rede ex aequo

Olá Visitante09.ago.2022, 11:07:33

Autor Tópico: Corrupção em Portugal  (Lida 1980 vezes)

 
Corrupção em Portugal
#0

Offline nevertoolatetobehappy

  • *****
  • Associad@ Honorári@
  • Membro Elite
  • Género: Masculino
  • Be yourself. Be happy. Be nice.
    • Tiny Ripple Hope
Boa noite a tod@s,

Correndo o risco de repetir algum tópico pré-existente, gostaria de saber qual a vossa opinião relativamente à corrupção em Portugal.

Há uns meses vi a intervenção do Paulo Morais, a propósito da conferência "A Corrupção na Origem da Crise", organizada pela associação 25 de Abril. Um dos seus comentários foi de que o nosso índice de corrupção (actualmente estamos em 33º lugar, num total de 176 países, no top dos países menos corruptos do mundo apresentado no Corruption Perceptions Index 2012) tem vindo a agravar-se: em 2000 ocupávamos o 23º e em 2010 descemos para o 32º.

Muito recentemente, a OCDE manifestou preocupação pela incapacidade que Portugal tem tido em combater a corrupção fora do país (como por exemplo em Angola), corrupção essa com repercussões no nosso próprio índice de corrupção.

Observando o sistema judicial em Portugal, compensa de sobremaneira ser corrupto. A forma mais eficaz de resolver este problema, pressupondo que existe vontade pública, é precisamente tornar a justiça impiedosamente dura com as penas e muito difícil continuar em recursos intermináveis.

E se há quem tenha dúvidas da gravidade da corrupção, basta analisar com atenção para verificar que são precisamente os países com menos corrupção (ex.: Finlândia, Dinamarca, Suécia) que têm um maior índice de desenvolvimento humano.

Qual é a vossa visão sobre este grave problema que Portugal tem vindo a enfrentar? Quais são as causas e como é possível controlar a corrupção?

Espero que deste post surjam muitas e boas discussões.

Abraços,
Tiago.
« Última modificação: 28 de Junho de 2013 por nevertoolatetobehappy »
    "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

    Corrupção em Portugal
    #1

    Offline ICare

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Feminino
    Boas Tiago, excelente tópico!

    Ainda hoje estive a discutir o assunto com colegas e eu acredito que a crise no nosso país, em certa parte, se deve à corrupção. Que começa em cima e continua até às bases da sociedade. No fundo o povo português é o espelho dos políticos que temos. Todos "roubam" (desvios astronómicos não são considerados roubo, não é?) e os mais pequenos fazem as chamadas trafulhices para fugir ao fisco, à responsabilidade, a isto e àquilo que envolva despesas. A corrupção está em todo lado: sociedades anónimas, câmaras municipais, empresas públicas e privadas, etc.
    Acho sinceramente que é uma questão de mentalidade. Como falas, e bem, os países nórdicos são os países com menos corrupção porque não têm essa mentalidade de fuga, de desviar, de roubo, em suma, de uma visão egoísta e que visa o enriquecimento. É uma questão cultural, parece-me. Vê quais os países europeus mais afectados pela crise: Portugal, Espanha, Grécia, Itália. Países do Sul! (claro que há outras atenuantes). Mas em todos eles se fala em corrupção em larga escala...
    A verdade é que aqui pagamos tudo, fazem-se descontos para uma educação e saúde públicas e na verdade ainda temos que pagar consultas, propinas, livros... Se nos países do norte existe sustentabilidade financeira, eu pergunto-me: para onde vai parar o nosso dinheiro? A corrupção pode ser uma  das respostas.

    O teu ponto de vista sobre o sistema judicial é interessante mas não vejo ninguém interessado em que a Justiça mude. É difícil.

      Corrupção em Portugal
      #2

      Offline theone111

      • *****
      • Membro Ultra
      • Género: Masculino
      "Comemorou-se" no início do mês algures entre 3 e 6 de Junho (não apetece confirmar" o "Dia da Libertação".

