Fórum da rede ex aequo

Cidades com e sem núcleo lgbti => Norte => Braga => Tópico iniciado por: noitidartnoK em 13.abr.2007, 22:33:45

Título: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: noitidartnoK em 13.abr.2007, 22:33:45
A universidade ou a escola são muitas vezes o local onde nos descobrimos e assumimos para nós próprios. Onde até conhecemos muitos amigos gays...

Na Universidade do Minho como é a situação dos jovens LGBT?  Tens outros amigos gays? Como são integrados nos vossos grupos de amigos? Como são as conversas quando se fala em homossexuais? E nas aulas como é abordado o assunto? Subsiste a discriminação e o tabú ou o tema já entrou na ordem do dia (pela positiva)? Recomendarias a UM?

Quem não tem contacto com a UM e quiser pode reportar-se à sua escola ou local de trabalho ou comentar o que ouve sobre o assunto na UM.

Abraços!
noitidartnoK, ex-aluno da UM
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: plan b em 18.abr.2007, 00:06:47
Este assunto interessa-me, como possível futuro aluno da UM.  ;D A ideia que eu tenho da Universidade em si é a melhor. Ninguém que eu conheça e que ande lá diz mal dela. Mas em termos de homossexualidade, não sei qual é a situação.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: -14- em 18.abr.2007, 19:35:09
Ainda bem que iniciaram este tópico, pois estou a pensar seriamente em ir para a UM. Eu sou de Lisboa, e como tal tinha planeado vir aqui ao fórum de Braga pedir-vos a vossa opinião sobre a cidade e a Universidade, em particular.
Aproveito pra dizer olá, já que sou nova por estas bandas  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Mofli em 19.abr.2007, 22:15:46
se querem saber a verdade... bem... Nao ha nenhuma verdade absoluta! simplesmente em todos os cursos que existem, seja de Medicina a LEI, existe em todos gente homofobica, simpatizantes e homossexuais... nalguns cursos mais que em outros, desde que encontres um grupo de amigos (as) em que confies, podes basicamente viver feliz com eles e ser tu proprio... Da mesma forma que na sociedade nao aconselho a assumir e a ter uma atitude muito escandalosa, tambem na UM sugiro que a descriçao seja a melhor hipotese... pois embora mais velhos, muitos deles têm mentalidades infantis que podem, basicamente complicar muito a tua vida universitaria...  No entanto, sendo a universidade um local vasto e impessoal, nao aconselho a isolaçao... sei lá, a praxe é sempre uma boa maneira de fazer amigos para a vida! de qualquer das formas esta universidade é uma boa Aposta!!! e lá podem sempre encontrar gente que vos apoia, como eu, ou outros tantos como eu (que existem, embora eu nao saiba quem sao...)... Boa sorte para as escolhas, e Bjs e Abraços 8) 8) 8)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Xamã em 20.abr.2007, 23:59:23
eu sou aluna da UM e sou lésbica por isso curti responder a este tópico... concordo com o Mofli quando ele diz k a praxe é das melhores maneiras de te integrares e desde k tenhas um bom grupo de amigos com o qual te possas abrir tudo pode correr bem... sobre mim sabes apenas 2 amigos mas vou-m abrindo devagarinho...lol apenas também gostaria de conhecer mais gente lgbt desta universidade! por isso, pessoal da UM digam coisas!!  ::) e sim, é uma óptima aposta para uma formação académica! em relação à "situação dos jovens lgbt" apenas acho k é preciso mais iniciativas e actividades para se começar a discutir a sério o assunto na tentativa de se começar a combater as opiniões homofóbicas que ainda lá existem...  :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: -14- em 21.abr.2007, 21:48:41
Hoje fui à Futurália e, juntamente com os vossos testemunhos, creio que me decidi mesmo pela UM. Certamente que Braga é um local tão bom como qualquer outro, há gente "boa" e gente "má" em todo lado. Na verdade, as pessoas com quem convivo aqui, em Lisboa, são na sua esmagadora maioria homofóbicas, logo, quanto a isso, a minha situação não pode piorar... lol
Bom, agora só me falta conseguir média pra entrar na UM. Tou em pulgas! hehe
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 23.abr.2007, 18:00:42

podemos estar na cidade mais conservadora do país, e a UM pode ser reflexo disso em muitas coisas, mas temos cá pessoal muito à frente, que por experiência própria ou não, não tem preconceitos e ama a vida e a de todos aqueles que a vivem de forma diferente...

sou aluno da UM, sou gay e adoro divertir-me....estou disponivel e ficarei muito contente em conhecer mais pessoal, para sair, conversar ou para outra coisa qualquer...sejam alunos ou futuros alunos.......

um grande abraço pó pessoal do arco-íris!!!!!!!!

GAP
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Jóni2 em 26.abr.2007, 01:09:09
ao ler este post senti-me velho, muito velho. pode parecer inacreditavel, mas entrei para a UM ha mais de 10 anos, em 1995, mais precisamente. nessa altura tinha bastantes expectativas em relaçao ao ambiente que poderia encontrar. infelizmente, ao fim de pouco tempo fiquei com a mesma sensação que tinha no liceu: seria o unico gay da UM?
nessa altura (isto está mesmo histórico...) visibilidade era uma palara que ninguem conhecia e poucos tinham acesso a esta coisa que se chamada internet (1995, remember?). mas, olhando para tras, constato que passei uns fantasticos anos na UM, ate pq tinha uma liberdade q qdo se começa a trab desaparece...
Quando ja estava de saida da UM, o ambiente tinha mudado bastante. De tal forma que foi na sala de computadores que conheci o namorado com que estive nos tres anos seguintes!
Ha ja muito tempo que nao vou à UM, mas vendo de fora, percebe-se que o campus cresceu bastante. espero que agora seja mais "facil" ser lgbt do que era nos anos 90. E que esteja para breve o dia em que haja, tb na UM, uma comunidade lgbt que monte uma barraquinha no Enterro da Gata.  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Xamã em 27.abr.2007, 22:37:24
Jóni2 isso era muito à frente!! até pk o Enterro tá aí à porta!!!!!  ;D mas acho que isso ainda vai demorar uns tempos...  :-\ mas como se costuma dizer, a esperança é a última a morrer certo?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: noitidartnoK em 28.abr.2007, 02:03:15
Eu também me sinto cada vez mais velho quando vou à UM, está tudo muito mudado (tirando o arroz da cantina e o CP1)... mas já há refeições vegetarianas e talheres em saquinhos de papel. Já para não dizer que a minha impressão digital continua a abrir muitas... portas Windows XP  ;D

Podemos não ter este ano uma barraquinha, mas podemos adoptar uma como eleita e ver como se opera e pró ano quem sabe... ;)

De resto em Braga acho que é preciso mesmo fazer algo  :devil Estou disposto a ajudar em relançar o grupo ex aequo braga (http://www.ex-aequo.web.pt/forum/index.php?topic=1736.0), por exemplo.

Hugs
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: -14- em 28.abr.2007, 19:56:46
E o que seria o Enterro da Gata?  :blush
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: noitidartnoK em 29.abr.2007, 00:49:50
Ora o Enterro da Gata é a maior festa de estudantes de Braga, vulgo Queima das Fitas. É uma semana bem animada no Gatódromo e tem este nome devido à expressão: "enterrar a gata" (gata = chumbo aquilo que os estudantes* não desejam) Depois há várias actividades, se bem que a minha parte preferida é O velório da gata que chega de comboio de parte incerta e traz o seu testamento anual mordaz  :devil

* alguns estudantes.

Bora fazer ou colaborar numa barraquinha??? Se fosse nos EUA já lá estavamos!  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Xamã em 29.abr.2007, 21:56:06
Fazer uma barraquinha se calhar já é mais complicado. já falta menos de 2 semanas pró enterro e é preciso organizar mt coisa... mas fazer "marcação" numa  barraquinha em específico para nos conhecermos melhor e beber uns copos era fixe...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 30.abr.2007, 13:38:54
excelente ideia!
já tou farto de enterros sempre iguais, junto das mesmas pessoas e com os mesmos constrangimentos...
quero apanhar uma bebedeira com o pessoal do arco-íris!!

onde é que nos juntamos? convinha ser um lugar mais discreto..há barraquinhas onde não vai muita gente..alguma que esteja nas pontas...é só porque dava muito mais jeito para conversarmos, para circular e não seria tão barulhento...

talvez facilitasse se andássemos todos com uma t-shirt da mesma cor, por exemplo..ou outra coisa qualquer que nos identificasse entre nós.

digam qqcoisa...se combinarmos, levo mais pessoal...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Xamã em 30.abr.2007, 17:08:27
por mim ta combinado!  ;D temos é k saber entao k barraquinha vamos "invadir" e como é k nos vamos identificar... aceitam-se ideias... ::)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: noitidartnoK em 30.abr.2007, 23:18:12
Usar a t-shirt da rede ex aequo está na moda   ::)

(http://www.ex-aequo.web.pt/imagens/projectos/tshirts/REGENT102_frente.gif) (http://www.ex-aequo.web.pt/tshirt.html)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: plan b em 01.mai.2007, 14:17:59
Oba. Estou a ver que se organizaram.  :D Este ano não vou ao Enterro, como aconteceu em anos anteriores por razões familiares. xD Pessoalmente gosto muito mais do Enterro do que propriamente da Queima do Porto... mas há quem não concorde comigo.  :P Divirtam-se.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 02.mai.2007, 13:58:34
a t-shirt da ex aequo era uma boa ideia, mas eu não tenho, e já é um bocado tarde para estar a comprar agora..

talvez se escolhessemos uma cor, fosse mais fácil que cada um tivesse..(tipo vermelho, que se vê bem)

propunha que nos encontrassemos na 2 noite, por duas razões:
- escolhíamos na 1a noite uma barraquinha tranquila (alguem mandava dps da 1a noite uma msg para aqui, a avisar qual era)
- era bom que fosse nas 1as noites porque depois já nos conheceríamos nas restantes e já podíamos combinar mais coisas, ou pelo menos reconhecermo-nos quando nos víssemos na multidão

escolham a cor..
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: gaivota67 em 04.mai.2007, 02:11:06
Também sou aluno da UMinho e também gay. Gostei bastante da ideia do encontro no gatódromo junto a uma das barracas. Como estamos na cidade dos arcebispos (que usam normalmente a cor lilás), como estamos também numa cidade em que a Páscoa é a celebração que mais turistas atrai à cidade (ou pelo menos uma das que mais atrai) e que tem por base a cor lilás, como esta cor está também associada ao "mundo gay" (se não estou enganado) e, para além disso até na própria universidade se usa a cor lilás para identificar os Cardeias Patriarcas... Como tal e visto ser a cor lilás muito ligada à cidade de Braga e à Universidade do Minho, acho que seria uma boa ideia escolher esta cor. O que acham?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: noitidartnoK em 04.mai.2007, 23:03:13
Responder
Como tal e visto ser a cor lilás muito ligada à cidade de Braga e à Universidade do Minho, acho que seria uma boa ideia escolher esta cor. O que acham?

Não me vais obrigar a comprar nada dessa cor, pois não?  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: gaivota67 em 05.mai.2007, 03:15:44
LOL... Obrigar não posso... eu também ainda tenho de ver se o meu guarda roupa contempla essa cor, caso contrário terei de comprar ou pedir à vizinha uma emprestada... LOL.
Um pouco mais a sério... na minha opinião é uma cor apropriada que para além do mais não é assim tão utilizada no vestuário, o que tornaria facilmente identificável qualquer um de nós... penso que o objectivo é exactamente esse: marcar um encontro num determinado local do gatódromo e usar algo que nos possa facilmente identificar, de forma a não "confundir" com as restantes pessoas que estão no mesmo local por mera casualidade.
E a cor não é assim tão má... até há tons bastante interessantes dentro do lilás/roxo/púrpura/indigo/darkmagenta/violeta/etc. (ver: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tabela_de_cores (http://pt.wikipedia.org/wiki/Tabela_de_cores)).  :D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: gaivota67 em 17.mai.2007, 15:54:40
O Enterro da Gata está quase no fim... Achei a barraquinha do Coro Académico da Universidade do Minho um dos locais agradáveis para o pessoal se encontrar. Apareçam e divirtam-se o mais que puderem :-)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Xamã em 20.mai.2007, 21:16:29
pessoal, desculpem nao ter aparecido mas por incrivel que pareça, além da semana "dura"  ;D que tive, nao consegui vir aki ver onde nos encontravamos. a net da U.M. nao m deixa aceder a este site e o unico amigo que tem net em casa andou desaparecido quase toda o enterro... por isso a deu msm pra vir aki...  :-[mas ja que somos todos da u.m. depois s kiserem marcar qq coisa  la ou ate pela cidade digam... curtia msm conhecer-vos. bj
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: braga86 em 13.jun.2007, 19:25:17
oi malta ;D antes d mais queria m apresentar. so novo aki no Forun. xamo m hugo, d braga, tho 21 anos e studo n UM...tho amigos k frequentam este forun, ms eu n sei pk sp k xego aki perco a vontade d screver :( é 1 poco confuso isto, n??? deviam era por o grupo a andar e toda a gente aparecer pa s conheçer...era + fixe:D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Nonsense... em 14.jun.2007, 02:26:36
oi malta ;D antes d mais queria m apresentar. so novo aki no Forun. xamo m hugo, d braga, tho 21 anos e studo n UM...tho amigos k frequentam este forun, ms eu n sei pk sp k xego aki perco a vontade d screver :( é 1 poco confuso isto, n??? deviam era por o grupo a andar e toda a gente aparecer pa s conheçer...era + fixe:D

pois era....n conheço quase nng ca de braga.....  :-\
eu sou um poukituh + novo...lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Jesus_ em 06.set.2007, 21:27:54
Sendo aluno na univers do Minho com imenso gosto  :D so tenho a dizer coisas boas da mui nobre academia. Julgo que existe de tudo obviamente como em todo o lado, mas desde que te des com um grupo de amigos do teu curso ou de outro em quem confies, podes obviamente estar a vontade.  ;D


Beijos e Abraços  :D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 05.out.2007, 23:12:33
 ;)olá pessoal.
eu sou um novo estudante na mui nobre academia minhota, a nossa U.M. :D
sou gay e gostaria de conhecer lá pessoal que tambem o fosse, gay, bi, etc....queria era mesmo conhecer pessoal :).
espero que alguem veja esta mensagem e me diga algo. fiquem bem.
abraços :D ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Shy_Scorpion em 09.out.2007, 12:41:05
hummmm... caloiros?
Será que eu sou cardeal do vosso curso?
lol  :P ;D

É que tenho de aproveitar estes últimos dias como aluno da UM para poder praxar  :devil
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Shy_Scorpion em 09.out.2007, 13:01:14
Sim eu sei que posso praxar todos... Mas não tenho esse hábito...
Mas mais uns dias e estou fora desse circuito por isso...
Além do mais estou em Lisboa... Não precisas de te preocupar comigo  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Boreas em 11.out.2007, 00:42:55
e a latada..foi boa?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Boreas em 13.out.2007, 03:33:14
Isso é machismo despretencioso, algo enraizado em muitos anos de curso e que continua porque é passado......não sei se reparaste mas as poucas miúdas de LEI dizem a mesma coisa. Se procurares se alguem realmente acredita nisso...não encontrarás assim tantos.
Aliás havia uma certa pessoa que usava frequentemente a palavra "rabeta" entre outras a torto e a direito com os caloiros e população em geral e é de longe a pessoa de mente mais aberta que conheço apenas o faz na brincadeira.

Ps: Intruso?? tsc tsc
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Boreas em 13.out.2007, 16:08:33
eich... que coisa completamente desnecessária, quem é que precisa de alianças... pelo que vejo e leio o ambiente universitario em portugal é bem mais positivo que em muitos lados em portugal, até em sítios mais conservadores como braga. Basta existir um pouco de abertura que as coisas começam a melhorar. Talvez seja muito optimista.

E isso dos seios nasais etc etc é mais velho que a sé.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Jesus_ em 13.out.2007, 18:24:17
Bem vindos Moyro e the angel! e os meus por terem entrado na mior academia do país! Bah se entraram no mior curso, isso ja nao concordo xD eu ca' torço pelo meu, Direito alé alé.. embopra n seja caloiro. Segundo ano mesmo xD
Moyro fazes mt mal em andar a fugir a praxe ai ai :D eu gostei quando fui caloiro! Sao sempre boas experiencias!

Portem-se  ;D :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ninfa em 17.out.2007, 03:45:05
Se é para opinar sobre a questão LGBT na UM alinho, mas para falar das praxes poderei passar uma imagem um tanto ou quanto "estranha", por isso fico-me pela primeira! Lol...
Foi na UM onde conheci o meu melhor amigo que é homossexual e foi a partir daí que o meu conhecimento por esta realidade aumentou... Até então nunca tinha conhecido um gay, lésbica, bissexual, transgénero. Fui conhecendo aos poucos! Acho que a questão da discriminação seja em relação à orientação sexual, identidade de género, etnia, classe social, etc. existe porque infelizmente ainda encontramos pessoas ignorantes ou simplesmente más! Não sei ainda! Acho que a UM tem pessoas que não discriminam e outras que tentam não discriminar, e até outras que nem sequer querem saber! Sou do curso de Psicologia, onde existe alguns gays, inclusive no meu ano e de quem sou amiga, porque para mim a amizade não tem orientação, etnia, cor, classe social, sexo, idade... Para mim a amizade é isso mesmo vazia de preconceito!

Queria que o mundo se tornasse mais ex aequo, no só em relação às questões LGBT, mas também em relação a tudo o que a sociedade considera "desviante"!

Beijinhos,

Liliana.


Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: XinJing em 18.out.2007, 20:41:12
Eu sou de lisboa mas estive a estudar na UM o ano passado, sem ser as bissexuais no meu curso acho que nunca reparei em mais ninguem x) mas tambem no meu curso nao conviviamos com outros cursos e fartavamos de estudar de resto iamos o curso todo para o bar do Lip x) e depois eu e mais um grupinho pequeno iamos sempre ate ás tantas para o Insolito  xD bons tempo!
Era do curso Linguas e Culturas Orientais
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 31.out.2007, 18:56:19
ola XingJing,
de facto, é uma pena a falta deconvivio entre LGBT's. é tb a pensar nisso que a ex aequo existe.
se um dia puderes vir às nossas reunioes, serás mt bem-vind@!

um abraço



Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 02.nov.2007, 12:10:14
fantastica Arankal!
BG estava ao rubro!

Bg o curso que frita os outros a menos de 180 graus

Olha olha! Um caloiro de BG  ;)
Eu não sou de BG mas ando lá perto... Tirei biologia, mas em Lisboa (sou de Lisboa). Agora estou a trabalhar na uminho.
Com que então anda massacrar os caedeais... Acho muito bem! Na realidade eu sou anti praxe, nunca fui praxada nem praxei ninguém.
Passei por aqui só para dizer um olá e desejar boa sorte a todos os que entraram este ano. Sejam benvindos e espero que tudo vos corra pelo melhor. A quem estiver em Biologia ou Biologia Geologia ou qualquer coisa que se relacione com a maravilhosa ciência da vida: se precisarem de alguma coisa apitem! Pode ser que vos possa ajudar...

Intés
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Caniggia em 14.dez.2007, 16:05:44
Não teria dito melhor Liliana.Pena ainda sermos mto pekeninos e ainda haverem ttas mentalidades retrogadas.Toca a Mudar!!!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 14.dez.2007, 17:14:06
pois é Caniggia..
vamos ver com o ano novo... quiçá... ano novo, mentalidade nova!! :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Caitcho em 08.jan.2008, 02:58:27
Olá a todos... Me chamo Caio, tenho 21 anos e sou novo no forum... sou brasileiro e no ano de 2008 estarei estudando na UM... Eu gostaria muito de me integrar ao grupo ex aqueo e tb conhecer todos vcs da UM... chegarei em braga uma semana antes de começarem as aulas... espero poder conhece-los em breve...

abraços
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 08.jan.2008, 23:43:38
Bem-vindo Caio! A UM é uma boa escolha  :up
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 11.jan.2008, 20:33:34
ola people.... ;D da mui nobre academia.

pelo que vi vamos receber um menino do brasil...muito simpatico digo ja ;)
 
Uma boa escolha Caio a tua vires para a UM.

Bem-vindo Caio! A UM é uma boa escolha  :up

Serás mt bem recebido....

abraço  :up
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 12.jan.2008, 01:58:15
Olá a todos... Me chamo Caio, tenho 21 anos e sou novo no forum... sou brasileiro e no ano de 2008 estarei estudando na UM... Eu gostaria muito de me integrar ao grupo ex aqueo e tb conhecer todos vcs da UM... chegarei em braga uma semana antes de começarem as aulas... espero poder conhece-los em breve...

abraços

Ola Caio! bem vindo ao forum e a mui nobre academia! Em que escola estaras?
Um abraço
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 12.jan.2008, 13:54:31


Ola Caio! bem vindo ao forum e a mui nobre academia! Em que escola estaras?
Um abraço
[/quote]

Ora bem, ele estará na mais bela escola da UM  ::)[smiley=orgulhoso.gif] [smiley=orgulhoso.gif] na EEG( Escola de Economia e Gestao)  ;D ;)mas na parte de R.I.
Boa escolha... ;) ;) ;) ;) ;) ;) ;) ;)

Abraço Milk Way :up
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Xdye em 17.fev.2008, 02:05:17
UM rulla  :P

o melhor de smp <3

PS. sou caloirito xD

bjocas e abraçs *
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 25.fev.2008, 00:14:02
""se eu podesse dava-te um murro de modo a que metade dos teus dentes fossem parar a Etiopia e a outra a Kioto! são pessoas como tu que fazem com que haja homofobia...grrrr"" alguem disse isto?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 25.fev.2008, 02:59:08
""se eu podesse dava-te um murro de modo a que metade dos teus dentes fossem parar a Etiopia e a outra a Kioto! são pessoas como tu que fazem com que haja homofobia...grrrr"" alguem disse isto?

Seria bom que contextualizasses essa afirmação Milky Way  ;) Não queres explicar qual é a relação com a vivência dos LGBT na universidade do Minho?

Porque senão explicares poucas pessoas irão perceber o porquê de uma citação tão violenta... ???
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 25.fev.2008, 17:11:04
""se eu podesse dava-te um murro de modo a que metade dos teus dentes fossem parar a Etiopia e a outra a Kioto! são pessoas como tu que fazem com que haja homofobia...grrrr"" alguem disse isto?

Seria bom que contextualizasses essa afirmação Milky Way  ;) Não queres explicar qual é a relação com a vivência dos LGBT na universidade do Minho?

Porque senão explicares poucas pessoas irão perceber o porquê de uma citação tão violenta... ???

Concordo contigo bricbrac. Seria bem melhor contextualizares essa afirmação/situação. [smiley=preocupado.gif] Que pelo que me parece foi bem grave

Milk Way ;) explica aqui ao people o que se passou( se quiseres é claro).

Abraço :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 26.fev.2008, 01:15:42
""se eu podesse dava-te um murro de modo a que metade dos teus dentes fossem parar a Etiopia e a outra a Kioto! são pessoas como tu que fazem com que haja homofobia...grrrr"" alguem disse isto?

Seria bom que contextualizasses essa afirmação Milky Way  ;) Não queres explicar qual é a relação com a vivência dos LGBT na universidade do Minho?

Porque senão explicares poucas pessoas irão perceber o porquê de uma citação tão violenta... ???

não posso senão recebo mensagens a dizerq ue estou a provocar...esta afirmação foi proferida por alguem peranta um atraição no meio academico!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 26.fev.2008, 01:18:39
""se eu podesse dava-te um murro de modo a que metade dos teus dentes fossem parar a Etiopia e a outra a Kioto! são pessoas como tu que fazem com que haja homofobia...grrrr"" alguem disse isto?

Seria bom que contextualizasses essa afirmação Milky Way  ;) Não queres explicar qual é a relação com a vivência dos LGBT na universidade do Minho?

Porque senão explicares poucas pessoas irão perceber o porquê de uma citação tão violenta... ???

não posso senão recebo mensagens a dizerq ue estou a provocar...esta afirmação foi proferida por alguem peranta um atraição no meio academico!

Va la não vou dar uma de cusco...deixem para la...pessoas invalidas...e o que é! depois não quero passar por super-malvado do gripo de braga...esta minha tendencia genetica para fazer justiça com as minahs proprias mãos e dentes e muito má para a harmonia (falsa) deste forum...se bem que cada um é para o que nasce...eu nasci para ser o cruel...outros nasceram para serem...ups
ia dizer...lalala...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 27.fev.2008, 17:48:36
Milky milky Way....

""se eu podesse dava-te um murro de modo a que metade dos teus dentes fossem parar a Etiopia e a outra a Kioto! são pessoas como tu que fazem com que haja homofobia...grrrr"" alguem disse isto?

Seria bom que contextualizasses essa afirmação Milky Way  ;) Não queres explicar qual é a relação com a vivência dos LGBT na universidade do Minho?

Porque senão explicares poucas pessoas irão perceber o porquê de uma citação tão violenta... ???

não posso senão recebo mensagens a dizerq ue estou a provocar...esta afirmação foi proferida por alguem peranta um atraição no meio academico!

Ao fazeres essa afirmação, sem a contextualizares, e logo a seguir colocares uma pergunta aos membros do fórum, já estás de alguma forma a provocar...
Quanto mais não seja, a provocar a curiosidade dos outros  :P

Vá lá Milky Way, já sabemos que és exímio a colocar posts vagos e que introduzem quase sempre o início de um raciocínio/pensamento/provocação/desabafo que não é concluído ou contextualizado.
Mas, por vezes é bom terminarmos aquilo que lançámos cá para fora, propositadamente para os outros ouvirem...
Para que possam perceber o que queres dizer, debater, e ajudar, se for o caso.
E se escolheste este tópico para o fazer é porque fazia algum sentido colocá-lo aqui, no entanto, apenas conseguimos perceber a relação com a universidade por meias palavras... ???

Se há vontade de partilhar, mas a partilha fica sempre pela raíz, o feedback nunca vai ser muito produtivo. :wor



Va la não vou dar uma de cusco...deixem para la...pessoas invalidas...e o que é! depois não quero passar por super-malvado do gripo de braga...esta minha tendencia genetica para fazer justiça com as minahs proprias mãos e dentes e muito má para a harmonia (falsa) deste forum...se bem que cada um é para o que nasce...eu nasci para ser o cruel...outros nasceram para serem...ups
ia dizer...lalala...


Tu levantaste o véu, mas agora não queres dar uma de cusco. Hmm, ok. É uma opção tua, apesar de não compreender o porquê de optares por esse 'sistema' com uma certa regularidade...

Fizeste aí algumas acusações...mais uma vez descontextualizadas e imperceptíveis para maior parte das pessoas que as estão a ler.
???
Quem é que te acusa de "super-malvado do grupo de braga"? Não percebo porque insistes nisso. Sabes muito bem que és sempre bem-vindo, aqui ou nas actividades do grupo.
No que respeita ao fórum, algumas provocações que fazes tornam-se graves a partir do momento em que não as fundamentas. Não é com "lalalas" que se resolvem as coisas. Apenas foges às próprias "bombas" que largas e não dás sequer hipótese a que te respondam. :(

Sim, é suposto o fórum seja um lugar com harmonia, onde as pessoas se sintam bem a partilhar as suas ideias e sentimentos, assim como a debatê-las. Mas para isso é necessário que haja compreensão de todas as partes envolvidas. Ou, pelo menos, um esforço nessa compreensão.
Da minha parte, gostaria que fizesses esse esforço, para que eu pudesse compreender o que tu dizes. Seja sobre o facto de te sentires um justiceiro, ou sobre o estigma que persiste acerca de seres o "super-malvado", sobre um fórum que consideras falso, ou sobre a citações violentas relacionadas com a Universidade do Minho, que é o que trata este tópico.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 28.fev.2008, 00:27:55
I ´ll protectt from the truth...you won´t hear it al- hold on to me, Courtney love...l
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: David Erif em 28.fev.2008, 01:03:00
I used to do drugs, but don't tell anyone or it will ruin my image - Courtney Love também

Off-topic! off-topic! Sorry!

Voltando ao mundo académico da Universidade do Minho.....
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 28.fev.2008, 01:08:15
não percam a publicação do novo hino anti-praxe "the beast say yeah"
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 28.fev.2008, 18:59:37
não percam a publicação do novo hino anti-praxe "the beast say yeah"

conheço a versão 'the bitch says yeah' cá para nós a bitch mete-os a todos num saco, ela sim é a besta grrrr \m/

mô..chega de off-topic, n vou desenvolver muito (pronto, não vou desenvolver nada) mas a situação dos LGBT na UM é a mesmíssima que em qualquer outro lado na área metropolitana do Minho, nada de muito complicado =P e ah praxe rula bastante!!! depende muito dos praxantes e da maneira como os praxados encaram a coisa  :P
...estava a pensar, só nao me sentia bem naquela parte:
Engenheiro: 'Há gays?'
Caloiros: 'Não!'
Engenheiro: 'Então?'
Caloiros: 'Há gajas!!'
 wtf??? sinto-me sozinho xP
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 28.fev.2008, 22:49:36
não percam a publicação do novo hino anti-praxe "the beast say yeah"

conheço a versão 'the bitch says yeah' cá para nós a bitch mete-os a todos num saco, ela sim é a besta grrrr \m/

mô..chega de off-topic, n vou desenvolver muito (pronto, não vou desenvolver nada) mas a situação dos LGBT na UM é a mesmíssima que em qualquer outro lado na área metropolitana do Minho, nada de muito complicado =P e ah praxe rula bastante!!! depende muito dos praxantes e da maneira como os praxados encaram a coisa  :P
...estava a pensar, só nao me sentia bem naquela parte:
Engenheiro: 'Há gays?'
Caloiros: 'Não!'
Engenheiro: 'Então?'
Caloiros: 'Há gajas!!'
 wtf??? sinto-me sozinho xP

yaaaa...tens razão, mas quando eu era praxado eu levava isso na boa, ate achava graça, é um aforma de brincar ate com isso, se reparares bem ate as raparigas são submissas em muitos hinos de praxe, são tratadas como objectos sexuais para provar uma virilidade...Eu não acho que a situação em gualtar seja preocupante... basta entrar num cubiculo de casa de banho que as portas estão cheias de mensagens convidativas para meetings gay ou algo do genero...mas não se zanguem que ja sei que no cp2 existe uma mensagem do genero na casa de banho das meninas...acho que isso é deprimente, mas cada um sabe como dar cabo da solidão...e não so...

Reborn...temos que fazer esse hino! lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 29.fev.2008, 09:58:12
não percam a publicação do novo hino anti-praxe "the beast say yeah"

conheço a versão 'the bitch says yeah' cá para nós a bitch mete-os a todos num saco, ela sim é a besta grrrr \m/

mô..chega de off-topic, n vou desenvolver muito (pronto, não vou desenvolver nada) mas a situação dos LGBT na UM é a mesmíssima que em qualquer outro lado na área metropolitana do Minho, nada de muito complicado =P e ah praxe rula bastante!!! depende muito dos praxantes e da maneira como os praxados encaram a coisa  :P
...estava a pensar, só nao me sentia bem naquela parte:
Engenheiro: 'Há gays?'
Caloiros: 'Não!'
Engenheiro: 'Então?'
Caloiros: 'Há gajas!!'
 wtf??? sinto-me sozinho xP

yaaaa...tens razão, mas quando eu era praxado eu levava isso na boa, ate achava graça, é um aforma de brincar ate com isso, se reparares bem ate as raparigas são submissas em muitos hinos de praxe, são tratadas como objectos sexuais para provar uma virilidade...Eu não acho que a situação em gualtar seja preocupante... basta entrar num cubiculo de casa de banho que as portas estão cheias de mensagens convidativas para meetings gay ou algo do genero...mas não se zanguem que ja sei que no cp2 existe uma mensagem do genero na casa de banho das meninas...acho que isso é deprimente, mas cada um sabe como dar cabo da solidão...e não so...

