rede ex aequo

Olá Visitante23.set.2021, 09:57:27

Autor Tópico: O que eu mais desejava agora era...  (Lida 227608 vezes)

 
O que eu mais desejava agora era...
#4520

Offline Soulmate

  • *****
  • Membro Ultra
  • Género: Feminino
  • Tudo é provisório, inclusive nós.



 ::) ::) ::) ::) ::) ::) ::) ::) ::) ::) ::) ::) ::)
    Traumatismo craniano fruto de mergulhos profundos em pessoas rasas.

    O que eu mais desejava agora era...
    #4521

    eyepatch

    • Visitante
    Que alguém arrebatasse o meu coração fazendo com que tudo que nele existe transborda se ....

      O que eu mais desejava agora era...
      #4522

      Offline Quetzal

      • ***
      • Membro Total
      • Género: Feminino
      Ficar uma semana em casa  :'(

        O que eu mais desejava agora era...
        #4523

        Offline chloe_

        • **
        • Membro Júnior
        • Género: Feminino
        Poder voltar atrás no tempo.

          O que eu mais desejava agora era...
          #4524

          Offline سامانتا

          • *****
          • Associad@
          • Membro Ultra
          • Género: Feminino
          • pretty in scarlet
          mudar de cidade e reiniciar.

          Sempre disse que, se não fosse pelas pessoas, Setúbal seria uma boa cidade para morar. É tranquila e é bonita e tem arte e tem mar e tem serra e tem rio e tem ar. Mas também tem as pessoas e eu não as posso mandar embora, não é? Então sempre fui eu a ir embora. E acho que está na hora outra vez.

          Nos últimos meses tenho redescoberto uma cidade onde nunca me senti bem-vinda. Agora já me sinto mais à vontade e cada recanto tem o seu encanto. Mas eu não deixo de caminhar com a sensação que mesmo nos sítios mais escondidos vou deparar-me com alguém que me conhece. E eu não quero isso.
          O tempo é meu e só meu, não quero olás-tudo-bem, não quero o meu nome chamado para conversas de circunstância, não quero o meu telemóvel a tocar porque sabem que estou aqui, eu sei que os convites são bons mas a mim só me incomodam e sei que vocês gostam de mim mas eu não vos quero na minha vida. Lá estão porque, enfim, quando eu nasci já a teia estava interligada, mas isso não me importa e não me chega e não me faz bem. Já me chega partilhar o mesmo nome e o mesmo sangue, o meu tempo e a minha essência não as partilho por obrigação - só de coração e os nossos ténues laços sociais e de adn são apenas decoração.

          Que dias, os últimos... a pensar que preciso de uma coisa, a chegar à conclusão que não. Andei a balançar em incertezas e não tenho certezas de tudo neste momento mas não faz mal. Vou percebendo. Pelo menos sei o que não quero. E quando pensei no que queria e precisava, se calhar não estava muito ao lado, no fundo. Acho que preciso de pessoas na minha vida, sim, mas não de uma forma corriqueira. Nem eu mesma sou do tipo de ir tomar café, não faz sequer sentido querer isso. Mas às vezes o silêncio e a solidão pedem companhia (não preenchimento). E o silêncio é capaz de dizer muito mais sobre uma pessoa do que as palavras que ela diz.

          O que eu mais desejava agora era ir embora daqui para fora e ficar noutro sítio de vez, cortar contacto com todas as pessoas excepto as poucas que percebem o meu silêncio e comer um gelado de menta e chocolate. Se calhar é isso mesmo que vou fazer.
          « Última modificação: 19 de Fevereiro de 2018 por سامانتا »
            «Open your eyes, open your mind,
            proud like a god, don't pretend to be blind.
            Trapped in yourself, break out instead,
            beat/feed the machine that works in your head»
            - Guano Apes

            O que eu mais desejava agora era...
            #4525

            Offline Atomic

            • *****
            • Membro Ultra
            • Género: Masculino
            • Everything changes when you grow old...
              • Somos Blergh
            Ter um dia livre para procrastinar.

            O que eu mais desejava agora era...
            #4526

            Offline R1992

            • **
            • Membro Júnior
            • Género: Masculino
            mudar de cidade e reiniciar.

