rede ex aequo

Olá Visitante06.mai.2021, 13:20:27

Autor Tópico: Amar o melhor amigo  (Lida 4552 vezes)

 
Amar o melhor amigo
#0

Offline davidl

  • *
  • Novo Membro
  • Género: Masculino
Boas pessoal.
Já conheço este fórum há algum tempo, mas até agora não me sentia à vontade para escrever aqui. Continuo a não sentir, mas tenho que desabafar senão não sei onde isto pára lol.

Ora bem, o meu problema é, muito simplesmente, estar apaixonado pelo meu melhor amigo hetero. É mais que uma paixão, é mesmo amor. Nunca fui o tipo de pessoa de me apaixonar facilmente, e de facto nunca tinha acontecido. Conheço este meu amigo à cerca de um ano, e nos ultimos meses percebi que gostava a sério dele. O rapaz é hetero, não gosta de "p*********" e afins, e se algum dia sonhasse acerca dos meus sentimentos por ele acabava tudo ali suponho.
Quando ele fala coisas acerca da namorada e ele, como é normal, eu não fico com inveja, fico com dor mesmo ^^'' É como se me espetassem uma faca directa ao coração, fico sem conseguir fazer mais nada o dia todo.

O meu problema é também não aceitar a minha suposta homossexualidade. Não nego que sinto atração física por homens, mas por muito que tente não me consigo ver a ter uma relação com algum, exceptuando este meu amigo. Sempre fui criado por mulheres a minha vida toda, pouco via o meu pai, e nunca tive nenhuma figura masculina a seguir. As minhas amigas sempre foram raparigas e nunca desenvolvi muito os gostos normais de rapaz, o jogar à bola e afins. Agora na faculdade tenho mais amigos rapazes e sinto-me melhor se estiver com eles. Não sei até aque ponto posso estar a confundir as coisas, se é algo derivado da maneira como fui criado. Eu sempre vi a mulher como figura materna, nunca como sexual ou afectiva. Agora com este convivio mais "masculino" digamos, começo a olhar para as raparigas de outra maneira, e não posso negar que não sinta uma atração, apesar de não se comparar ao que sinto pelo meu amigo. Então basicamente é este o meu problema. Acordo a pensar nele, deito-me a pensar nele, passo o dia a pensar nele e afins...
É horrível, detesto e tou a começar a entrar numa depressão por causa disso, porque sei que por muito que eu pense e ande, nunca vou poder ficar com ele da maneira que tanto queria. E é isso que me destroi por dentro cada dia que passa. Tem dias que fico bem, e outros como este que só me apetece atirar abaixo de uma ponte (salvo seja). É que, bolas eu não controlo isto, se pudesse escolher preferia estar apaixonado por outra pessoa mil vezes. Foi o simples facto de ter nascido com um cromossoma Y que me está a condenar a nunca poder ficar com a pessoa que amo.
E pronto era só o meu desabafo, de calhar até existem pessoas com o mesmo problema que eu e podem dizer algo...
« Última modificação: 28 de Junho de 2010 por davidl »

    Amar o melhor amigo
    #1

    Soueu20

    • Visitante
    Boas pessoal.
    Já conheço este fórum há algum tempo, mas até agora não me sentia à vontade para escrever aqui. Continuo a não sentir, mas tenho que desabafar senão não sei onde isto pára lol.

    Ora bem, o meu problema é, muito simplesmente, estar apaixonado pelo meu melhor amigo hetero. É mais que uma paixão, é mesmo amor. Nunca fui o tipo de pessoa de me apaixonar facilmente, e de facto nunca tinha acontecido. Conheço este meu amigo à cerca de um ano, e nos ultimos meses percebi que gostava a sério dele. O rapaz é hetero, não gosta de "p*********" e afins, e se algum dia sonhasse acerca dos meus sentimentos por ele acabava tudo ali suponho.
    Quando ele fala coisas acerca da namorada e ele, como é normal, eu não fico com inveja, fico com dor mesmo ^^'' É como se me espetassem uma faca directa ao coração, fico sem conseguir fazer mais nada o dia todo.

    O meu problema é também não aceitar a minha suposta homossexualidade. Não nego que sinto atração física por homens, mas por muito que tente não me consigo ver a ter uma relação com algum, exceptuando este meu amigo. Sempre fui criado por mulheres a minha vida toda, pouco via o meu pai, e nunca tive nenhuma figura masculina a seguir. As minhas amigas sempre foram raparigas e nunca desenvolvi muito os gostos normais de rapaz, o jogar à bola e afins. Agora na faculdade tenho mais amigos rapazes e sinto-me melhor se estiver com eles. Não sei até aque ponto posso estar a confundir as coisas, se é algo derivado da maneira como fui criado. Eu sempre vi a mulher como figura materna, nunca como sexual ou afectiva. Agora com este convivio mais "masculino" digamos, começo a olhar para as raparigas de outra maneira, e não posso negar que não sinta uma atração, apesar de não se comparar ao que sinto pelo meu amigo. Então basicamente é este o meu problema. Acordo a pensar nele, deito-me a pensar nele, passo o dia a pensar nele e afins...
    É horrível, detesto e tou a começar a entrar numa depressão por causa disso, porque sei que por muito que eu pense e ande, nunca vou poder ficar com ele da maneira que tanto queria. E é isso que me destroi por dentro cada dia que passa. Tem dias que fico bem, e outros como este que só me apetece atirar abaixo de uma ponte (salvo seja). É que, bolas eu não controlo isto, se pudesse escolher preferia estar apaixonado por outra pessoa mil vezes. Foi o simples facto de ter nascido com um cromossoma Y que me está a condenar a nunca poder ficar com a pessoa que amo.
    E pronto era só o meu desabafo, de calhar até existem pessoas com o mesmo problema que eu e podem dizer algo...