Reborn...temos que fazer esse hino! lol

Bem Milky Way quanto ao teu curso não sei bem, mas no meu caloiro nao tem sexo, assim como os anjos( segundo dizem pois nunca vi ;D ;D) e assim sendo as meninas do meu curso não são tratadas como objectos sexuais, pois se isso acontece-se não seria respeitar nem seguir as tradições académicas e também não estou a ver as meninas do meu curso a deixarem-se ser assim tratadas. Uma confissão, eu devo ser dos caloiros mais teimosos e reivindicativos que há, qualquer coisa que eu ache que não está certo, pelas mais variadissimas razões, lá estou eu a recusar-me a fazer(uma vez estive quase 3horas rodeado de "doutores" a espera que eu fizesse uma coisa e não fiz) ou a dar a minha opinião e não deixo que gozem, mesmo na brincadeira que seja, com orientações sexuais, C`est la vie [smiley=orgulhoso.gif]
Relativamente a situação LGBT no campus de gualtar não sei ainda bem o que pensar e o que dizer, mas parece-me um pouco "falsa". Falsa no sentido em que há mais gays, lesbicas,..., do que pensamos mas que ensistem eu dar um ar de que não são com medo de que descubram, e cá para mim, medo de quê, esconder aquilo que somos, os nossos sentimentos, seres humanos iguais a todos os outros, POR FAVOR DEIXEM-SE DISSO. E  quanto as ditas "mensagens" nas portas das casas de banho nunca reparei  [smiley=preocupado.gif] mas também não me interessam para nada.
Cada um(a) faz aquilo que lhe apetece, aquilo que lhes dá felicidade, são livres para o fazerem, mas desque que isso não interfira com a minha a minha felicidade/liberdade.
Quanto ao hino anti-praxe, esperarei para ver.

 ;)

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 29.fev.2008, 14:56:54
Por amor de deus a literatura de casa de banho nao é para ser levada a sério. Aqueles engates e serviços nas portas sao cenas de gente no gozo a enterrar amigos ou simplesmente a expressarem a sua estupidez.
Quanto ao assumirmos quem somos no meio académico...cada caso é um caso e nao acho que devamos incutir atitudes e influenciar decisoes tao importantes como o é um coming-out. Eu só o faria se me sentisse mais 'acompanhado' por gente como eu mas existe uma censura omnipresente tanto na universidade como na cidade, seja Braga ou Guimarães que inibe estas cenas...enfim é bidinha, get used to it. ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 29.fev.2008, 15:54:56
Por amor de deus a literatura de casa de banho nao é para ser levada a sério. Aqueles engates e serviços nas portas sao cenas de gente no gozo a enterrar amigos ou simplesmente a expressarem a sua estupidez.
Quanto ao assumirmos quem somos no meio académico...cada caso é um caso e nao acho que devamos incutir atitudes e influenciar decisoes tao importantes como o é um coming-out. Eu só o faria se me sentisse mais 'acompanhado' por gente como eu mas existe uma censura omnipresente tanto na universidade como na cidade, seja Braga ou Guimarães que inibe estas cenas...enfim é bidinha, get used to it. ;D


Claro que cada caso é um caso e concordo contigo  Reborn no que respeita ao não influenciar nem incutir atitudes ou tomadas de posição nos outros.
Talvez tenha dado a entender(erradamente), ou por não me expressar bem ou então não sei, mas eu nunca quis transmitir a ideia por mais pequena que fosse de "impor" algo.
Aquele "Por Favor deixem-se disso" era mais no sentido de não esconderem e não terem medo dos seus sentimentos. Fica desde já o reparo ;)
Quanto a essa "brigada" que falas, e muito bem, sim ela existe, tenho alguns "membros" no meu curso, tanto colegas de curso como os ditos "doutores"(que ainda quero descobrir de quê) [smiley=preocupado.gif] mas os quais a mim me passam ao lado, bem ao lado o que os(as) deixa furiosos . Apenas sinto pena deles(as), pelo atraso de mentalidades.
Infelizmente é a "bidinha", como diz o meu colega, mas "bidinha" essa que terá de mudar, pelo menos é o meu sonho (e pelo qual eu luto e lutarei).

 ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 29.fev.2008, 16:35:00
Pois esse 'POR FAVOR DEIXEM-SE DISSO' incomodou-me bastante  ;D está resovlido ;)

Ok estou confuso (pode ter sido de ter dormido pouco) mas eu nao falei em 'brigada'. Pelo que percebo falas de gente c uma mentalidade atrasada e já nao sei se te referes à sua atitude perante a nao heterossexualidade ou ao facto de serem uns broncos na praxe Lol. Eu quando falei em censura nao me referia a este tipo de pessoa especificamente mas sim à sociedade em geral, a maioria das pessoas so n vê c naturalidade a homossexualidade pq o meio social assim o determinou p isso também nao as recrimino. Na universidade vê-se isso mesmo...
 Realmente acho uma pena que esses gays e lesbicas que tu dizes existir em consideravel quantidade (eu na vejo nada xD) nao serem mais 'assumidos', eu nao tenho problemas relativamente à minha orientação nem c os sentimentos que nutro por X ou Y mas realmente se estes circulassem na comunidade academica sei que me daria mal (sim os profs sabem ser uns vacalhões) daí o andar 'escondido'...
A 'bidinha' n muda assim tao facilmente, eu bem que gostava que houvesse uma maior presença LGBT na UM mas pronto n me parece sensato assumir sozinho ou diminuido na companhia uma posição precária, é pouco sensato  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 29.fev.2008, 19:20:52
Pois esse 'POR FAVOR DEIXEM-SE DISSO' incomodou-me bastante  ;D está resovlido ;)

Ok estou confuso (pode ter sido de ter dormido pouco) mas eu nao falei em 'brigada'. Pelo que percebo falas de gente c uma mentalidade atrasada e já nao sei se te referes à sua atitude perante a nao heterossexualidade ou ao facto de serem uns broncos na praxe Lol. Eu quando falei em censura nao me referia a este tipo de pessoa especificamente mas sim à sociedade em geral, a maioria das pessoas so n vê c naturalidade a homossexualidade pq o meio social assim o determinou p isso também nao as recrimino. Na universidade vê-se isso mesmo...
 Realmente acho uma pena que esses gays e lesbicas que tu dizes existir em consideravel quantidade (eu na vejo nada xD) nao serem mais 'assumidos', eu nao tenho problemas relativamente à minha orientação nem c os sentimentos que nutro por X ou Y mas realmente se estes circulassem na comunidade academica sei que me daria mal (sim os profs sabem ser uns vacalhões) daí o andar 'escondido'...
A 'bidinha' n muda assim tao facilmente, eu bem que gostava que houvesse uma maior presença LGBT na UM mas pronto n me parece sensato assumir sozinho ou diminuido na companhia uma posição precária, é pouco sensato  :P

Ainda bem que está resolvido ;)
Eu apenas recrimino essas pessoas por nada fazerem para mudarem, deixarem-se andar com essa mentalidade retrógrada. Chega de desculpas!!!
Eu bem sei que a vida não muda assim tão facilmente, mas temos que fazer para que mude( se D.Afonso Henriques não andasse a pancada com a mãe hoje tocariamos todos castanholas xD), não quero com isto dizer que vamos ser nós a muda-la assim de um momento para outro, mas temos que dar passos para tal. Ou não concordas?!!
E não não estas confuso relativamente à brigada, eu é que confundi conversas, desculpa-me :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 29.fev.2008, 20:53:34
Portanto eu realmente nao gosto de castanholas mas dar porrada na mãe parece-me indecente...acontece também que sou daqueles portugueses que se pergunta se nao estaria melhor na vida sendo espanhol e que não consegue resistir a um bom off-topic =P
Acho bom lutar por uma causa, sendo esta uma causa difícil dar a cara é um sacrifício que estou disposto a vir a fazer, mas actualmente nao tenho condições para tal e sacrificios em vão não me atraem nada. fiquemos pelos 'passos e tal' então ^^
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 29.fev.2008, 21:14:03
Portanto eu realmente nao gosto de castanholas mas dar porrada na mãe parece-me indecente...acontece também que sou daqueles portugueses que se pergunta se nao estaria melhor na vida sendo espanhol e que não consegue resistir a um bom off-topic =P
Acho bom lutar por uma causa, sendo esta uma causa difícil dar a cara é um sacrifício que estou disposto a vir a fazer, mas actualmente nao tenho condições para tal e sacrificios em vão não me atraem nada. fiquemos pelos 'passos e tal' então ^^

Deveriamos sim, estar melhores na vida, acho eu. Mas são perguntas que não saberemos a resposta nunca.
Sim é uma causa bem dificil, e eu assim como tu penso o mesmo, sacrificios em vão nada me atraem nada. Todavia passo a passo conseguiremos ganhar cada batalha, ultrapassar cada obstáculo e no fim ganharemos a guerra, mas como em tudo  os obstaculos continuarão a aparecer e mais uma vez serão derrubados. ;) (muito idealista, mas bem possivel de se concretizar)

 :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 01.mar.2008, 01:12:11
quanto a literatura de casa-de-banho a minha opinião é radical...eu sempre tive um visão muito bonitinha da homossexualidade, sempre achei que estava tudo organizado numa sociedade, comunidade, secreta, porem não esta...concordo contigo mikas, cada um faz o que quer, como e quando quer, mas acho que quem for aqueles cubiculos vais associar aquelas mensagens aos homosexuais e não creio que isso seja muito agradavel...apenas a minha opinião...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 01.mar.2008, 14:13:33
quanto a literatura de casa-de-banho a minha opinião é radical...eu sempre tive um visão muito bonitinha da homossexualidade, sempre achei que estava tudo organizado numa sociedade, comunidade, secreta, porem não esta...concordo contigo mikas, cada um faz o que quer, como e quando quer, mas acho que quem for aqueles cubiculos vais associar aquelas mensagens aos homosexuais e não creio que isso seja muito agradavel...apenas a minha opinião...

Concordo contigo Milky, não é mesmo agradavel isso  :( pois a comunidade homossexual não pode ser vista por isso.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 01.mar.2008, 15:14:47
mas será que se houvesse coisas semelhantes sobre heterossexuais (ou seja, de gajos a procurar gajas) as pessoas iam generalizar da mesma maneira, como fazem com os homossexuais?
iam ser alvo do mesmo preconceito?

tb existem mts mgs's de heteros, mas provavelmente ninguem generaliza como fazem com os gays...
a isso chama-se esteriotipo, ver os membros de determinado grupo como sendo todos iguais. deve-se ver as pessoas pela sua singularidade, nao de modo esteriotipado...

nao podemos apenas culpar os gays que escrevem aquilo, se realmente foram gays, mas tb as pessoas na sociedade ,que nao teem consciencia que todos somos diferentes e que é dificil fazer-se generalizaçoes em qualquer grupo social
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 01.mar.2008, 16:28:29
hum... a questão complica-se quando sao meninos à procura de meninas, pq parte-se do principio que nas casas da banho de um género não entra o outro. Concordo c o GAP ao dizer que essa generalização é redutora, porque nem todos os gays escrevem (escreveriam) aquelas cenas nas portas, se é que algum escreve pq a mim ninguém me convence que 99% daquilo nao é de autoria hetero. Esteriotipar os gays por escreverem aquelas cenas é mau para imagem dos homo/bissexuais obviamente mas é algo que é feito nao so por heteros como por gays mesmo...no fundo isto nao se resume a orientação sexual mas sim ao modo como cada pessoa vê as frases e se põe a fazer juízos de valor sobre quem terá escrito aquilo...

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 02.mar.2008, 02:21:09
lol..tens razao, nem me lembrei que as msg's dirigidas a raparigas nao fazem sentido nas casas de banho dos rapazes ..
mas de qq maneira acho q tb se aplica a todas as msg's que vemos por aí escritas nas paredes ou a outras obscenidades... qd sao heteros, passa despercebido. qd sao gays, nao.

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 03.mar.2008, 00:05:20
Quando fiz erasmus, na faculdade onde eu estava as casas de banho eram mistas. E ninguém tinha problemas com isso, aliás, as casas de banho acabavam por ser mais um local de convívio da universidade, pois eram amplas e por vezes reunía-se lá muita gente a conversar (e fugir à lei do tabaco tb ;D).
Não sei se o facto de serem mistas influenciava, mas a verdade é que não tinham tantas coisas escritas quando comparadas com as casas de banho das universidades portuguesas.

De qualquer modo, seja a literatura de casa-de-banho feita por homossexuais ou heterossexuais, não deixa de ser falta de civismo.
Spoiler (clica para mostrar/esconder)
Mas voltando à questão dos escritos de carácter homoerótico (diria pornográfico)...é verdade que suscitam generalizações negativas relativamente aos homossexuais/bissexuais. A cada publicidade sexual que escrevem numa parede, surge uma outra literatura paralela ou de reacção:  os escritos homofóbicos. E alguns são autênticos elogios à homofobia, e mais facilmente extravasam para fora das paredes das casas-de-banho, como muros e paredes um pouco por todo lado.. >:(

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 03.mar.2008, 16:47:00
Por acaso na minha faculdade em lisboa também havia casas de banho mistas, mas estavam tão escritas como as outras! :):):)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 10.mar.2008, 21:37:58
como ja alguns devem ter reparado, hoje a rede ex aequo foi noticia num conceituado jornal da UM, dos estudantes de comunicação social (o jornal COMUM)
a meu ver, o artigo está bem conseguido, e a informação nao me parece ter sido distorcida, pelo menos a informação que eu dei.

a noticia ainda nao foi actualizada no site, mas presumo que o venha a ser. fica aki o link de qq das formas..
http://www.comumonline.com/

esperemos que com isto a rede ganhe mais projecção e adeptos, e que sejamos cada vez nas reunioes. esperemos tb que isto faça pensar algumas pessoas, no sentido de mudar certas "tradições" e de tornar a UM um espaço de convívio e desenvolvimento saudável para tod@s!
um grande abraço a tod@s!
GAP
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 10.mar.2008, 22:32:59
Si eu com tanto trabalho nem tive tempo de procurar o comUM, quase me esqueci de comprar bilhetes para voltar pa braga xP amanhã vou procurar já que no site ainda não houve actualização =P salut!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 10.mar.2008, 23:17:35
bem... apercebi-me agora que se calhar está um texto no jornal que era escusado.
refiro-me ao da pag14, em que as noticias sao ficticias e pa divertimento. no entanto pergunto-me se uma delas nao terá uma conotação um tanto quanto depreciativa!
gostava de saber qual foi a intenção do tal "D. Afonso Henriques". se nao foi ofender ninguem, devia ter pensado duas vezes porque o tom parece ser de ironia!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Xdye em 11.mar.2008, 19:35:50
Oui.. eu tenho o ComUM cmg  :D o artigo ta' interessante  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 11.mar.2008, 22:04:55
bem... apercebi-me agora que se calhar está um texto no jornal que era escusado.
refiro-me ao da pag14, em que as noticias sao ficticias e pa divertimento. no entanto pergunto-me se uma delas nao terá uma conotação um tanto quanto depreciativa!
gostava de saber qual foi a intenção do tal "D. Afonso Henriques". se nao foi ofender ninguem, devia ter pensado duas vezes porque o tom parece ser de ironia!

Li o artigo assim como o jornal quase todo e gostei. Fiquei chocado com o artigo da página 14 habitualmente dedicada ao humorismo. Depois de um artigo tão sério sobre a homossexualidade na UM aparece-me aquela dúzia de linhas carregadas de irresponsabilidade, leviandade e de um humor pobre. Eu nem me importo muito que gozem com a homossexualidade (sendo ela a minha ou não) desde que saiba que o fazem sem descriminação ou crueldade, mas sinceramente aquilo é uma parvoíce descomunal porque vai anular o efeito de sensibilização que devia ter tido o artigo anterior!! Nao sei se aquilo é ironia ou sarcasmo, coisa que o valha, foi de muito mau gosto...meia dúzia de bagatelas de humor de trazer por casa sobre a homossexualidade, que irresponsabilidade!! estou incrédulo, o dito D. Afonso Henriques não se deve identificar NADA com a homossexualidade está visto  :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 11.mar.2008, 22:22:14
"PÓLO DE AZURÉM COM 97 POR CENTO DE HOMOSSEXUAIS

Cerca de 97 por cento dos alunos da Universidade do Minho com aulas no polo de Azurém, em Guimarães, são homossexuais. O mote terá sido dado por Sergifráldio Pistronâncio (nome fictício), presidente da Comissão de Praxe de um dos cursos a funcionar nesse pólo, que terá sido o primeiro a admititr a sua condição.
'A reportagem do comUM acerca da rede ex aequo quebrou o gelo entre nós', disse ao InComUM. 'Apercebi-me de que toda a gente se punha com brincadeiras homofóbicas durante a praxe pela simples razão de que estava a tentar disfarçar a sua orientação sexual. Bastou que o primeiro admitisse a homossexualidade para o resto vir atrás', acrescentou ainda.
Apesar da revelação, Pistronâncio garantiu que 'não será por isso que a praxe ficará mais branda'. O jovem, de 22 anos, explicou que está, inclusive, a pensar reeditar os confrontos do ano passado entre o curso de LEI e o ISEP, do Porto. 'Com uma diferença: em vez de usarmos extintores, vamos atirar flores', esclareceu.
Entretanto, o Reitor Guimarães Rodrigues já veio dizer que a situação 'não é preocupante' e que este é o momento propício para mostrar que a Universidade do Minho é 'tolerante e compreensiva'. Nesse sentido, apelou à marcação de um jogo de futebol entre alunos homossexuais de Azurém e os licenciados no desemprego dos cursos de Engenharia Têxtil, Educação e Sociologia. 'Espero que haja homossexuais suficientes para as equipas ficarem equilibradas', acrescentou. "


in Jornal comUM por D. Afonso Henriques.

p.s: foi mais a título de curiusidade que pus o texto, o outro artigo para já está inacessível, i.e. não tenho paciência para o passar como fiz com este =P

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 11.mar.2008, 23:02:26
"PÓLO DE AZURÉM COM 97 POR CENTO DE HOMOSSEXUAIS

Cerca de 97 por cento dos alunos da Universidade do Minho com aulas no polo de Azurém, em Guimarães, são homossexuais. O mote terá sido dado por Sergifráldio Pistronâncio (nome fictício), presidente da Comissão de Praxe de um dos cursos a funcionar nesse pólo, que terá sido o primeiro a admititr a sua condição.
'A reportagem do comUM acerca da rede ex aequo quebrou o gelo entre nós', disse ao InComUM. 'Apercebi-me de que toda a gente se punha com brincadeiras homofóbicas durante a praxe pela simples razão de que estava a tentar disfarçar a sua orientação sexual. Bastou que o primeiro admitisse a homossexualidade para o resto vir atrás', acrescentou ainda.
Apesar da revelação, Pistronâncio garantiu que 'não será por isso que a praxe ficará mais branda'. O jovem, de 22 anos, explicou que está, inclusive, a pensar reeditar os confrontos do ano passado entre o curso de LEI e o ISEP, do Porto. 'Com uma diferença: em vez de usarmos extintores, vamos atirar flores', esclareceu.
Entretanto, o Reitor Guimarães Rodrigues já veio dizer que a situação 'não é preocupante' e que este é o momento propício para mostrar que a Universidade do Minho é 'tolerante e compreensiva'. Nesse sentido, apelou à marcação de um jogo de futebol entre alunos homossexuais de Azurém e os licenciados no desemprego dos cursos de Engenharia Têxtil, Educação e Sociologia. 'Espero que haja homossexuais suficientes para as equipas ficarem equilibradas', acrescentou. "



Reborn, se puderes põe a fonte do texto que colocaste no post  ;) Assim, a malta fica a saber  de onde ele veio.
É o tal artigo da pág.14 do ComUM?

Se é, revela muita displicência em relação à seriedade do artigo sobre homossexualidade das 1as páginas.
Obviamente que o conteúdo dessa notícia é fictício. E eu sei que é bom sermos capazes de rir de nós próprios, mas este texto é muito discutível. E na minha opinião o tom de ironia não favorece nada.

Flores? FLORES?  :inq
É suposto os homossexuais gostarem de flores? Mais do que os heterossexuais? Há homossexuais que não gostam.

Uma vez mais os estereótipos a predominar...é pena.
Mas ok..acho que dá para todos verem que foi brincadeirinha. Hmmm.  ???


Se puderem ponham aqui a reportagem sobre homossexualidade do ComUM (a reportagem séria)  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 12.mar.2008, 10:56:28
E eu ainda não sei o que pensar relativamente a esse artigo da página 14... Relativamente à reportagem "séria" gostei de ler. E gostei de ver as duas mãos dadas masculinas numa grande foto de primeira página! :)
O artigo da pág 14 é a brincar. Podemos brincar com tudo e arriscamo-nos sempre a ferir susceptibilidades... Não me parece que seja uma brincadeira demasiado agressiva. Os estereótipos dão vontade de brincar! É como as tias de cascais, os alentejanos, os católicos ou as loiras... São estereótipos que dão vontade de brincar... A mim pessoalmente não me incomodou, mas também não achei piada! Bom não sei bem o que pensar...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 12.mar.2008, 13:00:58
"PÓLO DE AZURÉM COM 97 POR CENTO DE HOMOSSEXUAIS

Cerca de 97 por cento dos alunos da Universidade do Minho com aulas no polo de Azurém, em Guimarães, são homossexuais. O mote terá sido dado por Sergifráldio Pistronâncio (nome fictício), presidente da Comissão de Praxe de um dos cursos a funcionar nesse pólo, que terá sido o primeiro a admititr a sua condição.
'A reportagem do comUM acerca da rede ex aequo quebrou o gelo entre nós', disse ao InComUM. 'Apercebi-me de que toda a gente se punha com brincadeiras homofóbicas durante a praxe pela simples razão de que estava a tentar disfarçar a sua orientação sexual. Bastou que o primeiro admitisse a homossexualidade para o resto vir atrás', acrescentou ainda.
Apesar da revelação, Pistronâncio garantiu que 'não será por isso que a praxe ficará mais branda'. O jovem, de 22 anos, explicou que está, inclusive, a pensar reeditar os confrontos do ano passado entre o curso de LEI e o ISEP, do Porto. 'Com uma diferença: em vez de usarmos extintores, vamos atirar flores', esclareceu.
Entretanto, o Reitor Guimarães Rodrigues já veio dizer que a situação 'não é preocupante' e que este é o momento propício para mostrar que a Universidade do Minho é 'tolerante e compreensiva'. Nesse sentido, apelou à marcação de um jogo de futebol entre alunos homossexuais de Azurém e os licenciados no desemprego dos cursos de Engenharia Têxtil, Educação e Sociologia. 'Espero que haja homossexuais suficientes para as equipas ficarem equilibradas', acrescentou. "


in Jornal comUM por D. Afonso Henriques.

p.s: foi mais a título de curiusidade que pus o texto, o outro artigo para já está inacessível, i.e. não tenho paciência para o passar como fiz com este =P



 :D Fico feliz por o saber muito embora não acredite que seja tão alta a média, 97% [smiley=semfala.gif] mas....
Infelizmente não li esse jornal mas também não ouvi nada em Gualtar nem um murmurinho [smiley=preocupado.gif] por mais pequeno que fosse.
Gostaria de pedir a alguém que tivesse o jornal( um a mais seria melhor ou até uma cópia do artigo) que o levasse para a próxima reunião da Rede, pois gostaria muito de o ler e depois aí sim, poder dar a minha opinião. ;) Agradecido desde já.

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 12.mar.2008, 16:59:28
Bem acho que o meu 1º post sobre o famoso artigo da página 14 da 3ª edição do comUM foi um bocadinho mais acalorado do que o pretendido. Ora eu nao acho mal que se brinque com o tema e nem acho que tenha um cariz agressivo o dito texto, apenas friso o facto de o autor não ter tido em conta que no seguimento de uma exposição tão séria  não seja sensato fazer uma apreciação tão infantil, brincalhona,descomprometida, leviana (ficava a tarde toda nesta adjectivação) da situação. Quem lê o jornal fica com a sensação: 'atenção! existe problema X' e logo a seguir 'ah mas esse problema até nem me diz nada, vamos lá gozar com isto.'
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 12.mar.2008, 19:07:26
"PÓLO DE AZURÉM COM 97 POR CENTO DE HOMOSSEXUAIS

Cerca de 97 por cento dos alunos da Universidade do Minho com aulas no polo de Azurém, em Guimarães, são homossexuais. O mote terá sido dado por Sergifráldio Pistronâncio (nome fictício), presidente da Comissão de Praxe de um dos cursos a funcionar nesse pólo, que terá sido o primeiro a admititr a sua condição.
'A reportagem do comUM acerca da rede ex aequo quebrou o gelo entre nós', disse ao InComUM. 'Apercebi-me de que toda a gente se punha com brincadeiras homofóbicas durante a praxe pela simples razão de que estava a tentar disfarçar a sua orientação sexual. Bastou que o primeiro admitisse a homossexualidade para o resto vir atrás', acrescentou ainda.
Apesar da revelação, Pistronâncio garantiu que 'não será por isso que a praxe ficará mais branda'. O jovem, de 22 anos, explicou que está, inclusive, a pensar reeditar os confrontos do ano passado entre o curso de LEI e o ISEP, do Porto. 'Com uma diferença: em vez de usarmos extintores, vamos atirar flores', esclareceu.
Entretanto, o Reitor Guimarães Rodrigues já veio dizer que a situação 'não é preocupante' e que este é o momento propício para mostrar que a Universidade do Minho é 'tolerante e compreensiva'. Nesse sentido, apelou à marcação de um jogo de futebol entre alunos homossexuais de Azurém e os licenciados no desemprego dos cursos de Engenharia Têxtil, Educação e Sociologia. 'Espero que haja homossexuais suficientes para as equipas ficarem equilibradas', acrescentou. "



Só porque me parece que pode não ter ficado bem esclarecido:
Este é o texto que saiu na pág 14 do ComUM. É uma secção de notícias falsas humorísticas. A reportagem sobre LGBTs na UM está noutra secção do jornal, nada tem a ver com este texto.

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 12.mar.2008, 20:35:45
"PÓLO DE AZURÉM COM 97 POR CENTO DE HOMOSSEXUAIS

Cerca de 97 por cento dos alunos da Universidade do Minho com aulas no polo de Azurém, em Guimarães, são homossexuais. O mote terá sido dado por Sergifráldio Pistronâncio (nome fictício), presidente da Comissão de Praxe de um dos cursos a funcionar nesse pólo, que terá sido o primeiro a admititr a sua condição.
'A reportagem do comUM acerca da rede ex aequo quebrou o gelo entre nós', disse ao InComUM. 'Apercebi-me de que toda a gente se punha com brincadeiras homofóbicas durante a praxe pela simples razão de que estava a tentar disfarçar a sua orientação sexual. Bastou que o primeiro admitisse a homossexualidade para o resto vir atrás', acrescentou ainda.
Apesar da revelação, Pistronâncio garantiu que 'não será por isso que a praxe ficará mais branda'. O jovem, de 22 anos, explicou que está, inclusive, a pensar reeditar os confrontos do ano passado entre o curso de LEI e o ISEP, do Porto. 'Com uma diferença: em vez de usarmos extintores, vamos atirar flores', esclareceu.
Entretanto, o Reitor Guimarães Rodrigues já veio dizer que a situação 'não é preocupante' e que este é o momento propício para mostrar que a Universidade do Minho é 'tolerante e compreensiva'. Nesse sentido, apelou à marcação de um jogo de futebol entre alunos homossexuais de Azurém e os licenciados no desemprego dos cursos de Engenharia Têxtil, Educação e Sociologia. 'Espero que haja homossexuais suficientes para as equipas ficarem equilibradas', acrescentou. "



Só porque me parece que pode não ter ficado bem esclarecido:
Este é o texto que saiu na pág 14 do ComUM. É uma secção de notícias falsas humorísticas. A reportagem sobre LGBTs na UM está noutra secção do jornal, nada tem a ver com este texto.



Bem parece-me que há aqui uma ligeira confusão, mas que espero que passe. ;)
Todavia gostaria de ler na mesma o os 2artigos.
 :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 12.mar.2008, 21:26:49
Sobre a situação LGBT na UM aqui fica o link do 'comUM' jornal com edição online e edição impressa dos alunos de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho.

A edição visada é a terceira, na qual poderão ser lidos dois artigos referentes aos LGBT, um com cariz informativo que pretende mostrar a realidade LGBT na universidade, o outro serve um propósito humorístico numa secção do jornal habitualmente dedicada a notícias fictícias. Agora é só folhear!  ;)

 http://www.comumonline.com/index.php?option=com_flippingbook&Itemid=205
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 13.mar.2008, 16:38:08
O artigo está bom. (refiro-me ao da página 10, com chamada na 1a página do jornal)

Os testemunhos são representativos da situação dos LGBT na UM. Um bem haja à entrevistadora e, especialmente, aos entrevistados ! ;) ;) ;)

Só foi pena o autor do artigo ter omitido os simpatizantes do nome da associação...não percebi ??? 
Assim como não percebi o facto de nunca terem mencionado o nome do grupo. Seria mais correcto referirem-se por vezes a 'ex aequo braga' do que à associação em geral. Mas prontos , é um bom artigo. E bom para os estudantes da UM saberem um pouco mais sobre os lgts. Eles andam aí  :up

e transgêneros foi sempre escrito sem s  :P ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 13.mar.2008, 18:31:36
O artigo está bom. (refiro-me ao da página 10, com chamada na 1a página do jornal)

Os testemunhos são representativos da situação dos LGBT na UM. Um bem haja à entrevistadora e, especialmente, aos entrevistados ! ;) ;) ;)

Só foi pena o autor do artigo ter omitido os simpatizantes do nome da associação...não percebi ??? 
Assim como não percebi o facto de nunca terem mencionado o nome do grupo. Seria mais correcto referirem-se por vezes a 'ex aequo braga' do que à associação em geral. Mas prontos , é um bom artigo. E bom para os estudantes da UM saberem um pouco mais sobre os lgts. Eles andam aí  :up

e transgêneros foi sempre escrito sem s  :P ;D

Bricbrac faço minhas as tuas palavras ;)

O artigo está realmente muito bem escrito e aproveito também para saudar os entrevistados ;) ;)

Vá, espero que este artigo surta algum efeito nas mentalidades dos alunos( alguns) da UM. Pois segundo andam a dizer para aí estamos no século XXI. Será????????????

