Fórum da rede ex aequo

Outras Conversas => Artes & Letras => Tópico iniciado por: abreasasas em 09.mai.2003, 16:09:47

Título: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.mai.2003, 16:09:47
Queria criar um tópico onde se falasse de arte em geral, com lugar para a pintura, escultura, bailado, design e outras artes que não têm um tópico específico (Música, Literatura, Cinema, p. ex.); onde se sugerissem exposições, espectáculos, sites da internet...
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.mai.2003, 16:20:45
Este ano celebra-se o centenário da morte de Paul Gauguin.

aqui ficam alguns links:

imagens e cartas que testemunham a amizade entre os pintores Gauguin e Van Gogh: * (http://www.artic.edu/aic/exhibitions/vangogh/slide_intro.html)

exposição no Museu Van Gogh em Amsterdão de obras dos dois autores: * (http://www.vangoghgauguin.com/index.html)

Olga's Gallery:
Várias imagens de qualidade de obras de arte de Paul Gauguin * (http://www.abcgallery.com/G/gauguin/gauguin.html)
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.mai.2003, 16:24:32
Centenário da Morte
Por POR LUÍS MIGUEL QUEIRÓS
Quinta-feira, 08 de Maio de 2003

Paul Gauguin A arte da fuga

Nada indicava que Gauguin tivesse nascido para ser pintor. Aos 30 anos é um bem sucedido corretor da bolsa parisiense, casado e pai de filhos. Não era fácil adivinhar que iria abandonar tudo, a família, os amigos, o conforto da civilização europeia, para cumprir a sua vocação de artista nas remotas ilhas dos Mares do Sul, vivendo entre os nativos, pobre e com a saúde arruinada.

Ele próprio, em cartas que escreveu no final da vida, falava dos seus sofrimentos quase com orgulho, vendo neles a marca de água do artista genuíno. Mas recomendava que não se exagerasse, talvez por se recordar ainda demasiado bem dessa véspera de Natal de 1888, em Arles, quando Van Gogh cortou a sua própria orelha (ver caixa). De resto, talvez Gauguin se limitasse, afinal, a fazer o que lhe apetecia, o que lhe dava mais prazer, e a verdadeira sacrificada tenha sido essa desgraçada jovem dinamarquesa, Mette Sophie Gad, que se viu a braços com cinco filhos e poucos ou nenhuns recursos.

Apesar desse período de convencional vida burguesa a que durante algum tempo se resignou, Gauguin tinha sangue de aventureiros e a sua própria infância e adolescência foram razoavelmente movimentadas. Nasceu em 1848, em Paris, filho de um jornalista francês, Clovis Gauguin, e de uma peruana, Aline Chazal. A sua avó materna era a escritora mestiça Flora Tristan, militante feminista e seguidora de Saint-Simon.

Envolvido na política, o pai de Gauguin parte com a família para o Peru em 1851, quando Luís Napoleão chega ao poder. Morre durante a travessia e a víúva e o filho acolhem-se num palacete da família, que pertencera a um tio-avô de Flora Tristan, Don Pio Tristan y Moscoso, vice-rei do Peru. Em 1855 regressam a França e instalam-se em Orléans, onde Gauguin faz os seus estudos primários e liceais. Aline Chazal projecta para o filho uma carreira na marinha e, aos 17 anos, Gauguin alista-se como cadete no navio mercante Lusitano, que faz escala no Brasil.

À marinha mercante, segue-se a de guerra, que Gauguin abandona em 1871, após o conflito franco-prussiano. Nesse mesmo ano emprega-se numa firma de corretores de bolsa, onde permanecerá 12 anos, auferindo rendimentos francamente respeitáveis para os padrões da classe média parisiense da época. Casa-se, em 1873, com uma dinamarquesa de 24 anos, Mette, com quem terá cinco filhos. A vida corre-lhe bem.

Entre os seus colegas de trabalho conta-se Émile Schuffenecker, apreciador dos impressionistas e pintor amador. Aos domingos encontram-se para pintar e Émile convence Gauguin a frequentar, com ele, a academia parisiense Colarossi. Schuffenecker, um artista menor, adquiriu recentemente uma repentina celebridade, quando, em 1997, surgiram indícios muito convincentes de que teria sido ele o verdadeiro autor de "Jardin à Auvers", que se pensava ser uma das últimas telas de Van Gogh e que, nesse pressuposto, atingira em leilão quase 25 milhões de libras.

(continua)
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.mai.2003, 16:25:16
(continuação)

Enquanto aperfeiçoa a sua pintura, Gauguin frequenta as exposições dos impressionistas e gasta verbas consideráveis na compra de telas de Manet, Monet, Sisley e Pissarro. Torna-se amigos deste último, que o apresenta a Cézanne. Durante um breve período, chegam a trabalhar os três em conjunto. E em 1876, Gauguin tem o seu primeiro momento de glória: uma paisagem da sua autoria, bastante influenciada por Pissarro, é aceite no Salon, a mostra anual dos impressionistas. Dez anos mais tarde, a oitava e última exposição do grupo exibirá nada menos do que 19 telas de Gauguin, que começava precisamente por essa altura a romper com o movimento.

Mas o ano crucial fora o de 1883. Com o colapso da bolsa parisiense, abandona a empresa e decide tornar-se pintor a tempo inteiro. Como Paris era demasiado caro, muda-se com a família para Rouen, onde espera enriquecer vendendo quadros aos grandes proprietários rurais. Não vende nenhum. A falta de meios leva a mulher a regressar à Dinamarca com os filhos. Gauguin junta-se-lhes em 1884 e emprega-se como vendedor. No ano seguinte está de volta a Paris, com o terceiro filho, Clovis, o mais velho dos rapazes, e sustenta-se a colar cartazes.

A vida não lhe corre nada bem, mas toma uma decisão acertada: instala-se, em 1886, em Pont-Aven, na Bretanha, um conhecido refúgio de artistas, onde a sua arte começa a revelar um estilo francamente autónomo, com a utilização de grandes manchas de cor, que não pretendem reproduzir as da natureza, e o recurso a tintas puras, não misturadas na paleta. No fim do ano regressa à capital, onde conhece Van Gogh: um encontro que se revelará decisivo.

Paris não é o cenário ideal para buscas interiores, sobretudo quando o dinheiro escasseia. Van Gogh parte para Arles e Gauguin embarca para a América Central com o pintor Charles Lavall. Trabalha um par de semanas no Panamá, na Companhia do Canal, e depois segue para a Martinica, a primeira aproximação ao primitivo paraíso natural que depois acreditará ter encontrado no Tahiti e, finalmente, nas selvagens Ilhas Marquesas.

No início de 1888 está de novo em Pont-Aven, com um grupo de pintores, entre os quais se destaca Émile Bernard, cujo "cloisonnisme", com os seus campos de cor bem definidos, o irá influenciar. É nestes meses que antecedem a turbulenta coabitação com Van Gogh que Gauguin pinta "A Visão Depois do Sermão ou Jacob e o Anjo", tida hoje como a obra em que o artista rompe definitivamente com o impressionismo e anuncia o seu estilo posterior, conhecido como simbolismo sintético por assentar no desejo de associar a realidade e a abstracção, a natureza e as emoções, a herança cultural do Ocidente e as lições da arte primitiva. Quando Van Gogh enlouquece e o ameaça com uma navalha de barba, é mais uma vez na Bretanha que procurará refúgio. Rodeiam-no vários jovens pintores e há quem se desloque de Paris só para ver Gauguin em acção. Começa a criar discípulos, como Sérusier ou o jovem Pierre Bonnard.

(continua)
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.mai.2003, 16:26:10
(continuação)

Desta vez, o pintor passa a maior parte do tempo numa aldeia próxima de Pont-Aven, Le Poldu, acolhendo-se com o pintor holandês Jacob Meyer De Haan na estalagem de Marie Henry, cuja sala de jantar pintam em conjunto. De Haan paga as contas e serve de modelo a Gauguin, que, em troca, lhe dá aulas de pintura. Um acordo perfeito, mas que não tarda a turvar-se quando ambos se tornam amantes da estalajadeira. Um deles, ao que parece De Haan, engravida-a. Nos últimos retratos que Gauguin faz do amigo e rival, este aparece com olhos lascivos e orelhas animalescas. Picasso, ao assistir em 1906 à primeira grande retrospectiva póstuma de Gauguin, interessou-se por estas deformações deliberadas, que terão influenciado a composição, no ano seguinte, das suas célebres "Demoiselles d'Avignon".

Depois da decisão existencial de 1883, a segunda e última grande viragem na vida de Gauguin ocorre em 1891, quando decide deixar a Europa e radicar-se no Tahiti, na Polinésia Francesa. Nesse mesmo ano nasce em Paris a sua filha Germaine Chardon, futura pintora, cuja mãe, Juliette Huais, servira de modelo a Gauguin em 1890. Já no Tahiti, improvisa um casamento com uma nativa de 13 anos, Tehamana, de quem tem um filho em 1892. Na sua tela "Tehamana Tem Muitos Pais", é perturbante o contraste que as formas sensuais e o olhar melancólico e distante da jovem tahitiana criam com as pudicas roupas que enverga, impingidas pelos missionários católicos.

Quando regressa a Paris, em 1893, Gauguin expõe os trabalhos que realizou na Polinésia. Fracasso total. Há quem lhe chame selvagem e bárbaro, o que, secretamente, talvez tenha apreciado. A boa notícia é que um tio lhe deixou uma pequena herança. Gauguin desbarata-a rapidamente com uma rapariga javanesa, Annah, que lhe esvazia o "atelier" e desaparece sem deixar rastro. Já está de novo falido quando, após uma breve surtida à Dinamarca, para se despedir da ex-mulher e dos filhos, regressa definitivamente aos Mares do Sul. Para custear a viagem coloca em leilão 74 pinturas, conseguindo vender 47. Não se pode queixar. Em toda a sua vida, Van Gogh só conseguiu vender uma obra.

Com falta de dinheiro e a saúde deteriorada pela sífilis, os seus últimos anos no éden polinésio são tudo menos paradisíacos. Em Janeiro de 1898 chega mesmo a tentar suicidar-se, logo após ter concluído a espantosa obra-prima a que chamou "De Onde Vimos? Quem Somos? Para Onde Vamos?", uma imensa tela de mais de quatro metros de comprimento. Apesar das dificuldades, Gauguin pinta, escreve e faz filhos, todos de mães diferentes.

Em 1901, quando o fim já está próximo, troca o Tahiti por Atuona, na ilha de Hiva Oa, arquipélago das Marquesas. É aqui que morre, a 8 de Maio de 1903, quando acabara de se ver condenado a três meses de prisão por desacatos com a igreja e com a autoridade colonial.

Nos anos seguintes, a sua obra, que abrange ainda a escultura, a cerâmica e a gravura, influenciará muitas das principais correntes artísticas do início do século XX: expressionistas, fauvistas, primitivistas, talvez mesmo os primeiros surrealistas.

in Público (http://jornal.publico.pt/2003/05/08/Cultura/C01.html)
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.mai.2003, 16:27:59
Nove Semanas e Meia Orelha
Por L.M.Q.
Quinta-feira, 08 de Maio de 2003

A história da arte está cheia de encontros felizes e frutuosos. Mas também os que correm mal podem vir a revelar-se decisivos. Os pouco mais de dois meses - entre Outubro e Dezembro de 1888 - que Van Gogh e Gauguin passaram juntos, na célebre casa amarela de Arles, dificilmente poderiam ter corrido pior. No entanto, as violentas discussões que travaram terão servido a ambos para perceber melhor o tipo de artista que cada um deles queria ser.

Van Gogh chegou a França em Fevereiro de 1886 para viver com o irmão, Theo, negociante de arte, e tornou-se amigo de pintores como Toulouse-Lautrec e Émile Bernard, com os quais organizou uma exposição num café parisiense. Gauguin, que era já um pintor respeitado - participara em várias exposições dos impressionistas -, visitou a mostra e sentiu-se especialmente emocionado com uma tela de Van Gogh, mostrando dois dos seus recorrentes girassóis amarelos. Por contraste com o impressionismo, podia considerar-se incendiário o modo como Van Gogh retratava a natureza. Ficou tão entusiasmado que se propôs adquirir o quadro, dando em troca uma obra que pintara recentemente na Martinica.

Em 1886, quando se encontram pela primeira vez, Gauguin e Van Gogh são dois pintores em busca de novos caminhos, ambos descontentes com o meio artístico parisiense, aburguesado, competitivo e dominado pela escola impressionista. Gauguin regressa a Pont-Aven, na Bretanha, e Van Gogh radica-se no Sul de França, na velha cidade romana de Arles. Mas mantêm o contacto. Trocam correspondência e enviam um ao outro auto-retratos baseados em personagens literárias. Gauguin faz-se representar como o Jean Valjean de "Os Miseráveis", de Victor Hugo, e Van Gogh pinta-se como um monge budista retirado de um romance de Pierre Loti.

Com o auxílio de Theo, que se propõe financiar a fundação de um "Atelier do Sul" na casa de Arles, Van Gogh convence Gauguin a juntar-se a ele. Para o receber, pinta girassóis amarelos nas paredes.

Gauguin chega em Outubro de 1888. As primeiras semanas correm bem. Van Gogh, ainda que distante de qualquer tentação imitativa, insiste que a arte deve partir da observação da natureza, ao passo que o seu amigo confia mais na imaginação. As coisas resolvem-se com um compromisso: quando está sol, trabalham no exterior, mas aproveitam os dias de chuva para pintar dentro de portas. Van Gogh ilustra as divergências entre ambos de um modo original, retratando as cadeiras que cada um deles utilizava. Gauguin, por sua vez, produz um retrato de Van Gogh pintando girassóis.

