Fórum da rede ex aequo

Assuntos Gerais => Geral => Tópico iniciado por: risotimido em 09.set.2010, 12:25:44

Título: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: risotimido em 09.set.2010, 12:25:44
Com quem não se sentem avontade

Não gostam de estar ao pé?
É dificil aceitar na comunidade?

Dêem as vossas opiniões
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Sofia5249 em 09.set.2010, 12:28:08
Sinto-me bem com todos os LGBT  ::)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Marij em 09.set.2010, 12:30:03
Não discrimino ninguém pela sua orientação sexual  :)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: pepe444 em 09.set.2010, 12:31:04
Talvez nao me sinta tao á vontade com Transgeneros ( Apesar de nao conhecer ninguem)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: risotimido em 09.set.2010, 12:43:28
Não discrimino ninguém pela sua orientação sexual  :)

Consideras ser trangenero uma orientação sexual?
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: pinkie em 09.set.2010, 13:16:40
Eu simplesmente sinto-me bem ao pé de toda a gente. Mesmo que estranhe um bocado no inicio, depois de conhecer melhor as pessoas estou na boa com toda a gente. Discriminar a minha própria comunidade é estúpido...
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Boreas em 09.set.2010, 14:00:11
O meu  à-vontade com as pessoas deve-se à compatibilidade de gostos e feitios, orientação sexual e identidade de género não me perturbam minimamente.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Marij em 09.set.2010, 14:11:44
Não discrimino ninguém pela sua orientação sexual  :)

Consideras ser trangenero uma orientação sexual?

Não discrimino ninguém pela sua orientação sexual nem pela sua identidade de género.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: epilepsy em 09.set.2010, 15:10:55
sinto-me à-vontade com TODOS! ;D
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Alpha em 10.set.2010, 18:30:43
O meu  à-vontade com as pessoas deve-se à compatibilidade de gostos e feitios, orientação sexual e identidade de género não me perturbam minimamente.

Exactamente
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: AlexC em 10.set.2010, 18:38:59
Eu respeito todos, quer na comunidade lgbt, quer em questões raciais, deficiência, aparência... Tenho respeito por todos! Sinto-me à vontade com todos, menos quando me sinto discriminada por ser bissexual...
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Draco em 11.set.2010, 01:21:29
Eu respeito todos, quer na comunidade lgbt, quer em questões raciais, deficiência, aparência... Tenho respeito por todos!
Subscrevo!
Mas conheço pouquíssimas pessoas LGBT, pelo menos que eu saiba que o sejam... :devil ::) Se calhar eu é que sou o discriminado :o :o lol lol (era uma piada ;) ;D )
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: risotimido em 13.set.2010, 11:55:34
Sabem uma coisa?

Dantes eu não ENTENDIA os transexuais: porque é que querem mudar de sexo, passar por tanta coisa so para mudarem completamente o corpo (que lhes fica bem)

nestes dias andei a informar-me melhor sobre isto atraves do youtube

Meu Eu Secreto - Parte 1 (http://www.youtube.com/watch?v=-K_s7S3Bcsw#)

este documentério tem 5 partes

ajudou a entender melhor

deve ser um desespero, desde criancinhas sentirem-se desenquadradas, querem ser diferentes de si fisicamente, porque quando à personalidade constroem sempre uma belíssima personalidade quando têm apoio e compreensão e não insultos nem mau-estar

dantes achava estranho, agora compreendo e apoio: não maltratando, mas sim apoiando e tentando que outros entendam.
não conheço nenhum Trans, normalmente uma pessoa ao passar por eles nem percebe- porque são mulheres BELAS e homens Bonitos

acredito que se chegassem ao pé de mim: "sou trans" eu primeiro tinha que ter um segundo para me habituar, mas sem duvida que depois ficava tudo bem, até porque se eu não estivesse à espera melhor - quer dizer que não se nota e é lindissima/o no SEU género :)

Diversidade leva à perfeição - havendo partilha de diferentes experiências, opiniões ... vivências

Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: MRPEC em 13.set.2010, 20:14:52
Não posso responder a essa pergunta neste momento... Ja estive na "comunidade" mas ha 3 meses que decidi sair da "comunidade" para um momento de introspeção, e desliguei-me de todos quanto conhecia, e agora quero comecar tudo de novo com novos amigos, e estes serão escolhidos á letra lool...