Façam-me crer que sim
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 13.mar.2008, 23:21:26
em relação à pag. 14,
de facto, não é algo que nunca tenhamos ouvido, e provavelmente já ouvimos pior. mas sinceramente acho que não devia ter sido publicado, pelo menos desta vez (e mesmo das outras não sei).
a corema disse que é algo comum falar-se a brincar de certos grupos sociais como os alentejanos, as loiras etc. mas parece-me que pelo menos alguns desses grupos nao sofrem o preconceito que os LGBT's sofrem. as pessoas de um modo geral conseguem discernir uma anedota da realidade, com alentejanos: contam piadas a dizer que sao lentos, mas na verdade, teem amigos alentejanos e gostam tanto deles como dos outros, e sabem que podem ser tao eficientes como alguem de outro lugar. em relação às loiras, digamos que esse discernimento existe mais ou menos... talvez por isso, piadas sexistas tb sejam tao contestadas pelos movimentos feministas. mas ja nao se vêm piadas racistas ou ableístas (para com pessoas deficientes) no jornais, e porquê? pq toda a gente concorda que isso é errado. no entanto, há outros "ismos" que ainda vão passando. como o "heterossexismo" (ou homofobia) neste caso, e pergunto-me se essa "liberdade de expressão" não estará a travar a mudança para uma mentalidade diferente.
se perguntarem às pessoas na rua: "qual é a pessoa que menos queria para fazer amizade: a alentejana, a homossexual, a de raça negra ou a loira?" nao posso ter certezas, mas acredito que a homossexual fosse das mais escolhidas (e imagino que no caso de transsexuais ou travestis o preconceito fosse ainda maior). por isso a meu ver, em termos de discriminação nao podemos igualar os LGBT's a todos os grupos; a alguns sim, a outros nao.
a sociedade heterossexista faz com que muitas vezes se ache piada a anedotas sobre LGBT's (claro, pois com heteros nao haveria piada nenhuma), e até os proprios LGBT's se riem dessas anedotas às vezes. nao tenho legitimidade para dizer às pessoas para o nao fazerem, pois eu próprio tb sou heterossexista em varias condutas q tenho, por mais q nao queira. mas temos de reconhecer que enquanto permitirmos este tipo de piadas só estamos a reforçar a atitude geral da sociedade, que é de troça e de preconceito (entre outras atitudes negativas).
por isso, definitivamente, embora possa ser um tipo de piadas q contamos entre nós, acho que esta parte nao devia ter aparecido num jornal. para um(a) LGBT que esteja a sofrer por razoes ligadas a sua orintação sexual, terá sido positivo ver que ha quem se interesse pelo assunto e em saber que ha outras pessoas com as mesmas dificuldades e valores. mas imagino, que avançar umas paginas e ver um artigo onde se vê "mais do mesmo", deve ser mt desconsolador: "afinal preocupam-se mas à frente já se servem do assunto para rir!". imaginem o que é dizer a alguem que devemos respeitar as pessoas de cor diferente, e dali a pouco contar-lhe uma piada racista. é claramente errado, e penso que é isso que devíamos sentir com estes dois artigos também. se nao o sentimos, algo de errado se passa entao, pois a discriminação é tanta ou maior para com os LGBT's como para as pessoas de cor.
GAP
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 14.mar.2008, 17:53:14
Ora cá vai um exemplo de como se brinca com tudo... Incluindo os deficientes físicos...
"La poupée qui marche toute seule"

http://bp2.blogger.com/_YJGTimWxjTM/R8ROF2hlMfI/AAAAAAAAAGo/1smwkXIBK0w/s1600-h/070110_reiser1.jpg (http://bp2.blogger.com/_YJGTimWxjTM/R8ROF2hlMfI/AAAAAAAAAGo/1smwkXIBK0w/s1600-h/070110_reiser1.jpg)

Não digo que eu ache bem ou mal, mas o facto é que o humor se serve maioritariamente de minorias e/ou estereótipos. O que eu acho é que há limites... O artigo que saiu no ComUM, sinceramente não me parece ofensivo, mas também não tem piada!  :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 14.mar.2008, 18:51:02
ao exemplo da boneca achei piada...sinceramente... mas o objectivo acho que não é atingir a menina deficiente mas antes os pais e a sociedade, por apenas terem um tipo de bonecas que para algumas crianças poderão nao fazer muito sentido. por de certa forma ignorarem que existem crianças diferentes, para quem poderia ser importante ter outro tipo de bonecas também.
no caso do jornal, o alvo parece-me mais serem os gays, mais do que propriamente a atitude da sociedade.

nao sei se me fiz entender, mas considero que é uma falsa comparação, pois são coisas diferentes.
mas... talvez tenha exagerado um pouco, sim. e provavelmente todos os dias ocorrerão coisas iguais ou piores, e eu nem me apercebo. e como disse, eu próprio com certeza contribuo também para que as coisas se mantenham como estão, em mts coisas q digo e faço.
 
pronto...  :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 14.mar.2008, 20:56:10
em relação à pag. 14,
de facto, não é algo que nunca tenhamos ouvido, e provavelmente já ouvimos pior. mas sinceramente acho que não devia ter sido publicado, pelo menos desta vez (e mesmo das outras não sei).
a corema disse que é algo comum falar-se a brincar de certos grupos sociais como os alentejanos, as loiras etc. mas parece-me que pelo menos alguns desses grupos nao sofrem o preconceito que os LGBT's sofrem. as pessoas de um modo geral conseguem discernir uma anedota da realidade, com alentejanos: contam piadas a dizer que sao lentos, mas na verdade, teem amigos alentejanos e gostam tanto deles como dos outros, e sabem que podem ser tao eficientes como alguem de outro lugar. em relação às loiras, digamos que esse discernimento existe mais ou menos... talvez por isso, piadas sexistas tb sejam tao contestadas pelos movimentos feministas. mas ja nao se vêm piadas racistas ou ableístas (para com pessoas deficientes) no jornais, e porquê? pq toda a gente concorda que isso é errado. no entanto, há outros "ismos" que ainda vão passando. como o "heterossexismo" (ou homofobia) neste caso, e pergunto-me se essa "liberdade de expressão" não estará a travar a mudança para uma mentalidade diferente.
se perguntarem às pessoas na rua: "qual é a pessoa que menos queria para fazer amizade: a alentejana, a homossexual, a de raça negra ou a loira?" nao posso ter certezas, mas acredito que a homossexual fosse das mais escolhidas (e imagino que no caso de transsexuais ou travestis o preconceito fosse ainda maior). por isso a meu ver, em termos de discriminação nao podemos igualar os LGBT's a todos os grupos; a alguns sim, a outros nao.
a sociedade heterossexista faz com que muitas vezes se ache piada a anedotas sobre LGBT's (claro, pois com heteros nao haveria piada nenhuma), e até os proprios LGBT's se riem dessas anedotas às vezes. nao tenho legitimidade para dizer às pessoas para o nao fazerem, pois eu próprio tb sou heterossexista em varias condutas q tenho, por mais q nao queira. mas temos de reconhecer que enquanto permitirmos este tipo de piadas só estamos a reforçar a atitude geral da sociedade, que é de troça e de preconceito (entre outras atitudes negativas).
por isso, definitivamente, embora possa ser um tipo de piadas q contamos entre nós, acho que esta parte nao devia ter aparecido num jornal. para um(a) LGBT que esteja a sofrer por razoes ligadas a sua orintação sexual, terá sido positivo ver que ha quem se interesse pelo assunto e em saber que ha outras pessoas com as mesmas dificuldades e valores. mas imagino, que avançar umas paginas e ver um artigo onde se vê "mais do mesmo", deve ser mt desconsolador: "afinal preocupam-se mas à frente já se servem do assunto para rir!". imaginem o que é dizer a alguem que devemos respeitar as pessoas de cor diferente, e dali a pouco contar-lhe uma piada racista. é claramente errado, e penso que é isso que devíamos sentir com estes dois artigos também. se nao o sentimos, algo de errado se passa entao, pois a discriminação é tanta ou maior para com os LGBT's como para as pessoas de cor.
GAP

 ;) ;) Concordo com o que dizes e assino por baixo :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 15.mar.2008, 13:10:12
ao exemplo da boneca achei piada...sinceramente...

Também eu...

nao sei se me fiz entender, mas considero que é uma falsa comparação, pois são coisas diferentes.
mas... talvez tenha exagerado um pouco, sim. e provavelmente todos os dias ocorrerão coisas iguais ou piores, e eu nem me apercebo. e como disse, eu próprio com certeza contribuo também para que as coisas se mantenham como estão, em mts coisas q digo e faço.
 
pronto...  :)

Eu acho que percebi o que querias dizer, eu é que não consegui decidir se acho aquela "notícia" ofensiva ou não...
Vou ver se levo uns exemplares do jornal para a próxima reunião. Seria interessante saber as opiniões das outras pessoas.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: luisyag em 28.mar.2008, 22:49:53
Sou novo por cá, não conhecia a associação de lado nenhum e por acaso hoje deparei-me com este tópico que acabou por me interessar pois li o tal jornaleco aqui referido.

Para começar, gostaria de vos dizer que foi muito mal escolhido o espaço onde foi divulgada a associação.
Infelizmente eu sei que também é complicado arranjar melhor, estamos perante jornaleiros em todo o país, pessoal com a mania que sabe o que diz mas que não diz nada de jeito, apenas fala no que vende... maior parte das vezes sem conhecimento de causa.
Não querendo estar aqui a fazer juízos de valor da tal pessoa que escreveu o artigo da página 10 (de artigo pouco tem, perdoem-me o aparte, trata-se mais de uma exposição) reparei, antes de ter lido sobre o tema, numas outras linhas sobre um tema que exploro vão pelo menos 3 anos, outro tema também com alguma discriminação à mistura que apenas foi pegado por pontas por ser uma coisa que se leia e que serviu apenas para destruir um pouco mais do que outros tentam construir, artigo esse com alguns irrealismos à mistura e tal e coisa...
Estes nossos jornaleiros da UM estão mesmo, mesmo apenas a seguir a tendência do deixa andar enquanto vende do nosso país, é triste mas é a mais pura das verdades.
Onde está a capacidade critica (construtiva) da nossa gente?
Sendo assim, a "coisa" falou-se mas a conversa guiava-se mais pela parte engraçada da pagina 14 do que propriamente pela parte reflectiva da página 10.
Eu próprio acabei por (me) mandar as (minhas) bocas contra mim mesmo nessas conversas, conversas essas com algumas pessoas que até conheciam a minha posição e tentavam não me ferir. Eu como tenho um perfil bem vincado não fico ferido com essas coisas, a maior parte das vezes até brinco com algumas características que servem de anedota tipo "as loiras", que também já pegou moda para os loiros...
Adiantou de alguma coisa o tema ser exposto se a critica sai mais à frente (com puro cariz de gozo)!? Sim porque se nota que para escrever aquela piadinha da página 14 foi utilizado como base o "artigo", é tão transparente como a água, ainda para mais por um caramelo que nem é capaz de admitir aquilo que diz. Deve ter medo de ser reprimido pelas pessoas com quem goza (ups desculpem, com quem brinca). Uma das pessoas com quem goza até sou eu que lhe achei piada mas que também não deixaria de achar piada a partilhe os dentes todos só para lhe mostrar que se calhar os "p*********" (como eu próprio me trato sem qualquer tipo de preconceito para comigo) não são só os de pulso partido que se parecem com meninas (desculpem lá a discriminação... e levar isto para o lado masculino da questão mas como sou homem...) e que se calhar esses mesmos “p*********” até podem ser pessoas que os fariam tremer com mais facilidade do que os heterossexuais.
Gostava de deixar também a critica aqui a quem pelo menos tentou! Embora pense que seja positivo o tentar fazer alguma coisa, e que talvez, possa vir a apoiar um dia, quem sabe..., não é com meias palavras que se chega a lado algum, que moral tem para falar quem se esconde por trás duma mascara? No fundo estamos apenas a admitir que o certo é não dar a cara, é essa a imagem que passam a quem lê e que se calhar o é, ou não, e ao mesmo tempo passam uma imagem de fraquejo perante os tais homofóbicos de que tanto falam, a maioria dos quais que até já tiveram as suas experiencias, dai a tal homofobia...

Desculpem lá a grande dissertação e alguma confusão sobre o tema mas é complicado comprimir uma coisa que tanto nos ocupa a cabeça!

Quanto ao que aqui foi dito pelo tópico,
Eu sou "muito macho" não tenho de andar por ai com uma t-shirt a dizer "I´m Gay" porque isso faz parte da minha intimidade.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 29.mar.2008, 14:37:31
Gostava de deixar também a critica aqui a quem pelo menos tentou! Embora pense que seja positivo o tentar fazer alguma coisa, e que talvez, possa vir a apoiar um dia, quem sabe..., não é com meias palavras que se chega a lado algum, que moral tem para falar quem se esconde por trás duma mascara? No fundo estamos apenas a admitir que o certo é não dar a cara, é essa a imagem que passam a quem lê e que se calhar o é, ou não, e ao mesmo tempo passam uma imagem de fraquejo perante os tais homofóbicos de que tanto falam, a maioria dos quais que até já tiveram as suas experiencias, dai a tal homofobia...

Eu fui umas das pessoas que falou para a referida reportagem. É perfeitamente óbvio, para a maior parte de nós, que ter de esconder a identidade não é bom sinal! Mas é o que é, e a realidade na universidade do minho a isso obriga. Se é essa a imagem que passamos se calhar até serve para as pessoas perceberem que realmente existe discriminação na universidade, senão nós não precisavamos de usar nomes falsos. Entre mudar de nome numa reportagem ou ver a minha bolsa de investigação não renovada no próximo mês de setembro, eu prefiro chamar-me Joana...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 29.mar.2008, 20:28:17
ola luisyag, sê bem-vindo!
acho que compreendi o que quiseste dizer, mas não tenho a certeza se compreendi tudo. por isso, aqui fica ja o convite para apareceres a uma das nossas reunioes, podemos falar sobre isso um dia (a proxima reuniao é no prox dia 12 de Abril).

em relação ao que disseste sobre aqueles que falam e se escondem, eu concordo que seria mt bom os entrevistados poderem dizer quem sao, de que curso e de onde são, e serem encarados com naturalidade, e continuarem a dia-a-dia normalmente na Universidade. talvez isso pudesse acontecer com alguns, talvez não acontecesse com outros. mesmo assim é verdade que seria bom que ganhassem forças e enfrentassem os eventuais obstáculos e se afirmassem dando a cara. no entanto, é bom lembrar que nao é a mesma coisas vir para um jornal dizer que "X é heterossexual" ou que "X é homossexual" (deveria ser mas não é), e parece-me justificável que muitos prefiram falar no anonimato. eu fui um dos entrevistados.
nao tenho grandes conhecimentos de jornalismo, nem sei avaliar se o artigo (ou que lhe chamarmos) tem grande qualidade, mas acho que foi um bom primeiro passo (estou a falar do da pag.10, claro).  que me lembre, nunca nenhum jornal da UM tinha feito nenhuma noticia sobre o tema. mesmo que este nao seja com o rigor que gostaríamos, penso que já serviu para que pelo menos algumas pessoas que o leram, tivessem ganho uma maior consciencialização do assunto e ficassem a conhecer a rede. talvez no futuro este tema e outros relacionados voltem a ser notícia e aí, as coisas até já tenham avançado um pouco. penso que este primeiro passo já poderá ter contribuído para isso.
um abraço

GAP (um dos coordenadores da ex aequo braga)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: luisyag em 29.mar.2008, 22:38:17
“GAP”, desde já obrigado pelas boas vindas.
Quanto à participação nas reuniões tenho as minhas dúvidas, não me identifico muito com a associação, para quem luta contra uma discriminação não deviam discriminar dentro do próprio grupo! (pelo que já li em termos de admissão de elementos…)
Quanto ao que compreendeste ou não isso pode ser resolvido…

“corema” quanto á tua bolsa eu faria o mesmo pois está claro mas talvez se em vez de o nome falso e dizer “sou o que for” alguém dos que falaram fosse uma pessoa que apoiasse e desse a cara pela causa tivesse muito mais impacto. Claro que fazer isso num jornal como aquele também não seria muito interessante pois se calhar seria mesmo motivo de chacota…

Como “off” hoje descobri que até conheço algumas pessoas associadas…
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 30.mar.2008, 13:48:13
luisyag,
é possível que te estejas a referir ao facto de a associação ser dirigida a pessoas entre os 16 e os 30 anos.
de facto, nem toda a gente vê isso com bons olhos mas muitos também não sabem a razão dessa "discriminação".
a experiencia mostra que os jovens se sentem muito mais à vontade ao pé de outros jovens, com quem se possam identificar e assim estar mais à vontade para partilhar experiências e ideias. é bem mais mais provável que um jovem de 16 anos se sinta constrangido ao pé de homens de 40 ou 50 anos. sugiro-te que te imagines no lugar de um jovem com dificuldades relacionadas com a sua orientação sexual/identidade de género, alguem que tenha medo de falar disso e de estar ao pé de outras pessoas LGBT. é mais certo que te sentisses confortável com quem mais provavelmente sentiria exactamente o que estás a dizer, as tuas necessidades e preocupações, típicas da idade em questão.
por isso, para questões de orientação sexual/identidade de género bem como para muitas outras existem grupos dividos por faxas etárias.
importa lembrar que existem outras associaçoes nacionais dirigidas a adultos, como as Panteras Rosas (sinceramente agora nao sei se é para todas as idades ou se é só adultos, se alguem souber pode esclarecer).
 espero ter sido claro,

GAP (nao é necessário por aspas)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 31.mar.2008, 00:54:33
Olá luisyag  ;) bem-vindo ao fórum!

Estou a ver que o artigo do ComUM ainda está a dar que falar. E ainda bem. É importante saber a opinião de todos sobre esta relação controversa entre os lgbt e a comunicação social. Neste caso, com a universidade do Minho à mistura.

Antes de mais, gostaria de dizer que a rede ex aequo e, particularmente o grupo ex aequo braga, não escolheu este jornal para fazer divulgação. O facto de a ex aequo ser referida na reportagem deve-se a um pedido de ajuda do jornal ComUM para conseguir pessoas lgbt que estivessem disponíveis a dar o seu contributo, partilhando as suas vivências com um determinado público-leitor (maioritariamente universitários da UM).
Como deves calcular, não é fácil encontrar lgbts dispostos a expor-se facilmente, ainda que com nomes falsos e sem fotografias, e por isso, gostaria de congratular os entrevistados, pela disponibilidade. O jornal recorreu à ex aequo braga e daí resultou a menção da associação na reportagem que, não considero um aspecto negativo, antes pelo contrário.

O artigo não é mau. Pode ser pouco reflexivo e mais expositivo, mas a verdade é que dá para os leitores perceberem mais sobre as dificuldades que existem quando se é um jovem e lgbt. E uma vez que há tão poucos artigos a exporem essa realidade, é sempre bom aparecer um que informa um pouco mais as pessoas! Nesse sentido, melhor ou pior, considero que a reportagem cumpriu o seu objectivo.

Parte negativa: O facto de aparecer um artigo irreal e gozão na pág.14 da mesma edição.
O humor desse texto não é construtivo, não tem muita piada, e a ironia é utilizada de forma não educativa. Apesar disso, não é nada de grave, todos nós (ou quase todos) gozamos com nós próprios e a nossa condição de vez em quando. Eu até me rio muito com muitas piadas de homossexuais. Desde que tenham piada e não sejam destrutivas! Dependendo das pessoas, há uma carga de homofobia que, usada com imaginação e ironia, pode ser aceitável do ponto de vista humorístico.
De facto, o problema maior desse texto humorístico, foi o de ser publicado na mesma edição da reportagem sobre homossexualidade nos jovens universitários. Por estabelecer uma ponte com a reportagem de abertura veio desacreditar um pouco aquilo que tinha sido dito anteriormente.
Spoiler (clica para mostrar/esconder)

Mas apesar de tudo, tenho a certeza que o artigo humorístico não destruiu completamente a reportagem que o antecede, e alguma mensagem positiva deve ter passado para a comunidade universitária em geral, o que é bastante positivo.

Uma das pessoas com quem goza até sou eu que lhe achei piada mas que também não deixaria de achar piada a partilhe os dentes todos só para lhe mostrar que se calhar os "p*********" (como eu próprio me trato sem qualquer tipo de preconceito para comigo) não são só os de pulso partido que se parecem com meninas (desculpem lá a discriminação... e levar isto para o lado masculino da questão mas como sou homem...) e que se calhar esses mesmos “p*********” até podem ser pessoas que os fariam tremer com mais facilidade do que os heterossexuais.

Claro que sim luisyag. Ser homossexual não significa propriamente perder a masculinidade. 
Podemo-nos identificar mais com pessoas mais masculinas, pessoas mais femininas, pessoas que não se sabe bem o que são, machos latinos que gostam de raparigas, machos latinos que gostam de rapazes, hetrossexuais efeminados (que tb os há), etc., etc. Mas cada um é como é, e há que respeitar também os que têm "o pulso partido". Têm o mesmo direito de existir, como toda a gente. E olha que alguns, mesmo com o pulso partido, também sabem dar uns valentes socos! 
Spoiler (clica para mostrar/esconder)

Gostava de deixar também a critica aqui a quem pelo menos tentou! Embora pense que seja positivo o tentar fazer alguma coisa, e que talvez, possa vir a apoiar um dia, quem sabe..., não é com meias palavras que se chega a lado algum, que moral tem para falar quem se esconde por trás duma mascara? No fundo estamos apenas a admitir que o certo é não dar a cara, é essa a imagem que passam a quem lê e que se calhar o é, ou não, e ao mesmo tempo passam uma imagem de fraquejo perante os tais homofóbicos de que tanto falam, a maioria dos quais que até já tiveram as suas experiencias, dai a tal homofobia...

Não percebo o que queres dizer com meias palavras. É por se usar um nome falso? Se puderes explicar melhor..

Seria bom não termos que esconder nada, é verdade. No entanto, esconder a cara e o nome é legítimo, para uma pessoa que estuda ou trabalha na universidade e está a ser entrevistado para um jornal que será lido pelos universitários.
No entanto, já há gente que não se esconde, o que é bom, pois visibilidade vai gerando uma certa naturalidade e habituação na sociedade, perante aquilo que desconhecem. Mas, por outro lado, existem centenas de razões plausíveis, para que um lgbt se queira resguardar perante os outros e, neste caso, perante uma comunidade universitária! Cada pessoa sabe o que é melhor para si, e cada pessoa tem o seu tempo.


Eu sou "muito macho" não tenho de andar por ai com uma t-shirt a dizer "I´m Gay" porque isso faz parte da minha intimidade.


Hmmm. Ia comentar a do "macho"  ;D, mas limito-me a dizer:
Claro que ninguém tem de dizer que é gay, ou partilhar a intimidade com qualquer um. Apenas viver com naturalidade. E viver com naturalidade é poderes dizer ao teu colega de escola ou de trabalho "hoje não posso tomar café convosco porque vou jantar com o meu Manel (ou com a minha Maria)".

Quanto à participação nas reuniões tenho as minhas dúvidas, não me identifico muito com a associação, para quem luta contra uma discriminação não deviam discriminar dentro do próprio grupo! (pelo que já li em termos de admissão de elementos…)

Podes especificar?
Quanto às reuniões, podes sempre experimentar uma. Ninguém é obrigado a ser associado.  ;)

Abraço,
bric
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 01.abr.2008, 23:17:18

..., não é com meias palavras que se chega a lado algum, que moral tem para falar quem se esconde por trás duma mascara? No fundo estamos apenas a admitir que o certo é não dar a cara, é essa a imagem que passam a quem lê e que se calhar o é, ou não, e ao mesmo tempo passam uma imagem de fraquejo perante os tais homofóbicos de que tanto falam


Respeito tudo o que disseste mas isto deixa-me afrontado. Mas por que carga de água é que uma máscara me tira (sim eu fui um dos entrevistados) a moral para dar o meu testemunho? Que diferença faz eu chamar-me Luís ou Renato, se tenho 19 ou 20 anos,  se as pessoas têm a minha foto na carteira ao lado da omilia de Páscoa de Bento XVI e o passe social dos TUB?? Lá porque não me vez a cara ou sabes o nome isso não te dá moral para julgares a minha opinião enquanto pessoa. Querias o quê, uma secção tranversal com fotos tipo B.I com filiação, morada e número de telemóvel? Eu tenho necessidade de me esconder, eu não o faço por medo mas porque não sou um penedo com dois olhos, e não costumo sair à rua com um alvo na testa. Não sou idealista e penso que o preconceito é só um fantasma e que as pessoas ou a sociedade não são verdadeiramente más. Se muito boa gentinha que aí anda soubesse da minha não-heterossexualidade havia de ser bonito lol. Só para não me extender. Pega no exemplo das revoluções políticas. Não acho que por alguma razão no dia 25 de Abril de 1974 os militares e outras pessoas afectas ao aparelho do estado português se tenham cansado instantaneamente de oprimir o seu povo. As mudanças, sejam elas de mentalidade, politicas ou de outra natureza que não são beneficiadas pela maioria de um universo populacional, têm de conseguir ser discretas para chegar a algum lado meu caro.
Paz e Amor. E ja agora umas florzinhas bem femininas. xD

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: gaivota67 em 26.abr.2008, 03:00:21
Olá mais uma vez...
Já passou bastante tempo desde o meu último post.
Queria apenas relançar um assunto: "Vai haver algum ponto de encontro no Gatódromo 2008?"
Um bom fim de semana... e façam "30 por uma linha"...  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 26.abr.2008, 03:55:28
"Vai haver algum ponto de encontro no Gatódromo 2008?"


hey! isso era giro, sim!  :D

combinava-se um sítio e uma hora e fazíamos todos os dias um brinde à rede! lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the angel em 26.abr.2008, 13:35:48
"Vai haver algum ponto de encontro no Gatódromo 2008?"


hey! isso era giro, sim!  :D

combinava-se um sítio e uma hora e fazíamos todos os dias um brinde à rede! lol

Concordo. É só avisar e lá estarei ;D ;D ;D ;D ;D ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 28.abr.2008, 00:11:45
"Vai haver algum ponto de encontro no Gatódromo 2008?"



hey! isso era giro, sim!  :D

combinava-se um sítio e uma hora e fazíamos todos os dias um brinde à rede! lol


Concordo. É só avisar e lá estarei ;D ;D ;D ;D ;D ;D



Eh pá, parece que alguém já anda a tratar disso neste tópico  ;):

Enterro da Gata 2007/2008 (http://www.ex-aequo.web.pt/forum/index.php?topic=13840.0)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 28.abr.2008, 00:15:37
"Vai haver algum ponto de encontro no Gatódromo 2008?"



hey! isso era giro, sim!  :D

combinava-se um sítio e uma hora e fazíamos todos os dias um brinde à rede! lol


Concordo. É só avisar e lá estarei ;D ;D ;D ;D ;D ;D



Eh pá, parece que alguém já anda a tratar disso neste tópico  ;):

Enterro da Gata 2007/2008 ([url]http://www.ex-aequo.web.pt/forum/index.php?topic=13840.0[/url])



sim, sim, mas nós falamos aki primeiro lol

continua-se por lá, "gaivota" ^^
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 28.abr.2008, 00:44:12
Eu não sei se alguém reparou mas desde Setembro passado a situação dos LGBT na UM piorou bastante!! Para além de uma grande parte já levar anteriormente uma vida miserável agora ainda está pior com as medidas implementadas pela universidade e pela alteração do RIAPA. Dão-nos Bolonha. Bolonha leva a reestruturação dos cursos, trocam as precedencias de certas cadeiras e acontece por exemplo terem as bases de uma ciência no 2º ano e já terem dado conceitos muito mais complexos dessa mesma área em cadeiras do 1º!
Retiraram a época normal de exames só existindo agora a época de recurso. Época Especial de Setembro também já só abrange trabalhadores-estudantes. Sujeitam-nos a uma avaliação continua e mataram o pastelanço académico pré-época de exames. As praxes já mal se vêem. 
É o fim carissimos, o fim do ensino superior público em Portugal!!!

pfffffahahahahahaha lol lol
Digam lá que não parece uma daquelas noticias saídas da secção fictícia do 'comUM' hein?  lol
Pronto, pronto, 'mas qual é a ideia? Afinal isto afecta todos os estudantes universitários...'. Ora não deixa de ser a situação dos LGBT na Universidade do Minho. ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 20.mai.2008, 22:40:49
Recebi o seguinte e-mail:

Aula Aberta: O Movimento ‘Gay’: Associativismo e Identidades - Com a participação de dois activistas

Dia 26 de Maio, 14.00-16.00, sala 3301

Contextualização:
 
No âmbito da UC Identidades e Movimentos Sociais, da licenciatura em Sociologia, e por iniciativa de um grupo de alunos, o momento de apresentação do resultado do seu trabalho de pesquisa ‘Adopte um Movimento Social’ será aberto a toda a comunidade académica.
 
Para além da apresentação do trabalho sobre o movimento ‘adoptado’, a aula terá a participação de dois activistas do movimento, havendo também lugar a um período de debate.

A docente,
Eugénia Rodrigues

Departamento de Sociologia & Centro de Investigação em Ciências Sociais
Universidade do Minho
Campus de Gualtar
4710-057 Braga
Portugal
tel: +351 253 604212
fax: +351 253 604697
email: eugenia@ics.uminho.pt
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 27.mai.2008, 00:45:28
Fui hoje à Aula Aberta.

A aula foi apresentada por um aluno do 2º ano do curso de Sociologia. Acho que alguns conceitos importantes não foram explicados.  :-\


Esteve presente o João Paulo da "associação" PortugalGay e contou ainda com a participação de um polícia que contou a história do seu coming out.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 27.mai.2008, 14:58:23
Eu também queria ir, mas acabei por não conseguir por causa do trabalho... Foi interessante?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 27.mai.2008, 17:35:51
Eu também queria ir, mas acabei por não conseguir por causa do trabalho... Foi interessante?

Acho que foi uma boa iniciativa por parte da professora que organizou a aula aberta. No entanto, acho que deixou um bocado a desejar a apresentação do aluno. Talvez porque o aluno não seja LGBT e não aprofundou bem o tema.

O João Paulo explicou como surgiu o PortugalGay e os objectivos desta "associação". O que achei mais interessante foi a história do coming out do polícia. Contou da sua história enquanto esteve em serviço na Terceira (segundo ele o "paraíso de qualquer homossexual"  :inq ) onde assumiu-se, a relação com a comunidade local e entre superiores e colegas, da necessidade em ser um excelente profissional para não ser alvo de discriminação( ??? ).

Ainda assistimos a um vídeo sobre estereótipos.

Encontrei lá mais dois membros  :) do fórum da ex aequo mas no fim não tive tempo no fim para falar com eles.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 28.mai.2008, 20:22:05
Obrigada pelo resumo da aula! :)

Contou da sua história enquanto esteve em serviço na Terceira (segundo ele o "paraíso de qualquer homossexual"  :inq ) onde assumiu-se, a relação com a comunidade local e entre superiores e colegas, da necessidade em ser um excelente profissional para não ser alvo de discriminação( ??? ).

Eu acho que as pessoas, muitas vezes, quando sabem que podem ser facilmente discriminadas esforçam-se por ser boas naquilo que fazem, para de alguma forma provar o seu valor. Ele pode achar que se não cumprir com alguma coisa no trabalho, para algumas pessoas pode ser o suficiente para começar a criticar a sua forma de viver.

Encontrei lá mais dois membros  :) do fórum da ex aequo mas no fim não tive tempo no fim para falar com eles.

Pois :) Eu também queria ter ido
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 06.jun.2008, 22:37:11
Coloquei um poster da ex aequo no departamento de informática.  ::) 

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 06.jun.2008, 23:01:16
Coloquei um poster da ex aequo no departamento de informática.  ::) 



 :-X


aquele departamento em que a maioria dos alunos é do sexo masculino e onde fazem praxes estupidamente homofóbicas?  ::) :-X
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 06.jun.2008, 23:31:27
aquele departamento em que a maioria dos alunos é do sexo masculino e onde fazem praxes estupidamente homofóbicas?  ::) :-X

Sim, esse departamento. Ultimamente tenho andado a fazer amigos LGBT por lá  ;) e foram eles que ajudaram a colocar o poster. Espero que eles apareçam na próxima reunião. ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 06.jun.2008, 23:34:28
lol

esperemos ^^


lá no meu departamento tb tem havido um "gay boom" [plo menos aos meus lhos, e aos do meu fraco gaydar...:-X] ...só n ponho lá um poster pk dava mta cana '-.-
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 06.jun.2008, 23:43:58
lá no meu departamento tb tem havido um "gay boom" [plo menos aos meus lhos, e aos do meu fraco gaydar...:-X] ...só n ponho lá um poster pk dava mta cana '-.-

Eu acho que o meu está cada vez mais apurado!!!  :-X E não estou a achar isso nada bom!!! :-\ Ainda por cima meto conversa com todos... de uma maneira "discreta".

