rede ex aequo

Olá Visitante11.ago.2022, 03:45:39

Autor Tópico: Ser LGBT e deficiente  (Lida 16716 vezes)

 
Ser LGBT e deficiente
#40

Offline candy cane

  • *****
  • Membro Vintage
  • Género: Feminino
  • Orquídea azul (ex nóvózélica)
    • não estou in the mood
foi aí que eu me questionei: será que já aconteceu um deficiente mental nestas condições ser homossexual e não querer nenhuma prostituta(o) do sexo oposto e não se conseguir exprimir?....deve ser horrível!

Ou do mesmo sexo!
Não vi essa reportagem mas foi o filho que pediu uma prostituta?!
    Though nothing can bring back the hour
    Of splendor in the grass, of glory in the flower
    We will grieve not, but rather find
    Strength in what remains behind

    Wordsworth
    | www.naoestouinthemood.blogspot.com |

    Ser LGBT e deficiente
    #41

    Offline Blackdi

    • *****
    • Membro Vintage
    • Género: Feminino
    • "Na vida nada acontece por acaso."
      • Criatura da Noite
    Pois é, o link que deu origem a este tópico, já não funciona.

    Tenho alguma curiosidade em saber mais acerca deste assunto. Alguém conhece qualquer outra referência?

    Ser LGBT e deficiente
    #42

    Croft

    • Visitante
    foi aí que eu me questionei: será que já aconteceu um deficiente mental nestas condições ser homossexual e não querer nenhuma prostituta(o) do sexo oposto e não se conseguir exprimir?....deve ser horrível!

    Ou do mesmo sexo!
    Não vi essa reportagem mas foi o filho que pediu uma prostituta?!

    Já não me lembro ao certo, mas acho que foram os pais que tomaram a iniciativa de contratar uma prostituta para o filho (deficiente)! O problema é que os pais partiram da iniciativa de que ele era hetero, mas poderia não ser...quem sabe! Acho que nestas condições (de deficiência mental, e sem conseguirem falar) os deficientes não conseguem exprimir-se sobre a sua orientação sexual, e podem ser gays ou lésbicas,e por isso não quererem nenhuma pessoa do sexo oposto com quem fazer sexo ... e quem é que vai perceber isso?É complicado!  :-\ ;)

      Ser LGBT e deficiente
      #43

      Offline Thumbnail

      • *****
      • Membro Vintage
      • Género: Masculino
      • Ecce Somnium!
        • Bravis esse laboro, obscuro fio
      Nao estava á espera que existisse um topico destes no forum mas mais do que possam imaginar dam muito jeito.

      Antes de mais tenho que dizer que faço a minha vida toda perfeitamente bem, igual a qualquer pessoa sem esta  deficiencia.
      Entao é assim:
      Eu tenho um porblema de visao chamado Nystagmus "Nystagmus is an involuntary movement of the eyes which is usually from side to side The majority of those with Nystagmus have vision which is significantly worse than average and well below what is considered to be short sighted. Nystagmus is not contagious or infectious. Nystagmus is not painful and it does not lead to total blindness. Vision seems to improve until it stabilises around the age of five or six."...apesar de a minha visao o ano passado ter melhorado bastante o que é surpeendente....

      "nystagmus roughly affects 1 in every 1,000 people.!"....ha quem diga que é 1 em muito mais de 1000....estaticas sao estatisticas.

      O que provocou este problema foi uma mutaçao genetica e foi descobero no dia 3 de outubro deste ano o "Nystagmus Gene2.

      Volto a dizer que faço tudo normalmente porque ja me adaptei e que a primeira vez que alguem me ve nota q olhos se moviemtam um bocadinho, mas garanto que é so a primeira vez e q nao é assim tao asustador (nem parecido)....á terceira ja nem notam.

      A unica situaçao em que me sinto mal com este problema é quando estou com alguem que seja gay...pq nao podemos dizer que nao, quem é gay da bastante importancia á aparencia e se me vir so uma vez pode ficar com a sensaço errada de mim apenas por este detalhe dos olhos....a serio q é um detalhe....

