rede ex aequo

Olá Visitante06.mai.2021, 13:47:29

Autor Tópico: Liberdade vs Relação  (Lida 3859 vezes)

 
Liberdade vs Relação
#0

Offline unforgiving

  • ***
  • Membro Total
Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?

Sim ou não?

Como se poderá contornar?

Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está?

Experiências.

- Falo por mim, quero ter a minha namorada, mas ao mesmo tempo sinto vontade de ter as minhas aventuras, descobrir, conhecer... (pessoas de ambos os sexos).

    Liberdade vs Relação
    #1

    Offline unforgiving

    • ***
    • Membro Total
    As vezes confudo-me um pouco...

    mas ela não pensa assim da mesma maneira... infelizmente! lol

    Não sei mesmo q fazer :S

      Liberdade vs Relação
      #2

      Offline MagiCube

      • ****
      • Membro Sénior
      • Género: Feminino
      Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?
      Essa história do "desejo da carne alheia" faz-me lembrar o pessoal que enquanto está na fila do talho, à espera para ser atendido, não pára de cobiçar a carne que vai sendo vendida aos que chegaram primeiro! lol Bom mas não era nada disto. :-X
      Respondendo à tua questão, conheci em tempos alguém que, ainda hoje e apesar de longe (tipo fora de Portugal), mexe comigo. Quando a conheci já namorava há cerca de 2 anos. Conhecemo-nos no trabalho, acabámos por sair algumas vezes e basicamente habituei-me a tê-la por perto. Com a relação "tremida" e apesar de saber que poderia haver mais do que amizade, não fui capaz de avançar. Já lá vão quase 4 anos e ainda hoje penso nisso.

      Sim ou não?
      Não houve traição (fisicamente). Há quem considere traição só o pensar... portanto, fica ao critério do leitor.

      Como se poderá contornar?
      Ainda hoje estou para perceber. Acho que perante uma situação destas toda a gente acaba por sentir um bocadinho aquela onda do quanto mais sabemos que não é o caminho a seguir, maior é a vontade que temos de nos atirar. O que me impediu? Talvez tenha sido a vontade de fazer com que a relação resultasse ou o receio de não saber o que iria encontrar se abrisse mão de tudo...

      Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está?
      Não diria não gostar, havia sentimento mas tinha conhecido alguém especial, que me fazia sentir bem, diferente, sei lá... e a partir dali sentia que era quase impossível afastar-me…

        Liberdade vs Relação
        #3

        Offline unforgiving

        • ***
        • Membro Total
        Sugiro 1 nova pergunta ;)

        Será essa vontade passível de ser ultrapassada para benefício da relação?

        Como assim? =)

          Liberdade vs Relação
          #4

          Offline unforgiving

          • ***
          • Membro Total
          Sugiro 1 nova pergunta ;)

          Será essa vontade passível de ser ultrapassada para benefício da relação?

          Como assim? =)

          Vou tentar reformular ;)
          O paradigma no qual assenta esta pergunta é o de quereres manter a tua relação. Assim sendo, eu sugeri um tópico para as pessoas se pronunciarem; perguntei o que achavam sobre a possibilidade de 'absorveres', metabolizares [ando demasiado metido nos meus livros, ou não! xD] esse teu desejo de procurar coisas fora da relação, de forma a que possas voltar a sentir-te plenamente satisfeito e completo com a tua outra pessoa.

          É uma boa questão. =)
          Não sei se é possivel, mas antes quando estava com ela, nao pensava muito nos "outros". Mas agora que estou livre... é diferente!

            Liberdade vs Relação
            #5

            Offline MagiCube

            • ****
            • Membro Sénior
            • Género: Feminino
            É uma boa questão. =)
            Não sei se é possivel, mas antes quando estava com ela, nao pensava muito nos "outros". Mas agora que estou livre... é diferente!

            Diferente em que sentido?
            Agora que estás livre, dás valor à relação que tinhas ou pelo contrário tens vontade de conhecer outras pessoas, viver outras experiências?

              Liberdade vs Relação
              #6

              Offline unforgiving

              • ***
              • Membro Total
              É uma boa questão. =)
              Não sei se é possivel, mas antes quando estava com ela, nao pensava muito nos "outros". Mas agora que estou livre... é diferente!

              Diferente em que sentido?
              Agora que estás livre, dás valor à relação que tinhas ou pelo contrário tens vontade de conhecer outras pessoas, viver outras experiências?

              Um pouco dos dois.
              Tenho medo de estar tentado a voltar para ela - se ela quisesse - e depois ver que afinal só me quero "esconder".