Porque dizes que ia dar "mta cana"??
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 06.jun.2008, 23:49:57
pk o departamento é mt "fechado" toda a gente se conhece, somos tipo "grande família" e ia acabar por se saber quem tinha posto aquilo ali, e eu não quero que "qualquer um" saiba de mim... :-\
[para além disso ia ter k pedir ao director para afixar la aquilo, pk n sei se kker um pode afixar coisas e n quero arranjar problemas à rede '-.-]
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 06.jun.2008, 23:56:27
pk o departamento é mt "fechado" toda a gente se conhece, somos tipo "grande família" e ia acabar por se saber quem tinha posto aquilo ali, e eu não quero que "qualquer um" saiba de mim... :-\
[para além disso ia ter k pedir ao director para afixar la aquilo, pk n sei se kker um pode afixar coisas e n quero arranjar problemas à rede '-.-]

Se é assim acho que tens razão. No meu departamento os alunos podem afixar em alguns espaços próprios. Tipo nos locais onde muitas vezes encontram-se pc´s à venda, perdidos e achados, publicidade a acontecimentos, aluguer de apartamentos, etc. Encontra-se de tudo por ali.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 07.jun.2008, 00:05:24
ya, lá tb ha mt disso, mas sei la se é preciso pedir autorização a alguém [ao encarregado do edifício, por exemplo]...prefiro n arriscar, pk n é o meu nome k tá em causa, mas o da rede... :-X
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 07.jun.2008, 00:27:13
ya, lá tb ha mt disso, mas sei la se é preciso pedir autorização a alguém [ao encarregado do edifício, por exemplo]...prefiro n arriscar, pk n é o meu nome k tá em causa, mas o da rede... :-X

Eu compreendo. Agora fiquei sem saber se fiz bem!!!  :-\ Mas acho que não deve ter problema!!! Já sou praticamente parte da mobília  :-X e até agora nunca ouvi falar de problemas causados pelos posters que costumam afixar por lá. De qualquer forma, se na segunda ainda lá estiver, eu retiro.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: gumby em 07.jun.2008, 02:41:32
[para além disso ia ter k pedir ao director para afixar la aquilo, pk n sei se kker um pode afixar coisas e n quero arranjar problemas à rede '-.-]

podes sempre entrar em contacto com a direcção colocando essa mesma questão.  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 07.jun.2008, 15:27:06
Ocorreu-me agora...será que a rede ex aequo não pode abordar a Universidade do Minho no sentido de distribuir pelos campi de Gualtar e Azurém alguns dos posters? É que como já outros aqui disseram torna-se difícil para nós tomar esse tipo de inciativa, ainda por cima no campus de Azurém onde as coisas se espalham demasiado depressa :\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 08.jun.2008, 01:51:17
Eu coloquei os cartazes que me deram no em alguns sítios do campus de gualtar. Ao de azurém nã vou que é longe e nunca tenho nada para ir fazer a guimarães :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 08.jun.2008, 13:05:15
Eu acho que a colocação dos cartazes depende mais dos institutos/cursos onde colocamos. Há alguns que deixam colocar sem problemas, há outros que colocam mais entraves. Por isso, penso que é melhor fazermo-lo pessoalmente.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 08.jun.2008, 20:10:06
Sim mas se a Universidade OBRIGASSE a afixação dos ditos cartazes em determinados sítios, os cursos ou institutos não podiam barafustar! É que me parece desnecessário que sejam indíviduos como nós estarem a expôr-se com potêncial prejuizo pessoal por uma causa que deve ser da comunidade...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 08.jun.2008, 20:14:35
Sim mas se a Universidade OBRIGASSE a afixação dos ditos cartazes em determinados sítios, os cursos ou institutos não podiam barafustar! É que me parece desnecessário que sejam indíviduos como nós estarem a expôr-se com potêncial prejuizo pessoal por uma causa que deve ser da comunidade...

A Universidade não é responsável pela afixação deste tipo de cartazes. Existem placards próprios para que os alunos, funcionários e outras pessoas o possam fazer. Acho que o máximo que se poderia fazer era pedir, por exemplo, à associação de estudantes que os colocasse.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 08.jun.2008, 20:20:04
Sim mas se a Universidade OBRIGASSE a afixação dos ditos cartazes em determinados sítios, os cursos ou institutos não podiam barafustar! É que me parece desnecessário que sejam indíviduos como nós estarem a expôr-se com potêncial prejuizo pessoal por uma causa que deve ser da comunidade...

A Universidade não é responsável pela afixação deste tipo de cartazes. Existem placards próprios para que os alunos, funcionários e outras pessoas o possam fazer. Acho que o máximo que se poderia fazer era pedir, por exemplo, à associação de estudantes que os colocasse.


Ok a AAUM then...não sei bem quem manda nessas coisas. Penso que por uma questão de respeito à integridade dos cartazes estes deveriam ser colocados em locais aos quais qualquer pessoa não tem acesso.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 08.jun.2008, 22:44:10
De facto, o grupo ex aequo braga poderia contactar a universidade do minho para poder obter uma autorização para afixar cartazes, no entanto, devido às burocracias habituais, estou convencido que seria mais produtivo afixar cartazes em locais onde a afixação é livre, ou então, caso seja necessário, pedir autorização na escola ou departamento onde se pretende afixar o cartaz, uma vez que estes têm administração autónoma dos serviços centrais e independência suficiente para regular os seus espaços de "publicidade".
Como houve vários membros que demonstraram interesse em colar cartazes, deixo desde já o agradecimento em nome da coordenação do grupo a quem estiver disposto a fazê-lo.  :)

Outra coisa que gostaria de salientar: o Reborn! tem toda a razão quando fala da exposição de um indivíduo ao colar um cartaz. Ninguém é obrigado a fazer se entender que daí poderá advir algum tipo de "prejuízo pessoal".
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 09.jun.2008, 00:16:20
pois, é precisamente esse o meu problema, bricbrac... :-X  eu por mim até afixava um cartaz lá no departamento, mas não seria mt confortável se alguém me visse...=\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 09.jun.2008, 00:32:01
Err... eu estive a reler os meus posts e só quero esclarecer que não queria passar em momento algum, a ideia de que a rede pressiona as pessoas a lutar pelos ideiais que são comuns a ambas. Considero sim que a rede enquanto entidade que é poderia poupar os indivíduos a este dilema do 'ponho, não ponho' porque realmente existe por parte destes vontade de forrar paredes inteiras com estes cartazes, mas vêem-se constrangidos a não o fazer pelos motivos que já todos conhecemos demasiado bem...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 10.jun.2008, 14:47:52
Err... eu estive a reler os meus posts e só quero esclarecer que não queria passar em momento algum, a ideia de que a rede pressiona as pessoas a lutar pelos ideiais que são comuns a ambas. Considero sim que a rede enquanto entidade que é poderia poupar os indivíduos a este dilema do 'ponho, não ponho' porque realmente existe por parte destes vontade de forrar paredes inteiras com estes cartazes, mas vêem-se constrangidos a não o fazer pelos motivos que já todos conhecemos demasiado bem...

Mas esse dilema não tem porque existir Reborn! Os membros são livres de fazer divulgação, e a rede ex aequo enquanto entidade agradece, mas caso exista constrangimento ou dúvidas de algum membro em fazer divulgação da rede ex aequo, nomeadamente através de afixação de cartazes em determinado local (como na universidade), não deverá fazê-lo.
E apesar da afixação sos cartazes ser da responsabilidade da coordenação, não quer dizer que os coordenadores o possam fazer em qualquer lado. Eu próprio, mesmo sendo coordenador, sentir-me-ia embaraçado ao colar um cartaz da rede no meu antigo departamento, com ex-colegas e professores a circularem por lá.  Depende muito dos locais, da relação que cada um tem com determinado local, do momento em que é afixado e da possibilidade ou capacidade de exposição de cada um, ao colar um cartaz.

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 10.jun.2008, 17:35:34
Não me fiz entender, o facto é que eu até gostava de afixar, ou ver afixados nas paredes da universidade, cartazes da rede. E não é a rede que me pede que o vá fazer, mas como eu me vejo 'impossibilitado' de o fazer por condicionantes externas, gostava que alguém em meu lugar pudesse chegar lá e expôr o cartaz...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 11.jun.2008, 01:43:43
Eu comprrendo Reborn! A ver se mobilizamos algém para ir colar o cartaz! Guimarães é aqui ao lado, mas nem sempre é fácil ir até lá nas horas em que a universidade está aberta...

Spoiler (clica para mostrar/esconder)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 11.jun.2008, 02:58:14
falei com um amigo meu da associação de estudantes e ele disse que em lugares como os painéis que ha nas escadas do cp1 ou do cp2, é só colocar os cartazes, nao é preciso pedir autorização nenhuma. qualquer pessoas pode afixar livremente.

se for nos paineis de curso, já pode ser preciso pedir.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 11.jun.2008, 19:45:51
Hoje tive que ir a guimarães e deixei lá 4 cartazes da rede afixados na Universidade do Minho, no campus de Azurém  :D

Descubram-nos!  ;D :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 11.jun.2008, 21:24:58
 :o  :D ;D

Vais a guimarães e n dizes nada?! deixa-te andar...'-.-

btw, aposto que nenhum deles ficou no meu nosso departamento... ::)  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 12.jun.2008, 01:19:42
Eu tb afixei hoje 6 cartazes no cp1 e no cp2, no campus de Gualtar. Deixei mais um na biblioteca, disseram que amanhã o punham.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 12.jun.2008, 22:02:38
Eu vi, eu vi! 3 to go! [smiley=martelo.gif]
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 12.jun.2008, 22:23:38
Eu tb vi um em azurém!  ;D

e tb confirmei que nenhum deles está no departamento lá de cima, onde passo a maior parte do tempo...lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 13.jun.2008, 23:15:21
Eu tb vi um em azurém!  ;D

e tb confirmei que nenhum deles está no departamento lá de cima, onde passo a maior parte do tempo...lol

Com trinta malotas a olhar para o futebol na televisão do bar do departamento, afixar um cartaz da rede seria uma aventura! É que ficava mesmo na mira deles!  :-\
Em contrapartida, o resto da universidade estava deserta... :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 15.jun.2008, 13:18:51
Eu vi, eu vi! 3 to go! [smiley=martelo.gif]


Eles estão por aí e já estão a dar resultados!!  ;D ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 15.jun.2008, 18:41:58
Eu vi, eu vi! 3 to go! [smiley=martelo.gif]


Eles estão por aí e já estão a dar resultados!!  ;D ;D

Great! Pena é as reuniões estarem a terminar. Deve haver pessoal que não vai conseguir comparecer a nenhuma ainda este ano... eu por exemplo já não devo aparecer mais porque o meu calendário de testes/exames/trabalhos diz-me que não vou ter vida durante os próximos 15 dias  :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 15.jun.2008, 19:16:02
Eu vi, eu vi! 3 to go! [smiley=martelo.gif]


Eles estão por aí e já estão a dar resultados!!  ;D ;D

Great! Pena é as reuniões estarem a terminar. Deve haver pessoal que não vai conseguir comparecer a nenhuma ainda este ano... eu por exemplo já não devo aparecer mais porque o meu calendário de testes/exames/trabalhos diz-me que não vou ter vida durante os próximos 15 dias  :-\

Olha! Queixa-te! A minha tese diz-me que não vou ter vida, pelo menos até ao final de Julho!!!!!!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 15.jun.2008, 19:17:23
Um mês para recuperar a minha vida...=\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 16.jun.2008, 03:31:17
Eu vi, eu vi! 3 to go! [smiley=martelo.gif]


Eles estão por aí e já estão a dar resultados!!  ;D ;D

Great! Pena é as reuniões estarem a terminar. Deve haver pessoal que não vai conseguir comparecer a nenhuma ainda este ano... eu por exemplo já não devo aparecer mais porque o meu calendário de testes/exames/trabalhos diz-me que não vou ter vida durante os próximos 15 dias  :-\

As reuniões não terminam com o fim das aulas  ;)
Até em Agosto há uma  :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 16.jun.2008, 03:52:38
As reuniões não terminam com o fim das aulas  ;)
Até em Agosto há uma  :)


O ppl parte do principio que as reunioes acabam nessa altura porque é o que está no plano de actividades do grupo...se há actividades da rede marcadas para depois dessa altura ponham isso la, pf, porque dava jeito saber se dá pa ir... ::)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Zarathustra em 27.jun.2008, 16:54:36
Ainda não vi nada na Uminho em Guimarães... Onde estão os cartazes?  ???
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 27.jun.2008, 17:31:07
Ainda não vi nada na Uminho em Guimarães... Onde estão os cartazes?  ???


Olá Zarathustra!! É possível que já tenham tirado os cartazes.  :-\ Mas aqui no site da ex aequo (http://www.ex-aequo.web.pt/) podes encontrar bastantes informações úteis. Em Gualtar ainda hoje vi um.  ::)

Espero que gostes do fórum. Passa pelo cantinho dos Novos membros de Braga (http://www.ex-aequo.web.pt/forum/index.php?topic=6188.0) para o pessoal te dar as boas vindas.  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 27.jun.2008, 19:17:58
Ainda não vi nada na Uminho em Guimarães... Onde estão os cartazes?  ???

 :)  Eu coloquei um no placar próximo do Centro de Informática (agora acho que n se chama assim), outros 2 no lado oposto desse corredor, junto às saídas, nos dois pisos.
Coloquei ainda um outro no edifício "porta-cds", lá em cima, mas esse de certeza que não sobreviveu...estava mesmo naqueles placares portáteis colocados no átrio dos lagos sem água...

só faltou no departamento de arquitectura, damn it!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Sky-surfer em 04.jul.2008, 03:32:42
Portanto voltanto ao mote lançado pelo Noitidartnok, e enquanto também eu, ex-aluno da U.M. tenho a percepção de que a faculdade é óptima no que se refere a travarmos conhecimento com outras pessoas e podermos ser "nós mesmos" e se na altura que eu entrei ainda podia haver algum tabu, julgo que agora as coisas estão bastante mais liberais, pelo menos todas as vezes que passo na zona fora do CP2 vejo quase sempre rapazes que marcam no meu gaydar, e acreditem ou não há 6 anos, não abundava nada disto. Além disso acho que os jovens estão cada vez mais cedo, mais soltos e resolvidos consigo mesmos o que incentiva a uma maior exteriorização da "orientação sexual" e consequentemente uma visibilidade mas descomplexada e notória. Outra coisa que ainda considero muito boa na UM é o facto de no campus de Gualtar se reunir muita diversidade de cursos, por exemplo no Porto isso já não acontece, as pessoas dividem-se pela sua faculdade específica e esse "engavetamento" a meu ver não proporciona uma diversificação tão variada dos campos de interesse entre as pessoas, exagerando, é como se gostassem todos da mesma cor. Engenheiros só com engenheiros, desporto com desporto, etc... Desculpem se algum estudante do Porto se sente ofendido.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 07.jul.2008, 14:57:13
Na próxima sexta-feira,11 de Julho, pelas 15.00 horas, prossegue o ciclo de "Ph D Honors Lectures" do Departamento de Psicologia, com uma conferência intitulada "women`s sexual emancipation: Plus ça change, plus c`ést la même chose?".

A Conferencista Convidada é LEONORE TIEFER, Professora Catedrática da "NEW YORK UNIVERSITY SCHOOL OF MEDICINE" (USA).

A conferência realizar-se-á no Anfiteatro do Centro Multimedia (IEP-Universidade do Minho).

 Agradece-se a divulgação.

Com os melhores cumprimentos.

A Direcção do Departamento.

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 18.jul.2008, 11:36:43

Começaram as férias!!!  ;D ;D ;D bora curtir o verão!!!  :D

Universidade até Setembro!!!  [smiley=maluco.gif]
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Neptuno em 24.out.2008, 12:55:59
Então pessoal??
Isto aqui está meio parado. Não há LGBT na UM este ano?  lol  lol  lol

Quanto à minha experiência, sempre gostei da UM.  :up
Se voltasse alguns anos atrás, voltava a inscrever-me lá.
Ok, não andei a espalhar aos quatro ventos a minha orientação sexual, mas sei que a maioria dos meus amigos ou colegas de curso não tem problema algum em conviver com LGBT  8-)  8-)
Fiz grandes amigos na UM!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: akinder em 24.out.2008, 15:20:21
Só fui lá um dia mas tanto quanto me apercebi toda a gente sabe da vida de toda a gente. Sem contar que quem tem o mínimo de "gaydar" até fica surdo com tamanha quantidade de LGB que lá se encontram a estudar, ou como eu a passear lol

O meu conselho é para terem cuidado com as conversas e maneirismo que eventualmente possam ter se não querem que vos "apanhem". Pareceu-me que as pessoas de lá têm curiosidade sobre saber quem é gay ou não e anda por lá.  :-*

Ah... folgo em saber que já lá esteve um cartaz da rede ex aequo. Podiam despender mais um e voltar a colocar lá.   ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 24.out.2008, 15:46:06
Só fui lá um dia mas tanto quanto me apercebi toda a gente sabe da vida de toda a gente. Sem contar que quem tem o mínimo de "gaydar" até fica surdo com tamanha quantidade de LGB que lá se encontram a estudar, ou como eu a passear lol

O meu conselho é para terem cuidado com as conversas e maneirismo que eventualmente possam ter se não querem que vos "apanhem". Pareceu-me que as pessoas de lá têm curiosidade sobre saber quem é gay ou não e anda por lá.  :-*

Ah... folgo em saber que já lá esteve um cartaz da rede ex aequo. Podiam despender mais um e voltar a colocar lá.   ;)

Imagino que tenhas estado no campus de guimarães... Devias fazer essa distinção. O campus de braga é muitíssimo maior que o de guimarães e tem uma dinâmica completamente diferente. Eu conheço muito melhor o de braga que o de guimaraes, por razões óbvias (eu trabalho no de braga)...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: akinder em 24.out.2008, 16:18:02
coff coff...

Sim referia-me ao campus de Guimarães...  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 24.out.2008, 18:51:31
Só fui lá um dia mas tanto quanto me apercebi toda a gente sabe da vida de toda a gente. Sem contar que quem tem o mínimo de "gaydar" até fica surdo com tamanha quantidade de LGB que lá se encontram a estudar, ou como eu a passear lol

O meu conselho é para terem cuidado com as conversas e maneirismo que eventualmente possam ter se não querem que vos "apanhem". Pareceu-me que as pessoas de lá têm curiosidade sobre saber quem é gay ou não e anda por lá.  :-*

Ah... folgo em saber que já lá esteve um cartaz da rede ex aequo. Podiam despender mais um e voltar a colocar lá.   ;)

As pessoas lá têm curiosidade em saber, ponto. Suponho que não tenham como hobby descobrir quem é LGB. Eu felizmente(?) não tenho gaydar, pois pelos vistos teria sérios problemas de audição. De resto, ainda existem 2 cartazes da rede, vi-os recentemente. Um deles 'desapareceu' penso, mas poderá ser um que só descobri este ano que terá sido realojado noutra zona do campus... . Estou um tanto incrédulo, o campus é pequeno mas ainda assim não acredito no quadro que pintas akinder, as pessoas não andam assim tão informadas sobre a vida de outrém. (Talvez salvo excepção do DAAUM, que é humm... autónomo? xP)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: source_code em 25.out.2008, 14:30:03


No Departamento de Informática ainda a semana passada encontrei um cartaz da rede...  ;D ;D ;D (Campus de Gualtar)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Neptuno em 25.out.2008, 16:52:44
Não penso que o pessoal saiba a vida uns dos outros (pelo menos em Braga). E penso também que o campus de Gualtar não tem mais nem menos LGB do que os outros locais.

Pela famosa estatística dos 10% da população; e com talvez 10000 alunos + 2000 professores/investigadores. Dá o resultado de 1200 LGB…  :P

Daí a surdez de quem tenha “gaydar”.  lol  lol  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 28.out.2008, 00:22:10
Olá a tod@s!

Venho publicitar a apresentação desta tese. Não é por ser de quem é mas porque se trata de um tema que tem a ver com homofobia. Para quem tiver interesse em ir assistir... não sei como vai correr, mas fica o convite:

EDITAL
 
 


Realizam-se no dia 29 de Outubro de 2008, pelas 16h30 horas, no Anfiteatro do Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho, Campus de Gualtar, a defesa de dissertação de Mestrado Integrado em Psicologia, Área de Especialização Psicologia Clínica, de Samuel Augusto Azevedo Ginja.
 


Tema da Tese: “A Homofobia Internalizada e Sintomas Psicopatológicos numa Amostra de Homens Homo e Bissexuais ".
 


Constituição do Júri:


Presidente: Doutora Isabel Maria Costa Soares, Professora Catedrática do Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho


Vogais: Doutora Maria da Conceição Oliveira Carvalho Nogueira, Professora Auxiliar do Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho

Doutora Eugénia Maria Ribeiro Pereira Fernandes, Professora Auxiliar do Instituto de Educação e Psicologia da Universidade do Minho
 


Universidade do Minho, IEP, 29 de Setembro de 2008


NOTA: Para terminar, gostaria só de deixar aqui o parágrafo com que o autor da tese a terminou, pois é uma ideia que muita gente tem quando vê estudos deste tipo, e fica aqui a opinião do autor:

"O estudo da HI (homofobia internalizada) pode ser erradamente interpretado e sugerir que homossexuais são mais perturbados do que heterossexuais. Talvez isso explica as reacções negativas que alguns sujeitos manifestaram quando lhes foi pedida a participação voluntária no estudo. Por causa da longa história de estigmatização das pessoas GLB pelos profissionais de saúde mental, é possível que muitos(as) psicólogos(as) orientados pela Psicoterapia Afirmativa resistam em estudar os problemas de saúde mental entre os GLB por temerem que se suporte a ideia de que a homossexualidade é por si uma manifestação de desajustamento emocional. No entanto, dada a evidência do papel da HI na saúde mental dos GLB, torna-se necessário identificar as condições sociais indutoras de stress, pois para controlar o desajustamento causado pelo stress, é necessário em primeiro compreender a etiologia do stress."


 

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 30.out.2008, 20:07:04
Não penso que o pessoal saiba a vida uns dos outros (pelo menos em Braga). E penso também que o campus de Gualtar não tem mais nem menos LGB do que os outros locais.

Pela famosa estatística dos 10% da população; e com talvez 10000 alunos + 2000 professores/investigadores. Dá o resultado de 1200 LGB…  :P

Daí a surdez de quem tenha “gaydar”.  lol  lol  lol


pois...é como os canhotos...a situação dos LGBt é porreirinha, ainda não foi qieumado nenhum no prometeu...ah, ma satenção, depois antes de set considerar um acto de homofobia teriamos que saber se foi queimado por ser homossexual...é que ja cansa sempre que alguem mata outra pessoa e calha de ser homosseuxal ja é um terrivel crime de homofobia...e ja agora tennho uma queixa a fazer a "comunidade" LGBT de Gualtar, por favor mais papelinhos com numero de telemovel  não, muito obrigado!

Sou mau, e dai? ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Neptuno em 31.out.2008, 14:55:14
e ja agora tennho uma queixa a fazer a "comunidade" LGBT de Gualtar, por favor mais papelinhos com numero de telemovel  não, muito obrigado!

Papelinhos com número de telemóvel??     ??? [smiley=confuso.gif]
Estou out.
Andam a distribuir números por aí? Não me apercebi de nada.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Cali em 31.out.2008, 16:59:48
e ja agora tennho uma queixa a fazer a "comunidade" LGBT de Gualtar, por favor mais papelinhos com numero de telemovel  não, muito obrigado!

Sou mau, e dai? ;D

tenho uma queixa a fazer ao Señor Milky Way....
no outro dia passou pelo meu lado e, NOVAMENTE nao me comprimentou!!!!>:( >:(

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 31.out.2008, 19:41:37
Bah must confess... estive para ir à apresentação da tese, tema chamativo e tal, mas praticamente só tenho tido tempo para trabalhar e ir 5 horas à cama. Acho que estou a viver as semanas mais horríveis da minha vida mas ainda não dei conta  :P
Já que o "Boa sorte!" não veio a tempo, fica expresso o voto de que a apresentação da tese tenha corrido da melhor forma ao Sr. Ginja.  ;D

Daqui a uns anos sou eu  :-X ( Eu queria colocar aqui o smile da gota, mas como isto 'tá p'aqui a aparvalhar e eu estou sem cabeça, fica este como alternativa... ainda que alguma coisa devia ser feita o quanto antes, porque o smile da gota é um fixe u_u)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 31.out.2008, 20:04:04
e ja agora tennho uma queixa a fazer a "comunidade" LGBT de Gualtar, por favor mais papelinhos com numero de telemovel  não, muito obrigado!

Sou mau, e dai? ;D

tenho uma queixa a fazer ao Señor Milky Way....
no outro dia passou pelo meu lado e, NOVAMENTE nao me comprimentou!!!!>:( >:(



Opa! Ja te disse, DÁ-ME UM MURRO! Serio eu ver-te-ei! Eu tenho uma amiga que vai adorar-te conhecer! Tens que vir as nossas aulas do DCT, uma super animação a dançar e a cantar classicos do festival eurovisão da canção, fado e shakira!~

Desculpa Cali!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Cali em 31.out.2008, 20:35:13


ja falaste na shakira... fiquei todo emocionado!!!! :D :D :D

adoraria ver-vos cantar musicas da shakira...

ja agora, o que é DCT?!!! ??? ???

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Rogue em 31.out.2008, 20:48:55
e ja agora tennho uma queixa a fazer a "comunidade" LGBT de Gualtar, por favor mais papelinhos com numero de telemovel  não, muito obrigado!

Papelinhos com número de telemóvel??     ??? [smiley=confuso.gif]
Estou out.
Andam a distribuir números por aí? Não me apercebi de nada.

Uma vez ou outra...deixa la, não te assustes, não é tão comum assim...pior é sempre o amigo do amigo do conhecido que so conhecia de vista que pede o teu numero de telemovel, eu as vezes fico a pensar..."eu não sou bonito, eu não tenho charme algum, eu não sou rico nem inteligente, porque? será mesmo desespero?"

Mas meu amigo não te preocupes...EM CASO DE EMERGENCIA LEVANTA O JOELHO!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 12.nov.2008, 18:10:34
eu vi  :D um cartaz da rede lindissimo ENORME! na biblioteca  ;D 8-) (a proposito.. o cartaz anunciava os dias das reunioes... ou é muito velho ou mto recente pk elas tao paradas ou nao :-X  lol) mas foi giiiiro!  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 14.nov.2008, 13:03:03
(Talvez salvo excepção do DAAUM, que é humm... autónomo? xP)

sim, a akinder provavelmente estaria a referir-se ao DAAUM... A questao nao se prende ao facto de ser autónomo, mas sim, ao facto de, devido a condicionantes "físicas" (espaço), sermos obrigados a passar tanto tempo la dentro, e a partilhar o mesmo espaço com muita gente, o que torna inevitavel que se saiba da vida uns dos outros. somos uma grande familia num mundinho pequeno... ::)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 14.nov.2008, 20:19:47
em guimaraes nao sei como é (alias nem aqui na u.m. sei como é pk essas coisas vem-se mesmo como passar do tempo e é o meu primeiro ano nesta universidade) mas... a minha experiencia tem sido boa desde que vim para cá. a verdade é k tbm nao sou assumida publicamente so para os meus pais tias e alguns amigos.

acho que na pratica vivemos smp num mundo demasiado homofobico mas kuanto maiores forem as cidades maior liberdade isso nos permite. maiores sao as formas de integraçao subsequentemente mais se fala no assunto... ou seja... enfim nao sei, mas tou a gostar  lol :)

(como é obvio tou a ignorar as piadas de praxe mas isso já é uma questao outra questao )
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ana_ em 14.nov.2008, 20:36:25
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 14.nov.2008, 20:40:53
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


eu devo dizer k isso dos cartazes me faz tao feliz  ;D ::) :-X da ultima vez k vi um  mesmo da rede fikei babadinha a olha-lo durante kuaze dois minutos kdo dei conta tava a senhora da biblioteca a olhar pa mim do tipo esta miuda bate mal  lol :-X

agora sempre k vou à biblioteca passo lá a dizer-lhe um olazinho  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ana_ em 14.nov.2008, 20:43:54
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


eu devo dizer k isso dos cartazes me faz tao feliz  ;D ::) :-X da ultima vez k vi um  mesmo da rede fikei babadinha a olha-lo durante kuaze dois minutos kdo dei conta tava a senhora da biblioteca a olhar pa mim do tipo esta miuda bate mal  lol :-X

agora sempre k vou à biblioteca passo lá a dizer-lhe um olazinho  lol


Na bib ainda nao vi.. :O Eu fiquei babadinha lá na EE... As minhas colegas ficaram com ar duvidoso.. Primeira prova de homofobia em Azurém! xD
Nahh.. ficam lá tao bem *.*
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 14.nov.2008, 20:54:49
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


eu devo dizer k isso dos cartazes me faz tao feliz  ;D ::) :-X da ultima vez k vi um  mesmo da rede fikei babadinha a olha-lo durante kuaze dois minutos kdo dei conta tava a senhora da biblioteca a olhar pa mim do tipo esta miuda bate mal  lol :-X

agora sempre k vou à biblioteca passo lá a dizer-lhe um olazinho  lol


Na bib ainda nao vi.. :O Eu fiquei babadinha lá na EE... As minhas colegas ficaram com ar duvidoso.. Primeira prova de homofobia em Azurém! xD
Nahh.. ficam lá tao bem *.*

pk ta escondidinho no ultimo piso  lol :-X mas é bom pk é enorme e colorido enfim... ::)

mas tbm aparecem nos placares dos outros pavilhoes por ex. os cartazes anunciar o ciclo de cinema feminista tbm tinha um dia sobre a parentalidade homosexual mas nada como um cartaz colorido da rede cheio de gente a sorrir  ;D

infelizmente isso da homofobia ainda existe mto mas há-de chegar o dia em que vai estar em vias de extinçao 
Spoiler (clica para mostrar/esconder)

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ana_ em 14.nov.2008, 20:57:41
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


eu devo dizer k isso dos cartazes me faz tao feliz  ;D ::) :-X da ultima vez k vi um  mesmo da rede fikei babadinha a olha-lo durante kuaze dois minutos kdo dei conta tava a senhora da biblioteca a olhar pa mim do tipo esta miuda bate mal  lol :-X

agora sempre k vou à biblioteca passo lá a dizer-lhe um olazinho  lol


Na bib ainda nao vi.. :O Eu fiquei babadinha lá na EE... As minhas colegas ficaram com ar duvidoso.. Primeira prova de homofobia em Azurém! xD
Nahh.. ficam lá tao bem *.*

pk ta escondidinho no ultimo piso  lol :-X mas é bom pk é enorme e colorido enfim... ::)

mas tbm aparecem nos placares dos outros pavilhoes por ex. os cartazes anunciar o ciclo de cinema feminista tbm tinha um dia sobre a parentalidade homosexual mas nada como um cartaz colorido da rede cheio de gente a sorrir  ;D

infelizmente isso da homofobia ainda existe mto mas há-de chegar o dia em que vai estar em vias de extinçao 
Spoiler (clica para mostrar/esconder)



Ahh!
Tu és de Gualtar.. É por isso que eu nao vejo essas coisinhas bonitinhas :-[
vias de extinção? esperamos, muito sinceramente  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 14.nov.2008, 21:06:42
tens k encomendar um à rede ex aequo q aquilo ilumina o andar todo  ;D

já as vias de extinção ao passo k isto anda faltam uns milenios mas tamos a fazer progresso.

ontem no ciclo de cinema feminista saí de la a pensar k sim k fazemos progressos todos os dias  :) e hoje de manha kuando liguei a rádio pa ouvir enquanto tomava banho... do nada uma entrevista com um medico qualquer a falar da homosexualidade. nao ouvi mto bem mas a única gralha k apanhei à senhora foi: "eu nao gosto mto da palavra lesbica"  lol :-X mas é sempre bom que se fale cada vez mais e de uma forma positiva do assunto
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ana_ em 14.nov.2008, 21:23:04
tens k encomendar um à rede ex aequo q aquilo ilumina o andar todo  ;D

já as vias de extinção ao passo k isto anda faltam uns milenios mas tamos a fazer progresso.

ontem no ciclo de cinema feminista saí de la a pensar k sim k fazemos progressos todos os dias  :) e hoje de manha kuando liguei a rádio pa ouvir enquanto tomava banho... do nada uma entrevista com um medico qualquer a falar da homosexualidade. nao ouvi mto bem mas a única gralha k apanhei à senhora foi: "eu nao gosto mto da palavra lesbica"  lol :-X mas é sempre bom que se fale cada vez mais e de uma forma positiva do assunto


folgo em saber :)
Os progressos hão-de aumentar dia após dia  ;D

Oh gente da rede ex aequo! Queremos um cartaz bonitinho para Azurem, se faz favor  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 15.nov.2008, 00:43:28
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


Wah! Uma estudante do pólo vimaranense! E que frequenta a EE! Até já me sinto mais acompanhado =)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ana_ em 15.nov.2008, 18:13:47
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


Wah! Uma estudante do pólo vimaranense! E que frequenta a EE! Até já me sinto mais acompanhado =)

Olha outro da EE..  ;D
Já nao me sinto sozinha, tambem  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Dicury em 02.dez.2008, 20:16:48
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


Wah! Uma estudante do pólo vimaranense! E que frequenta a EE! Até já me sinto mais acompanhado =)

Olha outro da EE..  ;D
Já nao me sinto sozinha, tambem  lol

E eu a pensar k andava por aki sozinho! ::)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ana_ em 02.dez.2008, 20:26:06
Eu estudo no campus de azurém :)

bem.. tirando as musiquinhas da praxe, das quais me tento abstrair, nao tenho notado um índice de homofobia muito elevado, não  ::)
Também, estou lá há pouco tempo..
E o cartaz da rede fica muito bonitinho lá na Escola de Engenharia  ;D sim, sim  :P


Wah! Uma estudante do pólo vimaranense! E que frequenta a EE! Até já me sinto mais acompanhado =)

Olha outro da EE..  ;D
Já nao me sinto sozinha, tambem  lol

E eu a pensar k andava por aki sozinho! ::)
Já somos 3!  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 03.dez.2008, 20:54:53
bem hoje no meio dos panfletos para a futura associaçao havia uma lista que falava em combater a descriminaçao sexual e a homofobia  :) é sempre bom ver que se pensa nestas coisas  :)

por outro lado... o cartaz mai' lindo da U.M. fugiu para parte incerta... já nao ta la...  :'(
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: -14- em 03.dez.2008, 21:49:48
bem hoje no meio dos panfletos para a futura associaçao havia uma lista que falava em combater a descriminaçao sexual e a homofobia  :) é sempre bom ver que se pensa nestas coisas  :)

por outro lado... o cartaz mai' lindo da U.M. fugiu para parte incerta... já nao ta la...  :'(


Tens razão, aqueles lindos cartazes desapareceram, mas prometemos que voltarão a embelezar Gualtar em breve ;)

Quanto à lista de que falas, as listas B, D, H (sim, é propaganda), fica aqui o site para quem queira ficar a saber mais. http://lista-bdh.info/ (http://lista-bdh.info/)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 03.dez.2008, 22:15:46
bem hoje no meio dos panfletos para a futura associaçao havia uma lista que falava em combater a descriminaçao sexual e a homofobia  :) é sempre bom ver que se pensa nestas coisas  :)

por outro lado... o cartaz mai' lindo da U.M. fugiu para parte incerta... já nao ta la...  :'(


Tens razão, aqueles lindos cartazes desapareceram, mas prometemos que voltarão a embelezar Gualtar em breve ;)

Quanto à lista de que falas, as listas B, D, H (sim, é propaganda), fica aqui o site para quem queira ficar a saber mais. [url]http://lista-bdh.info/[/url] ([url]http://lista-bdh.info/[/url])


adoro kto a propaganda vem assim com aviso :-X :P

gostei do panfleto confesso ;D vou dar uma vista de olhos.

e fico à espera dos cartazes claro  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 14.dez.2008, 15:01:25
Qualquer dia vou ver se ganho coragem para por um dos posters k tenho em casa la no departamento mais LGBT da UM  ::)

Só preciso d m informar acerca das regras de afixação de cartazes, e dpois apanhar-me por la sozinha e coiso...

