em assumir-se como diferentes e exigem direitos iguais como se não já os tivessem - NOT!!!- you're right! I'm truly ironic this morning and my last sentence seems absurd or even laughable.

Fora de ironias porque a própria vida consegue ainda ser mais absurda, no dia em a Bev fez 14 anos, a professora fez-lhe o favor de telefonar para casa e dizer à mãe que a filha era lésbica - um pequeno detalhe - a partir desse momento a vida familiar nunca mais foi a mesma. Passou a ser insultada de manhã à noite, e nem na Escola tinha sossego. Nos intervalos era gozada e alguma ou outra vez levava um encontrão ou uma cuspidela em cima - Take it easy, Bev. Afinal a vida é para levá-la de ânimo leve: - será??? - À saída do autocarro até casa tinha de inúmeras vezes ser protegida pelos amigos porque a vizinhança também tinha algo a dizer e tanto disse que um dia de regresso a casa depois das aulas, a Bev levou uma facada na perna esquerda.

Aos 16 anos saiu de casa, curiosamente era mais seguro estar fora que dentro daquele sítio que para alguns de nós será supostamente o contrário. There's no place like home, dizia a Dorothy no Feiticeiro de Oz. Primeiro viveu num centro de acolhimento a sem-abrigo e depois começou a trabalhar - os biscates já os fazia desde os 12 anos - e reunir condições para terminar o liceu e ir para a universidade. A Bev é uma lutadora e uma vencedora.

A história não é fictícia e a rapariga da fotografia tirada na semana passada é a Bev. Way to go girl!... Quanto à discriminação ela existe e está patente em cada esquina.

gulosa sara / 10:35:25 AM

http://cacaoccino.blogspot.com/2004_03_01_cacaoccino_archive.html#108038372569953407
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: absolut_ em 27.mar.2004, 15:28:31
Isto tocou-m..grande mulher! :)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: graven em 27.mar.2004, 17:09:18

Go get them Tiger! Give hell right back at them!
 :devil
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: absolut_ em 27.mar.2004, 18:30:50
Para ser sincera ñ sei bm..axo k pensava em ir pa casa de uma amiga ou amigo..ñ sei.Ms ser posto fora de casa pr ser lgbt, axo os pais k fazem isso ñ amam verdadeirament os seus filhos.. :-\
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sacerdotisa em 28.mar.2004, 23:26:41

De fakto esta história é no mínimo horripilante.... Infelizmente é real.... pensamos k só kabe na tela negra tida komo kaixinha mágika mas afinal koube na tela negra da vida desta rapariga k se viu forçada a fugir de kasa!!!! Parabéns linda pela força e bravura... e sinto mto teres passado por tais agruras... só pelo fakto de seres LGBT!!!! :( :( :(

Bigada Rita e Sara pela partilha deste testemunho k bem nos faz pensar na vida!!!!  :-* :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cacao em 29.mar.2004, 18:58:04
Sacer,

A mim faz-me mesmo ficar apreensiva porque sempre pensei que nenhum pai expulsasse um filho por isto... mas às vezes são os nossos mecanismos de defesa que não nos permitem ir mais longe, outras a pura ignorância. No meu caso foi um popuco dos dois! :-\
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sacerdotisa em 29.mar.2004, 21:06:47


Kida Sara não penses mais no tue kaso....felizmente vives kom a ppl k amas e só por isso..... a vida faz-te todo o sentido!!!!  ;D ;D ;D ;D ;D ;) ;) :-* :-* :-* :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cacao em 29.mar.2004, 21:30:48
Responder
Kida Sara não penses mais no tue kaso


[size=8]MEU CASO????[/size]

Devo ter-me expressado mal, quando me referi ao meu caso referia-me a nunca ter pensado que houvessem jovens a serem expulsos de casa só pela sua orientação sexual.

Quanto ao meu caso deixo aqui o que escrevi há uns dias:


A minha mãe é das pessoas que mais admiro. É a mãe mais bonita... e com esta premissa simples quero dizer que é linda a minha mãe. Por dentro e por fora. É única. É minha. E sou possessivamente babada porque me orgulho de ser sua filha.

Quando a minha avó morreu foi ela que me deu "colinho" - palavra que a mãe gosta de usar, não é? - ou quando me fui abaixo com uma depressão brutal foi ela a que mais abaixo se foi, mas a que me fez subir com todas as suas forças e amor incondicional. Atrás do seu lindo sorriso escondia o sofrimento de me ver sofrer, e resvalar para o fundo do tunel de paredes lisas e escorregadias, mas a mãe estava lá, bem ao fundo para me agarrar e amparar a queda. Sempre.

Na noite em que lhe contei que era lésbica - nunca o esquecerei - não tinha nada planeado e para mim era claro como a água que o soubesse já há vários anos porque nunca o tinha escondido. Não o sabia. Não gritou. Não me ofendeu - histórias que não me canso de ouvir na rede ex aequo - Não me felicitou. Não disse practicamente nada. Não sei o que terá pensado nessa noite quando se confidenciou com a almofada. Nem tão-pouco nas noites seguintes.

Sei que no dia seguinte me olhou de forma igual a todos os outros dias e que continuava a ser sua filha. A minha mãe não é uma mulher diferente das outras. Imagino que terá pensado algo similar ao que todas as mães ou pais pensam e sentem quando descobrem a homossexualidade de um filho. Não sei se se terá sentido culpada - espero que não! - Não sei bem qual foi o seu ritmo de aceitação e integração.

A homossexualidade de um filho é sempre um forte abanão na estrutura familiar. Exige que sejam reconstruidos alguns alicerces que ruiram com o choque. A minha mãe reconstrui-os. Primeiro só. Depois comigo, e por fim vieram os amigos. Ainda me lembro que depois de dar a entrevista à TVI em Setembro, recebeu vários telefonemas, todos eles positivos. Parece absurdo, mas é tão importante sentir o apoio daqueles que gostam de nós. Para mim foi importante tê-lo da minha mãe e para ela recebê-lo dos amigos. Faz-nos sentir mais fortes e bem connosco mesmo e por sermos quem somos com orientações à parte!

Um dia disse-me, não me importa com quem estejas porque só te quero feliz! Esse querer-me feliz coloca-me à sua frente. Não importa o que os outros digam ou pensem, não importa o que eu penso, mas o que tu sentes e o que tu vives. Esta foi talvez a mais deliciosa declaração de amor verbal feita pela minha mãe. A minha mãe é uma querida e eu amo-a!

Este post é dedicado à mãe. Espero que não se zangue por o dizer fora de quatro paredes, mas quando gostamos de alguém é tão bom poder gritá-lo aos quatro ventos!

(http://img15.photobucket.com/albums/v46/castanha76/mom001.gif)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cacao em 29.mar.2004, 21:32:59
E heis a sua resposta ao que lhe escrevi:

Que prenda maravilhosa, filhota! Adorei!! Adorei!!
E acompanhada de mensagens lindas e doces...obrigada!!
Hoje sei que vou adormecer super feliz.
Um beijo ternurento para todos!
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sacerdotisa em 29.mar.2004, 22:10:03


Ai kida Sara não te zangues...risos perdão por este ekívoko....é k li lá em cima" No meu caso foi um pouco dos dois!" E por isso fikei konfusa e respondi: não penses mais no teu kaso!!!!

Ai longe de mim tar a .... kolokar em cheque alguém...deskulpa kida ...interpretei mal!!!!  :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-* :-*

 E parabéns pela mamã k tens... não é só uma mãe babada mas tb uma filha babada!!!  ;D ;D ;D ;D
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 31.mar.2004, 03:21:19
Acção Social para Crianças e Jovens em Perigo

Centro de Acolhimento Temporário: Destina-se a assegurar o acolhimento urgente e transitório de crianças e jovens em situação de risco, decorrente de abandono, maus-tratos, negligência ou outros factores, proporcionando condições para a definição de projecto de vida e adequado encaminhamento;

Para as crianças e jovens em perigo existem, ainda:

o        Linhas telefónicas de emergência:

§         SOS Criança, do Instituto de Apoio à Criança (Telefone: 217 931 617, horário de funcionamento: das 9:30h às 18:30h);

§         Serviço telefónico de emergência – Criança Maltratada, do projecto de Apoio à Família e à Criança (PAFAC), Telefone: 21 343 33 33;

§         Recados da Criança da Provedoria da Justiça (Telefone: 800 206 656);

o        Equipa de Acolhimento de Emergência, do Instituto de Solidariedade e Segurança Social (Rua Afonso Lopes Vieira, nº 38, 2º Esq. 1700-015 Lisboa (Telefone: 21 782 72 50, Fax: 21 782 72 51).

http://www.portaldocidadao.pt/UMIC/entidades/MSST/DGSSS/pt/
SER_accao+social+para+criancas+e+jovens+em+perigo.htm (http://www.portaldocidadao.pt/UMIC/entidades/MSST/DGSSS/pt/
SER_accao+social+para+criancas+e+jovens+em+perigo.htm)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: patricia em 31.mar.2004, 15:41:15
ola, desculpem fugir ao tema , mas antes nao posso de desejar felecidades a Bev e força! e parabens por nao ter desistido :)

a mae da sará: é super bonito ver k o amor é  td, e lamento k nao haja mais maes assim, td era mais facil e eram tds bem mais felizes! é uma kerida!

ao tema: sairia na boa! familia para mim é kem me ker bem, e nao kem tem o meu sangue! felismente tenho a sorte da minha mae ser o maximo e ser feliz por eu ser tb, mas tenho casos na familia k s afastaram, logo nao me vou preocupar com isso, mas sim com kem amo e me respeita!

beijokas a tds e força
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sacerdotisa em 31.mar.2004, 17:37:22
Ainda bem kida k foi kolokado neste tópiko um post relativamente à existência de organismos k visam o akolhimento e apoio de jovens em kasos komplikados...
Pois sendo este um fórum para jovens... é muito importante a informação de tais Centros e outras forma de apoio!!!
Não sabemos se um dia precisaremos deste tipo de informação para nós própri@s e/ou para darmos a mão a quem precisa!!! Bigada!!! :D ;) ;D

Oxalá situações komo a da Bev não tenham eko....


bjs e saudações cibernétikas!!!  ;D ;D ;D
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: DarkTear em 11.abr.2004, 12:38:44
eu de momento ainda tenho uma "carapaça" no seio familiar. mas sei que se um dia o meu pai vier a saber que sou muita coisa vai mudar... ele proprio ja mandou indirectas que se algum filho ou filha fosse homossexual, deixaria d ser filho/a dele. mas mesmo assim tenciono contar, e se a ideia dele continuar a mesma e ele disser pa sair d casa, assim tera d ser. mas quando disser, penso ja ter a minha situaçao minimamente estabilizada e ter um sitio onde possa ir.
 n pretendo continuar com esta "farsa"  pa toda a vida, nem kero, nem consigo... :-\
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Hikari em 11.abr.2004, 18:29:46
bem, a minha avó ja me disse k se aparece se em casa com piercings.. nao me deixava entrar, isto pk moramos todos juntos.
Mas tb ja me disse k nao se importava que eu fosse lesbica.. eu ate tava com duas amigas.. e como somos muito chegadas..começamos a brincar com o caso e a dizer.. "ora ainda bem.. pk keriamos casar.." a avó até axou piada.. :D
mas se ela viesse a saber mesmo.. acredito  k nao ficava muito bem!!  :-\
em relaçao aos meus pais, nao consigo visualizar a sua reacção.. pode ser má como boa.. como pensarem k estou a gozar.. mas o k facilita as coisas.. é k nao sou lésbia, e sim, se for mesmo, serei bi.. por isso.. um dia k souberem, terao k se contentar com a ideia k posso ter tanto namoradas como namorados..  ;D
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Hikari em 11.abr.2004, 18:56:09
:-[ bem.. falei falei falei.. e eskeci me de dar uma resposta clara..     peço desculpa..

