rede ex aequo

Olá Visitante08.dez.2022, 02:52:42

Sondagem

Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?

Nunca!!
Talvez
Sim, sem pensar 2 vezes

Autor Tópico: Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?  (Lida 207825 vezes)

 
Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
#1180

Kaiser

  • Visitante
Quanto a questão de custos monetários da transsexualidade não me vou pronunciar porque 1. Estou a falar dos LGBT e orientações e identidades LGBT no geral, não apenas de identidades de genero. 2. Qualquer pessoa trans vai-te dizer que o dinheiro é irrelevante comparado com a opção de viver miseravel para o resto da vida, ou o suicidio. 3. Não estou a discutir assuntos monetários, estou a discutir assuntos éticos. O dinheiro não interessa para nada para discutir ética.

Quando a "não ser normal" ser LGBT, eu diria que 4 em cada 10 pessoas no mundo são LGBT duma maneira ou outra. Pode não ser assim mas pronto, acredito ser uma estimativa razoavel, sem ir ver a fontes nenhumas porque isso dá demasiado trabalho do que aquele que estou disposta a colocar nesta posta de pescada. Isso implicaria que pelo menos 40% da população humana é LGBT duma maneira ou outra. Estas-me a dizer que 40% da população humana não é normal? Ser heterosexual é "normal" só porque existem em maior numero? Desculpa, mas essa lógica não pega comigo, e sinceramente, não devia de pegar com ninguem, porque não faz sentido completamente nenhum e não passa duma falacia básica chamada "apelo à maioria", descrita aqui http://pt.wikipedia.org/wiki/Argumentum_ad_populum

E quanto ao ultimo ponto, nenhuma pesquisa cientifica é financiada por mera curiosidade. Infelizmente, quando uma empresa ou um governo dá apoios financeiros a equipas cientificas, a primeira coisa nas suas cabeças é a rentabilidade desta mesma.

Mais sobre o assunto não me pronunciarei. Não acho ético considerar-se a heterosexualidade "normal" e se considerar orientações e identidades LGBT como "algo a ser estudado". E se a unica coisa que defende estes estudos cientificos, é, no fundo, uma falacia lógica das basicas, então que essa pesquisa toda caia por terra que já vai sem tempo.
« Última modificação: 25 de Julho de 2014 por Kaiserina »

    Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
    #1181

    Majad

    • Visitante
    Quanto a questão de custos monetários da transsexualidade não me vou pronunciar porque 1. Estou a falar dos LGBT e orientações e identidades LGBT no geral, não apenas de identidades de genero. 2. Qualquer pessoa trans vai-te dizer que o dinheiro é irrelevante comparado com a opção de viver miseravel para o resto da vida, ou o suicidio. 3. Não estou a discutir assuntos monetários, estou a discutir assuntos éticos. O dinheiro não interessa para nada para discutir ética.

    Okay. Entendo. Em relação ao ponto 2., acho que não é nada realístico dizeres que se houvesse no momento uma cura ou uma opção de escolha que ninguém a escolharia porque poderia vir eventualmente ter problemas de dinheiro. Disses-te isto ou não? (Pergunta genuina, não me assaltes por favor!)

    Se disses-te mesmo isso, então, se tivesses um filh@ e soubesses que vai ser uma pessoa transsexual e havia uma cura. Estás-me a dizer que não escolherias a "cura" para a transsexualidade? Preferias que o teu filh@ passa-se por porcaria todos os dias da vida até poder ter a operação?
    Responder
    Quando a "não ser normal" ser LGBT, eu diria que 4 em cada 10 pessoas no mundo são LGBT duma maneira ou outra. Pode não ser assim mas pronto, acredito ser uma estimativa razoavel, sem ir ver a fontes nenhumas porque isso dá demasiado trabalho do que aquele que estou disposta a colocar nesta posta de pescada. Isso implicaria que pelo menos 40% da população humana é LGBT duma maneira ou outra. Estas-me a dizer que 40% da população humana não é normal? Ser heterosexual é "normal" só porque existem em maior numero? Desculpa, mas essa lógica não pega comigo, e sinceramente, não devia de pegar com ninguem, porque não faz sentido completamente nenhum e não passa duma falacia básica chamada "apelo à maioria", descrita aqui http://pt.wikipedia.org/wiki/Argumentum_ad_populum

    Não percebeste o contexto da palavra normal que eu usei. Normal no contexto que usei quer dizer que se pertences à maioria (ou seja, 51% ou mais) é normal, senão, é anormal.