Mas o que começa por ser um saudável diálogo vai-se tornando num antagonismo tempestuoso. Os acontecimentos precipitam-se no final de Dezembro. No dia 23, num bar, Van Gogh atira uma bebida à cara de Gauguin. Inocente sinal da crise que se aproximava. Em plena véspera de Natal, um Van Gogh enlouquecido ameaça o seu hóspede com uma navalha de barba, que depois utilizará para cortar metade da sua própria orelha esquerda. Gauguin, já bastante irritado - segundo afirmará mais tarde - com o modo caótico como o amigo geria a casa e as finanças, achou que a sua estada em Arles começava a tornar-se demasiado arriscada e regressou à Bretanha, enquanto Van Gogh se fazia internar num hospício em San Remy, onde, aliás, pintou muitas das suas obras mais célebres.

A uma distância segura, mantiveram, contudo, a amizade que os ligava, continuando a corresponder-se até ao suicídio de Van Gogh, em 1890. Em 1901, treze anos após o encontro de Arles, Gauguin, exilado nas ilhas Marquesas, pobre e doente, pintou a sua própria cadeira decorada com uma braçada de girassóis. Era a sua última homenagem ao amigo.

in Público (http://jornal.publico.pt/2003/05/08/Cultura/C01CX01.html)
Título: Re: Arte
Enviado por: Magia em 10.mai.2003, 12:01:25
/me tem a impressão k nk mais vai akabar de ler ixto tudo!!!  :o
Título: Re: Arte
Enviado por: v em 10.mai.2003, 12:27:23
Van Gogh, quantas loucuras parece ter vivido^ :book

Se bem que, pessoalmente, Alphonse Marie Mucha é um dos melhores artistas gráficos que conheço.
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 10.mai.2003, 17:41:43
Van!! Toma lá um abraço de quem concorda muito contigo. Mucha é espectacular............ . . . .       .     . .. .
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 10.mai.2003, 17:44:10
Design.

Produtos para casa-de-banho e cozinha.... espectaculares:

alternative plans (http://www.alternative-plans.co.uk)

mesmo que não se interessem muito por estas coisas, vejam, porque há uns mesmo muito, muito bons!
Título: Re: Arte
Enviado por: SullenBoy em 11.mai.2003, 11:01:29
abreasas, parabéns pelo tópico  :up

bem, gostava de recomendar uns livrinhos que existem sobre pintores.
São da editora TASCHEN e não são muito caros (6 Euros).
Tenho vários, um dos meus favoritos é o da Frida Kahlo.
Para além da biografia do pintor, tem também ilustrações muito boas dos seus trabalhos.
Título: Re: Arte
Enviado por: ana em 11.mai.2003, 21:06:56
The Museum of modern art
Um relance interessante:
http://www.moma.org/
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 12.mai.2003, 10:49:31
:) boas sugestões!!!




a minha de hoje: arte zen (http://www.syzenart.com)

há pinturas muito simples e muito bonitas. zen na sua essência.
Título: Re: Arte
Enviado por: ana em 12.mai.2003, 14:40:43
Uma pequena dose:
http://www.ci.new-bedford.ma.us/governmt/MAYOR/azoreanartexhibit/azoreanart.htm
Título: Re: Arte
Enviado por: indigo em 12.mai.2003, 16:45:17
:up

Deixo-vos um site onde se pode ver a obra de Tamara de Lempicka, assim como, de outros pintores dos mais variados estilos!

http://www.soho-art.com/Tamara-de-Lempicka.shtml
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 12.mai.2003, 16:47:03
tenho uma figurinha nova aqui do lado esquerdo :curtain.

é de uma senhora chamada camille claudel, foi aluna e amante de rodin. há quem diga que ela não tinha estilo próprio, e há quem diga que é mais um caso do clássico "aluno que supera o mestre".  
a mi, me gusta.  8)

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: bluejazz em 12.mai.2003, 18:28:57
Eu sei quem ela é... se calhar por um motivo não tão nobre! lol

A belíssima Isabelle Adjani interpretou o papel de Camille Claudel...

*bluejazz cai para o lado*

PS. Há que acrescentar que a cacao é "muto" más linda! :devil
Título: Re: Arte
Enviado por: cacao em 12.mai.2003, 19:12:15
:blush :blush :blush És uma exagerada!

:-*
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 12.mai.2003, 19:15:09
Gosto imenso de Camille Claudel.... e essa do aluno superar o mestre... quem é o mestre neste caso? é que já ouvi dizer que ela, para além de ser maltrarada pelo sr. Rodin, ele também lhe tirava muito boas ideias...
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 12.mai.2003, 19:18:26
indigo!!!! obrigadíssima pelo link... já tinha visto algumas imagens da Lempicka e tinha gostado muito, mas só tinha visto duas ou três... bela escolha, sim senhora!
Título: Re: Arte
Enviado por: indigo em 12.mai.2003, 19:26:42
;D
Sempre  ordens! Ainda bem q gostaste :D  
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 12.mai.2003, 23:01:18
eheheheheheheh, bluejazz...  :devil


abreasasas, também conheço essa versão. não me suspreenderia se rodin lhe tivesse tirado uma ou outra ideia e parece que realmente a relação deles terminou muito mal. mas o facto é que rodin era mais velho, ela conheceu-o em 1883 e no ano seguinte irá trabalhar com ele.

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 13.mai.2003, 12:20:02
Não gosto da Sophia, devias tirar isso daí, c...
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 13.mai.2003, 12:26:43
Paul Klee (http://www.artprintcollection.com/searchResults.php?search=+Paul+Klee)
Título: Re: Arte
Enviado por: d3LuX em 13.mai.2003, 15:40:12
No 12º ano, desenvolvi um trabalho sobre o nú masculino e encontrei uma riqueza nas obras dos nórdicos. Os russos são fantásticos! Tenho uma colecção de desenhos, em suporte digital, de uma autor russo que simplesmente é de cortar a respiração.

Como faço para partilhar convosco estas imagens deliciosas.
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 13.mai.2003, 15:42:26
se também houver nu feminino eu digo-te como fazes :devil :devil... não sei, se calhar tens que as publicar numa página não é?
Título: Re: Arte
Enviado por: d3LuX em 13.mai.2003, 15:48:18
A opinião é geral, "o corpo da mulher tem muito mais interesse que o corpo de um homem" claro, do ponto de vista artítico.

Eu não concorto. Dizem que "pelo facto do sexo do homem andar pendurado, torna-se num elemento inestético". Pois eu penso que só dá mais interesse ao observado. Primeiro por que, parecendo que não, existe uma variedade imensa de formas e depois ...

...porque é tipo aqueles desenho animado de uns robots que se transformavam em carros e vice versa.

Tem sempre inderesse.

Ah! sem falar da tendência natural do corpo feminino para um acompanhantezinho do musculo.

(vamos lá ver se as minha declarações dão polémica)
Título: Re: Arte
Enviado por: d3LuX em 13.mai.2003, 15:49:28
keres que eu te responda?


acho que não me voub dar ao trabalho disso....


LololoL
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 13.mai.2003, 16:01:13
mas não gostas da sophia porquê?! ???



(sabes, é curioso, mas entre os 17 e os 19/20 não a suportava... ainda não sei bem porquê, tal como não sei identificar o momento abençoado da viragem...  ::))

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 13.mai.2003, 16:28:19
hi d3lux!!! tudo bem... essa seria uma discussão sem fim, cada um a puxar a brasa à sua sardinha. admito que o corpo masculino tb tem os seus encantos, e tb é interessante ;D.!! só que...

c, não gosto dela porque é demasiado aquilo que se espera que uma poetisa seja. não me sei explicar. além disso ela uma vez disse que ser poeta era "viver assim ao deus dará". e não acho que ela viva ao deus dará! a senhora não deve saber o que é viver ao deus dará... enfim, não gosto dela. além do mais era um poema dela que vinha no exame de ptg no ano passado em que um(a) inútil prof me deu 12. felizmente fiz-lhe ver que que merecia 16. toma. não gostpo dela e pronto
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 13.mai.2003, 17:02:12
pronto, já mudei. ;D


as coisas que eu não faço por esta menina. :heart :devil 8)

*
[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: bluejazz em 13.mai.2003, 18:31:11
Responder
Paul Klee ([url]http://www.artprintcollection.com/searchResults.php?search=+Paul+Klee[/url])

Tenho postais emoldurados de quadros do Paul Klee na parede ao lado da secretária... :)
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 13.mai.2003, 19:06:03
blue, e devem ser bem giros... eu gosto muito!

c, assim está muito melhor! embora eu não desgostasse da galinha, eu até podia dizer aquilo! lol lol lol lol :devil
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 02.jun.2003, 16:34:12
Emily Dickinson
 
1830–86, American poet, b. Amherst, Mass. She is widely considered one of the greatest poets in American literature. Her unique, gemlike lyrics are distillations of profound feeling and original intellect, and they stand outside the mainstream of American literary tradition.

"A word is dead when it is said, some say, I say it just begins to live that day. "—“A word is dead (http://www.bartleby.com/113/1089.html).”

Complete Works (http://www.bartleby.com/113/)
Título: Re: Arte
Enviado por: v em 02.jun.2003, 21:01:38
Almada Negreiros pode reflectir-se em três palavras: originalidade, imaginação e inteligência.
Considerado um semeador de beleza, Almada luta contra a rotina e a estagnação da arte lusitana, o artista não apresenta nem um desânimo nem um desvio, não tem nenhuma paragem nem incoerência no seu percurso construtivo e inovador.
Consequência deste positivismo artístico, os trabalhos de Almada variam na sua estrutura formal e técnica. Podemos encontrar uma série variada de composições geométricas, ou meramente figurativas ao longo dos anos.

http://www.uc.pt/artes/6spp/jose_almada.html

[size=-2]tenho pena de não conseguir encontrar melhores imagens, porque o Almada tem trabalhos lindos mesmo..[/size]
Título: Re: Arte
Enviado por: C0XINHA em 04.jun.2003, 18:38:03
hey, falando em corpos... (ali a tras  ;D)
tinha algum topico aki q tinha uns links de fotografias preto e branco q eram mt bonitas...

alguem ainda lembra/sabe mais algum site de fotografias do genero?

tks! :)
Título: Re: Arte
Enviado por: chiloane em 06.jun.2003, 21:04:26
Carol, não vi as fotos a que te referes, mas conheço um site muito fixe para quem gosta de fotografia e de fotografar: http://www.thousandimages.com/. Diverte-te!  ;) :-*
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 07.jun.2003, 16:48:39
Mmmm, Carol... seria este do Man Ray [smiley=enamorado.gif]?

http://www.manray-photo.com/
Título: Re: Arte
Enviado por: cacao em 07.jun.2003, 17:31:52
Votei em 4!!! :up
Título: Re: Arte
Enviado por: skydoll em 07.jun.2003, 17:36:12
:D

Eu se pudesse votava em todas, pois todas me despertam curiosidade. Apesar que  nos outros, não votava  culinária como não é o meu forte, mas sei que quem faça disso uma arte.
Título: Re: Arte
Enviado por: cacao em 07.jun.2003, 17:41:30
A minha Blue faz um Strogonoff xuxu maravilha... é tão, tão bom!!!
Título: Re: Arte
Enviado por: azithro em 08.jun.2003, 00:46:44
A arte da culinária reside também em saber apreciar!!
Título: Re: Arte
Enviado por: azithro em 08.jun.2003, 01:07:37
nham, nham adoro malteasers!!
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.jun.2003, 10:55:35
Um bocadinho de arte histórica [smiley=vencedor.gif]?

http://maya-archaeology.org/museums/copan/copics1.html
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 09.jun.2003, 17:43:44
hummm, entretanto se olharem para a esquerda dos meus posts já não vêem a figura da claudel, mas sim um modigliani: ciprestes_e_casas (http://www.ibiblio.org/wm/paint/auth/modigliani/modigliani.cypress-houses.jpg) (para ver em grande)...
tinha pensado em colocar este (http://www.ibiblio.org/wm/paint/auth/modigliani/nude-sdraiato.jpg), ou este (http://www.ibiblio.org/wm/paint/auth/modigliani/modigliani.nu-couche-dos.jpg), mas depois achei que seria demasiado luxuriante. :blush :curtain lol
anyway, parece que o italiano morreu cedo, aos 35 anos no ano do senhor de 1920, de tuberculose... parece que sempre lutou contra a pobreza e a doença, dizem que bebia e se drogava. :o
também se interessou por escultura (http://store6.yimg.com/I/dallasmuseumofart_1743_3281666) e desenho...


ai ai ai... e para quem a esta hora ainda não almoçou essa do strogonoff arruinou-me completamente... :´

*
[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 11.jun.2003, 15:19:34
ninguém votou na moda [smiley=estiloso.gif] [smiley=vencedor.gif] [smiley=miudo.gif] [smiley=estrelas.gif]!!
Título: Re: Arte
Enviado por: d3LuX em 11.jun.2003, 16:41:11
inda bem que disseste...
Responder
ninguém votou na moda [smiley=estiloso.gif] [smiley=vencedor.gif] [smiley=miudo.gif] [smiley=estrelas.gif]!!

...eu inda não tinha votado

votei:

pintura, desenho, arquitectura, moda, dança e música (acho que não me esqueci de nenhuma)

;D
Título: Re: Arte
Enviado por: d3LuX em 11.jun.2003, 16:42:19
ah!
... tinha-me esquecido do cinema/teatro e também do design.  ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: nicsparks em 11.jun.2003, 16:51:20
embora goste de muitas das opçoes...a minha musica e a minha dança..... :heart :heart
Título: Re: Arte
Enviado por: nicsparks em 11.jun.2003, 16:52:04
qd tem literatura, tambem engolbam o nosso gosto de escrevermos ou so d elermos o que os outros escreveram??

:-*
Título: Re: Arte
Enviado por: orchidea em 11.jun.2003, 17:11:15
abreasasas

porque é que a escultura está sozinha e para votar em fotografia tive de votar tambem em pintura ããããã???
e para votar em musica tive de votar em dança???

:devil
:-* :-*

Título: Re: Arte
Enviado por: d3LuX em 11.jun.2003, 17:24:40
Eu acho que ela seguiu alguma lógica tomando em consideração os tipos de representação e as características gerais das diferentes formas de arte apresentadas.