            Sempre disse que, se não fosse pelas pessoas, Setúbal seria uma boa cidade para morar. É tranquila e é bonita e tem arte e tem mar e tem serra e tem rio e tem ar. Mas também tem as pessoas e eu não as posso mandar embora, não é? Então sempre fui eu a ir embora. E acho que está na hora outra vez.

            Nos últimos meses tenho redescoberto uma cidade onde nunca me senti bem-vinda. Agora já me sinto mais à vontade e cada recanto tem o seu encanto. Mas eu não deixo de caminhar com a sensação que mesmo nos sítios mais escondidos vou deparar-me com alguém que me conhece. E eu não quero isso.
            O tempo é meu e só meu, não quero olás-tudo-bem, não quero o meu nome chamado para conversas de circunstância, não quero o meu telemóvel a tocar porque sabem que estou aqui, eu sei que os convites são bons mas a mim só me incomodam e sei que vocês gostam de mim mas eu não vos quero na minha vida. Lá estão porque, enfim, quando eu nasci já a teia estava interligada, mas isso não me importa e não me chega e não me faz bem. Já me chega partilhar o mesmo nome e o mesmo sangue, o meu tempo e a minha essência não as partilho por obrigação - só de coração e os nossos ténues laços sociais e de adn são apenas decoração.

            Que dias, os últimos... a pensar que preciso de uma coisa, a chegar à conclusão que não. Andei a balançar em incertezas e não tenho certezas de tudo neste momento mas não faz mal. Vou percebendo. Pelo menos sei o que não quero. E quando pensei no que queria e precisava, se calhar não estava muito ao lado, no fundo. Acho que preciso de pessoas na minha vida, sim, mas não de uma forma corriqueira. Nem eu mesma sou do tipo de ir tomar café, não faz sequer sentido querer isso. Mas às vezes o silêncio e a solidão pedem companhia (não preenchimento). E o silêncio é capaz de dizer muito mais sobre uma pessoa do que as palavras que ela diz.

            O que eu mais desejava agora era ir embora daqui para fora e ficar noutro sítio de vez, cortar contacto com todas as pessoas excepto as poucas que percebem o meu silêncio e comer um gelado de menta e chocolate. Se calhar é isso mesmo que vou fazer.

            Bem, não sou o único a estar neste modo, felizmente  :P

            Respondendo ao tópico, é mesmo: instalar-me numa cidade diferente e quebrar com todas as correntes que tenho ao sítio onde vivo. Há necessidades que são maiores do que os nossos tamanhos reais...

              O que eu mais desejava agora era...
              #4527

              Offline سامانتا

              • *****
              • Associad@
              • Membro Ultra
              • Género: Feminino
              • pretty in scarlet
              mudar de cidade e reiniciar.

              Sempre disse que, se não fosse pelas pessoas, Setúbal seria uma boa cidade para morar. É tranquila e é bonita e tem arte e tem mar e tem serra e tem rio e tem ar. Mas também tem as pessoas e eu não as posso mandar embora, não é? Então sempre fui eu a ir embora. E acho que está na hora outra vez.

              Nos últimos meses tenho redescoberto uma cidade onde nunca me senti bem-vinda. Agora já me sinto mais à vontade e cada recanto tem o seu encanto. Mas eu não deixo de caminhar com a sensação que mesmo nos sítios mais escondidos vou deparar-me com alguém que me conhece. E eu não quero isso.
              O tempo é meu e só meu, não quero olás-tudo-bem, não quero o meu nome chamado para conversas de circunstância, não quero o meu telemóvel a tocar porque sabem que estou aqui, eu sei que os convites são bons mas a mim só me incomodam e sei que vocês gostam de mim mas eu não vos quero na minha vida. Lá estão porque, enfim, quando eu nasci já a teia estava interligada, mas isso não me importa e não me chega e não me faz bem. Já me chega partilhar o mesmo nome e o mesmo sangue, o meu tempo e a minha essência não as partilho por obrigação - só de coração e os nossos ténues laços sociais e de adn são apenas decoração.