De facto, penso k não seria posta fora de casa... mas se isso acontece-se.. teria lugar para onde ir.. tenho algumas amigas k me poderiam acolher na altura.. ou até mesmo ir para a casa do meu namorado..
axo mal.. os pais dizerem k nós deixamos de ser seus  filhos.. se  formos homossexuais.. ou drogados ou seja o k for.. é mesmo não ter sensibilidade nenhuma, o k os pais devem fazer é ajudar, respeitar as nossas decisões e apoiar nos em tudo.. agora fingir k não nos conhecem na rua um dia mais tarde.. ou pôr-nos fora de casa sem motivo forte.. isso é uma autentica parvoíce.. e esses pais k dizem isso.. provavelmente não nos vão enxotar... mas sim gritar connosco.. e talvez dar uns açoites.. e mandar-nos pó quarto sem comer.. é o k eu penso.. pode levar um certo tempo ate aceitarem o facto.. e ate la não nos falarem.. e tratar-nos com desprezo! a não ser.. k o pai ou a mãe sintam ódio de nós.. mas isto trata-se de uma ideia  tão sinistra.. k me custa a acreditar nisso como uma realidade.
Lembro me de ver na televisão, no verão passado um filme sobre isto..  a rapariga descobre que é homossexual, tem uma namorada.. a sua primeira.. e penso k é o irmão dela k descobre e manda umas bocas aos pais durante o jantar. O k os pais fizeram.. foi proibi-la de ver essa amiga.. k passavam imenso tempo juntas… ate a rapariga em causa, descobre k a sua professora tb é lésbica e com namorada.. e passa a frequentar tb umas reuniões.. o facto é k havia um rapaz la na escola k gostava dela.. mas ele ao saber.. compreendeu o facto.. e continuou a ser seu amigo. No final da historia..  a mãe aceita a sua filha como homossexual e assiste tb às suas reuniões . É um final digno, k devia  servir de modelo para todos os pais.  Por acaso assisti ao filme sozinha, porque para variar.. era tarde.. e a mãe já tinha ido dormir. Talvez se ela tivesse visto o filme.. teria que dar uma opinião.. e agora saberia kual seria , pelo menos a sua reacção. Eu , pelo menos tava interessada em ver o  filme.. é mais um filme de adolescentes.. mas raro de se ver.. daí o interesse.. e tb por me sentir diferente dakilo k para a sociedade é normal..
Mais uma vez peço desculpas.. por escrever de novo!!
 :-* :-* :-* :-* para todos!!
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 13.abr.2004, 11:53:27
Local   13-04-2004 - 10h32  
 
Para o Porto
AMI apresenta hoje projecto de hotel para sem-abrigo
 
  Lusa
A Assistência Médica Internacional (AMI) apresenta hoje o projecto do "Abrigo do Porto", um hotel para sem-abrigo que, além de acolhimento, proporcionará alimentação, apoio psicológico e aconselhamento jurídico.

O projecto foi elaborado gratuitamente por uma equipa de técnicos da Câmara do Porto, chefiada pelo arquitecto António Moura, e vai contar com espaço para acolher 36 sem-abrigo, num esquema rotativo já testado em Lisboa.

Segundo refere a AMI em comunicado, a nova estrutura no Porto permitirá voltar a "ensinar" os que optarem pela vida nas ruas a gerir a sua vida, o seu emprego e o seu dinheiro.

Para angariar verbas para a construção deste empreendimento, a AMI vai realizar nos próximos meses várias iniciativas de carácter cultural e espectáculos com artistas convidados, na sequência de uma campanha iniciada com uma venda de natal onde fizeram sucesso criações de estilistas portugueses de nomeada, como Ana Salazar, Fátima Lopes e Tenente.

Segundo o modelo de abrigo já utilizado em Lisboa, acrescenta o mesmo documento, um sem-abrigo está em média três meses no hotel, seguindo depois a sua nova vida, dando lugar a outros.

A construção do hotel deverá contar ainda com o apoio da Segurança Social, que de acordo com a AMI já se mostrou receptiva à ideia, mas para a associação apresentar uma candidatura é necessário que o projecto arquitectónico esteja concluído - o que só aconteceu agora.  

http://ultimahora.publico.pt/shownews.asp?id=1190993&idCanal=77
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sacerdotisa em 13.abr.2004, 14:33:54


Oxalá este projecto vá para a frente e não se veja estagnado por falta de verbas!!!!! :up :up:up ainda bem k há ppl's k se preokupam kom os outros.... bem hajam!!! ;D :-*
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sueca em 15.abr.2004, 20:01:17
Teria de pedir ajuda a amigos...e teria de arranjar um cantinho para morar e arranjar emprego...teria de crescer mais depreça :-[
Não seria nada bom...
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: louro18 em 16.ago.2004, 22:29:52
sinceramente nao sei o k faria...teria k pedir ajuda a minha irma mais velha k sabe td a meu respeito e aceita td na perfeiçao...mas como isso nc acontecera, espero, pk a minha mae ate, sabe a meu respeito e aceita-m tal como sou tb, nao seria um grande drama..mas s tivesse k sair d casa, e n tivesse o apoio destas 2 pessoas k mencionei, recorreria a alguns amigos k tenho, k sei k dao os proprios ossos por mim s for preciso, pk eu tb ja kase fix o mesmo com essas pessoas... ??? ;D :o 8)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: neo_21 em 17.ago.2004, 01:26:41
Quando contei aos meus pais, uma das coisas que eles me disseram foi "Nós amamos-te e não te vamos abandonar". O facto de aceitarem ou não....isso é outra história (para ser breve, digamos que continuam a pensar que isto é uma coisa que passa com o tempo, e que passado esse tempo eu vou "acordar desse pesadelo", por muito que eu lhes tentasse convencer do contrário).

Na altura em que isso aconteceu, se eles me pudessem fora de casa iria para casa do meu ex-namorado (que na altura era namorado), e tentava reconstruir a minha vida, talvez fazer uma pausa no curso e arranjar emprego.
Mas, embora o sentimento de ódio e revolta pudesse falar mais alto, acho que ficaria com uma mágoa muito grande. Família pode ser quem nos queira bem...

...familia para mim é kem me ker bem, ...

mas dói sempre quando quem nos queria bem, nos rejeita... mesmo que por ignorância ou medo...  :-*  :)
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: p0seind0n em 17.ago.2004, 03:27:21
cm 17 anos e fora d casa iria ser mt complicado, teria d abdicar dos estudos p m puder sustentar num caso um pouco extremo ...
ms tb th amigos k m dizem k as portas das suas casas tao abertas mas eskecem s k ninguem é obrigado a sustentar m a vida é dificil ... e axo k n m sentiria bem em casa d um migo cm os seus pais a sustentarem m por isso a 1ª escolha era a mais apropriada!
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: mauka em 17.ago.2004, 10:17:29
Bem, infelizmente já passei por uma má experiência e já ouvi a frase -Deixas de ser minha filha e sais de casa.
Tudo aconteceu quando os meus pais me encostaram à parede e fizeram a pergunta directamente - Afinal quem é ela?
Não queria mentir nem continuar com uma vida dupla e acabei por dizer a verdade, nessa altura eu própria não sabia o que era verdade e se aquela relação seria a única da minha vida ou se realmente eu era lésbica. Hoje já sei!!
Eu estava a mora na 2º casa dos meus pais que tinham comprado para mim e para a minha irmã (universidade). A minha mãe passou a vir mais frequentemente para cá, como se me estivesse a guardar, era uma prisioneira dentro de casa.
O clima ficou terrivelmente pesado e não falava com o meu pai. O que aconteceu foi que aguentei aquela situação e não dei um passo em frente, não sai de casa, tentei conciliar as duas partes da minha vida, mas era impossível, o namoro acabou após 1 ano 3 meses e 6 dias. Foi ela que deu o passo e disse que não aguentava mais.....
Entretanto sei que cometi um erro, eu queria que os meus pais aceitassem e respeitassem o meu espaço e a minha decisão, mas eu tinha-me esquecido de fazer o mesmo. O meu comportamento mudou completamente e de uma filha amável que passada bastante tempo com eles, passei a ser uma filha ausente, distante e revoltada.
Hoje, embora eles saibam que sou lésbica ainda não se fala do tema em casa, é como se não existisse, eu namoro há quase 2 anos com uma mulher espectacular e que em muito me tem ajudado. Hoje falo com os meus pai, estou mais presente e existe uma maior harmonia entre nós, mas será que só existe porque o tema é abafado?
Continuo a ter medo do dia em que lhes diga que namoro com uma mulher, mas sei que desta vez não vou deixar de dar o passo em frente, hoje sei quem sou, não tenho duvidas e sinto-me mais forte do que nunca.
Mas tal como todos os que passam ou tem este medo, o que mais desejo é que exista o dia em que me sentarei à mesa com os meus pais, namorada, irmã e cunhado, uma verdadeira FAMÍLIA...Será certamente o dia mais feliz da minha vida, porque não posso ser feliz e saber que estou mal com eles, quer queira quer não eles fazem parte de minha vida e são um parte bastante importante....
 :-\
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: devious_angel em 17.ago.2004, 13:51:31
 Eu n saberia o k fazer s tivesse d sair de casa por ser gay :-\...Talvez procurasse ajuda nos meus primos e tios, mas n sei...Tb tinha medo k eles reagissem mal.
 Tenho mt medo k isso possa acontecer. Mas penso k os meus pais n m poriam fora d casa  ??? :-\
 Ki medo :-[ :(
Título: Re:Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: woman_2 em 18.ago.2004, 15:09:32
Não creio que os meus pais me pusessem fora de casa por nenhuma razão. Apesar de os meus pais não saberem de mim, consigo sentir-me relativamente bem em casa. :)

Mas desejo cada vez mais ter a minha própria casinha!!! Onde tudo é produto do meu trabalho, onde tudo é à minha maneira, onde todos os pormenores reflectem o meu ser, a minha personalidade. Poder ser eu mesma no meu espaço. E não ter de dar satisfações... 8)

Seria excelente! ;)

Mas ter uma casa não é simples. Os custos (para a adquirir e para a manter) são bastante elevados. E como os salários não sobem como o custo de vida, é cada vez mais complicado.

E também, nada é perfeito:
Quem compra casa, não leva só a dita casa... Tem direito a ofertas... Responsabilidade, burocracias, contas para pagar, manutenção e limpeza da casa, dores de cabeça, noites sem dormir... :wor   :´

Mas se é esse o preço a pagar pelo meu espaço, pela minha liberdade, estou disposta a pagar! (quando tiver dinheiro suficiente... ;D)


 
 8)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Aicul em 03.nov.2004, 22:45:21
Eu também acho que os meus pais não me iam por fora de casa por eu ser lés, apesar de saber que isso ia piorar muito a minha relação com eles.
Mas imaginando que eles me expulsavam, acho que ia tentar arranjar a minha vida sem ter que depender de ninguém: um trabalho, uma casa (mesmo que fosse partilhada), e, aos poucos ir construindo a minha independência e viver de acordo com quem sou.  ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: sweet_poison em 04.nov.2004, 11:16:23
n sei o k é + chato..uma aula de sociologia ou uma de hist contemporanea  :o
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: sweet_poison em 04.nov.2004, 11:19:38
lolol ok ok n era isso k kia dizer  :P é só pk n sei mm o k faria se fosse posta fora de casa  ??? mas penso k um centro de acolho a LGBT nesta situação seria mt util
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: blink em 05.nov.2004, 00:31:06
lolol ok ok n era isso k kia dizer  :P é só pk n sei mm o k faria se fosse posta fora de casa  ??? mas penso k um centro de acolho a LGBT nesta situação seria mt util

Não sabia que havia centros de acolhimento LGBT, mas talvez pedisse ajuda a algum dos meus amigos ou amigas...  :-\
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: blink em 05.nov.2004, 00:32:33
o melhor pra mim é sair de casa..e deixar tudo pra trás em busca da minha felicidade(k já encontrei) Amo-te Liliana!!!!  :D

Boa sorte Glorious_girl20 na procura da Felicidade, vais enocntrá-a com certeza! ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Whisper em 05.nov.2004, 02:28:41
Felizmente não tive esse problema os meus pais sabem e cá estou =).
Eu acho que se isso me acontece ia viver c a minha namorada =X se ela deixa-se claro lol =P
Fando a serio agora, se isso tivesse acontecido quando os meus pais souberam, pois nessa altura n namorava, acho que me viraria para outro familiar, felizmente tenho familia grande e apesar de n sermos muito unidos se alguem tem problemas o outro ajuda...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: sweet_poison em 05.nov.2004, 22:32:52

Não sabia que havia centros de acolhimento LGBT, mas talvez pedisse ajuda a algum dos meus amigos ou amigas...  :-\

N há....pelo menos n k eu saiba...mas era mt util se houvesse
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 06.nov.2004, 10:16:09
Não sabia que havia centros de acolhimento LGBT, mas talvez pedisse ajuda a algum dos meus amigos ou amigas...  :-\

Tanto quanto sabemos não há. Penso que a sweet_poison está a fazer uma sugestão do que seria útil existir. :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: sweet_poison em 07.nov.2004, 11:37:07


Tanto quanto sabemos não há. Penso que a sweet_poison está a fazer uma sugestão do que seria útil existir. :)

É isso mesmo...era realmente mt util. Axo k ia ajudar mts pessoas em situações dessas
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: kynout em 07.nov.2004, 16:23:16
eu contava com com a ajuda de amigos ou da parte da familia menos preconceituosa...... :-\
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: pipinha17 em 11.dez.2004, 22:21:38
 N SEI TALVEZ IRIA PRA BEM LONGE FAZER ALGU PRA MOSTRARE QUE TINHA VALOR APEZAR D SER ASSIM ;D
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: ana em 11.dez.2004, 22:23:49
Ou para mostrar que mesmo sendo-se assim tem-se valor?  ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: aspirina em 24.jun.2005, 17:19:18
Se a situação fosse insustentável sairia de casa e ia à procura de um quartito para alugar e começaria a viver a minha vida.. Porem não lhes ia virar as costas...ia tentar resolver a situação. Os pais são as pessoas q mais nos amam por isso penso que seria possível chegar a uma concertação...dando-lhes o tempo e o espaço necessário.
Mtas vezes eles culpam-se pela nossa orientação vendo-nos como um falhanço deles...a revolta é mais com eles próprios do q connosco, com paciência e mta conversa, a meu ver, tudo iria ao lugar...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Blackdi em 24.jun.2005, 17:55:25
Se um dia isso acontecer, saio com alguma mágoa,  :( mas tentarei dar um tempo aos meus pais para digerirem um facto (a minha homossexualidade) que nem eles nem, ninguém conseguirá mudar.