Claro... o ideal é individualizar mas, como se torna mais prático agrupar, ela assim o fez (quer dizer, isto digo eu sem saber, só ela o pode confirmar)
Eu até acho que os conjuntos das manifestações artísticas não estão mal aglomerados, eu próprio não o faria melhor, de certo que me esqueceria de algum. Por exemplo o teatro, o facto de não ir ao teatro talvez me fizesse com que este género de representação artística me passasse ao lado.
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 11.jun.2003, 17:30:43
porque só dá para pôr 8 opções...

pareceu-me ser esta a melhor arrumação, mas talvez não seja.

estive para pôr escultura juntamente com cerâmica.

design podia ser com arquitectura, com moda, com escultura, com pintura, etc.

tive muitas dúvidas até chegar a esta conclusão... que é que queres? eu bem gostava de ter tudo separadinho! :-* :wings
Título: Re: Arte
Enviado por: orchidea em 11.jun.2003, 17:46:53
Era só brincadeira :devil
eu percebi, se pusesses todas as artes separadas terias para aí 2 paginas

:-* para ti

já agora que toda a gente põe links
aqui vai um
http://homepage.mac.com/antang/archifot.htm
esta é a arte que mais me dá pica, aquela que eu realmente gostava de fazer e que me vou esforçando e estudando: fotografia de naureza

vão lá espreitar
se gostarem ponho mais
:-*
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 11.jun.2003, 17:48:49
és um bocado azelha é que é...


isso e desnorteada, nada a fazer.  ::)


:devil


eheheh, deixe-me osculá-la, para a compensar de tamanha infâmia.  :devil

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 11.jun.2003, 17:56:14
oscular!! :blush ena pá! toma lá um também:  :-*
Título: Re: Arte
Enviado por: skydoll em 11.jun.2003, 19:05:54
Por falar em arte...

Dança
Pina Baush uma coreógrafa excelente e que sabe tocar no âmago. Já agora, cinema, e o Filme  onde Pina Baush representou, "Fala com ela " de Pedro Almodóvar.
Foi lindo o  filme, que pela boca de Benigno revela  o desejo de toda mulher:

"A mulher precisa ser tocada, mimada, acariciada, você precisa falar com ela, ouvir seus segredos... fale com ela...."
:curtain

Título: Re: Arte
Enviado por: cacao em 11.jun.2003, 19:15:44
Por dança rendo-me ao Nacho Duato que (ex-bailarino que dirige a companhia nacional de Espanha)  por certo tb é homossexual assumido... um dos mais lindos que já vi - pelo que conheço do seu trabalho, simpatia, etc :)
Título: Re: Arte
Enviado por: skydoll em 11.jun.2003, 19:23:40


Sim, Cacao, concordo contigo, lindo :´  e óptimo bailarino, agora coreógrafo.
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 12.jun.2003, 11:24:43
é bem bonito, sim, o senhor...! [smiley=hipnotizado.gif]
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 12.jun.2003, 17:13:30
ahhhh e por dança... ando radiante com a notícia. ;D


dia 18 Vera Mantero ;D :up

e mais não digo  8)

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 13.jun.2003, 17:01:41
e que tal um bocadinho de arte embrulhada (http://www.christojeanneclaude.net/)?
::) :devil

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 13.jun.2003, 17:31:20
o Cristo e a Joana-Cláudia??

outros dois cujo membro macho é mais conhecido...

gosto da ideia, apesar (ou por isso) de não ter mudado muito al longo das décadas...

:wings
Título: Re: Arte
Enviado por: ana em 13.jun.2003, 22:12:18
Arte transversal!
Título: Re: Arte
Enviado por: bluejazz em 13.jun.2003, 22:14:50
Arte em pino! lol

:clown :-X :devil

Desculpem, apeteceu-me dizer uma bacoradita... ::)
Título: Re: Arte
Enviado por: ana em 13.jun.2003, 22:16:09
:-X lol
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 15.jun.2003, 16:22:59
olá ;D

links para
magritte (http://cgfa.sunsite.dk/magritte/index.html)

repito
magritte (http://artchive.com/artchive/M/magritte.html)

ainda mais fácil aqui (http://images.google.pt/images?q=magritte&svnum=10&hl=pt-PT&lr=&ie=UTF-8&oe=UTF-8&start=0&sa=N)


njoy 8)
[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: indigo em 15.jun.2003, 20:14:25
Magritte :up
Simplesmente fantástico  ::) [smiley=sim.gif]
Título: Re: Arte
Enviado por: leni em 15.jun.2003, 22:23:22
Eu não votei porque gosto praticamente de todas as formas de arte que estavam na lista. :P Embora não me lembre de todas... sei que tinha fotografia, dança, pintura e desenho. São assim as que me lembro.

Adoro fotografia. Ou melhor, não gosto de ver aquelas exposições enormes a não ser que tenham um tema deveras interessante, mas adoro tirar eu própria as fotografias. Sou capaz de gastar rolos e rolos quando estou inspirada... não que o resultado seja jeitoso, muito pelo contrário... mas a sensação que guardei um bocadinho da minha vida para sempre fica. E é uma sensação muito boa. E depois é aquela coisa que dizem sempre nos livros e nos filmes: é a arte de parar o tempo.

Relativamente à dança, gosto de ver o corpo mexer. Depende muito do género de dança, claro. Gosto de ver dançar hip-hop como naquele filme com a Julia Stiles... a dança no fim do filme é gira. Uma amiga minha andou em aulas de hip-hop há uns anos atrás e é um gosto vê-la dançar. Por outro lado... pode parecer foleiro, adoro patinagem no gelo. Há uma patinadora chamada Irina Slutskaya que parece uma pena... tem uns vestidos muito "esvoaçantes" como eu lhes chamo, e quando ela faz os piões é uma maravilha. Embora eu ache a competição feminina muito parada. Prefiro a dos Homens que tem mais sequências de passos.

Adiante. ::)

Pintura - Monet. Adoro Monet. E Sisley. E pronto. Não gosto muito de arte moderna, não consigo perceber. :P Por exemplo, quando estive no Metropolitan em NY fomos à secção de arte moderna porque uns amigos nossos adoravam. Ora estava lá exposto um painél considerado "breath-taking" que consistia em... 7 quadros, se não me engano, cada um com um tom diferente de cor-de-rosa, acabando no pastel. O degradé estava giro mas... obra de arte? Nah. Vão-me dizer que aquilo é superior aos quadros de Monet? Nah.

Lembrei-me! Outro pintor que me fascina é o Pollock. :)

Vou ver a lista da poll outra vez e ver se falei de tudo. O que duvido. Hoje ando um bocado hiper-activa. :P


Desenho é mais por ser uma coisa que eu goste de fazer. Mais nada.
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 16.jun.2003, 13:14:45
pollock :up

gosto muito deste moby_dick (http://www.ibiblio.org/wm/paint/auth/pollock/pollock.moby-dick.jpg), por exemplo.

(mas pollock é moderno, não é? :inq)


e por falar em arte e não-arte...
falemos de duchamp (http://www.zumbacombo.com/duchamp/) e da sua fonte (http://www.thecityreview.com/f99scont1.gif)... ou uma mona lisa com bigode... afinal, qualquer coisa, desde que assinada e exibida, pode ser arte?  ::)


[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: leni em 16.jun.2003, 14:29:21
Acho que sim, que é moderno. Embora eu para integrar os pintores nos estilos sou um bocado... totozita. ::) Sei que Monet e Sisley são impressionistas e já vou com muita sorte. :P

O link não funciona... :-/
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 16.jun.2003, 14:45:01
que link não funciona????

pollock, check (já agora, pollock é abstracionista... i think,,, percebo mt pouco do assunto, mas meto quase todo o século XX no saco dos modernistas. ainda aí chega alguém de artes e bate-me :dunce)
duchamp, check
fonte, waiting,,, waiting... ok, deve ser este vou corrigir ;D.

thanks for the tip...
[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 16.jun.2003, 14:59:34
é pena que agora não possa mudar o meu perfil, queria pôr uma frase da Adriana Calcanhotto na assinatura, mas isso obrigar-me-ia a ter que escolher ser do sexo feminino ou masculino e não me apetece lol lol lol!

ela diz qualquer coisa como a arte não serve para nada, mas a arte não é coisa pouca. não é bem assim mas é parecido.

o que é a arte? pfff... não sei, é por isso que gosto da frase dela. tomando as suas palavras, eu diria:

a arte é aquilo que não serve para nada, mas que não é coisa pouca.

quanto obras de arte como telas com um pinta preta no meio e outras obras de arte que tais, chamam a atenção para outras coisas, para outros pensamentos, não era capaz de morrer por isso, é verdade, mas se houver quem seja capaz... porque não?

pareceu um pouco forte, essa do morrer? ainda não ficaram "mortos" perante obras de arte sumblimes? que sensação quando vemos algo que é tão inteiro e tão perfeito que é quase como aquele personagem da bíblia que depois de ter visto o menino jesus já podia morrer.

se há pessoas que conseguem sentir isso em frente a uma data de telas em dégradé de rosa... porque não? fascina-me que isso possa acontecer, mais do que me fascinam essas obras de arte.
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 16.jun.2003, 16:05:58
mas um urinol?! :inq
ou mesmo um monumento tapado?

andamos a falar de quê? arte conceptual? e se é de arte conceptual (arte da ideia), pode-se aceitar qualquer ideia como boa ou válida para a produção artística? quero dizer, um urinol é arte?!

se o objectivo é o incentivo ao pensamento, muito bem, mas não tem que ser necessariamente arte, ou é?

tenho muitas perguntas,,, mas realmente, escapam-me todas as resposta. e no entanto, não posso deixar de achar piada à ideia de se colocar um urinol ordinário numa sala de museu...  :blush

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 16.jun.2003, 16:09:49
that's it! :up

arte é aquilo que quando é criado ou quando é visto, é pensado como forma de arte, seja por quem for. é arte. boa ou não, é.
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 17.jun.2003, 17:22:17
longe (http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia/pvvnvi/vn021201b.htm)
corrente (http://www.blocosonline.com.br/literatura/poesia/pvvnvi/vn021029.htm)

coisinhas de poesia concretista...

and now, for something really boring... or not, i hope [smiley=estiloso.gif]:

ensaio (http://www.institutodapalavra.com.br/ensaios/03.htm)

[shadow=purple,left,300](c.)[/shadow]
Título: Re: Arte
Enviado por: Claudy em 29.jun.2003, 11:55:29
Ei para amantes de arte, aproveitem e visitem, a exposi~ção, "Fatias de arte", Em Tomar , por cima do café Paraiso, vão gostar. é até dia 7julho. jinhos
Título: Re: Arte
Enviado por: Claudy em 07.jul.2003, 13:48:20
ei a exposição, "Fatias de arte foi" um sucesso!Mas vender que é bom, so foram vendidos dois trabalhos! Por mim, ms nenhum deles era meu. :(
bem mas o que interessa, é k valeu apena
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 07.jul.2003, 15:28:33
talking about web design:

Yugo Nakamura
MONO*crafts (http://yugop.com/ver2)
mais (http://surface.yugop.com)


[smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Re: Arte
Enviado por: indigo em 07.jul.2003, 20:35:07
A marca de vodka sueca Absolut vai transmitir em directo através da Internet o seu novo projecto artístico, a que chamou Absolut Lights. A apresentação está marcada para hoje  21 horas.  :up


www.absolut.com/lights
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 08.jul.2003, 12:21:34
Pois, com absoluta pena não dá para ver a absolut art, porque não tenho o flash não sei quê e não posso instalar. assim é.

mas vi o MONOcrafts e é realmente espectacular. quero aprender a fazer aquelas coisas, para poder ter dawuilo na mia página...!!!!

quanto à poesia concretista, o Longe é de longe o melhor!! ;)

não consegui ler o ensaio, o link não funciona :-[.

minha sugestão: façam uma busca no google, por exemplo, e procurem posters dos anos 80. mata-se saudades da estética que vai voltar a ser moda nos próximos tempos!!

Título: Re: Arte
Enviado por: c em 09.jul.2003, 01:43:45
asinhas, realmente o link para o ensaio parece já não estar activo, curiosamente o google continua a dar-me o site, mas depois :(. e era tanto mais interessante porque se tratava, ou pelo menos incluia (já n tenho bem certo), o manifesto da poesia concreta/concretista que nasceu no brasil. é um tema a que acho piada. :up
quanto ao sr. nakamura, realmente tb fiquei impressionada.

outra sugestão:
mark_rothko (http://www.artchive.com/artchive/R/rothko.html)

[smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 09.jul.2003, 01:49:11
não é à toa que a bebida mais russa do mundo é também a mais sueca :inq.
não sei se me faço entender, but, damn!, those guys are good. muito bom marketing, sim senhora. 8)


(c.)
Título: Re: Arte
Enviado por: c em 09.jul.2003, 03:33:10
acabei de mudar o meu perfil ;D.

por isso aproveito para deixar o link de Gustav_Klimt (http://mirror.oir.ucf.edu/wm/paint/auth/klimt).
fazer ainda notar que o quadro que escolhi para o meu perfil é este girl-friends (http://mirror.oir.ucf.edu/wm/paint/auth/klimt/freundinnen.jpg), porque, não sei bem porquê, me pareceu apropriado.  [smiley=estiloso.gif]
e ainda chamar a atenção para o quadro the_kiss (http://mirror.oir.ucf.edu/wm/paint/auth/klimt/kiss), que me agrada particularmente.

talvez ainda sugerir:
luis_miguel_nava (http://www.geocities.com/Paris/Concorde/1070/luismiguelnava.html)

e por hoje encerro a loja.

[smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 09.jul.2003, 12:28:08
Klimt é realmente um fantástico.

e o Rothko, que acho que a espanhola (basca) Etxebarria gosta muito.... a mim não me diz nada de muito, nem muito de pouco...

eu sugiro tapiès (http://www.fundaciotapies.org). se bem que num ecran não deve ter NADA a ver com ao vivo, mas eu nunca vi ao vivo e gosto... presumo que com vocês também possa acontecer o mesmo.

e o nava? luís miguel ao pedro (não conheço nenhum, mas vou passar a conhecer.
Título: Re: Arte
Enviado por: SullenBoy em 18.jul.2003, 15:46:37
Olá.

Susan Sontag é uma conhecida ensaísta e escritora norte-americana. Foi uma figura muito importante no campo da cultura nos anos 60 e princípios dos anos 70. A sua originalidade como ensaista reside na capacidade de unir num mesmo texto elementos da arte dita erudita e da cultura popular. Sontag tem 70 anos e recebeu este ano um prémio de uma associação de livreiros alemães pela sua contribuição a favor da paz.

O que é a Susan Sontag tem a ver com um Fórum LGBT?
Em 1966, no seu livro Agaisnt Interpretation, onde falava sobre Sartre, filmes de ficção científica, Rimbaud, etc, Susan Sontag publicou um ensaio chamado "Notes on Camp" (que ficou como um dos mais conhecidos do livro) onde ela procura definir a estética/modo de estar "camp".

Como devem saber o camp diz respeito à subcultura homossexual da efeminação, do exagero, das respostas rápidas na ponta da língua, do colorido, do fora do vulgar, do original. Um filme como Priscilla Rainha do Deserto retrata muito bem o camp. Três anos antes da Revolução de Stonewall, parecia que Sontag estava a pressentir as mudanças no campo da sexualidade. Infelizmente, permaneceu calada em relação  questões homossexuais nos 20 anos que se seguiram a Stonewall. Ainda não se percebeu bem porquê.

Os seus criticos na direita americana consideram-na uma ensaista de quinta categoria. Outros acham que com o passar dos anos perdeu qualidades, como aconteceu com a Germaine Greer. Eu adoro o seu estilo, a sua erudição, a capacidade de fazer associações inesperadas. Merece ser lida na Universidades onde penso que é pouco divulgada. Meia dúzia de escritoras menores, "pós-estruturalistas" cuja ideia de cultura limita-se ao Michel Foucault são actualmente mais divulgadas que Sontag. A barroca Judith Butler (a rainha da Queer Theory) é um exemplo desse péssimo grupo.

O ensaio que dá título ao livro começa assim:

Against interpretation

The earliest experience of art must have been that it was incantatory, magical; art was an instrument of ritual. (Cf. the paintings in the caves at Lascaux, Altamira, Niaux, La Pasiega, etc.) The earliest theory of art, that of the Greek philosophers, proposed that art was mimesis, imitation of reality.
http://www.susansontag.com/againstinterpretationexcrpt.htm (ensaio completo)

Biografia de Susan Sontag em: http://www.susansontag.com/biography.htm

Título: Re: Arte
Enviado por: SullenBoy em 18.jul.2003, 15:58:03
Deixo aqui o famoso ensaio

Notes on "Camp"
por Susan Sontag

Many things in the world have not been named; and many things, even if they have been named, have never been described. One of these is the sensibility -- unmistakably modern, a variant of sophistication but hardly identical with it -- that goes by the cult name of "Camp."

A sensibility (as distinct from an idea) is one of the hardest things to talk about; but there are special reasons why Camp, in particular, has never been discussed. It is not a natural mode of sensibility, if there be any such. Indeed the essence of Camp is its love of the unnatural: of artifice and exaggeration. And Camp is esoteric -- something of a private code, a badge of identity even, among small urban cliques. Apart from a lazy two-page sketch in Christopher Isherwood's novel The World in the Evening (1954), it has hardly broken into print. To talk about Camp is therefore to betray it. If the betrayal can be defended, it will be for the edification it provides, or the dignity of the conflict it resolves. For myself, I plead the goal of self-edification, and the goad of a sharp conflict in my own sensibility. I am strongly drawn to Camp, and almost as strongly offended by it. That is why I want to talk about it, and why I can. For no one who wholeheartedly shares in a given sensibility can analyze it; he can only, whatever his intention, exhibit it. To name a sensibility, to draw its contours and to recount its history, requires a deep sympathy modified by revulsion.

Though I am speaking about sensibility only -- and about a sensibility that, among other things, converts the serious into the frivolous -- these are grave matters. Most people think of sensibility or taste as the realm of purely subjective preferences, those mysterious attractions, mainly sensual, that have not been brought under the sovereignty of reason. They allow that considerations of taste play a part in their reactions to people and to works of art. But this attitude is naïve. And even worse. To patronize the faculty of taste is to patronize oneself. For taste governs every free -- as opposed to rote -- human response. Nothing is more decisive. There is taste in people, visual taste, taste in emotion - and there is taste in acts, taste in morality. Intelligence, as well, is really a kind of taste: taste in ideas. (One of the facts to be reckoned with is that taste tends to develop very unevenly. It's rare that the same person has good visual taste and good taste in people and taste in ideas.)

Taste has no system and no proofs. But there is something like a logic of taste: the consistent sensibility which underlies and gives rise to a certain taste. A sensibility is almost, but not quite, ineffable. Any sensibility which can be crammed into the mold of a system, or handled with the rough tools of proof, is no longer a sensibility at all. It has hardened into an idea . . .

To snare a sensibility in words, especially one that is alive and powerful,1 one must be tentative and nimble. The form of jottings, rather than an essay (with its claim to a linear, consecutive argument), seemed more appropriate for getting down something of this particular fugitive sensibility. It's embarrassing to be solemn and treatise-like about Camp. One runs the risk of having, oneself, produced a very inferior piece of Camp.

These notes are for Oscar Wilde.

"One should either be a work of art, or wear a work of art."
- Phrases & Philosophies for the Use of the Young



Título: Re: Arte
Enviado por: SullenBoy em 18.jul.2003, 16:00:17
1. To start very generally: Camp is a certain mode of aestheticism. It is one way of seeing the world as an aesthetic phenomenon. That way, the way of Camp, is not in terms of beauty, but in terms of the degree of artifice, of stylization.

2. To emphasize style is to slight content, or to introduce an attitude which is neutral with respect to content. It goes without saying that the Camp sensibility is disengaged, depoliticized -- or at least apolitical.

3. Not only is there a Camp vision, a Camp way of looking at things. Camp is as well a quality discoverable in objects and the behavior of persons. There are "campy" movies, clothes, furniture, popular songs, novels, people, buildings. . . . This distinction is important. True, the Camp eye has the power to transform experience. But not everything can be seen as Camp. It's not all in the eye of the beholder.

4. Random examples of items which are part of the canon of Camp:

   Zuleika Dobson
   Tiffany lamps
   Scopitone films
   The Brown Derby restaurant on Sunset Boulevard in LA
   The Enquirer, headlines and stories
   Aubrey Beardsley drawings
   Swan Lake
   Bellini's operas
   Visconti's direction of Salome and 'Tis Pity She's a Whore
   certain turn-of-the-century picture postcards
   Schoedsack's King Kong
   the Cuban pop singer La Lupe
   Lynn Ward's novel in woodcuts, God's Man
   the old Flash Gordon comics
   women's clothes of the twenties (feather boas, fringed and beaded dresses, etc.)
   the novels of Ronald Firbank and Ivy Compton-Burnett
   stag movies seen without lust

5. Camp taste has an affinity for certain arts rather than others. Clothes, furniture, all the elements of visual décor, for instance, make up a large part of Camp. For Camp art is often decorative art, emphasizing texture, sensuous surface, and style at the expense of content. Concert music, though, because it is contentless, is rarely Camp. It offers no opportunity, say, for a contrast between silly or extravagant content and rich form. . . . Sometimes whole art forms become saturated with Camp. Classical ballet, opera, movies have seemed so for a long time. In the last two years, popular music (post rock-'n'-roll, what the French call yé yé) has been annexed. And movie criticism (like lists of "The 10 Best Bad Movies I Have Seen") is probably the greatest popularizer of Camp taste today, because most people still go to the movies in a high-spirited and unpretentious way.
Título: Re: Arte
Enviado por: SullenBoy em 18.jul.2003, 16:05:13
O ensaio é muito extenso. Encontra-se na totalidade em:http://pages.zoom.co.uk/leveridge/sontag.html

Já agora, algumas partes que são as minhas favoritas:

51. The peculiar relation between Camp taste and homosexuality has to be explained. While it's not true that Camp taste is homosexual taste, there is no doubt a peculiar affinity and overlap. Not all liberals are Jews, but Jews have shown a peculiar affinity for liberal and reformist causes. So, not all homosexuals have Camp taste. But homosexuals, by and large, constitute the vanguard -- and the most articulate audience -- of Camp. (The analogy is not frivolously chosen. Jews and homosexuals are the outstanding creative minorities in contemporary urban culture. Creative, that is, in the truest sense: they are creators of sensibilities. The two pioneering forces of modern sensibility are Jewish moral seriousness and homosexual aestheticism and irony.)

55. Camp taste is, above all, a mode of enjoyment, of appreciation - not judgment. Camp is generous. It wants to enjoy. It only seems like malice, cynicism. (Or, if it is cynicism, it's not a ruthless but a sweet cynicism.) Camp taste doesn't propose that it is in bad taste to be serious; it doesn't sneer at someone who succeeds in being seriously dramatic. What it does is to find the success in certain passionate failures.

58. The ultimate Camp statement: it's good because it's awful . . . Of course, one can't always say that. Only under certain conditions, those which I've tried to sketch in these notes.







Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 18.jul.2003, 18:14:09
quando vocês põem textos grandes em inglês fico tão  [smiley=confuso.gif] [smiley=preocupado.gif]!

dá-me tanto trabalho que acabo por não ler! :book

:wings
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 08.set.2003, 17:56:04
hoje proponho

ruth_bernhard (http://www.peterfetterman.com/artists/bernhard/bernhard_sm.html)

(e já agora, sugere-se a livre exploração do site)

 [smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Re:Arte
Enviado por: cacao em 08.set.2003, 18:02:02
 :blush :blush :blush opsss é para maiores de 18...

Gostei da sugestão, C. ;)
Título: Re:Arte
Enviado por: XATE em 09.set.2003, 15:43:27
 :curtain ::) :blush



http://www.anarkasis.com/inspirame/eroticon/home.htm
 (http://www.anarkasis.com/inspirame/eroticon/home.htm)


 :-[ :-X
Título: Re:Arte
Enviado por: Cnidaria em 09.set.2003, 15:55:08
Olá a  todos !

O tema aqui é arte... bem para mim a arte sempre foi o meu refúgio. Aquilo que eu procurei quando me sentia mal, aquilo que eu quis sentir quando me encontrava desesperado. É também à arte que devo muito da minha educação. Foi ela que me ensinou a olhar para a vida de diferentes formas. Foi a arte que me deu o pensamento criativo e fléxivel que tenho hoje em dia. Óbvio que tenho as minhas "formas" de arte preferidas... A moda, a joalharia, a pintura... Aquilo que para muitos é pedaço de tecido para mim pode ser um bocado de história, mais forte ainda pode ser um pouco da forma de pensar de alguém... Nas calças de Chanel está implícito o desejo da mulher emancipada com que Paul Poiret já tinha sonhado.. Se Dior para alguns é futilidade para mim é um fogo de artíficio que apareceu depois das cinzas de uma guerra. A joalharia mostra  aquilo com que o homem sempre sonhou ... A beleza e o maciço do ouro que remete para uma busca de poder, a delicadeza e subtileza do diamante que busca um desejo de notoriedade, os rubis que nos transportam para viagens à india dos marajás...

Existe aqui alguém que queira formar comigo e mais dois amigos um grupo para ir a alguns Espectáculos  de música clássica, música de Câmara ? ok ok Tenho 18 anos e também gosto de dance music.... mas Verdi também faz bem à minha alma

Beijos
Título: Re:Arte
Enviado por: SullenBoy em 01.out.2003, 15:45:50
Faz já quase 2 semanas que faleceu Leni Riefenstahl, a polémica artista alemã.

Polémica porque realizou filmes considerados como filmes de propaganda para o regime nazi.

A RTP2 transmitiu um filme-documentário sobre a vida dela chamado " A Maravilhosa Horrível Vida de Leni Riefenstahl". Este filme foi interessante e bastante revelador. Ela negou sempre que tivesse algum conhecimento ou envolvimento directo com Hiltter, mas pelos vistos ela tinha de facto relações sociais com ele e com Goebbels, o ministro da Propaganda. Nos julgamentos de Freiburg ela foi julgada e considerada com "simpatizante" do Nazismo.

Enquanto realizadora foram impressionante as técnicas que ela criou como fazer um buraco na terra para de lá filmar os atletas.

Vi uma vez um dos seus filmes relacionado com as Olimpiadas de Berlin em 1936. Achei fabuloso para um filme feito nessa época.

Outro aspecto interessante foi a série de fotos que ela fez com os Numa, uma tribo de África. Ela escolheu-os por eles serem fortes e encorpados, ao contrário dos Masai, por exemplo, que são esguios. A intelectual Susan Sontag viu na série de fotos que ela fez sobre os Numa (nas quais na surgia ninguém velho ou doente), uma continuação da estética fascista dos filmes de propaganda de Hitler.

Muitas pessoas não querem saber simplesmente dela, tudo por causa do Nazismo. Eu compreendo que ainda não haja suficiente distanciamente histórico em relação ao período. Para além disso, tb acho que ela não é assim tão inocente quanto se fazia apresentar.

Mas a verdade é que as pessoas também se maravilham com aquelas pessoas de ouro do faraós do Antigo Egipto, um local que não era propriamente um símbolo de democracia. De igual forma, as pessoa também vão a Versalhes, visitar aquele palácio que caracterizou um período terrível na história francesa pré-revolução.

O Saramago reflecte sobre isto no "Memorial do Convento". Quando as pessoas vão a Mafra não se recordam dos trabalhadores pobres que morreram para fazer aquele monumento. Só se olha para o lado bonito. Talvez no futuro aconteça o mesmo com a obra de Leni.