Já agora, senhores coordenadores...o k devo escrever no cartaz?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 14.dez.2008, 16:12:48
Qualquer dia vou ver se ganho coragem para por um dos posters k tenho em casa la no departamento mais LGBT da UM  ::)

Só preciso d m informar acerca das regras de afixação de cartazes, e dpois apanhar-me por la sozinha e coiso...

Já agora, senhores coordenadores...o k devo escrever no cartaz?

Departamento mais LGBT da UM?! tschhh, quando lá andei não parecia nada... lol Acho q devia andar distraído!

Messy,aproveita uma daquelas noites de trabalho, em que as luzes estão a meio gás  ;D

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 14.dez.2008, 18:40:12
Qualquer dia vou ver se ganho coragem para por um dos posters k tenho em casa la no departamento mais LGBT da UM  ::)

Só preciso d m informar acerca das regras de afixação de cartazes, e dpois apanhar-me por la sozinha e coiso...

Já agora, senhores coordenadores...o k devo escrever no cartaz?

Departamento mais LGBT da UM?! tschhh, quando lá andei não parecia nada... lol Acho q devia andar distraído!

Messy,aproveita uma daquelas noites de trabalho, em que as luzes estão a meio gás  ;D




sim, uma noite dessas... :devil

Se passares cá um dia destes vais aperceber-te...lol  só entre o ppl k entrou no meu ano...ui! '-.-
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: NeoGuy em 21.dez.2008, 21:20:14
Qualquer dia vou ver se ganho coragem para por um dos posters k tenho em casa la no departamento mais LGBT da UM  ::)

Só preciso d m informar acerca das regras de afixação de cartazes, e dpois apanhar-me por la sozinha e coiso...

Já agora, senhores coordenadores...o k devo escrever no cartaz?

Departamento mais LGBT da UM?! tschhh, quando lá andei não parecia nada... lol Acho q devia andar distraído!

Messy,aproveita uma daquelas noites de trabalho, em que as luzes estão a meio gás  ;D




sim, uma noite dessas... :devil

Se passares cá um dia destes vais aperceber-te...lol  só entre o ppl k entrou no meu ano...ui! '-.-

se precisares de ajuda chama :P devo tar no andar de cima xD inda tenho 2 posters aqui, penso...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 24.dez.2008, 01:11:56
Qualquer dia vou ver se ganho coragem para por um dos posters k tenho em casa la no departamento mais LGBT da UM  ::)

Só preciso d m informar acerca das regras de afixação de cartazes, e dpois apanhar-me por la sozinha e coiso...

Já agora, senhores coordenadores...o k devo escrever no cartaz?

Departamento mais LGBT da UM?! tschhh, quando lá andei não parecia nada... lol Acho q devia andar distraído!

Messy,aproveita uma daquelas noites de trabalho, em que as luzes estão a meio gás  ;D




sim, uma noite dessas... :devil

Se passares cá um dia destes vais aperceber-te...lol  só entre o ppl k entrou no meu ano...ui! '-.-

se precisares de ajuda chama :P devo tar no andar de cima xD inda tenho 2 posters aqui, penso...

ohhh partilhem com o people ponham 1 na biblioteca
Spoiler (clica para mostrar/esconder)
assim o people fica maaais feliz  ::) sendo que o people sou eu lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: bricbrac em 26.dez.2008, 02:36:51

ohhh partilhem com o people ponham 1 na biblioteca
Spoiler (clica para mostrar/esconder)
assim o people fica maaais feliz  ::) sendo que o people sou eu lol

Não és só tu, acredita! ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 26.dez.2008, 16:07:01
 ;D ;D ;D espero bem k nao.

ah e akele cartaz enooorme d uma das listas k dizia homosexualidade feminismo e mais kk coisa? esse tbm era todo giraço!   ;)

nao percebo é como é k se elege seja o k for com prai 80 p cento de abstençao...  :-X
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 29.jan.2009, 18:51:21
Não sei se é o melhor lugar para colocar este post, se quiserem podem colocá-lo noutro lugar.
O que está escrito a seguir pode ferir susceptibilidades, no entanto acho que devemos denunciá-lo e agir.


    Divulgo email escrito por Cristina Andrade
     
     
    O Correio do Minho, jornal de Braga, publicou no dia 22 de Janeiro uma crónica de um Daniel Luís absolutamente homofóbica e que, pessoalmente, considero atentatória dos direitos, libeidades e garantias das pessoas.

    Para grande espanto, eis que descubro que este Daniel Luís é PROFESSOR DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO E PSICOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO MINHO, no departamento de Educação!

    Como cidadã, sinto-me indignada por constatar que alguém é capaz de pensar e/ou escrever tais aberrações e, como psicóloga, sinto-me envergonhada.

    Quem quiser, pode reclamar escrevendo para os mails: sec@iep.uminho.pt e gcii@reitoria.uminho.pt

    O texto apresentado de seguida é que eu enviei. Estejam à vontade para copiar! :)

    -------------------

    Venho por este meio manifestar a minha absoluta estupefacção perante a descoberta de que o senhor Daniel Luís, autor de uma crónica homofóbica no Correio do Minho, é docente da Universidade do Minho, no Instituto de Educação e Psicologia!

    A crónica do senhor Daniel Luís, citada abaixo, originou já várias queixas dirigidas à Entidade Reguladora para a Comunicação Social, aos Partidos com assento parlamentar e tem sido alvo de generalizada contestação. Foram igualmente pedidos esclarecimentos ao Correio do Minho por difundir uma mensagem de cariz homofóbico.

    Com os melhores cumprimentos,

    XXXX

    --------------------------


    "O amor entre os homens
    A liberdade de expressão que o Ricardo tanto apregoa, parece valer somente nos casos em que é ele a criticar. Uma vergonha!


    O ano eleitoral está aí e as promessas também. E José Sócrates não se tem poupado a promessas, por mais maricas que sejam, para garantir a sua segunda maioria absoluta: ele é barragens, ele é TGV's, ele é casamentos homossexuais. Desta forma, em ano de crise, Sócrates quer todos os homossexuais a votar em força no PS, ou não fosse este o partido rosa.

    Em troca, o líder do PS oferece-lhes a concretização de um sonho há muito adiado: a possibilidade de casarem de véu e grinalda a bordo de um potente e fálico TGV. Uau, que emoção! Mas como é que o Primeiro-Ministro se foi lembrar disto, justo agora, num momento tão difícil para os portugueses, em que tudo parece estar a andar para trás? Aposto que Sócrates estava no seu gabinete a analisar as depressivas previsões económicas para 2009/2010, quando começou a constatar que a economia portuguesa estava, de facto, a andar para trás, muito para trás, tendo ficado com isto a matutar na sua cabeça… "para trás", "para trás", "por trás"… e zás… lembrou-se do casamento gay!

    A Igreja já manifestou o seu desagrado face a esta promessa eleitoral e ameaça utilizar as homilias para alertar os fiéis sobre este flagelo javardolas dos tempos mais-que-modernos. Apesar desta advertência, Sócrates não vai voltar atrás (ou será, por trás?) nesta sua intenção, pois já fez as contas e concluiu que consegue mais votos entre os homossexuais do que entre os cristãos, que são cada vez menos em Portugal (ao contrário dos maricas, que não param de aumentar).

    Com esta lei, talvez se consigam inverter as estatísticas descendentes do número de casamentos realizados em Portugal. Em Espanha, por exemplo, desde que a lei entrou em vigor (2005) já se celebraram mais de nove mil casamentos homossexuais, o que dá uma média de sete enlaces gay por dia.

    Caso esta proposta vá por diante, passa a ser possível aos gays portugueses fazerem votos de virgindade até ao casamento. Que bonito: o Julieto a guardar a sua virgindade para o dia em que sussurrará dos seus lábios (escondidos pelo farto bigode de camionista de longo curso), o mágico "Sim" ao apaixonado Romeu. Dá-me vontade de chorar…

    Quem aplaude a proposta socialista são os jovens gays católicos, alguns dos quais já prometeram realizar uma peregrinação a Fátima, a pé, caso a lei do casamento homossexual seja aprovada no parlamento. De facto, depreendo que para estes jovens seja mais fácil ir a Fátima a pé do que sentados num veículo automóvel.

    Vejo os jovens felizes e confesso que não consigo compreender a oposição das hierarquias da Igreja face ao casamento entre pessoas que partilham o mesmo sexo. Aliás, a Igreja não admite sequer que se use o termo "casamento" para designar estes casos de mariquice vivida a dois. Sempre pensei que a doutrina da Igreja se estruturasse em torno da partilha e do amor entre os homens.

    Qual é o problema, então, com os casamentos homossexuais? A Igreja está com medo que num casamento gay não exista o amor entre os homens? Se o problema é este, penso que a Igreja pode ficar sossegada, pois o amor é o que eles mais gostam de fazer. Mas ainda temos a questão da partilha, não é verdade? Bem vistas as coisas, existe maior partilha num casamento homossexual do que num casamento heterossexual: é que enquanto num casamento heterossexual cada um tem o seu próprio sexo diferenciado (Individualismo!), num casamento homossexual, o sexo é o mesmo (Partilha!). E isso é bonito de se ver.

    Os mais ortodoxos poderão levantar a questão ferreira-leiteira da procriação, é verdade! Mas como alternativa à procriação, existe sempre a possibilidade de criação de galinhas, patos, coelhos, porcos… e os homossexuais adoram bichinhos… acham-nos tão fofinhos. Presumo, no entanto, que o maior desafio no meio disto tudo, vai ser dirigido às empresas de restauração, já que a própria ementa do banquete de casamento terá que ser adaptada à realidade homossexual.

    É que não convém nada que o aparelho digestivo dos noivos fique demasiado empanturrado ou desarranjado, porque senão lá se vai a magia da noite de núpcias…
    Bem… mas passemos agora para assuntos de homens de barba rija. Se o leitor bem se recorda, terminei a minha última crónica (a propósito das irregularidades cometidas pelo árbitro Paulo Baptista no jogo Benfica-Braga) com a seguinte frase: "Aguardo, expectante, a leitura d' 'A Chama Imensa' do próximo domingo [18 de Janeiro]".

    Pois bem… Ricardo Araújo Pereira não tendo conseguido encontrar argumentos desportivos válidos para defender a honra do seu clube do coração, resolveu enveredar na sua última crónica do jornal "A Bola", por cobardes acusações pessoais contra destacadas personalidades de Braga, que extravasam em muito o plano da mera esfera futebolística e desportiva. Ricardo Araújo Pereira provou, mais uma vez, que quem se mete com o Benfica, leva!

    O Ricardo tornou-se assim uma espécie de Jorge Coelho do clube da Águia. A liberdade de expressão que o Ricardo tanto apregoa, parece valer somente nos casos em que é ele a criticar. Uma vergonha!

    Daniel Luís "

    fonte: Correio do Minho


Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 31.jan.2009, 12:13:59
Olá GAP!

De facto a situação denunciada no teu post já era do conhecimento de alguns utilizadores do fórum e foi debatida estes últimos dias no tópico Casamento entre pessoas do mesmo sexo (https://www.rea.pt/forum/index.php?topic=7091.2415). Criou-se até a propósito um tópico dedicado a "Denúncias de Homobitransfobia" (https://www.rea.pt/forum/index.php?topic=17089.0), no qual sugiro que repitas este post.
Ainda que a moderação local esteja impossibilitada de o mover para lá, acho pertinente que aqui permaneça, já que ilustra bem a impregnação do meio universitário pela homofobia, e mais grave ainda, do corpo docente responsável pela avaliação (supostamente imparcial) de imensos alunos, dos quais uma parte será LGBT.

Obrigado pela contribuição.  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ana_ em 01.fev.2009, 10:11:33
Lamentável.. :-X
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 05.fev.2009, 20:39:21
Lamentável.. :-X

Então porque? Eu acho que está tão simpatica...até ja se trocam bilhetes com numero de telemovel e endereço de msn na sala dos pc´s... lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 06.fev.2009, 01:01:15
estou...  :o absolutamente parva.... juro que sim.

people isso foi no correio do minho né? a gente podia mandar uns e mails de insatsfação para que eles percebam que tbm somos leitores e que é degradante que publiquem uma coisa desta natureza... digo desta natureza para nao insultar o artigo e o dito senhor.  >:(

na pratica... os psicologos para serem psicologos deviam ser testados para sabermos se sao sensatos bem informados etc etc etc (vamos imaginar que um dia lhe entra um gay/lesbica no consultorio... nem kero pensar  :-X vou esperar que o 'homenzinho' esteja pelo menos na investigaçao ou qq coisa assim...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 06.fev.2009, 03:10:34
risingstranger, esta ocorrência já terá cerca de duas semanas, e uma parte considerável dos forenses enviou e-mail's de protesto para a direcção do Correio do Minho, reitoria da Universidade do Minho, e até para uma dita Entidade Reguladora para a Comunicação Social (http://www.erc.pt/index.php?op=noticias&lang=pt&mainLevel=8) que pessoalmente desconhecia.
O Sr. autor da crónica de mau gosto, é docente na UM, professor auxiliar do Instituto de Educação e Psicologia, e tanto quanto se sabe não conjuga as actividades de docência com a de psicólogo. A sua postura aquando da publicação do artigo e para com reacções posteriores foi (é?) deveras deplorável, pelo que se pretenderes manifestar o teu desagrado, força!  "a gente" já foi à frente :up
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: GAP em 06.fev.2009, 13:13:23
Ele não é psicólogo, é do curso de Educação (será educador, portanto).
Seja como for, é errado da parte dele.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 07.fev.2009, 14:58:42
risingstranger, esta ocorrência já terá cerca de duas semanas, e uma parte considerável dos forenses enviou e-mail's de protesto para a direcção do Correio do Minho, reitoria da Universidade do Minho, e até para uma dita Entidade Reguladora para a Comunicação Social ([url]http://www.erc.pt/index.php?op=noticias&lang=pt&mainLevel=8[/url]) que pessoalmente desconhecia.
O Sr. autor da crónica de mau gosto, é docente na UM, professor auxiliar do Instituto de Educação e Psicologia, e tanto quanto se sabe não conjuga as actividades de docência com a de psicólogo. A sua postura aquando da publicação do artigo e para com reacções posteriores foi (é?) deveras deplorável, pelo que se pretenderes manifestar o teu desagrado, força!  "a gente" já foi à frente :up


hum... tava desatenta entao  :-[ :-X brigada pla explicaçao  ;

e é bom saber que alguem fez alguma coisa... tipo o texto é... :-X sem comentarios mesmo. eu sei que existe mta homofobia por desconhecimento preconceito etc  mas assim... é idiotice mesmo. e é pena que venha de um prof da um é vergonhoso  :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 07.fev.2009, 22:15:15
Responder
Olá...eu nem queria ser a ovelha ranhosa mas...tenho que o ser. Antes de começar por ai alem eu acho que qualquer pessoa em Portugal está protegida pela lei para se expressar como quiser desde que não lese directamente ninguem, como tal eu não recrimino o que o senhor educador escreveu, até acho engraçado!

O senhor manifesta uma opinião de uma forma muito descontraida e jucosa que eventualmente chocará muitas pessoas, a mim não choca! No entanto aqui no forum observa-se um efeito, que até se justificará, de motim! Mas será preciso acontecer isto sempre que alguem tem uma opinião mais "emocionada" sobre a homossexualidade? Lembro-me agora de um blog que o Arankal me deu o link que mostrava a indignação do autor face à massiva tentativa de fazer o homem remover o blog da web por conter um texto brincalão sobre a homossexualidade...sendo o blog so de crónicas sociais a modo JUCOSO!

Lembro-me uma vez que recebi um mail dos "Panteras rosa" acerca de uma publicidade de uma marca de cerveja que exibia uma menina muito bem parecida e um copo de cerveja e tinha como slogan: Orgulho hetero. Ora o que, e agora tambem tinha vontade de chamar algo "simpatico" a quem teve a ideia, os senhores se lembraram de fazer: Uma série de "publicidades" a criticar aquele acto de "homofobia" que consistia em pegar em imagens de mulheres maltratadas, os dois jovens enforcados no irão...e colocar um slogan "Orgulho hetero"...e agora a parte mesmo má (que é eu a citar algo biblico) mas "com quem ferros mata com ferros morre", certo?

A modos de resumo, não acho que o que o senhor disse seja assim tão condenavel. Todos os dias ouvimos piadas, le-se blogs e veem-se cartoons a brincar com situaçoes e grupos sociais...alguns mais simpaticos e outros nem tanto, não vou dizer que é das intervençoes mais felizes mas, pessoalmente, não em parece que recriminar o homem por ter uma opinião intensa seja a melhor solução.

Por favor sejam simpaticos a responder a isto, não me acusem de ser homofobico!   

Uncool,

Eu não digo que o senhor não esteja no seu direito ao pronunciar-se livremente sobre a homossexualidade, de qualquer modo não apelido o texto que ele escreveu como manifestação de uma "opinião mais intensa". Simplesmente aquilo não chega a ser opinião, é apenas um gozo flagrante com a condição de um conjunto de pessoas que nada lhe fizeram. Que ele quisesse acusar o PS de oportunismo político seria legítimo, que fizesse uso da dimensão carnivalesca que a homossexualidade ainda tem na sociedade portuguesa para fazer alguma crítica social ao jeito medieval como o próprio argumentou, também seria aceitável. Contudo, acho que o assunto que o levou a partir para o escárnio tornou-se o cerne da dita crónica, e o que é de mais, é de mais.
Note-se que fazer escárnio de LGBT's não é propriamente o mesmo quando aplicado a alentejanos, loiras e afins. O que o senhor fez foi de uma irresponsabilidade social tremenda, porque desvalorizou imenso, se não totalmente, a existência da homofobia. Aqui julgo que na inocência de ignorante, de quem nunca sentiu a discriminação na pele, estivesse completamente alheio à enormidade que graças a ele foi publicada num jornal público de tiragem considerável na GAM (grande área metropolitana do minho).
A informação é uma arma muito poderosa e o seu manuseamento e difusão devem ser feitos com responsabilidade. Ao veicular um chorrilho de estereótipos para uma população mal informada e pouco habilitada a filtrar o que ouve e lê, o senhor contribuiu para a perpetuação dos mesmos. Os principais prejudicados são os LGBT's que vêem o "seu" esforço de reconhecimento social contrariado, não esquecendo que num universo mais lato, é a totalidade da sociedade que sai a perder. A "comunidade homossexual" que muitos, incluindo o autor do artigo, acusaram de ter pouco sentido de humor não é uma importação extra-terrestre. Somos filhos, vimos de famílias e a perda é partilhada, a discriminação e sofrimento não param nos LGBT's, estendem-se a todos. Aliás tudo isto começa no simples facto de algumas pessoas não reconhecerem que a família e o casamento são amor, não sexualidade.
O Sr. Daniel Luís foi incorrecto, poderia ter pedido desculpa, mas ou por teimosia ou por maldade (na forma de homofobia) preferiu atirar areia para os olhos dos seus leitores, chegando mesmo a vitimizar-se e a acusar as vozes dissonantes de intolerância.
Pessoalmente não me choca o conteúdo da dita crónica, é uma coisa muito sem graça e por norma a vulgaridade não me agita o espírito. Contudo o desrespeito para com o próximo, pelos vistos intrínseco ao autor, espelha-se na sua obra; obra esta que foi dispersa "aos sete ventos", através de um meio de comunicação que se espera credível. Tolerar isso seria incoerente para mim, não tanto enquanto homossexual, mas muito mais enquanto cidadão que toma parte duma associação como a rede ex aequo.


Para finalizar vou abster-me de comentar essa polémica toda em volta da publicidade da Tagus pois não tenho conhecimento de causa suficiente. Posso apenas dizer que é natural que alguns LGBT's, tal como todos os seres humanos, caiam em exageros e excessos de zelo.
E nunca te inibas de expressar a tua opinião! Desde que o respeito se mantenha o diálogo é sempre possível. Divergências à parte, haja respeito!*  ;)


*Lol, já é slogan!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 07.fev.2009, 23:30:10
Responder
Olá...eu nem queria ser a ovelha ranhosa mas...tenho que o ser. Antes de começar por ai alem eu acho que qualquer pessoa em Portugal está protegida pela lei para se expressar como quiser desde que não lese directamente ninguem, como tal eu não recrimino o que o senhor educador escreveu, até acho engraçado!

O senhor manifesta uma opinião de uma forma muito descontraida e jucosa que eventualmente chocará muitas pessoas, a mim não choca! No entanto aqui no forum observa-se um efeito, que até se justificará, de motim! Mas será preciso acontecer isto sempre que alguem tem uma opinião mais "emocionada" sobre a homossexualidade? Lembro-me agora de um blog que o Arankal me deu o link que mostrava a indignação do autor face à massiva tentativa de fazer o homem remover o blog da web por conter um texto brincalão sobre a homossexualidade...sendo o blog so de crónicas sociais a modo JUCOSO!

Lembro-me uma vez que recebi um mail dos "Panteras rosa" acerca de uma publicidade de uma marca de cerveja que exibia uma menina muito bem parecida e um copo de cerveja e tinha como slogan: Orgulho hetero. Ora o que, e agora tambem tinha vontade de chamar algo "simpatico" a quem teve a ideia, os senhores se lembraram de fazer: Uma série de "publicidades" a criticar aquele acto de "homofobia" que consistia em pegar em imagens de mulheres maltratadas, os dois jovens enforcados no irão...e colocar um slogan "Orgulho hetero"...e agora a parte mesmo má (que é eu a citar algo biblico) mas "com quem ferros mata com ferros morre", certo?

A modos de resumo, não acho que o que o senhor disse seja assim tão condenavel. Todos os dias ouvimos piadas, le-se blogs e veem-se cartoons a brincar com situaçoes e grupos sociais...alguns mais simpaticos e outros nem tanto, não vou dizer que é das intervençoes mais felizes mas, pessoalmente, não em parece que recriminar o homem por ter uma opinião intensa seja a melhor solução.

Por favor sejam simpaticos a responder a isto, não me acusem de ser homofobico!   


Uncool,

Eu não digo que o senhor não esteja no seu direito ao pronunciar-se livremente sobre a homossexualidade, de qualquer modo não apelido o texto que ele escreveu como manifestação de uma "opinião mais intensa". Simplesmente aquilo não chega a ser opinião, é apenas um gozo flagrante com a condição de um conjunto de pessoas que nada lhe fizeram. Que ele quisesse acusar o PS de oportunismo político seria legítimo, que fizesse uso da dimensão carnivalesca que a homossexualidade ainda tem na sociedade portuguesa para fazer alguma crítica social ao jeito medieval como o próprio argumentou, também seria aceitável. Contudo, acho que o assunto que o levou a partir para o escárnio tornou-se o cerne da dita crónica, e o que é de mais, é de mais.
Note-se que fazer escárnio de LGBT's não é propriamente o mesmo quando aplicado a alentejanos, loiras e afins. O que o senhor fez foi de uma irresponsabilidade social tremenda, porque desvalorizou imenso, se não totalmente, a existência da homofobia. Aqui julgo que na inocência de ignorante, de quem nunca sentiu a discriminação na pele, estivesse completamente alheio à enormidade que graças a ele foi publicada num jornal público de tiragem considerável na GAM (grande área metropolitana do minho).
A informação é uma arma muito poderosa e o seu manuseamento e difusão devem ser feitos com responsabilidade. Ao veicular um chorrilho de estereótipos para uma população mal informada e pouco habilitada a filtrar o que ouve e lê, o senhor contribuiu para a perpetuação dos mesmos. Os principais prejudicados são os LGBT's que vêem o "seu" esforço de reconhecimento social contrariado, não esquecendo que num universo mais lato, é a totalidade da sociedade que sai a perder. A "comunidade homossexual" que muitos, incluindo o autor do artigo, acusaram de ter pouco sentido de humor não é uma importação extra-terrestre. Somos filhos, vimos de famílias e a perda é partilhada, a discriminação e sofrimento não param nos LGBT's, estendem-se a todos. Aliás tudo isto começa no simples facto de algumas pessoas não reconhecerem que a família e o casamento são amor, não sexualidade.
O Sr. Daniel Luís foi incorrecto, poderia ter pedido desculpa, mas ou por teimosia ou por maldade (na forma de homofobia) preferiu atirar areia para os olhos dos seus leitores, chegando mesmo a vitimizar-se e a acusar as vozes dissonantes de intolerância.
Pessoalmente não me choca o conteúdo da dita crónica, é uma coisa muito sem graça e por norma a vulgaridade não me agita o espírito. Contudo o desrespeito para com o próximo, pelos vistos intrínseco ao autor, espelha-se na sua obra; obra esta que foi dispersa "aos sete ventos", através de um meio de comunicação que se espera credível. Tolerar isso seria incoerente para mim, não tanto enquanto homossexual, mas muito mais enquanto cidadão que toma parte duma associação como a rede ex aequo.


Para finalizar vou abster-me de comentar essa polémica toda em volta da publicidade da Tagus pois não tenho conhecimento de causa suficiente. Posso apenas dizer que é natural que alguns LGBT's, tal como todos os seres humanos, caiam em exageros e excessos de zelo.
E nunca te inibas de expressar a tua opinião! Desde que o respeito se mantenha o diálogo é sempre possível. Divergências à parte, haja respeito!*  ;)


*Lol, já é slogan!


Basicamente esta é a minha proposta: Não recriminem quem recrimina...tornam-se no mesmo tipo de pessoas. Idealismo à parte...resta isso, politica e opiniôes e com opinioes não levam a lado algum

Eis a pulbicidade:

http://orgulhohetero.org/orgulhoheteroorg/
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 08.fev.2009, 01:12:40
Responder
Olá...eu nem queria ser a ovelha ranhosa mas...tenho que o ser. Antes de começar por ai alem eu acho que qualquer pessoa em Portugal está protegida pela lei para se expressar como quiser desde que não lese directamente ninguem, como tal eu não recrimino o que o senhor educador escreveu, até acho engraçado!

O senhor manifesta uma opinião de uma forma muito descontraida e jucosa que eventualmente chocará muitas pessoas, a mim não choca! No entanto aqui no forum observa-se um efeito, que até se justificará, de motim! Mas será preciso acontecer isto sempre que alguem tem uma opinião mais "emocionada" sobre a homossexualidade? Lembro-me agora de um blog que o Arankal me deu o link que mostrava a indignação do autor face à massiva tentativa de fazer o homem remover o blog da web por conter um texto brincalão sobre a homossexualidade...sendo o blog so de crónicas sociais a modo JUCOSO!

Lembro-me uma vez que recebi um mail dos "Panteras rosa" acerca de uma publicidade de uma marca de cerveja que exibia uma menina muito bem parecida e um copo de cerveja e tinha como slogan: Orgulho hetero. Ora o que, e agora tambem tinha vontade de chamar algo "simpatico" a quem teve a ideia, os senhores se lembraram de fazer: Uma série de "publicidades" a criticar aquele acto de "homofobia" que consistia em pegar em imagens de mulheres maltratadas, os dois jovens enforcados no irão...e colocar um slogan "Orgulho hetero"...e agora a parte mesmo má (que é eu a citar algo biblico) mas "com quem ferros mata com ferros morre", certo?

A modos de resumo, não acho que o que o senhor disse seja assim tão condenavel. Todos os dias ouvimos piadas, le-se blogs e veem-se cartoons a brincar com situaçoes e grupos sociais...alguns mais simpaticos e outros nem tanto, não vou dizer que é das intervençoes mais felizes mas, pessoalmente, não em parece que recriminar o homem por ter uma opinião intensa seja a melhor solução.

Por favor sejam simpaticos a responder a isto, não me acusem de ser homofobico!   


Uncool,

Eu não digo que o senhor não esteja no seu direito ao pronunciar-se livremente sobre a homossexualidade, de qualquer modo não apelido o texto que ele escreveu como manifestação de uma "opinião mais intensa". Simplesmente aquilo não chega a ser opinião, é apenas um gozo flagrante com a condição de um conjunto de pessoas que nada lhe fizeram. Que ele quisesse acusar o PS de oportunismo político seria legítimo, que fizesse uso da dimensão carnivalesca que a homossexualidade ainda tem na sociedade portuguesa para fazer alguma crítica social ao jeito medieval como o próprio argumentou, também seria aceitável. Contudo, acho que o assunto que o levou a partir para o escárnio tornou-se o cerne da dita crónica, e o que é de mais, é de mais.
Note-se que fazer escárnio de LGBT's não é propriamente o mesmo quando aplicado a alentejanos, loiras e afins. O que o senhor fez foi de uma irresponsabilidade social tremenda, porque desvalorizou imenso, se não totalmente, a existência da homofobia. Aqui julgo que na inocência de ignorante, de quem nunca sentiu a discriminação na pele, estivesse completamente alheio à enormidade que graças a ele foi publicada num jornal público de tiragem considerável na GAM (grande área metropolitana do minho).
A informação é uma arma muito poderosa e o seu manuseamento e difusão devem ser feitos com responsabilidade. Ao veicular um chorrilho de estereótipos para uma população mal informada e pouco habilitada a filtrar o que ouve e lê, o senhor contribuiu para a perpetuação dos mesmos. Os principais prejudicados são os LGBT's que vêem o "seu" esforço de reconhecimento social contrariado, não esquecendo que num universo mais lato, é a totalidade da sociedade que sai a perder. A "comunidade homossexual" que muitos, incluindo o autor do artigo, acusaram de ter pouco sentido de humor não é uma importação extra-terrestre. Somos filhos, vimos de famílias e a perda é partilhada, a discriminação e sofrimento não param nos LGBT's, estendem-se a todos. Aliás tudo isto começa no simples facto de algumas pessoas não reconhecerem que a família e o casamento são amor, não sexualidade.
O Sr. Daniel Luís foi incorrecto, poderia ter pedido desculpa, mas ou por teimosia ou por maldade (na forma de homofobia) preferiu atirar areia para os olhos dos seus leitores, chegando mesmo a vitimizar-se e a acusar as vozes dissonantes de intolerância.
Pessoalmente não me choca o conteúdo da dita crónica, é uma coisa muito sem graça e por norma a vulgaridade não me agita o espírito. Contudo o desrespeito para com o próximo, pelos vistos intrínseco ao autor, espelha-se na sua obra; obra esta que foi dispersa "aos sete ventos", através de um meio de comunicação que se espera credível. Tolerar isso seria incoerente para mim, não tanto enquanto homossexual, mas muito mais enquanto cidadão que toma parte duma associação como a rede ex aequo.