Mas acho que não sinto nada de diferente dentro da comunidade ou fora... Talvez sinta mais a vontade...  :-*

Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: btsferreira em 23.nov.2010, 18:24:28
Falta a minha opção pessoal... Nao discrimino nem me sinto desconfortavel
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: jamessaints em 23.nov.2010, 18:31:55
Falta a minha opção pessoal... Nao discrimino nem me sinto desconfortavel

Concordo! Falta uma outra opção na votação :-\ ;)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Radiant_Jaguar em 23.nov.2010, 19:59:48
EU NÃO DISCRIMINO!
Falta esta opção!

Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Adinatha em 23.nov.2010, 20:03:34
Discriminar não discrimino, mas não me sinto mutio à vontade com lésbicas másculas, por uma simples razão... sinto-me atraída por elas, mas não me quero aproximar porque uma já me fez sofrer muito. Aí sim, fui eu a discriminada por ser bi :/
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Wolf em 02.dez.2010, 06:50:59
Achei que partilhar este link aqui seria relevante para esta discussão. E talvez ligeiramente inflamatório. Encontrei e achei curioso.

http://bichascobardes.blogspot.com/ (http://bichascobardes.blogspot.com/)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Radiant_Jaguar em 02.dez.2010, 11:23:52
Olá Wolf!

É de salientar que muitos LGBT têm medo de assumir a sua sexualidade dado à pressão social que lhes é exercida desde que nasceram.
Eu sou homossexual e vou escrever sobre mim próprio. Peço desculpa mas algumas frases vão conter algumas palavras do dicionário de calão.
Eu não sou efeminado mas os meus pais notaram algo e diferente em mim (quando eu era pequenino).
Os meus pais nunca procuraram ajuda e preferiram encarar a situação como se existisse um grave problema em casa, em que esse problema era eu e o problema estava totalmente em mim. Na realidade não existia problema algum, eu apenas estava rodeado pelas pessoas erradas. O problema estava neles!
A forma como os meus pais tentaram resolver o assunto consistia na discriminação persistente (uma homofobia arrasadora), daí que, eu cresci numa família em que desde muito pequenino ouvia da boca dos meus pais coisas como: "Os p********* deviam morrer todos", "Os p********* são uns deficientes", etc
Lembro-me perfeitamente (deveria ter uns 4 anos) do meu pai dizer para a minha mãe (sem se preocupar com o facto de eu estar por perto): "Eu sempre te disse que este gajo é um p******, um maricas."
Lembro-me também dos meus pais saírem todos os sábados até ao café com o meu irmão e eu ficava sempre em casa. Os meus pais tinham vergonha de mim! Chegaram ao ponto de dar a melhor comida ao meu irmão. A discriminação entre as 4 paredes era tão notória! Penso que os meus pais só não me mataram porque não podiam.
Foi esta pressão social que criou em mim uma personagem que não era eu próprio (eu era super infeliz). Em casa não podia contar com o mínimo de apoio e na escola cheguei a ter namoradas para “fazer calar os outros”. Beijar pessoas do sexo que não se gosta é horrível!
A pressão social era enorme e a personagem que eu tinha criado para mim próprio estava tão bem elaborada que a certa altura notei que os meus próprios pais julgavam que já não tinham um filho homossexual (nessa altura, eu deveria ter uns 16 anos). Ironicamente, eles começaram a gostar de mim e eu a detesta-los cada vez mais e a detestar a vida de mentiras que eu próprio tinha criado só para agradar os outros.
A minha vida era um filme no qual eu representava um papel completamente diferente da realidade.
A pressão social da qual fui vítima fez com que eu pusesse a hipótese de casar com uma mulher só para agradar os outros.
Por volta dos 23 anos, decidi pensar em mim, já que, as pessoas que me rodearam desde criança nunca me tinham respeitado e só se preocupavam com o que as outras pessoas podiam pensar. Nessa altura também pensei que só se vive uma vez e que 23 anos dedicados a uma mentira era tempo desperdiçado a mais.
Felizmente, da mesma forma que tive força para criar aquela personagem e enganar todos, também tive força para me tornar completamente independente e afastar as pessoas que nunca me tinham respeitado.
Tenho muita pena das pessoas LGBT que passaram ou ainda passam pela mesma pressão social que eu passei e que não tiveram ou não têm a força suficiente para afastar as pessoas que nunca as respeitaram.
Hoje, tenho 34 anos, estou bem longe da minha família genética e homofóbica, tenho namorado já há 9 anos e sou muito feliz  :D

Desejo a todos um dia super excelente!
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Marius S. N. em 02.dez.2010, 11:35:39
Spoiler (clica para mostrar/esconder)

Eu cheguei aos 22 e tomei a mesma decisão...
Vou viver para outro sítio, não com namorado mas com uma amiga, alguém que realmente esteve sempre ao meu lado e nunca quis saber do que os outros pensam ou deixam de pensar do que sou ou deixo de ser. Alguém que merece ficar comigo para o resto da vida, e com quem eu quero ficar.
(Mas sim, sou gay lol).

