Assuntos Gerais > Saúde e Bem-estar

Medos, Ansiedade, Hipocondria, Ataques de Panico e outros males !

<< < (2/77) > >>

Ringo Misa:
Olá :)
Eu também sofro de ataques de panico devido a uma situaçao traumática que vivi ainda nem faz 1 ano. Além de ainda estar a tentar sair de uma depressão. É bastante mau, principalmente porque sou uma das pessoas mais orgulhosas que eu conheço e nao procuro e nem aceito a ajuda de ninguem lol.
Enfim, também acho que tou a fazer o que está ao meu alcance para me curar. :)
Acima de tudo, no meu caso ao menos, é ter o minimo de amor por mim mesma para nao me deixar consumir pelo o que sinto cá dentro.

tinat:
Não sei bem se foi ataque de pânico ou outrs coisa qlq, mas não suporto agulhas!!!
Tipo, posso vê-las, mexer, mas se sei que vão entrar dentro do meu corpo, entro logo em stress e em choro compulsivo!
Há dias a trás fui obrigada a ir tirar sangue para as analises, não dormi na noite e quando entrei para a clinica comecei a chorar só parei uma horinha dps, levei uns dias sentindo a agulha dentro de mim!!! Foi horrivel e só de pensar fico, buhhh!!!

corema:

--- Citação de: S@fia em 11 de Julho de 2007 ---Criei este topico para que toda a gente que sofra de algum destes problemas, possa partilhar as suas experiencias, a forma como lidam com estas doenças do foro psicologico.

Eu sofro de crises de panico, mas para além disso ou por causa disso, comecei a desenvolver medos e fobias, e comecei a tornar-me um pouco hipocodriaca. Como muitos de voces devem saber, um dos sintomas somaticos das crises de panico são a dor e desconforto no peito, acompanhada de uma forte acelaração do pulso, que tanto pode durar segundos como premanecer durante dias a fio ( que eu infelizmente sinto o que é com grande frequencia e de forma prelongada). Por causa disso e por ter um grande numero de familiares com problemas de coração, comecei a gerar medos e fobias a tudo o que esteja relacionado com o coração, tornei-me até um pouco hipocondriaca, estou sempre a imaginar que posso ter uma quaquer doença de coração ou que a qualquer momento me pode acontecer alguma coisa. Até o simples facto, de me rir ou me estar a divertir um pouco mais que o normal, me faz sentir logo pior, junta-se a todos estes sintomas a perda de apetite, o querer respirar e parece que não consigo, parece que tenho pó na garganta ou no nariz, picadas por todo o peito e costas e na garganta, ente outros ! :-\ :-X
 
E voces também já alguma vez passaram por isto ou estão a passar ?

--- Fim de Citação ---

Oh Sofia! Isso é realmente horrível e como te compreendo! Eu tenho um distúrbio de pânico e agorafobia há 7 anos. Já agora, agorafobia é mais ou menos o contrário da claustrofobia. É o medo excessivo de espaços públicos, divisões demasiado amplas, multidões... Mas se fores bem acompanhada e medicada controla-se... Cada caso é um caso obviamente mas não é o fim do mundo. Tens de te conhecer e aprender a viver e a lidar com isso. Os ataques de pânico não se manifestam da mesma maneira em todas as pessoas. No meu caso, começo por começar a sentir um aperto enorme no peito, enjoo e taquicardia. Tenho suores frios começo a desfocar as coisas e na maioria das vezes acabo por desmaiar. E a unica maneira de melhorar é ir para casa. Nos primeiros tempos foi muito complicado porque deixei de sair de casa. Estive à volta de 3 meses sem sair de casa. Não conseguia sequer pensar em ir à rua. Obviamente comecei a entrar num estado depressivo, mas fui ao médico e ajudou-me imenso. Faço terapia uma vez por mês e já não desmaio há 2 anos. É fácil de perceber que há coisas que evito, como centros comercias cheios de gente, praias enormes, casas com divisões grandes... Mas o mais importante é ter por perto alguém em quem eu confie plenamente. Se souber da proximidade de alguém assim sinto-me muito mais segura. Nem que seja pelo telefone. Se me começo a sentir ansiosa ou com tonturas ou com medo, falo com aminha mae! :) Normalmente pelo telefone porque não passamos muito tempo juntas. Mas chega, na maioria das vezes. Ela já nem diz nada, ri-se e vai me dizendo coisas do género: va la, esta quase, ja vai passar... como se eu tivesse 3 anos. Funciona. É isso que tens de descobrir, o que é que funciona contigo! Eu conheço uma pessoa que faz exercicios de relaxamento, respiraçao abdominal e afins. Nem que esteja no meio do trabalho ou num jogo de futebol. Ele pára e faz o que precisa... Um dos meus tios liga o mp3 com ópera... Não sei, depois cada um tem de descobrir por si o que o ajuda...