Para finalizar vou abster-me de comentar essa polémica toda em volta da publicidade da Tagus pois não tenho conhecimento de causa suficiente. Posso apenas dizer que é natural que alguns LGBT's, tal como todos os seres humanos, caiam em exageros e excessos de zelo.
E nunca te inibas de expressar a tua opinião! Desde que o respeito se mantenha o diálogo é sempre possível. Divergências à parte, haja respeito!*  ;)


*Lol, já é slogan!


Basicamente esta é a minha proposta: Não recriminem quem recrimina...tornam-se no mesmo tipo de pessoas. Idealismo à parte...resta isso, politica e opiniôes e com opinioes não levam a lado algum

Eis a pulbicidade:

[url]http://orgulhohetero.org/orgulhoheteroorg/[/url]


Mas recriminar é necessário, o que está mal e o que é mal feito deve ser denunciado, não com intento de prejudicar quem encorre numa falta, mas antes para restabelecer uma ordem, como o respeito por exemplo, que benificiará todos os intervenientes.
E existe uma diferença substâncial entre recriminar e incriminar, o que devemos fazer é recriminar quem incrimina sem justa causa. Que é exactamente a minha postura para com o Sr. Daniel Luís.

Nota:
recriminar = denunciar;
incriminar = imputar um crime, e tanto quanto sei os LGBT's não incorreram em crime algum para se verem assim maltratados em praça pública.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 08.fev.2009, 23:29:49
Responder
Olá...eu nem queria ser a ovelha ranhosa mas...tenho que o ser. Antes de começar por ai alem eu acho que qualquer pessoa em Portugal está protegida pela lei para se expressar como quiser desde que não lese directamente ninguem, como tal eu não recrimino o que o senhor educador escreveu, até acho engraçado!

O senhor manifesta uma opinião de uma forma muito descontraida e jucosa que eventualmente chocará muitas pessoas, a mim não choca! No entanto aqui no forum observa-se um efeito, que até se justificará, de motim! Mas será preciso acontecer isto sempre que alguem tem uma opinião mais "emocionada" sobre a homossexualidade? Lembro-me agora de um blog que o Arankal me deu o link que mostrava a indignação do autor face à massiva tentativa de fazer o homem remover o blog da web por conter um texto brincalão sobre a homossexualidade...sendo o blog so de crónicas sociais a modo JUCOSO!

Lembro-me uma vez que recebi um mail dos "Panteras rosa" acerca de uma publicidade de uma marca de cerveja que exibia uma menina muito bem parecida e um copo de cerveja e tinha como slogan: Orgulho hetero. Ora o que, e agora tambem tinha vontade de chamar algo "simpatico" a quem teve a ideia, os senhores se lembraram de fazer: Uma série de "publicidades" a criticar aquele acto de "homofobia" que consistia em pegar em imagens de mulheres maltratadas, os dois jovens enforcados no irão...e colocar um slogan "Orgulho hetero"...e agora a parte mesmo má (que é eu a citar algo biblico) mas "com quem ferros mata com ferros morre", certo?

A modos de resumo, não acho que o que o senhor disse seja assim tão condenavel. Todos os dias ouvimos piadas, le-se blogs e veem-se cartoons a brincar com situaçoes e grupos sociais...alguns mais simpaticos e outros nem tanto, não vou dizer que é das intervençoes mais felizes mas, pessoalmente, não em parece que recriminar o homem por ter uma opinião intensa seja a melhor solução.

Por favor sejam simpaticos a responder a isto, não me acusem de ser homofobico!   


Uncool,

Eu não digo que o senhor não esteja no seu direito ao pronunciar-se livremente sobre a homossexualidade, de qualquer modo não apelido o texto que ele escreveu como manifestação de uma "opinião mais intensa". Simplesmente aquilo não chega a ser opinião, é apenas um gozo flagrante com a condição de um conjunto de pessoas que nada lhe fizeram. Que ele quisesse acusar o PS de oportunismo político seria legítimo, que fizesse uso da dimensão carnivalesca que a homossexualidade ainda tem na sociedade portuguesa para fazer alguma crítica social ao jeito medieval como o próprio argumentou, também seria aceitável. Contudo, acho que o assunto que o levou a partir para o escárnio tornou-se o cerne da dita crónica, e o que é de mais, é de mais.
Note-se que fazer escárnio de LGBT's não é propriamente o mesmo quando aplicado a alentejanos, loiras e afins. O que o senhor fez foi de uma irresponsabilidade social tremenda, porque desvalorizou imenso, se não totalmente, a existência da homofobia. Aqui julgo que na inocência de ignorante, de quem nunca sentiu a discriminação na pele, estivesse completamente alheio à enormidade que graças a ele foi publicada num jornal público de tiragem considerável na GAM (grande área metropolitana do minho).
A informação é uma arma muito poderosa e o seu manuseamento e difusão devem ser feitos com responsabilidade. Ao veicular um chorrilho de estereótipos para uma população mal informada e pouco habilitada a filtrar o que ouve e lê, o senhor contribuiu para a perpetuação dos mesmos. Os principais prejudicados são os LGBT's que vêem o "seu" esforço de reconhecimento social contrariado, não esquecendo que num universo mais lato, é a totalidade da sociedade que sai a perder. A "comunidade homossexual" que muitos, incluindo o autor do artigo, acusaram de ter pouco sentido de humor não é uma importação extra-terrestre. Somos filhos, vimos de famílias e a perda é partilhada, a discriminação e sofrimento não param nos LGBT's, estendem-se a todos. Aliás tudo isto começa no simples facto de algumas pessoas não reconhecerem que a família e o casamento são amor, não sexualidade.
O Sr. Daniel Luís foi incorrecto, poderia ter pedido desculpa, mas ou por teimosia ou por maldade (na forma de homofobia) preferiu atirar areia para os olhos dos seus leitores, chegando mesmo a vitimizar-se e a acusar as vozes dissonantes de intolerância.
Pessoalmente não me choca o conteúdo da dita crónica, é uma coisa muito sem graça e por norma a vulgaridade não me agita o espírito. Contudo o desrespeito para com o próximo, pelos vistos intrínseco ao autor, espelha-se na sua obra; obra esta que foi dispersa "aos sete ventos", através de um meio de comunicação que se espera credível. Tolerar isso seria incoerente para mim, não tanto enquanto homossexual, mas muito mais enquanto cidadão que toma parte duma associação como a rede ex aequo.


Para finalizar vou abster-me de comentar essa polémica toda em volta da publicidade da Tagus pois não tenho conhecimento de causa suficiente. Posso apenas dizer que é natural que alguns LGBT's, tal como todos os seres humanos, caiam em exageros e excessos de zelo.
E nunca te inibas de expressar a tua opinião! Desde que o respeito se mantenha o diálogo é sempre possível. Divergências à parte, haja respeito!*  ;)


*Lol, já é slogan!


Basicamente esta é a minha proposta: Não recriminem quem recrimina...tornam-se no mesmo tipo de pessoas. Idealismo à parte...resta isso, politica e opiniôes e com opinioes não levam a lado algum

Eis a pulbicidade:

[url]http://orgulhohetero.org/orgulhoheteroorg/[/url]


Mas recriminar é necessário, o que está mal e o que é mal feito deve ser denunciado, não com intento de prejudicar quem encorre numa falta, mas antes para restabelecer uma ordem, como o respeito por exemplo, que benificiará todos os intervenientes.
E existe uma diferença substâncial entre recriminar e incriminar, o que devemos fazer é recriminar quem incrimina sem justa causa. Que é exactamente a minha postura para com o Sr. Daniel Luís.

Nota:
recriminar = denunciar;
incriminar = imputar um crime, e tanto quanto sei os LGBT's não incorreram em crime algum para se verem assim maltratados em praça pública.


Pronto, ok...concordo contigo, acho que mo que diz respeito a essa forma de "humor" é realmente simpatica para quem o escreve mas nada para quem a ouve ou lê.  :´
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: tuttifrutti.lounge em 20.fev.2009, 20:33:39
Hello People!!

Pois bem..como fui aluna da UM....Mais precisamente do Campus de Azurém!! ;).. Devo dizer que não foi fácil... Falando na minha história..acho que a UM ainda vive muito no "escuro"..
E foi através cidade e não da UM, que conheci algum pessoal LGBT e hoje são alguns dos meus melhores amigos..
.. Ainda há muito preconceito sobre este tema e nas praxes eu senti bem isso na pele...
Mas sem dúvida que é uma Universidade muito boa... :D


Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 20.fev.2009, 20:53:57
Hello People!!

Pois bem..como fui aluna da UM....Mais precisamente do Campus de Azurém!! ;).. Devo dizer que não foi fácil... Falando na minha história..acho que a UM ainda vive muito no "escuro"..
E foi através cidade e não da UM, que conheci algum pessoal LGBT e hoje são alguns dos meus melhores amigos..
.. Ainda há muito preconceito sobre este tema e nas praxes eu senti bem isso na pele...
Mas sem dúvida que é uma Universidade muito boa... :D




Olá!!!

Pois é assim, vou falar das realidades que congeço...Na escola de ciencias, que é a que conheço melhor, existem muitas pessoas que se sabe que são LGBT´s e outras que se desconfia, existem muitos alunos assumidos e nunca houve problema com isso. Segundo amigos de Letras a realidade já é bem distinta, há uma maior tendencia para olhar quem se suspeita de ser LGBT com um ar depreciativo e mesmo fazer um ou outro comentario menos bom...e assim se passa tambem na escola de ciencias sociais...Mas isto é o que resulta da comparação do que conheço com o que em contam!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 21.fev.2009, 03:46:47
bem se tamos a falar de letras... devo acrescentar k estive sentada numa mesa homofobica muito homofobica de colegas com quem nao costumo andar mas que num primeiro café nao deixaram com a minima duvida de o serem.

mas... tbm ha people k ja me disse na cara k nao tem nada contra a homossexualidade. como nao sou publicamente assumida nao tenho a estatistica completa mas ha la people muito pouco aberto à diferença mas deve haver cadinho de tudo presumo.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 21.fev.2009, 12:51:51
bem se tamos a falar de letras... devo acrescentar k estive sentada numa mesa homofobica muito homofobica de colegas com quem nao costumo andar mas que num primeiro café nao deixaram com a minima duvida de o serem.

mas... tbm ha people k ja me disse na cara k nao tem nada contra a homossexualidade. como nao sou publicamente assumida nao tenho a estatistica completa mas ha la people muito pouco aberto à diferença mas deve haver cadinho de tudo presumo.

Sim, claro, felizmente existe sempre um bocadinho de tudo em todo o lado, apenas estava a referir o feedback que chegou até mim...

Nos meus primeiros tempos de ex aequo, como novo menbro, eu conhecia um rapaz que ja tinha muitos anos de lutas por LGBT´s, não so auqi como no Brasil tambem, e ele dizia "Não há pessoas homofóbicas, há pessoas que tem atitudes homofóbicas!" e eu acho que isso é de uma sabedoria tremenda! Na prática ninguem se dedica a ser homofóbico, apenas perantes certos estímulos tem uma reacção homofóbica, essa reacção é fruto não de uma homofobia cultivada, escolhida, assumida, mas fruto de uma ignorancia alimentada por estereótipos...Quando uma pessoa agride ou seja lá o que for que fizer contra uma pessoa homossexual ela não tem noção de ser homofóbica... 
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 21.fev.2009, 13:28:45
bem se tamos a falar de letras... devo acrescentar k estive sentada numa mesa homofobica muito homofobica de colegas com quem nao costumo andar mas que num primeiro café nao deixaram com a minima duvida de o serem.

mas... tbm ha people k ja me disse na cara k nao tem nada contra a homossexualidade. como nao sou publicamente assumida nao tenho a estatistica completa mas ha la people muito pouco aberto à diferença mas deve haver cadinho de tudo presumo.

Sim, claro, felizmente existe sempre um bocadinho de tudo em todo o lado, apenas estava a referir o feedback que chegou até mim...

Nos meus primeiros tempos de ex aequo, como novo menbro, eu conhecia um rapaz que ja tinha muitos anos de lutas por LGBT´s, não so auqi como no Brasil tambem, e ele dizia "Não há pessoas homofóbicas, há pessoas que tem atitudes homofóbicas!" e eu acho que isso é de uma sabedoria tremenda! Na prática ninguem se dedica a ser homofóbico, apenas perantes certos estímulos tem uma reacção homofóbica, essa reacção é fruto não de uma homofobia cultivada, escolhida, assumida, mas fruto de uma ignorancia alimentada por estereótipos...Quando uma pessoa agride ou seja lá o que for que fizer contra uma pessoa homossexual ela não tem noção de ser homofóbica... 

concordo quando dizes que eles nao sao homofobicos mas tem atitudes homofobicas, e sim tem tudo a ver com ignorancia e desconhecimento. e é fantastico quando se ve uma evoluçao nas pessoas que nos sao mais proximas e uma predisposição a aprender e tentar entender as coisas.

no entanto ha pessoas que nao tem esta predisposiçao e que pura e simplesmente se fecham ao dito conhecimento que lhes falta para nao terem atitudes homofobicas.  eu entendo muitas atitudes e compreendo que elas acontecem por puro desconhecimento e porque é o que culturalmente nos ensinam. no entanto ha uma diferença entre aqueles que o fazem inconscientemente e os que o fazem para se sentirem melhores de alguma forma. e isso eu condeno estejamos a falar de raças de paramentros de beleza ou de homossexualidade. ´

ninguém é perfeito no entanto devemos todos estar abertos à aprendizagem.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 21.fev.2009, 13:33:15
bem se tamos a falar de letras... devo acrescentar k estive sentada numa mesa homofobica muito homofobica de colegas com quem nao costumo andar mas que num primeiro café nao deixaram com a minima duvida de o serem.

mas... tbm ha people k ja me disse na cara k nao tem nada contra a homossexualidade. como nao sou publicamente assumida nao tenho a estatistica completa mas ha la people muito pouco aberto à diferença mas deve haver cadinho de tudo presumo.

Sim, claro, felizmente existe sempre um bocadinho de tudo em todo o lado, apenas estava a referir o feedback que chegou até mim...

Nos meus primeiros tempos de ex aequo, como novo menbro, eu conhecia um rapaz que ja tinha muitos anos de lutas por LGBT´s, não so auqi como no Brasil tambem, e ele dizia "Não há pessoas homofóbicas, há pessoas que tem atitudes homofóbicas!" e eu acho que isso é de uma sabedoria tremenda! Na prática ninguem se dedica a ser homofóbico, apenas perantes certos estímulos tem uma reacção homofóbica, essa reacção é fruto não de uma homofobia cultivada, escolhida, assumida, mas fruto de uma ignorancia alimentada por estereótipos...Quando uma pessoa agride ou seja lá o que for que fizer contra uma pessoa homossexual ela não tem noção de ser homofóbica... 

concordo quando dizes que eles nao sao homofobicos mas tem atitudes homofobicas, e sim tem tudo a ver com ignorancia e desconhecimento. e é fantastico quando se ve uma evoluçao nas pessoas que nos sao mais proximas e uma predisposição a aprender e tentar entender as coisas.

no entanto ha pessoas que nao tem esta predisposiçao e que pura e simplesmente se fecham ao dito conhecimento que lhes falta para nao terem atitudes homofobicas.  eu entendo muitas atitudes e compreendo que elas acontecem por puro desconhecimento e porque é o que culturalmente nos ensinam. no entanto ha uma diferença entre aqueles que o fazem inconscientemente e os que o fazem para se sentirem melhores de alguma forma. e isso eu condeno estejamos a falar de raças de paramentros de beleza ou de homossexualidade. ´

ninguém é perfeito no entanto devemos todos estar abertos à aprendizagem.

NÃO DISCORDO DE NADA O QUE DISSESTE!  :up

Como diria um filósofo chamado Epiteto: "è impossivel ensinar ao homem aquilo que ele acha que ja sabe" isto para realçar essa ideia de que há pessoas que não querem ser susceptiveis a compreender a BELEZA (adorei a maneiro como usaste o termo  ;D) de questionar certas coisas maleficas como os preconceitos!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 21.fev.2009, 14:15:02
 ;D  :D (mas... na verdade eu tava so a enumerar era: raças, parametros de beleza ou homossexualidade  :-X) portanto o crédito de interpretaçao é teu e até é bem giro  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 21.fev.2009, 19:04:01
;D  :D (mas... na verdade eu tava so a enumerar era: raças, parametros de beleza ou homossexualidade  :-X) portanto o crédito de interpretaçao é teu e até é bem giro  ;)

 :-[ Ok...pois...(esconde-te Uncool)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: risingstranger em 22.fev.2009, 20:24:52
;D  :D (mas... na verdade eu tava so a enumerar era: raças, parametros de beleza ou homossexualidade  :-X) portanto o crédito de interpretaçao é teu e até é bem giro  ;)

 :-[ Ok...pois...(esconde-te Uncool)
lol mas foi giiiruh  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Petit musicien em 28.fev.2009, 21:24:16
Como célebre caloiro da Universidade do Minho (Direito) sinto que devo deixar o meu testemunho........  não tenho sentido nenhum tipo de represálias quanto à minha sexualidade pelo simples facto que ainda não me assumi para muita gente... O facto é que ganhei muitas amizades em braga, penso que até muito boas amizades em quem em confiei e contei..... dessas pessoas ainda não senti desconforto, bem pelo contrário..... Mas tenho a noção que pelo menos na praxe isso seria alvo de troça e de momentos um pouco desconfortaveis até...... Por experiências contadas pessoalmente receio muito da reacção dos alunos, mas também somos tantos que não dá para nos sentirmos muito mal......


Até agora estou a gostar da UM    :)


Saudações académicas :D:D:D:D:D:D:D:D:D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Blossom em 09.abr.2009, 23:43:04
Oi!

Já não vinha aqui há muito tempo mas hoje deu-me vontade de escrever aqui qualquer coisinha!

Eu estou no segundo ano de Línguas na Universidade do Minho e sou lésbica. A verdade é que há muita gente simpatizante, com quem dá gosto conversar sobre a temática LGBT, mas tambem há muita gente homofóbica nesta universidade. A própria praxe recrimina os gays. O que interessa é que se tenha um bom grupo de amigos ou simplesmente alguem com quem desabafar e tudo vai correndo bem porque homofobia há em todo o lado...ainda é preciso limar muitas arestas da sociedade portuguesa!!

Beijinhos pra todos***
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Uncool em 12.mai.2009, 19:01:28
Oi!

Já não vinha aqui há muito tempo mas hoje deu-me vontade de escrever aqui qualquer coisinha!

Eu estou no segundo ano de Línguas na Universidade do Minho e sou lésbica. A verdade é que há muita gente simpatizante, com quem dá gosto conversar sobre a temática LGBT, mas tambem há muita gente homofóbica nesta universidade. A própria praxe recrimina os gays. O que interessa é que se tenha um bom grupo de amigos ou simplesmente alguem com quem desabafar e tudo vai correndo bem porque homofobia há em todo o lado...ainda é preciso limar muitas arestas da sociedade portuguesa!!

Beijinhos pra todos***

   A praxe nunca pretendeu ser justa por isso nunca o será, quer com gays, negros, pobres...tudo é válido para brincar/gozar nesse jogo de submissão/integração. Na minha opinião o que se faz ou diz na praxe em relação a esses grupos minoritários (?) funciona de forma muito semelhante à do secundário, um indíviduo segrega um outro de um outro grupo como forma de realçar a sua integração perante um outro, ou seja "eu ofendo quem é gay para mostrar que sou heterossexual defenitivamente", o memso depois se passa com quem está na moda, com quem é popular, com quem tem melhores notas...nestes casos não há uma verdadeira homofobia, não há um odio/medo direccionado aos homossexuais, umas uma velha questão cultural de identificação, de auto-inserção num grupo!

   "Num lugar existirão muitos de nós, noutros não o suficiente", segundo uma letra de uma musica, mas como frizaste minha querida Blossom (adoro o teu nick, faz-me lembrar a Blossom das Power Puff girls  :D) HÁ SEMPRE ALGUEM QUE ESTA DISPOSTO A OUVIR E A COMPREENDER!

    :-*
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Dicury em 16.mai.2009, 18:30:59
Na minha opinião, penso que os jovens lgbt não se encontram numa posição nada favorável dentro da UM.
Ainda existe muito preconceito e homofobia que não é combatido pelos mecanismos adequados existentes dentro da universidade. Refiro-me, para ser mais concreto, à associação académica que não dá sinais de promover qualquer evento que vise informar, divulgar e normalizar a existência de pesoas lgbt na UM. A AAUM devia, antes de mais, zelar pelos interesses e direitos dos estudantes, apoiar os estudantes nos seus percursos de aprendizagem e empenhar-se por uma Universidade mais igual mais justa de forma cada vez mais diversificada.

Não sou um estudante muito informado dos eventos que vão decorrendo na UM. Considero-me, contudo, bastante atento àquilo que de mais notório se vai passando na universidade. Posso, por isso, afirmar que não faz parte das prioridades da associação academica empenhar-se na informação, educação e esclarecimento dos estudantes relativamente a assuntos tabu, como a sexualidade (por exemplo, mas existem muitos outros).

Uma associação académica, como orgão representante dos estudantes, deve empenhar-se em representá-los em todas as vertentes. Deve motivar os estudantes a terem atitudes respeitadoras,críticas e construtivas quer para o meio académico, quer para o próprio crescimento pessoal. Deve ser um exemplo para todos os estudantes.. deve lutar para que os estudantes se consciencializem  de que estão numa das fases da vida mais ricas por que poderão passara e que, da universidade não levam só o que aprendem das cadeiras do curso que frequentam, mas principalmente todo um conjunto rico de experiências que advêm do interacção da própria academia e daqueles que a constituem - os estudantes.

Eu acredito que a qualidade da nossa formação académica, vem muito da qualidade do nosso crescimento pessoal enquanto nos graduamos. Por isso mesmo, pedir à universidade do minho que lute para pormover a cidadania, a igualdade e o empreendedorismo entre os estudantes, é pedir uma melhor formação académica ao nível pessol e humano é pedir que abra portas dentro da universidade que dêm oportunidades aos estudantes de se cultivarem mais e melhor e de uma forma mais ampla, virada para a igualdade e respeito mútuo.

As minorias estudantis também fazem parte da universidade e merecem a mesma dedicação e empenho por parte da universidade que qualquer um tem. Por sermos diferentes apenas num ou noutro determinado aspecto e estarmos em minoria, não merecemos ser descriminados ou postos em segundo ou terceiro plano. Merecemos aliás que olhem para nós como se fôssemos mais um estudante. Temos esse direito e a universidade devia empanhar-se nisso.

Pensem! Não era lindo termos uma universidade que valorizasse e respeitasse as diferenças de todos os estudantes (não só dos estudantes lgbt)? Uma universidade em que os próprios estudantes não cedessem a modas forçadas e  atitudes facilitistas e destrutivas de um meio justo e igual? A UM poderia ser uma universidade amplamente mais diversa e melhorar a formação de todos os que passam por cá se se empenhasse nesta vertente.  :wor
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 16.mai.2009, 22:38:58
A UMinho funciona tão mal em tantos aspectos fundamentais que seria ilusório pensar que a viabilidade desse tipo de intervenção esteja para breve. E ainda bem que a qualidade da nossa formação académica não influi na nossa formação pessoal, caso contrário este seria um mundo muito mais pobre!  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: EVA Pilot em 18.mai.2009, 22:17:45
Ficamos à espera que a ex aequo leve a cabo algumas acções na UM! ;) talvez colocar cartazes nos placards não seja suficiente...talvez seja algo que deva ser levado a cabo pela "comunidade" LGBT da universidade...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Dicury em 19.mai.2009, 20:14:21
A UMinho funciona tão mal em tantos aspectos fundamentais que seria ilusório pensar que a viabilidade desse tipo de intervenção esteja para breve. E ainda bem que a qualidade da nossa formação académica não influi na nossa formação pessoal, caso contrário este seria um mundo muito mais pobre!  :P

Reborn, é ilusório pensar que a nossa formação académica não influi o nosso crescimento pessoal! Como qualquer experiencia que vivas ou como qualquer meio que te rodeie influencia o teu crescimento pessoal, a tua formação académica influencia. Talvez ate mais do que possas imaginar! Pensa assim - estamos em constante crescimento pessoal. Lá por estares em aulas ou em trabalhos com os teus colegas, o teu crescimento pessoal não vai estagnar. Todas as pessoas com quem nos damos, de uma forma ou de outra contribuem para o nosso crescimento pessoal. É por isso que acho que valerá a pena melhorar o papel da academia. Podiasse promover um salto em crecimento pessoal para muitos estudantes que não possuem valores essenciais para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e igual - quem diz sociedade diz academia.  :P 

PS: Pensa no objectivo do programa ERASMUS. 
E já agora não digo que este mundo seja mais pobre por ter afirmado o que afirmei. Simpliesmente, penso que nos sentimos convidados a ir buscar riqueza noutros lados.. mas não é para todos. Muita gente cede ao facilitismo e ao conformismo.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Reborn em 19.mai.2009, 23:59:37
Quando falas em formação académica pensei que te referisses aos conteúdos educacionais que recebemos e não à vivência socio-profissional do meio. Porque apesar da segunda não ser assim tão deficiente a primeira deixa imenso a desejar... mas pronto, má interpretação minha.  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Petit musicien em 20.mai.2009, 18:54:40

   A praxe nunca pretendeu ser justa por isso nunca o será, quer com gays, negros, pobres...tudo é válido para brincar/gozar nesse jogo de submissão/integração. Na minha opinião o que se faz ou diz na praxe em relação a esses grupos minoritários (?) funciona de forma muito semelhante à do secundário, um indíviduo segrega um outro de um outro grupo como forma de realçar a sua integração perante um outro, ou seja "eu ofendo quem é gay para mostrar que sou heterossexual defenitivamente", o memso depois se passa com quem está na moda, com quem é popular, com quem tem melhores notas...nestes casos não há uma verdadeira homofobia, não há um odio/medo direccionado aos homossexuais, umas uma velha questão cultural de identificação, de auto-inserção num grupo!

   "Num lugar existirão muitos de nós, noutros não o suficiente", segundo uma letra de uma musica, mas como frizaste minha querida Blossom (adoro o teu nick, faz-me lembrar a Blossom das Power Puff girls  :D) HÁ SEMPRE ALGUEM QUE ESTA DISPOSTO A OUVIR E A COMPREENDER!

    :-*


Querido amigo true, o problema em questão não é de todo a praxe, por isso compreendo que não seja muito apropriado, tendo em conta a subjectividade do tema e da probabilidade de fugir à verdadeira questão, dar um aspecto negativo à praxe. Que me digas que a praxe não ajuda na assimilação da homossexualidade, e que pode ser um grande fenómeno de homofobia, como referiu a blossom, acredito. O mesmo aconteceu comigo, nem que seja indirectamente. Porém, é diferente de dizer que se trata de (passo a citar) “jogo de submissão”, onde “ tudo é válido para brincar/gozar”; acho que se trata de uma opinião pessoal que não respeita ou que pode ir contra as idiossincrasias de cada um, ou mesmo das esperanças que cada um tenha sobre a sua futura praxe. Acredito que se possa transmitir a ideia de que há preconceito sexual na praxe, sem utilizar juízos de valores.
Ironicamente, afastei-me do tema a tratar neste tópico.
Quanto ao assunto do preconceito, acredito piamente no que foi citado pela blossom. E sublinho, quando é referido que a U.M não de todo um lugar LGBT, ou um lugar sem preconceitos. E mesmo sendo gay não espero que em todos os locais me aceitem como sou, assim como espero que as pessoas não partam do princípio que eu aceito todo o tipo de situações, apenas exijo respeito.

Para finalizar um abraço a todos…….   
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: EVA Pilot em 21.mai.2009, 00:10:35

   A praxe nunca pretendeu ser justa por isso nunca o será, quer com gays, negros, pobres...tudo é válido para brincar/gozar nesse jogo de submissão/integração. Na minha opinião o que se faz ou diz na praxe em relação a esses grupos minoritários (?) funciona de forma muito semelhante à do secundário, um indíviduo segrega um outro de um outro grupo como forma de realçar a sua integração perante um outro, ou seja "eu ofendo quem é gay para mostrar que sou heterossexual defenitivamente", o memso depois se passa com quem está na moda, com quem é popular, com quem tem melhores notas...nestes casos não há uma verdadeira homofobia, não há um odio/medo direccionado aos homossexuais, umas uma velha questão cultural de identificação, de auto-inserção num grupo!

   "Num lugar existirão muitos de nós, noutros não o suficiente", segundo uma letra de uma musica, mas como frizaste minha querida Blossom (adoro o teu nick, faz-me lembrar a Blossom das Power Puff girls  :D) HÁ SEMPRE ALGUEM QUE ESTA DISPOSTO A OUVIR E A COMPREENDER!

    :-*


Querido amigo true, o problema em questão não é de todo a praxe, por isso compreendo que não seja muito apropriado, tendo em conta a subjectividade do tema e da probabilidade de fugir à verdadeira questão, dar um aspecto negativo à praxe. Que me digas que a praxe não ajuda na assimilação da homossexualidade, e que pode ser um grande fenómeno de homofobia, como referiu a blossom, acredito. O mesmo aconteceu comigo, nem que seja indirectamente. Porém, é diferente de dizer que se trata de (passo a citar) “jogo de submissão”, onde “ tudo é válido para brincar/gozar”; acho que se trata de uma opinião pessoal que não respeita ou que pode ir contra as idiossincrasias de cada um, ou mesmo das esperanças que cada um tenha sobre a sua futura praxe. Acredito que se possa transmitir a ideia de que há preconceito sexual na praxe, sem utilizar juízos de valores.
Ironicamente, afastei-me do tema a tratar neste tópico.
Quanto ao assunto do preconceito, acredito piamente no que foi citado pela blossom. E sublinho, quando é referido que a U.M não de todo um lugar LGBT, ou um lugar sem preconceitos. E mesmo sendo gay não espero que em todos os locais me aceitem como sou, assim como espero que as pessoas não partam do princípio que eu aceito todo o tipo de situações, apenas exijo respeito.

Para finalizar um abraço a todos…….   


Como Homossexual assumidísismo no meu curso não sofro qualquer tipo de discriminação, se bme que dizem que varia muito de acordo com as escolas que estamos a falar, na escola de ciencias eu não sinto homofobia.

Mas se assim é facto de que há homofobia porque não se levam a cabo campanhas para a minimizar? Dia 17 foi dia internacional pela luta contra a Homofobia, porque isos não fui mais público? Ok, era um sábado, mas podia-se levar algo a cabo na sexta, ou mesmo a semana toda?

Qual é o papel das instituiçoes de apoio a LGBTs no meio disto tudo? E dos próprios LGBTs? Ninguem, por norma, está sensibilizado para realidades minoritárias, quantas pessoas, por exemplo, se lembram que podem ter a sua volta pessoas hermafroditas até alguma se revelar como tal? A homofobia será combatida quando a visibilizade da homossexualidade for feita sentida, quando o "ter-se um homossexual por perto" for algo banal, normal, simples!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Petit musicien em 21.mai.2009, 13:27:10

Como Homossexual assumidísismo no meu curso não sofro qualquer tipo de discriminação, se bme que dizem que varia muito de acordo com as escolas que estamos a falar, na escola de ciencias eu não sinto homofobia.

Mas se  não ssim é facto de que há homofobia porque não se levam a cabo campanhas para a minimizar? Dia 17 foi dia internacional pela luta contra a Homofobia, porque isos não fui mais público? Ok, era um sábado, mas podia-se levar algo a cabo na sexta, ou mesmo a semana toda?

