rede ex aequo

Olá Visitante13.ago.2022, 01:56:45

Eventos linkados

  • Lisboa: atividade desportiva: 16.nov.2013
  • Lisboa: Apresentação + Coming Out: 14.dez.2013
  • Lisboa: atividade desportiva: 21.dez.2013
  • Lisboa: Família e Amigos: 11.jan.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 18.jan.2014
  • Lisboa: Sexo e IST's: 25.jan.2014
  • Lisboa: Relacionamentos: 08.fev.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 16.fev.2014
  • Lisboa: Homo/bi/transfobia e Discriminação: 22.fev.2014
  • Lisboa: Escola, Faculdade e Emprego: 08.mar.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 15.mar.2014
  • Lisboa: Bissexualidade: 22.mar.2014
  • Lisboa: Homoparentalidade: 12.abr.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 19.abr.2014
  • Lisboa: Eleições Nominais: 26.abr.2014
  • Lisboa: Comunicação Social e Média + eleições nominais: 26.abr.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 03.mai.2014
  • Lisboa: filme temática LGBT: 10.mai.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 18.mai.2014
  • Lisboa: Cultura e Subculturas LGBT: 24.mai.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 07.jun.2014
  • Lisboa: Depressão e Suicídio: 14.jun.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 22.jun.2014
  • Lisboa: tema livre: 28.jun.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 05.jul.2014
  • Lisboa: Orgulho e Visibilidade: 12.jul.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 20.jul.2014
  • Lisboa: Coming Out: 26.jul.2014
  • Lisboa: tarde de convívio: 09.ago.2014
  • Lisboa: atividade desportiva: 17.ago.2014
  • Lisboa: Direitos LGBT e Ativismo: 13.set.2014
  • Lisboa: transgenerismo: 27.set.2014
  • Lisboa: Religião + Eleições: 25.out.2014

Autor Tópico: Arquivo de Atividades e Reuniões 2013/2014  (Lida 75852 vezes)

 
Arquivo de Atividades e Reuniões 2013/2014
#1140

Offline Atzecs

  • *****
  • Membro Vintage
  • Género: Masculino
Meus caros, em (espero) tom de conclusão:

O problema reside num método talvez errado de lidar com estas questões, que está regulamentado.

Tentou-se resolver a questão sem recorrer a ele - revelou-se impossível. No final, teve de se utilizar, e produziu os efeitos que era suposto pretender: um membro foi excluído.

JDelgado, perdoa-me, mas o art.º 10 da DUDH não se aplica a isto, não há sequer aproximação. Fala de Penal. Para além de muitas outras questões. Quem cria método de resolver as questões é a Associação, que as consagra na sua orgânica como entender. Não existe lei que determine nada disto - nem poderia existir, nem seria razoável. Está à disposição da Associação, em particular dos Associados, arrumar a casa como pretender.

Assim, e visto que é óbvio que provocou consternação, pretendo informar do seguinte:
  • De todas as decisões vinculativas tomadas por qualquer estrutura orgânica interna (GL's, Clubes, Direcção) cabe recurso para a Assembleia Geral (art.º 26 do Regulamento Interno da rede ex aequo). O membro foi informado e tomou conhecimento de tal facto, para o caso de pretender fazer-se ouvir na próxima AG.
  • O Regulamento consagra solução que parece a uma boa parte dos membros do Grupo Local - e, tanto quanto sei, da Direcção também - desadequada para as situações que tenta regular. Compete, também, à Assembleia Geral, a alteração dos Estatutos e do Regulamento Interno, algo que me parece necessário para evitar que esta situação se repita nestes moldes.
  • Existirá uma AG Ordinária, no próximo dia 7 de dezembro, onde não só será possível discutir esta questão como está, inclusive, prevista a alteração aos Estatutos e ao Regulamento Interno, para que propostas possam ser debatidas e votadas.

Assim, espero que esta questão seja tão fervorosamente debatida no local apropriado - a AG - como aqui está a sofrer escrutínio. E aguardo as propostas de revisão do Regulamento em mag@rea.pt .

    Arquivo de Atividades e Reuniões 2013/2014
    #1141

    Offline JDelgado

    • *****
    • Membro Elite
    • Género: Masculino
    • Simply lost
      • Facebook
    Eu teria muito gosto em ir a assembleia geral, caso fosse respeitado.
    Não vou, pelas mesmas razões que não fui o ano passado, porque não tenho estar a tolerar as faltas de respeito, nem estou para me rebaixar há algumas pessoas, pessoalmente já estou bastante farto disso.
    Não estar num sitio, onde sei que não serei bem vindo nem vou ser respeitado por algumas pessoas, onde vou estar a ser conotado por mil e uma coisas como tem acontecido ultimamente
      Mesmo na mais escura da escuridão, haverá sempre uma luz a brilhar para nos guiar.
      Basta saber encontra-la