              Esta noite não dormi nada a pensar nisto: acordava e pensava nela... ou nos "casos" que poderia ter.

              Claro que quero conhecer pessoas e assim... mas queria saber se sou mesmo bissexual ou não. Sei que não é crime, mas se realmente for (quase de certeza que sou, com maior queda fisica para rapazes...) não vou saber lidar com isto.

              É estranho eu gosto dela... mas há algo que me diz para ficar.. outra para avançar! --'

                Liberdade vs Relação
                #7

                Offline MagiCube

                • ****
                • Membro Sénior
                • Género: Feminino
                Olha, sugiro que vás a uma reunião da rede como simpatizante, e depois vês se te identificas nos testemunhos de outras pessoas. Pode oferecer-te uma perspectiva diferente, na medida em que a componente sexual não é a dominante.

                Também me parece uma boa ideia! ;)


                  Liberdade vs Relação
                  #8

                  Offline unforgiving

                  • ***
                  • Membro Total
                  unforgiving, devo dizer que os vários tópicos que criaste foram intrigantes no geral apesar de, por vezes, serem algo 'redutores' ou pejorativos em relação à 'sociedade' LGBT.

                  Ora bem, pareces estar com problemas em definir a tua identidade sexual, e isso transtorna a tua 'decisão' de voltar para a tua namorada/ela voltar para ti, apesar de gostares dela. Ora bem, há aqui vários temas diferentes em conjunto.

                  Primeiro, como já li nalgumas contribuições deste tópico, a bissexualidade não deve ser usada como alavanca/justificação para trair ou manter relações escondidas, estas últimas sendo, na minha opinião, prejudiciais mesmo quando não há uma relação assumida.

                  Em segundo lugar, acho que o facto de só te sentires atraído pelo arquétipo do homem dos músculos pode constituir uma fase. Eu passei por isso, penso que muita gente passou por isso e evoluiu, podendo dizer que hoje esse não é de todo 1 factor essencial, nem sequer um factor a ter em conta por vezes. Analisa este aspecto em termos do tempo de maturação que tens no assunto, e encontras termo de comparação. Por exemplo, quando somos mais novos, costumamos é pensar e falar em raparigas e titties [mesmo eu, gay convicto, era bastante prolífico em apalpanços brincadeiras destas  ;D  ::)) Considera a hipótese de a tua 'educação sexual' direccionada a rapazes estar altamente desfasada em relação à direccionada a raparigas. [aceitam-se outros testemunhos de pessoas que achem que esta minha teoria deva ser refutada/confirmada!]

                  Terceiro aspecto. Como já referi, a possível prova dos nove para ti poderá ser procurares um clima de abertura e segurança no qual possas falar ou simplesmente ouvir testemunhos (uma reunião aqui da rede!). Penso que podes ficar mais descansado, dado que conheces pessoas num momento em que a dimensão sexual não é predominante, nem há 'jogadas' ou engates à mistura. Isso pode ajudar-te a perceber em que ponto estás, e despoletar em ti uma resposta que não seja meramente sexual. Sugiro isto com base na assunção de tu não considerares a bissexualidade uma coisa má ou estritamente 'mecânica', e abrires a tua mente à sua dimensão psicológica e emocional.
                  Sugiro que o faças de mente livre, e que conheças as pessoas decerto maravilhosas que lá aparecem (ou vão aparecer, como eu ;D, logo que puder); por outro lado, a primeira vez nisto também pode não ser conclusiva, se estiveres nervoso ou desconfortável, pelo que recomendo a que faças 1 esforço de compreensão!

                  O quarto e último aspecto é o da 'decisão' que tens pendente. Ora bem, não é só 1 decisão, é uma pessoa, de quem gostas muito por sinal, pelo que teço a seguinte consideração. A decisão que fazes sobre o teu 'ex/actual' relacionamento não deve ser extrapolada simplesmente a partir de toda esta confusão de estares a descobrir-te. A tua namorada deve ser, por si só ser 1 factor da tua vida that stands by itself, até porque o facto de seres bissexual não implica precisares de estar com pessoas dos dois sexos ao mesmo tempo. Esse será o tópico do poliamor/poligamia, do qual toda a gente te dirá, basicamente, que mesmo esse só funciona se todos os parceiros souberem da dimensão e alargamento da relação.

                  Abraços, e opina (opinem! ;))

                  Obrigado pela grande resposta.