Acredito piamante que a minha mãe nunca deixaria de me apoiar  :) e só sairia de casa por "cima do cadáver dela".

Quanto ao meu pai, tenho fé de que ele acabaria por aceitar. Se não o fizesse, poderia ter a certeza que perderia uma filha para sempre. >:(

Eu não perdoo esse tipo de coisas.  [smiley=chicote.gif] Acho que as pessoas têm todo o direito de pensar como quiserem, mas estamos a falar de um@ filh@, estamos a falar de laços de sangue. Supostamente, o amor dos progenitores deveria ser incondicional. :(

Se ele é teimoso, eu mais teimosa consigo ser... ???
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: aspirina em 24.jun.2005, 18:08:18

Quanto ao meu pai, tenho fé de que ele acabaria por aceitar. Se não o fizesse, poderia ter a certeza que perderia uma filha para sempre. >:(

Eu não perdoo esse tipo de coisas.  [smiley=chicote.gif] Acho que as pessoas têm todo o direito de pensar como quiserem, mas estamos a falar de um@ filh@, estamos a falar de laços de sangue. Supostamente, o amor dos progenitores deveria ser incondicional. :(

Se ele é teimoso, eu mais teimosa consigo ser... ???

Eu, por outro lado, perdoaria os meus pais...não é por eles serem da família que são menos falíveis que o resto dos humanos...toda a gente tem o direito de errar e por serem meus pais é q eu perdoaria mais rapidamente, porque os amo e não os quero perder, nem ficar zangada com eles.....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Blackdi em 24.jun.2005, 18:19:55
Sabes Aspirina, admiro pessoas como tu que têm a capacidade de perdoar.  ;) Eu até posso tentar esquecer, mas é-me impossível perdoar.  :( :-\ Não me orgulho nada disso... [smiley=chicote.gif] [smiley=choro.gif]
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: zezecb500 em 24.jun.2005, 20:11:54
se tivesse de sair de casa por ser LGBT era pk os meus pais não me aceitavam...á partida não tinhamos 1 boa relação :P
Tinha k me limitar a sair,lutar do zero e tentar refazer a minha vida...isto é tudo muito subjectivo!!!
Graças a Deus k os meus pais me aceitam e dou-me ás mil maravilhas com eles ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: reguila em 27.jun.2005, 20:55:55
Apesar de pôr a hipótese de um dia os meus pais terem a ideia parva de me meter na rua... confesso que creio ser uma hipotese muito remota porque, sobretudo, acredito na relação que construimos!
Acredito mais que a tensão (entenda-se a tentativa de lavagem cerebral que me fariam visando uma chatagem psicológica perfeita) seria tão grande que eu, por minha opção, acabaria por me ausentar de casa, pela minha saúde... (Pois já vivi uma amostra disso quando desconfiaram pela primeira vez que eu tinha uma namorada)...
Quer numa situação quer noutra o meu maior desejo seria a reconciliação, porque os amo de facto, e porque gosto de os ver desde sempre na primeira fila da minha vida (a mimar-me!!!!)...

Comentava isto com a minha namorada e disse entretanto: Uma coisa garanto, se me metessem fora de casa, acampava à porta do prédio com cartazes, até já tenho ideias para os dizeres dos cartazes...

Seria uma manifestação pacifica da minha opinião! :) eh eh eh
 
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: nirvana em 28.jun.2005, 14:37:26
Se tivesse que sair de casa por ser LBGT recomeça uma nova vida a partir do zero, mas caso isso aconteçe penso que seria por pouco tempo porque os meus pais acabariam por me compreender e pedir que voltassem para casa.

Concordo contigo Aspirina, todos erramos e os nossos pais também erram, mas apesar dos preconceitos ou da vergonham que possam dar como desculpa, o Amor de Pais vence tudo isso.  :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: oziris em 28.jun.2005, 17:08:49


 Acontece, quando os pais não conseguem perceber que os planos que traçaram para os filhos são em parte quebrados. Têm medo do que os outros possam dizer, da má lingua de pessoas de poucos escrupulos, que muitas vezes falam dos outros, sem olharem para si proprios. Ou entao pessoas que vivem mais isoladas, longe das cidades e nunca irão aceitar porque acham contra.natura. Agora não acho correcto, pais que por isso abandonam filhos, muitos deles sem meios para sobreviver, estudantes que ainda não completaram os cursos, deixando muitas vezes os sonhos de lado para arranjarem um trabalho para cobrir as despesas de uma vida nova.
 Coragem a todos que neste momento estao a passar por esta complicada estrada, mas pode até parecer um pouco fora de contexto, mas quando uma porta de fecha , abre.se sempre uma janela.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bruised em 28.jun.2005, 19:15:36
N sei se já deixei aqui o meu testemunho, mas infelizmente já tive a experiencia de sair de casa durante quase 3 meses pois os meus pais n saouberam lidar com a situação a tal ponto que as coisas entre mim e o meu se complicaram muito! À custa da minha orientação sexual e da incomprrensão dos meus pais pûs de lado o meu sonho- vir a ser médico. Hoje pago diariamente isso, com o arrependimento que me assalta em n ter decido fikar na covilhã e ter aceito o desafio de ter enfrentado o meu pai. Passados esses 3 meses voltei para casa a seu pedido e tudo voltou à normalidade e o assunto é vivido como um tabu! Apenas a minha mãe fez alguns progressos e já falou comigo acerca do meu namorado!
Assim desisti de um sonho e contruí um outro: " um dia ´hei-de conseguir que eu ele e os meu pais estejamos juntos"
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: N´guxi em 28.jun.2005, 19:48:40
Se tivesse que sair de casa por causa disso só havia uma coisa a fazer. Lutar pela vida.  ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Iria em 28.jun.2005, 20:12:13
Eu ia jogar volleyball para a linha do comboio. Ou descobrir se a Atlantis está localizada no fundo do rio Tejo. Não é mau, pois não?
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: gajuh_maluko em 23.jul.2005, 14:03:25
.. se os meus pais descobrirem a minha orientaçao sexual... muito provavelmente e isso k me vai acontecer... e como tal penso bastante nisso e vivo assombrado por este medo...

.. teria k arranjar um emprego em part-time uma vez k n tenciono deixar de concluir o meu curso ou tentar seguir o curso a noite... quanto a alojamento neste momento devido aos estudos estou a morar num 4º alugado.. iria ter k conversar c a senhoria e negociar uma forma de ficar la ate arranjar emprego  :-X :-X e esperar k ela entendesse...


.. como a minha relaçao c os meus pais sp foi turbulenta e discutimos muitas vezes.. tenho em mente arranjar 1 part-time nao so para ter alguma independencia economica mas tambem para lhes mostrar k sou bem capaz de passar sem eles... e k o argumento de me deixarem de dar dinheiro nao vai ser soluçao para terminar certas e determinadas discussoes..  :-\

Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: mauka em 12.mai.2006, 10:17:21
Bem posso dizer que já estive numa situação parecida e dei um passo para tras. Quando os meus pais descobriram, o meu pai disse-me ou paras com essas coisas ou sais de casa. Na altura já trabalhava, mas o medo de não ter os meus pais comigo levou-me a pensar e não sair de casa. Hoje posso dizer que ainda bem que assim aconteceu porque estou bem com eles, já só falta o meu pai aceitar a 100%
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: nuven em 12.mai.2006, 10:25:00
para ser sincera é uma questão q nunca me tinha posto a mim mesma... pq sempre me pareceu q nao iria precisar de tal coisa na minha vida.. alias ainda hoje moro em casa dos pais, sabendo eles da minha orientação.. e sabendo q namoro....

mas se tal me sucedesse... sinceramente acho q ia passar um mau bocado...

mas com certeza saberia dar a volta por cima...

começaria uma nova vida... sem duvida...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bix em 12.mai.2006, 11:22:46
Que fariam (ou fizeram se já passaram por isto) se após a revelação/descoberta da vossa orientação sexual e/ou identidade de género tivessem sido/fossem expulsos de casa pelos pais ou familiares ou sentissem o clima/ambiente em casa tão insuportável que não conseguissem mais continuar a viver lá?
Que soluções usariam? Que fariam? Que fez quem já passou por isto?
Se as coisas chegassem ao ponto de me expulsarem ou me sentir forçado a sair do clima psicológico insuportável, seria uma situação terrível.
Provavelmente, aniquilaria qualquer ligação emocional com eles e prepararia a minha vingança.
Iria ter com o primeiro advogado encontrasse e recorria aos tribunais.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: gumby em 12.mai.2006, 11:28:20
Que fariam (ou fizeram se já passaram por isto) se após a revelação/descoberta da vossa orientação sexual e/ou identidade de género tivessem sido/fossem expulsos de casa pelos pais ou familiares ou sentissem o clima/ambiente em casa tão insuportável que não conseguissem mais continuar a viver lá?
Que soluções usariam? Que fariam? Que fez quem já passou por isto?

ora bem, se após a descoberta da minha orientação os meus pais me tivessem posto fora de casa, ou tivessem tornado o clima insuportável, eu lá teria que me safar de alguma forma.

iria andar um bocado às aranhas durante uns tempos, mas depois tudo se arranjaria.

acho que começaria por (partindo do principio que alguém seria bondoso e me acolheria por uns tempos) procurar afincadamente um emprego (para contribuir para as despesas).

quanto aos meus pais, acho que me afastaria. Se me quisessem contactar saberiam como, mas fora isso não faria nenhuma tentativa de apaziguamento.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: wizardsoul em 12.mai.2006, 14:50:10
Sinceramente não sei....

Mas tenho muito medo, por já ter ouvido da boca da minha mãe duas vezes que o faria, o que me fez recuar, porque apesar de saber que me ama penso que seria capaz de o fazer por ter tanto preconceito dentro dela.

Acho que se isso acontecer , teria que falar com as assistentes sociais do IPL , para ir para uma das residências, e tentar continuar o curso.

Tinha que arranjar um trabalho, erguer a cabeça e seguir em frente, com o apoio dos meus amigos.

 

 
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Franco em 17.mai.2006, 11:18:31
eu acho isso tao estranho , os pais porem os filhos fora de casa?! por serem lgtb??? epah...se calhar axo estranho porque nao estou na situação, porque ninguem escolhe a orientação....entao os pais porem os filhos fora de casa por serem como sao?!? A minha mae tem uma mente muito abertam pois conhece imensos homossexuais, tem amigos assim, e acha-os pessoas impecaveis, nao lhe faz confusao NENHUMA .....entao eu quando me revelei aos meus pais tive uma grande surpresa por parte dos 2....disseram-me " filho desde que eu te veja com 1 sorriso na cara por mim está tudo bem, tens de lutar pela tua felicidade, se te apaixonares por 1 homem avança, a homosexualidade nao é nenhuma doença, nem nunca será por isso vive a tua vida...e ninguem tem de saber aquilo que tu es ou deixas de ser...."
e eu disse......" por acaso pensei que me iam por fora de casa ou algo do género.." ai é k a reacção deles mudou disseram..." tu nem a brincar dizes uma coisa dessas, nós amamos-te SEMPRE....e nao acredito que haja 1 UNICO pai capaz de por o filho na rua por ser homo ou bisexual..."
Desculpem-me mas a mim faz-me imensa confusao ser possivel acontecer tal barbaridade...por 1 filho fora de casa...isto já é tao dificil de vivenciar,...quanto mais atenuar ainda mais a dor e fazer-nos sentir ainda mais culpados, quando necessitamos é de apoio e suportes para prosseguirmos a nossa vida....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bix em 17.mai.2006, 11:23:51
Pois é Franco, é estranho mas real. >:(
Parabéns pelos pais que tens, tiveram uma atitude excelente! :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: nicsparks em 17.mai.2006, 18:08:33
Bem, há 5 anos atrás, como é do conhecimento de alguns ex-aequianos, tive esta situação na minha vida, como uma bola ardente que queria tirar das mãos ,mas nao podia!

Há 5 anos, quando minha família descobriu (melhor, alguem teve a amabilidade de o contar!) que eu era gay e que namorava, deu a escolher o amor e a familia. Jovem que era, num estado de angustia, raiva, ao mesmo tempo de hormonas saltitantes, escolhi o amor e saí de casa, aquele lar de tanto tempo.

Se foi dificil tomar a decisao, posso dizer que a mais dolorosa de todos e hoje passado tento tempo lembro me desse dia muito bem, apesar de com o tempo as coisas terem seguido um rumo diferente e hoje ter voltado a falar com a familia!

Quando sai, sai com um namorado e fui morar com ele, e desisti do 1º ano da faculdade e iniciei vida de trabalho, mas depois decidi voltar aos estudos e cá estou eu terminando o curso, apesar das inumeras dificludades que surjiram , de contratempos, de dores e tambem alegrias!

Deixei tudo que tinha para trás, quer materialmente, quer humanamente,mas fui conquistando mais ao longo do caminyho e se minha família hoje me olha com outros olhos é por ver que lutei, segui e tracei meu rumo!