              Que dias, os últimos... a pensar que preciso de uma coisa, a chegar à conclusão que não. Andei a balançar em incertezas e não tenho certezas de tudo neste momento mas não faz mal. Vou percebendo. Pelo menos sei o que não quero. E quando pensei no que queria e precisava, se calhar não estava muito ao lado, no fundo. Acho que preciso de pessoas na minha vida, sim, mas não de uma forma corriqueira. Nem eu mesma sou do tipo de ir tomar café, não faz sequer sentido querer isso. Mas às vezes o silêncio e a solidão pedem companhia (não preenchimento). E o silêncio é capaz de dizer muito mais sobre uma pessoa do que as palavras que ela diz.

              O que eu mais desejava agora era ir embora daqui para fora e ficar noutro sítio de vez, cortar contacto com todas as pessoas excepto as poucas que percebem o meu silêncio e comer um gelado de menta e chocolate. Se calhar é isso mesmo que vou fazer.

              Bem, não sou o único a estar neste modo, felizmente  :P

              Respondendo ao tópico, é mesmo: instalar-me numa cidade diferente e quebrar com todas as correntes que tenho ao sítio onde vivo. Há necessidades que são maiores do que os nossos tamanhos reais...

              E há-de ser essa necessidade a realidade do nosso tamanho.  :)
                «Open your eyes, open your mind,
                proud like a god, don't pretend to be blind.
                Trapped in yourself, break out instead,
                beat/feed the machine that works in your head»
                - Guano Apes

                O que eu mais desejava agora era...
                #4528

                Offline MP

                • *****
                • Associad@
                • Membro Elite
                • Género: Feminino
                • YOUTUBE: MP&BÁRBARA
                  • CANAL DO YOUTUBE AQUI:
                Estar no Japão a comer centenas de Ramen lol lol

                  O que eu mais desejava agora era...
                  #4529

                  Offline carolinalg

                  • *****
                  • Moderação Geral
                  • Membro Elite
                  • Género: Feminino
                  • call it Magic... call it true...
                  Que os programas que eu comprei a peso de ouro descarregassem rápido. Vou no terceiro dia de downloads... Isto é demasiado.  lol
                    - carolinalg -

                    O que eu mais desejava agora era...
                    #4530

                    Offline dani_S

                    • *****
                    • Membro Ultra
                    • Género: Feminino
                    • Terror de te amar num sítio tão frágil como o mund
                      • Tumblr
                    Que viesses ter kmg
                      Terror de te amar num sítio tão frágil como o mundo

                      O que eu mais desejava agora era...
                      #4531

                      Offline Euphoria

                      • ****
                      • Membro Sénior
                      • Género: Feminino
                      • call it Magic... call it true...
                      Um abraço que me confortasse  :(
                        Os meus afectos não tem prazo de validade.

                        O que eu mais desejava agora era...
                        #4532

                        Offline Quetzal

                        • ***
                        • Membro Total
                        • Género: Feminino
                        eu + tu, esquecidas do resto do mundo

                          O que eu mais desejava agora era...
                          #4533

                          Offline Atomic

                          • *****
                          • Membro Ultra
                          • Género: Masculino
                          • Everything changes when you grow old...
                            • Somos Blergh
                          Que o fórum se atualizasse e limpasse num piscar de olhos XD

                          O que eu mais desejava agora era...
                          #4534

                          Offline Dreamer

                          • *****
                          • Associad@
                          • Membro Total
                          • Género: Masculino
                          • Veni. Vidi. Vici.
                          Desejava ir para um sitio bem longe, morar no meio da natureza, numa casinha simples, sem internet e aparelhos eletrónicos (tipo as casinhas dos hobbits no filme senhor dos aneis  lol ).
                            Não sabendo que era impossível, ele foi lá e fez.
                            Jean Cocteau

                             

                            Tópicos relacionados

                              Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                            657 Respostas
                            124046 Visualizações
                            Última mensagem 19 de Julho de 2014
                            por Lehane
                            64 Respostas
                            22637 Visualizações
                            Última mensagem 18 de Janeiro de 2015
                            por indecisiveness
                            33 Respostas
                            6119 Visualizações
                            Última mensagem 1 de Janeiro de 2014
                            por Sunsh1ne
                            3 Respostas
                            1226 Visualizações
                            Última mensagem 1 de Outubro de 2015
                            por T-Rex
                            64 Respostas
                            8629 Visualizações
                            Última mensagem 1 de Abril de 2018
                            por سامانتا