      Penso que perceberam o que vos quis dizer.

      Informaçao recolhida de http://www.nystagmus.co.uk/


      Não sabia de todo da existência disso. Parece complicado, mas essa complicação não será só para um gay, creio que se estende a um largo universo -/
        Pertence ao fenómeno universal da natureza humana que o tétrico, o medonho e até o horrível brotem com irresistível beleza (Schiller)

        Artigo sobre deficientes gls
        #44

        Offline Má Palas

        • *
        • Novo Membro
        Olá, meu nome é Má Palas.
        Moro no Brasil, em São Paulo – SP.
        Sou colunista de dois sites gls. Um deles voltado totalmente para meninas, o Dykerama (www.dykerama.com) e, outro para baladas gls Pix Parties (www.pixparties.com).
        Estou em busca de ajuda para conseguir informações sobre deficientes físicos gays, mais especificamente mulheres.
        Como aqui no Brasil não tenho muita informação referente a este assunto, ainda não consegui definir uma título e uma linha de pesquisa para a confecção do texto.
        Pensei, inicialmente, em fazer um algo relacionando como é a vida de um deficiente gls no Brasil e como é na Europa. Mas, será que isto é tudo? Será que não há mais informações interessantes sobre, visto quando alguém engloba um assunto com a Europa sempre há uma certa comparação?
        Queria fazer algo inovador e que realmente as pessoas parassem um minuto para pensar neste assunto.
        Quem quiser me enviar informações ou depoimentos em particular, segue o meu e-mail particular:
        ma_palas@pixparties.com
        Obrigada por toda atenção,
        Má Palas
        « Última modificação: 15 de Julho de 2008 por Zão »

          Ser LGBT e deficiente
          #45

          titi077

          • Visitante
          olá meus caros amigos foristas

          este ano vou precisar da vossa ajuda apra um trabalho, exactamente sobre o tipo de preconceito que as pessoas têm sobre este tema... depois mais adiante explicarei o meu projecto e pedirei a vossa ajuda para uns testemunhos reais...

          obrigado

          acho que as pessoas precisam de ser educadas para aceitar a diferença, podemos ser LGBT e sermos portadores de uma deficiencia (motora por exemplo) e com isto aumentam as probabilidades de sermos excluidos da sociedade... temos que mudar estes preconceitos

            Ser LGBT e deficiente
            #46

            mike J

            • Visitante
            Eu sou gay e deficiente e vocês nem imaginam a minha frustação para com a vida, é que já não basta ter os problemas que tenho por ser gay, a minha deficiência acaba por atrapalhar ainda mais a minha vida. Quando fui à minha primeira reunião da rede ex aequo senti-me estranho porque as pessoas que estavam lá devem ter estado a olhar para a minha deficiência, e a reparar em mim como uma pessoa diferente.

              Ser LGBT e deficiente
              #47

              13

              • Visitante
              Eu sou gay e deficiente e vocês nem imaginam a minha frustação para com a vida, é que já não basta ter os problemas que tenho por ser gay, a minha deficiência acaba por atrapalhar ainda mais a minha vida. Quando fui à minha primeira reunião da rede ex aequo senti-me estranho porque as pessoas que estavam lá devem ter estado a olhar para a minha deficiência, e a reparar em mim como uma pessoa diferente.

              Muitas vezes as pessoas olham e reagem de maneira estranha porque não sabem como lidar com a situação. Não é desculpa, eu sei. Todos precisamos de aprender a lutar contra os nossos preconceitos, sobretudo quando nem nos apercebemos que os temos. Precisamos de saber mais, de viver mais, de ouvir mais. Se quiseres contar porque te sentiste estranho e como é que as pessoas podem evitar certas coisas que não deviam fazer, isso ajudaria de certeza. Eu gostava de saber :)

                Ser LGBT e deficiente
                #48

                Offline Blackdi

                • *****
                • Membro Vintage
                • Género: Feminino
                • "Na vida nada acontece por acaso."
                  • Criatura da Noite
                Eu sou gay e deficiente e vocês nem imaginam a minha frustação para com a vida, é que já não basta ter os problemas que tenho por ser gay, a minha deficiência acaba por atrapalhar ainda mais a minha vida. Quando fui à minha primeira reunião da rede ex aequo senti-me estranho porque as pessoas que estavam lá devem ter estado a olhar para a minha deficiência, e a reparar em mim como uma pessoa diferente.