Uma situação complicada, mas que por si foi uma lição de vida... :-*
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: SafeLight em 17.mai.2006, 19:24:53
não teria remédio..

se bem k conhecendo a minha familia como conheço, posso dizer k isso nunca aconteceria..
aquando da minha "revelação" o meu pai disse com todas as letras: "axas mesmo k eu t ia por fora de casa?"

 :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: centro_da_gravidad em 17.mai.2006, 23:01:42
Sinceramente nem quero pensar nisso...a minha vida teria de levar uma volta de 180 graus  :-X :-X
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Arms em 17.mai.2006, 23:34:49
Faria exactamente aquilo que fiz quando o meu pai me pôs fora de casa... Retirei tudo o que era meu e levei-o para o quarto que tinha alugado. Com algum tempo, arranjei alguém para dividir apartamento e pronto, cinco anos depois, cá estou. A sobreviver um dia de cada vez, com as minhas coisas e sem chatices... 8)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Topolino em 17.mai.2006, 23:53:12
Faria exactamente aquilo que fiz quando o meu pai me pôs fora de casa... Retirei tudo o que era meu e levei-o para o quarto que tinha alugado. Com algum tempo, arranjei alguém para dividir apartamento e pronto, cinco anos depois, cá estou. A sobreviver um dia de cada vez, com as minhas coisas e sem chatices... 8)

Permites-me perguntar como tudo se passou? E como é hoje em dia a tua relação com o teu pai? E que fizeste a nivel psicologico? ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Arms em 18.mai.2006, 02:20:06
Permites-me perguntar como tudo se passou? E como é hoje em dia a tua relação com o teu pai? E que fizeste a nivel psicologico? ;)

Foi tudo muito rápido e confuso, por coincidiu com o divórcio dos meus pais. Até hoje ainda não tenho a certeza se foi por ele saber se sou gay ou não (desculpem, mas só agora é que dei atenção ao título do tópico), porque eu contei ao meu irmão e não sei se ele contou ao meu pai. Eu estudo fora da cidade em que morava. Num fim-de-semana fui a casa e não consegui entrar em casa. A chave entrava, rodava mas a porta não abria. Dei a volta por trás e saltei o muro das traseiras e decubro que o meu pai tinha colocado uma cana a trancar a porta. Liguei-lhe e ele não quis atender. Liguei-lhe uma outra vez passado meia hora e ele disse-me que não queria que eu entrasse em casa. Eu então disse-lhe que ia ligar à polícia para me abrirem a porta e eu retirar tudo o que era meu, para que fosse tudo legal. E disse-lhe que, se ele quisesse, que fosse lá ter, mas que não me iria impedir de tirar tudo o que era meu de dentro de casa. Pois então, assim aconteceu. Liguei à minha mãe e ela foi lá ter (embora bastante relutantemente) e tirei tudo o que era meu. A questão de eu estar na dúvida se foi por causa da minha sexualidade, foi quando o meu pai me disse que "nenhuma bicha iria entrar na sua casa". Não repondi, nem quis lhe dar essa satisfação. Segui apenas o meu caminho.

Não falo com o meu desde esse dia. Já passaram seis anos. Ele mudou-se para a África do Sul e, francamente, está bem por lá. O meu tio tentou convencê-lo a ligar-me e a ajudar-me com os estudos, mas ele recusa-se.

A nível psicológico. Nem sei te explicar ao certo. Magoou-me imenso a atitude do meu pai. Mas, aos poucos, um dia de cada vez, fui-me orientando. Há palavras que ele me disse na altura que ainda me afectam, mas já se passou há tanto tempo e eu ainda cá continuo... Já aprendi a sobreviver a isso. Na realidade, isso quase já nem afecta. Não te posso explicar como se sobrevive a uma coisa dessas. Só sei que se sobrevive. Uns melhores que outros. Desde que se tenha a consciência tranquila e a cabeça no lugar... sei lá. Não há receitas, nem truques. Vive-se... um passo atrás do outro.

Mas, para te ser sincero, sou muito mais feliz agora, sabendo que consegui superar do que era dantes. Sou muito mais feliz porque eu sei quem sou, o que represento e que cresci muito nestes anos. Coisa que acho que não seria se ainda vivesse com o meu pai. :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: HumanNature em 18.mai.2006, 09:06:09
Permites-me perguntar como tudo se passou? E como é hoje em dia a tua relação com o teu pai? E que fizeste a nivel psicologico? ;)

Foi tudo muito rápido e confuso, por coincidiu com o divórcio dos meus pais. Até hoje ainda não tenho a certeza se foi por ele saber se sou gay ou não (desculpem, mas só agora é que dei atenção ao título do tópico), porque eu contei ao meu irmão e não sei se ele contou ao meu pai. Eu estudo fora da cidade em que morava. Num fim-de-semana fui a casa e não consegui entrar em casa. A chave entrava, rodava mas a porta não abria. Dei a volta por trás e saltei o muro das traseiras e decubro que o meu pai tinha colocado uma cana a trancar a porta. Liguei-lhe e ele não quis atender. Liguei-lhe uma outra vez passado meia hora e ele disse-me que não queria que eu entrasse em casa. Eu então disse-lhe que ia ligar à polícia para me abrirem a porta e eu retirar tudo o que era meu, para que fosse tudo legal. E disse-lhe que, se ele quisesse, que fosse lá ter, mas que não me iria impedir de tirar tudo o que era meu de dentro de casa. Pois então, assim aconteceu. Liguei à minha mãe e ela foi lá ter (embora bastante relutantemente) e tirei tudo o que era meu. A questão de eu estar na dúvida se foi por causa da minha sexualidade, foi quando o meu pai me disse que "nenhuma bicha iria entrar na sua casa". Não repondi, nem quis lhe dar essa satisfação. Segui apenas o meu caminho.

Não falo com o meu desde esse dia. Já passaram seis anos. Ele mudou-se para a África do Sul e, francamente, está bem por lá. O meu tio tentou convencê-lo a ligar-me e a ajudar-me com os estudos, mas ele recusa-se.

A nível psicológico. Nem sei te explicar ao certo. Magoou-me imenso a atitude do meu pai. Mas, aos poucos, um dia de cada vez, fui-me orientando. Há palavras que ele me disse na altura que ainda me afectam, mas já se passou há tanto tempo e eu ainda cá continuo... Já aprendi a sobreviver a isso. Na realidade, isso quase já nem afecta. Não te posso explicar como se sobrevive a uma coisa dessas. Só sei que se sobrevive. Uns melhores que outros. Desde que se tenha a consciência tranquila e a cabeça no lugar... sei lá. Não há receitas, nem truques. Vive-se... um passo atrás do outro.

Mas, para te ser sincero, sou muito mais feliz agora, sabendo que consegui superar do que era dantes. Sou muito mais feliz porque eu sei quem sou, o que represento e que cresci muito nestes anos. Coisa que acho que não seria se ainda vivesse com o meu pai. :)

Amigo, já tinha grande admiração por ti, então depois de ler isto...
Parabéns pela tua coragem, sim porque além de muita força, também tem que se ter muita coragem para enfrentar tudo isso!
Acredito que tudo isso tenha te ajudado a ser o excelente ser humano que agora és, assim como também te tenha deixado ainda mais forte!
Um big abraço..tudo de bom migo :-*

Quanto ao tópico, comigo isso não aconteceu, mas por tanta incompreensão dos meus pais, hoje em dia luto, para chegar o dia, em que irei sair ou de Portugal ou de Lisboa!
Os meus pais não me apoiam nos estudos e para eles isso não é importante, a minha mãe ainda tenta compreender mas vai atrás da conversa do meu pai.
O meu pai diz aceitar a minha homossexualidade, mas sempre que pode ja me fez bem a vida negra, e as vezes até penso se n será por saber aquilo que eu sou..
A minha mãe q foi com quem sempre desabafei tudo, tipo a minha melhor amiga e a pessoa q mais amo na vida, diz que não está preparada pra falar no assunto que isto é uma fase, e sempre que vê gays ou ouve falar que alguém o é, vem-me falar com palavras menos prórpias sobre o assunto!
Por me sentir tão farto de tudo isto, não por me expulsarem por ser gay, quero muito sair sim, assim que tenha condições irei o fazer, porque só assim poderei crescer como pessoa, ser humano, e a nivel profissional, se quero estudar e seguir a minha vida, é triste, mas tem que ser fora daqui!
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Arms em 18.mai.2006, 11:15:11
Amigo, já tinha grande admiração por ti, então depois de ler isto...
Parabéns pela tua coragem, sim porque além de muita força, também tem que se ter muita coragem para enfrentar tudo isso!
Acredito que tudo isso tenha te ajudado a ser o excelente ser humano que agora és, assim como também te tenha deixado ainda mais forte!
Um big abraço..tudo de bom migo :-*

Quanto ao tópico, comigo isso não aconteceu, mas por tanta incompreensão dos meus pais, hoje em dia luto, para chegar o dia, em que irei sair ou de Portugal ou de Lisboa!
Os meus pais não me apoiam nos estudos e para eles isso não é importante, a minha mãe ainda tenta compreender mas vai atrás da conversa do meu pai.
O meu pai diz aceitar a minha homossexualidade, mas sempre que pode ja me fez bem a vida negra, e as vezes até penso se n será por saber aquilo que eu sou..
A minha mãe q foi com quem sempre desabafei tudo, tipo a minha melhor amiga e a pessoa q mais amo na vida, diz que não está preparada pra falar no assunto que isto é uma fase, e sempre que vê gays ou ouve falar que alguém o é, vem-me falar com palavras menos prórpias sobre o assunto!
Por me sentir tão farto de tudo isto, não por me expulsarem por ser gay, quero muito sair sim, assim que tenha condições irei o fazer, porque só assim poderei crescer como pessoa, ser humano, e a nivel profissional, se quero estudar e seguir a minha vida, é triste, mas tem que ser fora daqui!

Obrigado amigo... ;) ;)
Mas, olha, deixa estar que tu também és uma excelente pessoa... e com muito mais força e coragem do que queiras admitir. ;) :-* :-*
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: quiet soul em 18.mai.2006, 11:47:21

Deixei tudo que tinha para trás, quer materialmente, quer humanamente,mas fui conquistando mais ao longo do caminyho e se minha família hoje me olha com outros olhos é por ver que lutei, segui e tracei meu rumo!

Uma situação complicada, mas que por si foi uma lição de vida... :-*

Fico feliz por ti! è através destas lições de vida que percebemos que vale a pena sermos fieis a nós próprios e lutarmos por aquilo que queremos e desejamos ;)


Há palavras que ele me disse na altura que ainda me afectam, mas já se passou há tanto tempo e eu ainda cá continuo... Já aprendi a sobreviver a isso. Na realidade, isso quase já nem afecta. Não te posso explicar como se sobrevive a uma coisa dessas. Só sei que se sobrevive. Uns melhores que outros. Desde que se tenha a consciência tranquila e a cabeça no lugar... sei lá. Não há receitas, nem truques. Vive-se... um passo atrás do outro.

Mas, para te ser sincero, sou muito mais feliz agora, sabendo que consegui superar do que era dantes. Sou muito mais feliz porque eu sei quem sou, o que represento e que cresci muito nestes anos. Coisa que acho que não seria se ainda vivesse com o meu pai. :)

És um sobrevivente sem dúvida ;) fico feliz por ti por tudo aquilo que conquistaste apesar das dificuldades pk passaste! os meus parabéns! :P


O meu pai diz aceitar a minha homossexualidade, mas sempre que pode ja me fez bem a vida negra, e as vezes até penso se n será por saber aquilo que eu sou..
Por me sentir tão farto de tudo isto, não por me expulsarem por ser gay, quero muito sair sim, assim que tenha condições irei o fazer, porque só assim poderei crescer como pessoa, ser humano, e a nivel profissional, se quero estudar e seguir a minha vida, é triste, mas tem que ser fora daqui!

Com certeza que irás encontrar o teu caminho ;) Vais ver que um dia tudo parecerá mais fácil!

Felizmente nunca me tive de debater com este problema... Contei aos meus pais que era gay e apesar de não terem reagido bem, também não me posso queixar minimamente da atitude deles. Nunca ouvi da boca deles recriminações e nem sequer se pôs em questão sair de casa. Sinto-me feliz pelos pais que tenho! ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: ca7arina em 18.mai.2006, 17:50:53
 :o
Aiiii, pergunta dificil ...  :-\ olha saia, em alturas dexas axo ke temos sempre umas kts maos amigas a kem podemos recorrer.Axo.  ::)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Topolino em 18.mai.2006, 18:07:39

Foi tudo muito rápido e confuso,(...)
Mas, para te ser sincero, sou muito mais feliz agora, sabendo que consegui superar do que era dantes. Sou muito mais feliz porque eu sei quem sou, o que represento e que cresci muito nestes anos. Coisa que acho que não seria se ainda vivesse com o meu pai. :)

Passei a admirar-te e obrigado por teres respondido... Desejo-te a felicidade total ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Arms em 18.mai.2006, 18:09:48

Foi tudo muito rápido e confuso,(...)
Mas, para te ser sincero, sou muito mais feliz agora, sabendo que consegui superar do que era dantes. Sou muito mais feliz porque eu sei quem sou, o que represento e que cresci muito nestes anos. Coisa que acho que não seria se ainda vivesse com o meu pai. :)

Passei a admirar-te e obrigado por teres respondido... Desejo-te a felicidade total ;)

Olha, obrigado  ;)
Mas até acho que não fiz nada de especial... agi naturalmente.
Eu também te desejo (e a todos) a felicidade total. ;) :-* :-* :-*
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Franco em 18.mai.2006, 19:45:55
Arms pt os meus mais sinceros parabens por conseguires reagir a tantas adversidades....1 grande abraço...admirei mt a tua historia...tens mta força..! Felicidades!
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: seraphine em 18.mai.2006, 22:24:52
eu acho isso tao estranho , os pais porem os filhos fora de casa?! por serem lgtb??? epah...se calhar axo estranho porque nao estou na situação, porque ninguem escolhe a orientação....entao os pais porem os filhos fora de casa por serem como sao?!?