    Como te entendo amigo...

    Tens de meditar sobre o assunto um pouco e tirares as tuas conclusoes acerca da tua "homossexualidade"... Mas se precisares de desabafar estarei aqui para isso ;)

    Abraço grande :D

      Amar o melhor amigo
      #2

      Offline davidl

      • *
      • Novo Membro
      • Género: Masculino

      Tens de meditar sobre o assunto um pouco e tirares as tuas conclusoes acerca da tua "homossexualidade"...

      Olá Soueu20. Obrigado pela resposta ;)
      Eu sinto atração por homens, mas se andar com algum não me consigo sentir bem dê por onde dê. Com uma rapariga não sinto tanta atração mas não nego que me sinto no topo do mundo por estar com ela.
      Agora, isto do meu amigo está a condicionar-me a vida de uma maneira louca. Há dias como hoje, que devia estar a estudar, e só pelo simples facto de saber que ele está com a namorada ou se pensar a longo prazo e saber que daqui a dois ou três anos já não vou estar com ele numa base diária, fico completamente em baixo e não consigo fazer nada a não ser enfiar-me na cama e dormir um bocado a ver se o tempo passa... É o saber que por muito amigo que seja vai haver sempre alguém que se vai relacionar com ele a outro nível, mais que eu, que dali não avanço mais. Nunca me tinha sentido assim, e até gozava com as pessoas que ficavam mal por causa de paixonetas, mas se isto não é amor nada é...
      « Última modificação: 28 de Junho de 2010 por davidl »

        Amar o melhor amigo
        #3

        Agamemnon

        • Visitante
        Olá davidl! Bem-vindo ao fórum.

        Tenho algumas coisas que te quero dizer. Queria recomendar-te que não te pressiones no que toca à tua sexualidade. Não acho claro do que descreves se és homo, gay ou bi. Sinto é que tens alguns problemas em lidar com a homossexualidade em si. Não digo homofobia porque não é isso, mas uma certa condenação estética é clara do teu discurso. :) Mas isso é comum e acho que, ambientando-te aqui no fórum, conhecendo pessoal LGBT e procurando olhar para as coisas de outra maneira, ultrapassas isso. Mas esse esforço é fundamental para o teu auto-conhecimento e para gostares de ti próprio tal como és. ;)

        Quanto ao teu amigo.... Lamento ouvir a história. :-\ Aproveita os momentos com ele, e procura sentir felicidade ao vê-lo com as pessoas que ele ama, a namorada e tu, em contextos específicos. Querias ser outra coisa que não um amigo, mas dada a realidade, procura a felicidade no que tens. Não é muito animador isto que te digo, mas olha! :-\ A mal ou a bem és alguém muito especial para ele. :)

        Boa sorte e vai participando! :-*

          Amar o melhor amigo
          #4

          Offline davidl

          • *
          • Novo Membro
          • Género: Masculino
          procura sentir felicidade ao vê-lo com as pessoas que ele ama, a namorada e tu, em contextos específicos.

          São esses contextos específicos que me deixam triste, gostava de poder partilhar muito mais. Mas pronto, não posso fazer nada quanto a isso, há que ter resignação...
          « Última modificação: 1 de Julho de 2010 por davidl »

            Amar o melhor amigo
            #5

            Offline JoséS

            • *
            • Novo Membro
            Infelizmente sei como te sentes, é horrível mesmo...Parece que não nos imaginamos com outra pessoa senão aquela...Pelo contrário o meu amigo não sei se é hetero ou não...Mas mesmo que seja gay pode não gostar de mim, alias é mesmo isso que penso. E preciso força, e pensar que ao declararmos-nos ou algo do género podemos estragar uma amizade muito bonita.
            Enfim sentimentos complicados  [smiley=confuso.gif]

               

              Tópicos relacionados

                Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
              122 Respostas
              29566 Visualizações
              Última mensagem 11 de Agosto de 2009
              por Elijah Keat
              71 Respostas
              13140 Visualizações
              Última mensagem 2 de Agosto de 2009
              por Excidium
              13 Respostas
              4091 Visualizações
              Última mensagem 6 de Setembro de 2009
              por Non
              7 Respostas
              2973 Visualizações
              Última mensagem 17 de Junho de 2013
              por JoséS
              15 Respostas
              4168 Visualizações
              Última mensagem 12 de Março de 2015
              por bpn