    É só isso. Eu não estou a usar a palavra normal/anormal aqui de uma maneira ofensiva, apenas estava a usar a palavra num contexto em termos de estatística, nada mais, nada menos, coisa que secalhar não percebeste.

    Mas enfim. Eu era para ter removido esta parte do texto quando fiz aquele post mas esqueci-me de o fazer e quando o fiz foi tarde de mais, já percebi.
    Responder
    E quanto ao ultimo ponto, nenhuma pesquisa cientifica é financiada por mera curiosidade. Infelizmente, quando uma empresa ou um governo dá apoios financeiros a equipas cientificas, a primeira coisa nas suas cabeças é a rentabilidade desta mesma.

    Discordo totalmente. Existem pessoas que não pertecem ao governo e apoiam pesquisas puramente devido à curiosidade ou porque alguém importante passou pelo mesmo.
    Responder
    Mais sobre o assunto não me pronunciarei. Não acho ético considerar-se a heterosexualidade "normal" e se considerar orientações e identidades LGBT como "algo a ser estudado". E se a unica coisa que defende estes estudos cientificos, é, no fundo, uma falacia lógica das basicas, então que essa pesquisa toda caia por terra que já vai sem tempo.

    Mas eu não tenho problemas nenhuns em que as pessoas estudem a sexualidade de uma pessoa, quer seja hetero, gay, bi ou seja lá o que for. Eu acho essas coisas até bastante interessantes.

    Parece que apenas temos opiniões diferentes das quais não queremos abandonar, assim por dizer, por isso não tenho muito para dizer.

      Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
      #1182

      Kaiser

      • Visitante
      Pois, temos opiniões muito diferentes :V Acordemos em discordar.

      Quanto a tua pergunta, realisticamente não vai acontecer, pois não irei reproduzir. Honestamente não sei se escolharia "curá-lo", se tivesse. Quem sou eu para decidir a identidade da minha criança por ela?

      Para encerrar o debate...

      **Assalta Majad e leva-lhe todo o dinheiro**

      Yoink!  ;D

      :P
      « Última modificação: 25 de Julho de 2014 por Kaiserina »

        Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
        #1183

        Majad

        • Visitante
        Pois, temos opiniões muito diferentes :V Acordemos em discordar.

        Quanto a tua pergunta, realisticamente não vai acontecer, pois não irei reproduzir. Honestamente não sei se escolharia "curá-lo", se tivesse. Quem sou eu para decidir a identidade da minha criança por ela?

        Para encerrar o debate...

        **Assalta Majad e leva-lhe todo o dinheiro**

        Yoink!  ;D

        :P
        Não vais? Okay. Estava mesmo curioso. Percebo essa parte de "Quem sou eu para decidir a identidade da minha criança por ela?" mas como um pai (não sou pai mas como futuro pai, vá), eu pessoalmente aceitaria a cura. O porquê disto não seria por falta de dinheiro ou apoio da minha parte, seria mesmo por causa das outras pessoas e os seus preconceitos, maaaaaaas pronto, nunca saberei de facto o que faria a não ser que me deparasse de facto com a situação portanto acho melhor não estar a dizer que faria mesmo X ou Y.