A resposta à questão não se coloca exclusivamente na hipótese que refere a expulsão de casa; não se deixe de parte a possibilidade da convivência que se torna insuportável a um ponto em que se torna quase imperativo largar toda essa sujeição aos mecanismos pérfidos e subversivos que essa insustentabilidade pode tomar, sem que seja necessária a existência de uma obrigação formalmente imposta no sentido da expulsão.

Há cerca de um ano atrás, fui forçada a sair de casa no dia em que o meu pai soube da minha homossexualidade, precisamente pelas situações de conflito e de agressão que se geraram no momento. A minha mãe já sabia há algum tempo e várias vezes fomentava situações que me eram extremamente desconfortáveis e penosas; com o acrescento da indignação do meu pai naquele dia, foi impossível manter-me naquele espaço e definir uma qualquer resolução mental saudável que me proporcionasse a alternativa de estabelecer um acordo emocional ou de crer na acalmia/resolução pacífica da contenda que se gerou.

Estive alguns meses fora de casa, abandonei a faculdade e arranjei um emprego temporário, que me permitiu pagar a renda de um apartamento em conjunto com mais dois amigos da Rede. Os primeiros meses foram os mais difíceis, mas o apoio constante que me era proporcionado e a vontade inerente a qualquer atitude minha de me reestabelecer com segurança num espaço regido pela envolvente saudável que eu procurava gerar, acabou por me posicionar, curiosamente, no período mais estável e construtivo da minha vida.

Regressei a casa a pedido do meu pai, que se mostrou disponível para reatar laços e conviver com a diferença que lhe fora imposta, depois de meses sem trocarmos qualquer tipo de palavra; a minha mãe reforçou o pedido com um telefonema e eu acabei por aceder, nunca tendo sido minha intenção cessar com a noção estrutural de manutenção inerente a qualquer família.

No entanto, ao fim de alguns meses voltei a deparar-me com a insustentabilidade da convivência, crendo plenamente que desta vez essa acepção só pode ser tida como definitiva. Há situações que corroem, moem e propiciam um desgaste que é veneno potencial à saúde emocional de qualquer pessoa e sei, mais do que nunca, o quanto é importante resguardarmo-nos de certas tipologias e contextos relacionais (mas digo-o somente depois de ter tentado contrariar a ingressão por esta alternativa de todos os modos e feitios). Digo e tenho absoluta consciência de que não é propriamente voluntária e propositada, de nenhuma das partes, a insurgência conflituosa a que a relação entre mim e os meus pais tem sido diariamente submetida... simplesmente, mesmo quando se quer muito contrariar certos desenvolvimentos, há noções que superam a manifestação simples da vontade e deixam de permitir que a mesma se sustente por si só num plano relacional realizável e compatível com a estabilidade mútua das partes.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: alquimista em 19.mai.2006, 15:39:24
... não se deixe de parte a possibilidade da convivência que se torna insuportável a um ponto em que se torna quase imperativo largar toda essa sujeição aos mecanismos pérfidos e subversivos que essa insustentabilidade pode tomar, sem que seja necessária a existência de uma obrigação formalmente imposta no sentido da expulsão.
... há noções que superam a manifestação simples da vontade e deixam de permitir que a mesma se sustente por si só num plano relacional realizável e compatível com a estabilidade mútua das partes.
eu já há muito que queria sair de casa dos meus pais. eles não sabem - a minha mãe não tenho a certeza - mas foi numa situação exactamente como esta que a seraphine descreve que eu saí. tornou-se insustentável a vivência conjunta debaixo do mesmo tecto. mais tarde ou mais cedo sairia de casa...foi mais cedo? hoje digo que não, que devia ter sido mais cedo ainda, porque só me trouxe benefícios. trouxe-me mais estabilidade emocional e salvou aquilo que poderia ser o fim da minha relação com os meus pais em definitivo. safei-me por minha conta - tinha/tenho um emprego - e tive/tenho ajuda da minha irmã quando mais preciso.
deixo aqui muitos  :-* de muita força a quem passa por situações infelismente bem más, que fica "com uma mão à frente e outra atrás" - situação em que eu felismente não fiquei.
abraços a tod@s  ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: maqe em 11.jun.2006, 18:50:41
Bem, acabei de me registar no Ex aequo, ja assinei o cantinho dos novos menbros e decidi postar num ouro tema. escolhi este.

Tenho 20anos e aos 18 decidi assumir-me aos meus pais. Foi péssimo. Passadas duas noites estava a dormir na rua. Num banco de jardim, com a roupa do corpo e rezar para não ser assaltado.

Nasci e fui educado numa familia extremamente religiosa e conservadora, onde "coisas" como o divorcio, casamento interrracial, aborto e sexo antes do casamento são simplesmente inaceitáveis. Sabia de ante-mão que ser homossexual iria ser um problema.
Quando contei fi-lo da forma mais calma possivel, contei que á cerca de um ano que mantinha relações sexuais com homens, contei que não era uma fase, contei que não ia mudar. Os olhos da minha mãe ficaram vitreos, inexpressivos. Para um filho cujo norte sempre foi a opinião da mãe, isto fez-me temer, fiquei perdido, senti-me desprezado, odiado, repudiado.
Passados dois dias, em que tudo esteve num silencio de morte, fui acordado as quatro da manha. a minha mae tinha acabado de contar ao meu pai. Gritava comigo, chorava, ofendia-me. desde o tipido "preferia que fosses toxicodependente" ao "isso cura-se, mandamos-te para uma clinica" passando pelo "toda a gente sabe! estragaste a familia, o nosso nome! estragaste o teu futuro e o do teu irmão!" em duas horas eu ouvi de tudo. mantive-me calado. Não ha como descrever o que senti. senti-me mal. senti-me pessimo. queria desaparecer. a minha mãe olhava-me de forma enojada, com um desprezo de vomitos. de repente, todos os momentos bons em 18anos de existencia se resumiram aquela noite. aqueles gritos. aquelas palavras de odio.

Ninguem me expulsou de casa. Ninguem mencionou isso sequer. Eu fi-lo para evitar o que se seguiria. Sai sem nada. Com a roupa do corpo, uma sacola com documentos e 13euros na carteira. Estavamos em Agosto, na casa de ferias. Caminhei ate á estaçao mais proxima e apanhei o comboio para Lisboa.
Assim que cheguei a Lisboa a minha cabeça começou a reagir. Eu nao conhecia ninguem. Nao tinha para onde ir. Tinha apenas alguns numeros de engates aos quais nao me atrevi a ligar. Vaguei a tarde toda por Lisboa á procura de uma ideia, de uma ajuda que cai-se do céu. Nada. Quando começou a anoitecer comecei a ficar com medo. Eu nunca tinha saido a noite. Eu nunca tinha estado sozinho em Lisboa. Eu nao sabia o que fazer. Mantive-me sentado junto a locais onde havia movimento. encostado a uma parede  ou sentado num alpendre, com a sacola entre as pernas e a tentar não fechar os olhos.
Quando o sol nasceu comecei a ficar com fome. Decidi perder o orgulho e pedir ajuda. Fui a uma casa de banho publica e tentei, entro do possovel, fazer a higiene pessoal. Com uma muda de roupa e agua não vamos muito longe...
Fui a uma papelaria e procurei nas revistas e jornais alguma reportagem gay. havia uma, no expresso acompanhado do numero de ajuda da opus gay. Copiei o numero para o meu telemovel e liguei. Atenderam, estavam de férias. Lamentavam o meu caso. Não havia muito em que me pudessem ajudar. Eu, como tantos outros podia ser um aldrabão a procura de uma oportunidade para passar a mão em qualquer coisa. Ofereceram-me um alomoço e deram-me a morada de uma empresa de trabalho temporário.

As coisas não foram nada fáceis para mim. Estive mais quatro meses fora de casa. Sem nenhuma ajuda vinda das instituições, seja ela qual for. Sem ajuda monetaria de ninguem.
Acabei por voltar para casa. Quando percebi que estavam mais receptivos. quando ja preferiam um filho gay a um filho perdido na rua.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: centro_da_gravidad em 11.jun.2006, 18:56:45
As coisas não foram nada fáceis para mim. Estive mais quatro meses fora de casa. Sem nenhuma ajuda vinda das instituições, seja ela qual for. Sem ajuda monetaria de ninguem.
Acabei por voltar para casa. Quando percebi que estavam mais receptivos. quando ja preferiam um filho gay a um filho perdido na rua.
A tua historia tocou-me duma forma incrivel  :'(
Tens uma força que muitos nunca irao sonhar em ter. Espero que o teu futuro seja maravilhoso!
Abraço  :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Peixinho em 11.jun.2006, 19:13:16

Ninguem me expulsou de casa. Ninguem mencionou isso sequer. Eu fi-lo para evitar o que se seguiria. Sai sem nada. Com a roupa do corpo, uma sacola com documentos e 13euros na carteira. Estavamos em Agosto, na casa de ferias. Caminhei ate á estaçao mais proxima e apanhei o comboio para Lisboa.
Assim que cheguei a Lisboa a minha cabeça começou a reagir. Eu nao conhecia ninguem. Nao tinha para onde ir. Tinha apenas alguns numeros de engates aos quais nao me atrevi a ligar. Vaguei a tarde toda por Lisboa á procura de uma ideia, de uma ajuda que cai-se do céu. Nada. Quando começou a anoitecer comecei a ficar com medo. Eu nunca tinha saido a noite. Eu nunca tinha estado sozinho em Lisboa. Eu nao sabia o que fazer. Mantive-me sentado junto a locais onde havia movimento. encostado a uma parede  ou sentado num alpendre, com a sacola entre as pernas e a tentar não fechar os olhos.
Quando o sol nasceu comecei a ficar com fome. Decidi perder o orgulho e pedir ajuda. Fui a uma casa de banho publica e tentei, entro do possovel, fazer a higiene pessoal. Com uma muda de roupa e agua não vamos muito longe...
Fui a uma papelaria e procurei nas revistas e jornais alguma reportagem gay. havia uma, no expresso acompanhado do numero de ajuda da opus gay. Copiei o numero para o meu telemovel e liguei. Atenderam, estavam de férias. Lamentavam o meu caso. Não havia muito em que me pudessem ajudar. Eu, como tantos outros podia ser um aldrabão a procura de uma oportunidade para passar a mão em qualquer coisa. Ofereceram-me um alomoço e deram-me a morada de uma empresa de trabalho temporário.

As coisas não foram nada fáceis para mim. Estive mais quatro meses fora de casa. Sem nenhuma ajuda vinda das instituições, seja ela qual for. Sem ajuda monetaria de ninguem.
Acabei por voltar para casa. Quando percebi que estavam mais receptivos. quando ja preferiam um filho gay a um filho perdido na rua.



 :)
Uma história muito forte! Um abraço enorme!
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Eyre em 11.jun.2006, 20:33:20
As coisas não foram nada fáceis para mim. Estive mais quatro meses fora de casa. Sem nenhuma ajuda vinda das instituições, seja ela qual for. Sem ajuda monetaria de ninguem.
Acabei por voltar para casa. Quando percebi que estavam mais receptivos. quando ja preferiam um filho gay a um filho perdido na rua.

Fizeste bem em ter voltado para casa. As coisas não são fáceis e quem começa uma vida desta forma arrisca-se a uma vida de exclusão soacial e de pobreza. Espero que os teus pais desde então já tenham aceite a tua condição.

Muita força. :-* :-*
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: A_Dangerous_Mind em 11.jun.2006, 20:59:33
A tua história tocou-me bastante, também eu moro numa casa onde os meus pais sao extremamente conservadores, a minha mae é religiosa ao máximo e sei que um dia quando eles souberam a reacçao poderá ser a mesma. Felizmente eu tenho onde ir buscar ajuda, os meus irmaos sabem da minha orientação sexual, o que poderá pesar bastante na atitude dos meus pais, e para além do mais a minha irmã tem casa própria e já me disse que se eles descobrirem e me meterem fora de casa eu posso ir morar com ela. Mas sinceramente não saberia o que fazer, por muito que tivesse quem me ajudasse, iria ser um grande choque se fosse posto para de casa. Como tenho a ajuda da minha irma, nao tenho necessidade de andar assim tao escondido dos meus pais, ja nao escondo tanto com quem vou sair, e acho que a minha mae ja deve andar desconfiada... Sinceramente até sinto um pouco de curiosidade em saber a reacçao deles, se seria a mesma que os teus tiveram, ou uma diferente...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Issui em 11.jun.2006, 21:17:18
Hmmm, a tua história é fantástica. É uma injustiça que certas pessoas pensem como os teus pais.