Deixo aqui alguns sites:

Página oficial de Leni - http://www.leni-riefenstahl.de/

The Wonderful, Horrible Life of Leni Riefenstahl, filme sobre a vida da artista - http://www.brightlightsfilm.com/26/riefenstahl.html

Uma entrevista com Leni - http://www.taschen.com/pages/en/excerpts/photography/show/1/7.htm

Vários livros de fotografia sobre a sua obra editados pela fabulosa editora TASCHEN, do qual eu destaco a sua fotobiografia, FIVE LIFES, com as fotos dos Numa e fotos subaquáticas - http://www.taschen.com/pages/en/catalogue/books/artists_editions/new/seealso/02605.htm

E por último, recomendo em geral o site da TASCHEN, uma editora com óptimos livros de arte, que tem e-cards, wallpapers, entrevistas, etc... em www.taschen.com




Título: Re:Arte
Enviado por: abreasasas em 03.out.2003, 15:16:44
querida má Leni!

tb vi o documentário...
 achei que era uma mulher cheia de força. pelo menos disso não tenho dúvidas. e por muito que não se goste dela, poucos duvidam do seu génio., por isso...



eu proponho

web absurd art (http://www.absurd.org/)
Título: Re:Arte
Enviado por: tugidaq em 03.out.2003, 15:42:57
fotos mt fXs, c !  :)
Título: Re:Arte
Enviado por: blue25 em 03.out.2003, 22:06:55
estão todos para a minha exposição de joalharia no dia 28 deste mes na galeria meios :D ;) :) ;D

espero por voces bjos :-* :P
Título: Re:Arte
Enviado por: moon_angel em 03.out.2003, 23:51:30
para quem gostar de imagens abstractas... aqui fica o site:

http://home.wtal.de/spiriteye/fractal/...

e' sobre fractais.... (sao figuras geradas matematicamente)
Título: Re:Arte
Enviado por: XATE em 04.out.2003, 02:03:56
Para quem gosta de séries ou filmes como; Buffy, Alien, Matrix, X-files, Lord of the rings, etc. Os escultores, pintores, etc, destas criaturas, são normalmente classificados como Dark Artists, e ninguém tem dúvida da espectacularidade que estas séries e filmes proporcionam, mas também nunca ninguém dá credito a  quem está por trás destas criações. Existem muitos por ai, mas, o meu preferido é o H. R. Giger, mais conhecido por ter sido o criador do alien, mas a sua criatividade, vai muito mais longe que o mero alien. Este senhor faz analogias incíveis, que estão normalmente associadas entre; máquina, ser humano, sexo e religião. Em 2002, foi finalmente inaugurado um museu dedicado exclusivamente a toda a sua obra: e se expande nas maneiras mais diversas, tais como; telas em oléo, esboços a carvão, esculturas com os mais diversos tipos de materiais, livros, cinema, teatro, mobília, onde nem a ergonomia é deixada ao acaso. O site oficial não vale um chavo, é muito pobre. Encontrei este site não oficial, que nos mostra algo mais que o anterior, sobre a sua obra. Por exemplo, ao percorrer a galeria, as fotografias tem uma forma minúscula, mas podemos clicar para ficar maior e detectarmos pormenores que conseguem alterar por completo o significado inicial das fotografias. Se formos ver um livro, é engraçado a sequência do pensamento que leva a "materia prima" á obra de arte. Na galeria, e para pena minha, não vem essa sequência, mas aparece nalguns livros dele todo o esquema de pensamento para até ao produto final, e como exemplo: Ele olha para um camião do lixo, foca a parte onde vai encaixar o contentor, e numa sequência de quatro fotografias mostra como aquilo se transformou numa vagina, neste site só podem ver a obra final, e não a sequência, que tem muito mais significado, está na página 6 da galeria, e é obvio que a imagem, por si só, não demonstra quase coisa nenhuma.  :-\



http://hem.passagen.se/h2/giger/
 (http://hem.passagem.se/h2/giger/com)
Título: Re:Arte
Enviado por: moon_angel em 06.out.2003, 01:00:04
moon,

obrigada pela dica do site. fui lá "capturar" uma imagem.

:)



ainda bem q gostaste!

... eu tb adoro as imagens.... e como tem a ver com MATEMATICA... melhor ainda.... fica "tudo em familia"...  :D  :D
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 06.out.2003, 17:44:25
ainda bem que gostaste kiin ;D.

_______________________


quanto à leni concordo contigo sullen quando dizes que falta distanciamento. acredito que sempre será questionável ou mesmo "reprovável" a moral da senhora, tanto mais pelo que vi no documentário de que falas. não é o primeiro artista, nem será o último, a ter esse "problema". outra coisa, é a arte.

_______________________

asinhas, que site marado... hmmm e requere tempo aquilo, que "there's more than meets the eye",,, dei por mim enredada. : )

_______________________

eheheh, xate, quando soube que alien era um filme da década de 70 fiquei  :o, por tudo, mas muito pelos efeitos, pelo monstro. será sempre um dos meus "clássicos" 8).

_______________________

hoje chamo a vossa atenção para mais este site de fotografia (http://www.saudek.com/).


 [smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: ainda a Leni
Enviado por: abreasasas em 09.out.2003, 20:17:40
no final do mês na Cinemateca, vão passar os dois filmes mais famosos da Leni Riefenstahl:

O do comício nazi (não me lembro do nome) e o Olympia.

dia 29 e 31 de Outubro, por 2.5€

em breve, na programação on-line  (http://www.cinemateca.pt/programacao.asp) da Cinemateca



Cinemateca Portuguesa - museu do Cinema
Rua Barata Salgueiro, 39
1269-059 Lisboa
Tel: 21 359 62 00
Fax: 21 352 31 80
Email: cinemateca@cinemateca.pt
Título: Re:Arte
Enviado por: Emanem em 09.out.2003, 23:04:47


Bem eu escolhi a 1ª opção, gosto muito de desenho, pintura e fotografia! Cheguei a andar num mini curso de fotografia no meu liceu e tive muita pena de ter sido pouco tempo. Adoro tirar fotos, então hoje pareço uma tolinha de maquina na mão!  ;D ;D ;D
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 14.out.2003, 19:37:01
ora bem, hoje trago mais um site de fotografia, o que me chamou a atenção de novo a este fotógrafo foi o facto de ter inaugurado no dia 13 uma exposição, na cidade do porto. curiosamente logo à entrada do site somos brindados com a palavra "camera", talvez esta seja mais uma das que já constarão nos próximos dicionários ::) (ou então é alguma intenção que me escapa). mas dizia, a exposição chama-se diplicidades (http://www.paulogasparferreira.web.pt/diplicidades/index.htm), mas o site é mais do que isso: PauloGasparFerreira (http://www.paulogasparferreira.web.pt).


e já que se fala de teatro, por que não um blog de teatro? ou um blog de um homem do teatro? e por que não as duas coisas...
a saber, falo de carlos alberto machado. o seu blog chama-se CampoDeAfectos (http://carlosalbertomachado.blogspot.com). de lá podem partir para TeatroNoAr (http://teatroescrito.blogspot.com) ou Alquimia (http://teatrodear.blogspot.com).


that's all for today.

  [smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Re:Arte
Enviado por: Sacerdotisa em 14.out.2003, 22:21:08
 ;D ;D ;D Olá a todos!!!!! ;D ;D ;D


Fikei mto kontente por terem kriado este tópiko k é sempre  tão vasto dada as kombinações de gostos k se podem kruzar.... :)))) Hoje venho konvidar-vos a fazer uma viagem pelo mundo da Escultura..... mais propriamente, um kampo bastante konkreto..... Escultura Cinétika...... é kurioso komo se pode kombinar a força da natureza na arte...e ser uma arte de movimento por uma força motriz específika....assim sendo não poderia deixar de mencionar um grande nome neste universo Alexander Calder ;) ;)

http://www.radiouniversidad.org/secciones/reportajes/arte_hoy/Alexander Calder.htm


 ;D  ;D  ;DBjs e saudações cibernétikas!!!!  ;D ;D ;D
Título: Re:Arte
Enviado por: NickofTime em 16.nov.2003, 15:11:31
Só se pode votar numa opção?  :-\
Título: Re:Arte
Enviado por: Nu_vito em 16.nov.2003, 15:24:11
eu doro teatro!
Título: Re:Arte
Enviado por: Typi em 16.nov.2003, 17:49:12
Entrei em conflito com o meu próprio ser....qdo me deparei com este topico....l0olis

vc´s são uns maus....eu Adoro Arte plos vistos todo o tipo de arte pois tdos os campos me fascinaram bastante....
Acabei por optar pela dança e musica, por ser algo que nasceu comigo....apesar de ser uma grande aficcionada da pintura e pela fotografia...
enfim....não me vou por paki a opinar sobre a forma de arte como espelho de uma cultura ou de expressão corporal....senão tinhamos tema para futuras núpcias...deixo só o meu voto!!!!

 ;)

 
Título: Re:Arte
Enviado por: abreasasas em 20.nov.2003, 02:35:05
não sei se já recomendei BOSCH...

se calhar já, mas queria lembrar que o PÚBLICO, no dia 7 de Dezembro traz uma edição da TASCHEN sobre o Hieronymus. Não percam, eu espero não me esquecer.
Título: Re:Arte
Enviado por: Magia em 20.nov.2003, 15:20:13
pena nao dar pa escolher duas: fotografia e literatura!  ::)
Título: Re:Arte
Enviado por: Dido em 21.nov.2003, 11:26:01
não sei se já recomendei BOSCH...

eu tenho perferencia.. pela Miele.. mas sao ambas boas marcas.. ::)
Título: Re:Arte
Enviado por: abreasasas em 21.nov.2003, 11:26:39
quando a criação foi criada havia a opção de resposta múltimpla, mas agora acho que já não há. assim a votação fica sem muito efeito, porque geralmente ninguém vota em apenas uma. a arte é mesmo para exisitir em várias formas...
Título: Re:Arte
Enviado por: Dido em 21.nov.2003, 11:32:08
Eu juro que n fiz batota.. votei apenas numa.. (na dita perferida)  :-\
Título: Re:Arte
Enviado por: abreasasas em 21.nov.2003, 11:39:39
lol, agora é que vi a Míele...

não fizeste batota, nem podias fazer...
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 31.jan.2004, 02:28:50


DavidKofton (http://www.artistkofton.com)


 [smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Re:Arte
Enviado por: nature_lover em 26.fev.2004, 00:46:37
ADORO FOTOGRAFIA!!!! :) ;)
Título: Re:Arte
Enviado por: blueeyes em 26.fev.2004, 01:23:41
A pintura fascina-me  :P
Título: Re:Arte
Enviado por: Dido em 26.fev.2004, 01:28:35
                      .. gostava de ter o privilegio de poder ganhar a vida


              .. a fazer o que eu gosto..

                                    .. fotografia..


  .. ou quem sabe.. a fotografar(-te)..


            [smiley=feliz.gif]
Título: Re:Arte
Enviado por: lagarto em 26.fev.2004, 01:53:45
eu adoro banda desenhada, principalmente, mangas e comics on-line. adoro desenhalos tb, é uma das minhas paixoes.

s s pudesse escolher outra opçao, escolheria musica/dança
Título: Re:Arte
Enviado por: timmy em 26.fev.2004, 01:57:40
Eu escolhi musica/dança pk realmente é a minha paixão... dançar. Pratikei dança de salão durante algum tempo e adorei, infelizmente, por motivos de força maior tive de deixar.... :( kem sabe um dia voltarei a praticar esse tipo de dança ou outro... enkuanto isso não acontece sempre vou dançando qd tou sozinho.

Tb adoro tirar fotografias e pintar, costumo pintar a pastel, embora não tenha mto jeito pa desenhar... só msm qd tou com mta inspiração é k sai algo mais em condições.

Outra "paixão" é o modelismo... tenho as minhas "colecções" masculinas e femininas guardadas a sete chaves ;) :P :up

O teatro tb é alg k me fascina imenso... tanto k estive msm pa seguir o curso de teatro, a nível universitário.... mas n segui.

E finalmente outra das minhas paixões é a cozinha, ADORO cozinhar, para mim não é sacrifício nenhum é msm um prazer, dsd refeições a sobremesas. Adoro fazer bolos e outro tipo de doces (claro k dps fica pós outros comerem senão já tinha de entrar em casa de lado... :P  :-X)
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 26.fev.2004, 14:49:58
hmmm, os japoneses são realmente bons. ;D

eu gosto particularmente de:

Evangelion (http://www.amazon.com/exec/obidos/search-handle-url/index%3Dstripbooks%26field-keywords%3Dneon%2520genesis/102-0738326-3542563)

muuuuito bom.

(c.)
Título: Re:Arte
Enviado por: Eo em 26.fev.2004, 21:36:31
Recentemente deu-me uma curiosidade de saber mais sobre o pintor Francis Bacon.
Francis Bacon Image Gallery (http://www.francis-bacon.cx/index.html) é um site interessante com imagens das obras do pintor e com uma boa biografia.