        Sacana que tu és, a roubar-me o dinheiro.  :P

        E para fechar também. Estava mesmo com medo de discutir isto, até porque amanhã em Cascais vai haver uma reunião sobre Trangenerismo, e não queria/quero estar a insultar ou algo do género. :|
        « Última modificação: 25 de Julho de 2014 por Majad »

          Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
          #1184

          Kaiser

          • Visitante
          Pois, temos opiniões muito diferentes :V Acordemos em discordar.

          Quanto a tua pergunta, realisticamente não vai acontecer, pois não irei reproduzir. Honestamente não sei se escolharia "curá-lo", se tivesse. Quem sou eu para decidir a identidade da minha criança por ela?

          Para encerrar o debate...

          **Assalta Majad e leva-lhe todo o dinheiro**

          Yoink!  ;D

          :P
          Não vais? Okay. Estava mesmo curioso. Percebo essa parte de "Quem sou eu para decidir a identidade da minha criança por ela?" mas como um pai (não sou pai mas como futuro pai, vá), eu pessoalmente aceitaria a cura. O porquê disto não seria por falta de dinheiro ou apoio da minha parte, seria mesmo por causa das outras pessoas e os seus preconceitos, maaaaaaas pronto.

          Sacana que tu és, a roubar-me o dinheiro.  :P

          E para fechar também. Estava mesmo com medo de discutir isto, até porque amanhã em Cascais vai haver uma reunião sobre Trangenerismo, e não queria/quero estar a insultar ou algo do género. :|

          Mhm. Honestamente o assunto interessa-me mas não me é possivel ir a Cascais :V

            Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
            #1185

            Majad

            • Visitante
            Mhm. Honestamente o assunto interessa-me mas não me é possivel ir a Cascais :V
            E parece que vai haver um convidad@!  ;D

            É pena não poderes ir... Mas em Setembro também vai haver uma sobre Trangenerismo em Lisboa, que eu quero ir também. Que é 27  Setembro, acho eu.

              Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
              #1186

              Kaiser

              • Visitante
              Marcarei na agenda  ;D

                Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                #1187

                Majad

                • Visitante
                Marcarei na agenda  ;D
                :up

                Estou ansioso! LOL.

                Bem, eu acho melhor calar-me agora porque penso que já fui muito off topic e não quero levar com um martelo em cima... <-<

                  Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                  #1188

                  Offline T-Rex

                  • *****
                  • Associad@
                  • Membro Ultra
                  • Género: Masculino
                  • Hakuna Batata!
                    • Um gajo trans a falar de cenas
                  Se pudesse escolher, deixaria de ser Transexual, sem pensar duas vezes... É que nem tem a ver com motivos económicos nem com o stress da família, nem nada disso, eu só queria deixar de me sentir disfórico. Gostava de saber o que é conseguir sentir-me bem dentro da minha própria pele, poder ver-me ao espelho e  não sentir angústia (ou, se tiver sorte naquele dia, apatia) , sem ter de mover montanhas nem abdicar de um montão de coisas que outras pessoas (cis) têm por garantido.

                  Ser homo/bisexual é algo que, por si só, não causa problemas ao indivíduo; os problemas vêm todos do exterior (da sociedade homofóbica); ser transexual já não é bem assim. Mesmo que vivesse numa sociedade completamente aceitadora da transexualidade, ia continuar a sentir-me mal, possivelmente confuso durante anos, e ia continuar a ter de me submeter a tratamentos hormonais e cirurgias para tentar ficar bem. Portanto, quero lá saber se esta não é a resposta "politicamente correta", mas sim, se eu pudesse mudar e deixar de ser transexual, mudaria. E se se descobrisse uma "cura" ou alguma forma de prevenir que uma criança nascesse trans, eu apoiaria essa "cura"; ser trans é algo que não desejo a ninguém.

                  Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                  #1189

                  Offline Just_a_Guy

                  • *
                  • Novo Membro
                  • Género: Masculino
                  Provavelmente não mudaria.

                  Muito porque eu sei que parte da minha personalidade e da minha maneira de ser vem de ser homossexual, por isso sei que se estou agora como estou, na "minha viagem" da vida, é também por culpa da minha sexualidade.

