Outras Conversas > Séries

Breaking Bad

(1/6) > >>

Pedro20_prt:
Não vi nenhum tópico a falar desta série e sendo a minha favorita achei por bem dedicar-lhe alguma atenção.
Gostava de saber a opinião do pessoal que vê a série, principalmente no que toca à relação entre as personagens e acima de tudo ao percurso da personagem principal.
Todas as opiniões são bem-vindas :D

Pulse:
Comecei a ver há relativamente pouco tempo, quando começou a passar na Sic Radical, e gostei bastante. Mas depois perdi-me e acabei por não perceber nada daquilo. Mas dos episódios iniciais que consegui ver de seguida, gostei bastante.

Pedro20_prt:
Oh então quando conseguires tenta ver tudo direitinho desde o início... o aspecto mais interessante desta série é a evolução das personagens.. são quase todas tridimensionais e, ao mesmo tempo faz-te repensar nos teus valores. Depois de 'morderes o isco' no primeiro episódio e começares a gostar do Walter White ( que é para mim a personagem mais rica e interessante de alguma série alguma vez feita) começas a ver a transformação para o lado negro... e faz-te pensar até que ponto tu, na mesma situação, perante os mesmos obstáculos, eras capaz de seguir pelo mesmo caminho :P

tendinite:
Adoro Breaking Bad.

Relativamente às personagens: acho o contraste entre a evolução do Walt e do Jesse enorme. Passaram os dois praticamente pelas mesmas situações. Pela lógica o Walt deveria ser o bom da fita, uma vez que tem família/responsabilidades. No fundo acho que as acções dele ao longo da série vêm do complexo de inferioridade que ele tem por ter vendido a sua parte da empresa Gray Matter Technologies. Tem aquela necessidade de afirmação.

Spoiler (clica para mostrar/esconder)A cena final mostra mesmo que o objectivo dele é ser reconhecido como Heisenberg.

Pedro20_prt:
Spoiler (clica para mostrar/esconder)O Jesse provavelmente viu-se no mundo da droga e da venda muito cedo e provavelmente e nunca conseguiu sair de lá... mas no íntimo dele não é esse o rumo que queria ter seguido, simplesmente nunca soube viver de outra forma... deve ter-se sentido rejeitado pelos pais e quis fazer algo para se afirmar ou emancipar mas nunca teve por objectivo magoar ninguém
O Walt é um caso à parte. A forma como a série é feita faz com que tu simpatizes de imediato com ele: um professor que passa ao lado de uma carreira brilhante, com um filho com deficiência, um casamento monótono e que, além de isto tudo, descobre que tem cancro... E decide, com o único propósito de ajudar a família, vender metanfetamina para que se sustentem depois dele morrer... É impossível não tomar o partido de uma pessoa assim. Mas quando ele se 'transforma' no alter ego dele e perceber aquilo que ele está disposto a fazer para ser reconhecido e deixar uma marca é como se ele te arrastasse com ele para o 'lado negro'... e nessa altura já mordeste o isco, já gostas dele, e és obrigado a questionar-te se realmente ele não merece ser apanhado e castigado :PQuanto à última cena não sei a que te referes :S É a última cena do 8º episódio da season5?

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

Ir para versão completa