                Muitas vezes as pessoas olham e reagem de maneira estranha porque não sabem como lidar com a situação. Não é desculpa, eu sei. Todos precisamos de aprender a lutar contra os nossos preconceitos, sobretudo quando nem nos apercebemos que os temos. Precisamos de saber mais, de viver mais, de ouvir mais. Se quiseres contar porque te sentiste estranho e como é que as pessoas podem evitar certas coisas que não deviam fazer, isso ajudaria de certeza. Eu gostava de saber :)

                Também gostaria que me esclarecesses um pouco mais. É um assunto que me interessa deveras, porque compreendo muito bem o que sentiste...

                Ser LGBT e deficiente
                #49

                mike J

                • Visitante
                Eu sou gay e deficiente e vocês nem imaginam a minha frustação para com a vida, é que já não basta ter os problemas que tenho por ser gay, a minha deficiência acaba por atrapalhar ainda mais a minha vida. Quando fui à minha primeira reunião da rede ex aequo senti-me estranho porque as pessoas que estavam lá devem ter estado a olhar para a minha deficiência, e a reparar em mim como uma pessoa diferente.

                Muitas vezes as pessoas olham e reagem de maneira estranha porque não sabem como lidar com a situação. Não é desculpa, eu sei. Todos precisamos de aprender a lutar contra os nossos preconceitos, sobretudo quando nem nos apercebemos que os temos. Precisamos de saber mais, de viver mais, de ouvir mais. Se quiseres contar porque te sentiste estranho e como é que as pessoas podem evitar certas coisas que não deviam fazer, isso ajudaria de certeza. Eu gostava de saber :)

                Também gostaria que me esclarecesses um pouco mais. É um assunto que me interessa deveras, porque compreendo muito bem o que sentiste...

                Senti-me estranho precisamente por ser diferente e por pertencer a uma minoria(sou uma minoria dentro de uma minoria).Quanto às reacções das pessoas quando olham para deficientes, devem tentar perceber o que vai na mente de um deficiente para lidarem melhor com essas pessoas.

                  Ser LGBT e deficiente
                  #50

                  Offline Blackdi

                  • *****
                  • Membro Vintage
                  • Género: Feminino
                  • "Na vida nada acontece por acaso."
                    • Criatura da Noite
                  Eu sou gay e deficiente e vocês nem imaginam a minha frustação para com a vida, é que já não basta ter os problemas que tenho por ser gay, a minha deficiência acaba por atrapalhar ainda mais a minha vida. Quando fui à minha primeira reunião da rede ex aequo senti-me estranho porque as pessoas que estavam lá devem ter estado a olhar para a minha deficiência, e a reparar em mim como uma pessoa diferente.

                  Muitas vezes as pessoas olham e reagem de maneira estranha porque não sabem como lidar com a situação. Não é desculpa, eu sei. Todos precisamos de aprender a lutar contra os nossos preconceitos, sobretudo quando nem nos apercebemos que os temos. Precisamos de saber mais, de viver mais, de ouvir mais. Se quiseres contar porque te sentiste estranho e como é que as pessoas podem evitar certas coisas que não deviam fazer, isso ajudaria de certeza. Eu gostava de saber :)

                  Também gostaria que me esclarecesses um pouco mais. É um assunto que me interessa deveras, porque compreendo muito bem o que sentiste...

                  Senti-me estranho precisamente por ser diferente e por pertencer a uma minoria(sou uma minoria dentro de uma minoria).Quanto às reacções das pessoas quando olham para deficientes, devem tentar perceber o que vai na mente de um deficiente para lidarem melhor com essas pessoas.