      Este é basicamente o dia em que terminamos de pagar a carga tributária anual. Portanto, 5 meses literalmente a trabalhar para o estado. Parece muito, de facto, mas na verdade somos dos paises europeus que comemora o dia mais cedo.

      Pagamos tudo, mas não muito. Por mais chocante que possa parecer na teoria o nosso Sistema Nacional de Saúde é dos mais justos. Pena que não seja auto-sustentável... Aliás, até duplicarem ou triplicarem as taxas moderadoras. Foi um gesto demasiado impiedoso, a meu ver... Pagava-se 2 ou 3 EUR por uma consulta. Valor simbólico, que hoje em dia chega aos 20, acrescido ainda dos aumentos na Segurança Social que temos pago. Em termos de saúde estamos a fazer tudo mal...

      Como portugueses, temos o tal "desenrascanço" que nos é típico (aliás, extremamente apreciado no estrangeiro). Naturalmente tendemos a usá-lo para fugir às responsabilidades...
      Condução com álcool, excesso de velocidade, fumar em locais proibídos, passar à frente nas filas, fugir aos impostos... É o tipo de coisa que "fazemos" quase diariamente, sabendo que é crime, mas encarando com toda a naturalidade...


      Fugimos durante demasiado tempo às nossas responsabilidades. O dinheiro começou a acabar... Se todos pagássemos o devido, acredito que estaríamos bem melhor...

      O estado por outro lado, está também a fazer o seu papel no re-empobrecimento do país. Mais impostos, menos benifícios fiscas, IVAs, IRS (até em cima do euromilhoes agora), guias-de-transporte-comunicadas-às-finanças a começar na segunda feira (salvo erro) e que ainda ninguém sabe como funcionam... Vale tudo. É a caça...


      Agora sim, a corrupção. É perfeitamente normal em qualquer país. Aliás, em qualquer "aglomerado". O problema não será bem a corrupção, mas a forma como a mesma é tratada: não é tratada. É a questão da justiça em Portugal, que ninguém está minimamente preocupado se funciona ou não...
        E acredita, a vida é bastante melhor com bolachas! lol

        Corrupção em Portugal
        #3

        Offline nevertoolatetobehappy

        • *****
        • Associad@ Honorári@
        • Membro Elite
        • Género: Masculino
        • Be yourself. Be happy. Be nice.
          • Tiny Ripple Hope
        "Comemorou-se" no início do mês algures entre 3 e 6 de Junho (não apetece confirmar" o "Dia da Libertação".

        Este é basicamente o dia em que terminamos de pagar a carga tributária anual. Portanto, 5 meses literalmente a trabalhar para o estado. Parece muito, de facto, mas na verdade somos dos paises europeus que comemora o dia mais cedo.

        Pagamos tudo, mas não muito. Por mais chocante que possa parecer na teoria o nosso Sistema Nacional de Saúde é dos mais justos. Pena que não seja auto-sustentável... Aliás, até duplicarem ou triplicarem as taxas moderadoras. Foi um gesto demasiado impiedoso, a meu ver... Pagava-se 2 ou 3 EUR por uma consulta. Valor simbólico, que hoje em dia chega aos 20, acrescido ainda dos aumentos na Segurança Social que temos pago. Em termos de saúde estamos a fazer tudo mal...

        Como portugueses, temos o tal "desenrascanço" que nos é típico (aliás, extremamente apreciado no estrangeiro). Naturalmente tendemos a usá-lo para fugir às responsabilidades...
        Condução com álcool, excesso de velocidade, fumar em locais proibídos, passar à frente nas filas, fugir aos impostos... É o tipo de coisa que "fazemos" quase diariamente, sabendo que é crime, mas encarando com toda a naturalidade...


        Fugimos durante demasiado tempo às nossas responsabilidades. O dinheiro começou a acabar... Se todos pagássemos o devido, acredito que estaríamos bem melhor...