De qualquer das maneiras, acho que não reagiria como tu. Se bem me conheço era mais provável agarrar no último ordenado e pagar a um bando de tipos para ir virar o carro da minha mãe e o do meu pai ao contrário. Ou então talvez uns vidrinhos partidos lá em casa. Não sei... Depende da gravidade da reacção deles...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: maqe em 11.jun.2006, 21:20:08
a questão não foi esteriorizar a minha furio por não ser aceite, ou mostrar-lhes que estavam errados. Sai de casa porque deixei de me sentir aceite, passei a sentir nojo quando olhavam para mim. E não consigo viver numa casa em que me olhem dessa forma.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Issui em 11.jun.2006, 21:25:51
Pois... Eu compreendo... Mas olha que às vezes é preciso engolir muitos sapos por nós mesmos....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Topolino em 11.jun.2006, 22:13:10
A tua história de vida é cheia de coragem associado ao medos que todos temos. Só te posso desejar felicidades e tudo de bom deste mundo.  ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 13.jun.2006, 17:04:39
a questão não foi esteriorizar a minha furio por não ser aceite, ou mostrar-lhes que estavam errados. Sai de casa porque deixei de me sentir aceite, passei a sentir nojo quando olhavam para mim. E não consigo viver numa casa em que me olhem dessa forma.

O teu testemunho, como alguns outros semelhantes que foram deixados aqui, é extremamente importante. Há mais pessoas neste momento na tua situação que não sabem a onde recorrer, a quem recorrer... teremos de encontrar soluções minimamente viáveis para ajudar pessoas que estiveram na situação que estiveste.

Um dos objectivos da rede ex aequo é que quem se dirije à associação crie uma rede de apoio, faça amigos e nesse sentido possa conseguir arranjar algum grau de uma rede de segurança se a dado momento estiver numa situação extremamente difícil. Mas para quem (ainda) não tem esta rede de apoio é muito complicado conseguir-se ajuda numa situação imediata como a que te aconteceu.

De qualquer modo... existe o número da associação e uma lista de contactos de apoio no nosso site (o contacto para o número da associação permitirá indicar alguns números de apoio e verificar se há mais algum modo de ajuda viável).

Tiveste sorte de existir a reportagem no Expresso. E se não houvesse? Há orgãos do estado ou não do estado que também servem para dar este tipo de ajuda. Enquanto não houver um orgão especializado que possa dar acolhimento a jovens LGBT fora de casa temos de recorrer àquilo que existe, que mesmo não sendo perfeito ou não estando preparados para situações de maus tratos por homofobia ou transfobia (se for o caso de não estarem), têm obrigação de prestar ajuda.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: sweet_poison em 19.jun.2006, 18:55:36
Eu saí de casa no dia 16 de Maio, em parte por ser gay e o clima lá em casa volta e meia não era do melhor. Então resolvi arranjar trabalho e assim que pensei bem se era realmente isso que queria falei com os meus pais, meio a medo, e saí. As coisas agora estão muito melhores, tão super kidos pa mim e ainda me ajudaram nas mudanças e mostraram que as portas continuariam sempre abertas para mim caso quisesse voltar.

A relação com a minha mãe melhorou e estou feliz com isso. Só não pensei sentir tantas saudades deles como sinto, mas tirando isso correu tudo mt bem, coisa que não me tinha passado pela cabeça que fosse acontecer  :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: *mOit3iRa* em 24.jun.2006, 12:23:43
Não faço ideia... mas penso muito nisso... sinto-me tão mal por ser lésbica e cada vez que dá algo na tv relaçionado com o assunto o meu pai irrit~-se muito e começa a dizer coisas horriveis... tenho vontade de sair de casa sim... porque o meu pai está sempre a tentar arranjar-me namorados  >:(
não me sinto bem. Se um dia sair de casa por isso, revolto-me!
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 23.nov.2006, 00:36:30
O tópico contém uma nova votação. Aproveito para tirá-lo do baú. :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: True_King em 23.nov.2006, 00:58:29
0
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: barthez em 23.nov.2006, 03:02:28
os meus pais sabem e n tive qq problema (nem tive medo antes de lhes contar) n consigo imaginar o q seria se tivesse de sair de casa por ser gay, n consigo mesmo, porque simplesmente tenho uma familia bem tolerante e q me educou da mesma maneira :) mas sei q muitos LGBT's passam por isso ou têm mto medo de passar por isso :(
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cacao em 23.nov.2006, 22:14:54
Depende da idade que tivesse, claro. Embora algumas vezes o problema resulte na dependência afectiva, mas se assim o fosse e tivesse condições sairia. Chantagens afectivas é que não!
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: onlyme em 24.nov.2006, 10:05:15
É uma hipótese q está fora de questão  ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: peregrino em 24.nov.2006, 11:24:02
sair de casa dos meus pais por eu ser lgbt!
sim, nem quero imaginar. acho que não acontecerá, mas...
Supondo que este sair de casa, é algo causado por atritos entre os meus pais e eu, isso seria devastador. Apesar de estar sempre a correr e nunca ter muito tempo para os meus pais, eles são um pilar demasiado importante na minha vida. Comparando com aquilo que gosto deles, sei msm que não lhes dedico o tempo correspondente. Talvez seja por ter como garantido que estaraão sempre ali, no quarto ao fundo do corredor.

Sair de casa neste momento, seria por ter quebrado várias ligações e por estarmos magoados. Não quero isso por nada.

Se tal acontecesse, teria de parar e repensar nas prioridades na minha vida.
O actual emprego permitiria-me sustentar, mas por certo teria de pôr em stand-by o curso de jazz.

Teria principalmente de pensar em conquistar a confiança dos meus pais. Como disse o pior, no meu caso, seria msm o quebrar de relação. Ir-me-ia habituar a fazer a vida como sempre fiz, a correr de um lado para o outro, com os meus amigos e com o meu sunshine. Mas a ausência dos mimnhos de mãe iriam fazer "moça".
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Blackdi em 25.nov.2006, 01:23:27
Neste momento, apenas tenho algum receio da reacção dos meus pais quando souberem, mas não concebo a ideia de me expulsarem de casa.

Nesse caso, preferiria sair pelos meus próprios meios, antes que chegássemos à ruptura total.  :P
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: maqe em 03.jan.2007, 22:54:08
andava a procura no meu post sobre este assunto e nao encontrei. nao sei se devo escrever dde novo.... o meu testemunho pode ser importante...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Papagueno em 03.jan.2007, 23:12:21
nem quero pensar nisso....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Swelly em 03.jan.2007, 23:15:14
...saía...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Papagueno em 03.jan.2007, 23:18:02
...saía...

simmm, saía mas com a consciencia de saber que o problema não é meu mas sim das cabecinhas parvas dos meus familiares....
nem quero pensar nisso....

Eu também não... Mas acho que tal não me aconteceria.

eu já não tenho tanta certeza quanto a isso, as tantas era mesmo posto fora....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: clandestino em 03.jan.2007, 23:44:12
...saía...

simmm, saía mas com a consciencia de saber que o problema não é meu mas sim das cabecinhas parvas dos meus familiares....
nem quero pensar nisso....

Eu também não... Mas acho que tal não me aconteceria.

eu já não tenho tanta certeza quanto a isso, as tantas era mesmo posto fora....

 :-\

Eu muito sinceramente acho que não era expulso de casa... mas iria sofrer muita tortura psicológica... Ah pois ia.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Papagueno em 03.jan.2007, 23:54:02
...saía...

simmm, saía mas com a consciencia de saber que o problema não é meu mas sim das cabecinhas parvas dos meus familiares....
nem quero pensar nisso....

Eu também não... Mas acho que tal não me aconteceria.

eu já não tenho tanta certeza quanto a isso, as tantas era mesmo posto fora....

 :-\

Eu muito sinceramente acho que não era expulso de casa... mas iria sofrer muita tortura psicológica... Ah pois ia.


Pois, como vãs tentativas de nos tornarem no que não somos.... e bocas foleiras... tudo porque algures no tempo surgiu a homofobia....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Di em 04.jan.2007, 12:59:56
 Acho que vou sair de casa antes de os meus pais descobrirem...  lol
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Franco_Baresi em 04.jan.2007, 13:41:46
graças a DEUS tenho uns GRANDES pais que me aceitam tal e qual eu sou ....mas se tivesse que sair de casa, saia, e fazia-me á vida, arranjava forças...mas uma coisa garanto...os meus pais nunca mais me viam á frente, é a única certeza que tenho...porque quem põe filhos fora de casa por isto é porque nao nutre qualquer tipo de sentimentos, e para mim são pessoas sem formação a todos os níveis. Desculpem a minha frontalidade, mas estas palavras foram-me dita pelos meus próprios pais, aquando lhes perguntei se eram capazes de me expulsar de casa por este motivo....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Papagueno em 04.jan.2007, 21:07:10
acho que nunca mais voltava.... se os meus pais me puserem fora é porque nem tem a capaciade de pensar.... de amar.... e não acredito nessa de que "foi tudo de cabeça quente".... quem ama, ama, independentemente de coisas como a orientação sexual....
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Kyou em 04.jan.2007, 21:44:39
Acho que depende da situaçao.. Sei que ficava muito revoltado e provavelmente diria que n queria que me vissem mais. No entanto, acho que as coisas não "são assim e pronto", é preciso tempo pa assimilar a ideia, e acho do agir ocm cabeça quente aplica se mesmo existindo amor. muito provavelment edepois de o fazerem estão com um grande peso na consciencia.. afinal é um filho que estão a por na rua. Não sei o que faria neste momento, talvez arranjar trabalho e partilhar a casa com alguem, mas espero acabar o curso antes de estar nessa situação. Mesmo se não voltasse para casa (quer por falta de vontade dos pais, orgulho, ou wtv) não posso agir tb de cabeça quente e dizer que "nunca mais me vão ver" ou algo do género. Não são só eles que têm de ter calma nestas situações, são ambos os lados. Claro que condeno uma decisão como essa de por fora de casa, mas acho que não temos de seguir a mesma ideia e agir de cabeça quente, quando nós até somos das pessoas que mais informadas sobre o assunto estão, e que sabem que situações destas são sempre complicadas. Há muito tempo ainda, pode ser que um dia nos aceitem como somos e que tenhamos capacidade para perdoar palavras ou acções crueis mas não pensadas.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Before the Dawn em 05.jan.2007, 22:24:05
A mim já me apeteceu e bastante  :-\ Agora é naquela base...Gostava de morar sozinha mas se não se meterem na minha vida tá-se bem :up
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: deep green eyes em 10.jan.2007, 11:41:10
tenho bastante receio q as coisas corram mal qd os meus pais souberem...por isso acho q prefiro esperar pela minha independência pa lhes contar...se calhar é melhor assim... :-\
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Soul em 10.jan.2007, 21:00:22
Pensar-se que ser-se LGBT implica sair de casa não é um bom ponto de partida. Antes de tudo é preciso ter noção do tempo certo para se contar, ou não, sobre a nossa orientação sexual, isto quando se fala de situações em que estamos dependentes dos pais. Há que ser cauteloso ao ponto de não correr o risco de sermos expulsos de casa; ter em conta se temos ou não condições de levar uma vida independente, ou seja, sem dependência financeira de terceiros. Ao contrário do que se possa pensar, por vezes a notícia sobre a orientação sexual não leva a que sejamos colocados fora de casa. Ter noção dos passos que se dão, tendo em conta a previsibilidade das reacções, é o caminho certo. Nada de precipitações, antes de tudo, devemos saber olhar de forma distante as partes envolvidas, com a clareza suficiente para não se cair num buraco sem fundo, ou cair sem forçar para nos voltarmos a erguer. O fórum, com as demais partilhas de histórias e reacções, é uma das ferramentas possíveis para que nos possamos acautelar/preparar para uma possível saída forçada de casa.   
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Sakura em 17.jan.2007, 03:46:35
Sinceramente tenho algum receio de que isso me possa eventualmente acontecer assim que me assumir aqui em casa. Por outro lado também considero que a minha mãe não seria capaz de me colocar fora. Sinceramente não sei bem dizer. O meu coração vota no ela não o fazer.

Mas... se eventualmente isso acontecesse eu não teria grande escolha. Provavelmente ficaria alojada em casa de alguém, a trabalhar para poder pagar o que gastasse. E eventualmente tentaria formas de abordagem à minha mãe para tentar atenuar as coisas.

