Assuntos Gerais > Pais, Familiares e Amigos

Testemunho de famila

(1/3) > >>

bearchase:
Boa noite,

Escrevo-vos na esperança que o meu testemunho e o da minha família vos inspirem e vos dê força, perante esta sociedade muitas vezes injusta e preconceituosa em relação à homossexualidade, e perante uma minoria homossexual que, também muitas vezes, parece ter os valores trocados, dando primazia ao físico, com sites infindos de engate, promovendo o sexo rápido e fácil, suprimindo a noção de família, com laços de amor duradouros e estáveis, com intuito extra de passar esse amor a filh@s e net@s.

Não quero dizer com isto que desaprovo os sites de engate, nem o sexo rápido e fácil, estes podem ser uma fase ou não, são um “estilo de vida” como qualquer outro. E ainda bem que existem, se não fosse por eles provavelmente estaria casado ou divorciado, culpando uma mulher por não ser um homem, subconscientemente, sem me aperceber disso. É por causa desses sites que conheci o meu companheiro, portanto, penso que têm o seu lugar. Só que para mim, e sublinho, no meu caso, o sexo rápido não era o que eu queria.

Conheci o meu companheiro há mais de uma década, lembro-me que tudo aconteceu muito rapidamente. Na minha opinião, tive sorte, pois por esta altura já tinha conhecido muita gente. Olhando para trás eu estava à procura do meu espaço.

Depois de estarmos algumas vezes juntos, ele apresentou-me ao filho dele, de um casamento anterior. Nessa altura lembro-me de ter tomado a decisão de, talvez, ousar fazer parte da família. Desde então aconteceram muitas peripécias, no primeiro ano, fomos os três viver para uma casa pequena, com móveis em segunda mão, e fomos evoluindo, na vida profissional, financeira e amorosa. Mudamos para uma casa maior, já temos um escritório, uma televisão LED e uns sofás fantásticos do IKEA ;-) Nada disto teria sentido para mim, e sublinho para mim, se não tivesse o meu companheiro e o nosso filho do meu lado, pois mesmo na casa mais pequena, poderia afirmar, tal como hoje aos 40 anos: Sou feliz!

Com tanta negatividade e dúvida que por aí anda, deixo esta mensagem, especialmente aos mais jovens: É possível ter uma família, com companheir@ do mesmo sexo, com filho(s) e ser-se feliz. Isto provavelmente não é novidade para muitos, mas penso que vale sempre a pena deixar o testemunho positivo.

Tendo dito isto, ainda há muito caminho para percorrer, em algumas situações a minha família ainda está no “armário”, situações familiares, laborais e de amizade. Mas dando tempo ao tempo, tratando cada situação com a sensibilidade que merece e contando também com o apoio desta nova geração, quem sabe?

theone111:
Boa noite,

Agradeço o testemunho. Não duvides do contributo deste.

É sempre bom saber que afinal é possível.

rk:
Muito fixe, parabens e que continuem a ser felizes :)

V24:
Esta história deu-me tanta força. Felicidades bearchase ;)

woman_angel:
Sim é muito possível... Não tenho esse testemunho da minha pessoa mas tenho de duas grandes amigas que estão juntas ha alguns anos e hoje são felizes com uma criança e um lar.

Tudo nesta vida é possível, basta lutarmos pelos nossos desejos :)

Votos de maior felicidade e para aqueles tal como eu, que ainda não chegaram a essa parte força porque la chegaremos :)

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

Ir para versão completa