Fórum da rede ex aequo

Cidades com e sem núcleo lgbti => Norte => Porto => Tópico iniciado por: Atomic em 01.mar.2018, 21:24:01

Título: Marcha do Orgulho LGBT do Porto
Enviado por: Atomic em 01.mar.2018, 21:24:01
Olá ex aequianos! Acho que se há assunto que volta e meia dá pano para mangas é as marchas LGBT, se elas servem para alguma coisa, se a visibilidade delas é positiva ou negativa, se deve ser uma manifestação ou uma festa, etc. Gostava de ouvir o vosso feedback nesse aspecto!


Para além disso, estando eu na organização da MOP deste ano, tem se vindo a discutir o tema de se pedir à câmara que se hasteie a bandeira LGBT na câmara. O consenso a que se chegou por agora é que esse pedido devia ir juntamente com uma lista de recomendações de ações que a câmara deve ter para com a comunidade (ex. Ser mais ativa na comunicação de eventos LGBT). Gostava de ver algum debate nesse sentido também, o que é que acham que a câmara devia estar a fazer neste momento e que não está a fazer? Ando a compilar ideias, por isso se tiverem algo a dizer disparem à vontade!
Título: Re: Marcha do Orgulho LGBT do Porto
Enviado por: _jorge_ em 03.mar.2018, 14:38:52
Na minha ótica as marchas são igualmente uma afirmação do orgulho (contrário de vergonha) e cultura da comunidade. São manifestações de vertente social e política como tantas outras.
A parte festiva pressupõe uma celebração da nossa própria diversidade sexual e das conquistas já alcançadas. E desengane-se quem pensa que "já está tudo bem agora"! A parte reivindicativa traz para as ruas o debate das questões mais urgentes de cada realidade local, nacional ou global. Não há como negar a sua importância em efeitos de visibilidade, transformação social e promotora de inclusão. E não existe a necessidade de separação entre protesto e festa. Até porque os festejos a sério ocorrem depois e a luta continua nas assembleias e intervenções políticas.

Quanto à Câmara do Porto, como já foi dito, há que promover a comunicação de eventos LGBT, ou até explorar os vários espaços direcionados para esta comunidade. O turismo está a crescer na cidade, e o público queer também é merecedor de atenção. Paralelamente, podem fomentar medidas promotoras de inclusão, educação e sensibilização nos locais de ensino e focos culturais. Tenho a certeza que existem muitas mais coisas precisas, mas agora não me ocorre mais nada.
Título: Re: Marcha do Orgulho LGBT do Porto
Enviado por: Atomic em 04.mar.2018, 21:18:35
Na minha ótica as marchas são igualmente uma afirmação do orgulho (contrário de vergonha) e cultura da comunidade. São manifestações de vertente social e política como tantas outras.
A parte festiva pressupõe uma celebração da nossa própria diversidade sexual e das conquistas já alcançadas. E desengane-se quem pensa que "já está tudo bem agora"! A parte reivindicativa traz para as ruas o debate das questões mais urgentes de cada realidade local, nacional ou global. Não há como negar a sua importância em efeitos de visibilidade, transformação social e promotora de inclusão. E não existe a necessidade de separação entre protesto e festa. Até porque os festejos a sério ocorrem depois e a luta continua nas assembleias e intervenções políticas.

Quanto à Câmara do Porto, como já foi dito, há que promover a comunicação de eventos LGBT, ou até explorar os vários espaços direcionados para esta comunidade. O turismo está a crescer na cidade, e o público queer também é merecedor de atenção. Paralelamente, podem fomentar medidas promotoras de inclusão, educação e sensibilização nos locais de ensino e focos culturais. Tenho a certeza que existem muitas mais coisas precisas, mas agora não me ocorre mais nada.

Até agora o que eu anotei foi o seguinte:
Divulgação dos eventos LGBT através das plataformas de divulgação da câmara
Assegurar espaços para as associações LGBT
Apoiar financeiramente projetos locais de temática LGBT
Promover formações e outras sessões de esclarecimento sobre a temática LGBT