                    Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                    #1190

                    Offline Patronus

                    • **
                    • Membro Júnior
                    • Género: Masculino
                      • Gaying the World - Tumblr
                    Tenho 90% de certezas que não mudaria!

                    Era óbvio que a minha vida era muito mais fácil. Mas foi a minha orientação sexual que me fez ver muitas coisas, foi assim que aprendi outras tantas! Atualmente, sinto-me bem comigo mesmo, mas ainda me falta enfrentar muita coisa, por isso não digo ainda 100% :)
                      Destroy what destroys you.

                      Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                      #1191

                      Offline FilhoDeApolo

                      • *****
                      • Membro Ultra
                      • Género: Masculino
                      • "A Esperança é só uma distração."
                        • Aeminium
                      Talvez... :/
                      E não tenho orgulho de o dizer.

                        Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                        #1192

                        Offline natz88

                        • ****
                        • Membro Sénior
                        • Género: Feminino
                        • Por vezes encontra-se aquilo que não se procura.
                        Nem pensar!!! nunca mudaria mesmo que isso fosse possivel, nem pensaria em tal coisa!!! gosto mesmo imenso de mulheres, apesar de a vida ter me sido complicada de inicio por causa de gostar de raparogas, nao mudaria nada da minha vida.. foi ate graças ao facto dos meus pais terem descoberto o que sou por acidente que tive a coragem de sair de casa, ser independente!!! Ja passou um ano e estou muito bem como estou.. Agora esta tudo bem com meus pais.. mas nunca na vida mudaria o facto de ser lesbica!!! nem me vejo ser hetero.. é algo que ate me causa um certo tipo de arrepio!!!! Tenho mesmo muito orgulho de ser quem sou e apesar de ter sido dificil, conteu aos meus amigos heteros, aceitaram bem tudo, alguns familiares chegados souberam e tambem aceitaram, sobretudo a minha cunhada que tanto me apoiou desde o inicio, ate minhas colegas de trabalho!!! sinto me bem, e agora posso disser que estou mesmo feliz e bem aceite por todos!!! So falta mesmo ser feliz com alguem que ainda esta por aparecer  ;D
                          "Tristes tempos os nossos, é mais fácil desintegrar um átomo que um preconceito"
                                      Albert Einstein

                          Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                          #1193

                          Cardo

                          • Visitante
                          Mudar para quê? Qual a diferença entre mudar para hetero? O que isso iria implicar na minha vida? Que mudanças positivas? Não vejo porque mudar, estou bem assim.

                            Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                            #1194

                            MikyMiky

                            • Visitante
                            Sim...  [smiley=sim.gif]
                            Seria tudo muito mais simples, poderia namorar à vista de todos muito mais livremente, seria mais fácil obter namoros, visto que não adivinho  se os gajos que vejo na rua se são gays ou não... Já se fosse hetero, iria simplesmente olhar para todas as gajas como heteros e seria mais fácil arranjar alguém... no mundo gay só consegues arranjar alguém se te inserires no mundo gay / conhecer gays por vias associadas ao mesmo, caso contrario será quase impossível arranjar alguém assim do nada....tipo amor à primeira vista como nos filmes heteros no mundo gay é pra mim, quase impossível!  ::)
                            A não ser aqueles gays que ao serem mais efeminados, note-se claramente que são gays logo fica mais fácil outros gays perceberem que são... Agora rapazes "normais", é impossível... Não vou andar no metro, achar um rapaz giro e ir pedir-lhe o numero... Só se fosse pra levar um soco na cara  ;D Já com gajas vejo isso acontecer aos pontapés... Gajos vêem uma gaja gira e pedem-lhes o numero ou são eles que lhes dão, ou elas aceitam ou não... Sem problemas né?

                            Estou a ser simplesmente racional e a dizer uma verdade...
                            Até porque se fosse fácil arranjar alguém no mundo gay, não havia tantos gays solteiros... E muitos deles como também gostam de mulheres, optam sempre pelo lado mais fácil e procuram arranjar rapariga e por ai ficam...