Spoiler (clica para mostrar/esconder)

O mais importante parece-me mesmo ser: temos que nos lembrar todos que estamos ligados por sentimentos e situações iguais. Se não conseguirmos ser fortes sozinhos, seremos juntos.
Muito bom o vídeo, só escusava de me ter posto a chorar. Isto é muito gay! lol
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: btsferreira em 05.jan.2011, 20:00:05
Olá Wolf!

É de salientar que muitos LGBT têm medo de assumir a sua sexualidade dado à pressão social que lhes é exercida desde que nasceram.
Eu sou homossexual e vou escrever sobre mim próprio. Peço desculpa mas algumas frases vão conter algumas palavras do dicionário de calão.
Eu não sou efeminado mas os meus pais notaram algo e diferente em mim (quando eu era pequenino).
Os meus pais nunca procuraram ajuda e preferiram encarar a situação como se existisse um grave problema em casa, em que esse problema era eu e o problema estava totalmente em mim. Na realidade não existia problema algum, eu apenas estava rodeado pelas pessoas erradas. O problema estava neles!
A forma como os meus pais tentaram resolver o assunto consistia na discriminação persistente (uma homofobia arrasadora), daí que, eu cresci numa família em que desde muito pequenino ouvia da boca dos meus pais coisas como: "Os p********* deviam morrer todos", "Os p********* são uns deficientes", etc
Lembro-me perfeitamente (deveria ter uns 4 anos) do meu pai dizer para a minha mãe (sem se preocupar com o facto de eu estar por perto): "Eu sempre te disse que este gajo é um p******, um maricas."
Lembro-me também dos meus pais saírem todos os sábados até ao café com o meu irmão e eu ficava sempre em casa. Os meus pais tinham vergonha de mim! Chegaram ao ponto de dar a melhor comida ao meu irmão. A discriminação entre as 4 paredes era tão notória! Penso que os meus pais só não me mataram porque não podiam.
Foi esta pressão social que criou em mim uma personagem que não era eu próprio (eu era super infeliz). Em casa não podia contar com o mínimo de apoio e na escola cheguei a ter namoradas para “fazer calar os outros”. Beijar pessoas do sexo que não se gosta é horrível!
A pressão social era enorme e a personagem que eu tinha criado para mim próprio estava tão bem elaborada que a certa altura notei que os meus próprios pais julgavam que já não tinham um filho homossexual (nessa altura, eu deveria ter uns 16 anos). Ironicamente, eles começaram a gostar de mim e eu a detesta-los cada vez mais e a detestar a vida de mentiras que eu próprio tinha criado só para agradar os outros.
A minha vida era um filme no qual eu representava um papel completamente diferente da realidade.
A pressão social da qual fui vítima fez com que eu pusesse a hipótese de casar com uma mulher só para agradar os outros.
Por volta dos 23 anos, decidi pensar em mim, já que, as pessoas que me rodearam desde criança nunca me tinham respeitado e só se preocupavam com o que as outras pessoas podiam pensar. Nessa altura também pensei que só se vive uma vez e que 23 anos dedicados a uma mentira era tempo desperdiçado a mais.
Felizmente, da mesma forma que tive força para criar aquela personagem e enganar todos, também tive força para me tornar completamente independente e afastar as pessoas que nunca me tinham respeitado.
Tenho muita pena das pessoas LGBT que passaram ou ainda passam pela mesma pressão social que eu passei e que não tiveram ou não têm a força suficiente para afastar as pessoas que nunca as respeitaram.
Hoje, tenho 34 anos, estou bem longe da minha família genética e homofóbica, tenho namorado já há 9 anos e sou muito feliz  :D

Desejo a todos um dia super excelente!

Parabens pela coragem e obrigado por partilhares a tua historia... é deveras impressionnte que com tantos problemas tenhas dado a volta por cima e sejas, pelos posts que escreves, tao animado.
Quero felicitar-te e espero que sejas mais uma historia que motive quem esteja numa situação parecida a tua que tudo pode e vai melhorar :)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: teddyJ em 05.jan.2011, 20:37:39
será impressão minha ou mesmo dentro da comunidade LGBT os homens continuam a ser mais preconceituosos? ::)
enfim, respondendo à pergunta, não discrimino ninguém :)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Miguel★ em 08.jan.2011, 18:24:19
O meu  à-vontade com as pessoas deve-se à compatibilidade de gostos e feitios, orientação sexual e identidade de género não me perturbam minimamente.

