Outras Conversas > Arquivo (Outras Conversas)

Legislativas 2015 e os LGBT

<< < (3/4) > >>

Dipsy:
Não compreendo. Até agora não ouvi ninguém a concordar com os resultados, mas a verdade é que contra a maioria das opiniões, eles ganham. Não faz sentido.

Forbidden:

--- Citação de: Dipsy em 6 de Outubro de 2015 ---Não compreendo. Até agora não ouvi ninguém a concordar com os resultados, mas a verdade é que contra a maioria das opiniões, eles ganham. Não faz sentido.

--- Fim de Citação ---

Se fores a ver faz porque 43% nem votam sequer, e muitos que se queixam não foram votar!

Mr.F:
Giro foi ouvir ao longo da campanha e no dia dos resultados que as abstenções foram muito menores e blá blá (parece que a fazer algum tipo de propaganda), vai-se a ver depois da treta das sondagens que o resultado real bateu nos 44%!

Porém, nao nós podemos esquecer que grande parte deste resultado deve-se a pessoas que tiveram que emigrar e não dão a mínima importância já ao país que os abandonou para se dignarem a ir procurar a solução do voto antecipado para emigrantes.

Johann Taught:

--- Citação de: Forbidden em 7 de Outubro de 2015 ---
--- Citação de: Dipsy em 6 de Outubro de 2015 ---Não compreendo. Até agora não ouvi ninguém a concordar com os resultados, mas a verdade é que contra a maioria das opiniões, eles ganham. Não faz sentido.

--- Fim de Citação ---


Se fores a ver faz porque 43% nem votam sequer, e muitos que se queixam não foram votar!

--- Fim de Citação ---


Ao contrário do que se gosta de fazer crer, não acho que todos os votos de abstenção sejam de queixinhas-que-não-se-deram-ao-trabalho-de-ir-votar.
Há quem, como eu, se abstenha porque não vê solução melhor quando nenhum dos partidos concorrentes o satisfaz. E não me venham falar do voto em branco, que isso é o maior engodo criado na democracia. Os votos em branco podem 95% que o resultado é o mesmo: 230 deputados eleitos, distribuídos pelos partidos mesmo estes só obtendo 5% dos votos. Se eu votar em branco, no actual sistema parlamentar português, estarei a depositar 0,36 votos no PSD, 0,29 votos no PS, etc. Voto em branco a traduzir descontentamento, como gostam de apregoar, seria os respectivos lugares correspondentes ficarem vazios na Assembleia. Talvez com 5, 10, 20 lugares vazios no Parlamento os políticos começassem a perceber que as pessoas estão descontentes com a classe e não se revêm nela.

Durante uns tempos pensei que eu fosse o único lunático com esta ideia, mas começam a surgir vozes a dizer o mesmo:
http://observador.pt/2015/10/04/voto-em-branco/
(Só esclarecer que até nem tenho grande simpatia pela ideologia "escondida" do Observador, mas o artigo é bom).

T-Rex:
Eu sou fan dessa ideia de atribuir lugares vazios de acordo com os votos em branco.

E queria só deixar a nota:

--- Citação de: Johann Taught em 10 de Outubro de 2015 ---Se eu votar em branco, no actual sistema parlamentar português, estarei a depositar 0,36 votos no PSD, 0,29 votos no PS, etc.
--- Fim de Citação ---
Ao não votarem estão a fazer exatamente o mesmo.

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

[*] Página anterior

Ir para versão completa