Quanto às minhas formas de arte favoritas uma delas é o cinema. Em particular o cinema fascina-me porque é uma arte que mistura outras artes como a literatura e a fotografia. Nesse sentido acho o cinema muito completo.
Ultimamente tenho andado mais numa de fotografia, a experimentar a minha sony cybershot acabadinha de comprar. ;D ::)
Título: Re:Arte
Enviado por: artjazz em 25.mar.2004, 16:32:58
Olá :)
Não sou artista nem coisa que se pareça, mas tenho que realizar um trabalho artístico. Trabalho esse que tem que ser conceptual.
A Arte Conceptual, também denominada "arte da ideia", saída de um ensaio de de Henry Flynt, justamente intitulado "Concept Art" (1961), culmina todo um percurso de transformações na arte contemporânea que começou no Dadaísmo. Prosseguindo a ruptura com os suportes tradicionais que se vinha fazendo em todos os movimentos artísticos depois da IIª. Guerra Mundial (1939-1945), artistas conceptuais recusam a própria realização material da obra de arte, colocando em seu lugar ideias e projectos ainda em esboço. Procuram desta forma estimular a imaginação dos espectadores, juntando muitas vezes indicações precisas para a reflexão ou acção. Esta arte situa-se frequentemente ao nível de problemáticas filosóficas, nomeadamente no âmbito da teoria do conhecimento. Dada a natureza deste tipo de arte, o que frequentemente destas intervenções subsiste são documentos gráficos onde os artistas registaram as suas ideias ou projectos.
Um exemplo de uma obra de arte conceptual é o urinol com o titulo ”Fonte”(1917) de Marcel Duchamp, que eleva o objecto industrial(ready-made) à categoria de obra de arte; poetiza o efémero, ao expor numa galeria de arte.
 O meu tema seria a Homossexualidade. Pois através da arte pode-se transmitir uma mensagem.  ;)
Gostava que me dessem ideias, sugestões para este trabalho. :up
Obrigada
Bjokas :-* :-* :-*

Título: Re:Arte
Enviado por: absolut_ em 25.mar.2004, 17:21:19
Desenhar a carvão..ADORO!Gosto mt de desenhar, á msm a mnh paixao..! :P ;D ;D ;D
Título: Re:Arte
Enviado por: artjazz em 25.mar.2004, 19:40:50
Olá :)
Não sou artista nem coisa que se pareça, mas tenho que realizar um trabalho artístico. Trabalho esse que tem que ser conceptual.
A Arte Conceptual, também denominada "arte da ideia", saída de um ensaio de de Henry Flynt, justamente intitulado "Concept Art" (1961), culmina todo um percurso de transformações na arte contemporânea que começou no Dadaísmo. Prosseguindo a ruptura com os suportes tradicionais que se vinha fazendo em todos os movimentos artísticos depois da IIª. Guerra Mundial (1939-1945), artistas conceptuais recusam a própria realização material da obra de arte, colocando em seu lugar ideias e projectos ainda em esboço. Procuram desta forma estimular a imaginação dos espectadores, juntando muitas vezes indicações precisas para a reflexão ou acção. Esta arte situa-se frequentemente ao nível de problemáticas filosóficas, nomeadamente no âmbito da teoria do conhecimento. Dada a natureza deste tipo de arte, o que frequentemente destas intervenções subsiste são documentos gráficos onde os artistas registaram as suas ideias ou projectos.
Um exemplo de uma obra de arte conceptual é o urinol com o titulo ”Fonte”(1917) de Marcel Duchamp, que eleva o objecto industrial(ready-made) à categoria de obra de arte; poetiza o efémero, ao expor numa galeria de arte.
 O meu tema seria a Homossexualidade. Pois através da arte pode-se transmitir uma mensagem.  ;)
Gostava que me dessem ideias, sugestões para este trabalho. :up
Obrigada
Bjokas :-* :-* :-*


Espero sugestoes :-\
Tks :-*
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 30.mar.2004, 18:54:49
 [smiley=enamorado.gif] Xatejinha anda perdida de amores pelo menino Luis Royo [smiley=enamorado.gif]


 ::) um ilustre desconhecido... ::)


 :) mas cuja obra consegue chocar mais que uma galinha  :)


 ::) espero que esteja tudo em conformidade com as regras deste Fórum ::) :)

 :-[ Tens razão Blade :-[ enganei-me :-[ pelos traços das meninas pensei que fosse do Royo :-[ sou tão despistada, que nem reparei que tinha a assinatura do Boris :-[

 ;D entertanto, deixo-vos uma lembrança do Boris Vallejo  ;D

(http://groups.msn.com/_Secure/0UgDZAvsYFyVNilBnUPTuMxklEOyWEUaIz1iJvO4Zd0lNbpfCYIB0ABSKZEHuKls79WSRxGz!ayRL0O8PgRiPOQ6RVBAJoNS5qmUFcHZ5BrySZZx0bZpS!P48!jRpe95k/ADevilishAngel.jpg?dc=4675456916582073184)


Título: Re:Arte
Enviado por: patricia em 30.mar.2004, 19:13:13
oi xate, esta imagem magnifica... ja foi feito tb num trabalho pela artista lia k é tatuadora, ficou lindo...

dificil, e demoroso, mas ficou demais.
adoro decoraçao e fotografia e ai partilho mtas vezes coma lia k ela tb adora. pinta tb a carvao o k as vezes fotografa ou eu.
Título: Re:Arte
Enviado por: artjazz em 30.mar.2004, 22:56:28
Olá :)
Não sou artista nem coisa que se pareça, mas tenho que realizar um trabalho artístico. Trabalho esse que tem que ser conceptual.
A Arte Conceptual, também denominada "arte da ideia", saída de um ensaio de de Henry Flynt, justamente intitulado "Concept Art" (1961), culmina todo um percurso de transformações na arte contemporânea que começou no Dadaísmo. Prosseguindo a ruptura com os suportes tradicionais que se vinha fazendo em todos os movimentos artísticos depois da IIª. Guerra Mundial (1939-1945), artistas conceptuais recusam a própria realização material da obra de arte, colocando em seu lugar ideias e projectos ainda em esboço. Procuram desta forma estimular a imaginação dos espectadores, juntando muitas vezes indicações precisas para a reflexão ou acção. Esta arte situa-se frequentemente ao nível de problemáticas filosóficas, nomeadamente no âmbito da teoria do conhecimento. Dada a natureza deste tipo de arte, o que frequentemente destas intervenções subsiste são documentos gráficos onde os artistas registaram as suas ideias ou projectos.
Um exemplo de uma obra de arte conceptual é o urinol com o titulo ”Fonte”(1917) de Marcel Duchamp, que eleva o objecto industrial(ready-made) à categoria de obra de arte; poetiza o efémero, ao expor numa galeria de arte.
 O meu tema seria a Homossexualidade. Pois através da arte pode-se transmitir uma mensagem.  ;)
Gostava que me dessem ideias, sugestões para este trabalho. :up
Obrigada
Bjokas :-* :-* :-*



Ó ainda ninguém deu ideias :( :'(
Pq?? :'( :'( :'(
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 01.abr.2004, 21:48:17
Sem Título- Luis Royo



(http://groups.msn.com/_Secure/0RgAAADYVtunFL2UUsBhHBWv3E7JaFoF9pJT62iPpLE*yrkYsK4yukVyT5j8y*p97Ekk!KwKuerBBWrA5ovUuKWu1uqMrFNc1Tu*EykxsXvg/24.jpg?dc=4675432485769336607)


 [smiley=enamorado.gif]
Título: Re:Arte
Enviado por: Ange em 01.abr.2004, 23:07:37
Amo a Arte, e ela vive em mim (vivo eu nela), abraça-me, agarra-me. Não vivo um segundo sem me deliciar, sem ser atirada para a minha mente criativa: passo por uma árvore( e o quanto as amo!) e logo a imagino deitada num papel, com rosto, com mãos, cabelos largos, um ar triste (ou feliz). Vejo a Alma de objectos, auras de pessoas... e tudo me dá impuso de criar. Desenho e pinto mulheres, mulheres que tantas vezez criei na minha mente, que sonhei amar...

Xate :-*, Luis Royo é muitissimo conhecido, a exposição anual d bd da Amadora costuma ter trabalhos dele :-* :-* :-* :-* :-X
Título: Re:Arte
Enviado por: Blade em 01.abr.2004, 23:22:25
 ;D Acho que a xate não conhexe ;D enganaste-te xate ;D a primeira que colocaste é do Boris Vallejo ;D mas pelo que vi ;D a Xate é mestra no H.R. Gigger  ;D ( o taradão  :-X)

 ::) Menina de Preto ::) quem não é fã de BD ::) muito provavelmente não conhece ;D

Xate, se quiseres conhecer mais desse género ;D

 :-[ Digo-te por MP  :-[

 :-* :-*

Título: Re:Arte
Enviado por: patricia em 02.abr.2004, 10:55:32
oi xate

a imagem é demais!
sem palavras!
Título: Re:Arte
Enviado por: moon_angel em 02.abr.2004, 11:29:49
xatezinha....


havera algum site onde foste buscar tais imagens?!?!

conta la...

sao deveras originais, e magnificas simultaneamente! :)
Título: Re:Arte
Enviado por: Sacerdotisa em 02.abr.2004, 11:45:23

Sim tb adorei as imagens... está permente uma sensualidade k transborda sob todas as formas e feitios... É um verdadeiro prazer poder kontemplar a essência feminina nos mais variados kampos artístikos!!! :) ;)

bjs e saudações cibernétikas!!!! ;D ;D ;D
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 02.abr.2004, 11:47:03
 :P Nem por isso nina Blade :P  :-[ quem te ler até pensa que eu tenho uma fixação por pinisse and vajainas  :P

 :) Sim Moon  ;) mas tens que me prometer que tens mais de 21 anos ;D

 ;)
Título: Re:Arte
Enviado por: moon_angel em 02.abr.2004, 11:53:09
:P Nem por isso nina Blade :P  :-[ quem te ler até pensa que eu tenho uma fixação por pinisse and vajainas  :P

 :) Sim Moon  ;) mas tens que me prometer que tens mais de 21 anos ;D

 ;)


sera q 26 chegam?!?!?! lol lol lol lol lol
Título: Re:Arte
Enviado por: Sacerdotisa em 02.abr.2004, 12:03:29

 O meu tema seria a Homossexualidade. Pois através da arte pode-se transmitir uma mensagem.  ;)

Kida artjazz... lembraste de termos tado a falar acerka disto no outro dia? Axei uma temátika genial !!!

Dei-te algumas ideias  relativamente à konkretização do trabalho ... kdo te falei na possibilidade de usares arame, tela, esfregões, batôn, kaximbos ou cigarros, tecidos, papel de alumínio... entre outros e o posicionamento dos korpos femininos e maskulinos... para k se kompreende-se a essência... e k a linguagem universal fossem os afektos entre iguais!!!

Já agora k sei k tencionas partir de uma árvore...tenta tb enfatizar do interior da mm um koração... k a meu ver  é  um símbolo bastante elucidativo.... das nossas relações!!!!  Usa e abusa do red aí e tb nos lábios...

Bem se me okorrer mais alguma sugestão...dir-te-ei!!! Jinhos grds!!!! :-* :-* :-* ;D ;D ;D
Título: Re:Arte
Enviado por: -CarpeDiem- em 02.abr.2004, 12:03:35
Eu coloquei uma imagem no photoshop e alterei e adicionei alguns pormenores, estou a experimentar.. mas não se está no sitio certo.. ehhh  :-[

http://hopper.deviantart.com/300W/images3.deviantart.com/i/2004/092/6/a/Garfield.jpg
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 02.abr.2004, 13:30:20
Olá :)
Não sou artista nem coisa que se pareça, mas tenho que realizar um trabalho artístico. Trabalho esse que tem que ser conceptual.
A Arte Conceptual, também denominada "arte da ideia", saída de um ensaio de de Henry Flynt, justamente intitulado "Concept Art" (1961), culmina todo um percurso de transformações na arte contemporânea que começou no Dadaísmo. Prosseguindo a ruptura com os suportes tradicionais que se vinha fazendo em todos os movimentos artísticos depois da IIª. Guerra Mundial (1939-1945), artistas conceptuais recusam a própria realização material da obra de arte, colocando em seu lugar ideias e projectos ainda em esboço. Procuram desta forma estimular a imaginação dos espectadores, juntando muitas vezes indicações precisas para a reflexão ou acção. Esta arte situa-se frequentemente ao nível de problemáticas filosóficas, nomeadamente no âmbito da teoria do conhecimento. Dada a natureza deste tipo de arte, o que frequentemente destas intervenções subsiste são documentos gráficos onde os artistas registaram as suas ideias ou projectos.
Um exemplo de uma obra de arte conceptual é o urinol com o titulo ”Fonte”(1917) de Marcel Duchamp, que eleva o objecto industrial(ready-made) à categoria de obra de arte; poetiza o efémero, ao expor numa galeria de arte.
 O meu tema seria a Homossexualidade. Pois através da arte pode-se transmitir uma mensagem.  ;)
Gostava que me dessem ideias, sugestões para este trabalho. :up
Obrigada
Bjokas :-* :-* :-*




Ó ainda ninguém deu ideias :( :'(
Pq?? :'( :'( :'(


eheh, toda a gente a fingir que te viu, já viste? a passar por aqui e a assobiar para o ar, como quem nem viu que se falava de arte conceptual. but can you blame us?
o que pedes é extraordinariamente difícil, artjazz. :inq :blush

só essa coisa de encaixar o que é a arte conceptual já dá muito que fazer. e depois. dar-te uma "ideia" seria dar-te tudo, não? seria fazer o trabalho por ti, não é? se a ideia, afinal, é quase tudo o que importa na arte conceptual. ; )

hoje falavam-me de Kosuth, bom, isto para ti não será novo, mas passemos por aí de qualquer  modo. one and three chairs, quase que parece canónico, não? pelo menos a reverência com que me falavam da coisa.

este divertiu-me particularmente:

(http://www.guggenheimcollection.org/images/lists/work/79_1_sm.jpg)_enlarge (http://www.guggenheimcollection.org/site/artist_work_lg_79_1.html)
‘Titled (Art as Idea as Idea) [Water],’, 1966. Photostat mounted on board, 48 x 48 inches. Solomon R. Guggenheim Museum, Gift, Leo Castelli, New York. 73.2066. © 2003 Joseph Kosuth/Artists Rights Society (ARS), New York.

 
again, dar-te uma ideia para este teu trabalho, artjazz, seria fraudulento. [smiley=estiloso.gif]


ah, mas confesso, sempre gostava de saber como a coisa correu, what you came up with, e assim...