Você é um anjo. :heart [smiley=sim.gif]
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: philip17rc em 08.jan.2011, 20:03:16
Provavelmente os gays enfeminados são os que me fazem mais confusão ao sistema nervoso.
Respeito-os, e não os discrimino, mas não deixam de fazer "dling dling" no meu sistema nervoso  lol  :devil

O sentimento é mutuo para as "titis de Cascais" hehe  :devil
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Michelle em 02.abr.2018, 11:40:35
será impressão minha ou mesmo dentro da comunidade LGBT os homens continuam a ser mais preconceituosos? ::)
Acho que depende a quem se dirige o preconceito :)

enfim, respondendo à pergunta, não discrimino ninguém :)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Pouto em 03.abr.2018, 21:46:36
Não me sinto a vontade com ninguem na comunidade LGBT muito honestamente.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Michelle em 03.abr.2018, 23:39:49
Não me sinto a vontade com ninguem na comunidade LGBT muito honestamente.

Eu continuo a tentar🤞🏽
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Atomic em 04.abr.2018, 00:15:18
Pessoalmente encontrei muito boas pessoas através da rede ex aequo, talvez tenha tido sorte...

Noto no entanto que ainda há algum preconceito dentro da comunidade contra pessoas Bi :/
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: elcask em 04.abr.2018, 18:06:25
dentro da comunidade existe muita discriminação em forma geral, e triste mas é a realidade...
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Sinvastatina em 04.abr.2018, 18:48:58
Sou Mulher Trans e infelizmente, considero que dentro da comunidade LGBTQ existe muita, muita discriminação, para além de ,muito desconhecimento da realidade T. O T de transexual, parece-me que não existe.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Gael Romã em 04.abr.2018, 20:07:09
E mesmo dentro da comunidade T parece nem sempre haver muito acordo e inclusive, por vezes, a necessidade de continuar a discriminar e a pôr de parte pessoas apenas porque diferem nisto ou naquilo.
Irrita-me até à ponta dos cabelos. [smiley=bomba.gif]
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: carolinalg em 04.abr.2018, 20:17:19
A comunidade ainda tem dificuldade em reconhecer as "borboletas", as "camionistas", os trans, os não-binários, ...resumindo... toda a gente que não é nem Pão nem Sopas.
Que raiva tão grande.


Eu, no meu caso em particular, apenas não sou fã das pessoas (LGBT ou não) que chamem demasiado à atenção com o seu modo de ser... e porquê? Porque sou uma pessoa discreta, que gosta de estar na sua e de não ser vítima de olhares deste mundo e do outro, quer esteja sozinha ou acompanhada =)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: R1992 em 04.abr.2018, 20:31:41
Acerca dos bis, o que me dizem é que "nós" temos mais estigma porque "não conseguimos amar homens como amamos mulheres". Acho isto redutor, mas noutro tópico já expus (até com um exemplo pessoal) a minha singela opinião.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Gael Romã em 04.abr.2018, 20:46:29
Moral da história ... toda a gente é discriminada. bof :inq
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Michelle em 04.abr.2018, 23:45:59
dentro da comunidade existe muita discriminação em forma geral, e triste mas é a realidade...

Ainda há mt trabalho a fazer da nossa parte. Da parte das associações, vejo muito cuidado na sensibilização da comunidade LGBT e hetero. Mas depois se nos arraiais, por exemplo, está tudo no speed dating e seis gatos pingados junto das associações, acaba por ser uma sorte encontrar malta esclarecida, ou, pelo menos, compreensiva.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Jiyoana em 05.abr.2018, 07:50:24
Não me sinto a vontade com ninguem na comunidade LGBT muito honestamente.