É complicado pensar no que poderia fazer.. até porque na altura acredito que se fique bastante transtornado com a situação e que não seja assim tão fácil de resolver as coisas.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: cristina em 17.jan.2007, 19:40:23
se os meus pais me expulsassem de casa (espero bem que não o façam...) devido ao que sou, provavelmente não lhes voltava a falar tão cedo ou mesmo nunca mais. era um golpe demasiado profundo e quase incurável, rejeitar os próprios filhos é do pior  :-\ não sei o que poderá acontecer por isso também não posso dizer ao certo qual será a minha reacção .
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Mafy em 22.jan.2007, 21:16:35

  Não sei. Provavelmente tinha que ir morar para debaixo da ponte e ir comer aos caixotes do lixo. E não me aguentava viva por muito tempo.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Always em 18.fev.2007, 20:05:46
Tentaria arranjar um emprego...Viveria com algum amigo que me conseguisse dar abrigo. Não voltaria a olhar para a cara dos meus pais na vida. Lutaria pelo meu curso com tudo o que pudesse.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: FalsoDeus em 03.mar.2007, 17:23:05
  Uma situação na qual eu fosse obrigado a sair de casa por ser LGBT levanta, para mim, duas grandes questões:

  1 - Como me sentiria em relação a pessoas que amo e que me dizem amar me terem, de alguma forma, levado a sair de casa por algo tão simples quanto a minha horientação sexual?
  2 - Como viveria?

  Para a primeira pergunta, a minha resposta é simples: fosse pelo que fosse, como já "sondei" muito os meus pais em relação ao tema, e como eles sempre disseram que eu tenho todo o seu apoio em tudo (mesmo que nunca tenham colocado esta hipótese), tratá-los-ia como pessoas que me traíram e enganaram, que me disseram algo que não pretendiam cumprir. Assim, evitaria contactar com eles por muito tempo, e se eles tentassem estabelecer contacto comigo muito provavelmente iriam receber várias frases do tipo "in your face!", ou iriam simplesmente receber o meu silêncio e tristeza. Com o tempo, poderia vir a aceitar o que eles me têm para dizer. Caso eles não me tentassem contactar, por uma questão de teimosia (porque sei que sou teimoso) iria passar muito tempo até lhes falar.

  Quanto à segunda pergunta, não sei o que dizer: poderia tentar encontrar apoio nos meus amigos, tentar encontrar um quarto para dividir/alugar, e seria, obviamente, obrigado a procurar um emprego que me permitisse estudar e trabalhar ao mesmo tempo, algo que não sei se iria conseguir fazer por muito tempo. Iria ter de abdicar de muita coisa, mas, também por teimosia, não iria aceitar a ajuda dos meus pais a menos que estivesse mesmo desesperado, e faria de tudo para dar a volta à situação.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Coubert em 03.mar.2007, 23:22:33
Não faço a minima ideia. mas, tenho a certeza, que os meus tios me acolheriam. eles foram os unicos que vieram falar comigo sobre a minha orientação, por isso... tava safa! lol
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 02.jul.2007, 16:43:51
Gay homeless teens
CNN's Ted Rowlands explores the plight of gay homeless teens.
• Uncovering America: Fighting for Acceptance - Special Reports from CNN.com
• Your e-mails: Coming out -- then and now
Source: CNN  |  Added June 29, 2007

http://www.cnn.com/video/#/video/us/2007/06/29/rowlands.gay.homeless.teens.cnn
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Topolino em 03.jul.2007, 01:39:59
 :'( Emocionei-me um pouco com essa reportagem.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: srfo1 em 09.jul.2007, 17:58:32
Ia ser dificil para mim, claro. Mas se tivesse que sair, saía! A minha orientação sexual não posso, nem quero mudar, mas a casa onde vivo, posso! Mas, felizmente, nunca tive problemas desses! Os meus pais aceitaram bem!
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: CarlosAlves em 31.jul.2007, 10:56:33
"I left both my children, I abandoned them. They say it's the worst thing a mother can do." - Julianne Moore in "The Hours"
Não faço a mínima ideia do que faria. Apenas axo que é bastante mau da parte de qualquer pai fazer isso.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: kat em 31.jul.2007, 16:56:06
tenho a certeza absoluta que é algo que nunca aconteceria
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: hottie em 31.jul.2007, 18:11:07
tenho a certeza absoluta que é algo que nunca aconteceria

Digo exactamente o mesmo. 75% de hipóteses seria para que tal coisa se consumasse...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: android em 31.jul.2007, 18:15:27
Percentagens, percentagens...


Os meus pais n me põem fora de casa porque simplesmente gostam de me ter por perto, a controlar.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: hottie em 31.jul.2007, 18:16:29
Percentagens, percentagens...


Os meus pais n me põem fora de casa porque simplesmente gostam de me ter por perto, a controlar.

Gostava tanto de poder dizer o mesmo com tanta certeza  :-\
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Cátia. em 01.ago.2007, 01:17:34
há uma forte probabilidade de vir a acontecer, infelizmente ...
simplesmente nao sei....
a primeira pessoa que iria pensar recorrer, cmo smp, seria a minha namorada... mas seria uma situação tao complicada... em ultimo caso recorreria ao meu irmao que é a unica pessoa que me poderia acolher... mas continuaria a ser mto mau pq a minha presença seria contra a vontade da minha cunhada. Nao ia saber o que fazer.
E os meus pais simplesmente deixariam de existir.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Topolino em 01.ago.2007, 10:34:14
Eu, por exemplo, já não suporto estar em casa dos meus pais. Ainda ontem o meu pai implicou com a minha pulseira, afirmando eu parecer "pan******" ao que respondi "Bingo". E depois, ao mesmo tempo que a minha mãe dizia que era apenas uma pulseira e estava na moda, apenas disse: "Eu gosto e por isso uso."
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: CarlosAlves em 01.ago.2007, 11:07:56
essa do Bingo foi corajosa
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: BloodTears em 01.ago.2007, 20:01:02


Os meus pais também gostam muito de utilizar esse tipo de palavras "p********" e "f***". Tiro daí as minhas conclusões, não lhes agrada muito a ideia.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: True_King em 02.ago.2007, 16:39:00
Não faço a mínima ideia do que faria mas não ia ser nada fácil! Com as coisas que tenho para pagar e a trabalhar com parentes! Wow! Nem quero imaginar! Assim que pagar tudo o que ando a pagar, ai sim, pode vir o diabo e tece-las que aqui estarei firme e hirto! lol  lol
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: jay~ em 20.out.2007, 20:12:20
saía!!! se os próprios meus pais me punham fora de casa revelavam uma falta de amor, compreensão e respeito por mim por isso nem reclamava...   >:(
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Arms em 20.out.2007, 20:48:17
Fazia exactamente o que fiz quando o meu pai me pôs fora de casa. Ligar à polícia para irem comigo para eu poder buscar as minhas coisas, ir para um quarto alugado, trabalhar e tentar organizar a vida.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: jay~ em 20.out.2007, 22:10:14
Fazia exactamente o que fiz quando o meu pai me pôs fora de casa. Ligar à polícia para irem comigo para eu poder buscar as minhas coisas, ir para um quarto alugado, trabalhar e tentar organizar a vida.

 :-*

Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: dIkI em 21.out.2007, 11:39:57
eu sou nova pur aki mas gostaria d partilhar convosco o k se passou comigo á 1s meses atras...
resolvi assumir a minha orientaçao sexual perante os meus pais, pois estava farta de inventar desculpas para estar cm a minha namorada...ja estava á espera k a reacçaõ n fosse a melhor mas tb n pensei k fosse tao ma....
na altura a minha mae agrediu me fisica e psicologicamnt, e pos me fora de casa, visto que so tenho 17 anos e na altura tinha 16, estava numa situação mt complicada, a unica pessoa da minha familia k m apoiava era a minha irma.
depois do k a minha mae m tinha feito so keria era desaparecer, foi u k fiz, vim para casa da minha namorada na altura mas voltei no dia seguite pk a minha irma m convenceu e tb mt por causa dos meus sobrinhos que eu adoro (tia babada  ;D ).
voltei a minha mae pediu me desculpas e hoje o ambiente ta melhor mas continuam a mandar as bocas deles kd lhes apetece e etc, n m sinto bem aki mas tenho k aguentar plo menos + 1 ano....
acho k isto se deve á sociedade cm a mente ainda mt retrogada em k vivemos....


dsclpm u testamento...lol

bjnhx
 ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Ladybird em 21.out.2007, 12:24:08
eu sou nova pur aki mas gostaria d partilhar convosco o k se passou comigo á 1s meses atras...
resolvi assumir a minha orientaçao sexual perante os meus pais, pois estava farta de inventar desculpas para estar cm a minha namorada...ja estava á espera k a reacçaõ n fosse a melhor mas tb n pensei k fosse tao ma....
na altura a minha mae agrediu me fisica e psicologicamnt, e pos me fora de casa, visto que so tenho 17 anos e na altura tinha 16, estava numa situação mt complicada, a unica pessoa da minha familia k m apoiava era a minha irma.
depois do k a minha mae m tinha feito so keria era desaparecer, foi u k fiz, vim para casa da minha namorada na altura mas voltei no dia seguite pk a minha irma m convenceu e tb mt por causa dos meus sobrinhos que eu adoro (tia babada  ;D ).
voltei a minha mae pediu me desculpas e hoje o ambiente ta melhor mas continuam a mandar as bocas deles kd lhes apetece e etc, n m sinto bem aki mas tenho k aguentar plo menos + 1 ano....
acho k isto se deve á sociedade cm a mente ainda mt retrogada em k vivemos....


dsclpm u testamento...lol

bjnhx
 ;)


com grand orgulho de ti  :D :)

*
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: dIkI em 21.out.2007, 12:39:15
eu sou nova pur aki mas gostaria d partilhar convosco o k se passou comigo á 1s meses atras...
resolvi assumir a minha orientaçao sexual perante os meus pais, pois estava farta de inventar desculpas para estar cm a minha namorada...ja estava á espera k a reacçaõ n fosse a melhor mas tb n pensei k fosse tao ma....
na altura a minha mae agrediu me fisica e psicologicamnt, e pos me fora de casa, visto que so tenho 17 anos e na altura tinha 16, estava numa situação mt complicada, a unica pessoa da minha familia k m apoiava era a minha irma.
depois do k a minha mae m tinha feito so keria era desaparecer, foi u k fiz, vim para casa da minha namorada na altura mas voltei no dia seguite pk a minha irma m convenceu e tb mt por causa dos meus sobrinhos que eu adoro (tia babada  ;D ).
voltei a minha mae pediu me desculpas e hoje o ambiente ta melhor mas continuam a mandar as bocas deles kd lhes apetece e etc, n m sinto bem aki mas tenho k aguentar plo menos + 1 ano....
acho k isto se deve á sociedade cm a mente ainda mt retrogada em k vivemos....


dsclpm u testamento...lol

bjnhx
 ;)


com grand orgulho de ti  :D :)

*



bigadu*
acabei pur dxcobrir 1a forxa em mim k n xabia k tinha...ate foi poxitivu xD
bjnhu ladybird  :-*
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Pixel em 21.out.2007, 15:26:05
É familiar...  ;D

Hoje... pegava no meu pequeno T2 portátil e ía para o parque de campismo mais perto do trabalho :P
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: beca em 28.out.2007, 23:46:19

Assinalei "Saí eu própria e nunca mais voltei" , porque o que se pode dizer dos meus pais é que por terem casado não se estragaram duas casas. Não só no sentido da homofobia, noutros também.

Só os visito de vez em quando e o meu pai agora já não é tão homofóbico.

De qualquer forma não suportava o ambiente em que vivia, isto sem me ter assumido perante a família, só havia desconfianças !!

Não há paciência... saí de casa e foi o melhor para mim.

Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: android em 29.out.2007, 08:49:28
Fazia exactamente o que fiz quando o meu pai me pôs fora de casa. Ligar à polícia para irem comigo para eu poder buscar as minhas coisas, ir para um quarto alugado, trabalhar e tentar organizar a vida.


À policia? Eras menor na altura? Mesmo assim, esqueço-me que se podia fazer isso...


Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Arms em 29.out.2007, 09:37:07
Fazia exactamente o que fiz quando o meu pai me pôs fora de casa. Ligar à polícia para irem comigo para eu poder buscar as minhas coisas, ir para um quarto alugado, trabalhar e tentar organizar a vida.
À policia? Eras menor na altura? Mesmo assim, esqueço-me que se podia fazer isso...

Não. Tinha 19 anos. Chamei a polícia por várias razões:

1) Com eles lá o meu pai não poderia fazer qualquer tipo de agressão física, como aconteceu com a minha irmã, que saiu depois de mim.
2) Com a polícia por lá o meu pai não me poderia acusar de roubo.
3) Com a polícia lá, eu consegui garantir que uma cláusula não fosse quebrada, uma vez que os meus pais estavam em pleno processo de divórcio e a minha mãe estipulou que o meu pai não se aproximasse dele até uma certa distância. Para evitar que o meu fosse preso, chamei a polícia.

Quer dizer, ele mais tarde acusou-me de outras cisas. Mas isso é outra história.
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: android em 29.out.2007, 10:12:39
Fazia exactamente o que fiz quando o meu pai me pôs fora de casa. Ligar à polícia para irem comigo para eu poder buscar as minhas coisas, ir para um quarto alugado, trabalhar e tentar organizar a vida.
À policia? Eras menor na altura? Mesmo assim, esqueço-me que se podia fazer isso...

Não. Tinha 19 anos. Chamei a polícia por várias razões:

1) Com eles lá o meu pai não poderia fazer qualquer tipo de agressão física, como aconteceu com a minha irmã, que saiu depois de mim.
2) Com a polícia por lá o meu pai não me poderia acusar de roubo.
3) Com a polícia lá, eu consegui garantir que uma cláusula não fosse quebrada, uma vez que os meus pais estavam em pleno processo de divórcio e a minha mãe estipulou que o meu pai não se aproximasse dele até uma certa distância. Para evitar que o meu fosse preso, chamei a polícia.