conquilha:
Olá a todos!
Fiquei mesmo contente quando encontrei este fórum. Eu tb sofro de ansiedade generalizada, ataques de pânico, nem sei bem mais o quê.
Começou de uma forma muito estranha: quando ia ao hipermercado ou ao centro comercial de repente começava a sentir como uma espécie de tonturas, mas não era bem tonturas, sentia como se o chão estivesse instável, como se estivesse a mexer. É mto estranho, entrava em pânico, tinha se sair dali, fazer qualquer coisa, menos estar ali. A anseidade subia em flecha, um desconforto mto grande de estar naquele sítio. Meses depois, estava eu a 3 meses de acabar a minha licenciatura, comecei a ter ataques de pânico (belo "timing" :-\) .
Foram tempos mto complicados. O meu primeiro ataque de pânico foi numa escola primária, onde tive de ir eu e mais umas 3 colegas fazer medições aos miúdos, e pesá-los (sou dietista, por isso não achem isto estranho lol). Eu nesse dia acordei assim, um bocado ansiosa, como já me vinha acontecendo há algum tempo, mas não dei importância. De repente, uma miúda duranta uma medição, desmaiou! Ela recuperou depressa e foi lá para dentro. Eu é que não! Ficamos todas mto assustadas, mas eu senti-me mal, tive que sair, ir à casa de banho, para ver se aquilo me passava. Depois, lá voltei para a sala onde estavamos a trabalhar, mas voltei a sentir-me mal, tipo quase a desmaiar. Saí novamente, fui para o pátio apanhar ar, e os miúdos todos a olhar para mim. Que vergonha! Acabei por ir para casa, pois não estava a recuperar. Foi mto assustador e angustiante. Resultado, nunca mais fui a mesma. Desde então tenho pânico de desmaiar, de me sentir mal numa situação em que não possa sair, fugir da situação.
Aqueles 3 meses de final de licenciatura foram tortura, mas consegui! :D Acabei a minha licenciatura!
Mas agora o meu problema evoluíu, porque voltou a acontecer coisas do género. Tenho medo de ver filmes no cinema, porque uma vez senti-me mal-disposta lá e tive que sair a meio. Tenho medo de conversas sobre doenças, agulhas, hospitais, filmes tipo "thirller", etc, etc. Raramente saio com os meus amigos. Nunca estou bem em lado nenhum.  É angustiante.
Neste momento, tou desempregada. As entrevistas de emprego são um filme, mas tenho ido. Mas quando penso que tenho de estar horas num local, com reuniões, "presa" numa sala, ou outra coisa qualquer, até fico mal-disposta só de pensar! Presiso memo de ajuda!

biki:
Eu sou obsessivo compulsiva, sofro de fobia social, ataques de pânico, ansiedade generalizada, sou hipocondríaca.

Comecei a ter ataques de pânico muito cedo e já fui muitas vezes parar ao hospital. Tive alturas em que me atirava para o chão, contra as paredes, chorava, gritava, esperneava... Não me conseguia controlar. Sentia um terror interminável dentro de mim. Isto tudo porque me punha a pensar em assuntos estúpidos... Coisas simples, por vezes até. Começava a desenvolver e acabava por entrar em parafuso. Tinha muito medo. E quando tenho um ataque de pânico geralmente também tenho um ataque de asma. Já estive a tomar antidepressivos por causa disto tudo, mas não deram lá grande resultado... Enfim.

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

[*] Página anterior

Ir para versão completa