                  De facto posso estar a ser pejorativo... mas não é essa a minha intenção. Peço desculpa se feri susceptibilidades.
                  Não sei se me sentiria confortável, mas possivelmente seria bom para mim ir a essas reuniões.
                  Tenho de me informar onde se realizam - sou do distrito de Santarém.

                  Claro, talvez eu esteja a meter o lado sexual à frente do resto. Mas as duvidas são tantas no que toca a minha ex-namorada: Se é hábito, se gosto mesmo dela, se é atracção... fico sempre confuso. Mas tenho de aprender a lidar com estas coisas... tenho de exigir de mim maturidade, claro.

                  Estou a tentar analisar tudo ou até já pensei consultar um psicólogo pois tenho outros problemas pessoais que podem condicionar tudo.

                  Obrigado pelo apoio =) ::) ::)

                    Liberdade vs Relação
                    #9

                    Offline Green

                    • ****
                    • Membro Sénior
                    • Género: Feminino
                    • Just prove the absurd
                    Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?
                    Sim ou não?
                    Nope.

                    Como se poderá contornar?
                    Contornar o "desejo da carne alheia"? Ver pessoas bonitas e fantasiar com elas não me parece nada de anormal e impossível de se ter numa relação. Vou considerar que estás a falar de desejos de "experimentar coisas". Cá para mim existem duas opções principais: a) Experimentas tudo o que te apetecer experimentar, nas condições mais seguras possíveis, e só depois reentras na relação com a tua namorada, se quiseres/ela quiser na altura; b) Direccionas o teu desejo para a tua namorada: pensas em coisas que poderias fazer com ela, falas abertamente sobre as tuas fantasias (começa com as mais normais/aceitáveis) e esperas que ela aceite.

                    Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está?
                    Não e é fácil pensar em várias situações onde as pessoas não sentem qualquer ligação emocional por outras e fazem coisas de alto teor sexual. Infelizmente ou não, nem sempre paixão e amor estão ligados e por vezes eles estão inicialmente ligados e depois desligam-se (e até vice-versa). A paixão é intensa e desaparece com a repetição, o amor é gradual, cumulativo e fica mais forte com o tempo. Como aconselhariam aquelas revistas Maria (e apesar do quão ridículas possam ser), a chave de um relacionamento duradoiro que tenha ambas depende muito da capacidade de se reinventar a chama.
                      "Now! Start spreading the word
                      Now! Make sure the whole world will hear you
                      Now! Just prove the absurd
                      Now! And don't let nobody stop you..."

                      Liberdade vs Relação
                      #10

                      Offline unforgiving

                      • ***
                      • Membro Total
                      Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?
                      Sim ou não?
                      Nope.

                      Como se poderá contornar?
                      Contornar o "desejo da carne alheia"? Ver pessoas bonitas e fantasiar com elas não me parece nada de anormal e impossível de se ter numa relação. Vou considerar que estás a falar de desejos de "experimentar coisas". Cá para mim existem duas opções principais: a) Experimentas tudo o que te apetecer experimentar, nas condições mais seguras possíveis, e só depois reentras na relação com a tua namorada, se quiseres/ela quiser na altura; b) Direccionas o teu desejo para a tua namorada: pensas em coisas que poderias fazer com ela, falas abertamente sobre as tuas fantasias (começa com as mais normais/aceitáveis) e esperas que ela aceite.

                      Tenho medo de chegar tarde... lol

                      se lhe contasse que aprecio homens.. ela tinha um desgosto.. alias ela perguntou-me há uns tempos.. se eu era gay ou bi.

                      Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está?
                      Não e é fácil pensar em várias situações onde as pessoas não sentem qualquer ligação emocional por outras e fazem coisas de alto teor sexual.[/b] Infelizmente ou não, nem sempre paixão e amor estão ligados e por vezes eles estão inicialmente ligados e depois desligam-se (e até vice-versa). A paixão é intensa e desaparece com a repetição, o amor é gradual, cumulativo e fica mais forte com o tempo. Como aconselhariam aquelas revistas Maria (e apesar do quão ridículas possam ser), a chave de um relacionamento duradoiro que tenha ambas depende muito da capacidade de se reinventar a chama.
                      Não percebi bem... =/

                      amor.. o amor é definido por nós.. nao ha regras..mas nao sei se amo ou nao...