                            Muitos de vocês dizem que não mudariam porque gostam, lógico, se é essa a vossa orientação sexual, significa que é isso que vos atrai tanto fisicamente como psicologicamente, dai normal alguns afirmarem que não mudariam... Mas depois existe pessoas como eu, talvez, que são mais neutros, e não penso no que gosto, mas sim naquilo que tornaria a vida mais simples, porque pra complicar basta só nascer... E aliás, se o facto de ser-se possível mudar, iria significar que iria gostar de mulheres depois de mudar, logo, so what? Ta-se bem!  lol Não ia ficar mal, né!?

                            Mas como essa possibilidade de mudar de orientação é como todos nós sabemos, impossível... mas pode e existe, a hipótese de viver "ignorando" esse facto e tentando ter uma vida hetero normal...  uns conseguem bem, outros nem por isso... Mas cada um é que sabe o que quer... Se sofrer com isso, acaba de alguma maneira ser o mesmo, mesmo vivendo aceitando ser gay acaba por sofrer de outras maneiras, muitas vezes de solidão.

                            Nada é perfeito...


                             

                              Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                              #1195

                              Offline Just_a_Guy

                              • *
                              • Novo Membro
                              • Género: Masculino
                              Sim...  [smiley=sim.gif]
                              Seria tudo muito mais simples, poderia namorar à vista de todos muito mais livremente, seria mais fácil obter namoros, visto que não adivinho  se os gajos que vejo na rua se são gays ou não... Já se fosse hetero, iria simplesmente olhar para todas as gajas como heteros e seria mais fácil arranjar alguém... no mundo gay só consegues arranjar alguém se te inserires no mundo gay / conhecer gays por vias associadas ao mesmo, caso contrario será quase impossível arranjar alguém assim do nada....tipo amor à primeira vista como nos filmes heteros no mundo gay é pra mim, quase impossível!  ::)
                              A não ser aqueles gays que ao serem mais efeminados, note-se claramente que são gays logo fica mais fácil outros gays perceberem que são... Agora rapazes "normais", é impossível... Não vou andar no metro, achar um rapaz giro e ir pedir-lhe o numero... Só se fosse pra levar um soco na cara  ;D Já com gajas vejo isso acontecer aos pontapés... Gajos vêem uma gaja gira e pedem-lhes o numero ou são eles que lhes dão, ou elas aceitam ou não... Sem problemas né?

                              Estou a ser simplesmente racional e a dizer uma verdade...
                              Até porque se fosse fácil arranjar alguém no mundo gay, não havia tantos gays solteiros... E muitos deles como também gostam de mulheres, optam sempre pelo lado mais fácil e procuram arranjar rapariga e por ai ficam...

                              Muitos de vocês dizem que não mudariam porque gostam, lógico, se é essa a vossa orientação sexual, significa que é isso que vos atrai tanto fisicamente como psicologicamente, dai normal alguns afirmarem que não mudariam... Mas depois existe pessoas como eu, talvez, que são mais neutros, e não penso no que gosto, mas sim naquilo que tornaria a vida mais simples, porque pra complicar basta só nascer... E aliás, se o facto de ser-se possível mudar, iria significar que iria gostar de mulheres depois de mudar, logo, so what? Ta-se bem!  lol Não ia ficar mal, né!?

                              Mas como essa possibilidade de mudar de orientação é como todos nós sabemos, impossível... mas pode e existe, a hipótese de viver "ignorando" esse facto e tentando ter uma vida hetero normal...  uns conseguem bem, outros nem por isso... Mas cada um é que sabe o que quer... Se sofrer com isso, acaba de alguma maneira ser o mesmo, mesmo vivendo aceitando ser gay acaba por sofrer de outras maneiras, muitas vezes de solidão.

                              Nada é perfeito...