Quer dizer, ele mais tarde acusou-me de outras cisas. Mas isso é outra história.


Ah!

Às vezes pergunto-me se será melhor viver no silêncio ou ter que chegar a esse ponto. Quer dizer, no teu caso parece que não houve grande alternativa..  :-\
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: vss em 15.mar.2008, 21:28:56

Felizmente nunca se pôs tal questão  ;)

Mas sei que existem casos bem complicados  :( Para esses, força, como por vezes digo, por mais longa que seja a noite o sol volta sempre a brilhar... Força para o ajudarem a brilhar  ;)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 29.mar.2009, 04:53:45
Casas de abrigo para jovens gays e lésbicas expulsos pelas famílias
28 Março 2009
NUNO MIGUEL ROPIO

Será uma versão homossexual dos cerca de 40 espaços de acolhimento existentes destinados às mulheres vítimas de violência doméstica, em Portugal, com o intuito de servir de emergência social nos casos de jovens gays e lésbicas expulsos pelos próprios pais, que rejeitam a orientação sexual dos filhos.

O Instituto da Segurança Social (ISS) vai apoiar a constituição destas casas de abrigo, de forma a colmatar o crescente número de pedidos de auxílio que têm chegado nos últimos anos à Rede Ex aequo, associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros. Segundo Edmundo Martinho, presidente do ISS, há a necessidade de se estabelecerem parcerias público-privadas com organizações homossexuais perante a maior consciencialização da violência física e psicológica que estes jovens sofrem dos progenitores.

"Não cabe à administração pública criar respostas. Mas terá o nosso apoio uma instituição particular de solidariedade social ou equiparada que se propuser a trabalhar com estes casos, a exemplo do que acontece com as parcerias de apoio às vítimas de violência doméstica", respondeu Edmundo Martinho, ontem, quando questionado pela porta-voz da Rede Ex aequo, Rita Paulos, durante a conferência "Políticas Integradas contra a Discriminação das Pessoas LGBT [lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros], no Picoas Plaza, em Lisboa.

Ao JN, a dirigente daquela associação - constituída por jovens dos 16 aos 30 anos - adiantou que são cada vez mais os pedidos de auxílio que jovens homossexuais fazem chegar à Rede Ex aequo, devido à rejeição e agressões dos pais.

"Estes jovens entram num profundo estado de isolamento. É que se há pais violentos, que os agridem e os expulsam de casa, há depois todo um controlo que vai desde vasculhar o telemóvel até levar os filhos à escola, não lhe permitindo o seu espaço individual", explicou Rita Paulos, à margem daquela conferência, organizada pela Associação ILGA Portugal, que termina hoje.

De acordo com um inquérito realizado online a 614 jovens, ontem apresentado pela "Ex aequo", apenas 17,6% dos progenitores aceitam bem a sua opção sexual , perante os 58,5% de jovens que se afirmaram discriminados. Cerca de 90% dos inquiridos admitiram que deram conta da sua homossexualidade antes dos 21 anos e mais de metade admitiu que já teve ideias suicidas.

"Dos vários casos com que já fomos confrontados, lembro-me de um rapaz, de Lisboa, que nos contactou antes de tentar o suicídio. Depois de estar no hospital é que a mãe passou a aceitá-lo", frisou Rita Paulos, salientando que 10% dos jovens entrevistados responderam já ter tentado pôr fim à vida.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1183918
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: NiCeGuY em 29.mar.2009, 05:18:50
Isto é sem dúvida uma excelente notícia e um bom augúrio para o futuro.

A maioria de nós conhece directamente ou indirectamente situações extremas no seio familiar aquando da revelação da homossexualidade e não só.

A fragilidade a que muitos jovens ficam sujeitos é enorme e de consequências gravíssimas e perigosas. Esta é sem dúvida uma ideia/projecto extremamente importante que espero venha a colher adeptos dos órgãos responsáveis e seja levado a bom porto  :) :) :)

Parabéns Rita pela participação/intervenção e parabéns também à rede ex aequo que tem vindo a assumir um papel cada vez mais notório, relevante e muito importante na nossa sociedade  ;D
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 29.mar.2009, 21:46:54
Parabéns Rita pela participação/intervenção e parabéns também à rede ex aequo que tem vindo a assumir um papel cada vez mais notório, relevante e muito importante na nossa sociedade  ;D

Obrigada Helder. :) Agora é tentar trabalhar a curto-médio prazo para a concretização de recursos como estes. :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Draconus Thorn em 29.mar.2009, 22:35:10
Não sou assumido para os meus pais...
Ora bem, apesar de achar que não me expulsariam, penso que iria sofrer bastante psicologicamente. Mas de uma coisa poderiam estar certos, quanto mais me magoassem mais magoados sairiam eles. Ok, não é bonito de se dizer, mas é a verdade. Se são verdadeiros pais, têm que me respeitar como eu sempre fiz com eles.
Uma coisa que temo também é que me tentassem esconder e impedir de me mostrar como sou ao resto da sociedade...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: BunnyBoops em 30.mar.2009, 01:11:53
A situacçao é muito complicada pois a minha sabe de certo modo e inferioriza me mesmo eu nao admitindo
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: NiCeGuY em 30.mar.2009, 12:32:48
Uma coisa que temo também é que me tentassem esconder e impedir de me mostrar como sou ao resto da sociedade...

É verdade, por vezes o pior nem são os próprios pais em si ou a sua opinião mas a opinião dos outros sobre o assunto. Os restantes familiares, amigos, vizinhos etc., pelo menos no meu caso em que a minha mãe e avó com quem vivo já sabem, uma das grandes reticências que têm em relação à minha homossexualidade é o que os outros vão pensar, dizer, comentar... É mais complicado quando se vive numa zona em que todos se conhecem e pior ainda, toda a gente tem alguma coisa para falar sobre toda a gente.
Contudo são situações que neste momento me passam completamente ao lado :p
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Draconus Thorn em 30.mar.2009, 13:13:37
Eu moro numa dessas zonas, e por acaso essa gente, apenas por eu não me dar com eles, já dizem que sou gay. Ok, por acaso até é verdade  lol, daí isso não me afectar nada. É-me indiferente o que o resto das pessoas pensem ou digam, desde que não me prejudiquem a mim ou à minha família de qualquer maneira...
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Lasy em 30.mar.2009, 17:07:34
Eu fui meio expulsa, meio convidada a sair qd a familia dela me foi bater À porta e contar aos meus pais. Por ela sai nessa msm hora, mas se fosse hoje n o faria, pq passado nem 1 ano ela trocou-me por 1 rapaz e no fim de contas so perdi com este meu amor... Perdi a familia, passei os dias festivos de 2008 sozinha num quarto alugado, e o principal é que a perdi tb... Nao devemos de dizer nunca mas nao me vejo a perder o que quer q seja por outro alguem ou a deixar de fazer o que a razao manda e dar ouvidos apenas e so ao coraçao. Esta unica vez bastou-me e ainda hoje passados apenas 4 meses, tudo continua igual... Nao vou a casa dos meus pais e o pior é que continuo a ama-la da mesma forma que amava em Fevereiro de 2008 quando sai de casa... Mas como me diz a minha tia, Deus fecha uma porta mas abre uma janela... e é neste pensamento que mergulho sempre que me sinto triste  :-\ :'(
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: bluejazz em 31.mar.2009, 00:14:04
Lasy, se não tivesse sido por esta namorada, teria sido por outra que possivelmente ainda estivesse contigo, não concordas? :)

É muito duro ter perdido tanto porque uma relação se tornou conhecida pelos teus pais. Mas não foi só essa relação, mas também a tua orientação sexual que passou a ser conhecida que levou a esta atitude dos teus pais.

Acredito que tenhas saído com mais facilidade de casa porque estavas apaixonada e o teu exemplo pode ser um aviso para reflexão que por vezes, se realmente gostamos dos nossos pais e queremos ficar a bem com eles, apesar de tudo, podemos tentar trabalhar o conflito antes de tomar uma medida drástica, especialmente se não existe violência física e verbal ou se a violência psicológica é suportável até certo ponto. Cada caso é um caso. Cada pessoa é uma pessoa.

Ânimo... fazer coisas mais drásticas por amor é comum. Não estás sozinha. Com certeza que as coisas hão-de melhorar e encontrarás um caminho mais feliz. Levas agora na tua bagagem mais experiência e mais reflexão. Faz disso uma coisa positiva e não deixes que isso te amargure ou te tolde a visão sobre a vida e sobre os outros. :)

Entretanto, com o tempo talvez possas reconciliar-te com os teus pais e que bonito e positivo seria se o primeiro passo fosse deles. Talvez eles ficarem a saber que tens abertura para uma reconciliação, na medida de uma mudança de atitude sobre ti e a tua orientação sexual? Não sei.

De qualquer modo o que parece agora fresco e muito forte, com certeza com o tempo irá sarar. Espero. :)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: giffs em 06.set.2010, 23:37:42
Casas de abrigo para jovens gays e lésbicas expulsos pelas famílias
28 Março 2009
NUNO MIGUEL ROPIO

Será uma versão homossexual dos cerca de 40 espaços de acolhimento existentes destinados às mulheres vítimas de violência doméstica, em Portugal, com o intuito de servir de emergência social nos casos de jovens gays e lésbicas expulsos pelos próprios pais, que rejeitam a orientação sexual dos filhos.

O Instituto da Segurança Social (ISS) vai apoiar a constituição destas casas de abrigo, de forma a colmatar o crescente número de pedidos de auxílio que têm chegado nos últimos anos à Rede Ex aequo, associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros. Segundo Edmundo Martinho, presidente do ISS, há a necessidade de se estabelecerem parcerias público-privadas com organizações homossexuais perante a maior consciencialização da violência física e psicológica que estes jovens sofrem dos progenitores.

"Não cabe à administração pública criar respostas. Mas terá o nosso apoio uma instituição particular de solidariedade social ou equiparada que se propuser a trabalhar com estes casos, a exemplo do que acontece com as parcerias de apoio às vítimas de violência doméstica", respondeu Edmundo Martinho, ontem, quando questionado pela porta-voz da Rede Ex aequo, Rita Paulos, durante a conferência "Políticas Integradas contra a Discriminação das Pessoas LGBT [lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros], no Picoas Plaza, em Lisboa.

Ao JN, a dirigente daquela associação - constituída por jovens dos 16 aos 30 anos - adiantou que são cada vez mais os pedidos de auxílio que jovens homossexuais fazem chegar à Rede Ex aequo, devido à rejeição e agressões dos pais.

"Estes jovens entram num profundo estado de isolamento. É que se há pais violentos, que os agridem e os expulsam de casa, há depois todo um controlo que vai desde vasculhar o telemóvel até levar os filhos à escola, não lhe permitindo o seu espaço individual", explicou Rita Paulos, à margem daquela conferência, organizada pela Associação ILGA Portugal, que termina hoje.

De acordo com um inquérito realizado online a 614 jovens, ontem apresentado pela "Ex aequo", apenas 17,6% dos progenitores aceitam bem a sua opção sexual , perante os 58,5% de jovens que se afirmaram discriminados. Cerca de 90% dos inquiridos admitiram que deram conta da sua homossexualidade antes dos 21 anos e mais de metade admitiu que já teve ideias suicidas.

"Dos vários casos com que já fomos confrontados, lembro-me de um rapaz, de Lisboa, que nos contactou antes de tentar o suicídio. Depois de estar no hospital é que a mãe passou a aceitá-lo", frisou Rita Paulos, salientando que 10% dos jovens entrevistados responderam já ter tentado pôr fim à vida.

[url]http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1183918[/url] ([url]http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1183918[/url])


Mas existe algum sítio ou organização concreta de casa de abrigo a lgbt a que possamos recorrer? Telefonar? Contactar?
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: SofiaDiener em 22.jul.2014, 12:37:27
Existe desde 2013 a Happier Teens, com a Casa Trampolim para acolher jovens que tenham sido expulsos de casa.
Se precisarem liguem para o número de emergência 918 052 088 ou vão ao site www.happierteens.org (http://www.happierteens.org)
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: Stabilo em 31.jan.2015, 18:39:29
Nunca tive problemas desta natureza, mas se os tivesse, saía! E se tivesse sido quando era mais nova, mandava-me a vida, em casa não ficava eu!
Título: Re: Que farias se tivesses de sair de casa por ser LGBT?
Enviado por: akire em 01.fev.2015, 02:03:01
Acho que meu caso foi bastante tranquilo... Na altura em que contei ela até me deu bastante concelhos, vi ela chorar por alguns dias o que deixou me sentindo a pior filha do mundo.. Mas
Mas hoje ela já tá mais calma, e sinto que cada dia que passa estamos mais próximas. Ela não aceitou mas respeita a minha decisão é isso é o que importa pra mim :) mas quando eu contei, eu já fui em mente que sairia de casa se ela não aceitasse, e não vou mudar quem eu sou, essa é uma decisão que tomei para minha vida e me sinto feliz assim, acho que pra minha mãe o que importa é que eu esteja feliz... Tive sorte xD