                        Liberdade vs Relação
                        #11

                        Offline ACats

                        • ***
                        • Membro Total
                        • Género: Feminino
                        • I hope you had the time of your life *
                          • Facebook
                        Não vou responder a isto pergunta a pergunta porque na minha opinião este assunto é muito simples.
                        No momento em que uma pessoa inicia uma relção com outra elas fazem uma promessa: se estão numa relação é porque gostam uma da outra e querem ficar juntas. Só elas, mais ninguém. Quando se deseja estar com outra pessoa pode ser sinal que algo está errado na relação ou não, se esse desejo não for atendido, por assim dizer. Mas quando é, então aquela promessa que fizeram é quebrada. Não se pode confiar numa pessoa que quebra uma promessa dessas, e não se pode ter uma relação com alguém em quem não se confia.
                        Resumindo, desejar alguém mas não ter nada com ela por ser comprimetido, se esse desejo não for "recorrente", não acho que tenha mal. Desde que não se passe à acção...

                        No campo das fantasias, é caso de falar com o namorado ou namorada né? E se ela não gostar ou se tenta convencer ou olha... Mas era estúpido trair ou acabar com alguém só por essa pessoa não gostar de ser amarrada, por exemplo. --'

                        Resumindo (2), quem ama não trai, mas tem olhos!  lol
                          Please don't go. I'll eat you up, I love you so.

                          Liberdade vs Relação
                          #12

                          Offline DaniC

                          • ****
                          • Membro Sénior
                          • Género: Feminino
                          Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?

                          Sim ou não? ela nunca me traiu mas ja foi traida pois a relaçao nao estava bem e ela nao aceitava o que eu dizia eu quis acabar e ela nao deixou


                          Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está? eu amo mt essa pessoas mas como á falhas e somos mt diferentes ja aconteceu mas contei lhe a verdade no mesmo dia e ela desculpou. agora se voltou a confiar e com ela.

                          Experiências: o que tive nao volto a repetir. nao volta agarra me a ninguem.. o Amor doi mt. e qd se tenta acabar relaçoes de 5 anos pior


                            Liberdade vs Relação
                            #13

                            AnaRitaSycho

                            • Visitante
                            Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?

                            Sim ou não?

                            Como se poderá contornar?

                            Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está?

                            Experiências.

                            - Falo por mim, quero ter a minha namorada, mas ao mesmo tempo sinto vontade de ter as minhas aventuras, descobrir, conhecer... (pessoas de ambos os sexos).


                            Então e as relações abertas?

                            Uma coisa é trair, outra coisa é as coisas acontecerem com consentimento e isso pode acontecer e pode não significar minimamente que a pessoa que o faz não ama a outra, aliás, até pelo contrário, é necessário uma forte comunicação, respeito e honestidade para podermos ter uma relação e não prescindirmos de outros desejos. Desde que seja tudo levado com calma, as coisas funcionam e podem funcionar muito bem...

                              Liberdade vs Relação
                              #14

                              Offline Imaterial

                              • ****
                              • Membro Sénior
                              • Género: Masculino
                              • Go ask Alice, I think she'll know
                              Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?
                              Não

                              Como se poderá contornar?

                              1) O amor é uma cena brutal etc e tal, mas não nos impede de sentir atracção maior ou menor por terceiros, seja por serem fisicamente apelativos seja pela sua psique. Uma das coisas mais importantes a aceitar é isto mesmo, e compreender que não tem porque aterrorizar a relação;
                              2) Nem todas as pessoas se sentem confortáveis consigo mesmas ao restringirem-se a apenas um parceiro amoroso. Essas pessoas por norma adquirem a capacidade de falar sobre esta questão aos parceiros, e esclarecê-la de forma a que estes compreendam e decidam se aceitam as "condições" do outro. Nem sempre esta sensação é honesta, no entanto: em casos de indivíduos mais novos, pode-se tratar apenas de imaturidade emocional (o que não tem nada de mau, é uma questão de "experimentar");
                              3) Acima de tudo, há que seres honesto contigo mesmo. Desde que acabaram, tens tentado encontrar outros/as parceiros/as? Como te sentes durante essa busca? Serias capaz de abrir o jogo para a tua ex namorada ou, pelo menos, não a trair caso voltassem?


                              Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está?

                              Depende de caso para caso; já mencionei que a atracção é normal, agora não implica que ames mesmo.

                              Francamente, eu sou da firme opinião de que quando se ama, sabe-se. Há paixão, há sentimentos, mas aquela coisa, aquele conforto de partilha é algo muito próprio, tangível quase. Os meus "vai-não-vai" sentimentais foram isso mesmo, porque eu estava apaixonado mas isso não chegava, e agarrar-me a isso também de pouco serviu.
                                It all starts when you sink into his arms and ends with your arms on his sink

                                Liberdade vs Relação
                                #15

                                Offline Marilyn

                                • *****
                                • Membro Elite
                                • Género: Feminino
                                • Second best
                                Eu nunca vou ter uma relação, mas também não preciso de liberdade, porque ninguém se interessaria por mim. Portanto é uma espécie de 'uns com tanto e outros com tão pouco', porque comigo nem a liberdade nem a relação são compatíveis. Enfim, trivialidades...