                              NIsso tens toda a razão, seria mais fácil nesse campo. Sem dúvida.

                                Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                                #1196

                                Stabilo

                                • Visitante
                                Eu não mudaria quem eu sou! Eu mudaria os outros!

                                  Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                                  #1197

                                  Lightning

                                  • Visitante
                                  Eu não mudaria quem eu sou! Eu mudaria os outros!

                                  True xD ;)

                                    Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                                    #1198

                                    Lana.Maur

                                    • Visitante
                                    Eu não mudaria quem eu sou! Eu mudaria os outros!

                                    True xD ;)

                                    Isto! (x2)

                                    É bastante complicado, não sou assumida, só algumas pessoas o sabem.
                                    Vivo numa espécie de batalha entre o ser eu e ser o que a minha família quer.
                                    Escondo-me e revolto-me, mas eu sou o que sou.
                                    Posso não andar a gritar ao mundo quem sou mas eu sei o que sou, é o que importa.
                                    Posso não admitir perante a minha família mas, deep down, eles sabem.  (os que me conhecem)
                                    Posso ter fugido, negado, rejeitado, ter passado por essa fase péssima mas voltava a enfrentar tudo isso. (segunda ronda era tão mais fácil!)

                                    Para quê mudar? Ser "socialmente aceitável" ? Ser "normal" segundo a bíblia? Isso não me deixa mais feliz.
                                    Deixa-me triste.

                                    Entristece-me o facto de eu ter medos só porque já foi definido o que é ser "normal" e ser "anormal".

                                    Eu sou tão humana como qualquer outra pessoa, seja ela o que for.

                                    Não mudaria nada, mudaria o pensar dos outros. Dava cérebros a quem não os tem.

                                    "não (te) deixes, não (te) mates, não (te) iludas "
                                    « Última modificação: 17 de Agosto de 2014 por Orlay »

                                      Imaginem que era possível deixarem de ser LGBT... mudariam?
                                      #1199

                                      hele15

                                      • Visitante
                                      Responder

                                      É bastante complicado, não sou assumida, só algumas pessoas o sabem.
                                      Vivo numa espécie de batalha entre o ser eu e ser o que a minha família quer.
                                      Escondo-me e revolto-me, mas eu sou o que sou.
                                      Posso não andar a gritar ao mundo quem sou mas eu sei o que sou, é o que importa.
                                      Posso não admitir perante a minha família mas, deep down, eles sabem.  (os que me conhecem)
                                      Posso ter fugido, negado, rejeitado, ter passado por essa fase péssima mas voltava a enfrentar tudo isso. (segunda ronda era tão mais fácil!)

                                      Para quê mudar? Ser "socialmente aceitável" ? Ser "normal" segundo a bíblia? Isso não me deixa mais feliz.
                                      Deixa-me triste.

                                      Entristece-me o facto de eu ter medos só porque já foi definido o que é ser "normal" e ser "anormal".

                                      Eu sou tão humana como qualquer outra pessoa, seja ela o que for.

                                      Não mudaria nada, mudaria o pensar dos outros. Dava cérebros a quem não os tem.

                                      "não (te) deixes, não (te) mates, não (te) iludas "

                                      300x isto, muitoooooo bom!  [smiley=bateria.gif]

                                         

                                        Tópicos relacionados

                                          Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                                        657 Respostas
                                        139896 Visualizações
                                        Última mensagem 19 de Julho de 2014
                                        por Lehane
                                        439 Respostas
                                        88388 Visualizações
                                        Última mensagem 21 de Agosto de 2016
                                        por origo
                                        515 Respostas
                                        85545 Visualizações
                                        Última mensagem 24 de Abril de 2014
                                        por Endovélico
                                        31 Respostas
                                        6705 Visualizações
                                        Última mensagem 8 de Fevereiro de 2018
                                        por Atomic
                                        19 Respostas
                                        4481 Visualizações
                                        Última mensagem 8 de Maio de 2016
                                        por ÉssePê