Sinto o mesmo.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Boreas em 05.abr.2018, 14:51:16
Eventualmente isso deve-se a não ter sido construído um verdadeiro sentido comunitário e ainda existirem estereótipos que as pessoas que se enquadram em diferentes "letras" sofrem.
É por isso que acho importantíssimo a existência de espaços de convívio e partilha. É perfeito para o estabelecimento de laços e compreensão mais profunda.
Fico demasiado chocado com a falta de compreensão que reparo entre os trans. Não são todos os casos, obviamente, mas já assisti a mais casos de pessoas que invalidam a experiência de vida dos outros só porque é diferente da sua. Isso confunde-me imenso.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Michelle em 05.abr.2018, 15:04:36
Eventualmente isso deve-se a não ter sido construído um verdadeiro sentido comunitário e ainda existirem estereótipos que as pessoas que se enquadram em diferentes "letras" sofrem.
É por isso que acho importantíssimo a existência de espaços de convívio e partilha. É perfeito para o estabelecimento de laços e compreensão mais profunda.
Fico demasiado chocado com a falta de compreensão que reparo entre os trans. Não são todos os casos, obviamente, mas já assisti a mais casos de pessoas que invalidam a experiência de vida dos outros só porque é diferente da sua. Isso confunde-me imenso.
Bem anotado... mesmo entre pessoas da mesma "letra" há discriminação. Estamos bem x'D
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: elcask em 05.abr.2018, 18:20:45
estamos é bem tramados/as, como quero ser mais bem " aceites" se nós somos fazemos discriminação, se ela e demais feminina é porque não e lésbica, se ela se tem um estilo mais macho já e macho, e o mesmo para eles... quanto aos trans eu não sei, pois acho que cada um devia ser feliz como se sente, sente ter que vestir outra "pele" senão a sua própria.........


eu já senti isso enfim...
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Gael Romã em 05.abr.2018, 20:02:42
Responder
pois acho que cada um devia ser feliz como se sente, sente ter que vestir outra "pele" senão a sua própria.........


Viva elcask que tem toda a razão ! iupi !  ;D ;D ;D
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: elcask em 05.abr.2018, 21:30:58
Responder
pois acho que cada um devia ser feliz como se sente, sente ter que vestir outra "pele" senão a sua própria.........


Viva elcask que tem toda a razão ! iupi !  ;D ;D ;D

eu fico é triste, o sentimento que é bom nem ver....
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Gael Romã em 05.abr.2018, 23:35:09
Responder
pois acho que cada um devia ser feliz como se sente, sente ter que vestir outra "pele" senão a sua própria.........


Viva elcask que tem toda a razão ! iupi !  ;D ;D ;D

eu fico é triste, o sentimento que é bom nem ver....

O que quis dizer é que concordo que cada um deve ser feliz como é e que nos devemos apoiar uns aos outros nessas conquistas.
Acho que tens razão e que esse é um bom caminho.
Não desanimes :)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: elcask em 06.abr.2018, 19:30:26
Sim eu entendi o que querias dizer, mas que de facto o mundo lgbt muito sem tem que apreender, ver com olhos e não apenas se limitar a olhar... pois o teu estilo, moda, trabalho, acho que isso não te define que pessoas que és e quem tu és...
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: sleepy_heart em 08.abr.2018, 11:09:53
Estava à procura do tópico sobre amizades lgbt e não encontrei mas este parece-me igualmente adequado:


Para dizer a verdade ultimamente tenho preferido estar com amigos/as hetero por motivos bem simples. Contam-se pelos dedos as amizades lgbt embora as que tenha sejam verdadeiras e duradouras. Creio que o meio lgbt, infelizmente, é muito competitivo (aliás, o hetero também o é mas o lgbt é aquele em que me insiro e obviamente notamos sempre mais quando estamos directamente relacionados/as e somos parte "interessada"). Já são muitos os anos em que ando "por aqui". Atenção que tudo isto que vou transmitir não é um julgamento mas a conclusão analítica que fiz ao pensar neste tema. Os timmings são, naturalmente, distintos em todas as circunstâncias da vida e eles vão marcando as relações interpessoais: algumas pessoas só querem sexo e não há espaço para a amizade, outras pessoas procuram namorada e quando encontram duas ou três divergências nos gostos deixam de falar, outras começam a namorar e nunca mais falam, outras deixam de falar por terem namoradas territoriais: quando acabam o namoro voltam a falar dizendo que tinham uma namorada que não lidava muito bem com os contactos L que tinha, etc. Aquilo que poderia ser uma rede de amizade, partilha, etc. - e obrigada a todos/as os que se esforçam para tal! - vai quebrando aqui e ali porque os egos entram em cena e a sociedade a nível geral - e a nossa comunidade não é alheia à sociedade - ainda não está preparada para incluir as pessoas por mais que se diga que sim. É perfeitamente natural não nos identificarmos com toda a gente e que nem toda a gente se identifique connosco: faz parte. Também não temos que ser amigos/as de toda a gente, é verdade. Mas sinto-me algo "desiludida". Aceito a divergência de caminhos e aceito a rejeição amorosa bem melhor do que a perda ou ausência de amizades que estão presentes diariamente e que de repente se evaporam: por já não se ser novidade, talvez? Por já não precisarem dos nossos conselhos? De repente já não há ligação? Ou é o ego que fragiliza as amizades quando entra em cena? Ou falam de amizade e quando já não têm outros interesses por nós desaparecem? Parecem-me "critérios" de selecção tão redutores quanto inacreditáveis. Não me custa tanto se não me querem como namorada mas quando se trata de amizade custa. Custa porque nos damos a conhecer através de km e km de mensagens para depois acabarem por não nos incluir - nem nos deixarem a nós incluir e partilhar - seja no que / o que for. Uma coisa é não quererem andar connosco de mão dada: tudo bem. Mas amizade? Andamos na escola primária e "hoje sou tua amiga" e amanhã já não? A mim mesmo que me magoem acabo por tentar salvar amizades: algumas não têm resgate possível mas tento sempre. Neste momento sei que eu própria estou a afastar, muito provavelmente, pessoas maravilhosas mas não tenho vontade nenhuma de me dar a conhecer porque sei que o rácio não compensa e o tempo que temos da vida é algo precioso! Como sou assumida para os/as amigos/as hetero tenho preferido estar com eles/as. Talvez seja zona de conforto mas valorizo os momentos, partilha de experiências de amizade e não tenho mesmo tempo a perder! Sinto-me mais incluída com os/as hetero de sempre e a criação de memórias é o que faz as amizades prevalecerem! Já não tenho paciência para a divergência entre o manifesto da "importância" da amizade por palavras e a realidade.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Mirta em 08.abr.2018, 17:11:46
Estava à procura do tópico sobre amizades lgbt e não encontrei mas este parece-me igualmente adequado:


Para dizer a verdade ultimamente tenho preferido estar com amigos/as hetero por motivos bem simples. Contam-se pelos dedos as amizades lgbt embora as que tenha sejam verdadeiras e duradouras. Creio que o meio lgbt, infelizmente, é muito competitivo (aliás, o hetero também o é mas o lgbt é aquele em que me insiro e obviamente notamos sempre mais quando estamos directamente relacionados/as e somos parte "interessada"). Já são muitos os anos em que ando "por aqui". Atenção que tudo isto que vou transmitir não é um julgamento mas a conclusão analítica que fiz ao pensar neste tema. Os timmings são, naturalmente, distintos em todas as circunstâncias da vida e eles vão marcando as relações interpessoais: algumas pessoas só querem sexo e não há espaço para a amizade, outras pessoas procuram namorada e quando encontram duas ou três divergências nos gostos deixam de falar, outras começam a namorar e nunca mais falam, outras deixam de falar por terem namoradas territoriais: quando acabam o namoro voltam a falar dizendo que tinham uma namorada que não lidava muito bem com os contactos L que tinha, etc. Aquilo que poderia ser uma rede de amizade, partilha, etc. - e obrigada a todos/as os que se esforçam para tal! - vai quebrando aqui e ali porque os egos entram em cena e a sociedade a nível geral - e a nossa comunidade não é alheia à sociedade - ainda não está preparada para incluir as pessoas por mais que se diga que sim. É perfeitamente natural não nos identificarmos com toda a gente e que nem toda a gente se identifique connosco: faz parte. Também não temos que ser amigos/as de toda a gente, é verdade. Mas sinto-me algo "desiludida". Aceito a divergência de caminhos e aceito a rejeição amorosa bem melhor do que a perda ou ausência de amizades que estão presentes diariamente e que de repente se evaporam: por já não se ser novidade, talvez? Por já não precisarem dos nossos conselhos? De repente já não há ligação? Ou é o ego que fragiliza as amizades quando entra em cena? Ou falam de amizade e quando já não têm outros interesses por nós desaparecem? Parecem-me "critérios" de selecção tão redutores quanto inacreditáveis. Não me custa tanto se não me querem como namorada mas quando se trata de amizade custa. Custa porque nos damos a conhecer através de km e km de mensagens para depois acabarem por não nos incluir - nem nos deixarem a nós incluir e partilhar - seja no que / o que for. Uma coisa é não quererem andar connosco de mão dada: tudo bem. Mas amizade? Andamos na escola primária e "hoje sou tua amiga" e amanhã já não? A mim mesmo que me magoem acabo por tentar salvar amizades: algumas não têm resgate possível mas tento sempre. Neste momento sei que eu própria estou a afastar, muito provavelmente, pessoas maravilhosas mas não tenho vontade nenhuma de me dar a conhecer porque sei que o rácio não compensa e o tempo que temos da vida é algo precioso! Como sou assumida para os/as amigos/as hetero tenho preferido estar com eles/as. Talvez seja zona de conforto mas valorizo os momentos, partilha de experiências de amizade e não tenho mesmo tempo a perder! Sinto-me mais incluída com os/as hetero de sempre e a criação de memórias é o que faz as amizades prevalecerem! Já não tenho paciência para a divergência entre o manifesto da "importância" da amizade por palavras e a realidade.