Qual é o papel das instituiçoes de apoio a LGBTs no meio disto tudo? E dos próprios LGBTs? Ninguem, por norma, está sensibilizado para realidades minoritárias, quantas pessoas, por exemplo, se lembram que podem ter a sua volta pessoas hermafroditas até alguma se revelar como tal? A homofobia será combatida quando a visibilizade da homossexualidade for feita sentida, quando o "ter-se um homossexual por perto" for algo banal, normal, simples!

concordo e acrescento que a ELSA, uma associação de Direito, realizou um mega debate a uma quarta feira, com distribuição de certificado. Com altos nomes políticos e administrativos, porém as mesmas pessoas que pedem mais campanhas, não aparecem às mesmas............. pois a conferência infelizmente não teve grande afluência....
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: luxour em 19.jun.2009, 23:15:37
A actual situação na UMinho em termos de actividades LGBT é quase nula/inexistente.
Apesar de, penso eu, existir bastante pessoal LGBT acaba por resultar em pouca actividade e debate dos temas relacionados.
Achei engraçado até no outro dia ter reparado em dois Erasmus a falarem precisamente nisso, na existencia de "cenas gay" eheh lool
Mas pronto também está relacionada com a pouca actividade extra-curricular, nomeadamente actividades culturais e afins...
Penso que existe um importante distanciamento entre a comunidade académica e o resto da população. Nesta situação é complicado sequer pensar em abordar temas ou actiivdades LGBT.
Pelo menos é o que me apercebo.

Cumps a todos  :D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: EVA Pilot em 21.jun.2009, 16:21:00
A actual situação na UMinho em termos de actividades LGBT é quase nula/inexistente.
Apesar de, penso eu, existir bastante pessoal LGBT acaba por resultar em pouca actividade e debate dos temas relacionados.
Achei engraçado até no outro dia ter reparado em dois Erasmus a falarem precisamente nisso, na existencia de "cenas gay" eheh lool
Mas pronto também está relacionada com a pouca actividade extra-curricular, nomeadamente actividades culturais e afins...
Penso que existe um importante distanciamento entre a comunidade académica e o resto da população. Nesta situação é complicado sequer pensar em abordar temas ou actiivdades LGBT.
Pelo menos é o que me apercebo.

Cumps a todos  :D

Aqui há dias estava na fila do bar do cp2 e ouvi dois rapazes falarem a propósito da presumível bissexualidade de um colega de curso....Eu fiquei bastante satisfeito por ver o assunto ser debatido com tanta normalidade e tão pouca preocupação  ;D

Sim, concordo quando dizes que não ha divulgação ou iniciativas no sentido de promover a discussão ou a simples abordagem de questões LGBT, como disse o meu querido amigo Petite musicien também não há uma participação significativa por parte dos LGBT nas poucas acções que existem e nem destes parte realizar mais acções. Eu compreendo que estas acções deveriam ser levadas a cabo pelas associações que representam os LGBT, no entanto vê-se que estas pouco fazem, talvez porque elas também, são feitas de pessoas que eventualmente não querem/não podem dar o nome ou a cara por certas causas...ou também simplesmente porque não há pressão sobre elas (as instituiçoes) para agirem.

Muitas pessoas dizem que deveria ser solicitado por parte da Universidade esse tipo de acções, mas a UM na verdade não pode ir atrás dos interesses de todas as massas.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Cantinho em 22.jun.2009, 01:20:15
Oi!

Já não vinha aqui há muito tempo mas hoje deu-me vontade de escrever aqui qualquer coisinha!

Eu estou no segundo ano de Línguas na Universidade do Minho e sou lésbica. A verdade é que há muita gente simpatizante, com quem dá gosto conversar sobre a temática LGBT, mas tambem há muita gente homofóbica nesta universidade. A própria praxe recrimina os gays. O que interessa é que se tenha um bom grupo de amigos ou simplesmente alguem com quem desabafar e tudo vai correndo bem porque homofobia há em todo o lado...ainda é preciso limar muitas arestas da sociedade portuguesa!!

Beijinhos pra todos***

Boas!

Tb como tu não vinha cá há imenso tempo e qnd venho é logo para discordar ctg :P Tirei o curso, tb de línguas, na UM, fui (bem) praxada, praxei e nunca senti que houvesse qualquer tipo de discriminação quer relativamente à sexualidade, religião, raça ou qq outra coisa... penso sim, que, por vezes, temos uma certa "mania da perseguição" porque por vezes dizemos "aquele preto" ou "aquele que é gay" com a mesma naturalidade com que dizemos "aquele de óculos" ou "aquela baixinha", são traços distintivos, aposto que já o disseste em determinado momento, e não quer por isso dizer que sejas homofóbica, racista, etc... são coisas que nos diferenciam. Claro que não só depende de quem/como o diz, mas também de quem ouve e interpreta...
Sou "nova nas andanças", mas acredito que a mentalidade portuguesa tem mudado bastante (apesar de não ser suficiente!).

Cumpts pa todos!**
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 23.jun.2009, 03:03:21
(...)
 Refiro-me, para ser mais concreto, à associação académica que não dá sinais de promover qualquer evento que vise informar, divulgar e normalizar a existência de pesoas lgbt na UM.
(...)

Não querendo entrar em discussões, porque não é do meu feitio participar nestas coisas e nem tenho muita paciência para ler os testamentos que o ppl paki escreve [sem ofensa, pessoal, sem ofensa =) - e nem li, por isso possivelmente já alguem disse o que vou dizer...ou não... :-X], vou só responder a esta frase, porque me chamou a atenção...

A AAUM não promove acções de apoio à homossexualidade. Certo. Teria lógica se o fizesse? Não tão certo... Porquê? Respondo com uma pergunta: A AAUM  promove eventos que visem informar da existência de pessoas heterossexuais na UM?

Quero com isto dizer que não acho que seja função da AAUM nem da própria universidade (re) educar as pessoas a esse nível. E muito menos acho que tenha algum tipo de lógica promoverem-se eventos desse tipo. Não se veêm eventos a promover a divulgação do facto de haver pessoas de outras raças, culturas e religiões na UM. Ninguém se queixa. Não se veêm eventos a promover o facto de haverem pessoas com necessidades especiais na UM. Ninguém se queixa. Há pessoas com pais alcoólicos, com irmãos deficientes, há pessoas que têm que trabalhar enquanto estudam para conseguir pagar as propinas, que não têm sequer dinheiro para comer ou se vestirem em condições, mas continuam a estudar para tentarem ser alguém na vida, há decerto pessoas que foram vítimas de abuso, que têm doenças que as incapacitam de algum modo de serem consideradas "normais"...Há acções de sensibilização para esses casos? Não. E não são todas estas pessoas parte de minorias?! Claro que sim...! E ninguém se queixa. Não quero dizer que esteja certo não se queixarem. Talvez devessem...Mas será que vale a pena chamar a atenção para esses casos quando o que se pretende é que se "misturem" com a dita "normalidade" do resto dos estudantes?

Afinal, não lutamos pela IGUALDADE?!  E querem tratamento especial? Não bate certo...

A mudança tem k ser progressiva (e tem sido!), de dia para dia, de pessoa para pessoa...Começa acima de tudo dentro de nós próprios (e é isso que falha TANTAS vezes =\), e se cada um de nós for tentando mudar mentalidades, começando por um pequeno grupo de amigos, a família...a mudança acontece! Não é pela AAUM ""pedir" a aceitação que vai ser mais fácil assumir a homossexualidade na UM. Não é a espalhar panfletos, nem a afixar cartazes, nem mesmo a organizar conferências sobre o assunto (porque afinal quem vai às conferências é quem já tem uma posição de aceitação perante a homossexualidade, não estão a ver os homofóbicos irem para lá de boa vontade e saírem novas pessoas, certo? '-.- ) que se vai conseguir mudar alguma coisa.

Dizemos "somos gays, estamos aqui, olhem para nós, somos iguais a vocês!". O que conseguimos? Ser reconhecidos como quem deu a cara pela causa, sim, talvez umas palmadas das costas de quem está "do nosso lado", mas e do resto das pessoas? Acham que só por isso vão todos ficar do género "ah, pois é, olha, afinal somos mesmo iguais! Já não sou homofóbico!!!"...Por favor, minha gente, sejamos realistas...!

E antes de mais urge que cada um de nós, lgbt's, se aceite como é e se veja como uma pessoa normal! Porque a discriminação começa dentro de nós mesmos! Nós SOMOS pessoas normais! Somos tão normais e tão capazes como qualquer heterossexual! Então porquê permitirmos que nos afectem com comentários e com atitudes estúpidas? Não falo em termos legais, isso já é outro capítulo na história...

Para além disso, o problema da nossa sociedade não é (só) falta de informação! É, sim, falta de vontade de se informar! Porque a informação está disponível a cada esquina! A internet é um MUNDO! Felizmente na TV também passam informação sobre a homossexualidade... Vamos ser práticos. Só não sabe quem NÃO QUER! E isso a UM não vai (nem pode) mudar!



[bem, era só para um breve comentãrio, e acabei por eu própria escrever um "testamento"... :-X Este post não tem como objectivo melindrar algum membro, nem atacar o que foi dito...é apenas uma manifestação da minha opinião... ::)  **]
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Symphonic em 23.jun.2009, 03:41:31
(...)
 Refiro-me, para ser mais concreto, à associação académica que não dá sinais de promover qualquer evento que vise informar, divulgar e normalizar a existência de pesoas lgbt na UM.
(...)

Não querendo entrar em discussões, porque não é do meu feitio participar nestas coisas e nem tenho muita paciência para ler os testamentos que o ppl paki escreve [sem ofensa, pessoal, sem ofensa =) - e nem li, por isso possivelmente já alguem disse o que vou dizer...ou não... :-X], vou só responder a esta frase, porque me chamou a atenção...

A AAUM não promove acções de apoio à homossexualidade. Certo. Teria lógica se o fizesse? Não tão certo... Porquê? Respondo com uma pergunta: A AAUM  promove eventos que visem informar da existência de pessoas heterossexuais na UM?

Quero com isto dizer que não acho que seja função da AAUM nem da própria universidade (re) educar as pessoas a esse nível. E muito menos acho que tenha algum tipo de lógica promoverem-se eventos desse tipo. Não se veêm eventos a promover a divulgação do facto de haver pessoas de outras raças, culturas e religiões na UM. Ninguém se queixa. Não se veêm eventos a promover o facto de haverem pessoas com necessidades especiais na UM. Ninguém se queixa. Há pessoas com pais alcoólicos, com irmãos deficientes, há pessoas que têm que trabalhar enquanto estudam para conseguir pagar as propinas, que não têm sequer dinheiro para comer ou se vestirem em condições, mas continuam a estudar para tentarem ser alguém na vida, há decerto pessoas que foram vítimas de abuso, que têm doenças que as incapacitam de algum modo de serem consideradas "normais"...Há acções de sensibilização para esses casos? Não. E não são todas estas pessoas parte de minorias?! Claro que sim...! E ninguém se queixa. Não quero dizer que esteja certo não se queixarem. Talvez devessem...Mas será que vale a pena chamar a atenção para esses casos quando o que se pretende é que se "misturem" com a dita "normalidade" do resto dos estudantes?

Afinal, não lutamos pela IGUALDADE?!  E querem tratamento especial? Não bate certo...

A mudança tem k ser progressiva (e tem sido!), de dia para dia, de pessoa para pessoa...Começa acima de tudo dentro de nós próprios (e é isso que falha TANTAS vezes =\), e se cada um de nós for tentando mudar mentalidades, começando por um pequeno grupo de amigos, a família...a mudança acontece! Não é pela AAUM ""pedir" a aceitação que vai ser mais fácil assumir a homossexualidade na UM. Não é a espalhar panfletos, nem a afixar cartazes, nem mesmo a organizar conferências sobre o assunto (porque afinal quem vai às conferências é quem já tem uma posição de aceitação perante a homossexualidade, não estão a ver os homofóbicos irem para lá de boa vontade e saírem novas pessoas, certo? '-.- ) que se vai conseguir mudar alguma coisa.

Dizemos "somos gays, estamos aqui, olhem para nós, somos iguais a vocês!". O que conseguimos? Ser reconhecidos como quem deu a cara pela causa, sim, talvez umas palmadas das costas de quem está "do nosso lado", mas e do resto das pessoas? Acham que só por isso vão todos ficar do género "ah, pois é, olha, afinal somos mesmo iguais! Já não sou homofóbico!!!"...Por favor, minha gente, sejamos realistas...!

E antes de mais urge que cada um de nós, lgbt's, se aceite como é e se veja como uma pessoa normal! Porque a discriminação começa dentro de nós mesmos! Nós SOMOS pessoas normais! Somos tão normais e tão capazes como qualquer heterossexual! Então porquê permitirmos que nos afectem com comentários e com atitudes estúpidas? Não falo em termos legais, isso já é outro capítulo na história...

Para além disso, o problema da nossa sociedade não é (só) falta de informação! É, sim, falta de vontade de se informar! Porque a informação está disponível a cada esquina! A internet é um MUNDO! Felizmente na TV também passam informação sobre a homossexualidade... Vamos ser práticos. Só não sabe quem NÃO QUER! E isso a UM não vai (nem pode) mudar!



[bem, era só para um breve comentãrio, e acabei por eu própria escrever um "testamento"... :-X Este post não tem como objectivo melindrar algum membro, nem atacar o que foi dito...é apenas uma manifestação da minha opinião... ::)  **]

Na Universidade de Aveiro existem montes de iniciativas que abordam todas essas questões. Fico a pensar como é que numa Universidade como a do Minho isso possa não acontecer...  ???

Pensava que em todas as Universidades se abordavam esses temas, com especial foco na diversidade étnica e cultural.
Este ano a Associação Académica até colocou uma página para o grupo ex aequo aveiro na agenda que fez para os caloiros.

Eu continuo a duvidar do que vocês dizem aqui, como é que podem ter entidades académicas tão despreocupadas?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: messy.mind em 23.jun.2009, 10:51:00
Eu continuo a duvidar do que vocês dizem aqui, como é que podem ter entidades académicas tão despreocupadas?


Talvez seja falta de informação da nossa parte...=\ Lol  A verdade é que, pelo que disse, não me preocupa.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: yoggi em 03.jul.2009, 11:39:46
a informação, e as actividades deveria partir de nós mesmos! Formar um grupo e promover na Universidade esses eventos de que se fala, distribuir panfletos informativos, coisas do género. Julgo não ser uma tarefa da AAUM, pois como foi atrás referido a AAUM não tem quue levar a cabo esse tipo de tarefas, da mesma forma que também nao promove grupos heteros. Os interessados somos nós, nós é que temos de colocar as mãos na massa e fazer a obra. é a minha opinião.  :P ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Symphonic em 03.jul.2009, 14:46:03
a informação, e as actividades deveria partir de nós mesmos! Formar um grupo e promover na Universidade esses eventos de que se fala, distribuir panfletos informativos, coisas do género. Julgo não ser uma tarefa da AAUM, pois como foi atrás referido a AAUM não tem quue levar a cabo esse tipo de tarefas, da mesma forma que também nao promove grupos heteros. Os interessados somos nós, nós é que temos de colocar as mãos na massa e fazer a obra. é a minha opinião.  :P ;)

Não se trata de promover grupos heteros, trata-se de promover a igualdade, tal como cada vez que há uma iniciativa sobre diversidade étnica ou racial ninguém diz que estão a promover os pretos ou os ciganos.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: yoggi em 03.jul.2009, 19:00:31
a informação, e as actividades deveria partir de nós mesmos! Formar um grupo e promover na Universidade esses eventos de que se fala, distribuir panfletos informativos, coisas do género. Julgo não ser uma tarefa da AAUM, pois como foi atrás referido a AAUM não tem quue levar a cabo esse tipo de tarefas, da mesma forma que também nao promove grupos heteros. Os interessados somos nós, nós é que temos de colocar as mãos na massa e fazer a obra. é a minha opinião.  :P ;)

Não se trata de promover grupos heteros, trata-se de promover a igualdade, tal como cada vez que há uma iniciativa sobre diversidade étnica ou racial ninguém diz que estão a promover os pretos ou os ciganos.



bom ponto de vista... :P


mas de qualquer forma.. acho que deve partir de cada um de nós. ou um grupo de nós. só assim  as coisas se fazem..
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Blossom em 07.jul.2009, 18:12:35
Oi =)!


Eu, tal como tu, fui bem praxada e este ano vou praxar! Por muito que se diga que não ou se tente pensar assim, há, definitivamente, descriminação na praxe. No ano em que fui praxada com um rapaz que, só por andar de forma diferente, foi apelidado desde o primeiro dia de praxe como o b*cha p*****iro. O que escrevi no primeiro post não estava a mandar para o ar! Eu sei que acontece! Tal como passar por um grupo que está a ser praxado e ouvir um "doutor" dizer:" Corram como pessoas...parecem m***cas!" É o que acontece! Quanto à AAUM...Não é por querermos a igualdade que não vamos falar de homosexualidade. Se há festas temáticas como a noite do traje tambem poderia haver uma evento com tematica lgbt. Mas isso sou só eu a falar!!

Bjinhos para todos!****
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ferrero em 19.jul.2009, 17:26:53
Oi =)!


Eu, tal como tu, fui bem praxada e este ano vou praxar! Por muito que se diga que não ou se tente pensar assim, há, definitivamente, descriminação na praxe. No ano em que fui praxada com um rapaz que, só por andar de forma diferente, foi apelidado desde o primeiro dia de praxe como o b*cha p*****iro. O que escrevi no primeiro post não estava a mandar para o ar! Eu sei que acontece! Tal como passar por um grupo que está a ser praxado e ouvir um "doutor" dizer:" Corram como pessoas...parecem m***cas!" É o que acontece! Quanto à AAUM...Não é por querermos a igualdade que não vamos falar de homosexualidade. Se há festas temáticas como a noite do traje tambem poderia haver uma evento com tematica lgbt. Mas isso sou só eu a falar!!

Bjinhos para todos!****



Era só para dizer que concordo contigo, Blossom :D Já agora, conheces a Cherry Blossom Girl dos Air? ^^

Este ano também vou praxar, they want revenge! kakaka
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: homogenic em 19.jul.2009, 22:56:31
Quanto menos pensares nisso melhor mind... é o conselho de uma pessoa que há alguns anos estava com os mesmos receios que os teus.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: homogenic em 20.jul.2009, 22:43:08
Se foram ultrapassados? aqueles que tinha antes de entrar sim porque uma praxe aguenta-se na boa.. a minha não foi fácil mas as amizades que fiz começaram logo aí. Os problemas a sério começaram mais ou menos a meio do curso quando comecei a gostar de quem não devia.. Aí sim foi difícil mas não há nada como a distância e novos interesses para resolver situações menos interessantes da nossa vida. não é uma grande novidade mas é maior das verdades.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 27.jul.2009, 18:57:24
E foram ultrapassados esses receios?

Olá mind...sabes que mais...don´t mind!  ;D

Como já vim aqui dizer, e assim aprendi com o feedback que tive das outras pessoas de outras áreas, depende muito de de cada instituto/escola esse grau de suposta homofobia.

Se a praxe te preocupa...não devia, apenas não penses muito naquilo quando lá estiveres e ninguém te pegará de ponta, não leves a praxe muito a sério, por mais que te tentem fazer crer nisso... ;)

E prinicpalmente... não tenhas medo! Porque o medo transparece e faz de nós alvos que se destacam numa multidão!  :up

E se precisares de alguma coisa...GRITAAAAAAAA!  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 27.jul.2009, 19:24:19
Por acaso não acho piada nenhuma as praxes e não me importo nada de me vir a tornar anti-praxe.

Nanananananana! Não vais fazê-lo sem antes experimentar!  ;D Vá lá, não é assim tão mau...e depois, em caso de emergência, podes simplesmente deixar de aparecer...e se alguém for atrás de ti com um papel para assinares para seres "Anti-praxe"...podes sempre perguntar se tiveste que assinar algo para ser praxada que justifique uma "rescisão de contrato"  ;D

Vai correr tudo bem, quando deres por ti já nem és praxada com regularidade porque estão todos preocupados com os exames ou preocupados em sair à noite com os doutores  :up
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 27.jul.2009, 20:34:34
Se eu disser isso ainda me batem  lol

És da universidade do minho?

Sim, sou!  :up

Bater ninguém te bate...mas se bater acabam por cavar a própria sepultura, pois isso implica muita coisa contra quem o faz a nível da praxe.

Relaxa...tudo vai correr bem...  [smiley=sim.gif]
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 27.jul.2009, 20:50:37
Basicamente é uma praxe muito física, fazer flexões, gritar pelo curso...nada de extraordinário comparado com o que ja vi e ouvi de outras Universidades...

Mas, lá está, há cursos que tem uma tradição de serem mais duros na praxe que outros, ou de exibirem certos comportamentos característicos que outros não. Por exemplo, nos cursos com muitos rapazes há uma tendência para a praxe ser muito em torno de brincar com sexo, álcool...se bem que isso existe um pouco em todos... :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 27.jul.2009, 21:01:44
Não gosto nada desse género de praxes, as que envolvem alcool e afins.
Eu se entrar na Universidade do Minho é para o curso de Ciências da Comunicação.  ::)

Que bom! Tenho lá amigos!

Mas espera, na praxe não se bebe alcool nem se faz sexo!  :o Apenas se brinca muito com esses temas!

A praxe de CC, pelo que sei, é muito pequenina por causa dos exames e dos trabalhos que são pedidos por isos não creio que terás muito azar! :up
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 27.jul.2009, 21:15:28
Não podes podes ter mais de 1/3 de faltas a cada cadeira...se tiveres não és aprovada a ir exames :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 27.jul.2009, 21:17:41
Que mau. Mas nas praxes falta-se não é? Estou com uma crise por causa das praxes  lol

NÂO! Não se faltam a aulas para se ir à praxe! Era o que faltava! Não, relaxa, os teus doutores até vão ser demasiado cuidadosos com isso...vão-te levar as salas e até controlar se vocês vão às aulas
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ferrero em 06.ago.2009, 14:49:34
Que mau. Mas nas praxes falta-se não é? Estou com uma crise por causa das praxes  lol

NÂO! Não se faltam a aulas para se ir à praxe! Era o que faltava! Não, relaxa, os teus doutores até vão ser demasiado cuidadosos com isso...vão-te levar as salas e até controlar se vocês vão às aulas

Decode, és doutor? ^^
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Petit musicien em 23.set.2009, 11:15:45
A sério? Não tinha essa ideia  :o Ontem andei a ler cenas sobre as praxes e fiquei um bocado chocada.

Consoante os cursos acredito que faltar às aulas pela praxe é uma coisa normal....

Mas não tenhas stress que tudo se faz :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Angel of darkness em 23.set.2009, 16:37:55
Que mau. Mas nas praxes falta-se não é? Estou com uma crise por causa das praxes  lol

NÂO! Não se faltam a aulas para se ir à praxe! Era o que faltava! Não, relaxa, os teus doutores até vão ser demasiado cuidadosos com isso...vão-te levar as salas e até controlar se vocês vão às aulas

Decode, és doutor? ^^

NÃOOOO!!! Não sou por opção, ou melhor, por falta de vocação!  lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the_last_day em 24.set.2009, 00:10:55
A sério? Não tinha essa ideia  :o Ontem andei a ler cenas sobre as praxes e fiquei um bocado chocada.

pensei que era algo assim..uhh medo...mas não...os doutores são muito fixes connosco e não exageram. :) e obvio que nos levam as aulas..ainda hoje nos acompanharam até as salas e fizeram um genero de tour pelo campus 8-)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Petit musicien em 24.set.2009, 09:51:49
A sério? Não tinha essa ideia  :o Ontem andei a ler cenas sobre as praxes e fiquei um bocado chocada.

pensei que era algo assim..uhh medo...mas não...os doutores são muito fixes connosco e não exageram. :) e obvio que nos levam as aulas..ainda hoje nos acompanharam até as salas e fizeram um genero de tour pelo campus 8-)

1º ano?  ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the_last_day em 24.set.2009, 16:52:38
Eu estou no 1º ano mas nao sei se a pergunta era para mim  ::)


tambem eu. lol
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the_last_day em 24.set.2009, 18:05:08
linguas..não convem e prolongar a conversa pois torna-se off topic :-)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Petit musicien em 27.set.2009, 16:16:45
Eu estou no 1º ano mas nao sei se a pergunta era para mim  ::)

não era bem para ti era para o the_last........ 

mas fico contente por saber... espero que aproveites muito a faculdade ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: the_last_day em 28.set.2009, 18:26:10
Bom hoje já ouvi qualquer coisa que faz tremer o carebro...well...enfim.... mas um colega estava a falar e vá-se lá  saber disse "não tenho nada contra, mas fazem-me impressão.."
Enfim e mais um ou outro comentario de outro colega que estava ali que não vale a pena reproduzir....

Deu-me logo vontade de lhes dizer: e eu faço-te impressão?!! 

enfim....acho a partir de hoje acho que adopto a politica de só dizer se perguntarem..porque poderia surgir em contexto de conversa normal a minha orientação sem me fazer especie mas assim..i dont think so...


ja estou desiludido.. :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: levistrauss em 28.set.2009, 19:04:31
a mim... anima-me muito quando o meu grupo de amigos mais chegados (que nao sabem de mim, ainda) banaliza, no bom sentido, a situação e qualquer "história" do ambito LGBT... sinto-me seguro, mais ainda...
contudo, ainda sinto muita gente distante de nos coseguir entender... daí que surjam frases como "fazem-me impressão"... ainda hoje o ouvi... aliás, vindo de uma pessoa que ja me foi muito proxima e sabe de mim (minha ex-namorada) o seguinte: "faz-me muita confusão e não entendo certas coisas... desde que não se metam comigo"... enfim... [smiley=confuso.gif] deixou-me confuso... eu contei-lhe quem era enquanto namorava com ela... e disse-me isto...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Decode em 27.out.2009, 16:22:05
a mim... anima-me muito quando o meu grupo de amigos mais chegados (que nao sabem de mim, ainda) banaliza, no bom sentido, a situação e qualquer "história" do ambito LGBT... sinto-me seguro, mais ainda...
contudo, ainda sinto muita gente distante de nos coseguir entender... daí que surjam frases como "fazem-me impressão"... ainda hoje o ouvi... aliás, vindo de uma pessoa que ja me foi muito proxima e sabe de mim (minha ex-namorada) o seguinte: "faz-me muita confusão e não entendo certas coisas... desde que não se metam comigo"... enfim... [smiley=confuso.gif] deixou-me confuso... eu contei-lhe quem era enquanto namorava com ela... e disse-me isto...

O argumento do "daz-me impressão" tem muito que se lhe diga. Muitas vezes apenas "faz impressão" porque remete para uma ideia que as pessoas tem medo de explorar...ora ai está, não nos meterá impressão aquilo que nós procuramos não abordar, ou seja, os tabus?

Eu acredito que se se olhasse não tanto aos géneros mas mais aos aspectos humanos, as ideias, a "impressão" desapareceria!

Há cerca de dois dias falei de homossexualidade com os meus amigos e é sempre agradavel ver como se sentem à vontade para o fazer, agrada-me especialmente a parte de não terem medo nem vergonha de dizerem alto "Homossexual", "Gay", "Casamento Homossexual", "Lésbica"...porque demonstra que não tem medo de passar por "suspeitos". Gostei ainda mais de saber que na casa dos meus saudosos amigos "heteros" se fala de homossexualidade e homoparentalidade e que a maioria dos pais acha que a homossexualidade "não é compreensivel mas é aceitavel"...pronto, ok, não é a opinião ideal mas já é qualquer coisinha  ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Indy em 30.out.2009, 21:33:59
Boa noite :)

Eu sou novo pela UM, do primeiro ano, mas não sou caloiro hehe

bem... eu ainda não percebi muito bem como é o ambiente na UM, eu estou no campus de azurem, mas pelo que me apercebi ha de tudo!

Estou no curso de design e marketing de moda (podem rir-se lol) e a gente daquele curso tem uma mente mais aberta, ainda não me assumi mas pela convivencia as pessoas mais chegadas a mim ja se aperceberam e será muito facil faze-lo.

agora o resto da universidade é que ja nao sei muito bem... Aqui em guimaraes é so rapazes, engenharia é assim! As vezes ainda oiço alguns comentarios por parte deles, porque ando sempre com as raparigas (somos so tres rapazes no curso), ignoro simplesmente... Acho que nao sou de dar nas vistas, mas pode perceber-se de vez em quando! Sou de lisboa e estou habituado a um ambiente mais leve, onde se é o que se quer ser!

Mas tambem ha situaçoes aqui na UM em que nem um comentario recebo! Gente muito simpatica e acessivel... Estou para perceber ainda, um mes não dá para ver tudo!

Por enquanto ainda me sinto bem, posso falar do que quero... Rimo-nos de tudo :) sorriso sempre nos labios!
Corrijo, vou-me sentir sempre bem como sou, com o que faço e digo! Só espero que aqui por cima as pessoas sejam tão abertas como estou habituado  :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: levistrauss em 31.out.2009, 19:45:43
gostava de fazer-te acreditar nisso! mas vou limitar-mea falar do que sei... hehe... nao conheço muito bem a realidade da UM, nem no Campus de Gualtar nem no de Azurem...
mas pelo que ja fui percebendo há casos e casos... no entanto em comparação com o IPVC aqui as coisas estão muito mais equilibradas... s t disser que nao conheço uma pessoa sequer que seja homossexual ou bissexual... alias... basta veres a afluencia de gente no grupo de Viana... nenhum, ou quase nenhum dos membros estuda no IPVC, ou se estuda ainda nao o deu a conhecer, nem tem que dar, vá! aqui está tudo muito mais "parado", acredita...

mas vá... espero que o ambiente cá no norte t agrade... pelo menos, somos bastante hospitaleiros... falo por mim... hehe ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Indy em 01.nov.2009, 12:04:29
Pois, eu sei que está...

Ontem fui tomar café e um dos temas foi que aqui é tudo diferente... Coisas simples até, mas que fazem a diferença!
Não percebo este medo das pessoas. Enquanto existir nada muda!

Eu já me apercebi que sim, que o clima de aceitação até é moderado, mas em Lisboa, estudava na Católica, era tudo tão mais aberto! Sabiamos que comentavam, mas não faziam aqueles comentários estúpidos... Do género, cada um faz o que quer! Ninguém tem a ver com isso e eu vim com esse espirito! Não tenho medo...

Os nortenhos são muito hospitaleiros sim :D ate agora não tenho queixa nenhumaaaa! Identifico-me muito com isto aqui, preferia estar numa cidade maior, mas não me queixo!
:)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Decode em 01.nov.2009, 16:32:08
Boa noite :)

Eu sou novo pela UM, do primeiro ano, mas não sou caloiro hehe

bem... eu ainda não percebi muito bem como é o ambiente na UM, eu estou no campus de azurem, mas pelo que me apercebi ha de tudo!

Estou no curso de design e marketing de moda (podem rir-se lol) e a gente daquele curso tem uma mente mais aberta, ainda não me assumi mas pela convivencia as pessoas mais chegadas a mim ja se aperceberam e será muito facil faze-lo.

agora o resto da universidade é que ja nao sei muito bem... Aqui em guimaraes é so rapazes, engenharia é assim! As vezes ainda oiço alguns comentarios por parte deles, porque ando sempre com as raparigas (somos so tres rapazes no curso), ignoro simplesmente... Acho que nao sou de dar nas vistas, mas pode perceber-se de vez em quando! Sou de lisboa e estou habituado a um ambiente mais leve, onde se é o que se quer ser!

Mas tambem ha situaçoes aqui na UM em que nem um comentario recebo! Gente muito simpatica e acessivel... Estou para perceber ainda, um mes não dá para ver tudo!

Por enquanto ainda me sinto bem, posso falar do que quero... Rimo-nos de tudo :) sorriso sempre nos labios!
Corrijo, vou-me sentir sempre bem como sou, com o que faço e digo! Só espero que aqui por cima as pessoas sejam tão abertas como estou habituado  :)


Olá Indy  ;)

Não estudo no campus de Azurém mas sou de Guimarães. Design e Markting de moda? Esse era o curso que a minha mãe queria que fizesse  ;D. Conheço algumas pessoas de Design e Markting de Moda, são clientes da minha mãe e um deles, um rapaz, a minha mãe garante ser gay... (a minha mãe tem um jeito espectacular para estas coisas)...