        O estado por outro lado, está também a fazer o seu papel no re-empobrecimento do país. Mais impostos, menos benifícios fiscas, IVAs, IRS (até em cima do euromilhoes agora), guias-de-transporte-comunicadas-às-finanças a começar na segunda feira (salvo erro) e que ainda ninguém sabe como funcionam... Vale tudo. É a caça...


        Agora sim, a corrupção. É perfeitamente normal em qualquer país. Aliás, em qualquer "aglomerado". O problema não será bem a corrupção, mas a forma como a mesma é tratada: não é tratada. É a questão da justiça em Portugal, que ninguém está minimamente preocupado se funciona ou não...


        Olá theone111,

        Tenho pouco a acrescentar relativamente ao que tu disseste excepto dois pontos:

        1. "Em termos de saúde estamos a fazer tudo mal..."

        Segundo a OCDE, em termos de despesa total em saúde, Portugal é o 2º país com menor crescimento no período 2000 a 2009 (1,5% para uma média dos países da OCDE de 4%) e a despesa pública em saúde é de 6,3% do PIB, sendo a média da OCDE de 6,6% do PIB. Portanto, o argumento de estarmos a gastar demasiado dinheiro na saúde não está de acordo com os números.

        Adicionalmente, temos de momento um dos melhores ministros da saúde dos últimos anos, que tem feito grandes esforços no sentido da racionalização do SNS.

        Acredito isso sim, que o problema da saúde está mais relacionado com fraudes, horas extraordinárias e médicos gananciosos que não exercem a profissão por quererem melhorar a qualidade de vida dos doentes mas sim para benefício próprio (o que implica querer aprender no público mas depois recusar atender doentes de aldeias...)

        2. "Agora sim, a corrupção. É perfeitamente normal em qualquer país."

        Se pretendias dizer que a corrupção existe em qualquer país, concordo contigo. Mas se querias dizer que é aceite como algo natural em qualquer parte domundo, já não estamos de acordo. A razão pela qual a Dinamarca foi considerado o país menos corrupto do mundo prende-se precisamente porque ser corrupto nem sequer é equacionado, a começar pelos políticos, que levam uma vida completamente modesta e "lideram por exemplo"; além disso, imprensa livre, aplicação de leis, participação da opinião pública e mecanismos de transparência fazem com que ser corrupto seja "impensável".

        De resto, partilhamos a mesma opinião. Enunciaste muitos e bons argumentos. ;)

        Abraços,
        Tiago.
          "Our deepest fear is not that we are inadequate. Our deepest fear is that we are powerful beyond measure. It is our light not our darkness that most frightens us."

          Corrupção em Portugal
          #4

          Offline theone111

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Masculino
          Uma rápida nota.

          Portanto, o argumento de estarmos a gastar demasiado dinheiro na saúde não está de acordo com os números.


          Não tinha de facto os números... Estamos a gastar de mais com a saúde. O problema, é que somos nós a pagar (directamente, não através de impostos), e não o Estado, como lhe compete...

          Relativamente à corrupção, o exemplo dos países nórdicos estava planeado. Esqueci-me... Depois das 10 linhas, tendo a esquecer-me das coisas...


          Aviso ainda que quanto às guias de transporte a caça já começou... Um colega meu foi mandado parar por 2 vezes hoje... Atenção a isso.


          Um rápido agradecimento ainda pelo material que deixaste no primeiro post. Lamentavelmente ainda não houve tempo, mas lidarei com ele em breve.
            E acredita, a vida é bastante melhor com bolachas! lol

             

            Tópicos relacionados

              Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
            22 Respostas
            12228 Visualizações
            Última mensagem 21 de Outubro de 2008
            por xXxPePexXx
            3 Respostas
            6201 Visualizações
            Última mensagem 3 de Dezembro de 2005
            por bluejazz
            20 Respostas
            12928 Visualizações
            Última mensagem 19 de Julho de 2009
            por bluejazz
            143 Respostas
            35709 Visualizações
            Última mensagem 5 de Setembro de 2009
            por Van~
            54 Respostas
            19866 Visualizações
            Última mensagem 26 de Abril de 2009
            por onlyvava