Subscrevo integralmente... Já desisti até de conhecer pessoas do meio...
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Atomic em 08.abr.2018, 17:43:51
Eu pessoalmente acho que algumas questões levantadas estão mais ligadas a ambientes onde pessoas se conhecem do que propriamente de discriminação na própria comunidade. Acho que há ambientes que são tipicamente se engate, sejam eles bares, festas, aplicações, etc. obviamente é sempre possível calhar de conhecerem alguém fantástico nesses espaços e de ficarem grandes amigos, mas não é o foco deles.


Por outro lado, embora reconheça que são escassos, penso que a rede ex aequo, a Ilga (em Lisboa) e outros coletivos locais proporcionam muitas vezes espaços de debate e partilha de opiniões, onde realmente é mais propricio que se criem amizades.


Culpo mais rapidamente a falta de trabalho voluntário para assegurar a existência desses espaços, do que propriamente a comunidade em si. Da mesma forma que vocês fizeram amigos fora da comunidade fora de espaços de engate, não se podem admirar se em espaços de engate de facto não conseguirem estabelecer amizades.


Isto é sumariamente a minha opinião, estão livres de discordar dela ;)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: sleepy_heart em 08.abr.2018, 18:12:29
Eu pessoalmente acho que algumas questões levantadas estão mais ligadas a ambientes onde pessoas se conhecem do que propriamente de discriminação na própria comunidade. Acho que há ambientes que são tipicamente se engate, sejam eles bares, festas, aplicações, etc. obviamente é sempre possível calhar de conhecerem alguém fantástico nesses espaços e de ficarem grandes amigos, mas não é o foco deles.


Por outro lado, embora reconheça que são escassos, penso que a rede ex aequo, a Ilga (em Lisboa) e outros coletivos locais proporcionam muitas vezes espaços de debate e partilha de opiniões, onde realmente é mais propricio que se criem amizades.


Culpo mais rapidamente a falta de trabalho voluntário para assegurar a existência desses espaços, do que propriamente a comunidade em si. Da mesma forma que vocês fizeram amigos fora da comunidade fora de espaços de engate, não se podem admirar se em espaços de engate de facto não conseguirem estabelecer amizades.


Isto é sumariamente a minha opinião, estão livres de discordar dela ;)

Percebo o que dizes e muitas das vezes é assim. No meu caso não frequento quaisquer desses espaços de engate aos quais te referes e têm sido contactos precisamente dentro da rea. Há pessoas e pessoas em todos os lugares/comunidades mas a minha "análise" (e é óbvio que cada caso é um caso) destes 15 anos foi essa: de tanto contacto e "energia" fica pouco. Mas também... ficam as amizades que têm que ficar. Mas para mim é mais confortável o meu ciclo de amizades hetero - o que não significa que seja tudo cor-de-rosa, obviamente.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: Atomic em 08.abr.2018, 18:21:32
Bem, nesse caso sleepy_heart terei de te desejar melhor sorte ^^' penso que a minha experiência na associação de um modo geral foi mais positiva nesse caso, que foi a associação que me proporcionou o grupo de amigos próximos que hoje tenho...


Mas pronto, em último caso, experiências pessoais vão sempre variar de acordo com as pessoas que se venham a cruzar ;)
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: sleepy_heart em 08.abr.2018, 18:33:18
Bem, nesse caso sleepy_heart terei de te desejar melhor sorte ^^' penso que a minha experiência na associação de um modo geral foi mais positiva nesse caso, que foi a associação que me proporcionou o grupo de amigos próximos que hoje tenho...