Sim, de facto em Azurém há um maior número de rapazes que de raparigas...e quando há muitos rapazes juntos há uma tendencia maior para se exibir e subrevalorizar uma certa virilidade de uma forma bastante primitiva e desnecessária...enfim...digam o que disserem lembra-te que so o fazem para vincar uma sexualidade/virilidade, pela forma como o fazem, parece estar muito "tremida"... ::) Sem duvida alguma que responder a todas essas "estratégias de autofirmação"/bocas é sorrir, assim mostras que as "balas" deles resvalecem na couraça da tua indifereça  :up entende que és especial para eles, és-lhes importante! Descartes dizia "penso logo existo" mas eu acredito mais no 2falam de mim logo existo" 8-) lol. No meio académico é muito comum estas coisas de realçar a virilidade, grunhir, berrar...todas as coisas que supostamente são "muito à gajo", garanto-te que cada um desses tipos isolado tem um comportamente completamente ao contrário....rituais de praxe, enfim, são assim hoje em dia da mesma maneira que foram há séculos atrás nos rituais de iniciação à puberdade...(sim, as vezes penso, dadas as conversas, que a maioria dos caloiros rapazes do meu curso ainda não passou a fase inicial da puberdade, aquela em que só se fala de sexo e do que se tem entre as pernas...lol)

Guimarães é uma terra muito bonita e de pessoas muito porreiras! Já me disseram que eram todos muito preconceituosos mas até à data não tive queixa absolutamente nenhuma! Diverte-te!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Indy em 01.nov.2009, 16:49:50
Responder
Olá Indy 

Não estudo no campus de Azurém mas sou de Guimarães. Design e Markting de moda? Esse era o curso que a minha mãe queria que fizesse  . Conheço algumas pessoas de Design e Markting de Moda, são clientes da minha mãe e um deles, um rapaz, a minha mãe garante ser gay... (a minha mãe tem um jeito espectacular para estas coisas)...

Sim, de facto em Azurém há um maior número de rapazes que de raparigas...e quando há muitos rapazes juntos há uma tendencia maior para se exibir e subrevalorizar uma certa virilidade de uma forma bastante primitiva e desnecessária...enfim...digam o que disserem lembra-te que so o fazem para vincar uma sexualidade/virilidade, pela forma como o fazem, parece estar muito "tremida"...  Sem duvida alguma que responder a todas essas "estratégias de autofirmação"/bocas é sorrir, assim mostras que as "balas" deles resvalecem na couraça da tua indifereça   entende que és especial para eles, és-lhes importante! Descartes dizia "penso logo existo" mas eu acredito mais no 2falam de mim logo existo"  . No meio académico é muito comum estas coisas de realçar a virilidade, grunhir, berrar...todas as coisas que supostamente são "muito à gajo", garanto-te que cada um desses tipos isolado tem um comportamente completamente ao contrário....rituais de praxe, enfim, são assim hoje em dia da mesma maneira que foram há séculos atrás nos rituais de iniciação à puberdade...(sim, as vezes penso, dadas as conversas, que a maioria dos caloiros rapazes do meu curso ainda não passou a fase inicial da puberdade, aquela em que só se fala de sexo e do que se tem entre as pernas...)

Guimarães é uma terra muito bonita e de pessoas muito porreiras! Já me disseram que eram todos muito preconceituosos mas até à data não tive queixa absolutamente nenhuma! Diverte-te!
Olá Decode!

Será que eu já sou cliente da tua mãe? lol Seria muito importuno perguntar onde é que trabalha?
Oh daquele curso quase todos os rapazes sao... Tenho um colega meu que não é! Isso garanto, mas o resto pelo que já vi... OH OH! lol
E porque é que nao foste para este curso?

Exacto... Concordo contigo! So lhes falta uma camisola que já vi: 100% macho! 100% puro macho ahah
E claro, quando um está sozinho torna-se ele próprio e não é aquela personagem de viril (como tu dizes) que criou para o grupinho dele!
Eu simplesmente ignoro as coisas, tenho 19 anos mas já passei a fase da puberdade... Já estou muito longe, já vivi coisas que me fizeram crescer e muito!
As praxes... Outra coisa que acho lol sem palavras mesmo! lol serio...

Guimarães é uma cidade muito acolhedora! Até agora nao tenho razoes de queixa! :D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Decode em 01.nov.2009, 16:54:44
Não posso dizer aqui onde trabalha a minha mãe, mas posso dizer-te que ela ajuda muitos dos alunos do teu curso, de vários anos...esta relacionada com a industria da moda a pequena escala... ;). Sim, o grande sonho da minha mãe era que eu fosse estilista...mas eu tenho uma maior queda para as ciencias naturais...pronto, coitada da minha mão, lol, acaba por ver em cada aluno rapaz do teu curso o filho que não vai ser estilista lol

És anti-praxe? Parabéns!  :up
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Indy em 01.nov.2009, 16:59:02
Hmmm então não trabalha onde eu estava a pensar lol
Estava a pensar na Afemar ahahah porque eu vou lá e as senhoras já me conhecem e dizem-me para mandar cumprimentos a pessoas que nem conheçoooo!

Ihhh na area mesmo ao lado! O oposto... Coitada!!! Se ela me vier a conhecer, prepara-te ahaha vai amar-me! Ela sabe de ti?

Sou um pouco... Aqui no norte é tudo mais exagerado eu acho! Eu estudei em lx e não era tao pesado como aqui.
Por isso é que sou um pouco... Acho um exagero! :blush
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Decode em 01.nov.2009, 17:10:20
Hmmm então não trabalha onde eu estava a pensar lol
Estava a pensar na Afemar ahahah porque eu vou lá e as senhoras já me conhecem e dizem-me para mandar cumprimentos a pessoas que nem conheçoooo!

Ihhh na area mesmo ao lado! O oposto... Coitada!!! Se ela me vier a conhecer, prepara-te ahaha vai amar-me! Ela sabe de ti?

Sou um pouco... Aqui no norte é tudo mais exagerado eu acho! Eu estudei em lx e não era tao pesado como aqui.
Por isso é que sou um pouco... Acho um exagero! :blush

Tu vais à Afemar??? o que eu adoro lá ir! As funcionárias são o máximo! Posso estar a pessoa mais triste do mundo que basta lá ir fazer recados á minha mãe que saio de lá bem mais bem-disposto! Pena aquilo ser um pouco caótico...mas sempre que me deixam entrar para lá do balcão, andar entre aquelas estantes cheias de tudo...encontra-se cá cada coisa...há lá umas asas de anjo/cupido que me deixam sempre a fazer-lhes olhinhos... ::)...lol, etsou a ver que também la tens cadastro, ehehehehehehe

Sim, a minha mãe sabe de mim...tanto que ela fazia questão de "promover" um dos alunos do curso de design e markting de moda...um dia, ja irritado perguntei, "qual é o objectivo, adopta-lo ou casar-me com ele?", lol...

Sim, sem dúvida que aqui no Norte somos mais exagerados por isso dificilmente abandonaria o Norte, adoro as pessoas de cá, são mais animadas, espontâneas e desinibidas! Emtão em Guimarães é que é! Saes que Guimarães é a terra dos novos-ricos, do pessoal um pouco "snob" (não muito, vá...), hedonista...nós achamos que Guimarães deveria ser a capital de Portugal, e não Lisboa, ehehehehehe...mas isso faz do povo Vimaranense um povo muito querido, particular, caricáto...opahh, adoro a minha cidade! ;D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Indy em 01.nov.2009, 17:22:31
Responder
Tu vais à Afemar??? o que eu adoro lá ir! As funcionárias são o máximo! Posso estar a pessoa mais triste do mundo que basta lá ir fazer recados á minha mãe que saio de lá bem mais bem-disposto! Pena aquilo ser um pouco caótico...mas sempre que me deixam entrar para lá do balcão, andar entre aquelas estantes cheias de tudo...encontra-se cá cada coisa...há lá umas asas de anjo/cupido que me deixam sempre a fazer-lhes olhinhos... ..., etsou a ver que também la tens cadastro, ehehehehehehe

Sim, a minha mãe sabe de mim...tanto que ela fazia questão de "promover" um dos alunos do curso de design e markting de moda...um dia, ja irritado perguntei, "qual é o objectivo, adopta-lo ou casar-me com ele?", ...

Sim, sem dúvida que aqui no Norte somos mais exagerados por isso dificilmente abandonaria o Norte, adoro as pessoas de cá, são mais animadas, espontâneas e desinibidas! Emtão em Guimarães é que é! Saes que Guimarães é a terra dos novos-ricos, do pessoal um pouco "snob" (não muito, vá...), hedonista...nós achamos que Guimarães deveria ser a capital de Portugal, e não Lisboa, ehehehehehe...mas isso faz do povo Vimaranense um povo muito querido, particular, caricáto...opahh, adoro a minha cidade!
Vou claro :P ainda passei para lá do balcão... Ah mentira! Fui ver as correntes, mas nao passei daí! Mas ha la uma senhora que ja gosta de mim :P :blush nao sei é o nomeee :blush

LOOOL Ela chegou a responder?

Sim, são... Mas estava a falar das praxes, porque no resto eu adoro! Tudo muito acessivel e tudo e tudo :D
Eu como sou de exageros (ha quem me chame de diva [nada de pensar outras coisas lol]) dou-me muito bem por aqui :P
oh... Para ser a capital teria que crescer um pouco, ISTO É MUITO PEQUENINOOOO! FAZ-ME FALTA O MOVIMENTO DE UMA GRANDE CIDADE *.*
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Decode em 22.nov.2009, 12:57:17
Já alguma vez se questionarem sobre porque é que as escolas de ciencias por todo o país estão associadas à cor azul? Durante uma hora estive a pesquisar e, na altura, não encontrei resposta, cheguei mesmo a perguntar na associação de estudantes e também não obti resposta...contudo, quase acidentalmente, compreendi o porque:

A mais antiga ciencia que existe é...A ASTRONOMIA! Ora astronomia está para o ceu e o ceu (de dia) é azul-bebe!
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: golf84 em 26.jun.2010, 01:30:00
A sério? Não tinha essa ideia  :o Ontem andei a ler cenas sobre as praxes e fiquei um bocado chocada.
A praxe é um momento integrador, fui praxada, MUITO, nunca faltei a uma praxe... praxei imenso, devo confessar que gostei muito mais de ser praxada. e continuo a praxar, nunca vi a praxe como um momento em que os mais velhos se vingam nos mais novos por tudo o que ja passaram, não é um descarregar de frustrações... eu amo a praxe, amo o traje AMO A ACADEMIA MINHOTA, POR ISSO É QUE CÁ CONTINUO depois de uma licenciatura à moda antiga, sim porque isto de bolonhesas não está com nada, um mestrado e já estou a caminho do segundo. não sei é se me aguento que isto de trabalhar tantas horas e ainda estudar não está com nada :(
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: JotaLima em 07.mar.2011, 20:49:18
Boas pessoal!

Sou novo aqui, estudo em Braga e na UM!! Alguém do pólo de Gualtar e que seja de Lei ou Direito) (incrível mas já pertenci aos 2)  :devil

Seja como for, sou da zona de Famalicão/santo tirso... quem também o seja que comunique! :)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: corema em 09.mar.2011, 15:19:17
Já alguma vez se questionarem sobre porque é que as escolas de ciencias por todo o país estão associadas à cor azul? Durante uma hora estive a pesquisar e, na altura, não encontrei resposta, cheguei mesmo a perguntar na associação de estudantes e também não obti resposta...contudo, quase acidentalmente, compreendi o porque:

A mais antiga ciencia que existe é...A ASTRONOMIA! Ora astronomia está para o ceu e o ceu (de dia) é azul-bebe!

Segundo o que eu estudei, os primeiros vestígios conhecidos de registos sistemáticos por observação surgem com o sedentarismo e são relativos a dados astronómicos, de fisiologia humana, fauna e flora...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Dicury em 15.mar.2011, 18:28:25
Boas pessoal!

Sou novo aqui, estudo em Braga e na UM!! Alguém do pólo de Gualtar e que seja de Lei ou Direito) (incrível mas já pertenci aos 2)  :devil

Seja como for, sou da zona de Famalicão/santo tirso... quem também o seja que comunique! :)

Olá JotaLima! :)

Sê bem vindo ao sub forum da ex aequo braga! :up

Se és novo por aqui sugiro que te apresentes no tópico dos novos membros.. Vais ver que imensa gente te vai responder se o fizeres.. experiementa ;)

Eu tb estudo na UM, mas em Guimarães. Confesso que sinto que ainda é muito desligada das problemáticas LGBT..mas a ex aequo braga acaba por equilibrar o ambiente no Minho com a empatia, diálogo e inclusividade que lhe são característicos :)

Espero ver-te mais vezes por aqui pelo forum.
Ate já [smiley=feliz.gif]
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 21.mai.2011, 05:12:23
Já presenciei algumas situações negativas em Guimarães, mas no geral aceita-se bem.
Tenho a minha saúde para o provar... Por enquanto.
O mesmo não se pode dizer de fora do campus...
Guimarães mete nojo nesse aspecto.

Já houve uma situação em praxe em que uns arquitectos me vieram perguntar se não fazia mal se eles pusessem alguns outros caloiros a cantar uma música pateta sobre "gay love"... Eu estava gelado e coberto de lama, portanto pouco quis saber. :P

[quase] Todos os meus colegas dão-se bem comigo,
é pena é eu ser quase o único fora do armário em toda a Escola...

JotaLima, não te preocupes, que gays e 'bis' não faltam por aí,
podem é não ser muito virados para o activismo, será difícil encontrá-los aqui...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Ragof em 11.jul.2011, 21:56:20
Alguém é do IPCA?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: pether em 03.set.2011, 21:18:11
Boas pessoal!

Sou novo aqui, estudo em Braga e na UM!! Alguém do pólo de Gualtar e que seja de Lei ou Direito) (incrível mas já pertenci aos 2)  :devil

Seja como for, sou da zona de Famalicão/santo tirso... quem também o seja que comunique! :)

Olá JotaLima =)

Eu também estudo em Gualtar e eu sou de Lei xD eheh

A situação em Lei é uma bocado (muito grande) má... já que são muito homofóbicos. E sendo eu saído do armário desde muito cedo eles claro que me colocam de parte... mas eles é que perdem, certo? xD

Se quiseres contactar fica a vontade =)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 03.set.2011, 22:18:15
Olá JotaLima =)
Eu também estudo em Gualtar e eu sou de Lei xD eheh
A situação em Lei é uma bocado (muito grande) má... já que são muito homofóbicos. E sendo eu saído do armário desde muito cedo eles claro que me colocam de parte... mas eles é que perdem, certo? xD
Se quiseres contactar fica a vontade =)

É um pouco triste saber que há tanta homofobia exactamente nas pessoas que tratam da lei.


UPDATE: quando falei da lei estava a referir-me mais à malta de direito, mencionada pelo JotaLima :P
A citação não foi a mais clara.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Boreas em 04.set.2011, 02:21:32
Pequeno esclarecimento:
LEI = Licenciatura em Engenharia Informática... não é nenhum derivado de direito  :P
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: joana_mt em 08.nov.2011, 11:48:46
raparigas no polo de gualtar? nao há ninguem?  ;) bjs
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Aerys II em 12.nov.2011, 00:44:07
Boas pessoal!

Sou novo aqui, estudo em Braga e na UM!! Alguém do pólo de Gualtar e que seja de Lei ou Direito) (incrível mas já pertenci aos 2)  :devil

Seja como for, sou da zona de Famalicão/santo tirso... quem também o seja que comunique! :)

Olá JotaLima =)

Eu também estudo em Gualtar e eu sou de Lei xD eheh

A situação em Lei é uma bocado (muito grande) má... já que são muito homofóbicos. E sendo eu saído do armário desde muito cedo eles claro que me colocam de parte... mas eles é que perdem, certo? xD

Se quiseres contactar fica a vontade =)

De facto ser gay em LEI (realmente o nome que dão ao curso não está muto bem escolhido; pessoas de fora da UM pensam sempre que é alguma coisa relacionada com Direito  :P ) deve ser bastante lixado. Da maneira como eles se veem como arquétipo da masculinidade ...  lol

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Klebsiella em 15.mai.2012, 00:37:41
Eu acho que a situação depende muito do curso em que se está. Tudo bem que há de tudo em todos os cursos, mas não podemos negar que há cursos onde as mentalidades têm uma tendência, assim como LEI tende a ser um curso mais conservador no que toca a este assunto. Eu, pessoalmente, acho que no meu curso o pessoal é muito tolerante e aceita isso com relativa facilidade  :) Há uma grande união entre todos. Já contei inclusive a alguns amigos (que por acaso são simplesmente espetaculares) que era lésbica e aceitaram sem problemas. Agora reconheço que não seja assim com todos os alunos da UM.

Já agora, eu estudo no campus de Gualtar  :D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Petit musicien em 15.mai.2012, 11:47:12
Relativamente ao pólo de Gualtar, mais propriamente o curso de direito, eu sempre notei um certo tabu sobre o assunto da homossexualidade. Mas existe de tudo aqui: tenho amigos que aceitaram imensamente bem, tenho outros que lhes faz confusão e tenho colegas que pura e simplesmente não conseguem compreender. Porém já era de esperar, as pessoas que faziam parte do meu 1º ano já não são as mesmas que fazem parte do meu 4º ano, muitos reprovaram e deram lugar a outros reprovados. Ou seja, no meio de tanta gente tão variada é difícil encontrar um padrão. Sem falar que somos imensos alunos.
No entanto devo dizer que foram muito poucas as vezes que me senti constrangido, relativamente à minha sexualidade, até porque só sabe da minha tendência sexual quem eu quero, e quem ouviu dizer nunca terá a minha confirmação por isso também não me preocupo muito.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: person_interest em 26.mai.2012, 22:23:23
Por acaso gostava de saber como anda a UM (a minha universidade, vá xD) neste tipo de mentalidade. Já lá estou há dois anos e nunca vi nada sobre LGBT, fosse uma sessão de esclarecimento ou uma ideia que tivesse ido pelo cano abaixo. Não sei quantas pessoas LGBT andam na UM mas nem que fosse só uma pequena percentagem, era bom haverem iniciativas.

Mas seja como for, continua a melhor universidade do país e o polo de Braga rula xD
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Aerys II em 26.mai.2012, 22:44:15
No meu curso noto uma grande tolerância relativamente a este aspeto. Fala-se sobre o assunto com ligeireza, nunca ouvi comentários homofóbicos (e para mim homofóbico não é usar palavras como "gay" e "pan******" no sentido pejorativo) e já ouvi duas colegas a "insultarem-se" na brincadeira uma à outra em que em vez de se chamarem os nomes comuns chamavam homofóbica uma à outra, por isso acho que estou muito bem  lol

É verdade, já vi dois posters da rede no campus de Gualtar  :D
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: person_interest em 27.mai.2012, 00:07:17
É verdade, já vi dois posters da rede no campus de Gualtar  :D

Tenho que ver isso dos posters então. Pode ter-me passado o lado..
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: Aerys II em 27.mai.2012, 00:45:27
É verdade, já vi dois posters da rede no campus de Gualtar  :D

Tenho que ver isso dos posters então. Pode ter-me passado o lado..

Entras pela entrada principal do CPI, sobes as escadas do lado direito do bar e vês um.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: person_interest em 27.mai.2012, 22:26:23

Entras pela entrada principal do CPI, sobes as escadas do lado direito do bar e vês um.
[/quote]

Amanhá vou ver se passo por lá.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: CCroft em 13.out.2012, 00:36:00
Onde anda o pessoal da UM?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 13.out.2012, 03:45:34
Onde anda o pessoal da UM?

De momento, estou na Escola de Arquitectura a trabalhar...  :zzz


Tenho de partilhar uma situação:
Há uns dias aconteceu-me uma coisa que por vezes acontece, mas faz mais confusão quando é dentro da Universidade, porque é onde me sinto seguro  :-\
Estava eu a caminhar por entre os departamentos de Engenharia no campus de Azurém em direcção à Escola,
quando passa um grupo de estudantes barulhentos, e um deles grita para mim "P*ta de P*neleiro!"
Não lhe respondi, fui apanhado de surpresa, mas deixou-me muito afectado. Se fosse no meio da "cidade" passava-me ao lado, mas dentro do campus faz-me comichão. :(
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: TheEchoOfNight em 13.out.2012, 16:42:22
Tenho de partilhar uma situação:
Há uns dias acouteceu-me uma coisa que por vezes acontece, mas faz-ma mais confusão quando é dentro da Universidade, porque é onde me sinto seguro  :-\
Estava eu a caminhar por entre os departamentos de Engenharia no campus de Azurém em direcção à Escola,
quando passa um grupo de estudantes barulhentos, e um deles grita para mim "P*ta de P*neleiro!"
Não lhe respondi, fui apanhado de surpresa, mas deixou-me muito afectado. Se fosse no meio da "cidade" passava-me ao lado, mas dentro do campus faz-me comichão. :(

Nunca me aconteceu nada semelhante, mas penso que também ficaria bastante afectado. Em todo o caso, os cães ladram e a caravana passa. E, então, em matilha é que eles se enchem de coragem e latem imenso...
Temes que essa atitude possa dar lugar a outras repetidas e, eventualmente, mais agressivas, ou foi só mesmo essa falta de respeito em si que te caiu mal?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 13.out.2012, 19:21:45
Nunca me aconteceu nada semelhante, mas penso que também ficaria bastante afectado. Em todo o caso, os cães ladram e a caravana passa. E, então, em matilha é que eles se enchem de coragem e latem imenso...
Temes que essa atitude possa dar lugar a outras repetidas e, eventualmente, mais agressivas, ou foi só mesmo essa falta de respeito em si que te caiu mal?

Mais a segunda opção, até porque não percebo a primeira.
E também creio que não aconteceria se estivesse com os meus colegas de curso, mas estava sozinho. Nem se estivesse trajado, creio.
Eu seria a favor de lhe responder alguma coisa, mas quando essas situações acontecem assim do nada uma pessoa nem raciocina a tempo de responder.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: person_interest em 13.out.2012, 22:24:57
Onde anda o pessoal da UM?

a tentar organizar o tempo para não dar em maluco com a carrada de coisas que já há para fazer xD
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: TheEchoOfNight em 13.out.2012, 23:44:50
Mais a segunda opção, até porque não percebo a primeira.
Podias temer que se seguissem outras atitudes homofóbicas, e até mais agressivas do que a que ocorreu: era a isto que me referia na primeira opção. Mencionaste que aquele era um espaço em que te sentias seguro; agora, podias ter essa sensação de segurança diminuída. (Não sei se me consegui explicar melhor, desta vez.)

Eu seria a favor de lhe responder alguma coisa, mas quando essas situações acontecem assim do nada uma pessoa nem raciocina a tempo de responder.
Pessoalmente, cada vez mais abomino a ideia de comer e calar. Mas é como dizes: o inesperado, muitas vezes, deixa-nos desarmados.

Só uma curiosidade: foi através daquele pin com a bandeira que eles perceberam? Penso que tinhas um, numa ocasião em que eu estive por uma reunião.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 14.out.2012, 00:18:16
Mais a segunda opção, até porque não percebo a primeira.
Podias temer que se seguissem outras atitudes homofóbicas, e até mais agressivas do que a que ocorreu: era a isto que me referia na primeira opção. Mencionaste que aquele era um espaço em que te sentias seguro; agora, podias ter essa sensação de segurança diminuída. (Não sei se me consegui explicar melhor, desta vez.)

Eu seria a favor de lhe responder alguma coisa, mas quando essas situações acontecem assim do nada uma pessoa nem raciocina a tempo de responder.
Pessoalmente, cada vez mais abomino a ideia de comer e calar. Mas é como dizes: o inesperado, muitas vezes, deixa-nos desarmados.

Só uma curiosidade: foi através daquele pin com a bandeira que eles perceberam? Penso que tinhas um, numa ocasião em que eu estive por uma reunião.

Eu já lido com as consequências de ser assumido há mais de dois anos, não fiquei mais amedrontado por isso,
só me irrita a mentalidade de algumas pessoas que não sei o que ganham em apontar para alguém e gritar uma característica dela.
Estranho reconheceres-me, visto que não sei quem és.

Não foi pelo pin de certeza, que estavam afastados demais para ver e estavam do lado oposto, mas suponho que pelo meu aspecto geral deve ser uma suspeita comum.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: CCroft em 14.out.2012, 00:33:55
Mais a segunda opção, até porque não percebo a primeira.
Podias temer que se seguissem outras atitudes homofóbicas, e até mais agressivas do que a que ocorreu: era a isto que me referia na primeira opção. Mencionaste que aquele era um espaço em que te sentias seguro; agora, podias ter essa sensação de segurança diminuída. (Não sei se me consegui explicar melhor, desta vez.)

Eu seria a favor de lhe responder alguma coisa, mas quando essas situações acontecem assim do nada uma pessoa nem raciocina a tempo de responder.
Pessoalmente, cada vez mais abomino a ideia de comer e calar. Mas é como dizes: o inesperado, muitas vezes, deixa-nos desarmados.

Só uma curiosidade: foi através daquele pin com a bandeira que eles perceberam? Penso que tinhas um, numa ocasião em que eu estive por uma reunião.

Eu já lido com as consequências de ser assumido há mais de dois anos, não fiquei mais amedrontado por isso,
só me irrita a mentalidade de algumas pessoas que não sei o que ganham em apontar para alguém e gritar uma característica dela.
Estranho reconheceres-me, visto que não sei quem és.

Não foi pelo pin de certeza, que estavam afastados demais para ver e estavam do lado oposto, mas suponho que pelo meu aspecto geral deve ser uma suspeita comum.

Independentemente do que os levou a terem esse tipo de atitude, fico surpreendida e mais do que isso, um pouco enraivecida ao ver que nos tempos que correm ainda existe este tipo de pessoas ignorantes e imaturas, que encontra prazer neste tipo de coisas, e principalmente num contexto universitário...
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: euestouaqui em 14.out.2012, 10:56:44
Felizmente nunca assisti até agora a atitudes homofóbicas na universidade :) Só uma vez ouvi lá no fundo alguém a tratar alguém por nomes menos próprios, mas como não percebi o que se passava continuei como se nada tivesse acontecido ;) Espero que os amigos desse individuo o tenham chamado atenção ;) se precisares de ajuda a gente "vai lá dar-lhe uma tareia lool"
 
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 14.out.2012, 15:04:22
Felizmente nunca assisti até agora a atitudes homofóbicas na universidade :) Só uma vez ouvi lá no fundo alguém a tratar alguém por nomes menos próprios, mas como não percebi o que se passava continuei como se nada tivesse acontecido ;) Espero que os amigos desse individuo o tenham chamado atenção ;) se precisares de ajuda a gente "vai lá dar-lhe uma tareia lool"

És um bocadinho crente...  :-\
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: TheEchoOfNight em 14.out.2012, 15:08:40
Eu já lido com as consequências de ser assumido há mais de dois anos, não fiquei mais amedrontado por isso,
só me irrita a mentalidade de algumas pessoas que não sei o que ganham em apontar para alguém e gritar uma característica dela.
Ganham um sentido de superioridade que as faz sentir-se bem. E, de caminho, divertem-se. Objectivamente, têm a capacidade craniana de um australopiteco, se tanto, mas também chegam ao Ensino Superior, o que não deixa de ser curioso.

Estranho reconheceres-me, visto que não sei quem és.
Então, mas tu apresentas-te aqui com uma foto pessoal, e eu não... Não é estranho.
Eu só fui a uma reunião, de qualquer forma, portanto não te deves mesmo lembrar de mim. Já lá vai mais de um ano.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 14.out.2012, 15:29:24
Estranho reconheceres-me, visto que não sei quem és.
Então, mas tu apresentas-te aqui com uma foto pessoal, e eu não... Não é estranho.
Eu só fui a uma reunião, de qualquer forma, portanto não te deves mesmo lembrar de mim. Já lá vai mais de um ano.
Se tu te lembras de mim, até é possível que me lembre de ti, apesar da minha terrível memória.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: person_interest em 14.out.2012, 15:52:21
No campus de Braga nunca reparei em nada do género. Acho que em 3 anos nunca apanhei um comentário mais ignorante, sequer.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 14.out.2012, 16:46:31
No campus de Braga nunca reparei em nada do género. Acho que em 3 anos nunca apanhei um comentário mais ignorante, sequer.

Mas tu és uma rapariga.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: person_interest em 14.out.2012, 16:50:25
No campus de Braga nunca reparei em nada do género. Acho que em 3 anos nunca apanhei um comentário mais ignorante, sequer.

Mas tu és uma rapariga.

Verdade, mas também nunca vi nada disso contra rapazes.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 14.out.2012, 17:09:06
Verdade, mas também nunca vi nada disso contra rapazes.
Não é coisa que se veja facilmente se não se estiver envolvido...
Felizmente são raros os insultos directos deste género (para uns mais que outros), mas conversa homofóbica nunca falta em lado nenhum, seja na universidade ou não.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: person_interest em 14.out.2012, 21:36:26
Verdade, mas também nunca vi nada disso contra rapazes.
Não é coisa que se veja facilmente se não se estiver envolvido...
Felizmente são raros os insultos directos deste género (para uns mais que outros), mas conversa homofóbica nunca falta em lado nenhum, seja na universidade ou não.

Não digo o contrário, mas das pessoas que conheço parece andar tudo na boa. Mas claro que a universidade também é grande...xD
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: euestouaqui em 20.out.2012, 22:15:27
Bem Vinda Diana ;) Eu ando por lá ;)
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 20.out.2012, 23:11:06
Bem Vinda Diana ;) Eu ando por lá ;)

Bolas, anda tudo em Braga -.- então e Guimarães?
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 20.out.2012, 23:22:32
No segundo dia da Recepção ao Caloiro 2012 vi duas raparigas muito abraçadinhas, mas não gostei nada da forma como depois de trocarem um beijos ficaram rodeadas de gajos que queriam falar com elas. Claro que também podia estar a ser paranóico, mas apetecia-me ir lá enxotá-los :P
Um abraço às duas, sejam quem forem.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: CCroft em 20.out.2012, 23:58:53
No segundo dia da Recepção ao Caloiro 2012 vi duas raparigas muito abraçadinhas, mas não gostei nada da forma como depois de trocarem um beijos ficaram rodeadas de gajos que queriam falar com elas. Claro que também podia estar a ser paranóico, mas apetecia-me ir lá enxotá-los :P
Um abraço às duas, sejam quem forem.

Já me aconteceu a mesma coisa, isso irrita-me profundamente, de repente é como se estivesse por trás de uma montra a dar um espectáculo...   >:(
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: joana_mt em 08.fev.2013, 15:18:43
ando na UM no 2ªano e gostava de saber qem anda por lá ;) comuniquem
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: euestouaqui em 09.fev.2013, 00:01:04
ando na UM no 2ªano e gostava de saber qem anda por lá ;) comuniquem

existe um tópico sobre novos alunos na Uminho e talvez lá exista mais pessoal.

Eu também nado na uminho.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 09.fev.2013, 00:07:28
ando na UM no 2ªano e gostava de saber qem anda por lá ;) comuniquem

existe um tópico sobre novos alunos na Uminho e talvez lá exista mais pessoal.

Eu também nado na uminho.

Nadamos todos na U.Minho xD
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: anasofiacsilva em 16.set.2017, 21:46:38
Boa noite. Alguém aí que me possa tirar uma dúvida? (Relacionada com a uminho). Pfffff

Enviado do meu Vodafone Smart ultra 6 através de Tapatalk

Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: codename:none em 30.dez.2017, 02:04:57
Acho que a UM tem sido essencial para uma maior aceitação do pessoal LGBT em Braga. Falo por experiência própria! Depois de ter estudado lá e ter visto a diversidade de pessoas que chegam de todos os cantos da Europa, muitos deles com vivências LGBT ou pertencentes a esta comunidade, senti-me mais à vontade com a minha própria sexualidade.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: BrunoMCP em 30.dez.2017, 18:33:18
Boa noite. Alguém aí que me possa tirar uma dúvida? (Relacionada com a uminho). Pfffff

É só perguntar.
Título: Re: Como é a situação dos LGBT na Universidade do Minho?
Enviado por: anasofiacsilva em 03.set.2018, 23:57:23
Boa noite. Sabes alguma coisa acerca dos M23?
Boa noite. Alguém aí que me possa tirar uma dúvida? (Relacionada com a uminho). Pfffff

É só perguntar.

Enviado do meu PRA-LX1 através do Tapatalk