*
(c.)
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 02.abr.2004, 13:36:26
(ooops, tinha a janela com a resposta anterior por enviar há mais de uma hora, pelo que não vi a tua resposta, sacerdotisa... enfim, nenhum mal virá ao mundo como consequência destes meus patológicos atrasos, apenas este meu irresolúvel bad timing ::))


(c.)
Título: Re:Arte
Enviado por: Sacerdotisa em 02.abr.2004, 18:28:18
(ooops, tinha a janela com a resposta anterior por enviar há mais de uma hora, pelo que não vi a tua resposta, sacerdotisa... enfim, nenhum mal virá ao mundo como consequência destes meus patológicos atrasos, apenas este meu irresolúvel bad timing ::))


(c.)




lol lol lol lol C. risos deixa lá isso...eu dei na mm...risos lol lol lol Komo sabemos, sendo ela a produtora do trabalho,  terá de o fazer por si só...apenas trilhamos kaminhos, mas é pelo próprio pé k ele é perkorrido!!!  ;) ;)

Jinhos grds para a art  e tb para ti C.!!!  :-* :-*


Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 03.abr.2004, 09:33:28
 :) Ok Moon, o prometido é devido ;)



http://www.aumania.it/fa_royo1.html (http://www.aumania.it/fa_royo1.html)
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 03.abr.2004, 09:44:46
Do Boris Vallejo



http://www.suicide.couk.com/gallery/boris/borisg.htm (http://www.suicide.couk.com/gallery/boris/borisg.htm)
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 03.abr.2004, 09:54:19
 :) E a minha imagem preferida do Giger, é esta ::)



(http://www.fortunecity.com/rivendell/legend/728/giger/18.jpg)
Título: Re:Arte
Enviado por: moon_angel em 05.abr.2004, 00:04:49
:) Ok Moon, o prometido é devido ;)


obrigada... es uma querida!!! :)  :-*
Título: Re:Arte
Enviado por: alex_source em 05.abr.2004, 15:34:45
Escolhi tdas pq, sinceramente gosto de
tdas as formas d arte, apesar das minhas paixoes n serem essas. As minhas paixoes sao o campo a natureza o conhecimento da fauna e flora portuguesas pa sua protecçao (etologia)... por aí...
Título: Re:Arte
Enviado por: Sueca em 15.abr.2004, 20:37:50
Apesar não ser aluna de artes, eu amo as artes!!! 8) A setima arte fasciname...
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 19.mai.2004, 21:19:52
The Last Super- Joachim Luetke

(http://www.luetke.com/sources/images/paintings/the_last_supper/paint_supper.jpg)
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 19.mai.2004, 21:23:40
Fetish Nº 9- Joachim Luetke

(http://www.luetke.com/sources/images/paintings/fetish_no_9/paint_fetish_c.jpg)


Gosto da fusão que faz entre o homem e a máquina, e da combinação de cores.
Título: Re:Arte
Enviado por: Azuth em 19.mai.2004, 21:29:58
Joachim Luetke- Dimmu Borgir (Cover Album)

(http://www.luetke.com/coverart_worx/images/dimmu02/db_death_cult_01.jpg)
Título: Re:Arte
Enviado por: LeSkInE em 15.jun.2004, 23:39:26
 Dois sites que vale a pena visitar.

Arquitectura
http://www.coop-himmelblau.at/coophimmelblau.html
Pintura
www.gustavofernandes.com
Título: Re:Arte
Enviado por: s@n@ em 03.jul.2004, 12:31:38
 ;Dtou tão contente adorei este topico ;D isto parece uma galeria de arte, fiquei a conhecer joachim luetke que n conhecia mt fixe :)tamos sempre a aprender, mas continuando, eu vivo para as artes, adoro fotografia, pintura, desing, publicidade,cinema, resumindo tudo o possa ser um metodo de expressão


mas em especial no meu coração   ARQUITECTURA

PS: ALGUEM ESTUDA ARQUITECTURA AKI NO FORUM?
Título: Re:Arte
Enviado por: Eo em 03.jul.2004, 16:58:12
Ultimamente tenho andado muito p'ra pop art.
Atrai-me bué o facto de ver retratada em arte o que acontece no nosso dia a dia e que não reparamos, a deificação dos bens de consumo para massas.

Andy Warhol (http://www.warhol.org/)

Até podem criar o vosso quadro warholiano.  ;D
Título: Re:Arte
Enviado por: c em 13.jul.2004, 01:35:04
estava na hora de mudar o meu perfil, comecei pelo avatar e aproveito para deixar aqui a sugestão.

o senhor michael kenna (http://www.michaelkenna.net)

incialmente ia colocar a Philosopher's Tree:
(http://www.michaelkenna.net/html/new04/images/l107.jpg)

depois acabei por me ficar com esta Three Trees:
(http://www.michaelkenna.net/html/japan02/images/4.jpg)

something about trinity... i don't know.

 [smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Disseram que...
Enviado por: mar de pinho em 28.nov.2004, 22:18:42
(http://perso.wanadoo.fr/chabrieres/paintings/hopperhotelroom.jpg)
Eduard Hopper, Hotel Room ,1931.


"Temos a arte para não perecer da verdade."
Nietzsche

"Ce sont les regardeurs qui font les tableaus."
Duchamp

Gombrich contestou a ideia de Ruskin sobre o “olhar inocente” : disse que o olhar não era inocente, tal como a observaçao científica não o é. O acto de olhar modifica a realidade.

"Não existe uma coisa chamada arte; existem apenas os artistas."
Gombrich

"L´art véritable s`accomplit dans le silence."
Proust. Le temps retrouvé II

"Don`t we all know that art is dangerous ? You play it – then you live it."
Stefan Balint 

"O pensamento e a linguagem são para o artista instrumentos de arte. O vício e a virtude são para o artista materiais de arte."
Oscar Wilde, in prefácio de O Retrato de Dorian Gray.

Título: Re: Arte
Enviado por: Wolf em 28.nov.2004, 23:02:26
i just wanna say

          I HATE POP ART
                I REALLY REALLY DO HATE POP ART!!


enfim...foi só um desabafu...

LEONARDO DAVINCI E MIGUEL ANGELO FOREVER

ehehe [smiley=maluco.gif] [smiley=orgulhoso.gif] [smiley=preocupado.gif]
Título: Re: Arte
Enviado por: nakedboy em 29.nov.2004, 01:10:30
Como é k eu vou votar isto? ??? ??? Gosto de todas as formas de arte aki descritas.... :o
Kero ver se n perco a exposição de Paula Rego, no museu de Arte Contemporânea de Serralves.
Título: Re: Arte
Enviado por: timmy em 29.nov.2004, 01:11:21
sim, n percas, está FANTASTICA!
Título: Re: Arte
Enviado por: nakedboy em 29.nov.2004, 01:23:05
De certeza k n a perco!! Adoro a Paula Rego.
E se for acompanhado inda melhor... ;D
Título: Re: Arte
Enviado por: BBO em 29.nov.2004, 02:03:39
Eu adoro pintar, desenhar ... principalmente com lápis d cor torna o desenho mais realistico mais perfeito ... gosto tmb d observar os abstractos mas n é o meu forte faxer algum assim !!!

adoro os trabalhos de  ESCHER !! principalmente o metamorfoses :D é mesmo lindo.. dá pra ficar horas a olhar como akilo foi feito lol
Título: Re: Arte
Enviado por: Aicul em 29.nov.2004, 20:35:08
Eu não consegui votar porque as minhas formas de arte preferidas estão separadas por 3 categorias, Lol.

FOTOGRAFIA, MUSICA e CINEMA  :up

Sou completamente viciada em fotografia, tenho uma videoteca de mais de 400 filmes (não costumo passar mais de 2 dias sem ver um filme) e não sobrevivo sem música (and god bless my guitar).  lol
Título: Re: Arte
Enviado por: pipinha17 em 10.dez.2004, 22:11:48
 SINTO ME LIVRE QUANDO ESTOU A OBSERVAR ARVORES E SE TIVER POR PERTO UMA LAPIZEIRAQ E UMA FOLHA BRANCA IMEDIATAMENTE PERCO HORAS A DEZENHAR, TB ANDORO PINTAR TELAS   :D
Título: Re: Arte
Enviado por: Edy em 11.dez.2004, 08:07:37
Rudolf Nureyev



Rudolf Nureyev nasceu na Rússia Soviética, se transformando num dos mais celebrados bailarinos do século 20 e o primeiro superstar homem do mundo da dança desde Vaslav Nijinsky. Ele espantava o público com giros e saltos espetáculares, mas era seu temperamento apaixonado e sentimental que o fez um fenômeno. Nureyev, que era descendente de Tatar, estudou a dança e sua técnica com o Ballet Ufa. Ele era um estudante incrível mas rebelde na Escola de Ballet de Leningrado de 1955 a 1958, quando ele pulou do corpo de baile e se formou diretamente com solos no Kirov Ballet. Três anos mais tarde, em 17 de Junho de 1961, quando estava em turnê com o Kirov em Paris, ele quebrou a barreira da segurança soviética e pediu asilo de oficiais no aeroporto de Le Bourget. Nos meses seguintes ele se apresentou em Paris, New York, Londres e Chicago, mas seu auge foi atingido em 1962 quando ele fez par com a aclamada bailarina Margot Fonteyn do British Royal Ballet. O magnífico virtuosismo de Nureyev se mostrou um contraponto à elegancia matura de Fonteyn, e logo sua parceria juvenesceu a carreira da moça e estabelezeu a dele. Fora sua ligação ao Royal Ballet como um 'permante artista convidado' por vinte anos, Nureyev não era afiliado com a compania de dança. Ele trabalhou como artista convidado por todo o mundo, tanto como bailarino e depois como coreógrafo. Nos anos 70 ele se envolveu com o drama. Apareceu na tevê e em filmes, ele também fez tour nos EUA como o Rei de Sião, numa relembrança do clássico musical da Broadway 'O Rei e Eu'. Mesmo se tornando um cidadão austríaco em 1982, ele passou grande parte de sua via em Paris, onde ele era o diretor e principal coreógrafo do Paris Opera Ballet. Em 1989 ele dançou na União Soviética pela primeira vez desde que a abandonara. Nureyev fez sua última aparição pública em outubro de 1992, como diretor na estréia parisiense de uma nova produção de La Bayadère.
Nureyev morreu em 1993, em Paris, França.


                                     (http://www.geocities.com/Hollywood/Lot/8182/rudolf.gif)




Título: Re: Arte
Enviado por: Edy em 15.jan.2005, 15:39:29
Nuno Júdice

Nascimento: 1949 Mexilhoeira Grande
País: Portugal
 

Escritor, poeta e ensaísta português, natural de Mexilhoeira Grande, Portimão. Estudou Filologia Românica na Universidade de Lisboa, vindo depois a ser professor do ensino secundário. Actualmente, é professor da Universidade Nova de Lisboa, onde se doutorou em 1989 com uma tese sobre Literatura Medieval.
Colaborou ainda nas publicações O Tempo e o Modo e Jornal de Letras. A partir de 1997, passou a desempenhar, em Paris, os cargos de conselheiro cultural da embaixada portuguesa e delegado do Instituto Camões.
Publicou um livro de divulgação da literatura portuguesa do séc. XX em França: Voyage dans un siècle de littérature portugaise (1993) reeditado e revisto na edição portuguesa Viagem por um século de literatura (1997).
Tem livros traduzidos em Espanha, Itália, Venezuela, Inglaterra e em França, onde está publicado na colecção Poésie/Gallimard com Un chant dans l'epaisseur du temps.
Foi nomeado Conselheiro Cultural da Embaixada de Portugal e Director do Instituto Camões, em Paris
É o comissário para a área da Literatura de «Portugal como país-tema da 49.ª Feira do Livro de Frankfurt».
Tem escrito obras de ficção, como Plâncton (1981), A Manta Religiosa (1982), O Tesouro da Rainha de Sabá (1984), Vésperas de Sombras (1999) e Por Todos os Séculos (1999);
Publicou o primeiro livro de poesia em 1972: A Noção do Poema. Seguiram-se Crítica Doméstica dos Paralelipípedos (1973), O Mecanismo Romântico da Fragmentação (1975), O Voo de Igitur Num Copo de Dados (1981), A Partilha dos Mitos (1982), Lira de Líquen (1985, Prémio Pen Club Português), A Condescendência do Ser (1988), Enumeração de Sombras (1989), As Regras da Perspectiva (1990), Um Canto na Espessura do Tempo (1992), Meditação sobre Ruínas (1994, Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, 1995), O Movimento do Mundo (1996), A Fonte da Vida (1997), Raptos/Enlévements/Kidnappings (1998, poemas escolhidos, com ilustrações de Jorge Martins), Teoria Geral do Sentimento (1999), Linhas de Água (2000) e A Árvore dos Milagres (2000).
De entre as suas obras de ensaio destacam-se A Era do «Orpheu» (1986), O Espaço do Conto no Texto Medieval (1991), O Processo Poético (1992) e As Máscaras do Poema (1998), sendo esta última obra uma recolha de muitos dos seus textos de ensaio e crítica.
Em 1996, foram lançadas as revistas Tabacarias dirigidas pelo escritor.
Recebeu os mais importantes prémios de poesia portugueses: Pen Clube (em 1985), D. Dinis da Fundação Casa de Mateus (1990) e da Associação Portuguesa de Escritores (1994), este último com o livro Meditação sobre Ruínas que foi finalista do Prémio Europeu de Literatura, Aristeion. Nuno Júdice recebeu ainda o Prémio de Poesia Pablo Neruda e o Prémio da Fundação da Casa de Mateus.
Em 2001, publicou Pedro, Lembrando Inês e Cartografia de Emoções, um livro de poesia. No mesmo ano, Rimas e Contas, integrada na colectânea Poesia Reunida 1976/2000, foi reconhecida com o Prémio Crítica 2000, pelo Centro Português da Associação Internacional dos Críticos Literários (AICL)
Título: Re: Arte
Enviado por: abreasasas em 15.jan.2005, 18:44:29
boas escolhas, também gosto do Nuno Júdice, e foi-me apresentado por um francês, em França, há quase dois anos.... senti-me uma ignorant savage, como a Pocahontas.

peço a vossa atenção para: CONCURSO JOVENS CRIADORES: http://www.artesideias.com/home.htm

artistas de todos os gostos....
expandi-vos
Título: Re: Arte
Enviado por: indigo em 20.jan.2005, 15:19:33
Vejam as estações de metro de Moscovo.. parecem autênticos museus..  :)

http://www.beeflowers.com/Metro/-Startfiles-/index.htm
Título: Re: Arte
Enviado por: MisticThought em 02.mai.2005, 16:48:25
Bem, como estou a estudar essa área, prefiro a arquitectura. É das artes mais abrangentes que existe (a meu ver claro).