Mas pronto, em último caso, experiências pessoais vão sempre variar de acordo com as pessoas que se venham a cruzar ;)

Obrigada! Iniciei o que escrevi dizendo "Contam-se pelos dedos as amizades lgbt embora as que tenha sejam verdadeiras e duradouras." Mas olhando para o rácio e analisando alguns comportamentos ao longo do tempo tirei as minhas conclusões. Mas isto do comportamento humano está longe de ser uma ciência e muito menos uma ciência exacta :) Acredito que muitas das vezes tenha a ver com aquilo de que cada pessoa anda à procura ou as expectativas que tem e, também, o momento pessoal em que cada um/a de nós se encontra. A vida é mesmo assim. Não estou a queixar-me de todo o mundo lgbt, estou só a dizer que tenho preferido estar com as pessoas hetero por não haver todas essas questiúnculas que vão definindo ciclos.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: elcask em 08.abr.2018, 23:51:36
Concordo contigo, amigos hetros são a minha família, melhor não podia ter, esse não me julgao como o mundo lgbt o faz, tenho poucas amigas lesbicas (2), sim são amizades para toda a vida.... mas descreves uma realidade.. não quero perder a esperança mais cada dia que passa fica difícil de acreditar.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: unfold em 08.jun.2021, 04:41:31
Há discriminação e não é pouca. E acontece porque não somos uma comunidade, no verdadeiro sentido de comunidade. Sei que não sou a única a senti-lo, mas como nem todos têm a mesma vontade ou coragem de se manifestar, faço-o eu, mais para dar a oportunidade de reflexão, do que por julgamento - pese embora, sinta alguma mágoa, vou tentar distanciar-me e ser mais "generalista" do que pessoal. Todos temos preconceitos. A diferença entre conseguirmos alcançar o sentido/o significado de comunidade está na vontade ou não de cada elemento da comunidade ser capaz de crescer e ir vencendo contra esses mesmos preconceitos. Ou podíamos, se calhar, deixar de "romantizar" acerca daquilo que somos e vermos cruamente o que realmente somos enquanto comunidade. Se calhar, começar por explicar que partilhamos várias orientações sexuais dentro do mesmo espectro, mas que isso não significa que tenhamos afinidade por todos os tipos de personalidade, etc. Lembro-me de um tópico por aqui acerca, até, de discriminação contra os bissexuais dentro da própria comunidade e só tenho a dizer aos que discriminam: cresçam. Querem ser aceites e não aceitam? É assim "lá fora" e é assim aqui. Não digam que vão acolher as pessoas, porque muitas das vezes não vão. Vão dizer-lhes "És bem vindo/a." porque o politicamente correcto assim o exige, mas muito do que se passa - felizmente não é, e ainda bem, com toda a gente nem em todos os núcleos/grupos, da rede ou fora dela, noutros grupos que existem - é que a pessoa até pode ser bem vinda pela orientação (quando o é, porque já vimos com o exemplo supra referido, que nem sempre a orientação é aceite), mas não é em muitas outras coisas, e então os núcleos deixam de o ser, deixam de ser uma comunidade para serem grupinhos dentro de grupinhos. Cada um faz as suas escolhas e cada um é livre de as fazer, mas não digam que vão acolher as pessoas se realmente não as vão acolher, porque isso deixa as pessoas pior do que antes: antes tinham o problema de não conhecerem muitas pessoas lgbt e de se sentirem desenquadradas, para depois ficarem com um problema maior que passa muito pela realidade de nem a orientação/sexualidade encaixar, nem a personalidade, nem os gostos, nem as formas de estar. As pessoas muitas das vezes já estão um caco, e saem desse tipo de "acolhimento" ainda pior do que estavam. Entram num "grupo", entram numa comunidade porque não são aceites por um motivo, mas acabam por não ser aceites por dois ou três. O que é que isso faz às pessoas? Já pensaram? Não, não somos uma comunidade. Não, não nos identificamos com toda a gente e é normal que não nos identifiquemos. Mas tolerância, aceitação? Seria o mínimo de uma comunidade.
Espero ter dado oportunidade de reflexão.
Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: ems em 01.dez.2021, 15:38:22
Pessoalmente não descrimino ninguém, sei é o que pretendo para mim e isso cada um sabe o que quer, ou deveria saber baseado na identificação que se tenha.
Gosto de ajudar e gosto de ver pessoas felizes.


Título: Re: Discriminação na NOSSA comunidade LGBT
Enviado por: unfold em 01.dez.2021, 18:12:58
Pessoalmente não descrimino ninguém, sei é o que pretendo para mim e isso cada um sabe o que quer, ou deveria saber baseado na identificação que se tenha.
Gosto de ajudar e gosto de ver pessoas felizes.




Fazes muito bem. Mas criaste algum grupo de apoio cujo propósito era quebrar o isolamento entre as pessoas, para depois o separares em dois grupos: um grupo que tinha acesso aos eventos e outro grupo que não tinha acesso aos eventos, mas que percebia que os eventos estavam a existir?