                                Liberdade vs Relação
                                #16

                                Miriam_S

                                • Visitante
                                As relações exigem compromisso, fidelidade, honestidade, respeito, tempo, paciência e um molho de outras coisas que nõs podemos em determinado momento estar ou não dispostos a dar.

                                Mas se assumimos esse COMPROMISSO, devemos cumpri-lo. Se não, não faz qq sentido estar numa relação.

                                Portanto, cada um é livre de fazer o que quer e bem entende.

                                Tem é de ter no mínimo o cuidado com a outra pessoa, logicamente.


                                  Liberdade vs Relação
                                  #17

                                  Spring

                                  • Visitante
                                  As relações exigem compromisso, fidelidade, honestidade, respeito, tempo, paciência e um molho de outras coisas que nõs podemos em determinado momento estar ou não dispostos a dar.

                                  Mas se assumimos esse COMPROMISSO, devemos cumpri-lo. Se não, não faz qq sentido estar numa relação.

                                  Portanto, cada um é livre de fazer o que quer e bem entende.

                                  Tem é de ter no mínimo o cuidado com a outra pessoa, logicamente.

                                  Subscrevo. :)

                                    Liberdade vs Relação
                                    #18

                                    Sorcha

                                    • Visitante
                                    Já tiveram numa relação com alguém de quem gostassem, mas que devido ao "desejo da carne alheia" trairam?

                                    Nunca.

                                    Como se poderá contornar?

                                    Pessoalmente, eu não perdoo traições. Não acredito que possam aconteçer por acidente, por menos sóbria que a pessoa possa ter estado, se acontece é porque já partiu de sentimentos recalcados. A desculpa de que algo não ia bem na relação também não serve para mim, porque neste caso a pessoa também falha na questão da sinceridade.

                                    Quem sente isso é porque não gosta de facto da pessoa com quem está?

                                    Não necessariamente. Depende do compromisso. As pessoas amam todas de maneira diferente. Conheço casais que têm relações sexuais com outros parceiros e são felizes assim, porque amor e sexo nem sempre andam de mãos dadas e há quem consiga desligar-se de uma das partes. Mas se estamos a falar de um compromisso onde fica bem claro que isso iria ser prejudicial, então é uma tremenda falta de respeito. Eu deixo sempre bem claro que perco logo a confiança toda na pessoa, portanto se ainda assim ela faz isso, então pode bem esquecer que eu existo.
                                    « Última modificação: 17 de Agosto de 2012 por Sorcha »

                                      Liberdade vs Relação
                                      #19

                                      beto86

                                      • Visitante
                                      As relações exigem compromisso, fidelidade, honestidade, respeito, tempo, paciência e um molho de outras coisas que nõs podemos em determinado momento estar ou não dispostos a dar.

                                      Mas se assumimos esse COMPROMISSO, devemos cumpri-lo. Se não, não faz qq sentido estar numa relação.

                                      Portanto, cada um é livre de fazer o que quer e bem entende.

                                      Tem é de ter no mínimo o cuidado com a outra pessoa, logicamente.

                                      mas e quando a outra pessoa não honra esse compromisso o que se deve fazer?
                                      é que eu estou numa situação em que ela me disse que queria ser ela, ser livre não ter a preocupação de ter alguem com ela tipo eu.

                                         

                                        Tópicos relacionados

                                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                        Liberdade

                                        Iniciado por cacao « 1 2  Todas » Outras Conversas

                                        35 Respostas
                                        19151 Visualizações
                                        Última mensagem 25 de Abril de 2012
                                        por Miguel★
                                        94 Respostas
                                        30983 Visualizações
                                        Última mensagem 30 de Maio de 2015
                                        por carolinalg
                                        74 Respostas
                                        20459 Visualizações
                                        Última mensagem 11 de Agosto de 2010
                                        por Safira
                                        65 Respostas
                                        19427 Visualizações
                                        Última mensagem 25 de Janeiro de 2010
                                        por Anjo20
                                        2 Respostas
                                        1806 Visualizações
                                        Última mensagem 6 de Janeiro de 2012
                                        por unforgiving