Fórum da rede ex aequo

Assuntos Gerais => Apoio => Trans => Tópico iniciado por: ADCarry99 em 27.fev.2019, 14:54:42

Título: Como começar transição em Lisboa?
Enviado por: ADCarry99 em 27.fev.2019, 14:54:42
Ok quero começar a transição (MtF) e vivo em Oeiras (com acesso fácil a hospitais e médicos em Lisboa) portanto vou aqui bombardear perguntas, talvez até ajude alguém de futuro.
1. Exatamente porquê devo evitar a psicologia/psiquiatria e ir direto à sexologia clínica? (estou a planear ir á sexologia de qualquer forma, só para perceber melhor)
2. Quais são os médicos mais trans-friendly nesta área? (SNS e privado)
3. Como são os tempos de espera para sexologia e endocrinologia? (SNS e privado)
4. Quanto tempo demoram geralmente as avaliações psicológicas? Qual a frequência das consultas? (SNS e privado)
5. Qual é o preço geral do processo todo? (não estou a falar de cirurgias, só hormonas e consultas)
Obrigado já por respostas e ajuda!
Sara (pelo menos por agora)

Título: Re: Como começar transição em Lisboa?
Enviado por: safir em 11.mar.2019, 00:33:49
Hey!


1. Exatamente porquê devo evitar a psicologia/psiquiatria e ir direto à sexologia clínica? (estou a planear ir á sexologia de qualquer forma, só para perceber melhor)


Penso que não é uma questão de evitar a psicologia/psiquiatria mas sim te dirigires diretamente para um acompanhamento adequado para processos de transição.

Existe uma lista de profissionais aptos a passar relatórios médicos para fins de transição que podes encontrar aqui : http://www.irn.mj.pt/sections/irn/doutrina/pareceres/civil/2011/p-c-c-29-2011-sjc-ct/ (http://www.irn.mj.pt/sections/irn/doutrina/pareceres/civil/2011/p-c-c-29-2011-sjc-ct/)

Estes profissionais de saúde fazem muitas vezes parte de equipas multidisciplinares que estão habilitadas a passar relatórios a atestar uma disforia de género ( antes dita como transexualidade ou perturbação de identidade de género).

Para fins burocráticos (mudança de nome e marcador de sexo em documentos ) já não são necessários este relatórios, mas para futuras intervenções cirurgicas continuam a ser necessários.

Como tal podes de facto ir a consultas de psicologia/psiquiatria com clínicos que não constam nesta lista, mas para efeitos legais de transição, para nada servem.

2. Quais são os médicos mais trans-friendly nesta área? (SNS e privado)


Dada a tua localização geográfica, os mais friendly no público encontram-se no Hospital Júlio de Matos ( Dra. Catarina Soares e Dra. Cristina Pablo) e no privado encontram-se na Pelviclinic sita na Av. do Brasil, Alvalade ( Dr. José Marçalo e Dr. João Santos).

3. Como são os tempos de espera para sexologia e endocrinologia? (SNS e privado)


Os tempos diferem de pessoa para pessoa.

No público as coisas demoram mais e tempos de espera entre consultas podem ser de dois meses.
Para a endocrinologia é semelhante.

No privado as coisas andam mais depressa e em menos de um mês podes ter uma consulta marcada.

4. Quanto tempo demoram geralmente as avaliações psicológicas? Qual a frequência das consultas? (SNS e privado)



Isto mais uma vez difere de pessoa para pessoa. Há quem consiga a sua 1ª avaliação em um mês e outro num ano.

Geralmente no privado as avalições obtem-se mais rapidamente mas também porque o tempo de espera entre consultas é mais reduzido e são médicos mais acessíveis.

5. Qual é o preço geral do processo todo? (não estou a falar de cirurgias, só hormonas e consultas)


No público as consultas são gratuitas (ou penso que só pagas as taxas moderadoras quem tem o mesmo valor que uma consulta no médico de família)

No privado que te indiquei acima, cada consulta de psicologia e neste caso de sexologia clinica ( que é prestada por um endocrinologista) ficam a cerca de 40€ cada.


Se não fui explícito numa resposta ou se tiveres mais dúvidas diz :)
Título: Re: Como começar transição em Lisboa?
Enviado por: ADCarry99 em 13.mar.2019, 09:49:58
Ok já ajudou imenso obrigado!