                  Pessoalmente, não gosto de utilizar a palavra 'deficiente'. Para mim apenas existem pessoas com necessidades especiais.  :)

                  Quanto ao resto, não posso deixar de concordar. Para tentar perceber o que vai dentro da cabeça de uma pessoa diferente, basta colocarmo-nos no lugar dessa pessoa. Ficar a olhar como se estivessemos a olhar para um ET, não é propriamente o mais adequado.

                  Ser LGBT e deficiente
                  #51

                  Offline ♙Angelita/Devilita♟

                  • *****
                  • Membro Ultra
                  • Banido
                  • Género: Feminino
                    • Anti-Homophobia
                  Eu sou gay e deficiente e vocês nem imaginam a minha frustação para com a vida, é que já não basta ter os problemas que tenho por ser gay, a minha deficiência acaba por atrapalhar ainda mais a minha vida. Quando fui à minha primeira reunião da rede ex aequo senti-me estranho porque as pessoas que estavam lá devem ter estado a olhar para a minha deficiência, e a reparar em mim como uma pessoa diferente.

                  Muitas vezes as pessoas olham e reagem de maneira estranha porque não sabem como lidar com a situação. Não é desculpa, eu sei. Todos precisamos de aprender a lutar contra os nossos preconceitos, sobretudo quando nem nos apercebemos que os temos. Precisamos de saber mais, de viver mais, de ouvir mais. Se quiseres contar porque te sentiste estranho e como é que as pessoas podem evitar certas coisas que não deviam fazer, isso ajudaria de certeza. Eu gostava de saber :)

                  Também gostaria que me esclarecesses um pouco mais. É um assunto que me interessa deveras, porque compreendo muito bem o que sentiste...

                  Senti-me estranho precisamente por ser diferente e por pertencer a uma minoria(sou uma minoria dentro de uma minoria).Quanto às reacções das pessoas quando olham para deficientes, devem tentar perceber o que vai na mente de um deficiente para lidarem melhor com essas pessoas.

                  Compreendo o que dizes, mas não te deixes ir abaixo, as pessoas por vezes não sabem o que fazem e olham de uma forma incomodativa, algumas chegam a ser estúpidas, mas nem toda a gente é assim e tu tens a tua beleza, não ligues a olhares que ferem.


                  Tenho um irmão "deficiente" que ficou assim após uma operação e sinto que as pessoas olham para ele com preconceito, a mim custa-me porque ele é meu irmão gosto bastante dele e era uma pessoa sem esse tipo de problemas antes da operação, é um homem muito grande e forte, as pessoas ficam assustadas quando olham para ele, dá para entender isso e depois gozam e apontam o dedo, outros dizem "coitadinho", detesto quando fazem isso, ele às vezes chora...

                  Eu própria tive durante uns meses da minha vida, após um "acidente" praticamente "cega" só reconhecia as pessoas pelo som da voz, passos ou cheiro, não tinha equilibrio e era a minha mãe quem cuidava de mim, os meus colegas visitavam-me, eu não falava, mas ouvia as pessoas e só me apetecia chorar, recuperei e continuei a ser uma das melhores alunas da escola, hoje tenho a minha visão perfeita e felizmente consigo falar, foram tempos difíceis, imagino se fosse agora, seria bem pior...

                     

                    Tópicos relacionados

                      Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                    180 Respostas
                    46751 Visualizações
                    Última mensagem 1 de Fevereiro de 2015
                    por akire
                    182 Respostas
                    34627 Visualizações
                    Última mensagem 9 de Novembro de 2009
                    por Bc
                    731 Respostas
                    144562 Visualizações
                    Última mensagem 16 de Maio de 2011
                    por FailedTheories
                    17 Respostas
                    9082 Visualizações
                    Última mensagem 23 de Junho de 2009
                    por withoutimagination
                    17 Respostas
                    6613 Visualizações
                    Última mensagem 9 de Maio de 2011
                    por portoboy