E já agora, para quem puder ir ver, está uma exposição do arquitecto Siza Vieira no Museu de Serralves, no Porto, com projectos, desenhos e maquetas do mesmo.
Para quem gosta é pecado não ir ver   ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: MisticThought em 04.set.2005, 22:31:10
Morreu um dos maiores artistas de sempre em Portugal... Fernando Távora, arquitecto. Portugal ficou sem dúvida mais pobre...  :'( :'( :'(
Título: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: c em 05.jan.2006, 17:10:15
kitsch
s. m., tendência artística imediatista e sentimentalista, caracterizada pela combinação de elementos considerados vulgares e populares nas sociedades industriais;
tendência artística que se define pela conjugação heteróclita de elementos;
in diccionário online (http://www.priberam.pt)

ou

kitsch
Kitsch is a German term that has been used to categorize art that is considered an inferior copy of an existing style. The term is also used more loosely in referring to any art that is pretentious or in bad taste, and also commercially produced items that are considered trite or crass.

Because the word was brought into use as a response to a large amount of art in the 19th century where the aesthetic of art work was confused with a sense of exaggerated sentimentality or melodrama, kitsch is most closely associated with art that is sentimental, mawkish, or maudlin; however, it can be used to refer to any type of art which is deficient for similar reasons — whether it tries to appear sentimental, glamorous, theatrical, or creative, kitsch is said to be a gesture imitative of the superficial appearances of art. It is often said that kitsch relies on merely repeating convention and formula, lacking the sense of creativity and originality displayed in genuine art.

in wikipedia (http://en.wikipedia.org/wiki/Kitsch)
[/i][/font]


ok, ok, grandes textos em inglês, médios ou pequenos que sejam, que maçada.  ::)

mas podemos falar de kitsch? será que nos sabemos proteger do kitsch? gostos discutem-se, sim senhora!, mas mais do que o gosto de quem consome, será interessante pensar no que motiva quem cria.
por exemplo, terá mais desculpa a barbara cartland por escrever os seus livritos em estado de plena alienação (se é que de facto a senhora é alienada como parece) do que o homem que construiu os il divo, cheio de manha, sabido, muito consciente de que formula devia usar para mais facturar?
e nós, por que motivo nem sempre conseguimos resistir e nos deixamos levar pela lamechice? e pior, como é que por vezes nem nos damos conta do quanto um produto é mau e 15 anos mais tarde ruborizamos ao confessar que sim, que temos um velho disco dos scorpions algures lá em casa?




(nota à navegação: não se pretende melindrar ninguém com as propostas de votação, ainda que admita que pode haver uma pitada de provocação... aliás, até posso admitir que se discorde do critério, mas se assim for, gostava de conhecer a argumentação.)


 [smiley=estiloso.gif]
(c.)
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: NecroRomancist em 05.jan.2006, 18:43:16
Eu respondi Outros. Para mim séries de t.v como o a Lassie ou o Rex, ou todos os filmes ondem metem animais fofos a agir com caracteristicas humanas são bastantes kitsch.
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: carl em 05.jan.2006, 19:59:22
Eu dei isso em Teoria do Design [smiley=desconfortavel.gif]
n m kero lembrar lool
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: EYre em 05.jan.2006, 21:28:42
Uhm... Um dos filmes da minha vida é "O Cinema Paraíso" que, apesar de ser aparentemente um filme inocente, de inocente não tem nada e de kitsch tem muito... Não deixa, contudo, se ser um filme belíssimo...
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: Holly Golightly em 05.jan.2006, 23:16:44
Gosto muito da análise que Kundera faz do Kitsch na Insustentável Leveza do Ser:

Ao ver crianças que brincam na relva, pensamos 'que belo, crianças que brincam na relva', e esse pensamento é logo seguido de um outro, contemplativo da nossa própria contemplação, 'que belo, acharmos belo as crianças que brincam na relva'.

Gosto de pensar o Kitsch como uma contemplação reflexiva, como um binónimo objecto-espectador desenvolvido no âmago da própria estética. O Kitsch extrapola os limites de puro objecto de arte para englobar também uma latência de plano da recepção sensível - estética, na verdadeira acepção do termo - do sujeito.

O Cinema Paraíso, The Dreamers, de Bertolucci, e o D. Quixote de la Mancha de Cervantes são dos maiores expoentes da arte que se observa, que se recebe a si própria e integra, nesse desdobramento reflexivo, o sujeito espectador (ou, pelo menos, a dimensão de 'objecto artistico apreendido' do objecto de arte - o objecto como 'objecto para um sujeito'), na sua própria manifestação.

O Kitsch tem assim uma dimensão imanentemente filosófica, na medida em que é espelho do próprio processo estético acção-reacção: estímulo (por parte do objecto de arte) e pathos (por parte do sujeito que a contempla).

Contrariamente ao que possa parecer, o Kitsch é tudo menos ingénuo e inocente.  ;)
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: EYre em 05.jan.2006, 23:19:40
Gosto muito da análise que Kundera faz do Kitsch na Insustentável Leveza do Ser:


 [smiley=sim.gif] [smiley=sim.gif] [smiley=sim.gif] ;)
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: Holly Golightly em 05.jan.2006, 23:35:59
Já agora, acho que seria bastante pertinente que se tentasse definir a fronteira (tão ténue e quase inconceptualizável, ou, pelo menos, certamente muito mais intuida que definível) entre o Kitsch e o foleiro.

Por exemplo: eu acho que os filmes do Robert Wise (West Side Story, Sound of Music) são Kitsch, enquanto que os do George Sydney (Singin in the Rain, Anchors Away - que tem o pateta do Gene Kelly a dançar com o rato Jerry... god...) são foleiros. E acho que The Platters é Kitsch enquanto que ABBA é foleiro. E que o Fred Astaire é Kitsch enquanto que o Gene Kelly é o maior labrego que ao mundo veio lolol
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: EYre em 05.jan.2006, 23:41:42
Eu acho que o kitsch é mais sofisticado e menos inocente que o foleiro... É mais manipulador, se quisermos... Mais explorador...
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: Holly Golightly em 05.jan.2006, 23:54:11
Eu acho que o kitsch é mais sofisticado e menos inocente que o foleiro... É mais manipulador, se quisermos... Mais explorador...

Sim, o kitsch é completamente 'ensaiado', tem uma finalidade a que procura chegar recuperando as estruturas genéricas da arte clássica... o foleiro é uma manifestação de algum acidente cultural humano, a saber, o labrego com pretensões a artista lolol... o foleiro é aquilo que se vê e mais nada, enquanto que, diante de algo Kitsch, somos imeditamente transportados para as estruturas formais de arte que ele abstraiu da arte clássica e incorporou com elementos novos.

O foleiro é a honestidade que não pode deixar de ter o que é intelectualmente básico; o Kitsch é a arquitectura volitiva de um estado de alma, de um efeito-mundo na mente do espectador.
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: c em 06.jan.2006, 16:34:57
lá está, andamos a reabilitar o kitsch. enfim, haverá um kitsch reabilitável, aceitável, ousemos, haverá possibilidade de nobreza ou dignidade no kitsch, mas ela será sempre remota e algo rebuscada, parece-me a mim.

e back to kundera:

“Kitsch causes two tears to flow in quick succession. The first tear says: How nice to see children running on the grass! The second tear says: How nice to be moved, together with all mankind, by children running on the grass! It is the second tear that makes kitsch kitsch.”

corrige-me se estou errada, holly, ao ler-te fiquei com a impressão que dali tiravas algo positivo, essa coisa de extrapolar para lá do objecto de arte (enfim, neste caso da cena). a verdade é que quando leio a frase do kundera, retiro dali uma crítica, até bem crua, e é precisamente por ali que o kitsch me desagrada. porque se há algo de ridículo no kitsch, haverá algo igualmente ridicularizável naquela segunda comoção. porque desdobramentos reflexivos podem existir em vários estilos artisticos, não é exclusivo ao kitsch, sendo que o desdobramento consequente do kitsch arrisca-se, segundo o adorável exemplo de kundera, a roçar a patetice.

o kitsch só seria aceitável num contexto em que todas as partes (criador e expectador) estivessem mt conscientes e/ou avisados dos processos que desencadeia e das vulnerabilidades de que se usa (porque também é bom ser lamecha de vez em quando, baixar a guarda e ficar embevecida com "sound of music"), a questão perturbadora é o quanto de desonesto tende a haver naquele que cria e de inocente ou, tanto pior, embrutecido no espectador (enfim, ou qualquer coisa intermédia).


e entretanto apeteceu-me introduzir uma terceira via... como não me apetece admitir que os abba são foleiros e como estou (dada que sou a contradizer as correntes que se instalam) para aqui a diabolizar o kitsch, posso sempre dizer que os abba são mais camp.  [smiley=estiloso.gif]
no fundo andamos a incorrer em dissimulada redundância.
tenha que nome for, o que se está a dizer é que a maior foleirice é justificável se for coisa que nos toca e agrada, se só tocar e agradar ao outro e não a mim então já é uma grande porcaria. certo?

ah, já agora, concordamos ou não que a net é um veículo brilhante e delicioso do kitsch e do mau gosto?
quantos e quantos mails não vão a correr para a caixa do lixo assim que o primeiro slide do powerpoint abre? e quantos poemas foleiros e me(r)dosos (muitas vezes falsamente atribuidos a poetas reconhecidos), quantas mensagens de paz e de azul bébé? quantos pôr-de-sois cortados pelo salto do golfinho? quantos corpos estilizados a preto e branco? (e quando é que isto deixou de ser belo e passou a ser uma maçada?)


(c.)
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: Holly Golightly em 06.jan.2006, 22:43:41
Percebo a tua análise, mas, pelo menos no que diz respeito ao contexto Kunderiano, não estou nada de acordo com ela.
A segunda lágrima não tem nada de patetice, antes a comoção que há in being moved along with the mankind é de alguma forma espelho de pertença, espelho do peso do ser. Não vejo crítica nenhuma nisso. De resto a crítica ao kitsch é muito mais feita na personagem de Sabina do que na de Tomas; porque, ainda que aquela diga que o que mais gosta neste é ele ser tão anti-kitsch, Tomas acaba justamente por viver sob o signo do peso, e o seu amor por Tereza e pelo tipo de vida que ambos vivem tem muito a ver com o enternecimento, com o Kitsch que há em atribuir significados e memórias poéticas - estabelecer uma prisão ao mundo, um elo metafísico que, a não existir, resulta na insustentável leveza do ser experienciada por Franz no episódio da manifestação.

Que queiramos reabilitar o Kitsch como um desdobramento reflexivo de nós à nossa recepção sensível, não só da arte, mas do que quer que seja, não me parece uma desculpabilização do foleiro, mas muito mais uma afirmação peremptória do desejo de pertença, e pertença poética, que revista a acção e a existência de um significado que extrapole o domínio mental do sujeito e nos livre do absurdo.

É certo que é uma ilusão, na medidade em que é uma construção mental, a criação dessas 'grilhetas' metafísicas de nós ao mundo e à existência. É certo que é lamechas revestir a acção e a interacção de um carácter poético épico que tenha pretensões a objectividade. Mas o Kitsch não deixa de ser uma resposta legítima, tão legítima como a crueza existencialista, à insustentável leveza de um ser que procura constantemente justificação para a uma existência mortal, e, de, preferência, uma justificação que o ligue a algo de perene.

A segunda lágrima é justamente o espelho da experiência de síntese hegeliana, ou do retorno pós-dionisíaco ao apolíneo que Nietzsche defendia como sendo a experiência artística. A segunda lágrima é a Katharsis aristotélica, a purificação que há no facto de um individuo poder comungar com a essência humana transcendental - universal -, através do pathos, da afectação que é ser 'moved along with all mankind'.

 :)
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: magnvs em 06.jan.2006, 22:56:47
gostei em particular dos exemplos dados. Fred Astaire. West Side Story. The Platters. perfeitamente kitsch. mas mais que isso, a acepção de kitsch não parte só daquele performa a pseudo-arte ou daquele que constrói a pseudo-artwork, mas mais que isso, kitsch é aquilo que o sujeito que contempla sente ao se aperceber da imitação barata na sua frente. [correctíssima a ligação à dimensão do pathos, filosoficamente]. e ainda mais que filosófica, é a componente psicológica de qualquer coisa que o índividuo queira ver como kitsch. e aí a subjectividade instala-se. sou capaz de concordar contigo, holly golly, em dados aspectos da desconstrucção/explanação do conceito kitsch. ao invés, sou incapaz de perceber kitsch como algo profundo e complexo. somente porque para mim não o é. e espero não sofrer nenhuma susceptibilidade ao dizê-lo mas o estéreotipo [atentem, o ESTEREÓTIPO não é ninguém em particular x) ] do homossexual masculino português é a coisa mais kitsch que já se viu! xD é a minha singela e despretensiosa opinião...
um beijinho... * André
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: Holly Golightly em 06.jan.2006, 23:29:02
lolol exactamente magnus, mas isso é porque todo o estereotipo é Kitsch!!, ou antes, toda relação das instanciações (isto é, cada indivíduo, único na sua particularidade) à categoria abstraída da comunidade delas (o género é constituído nas abstracção da lei universal comum a todos os particulares, e é assim que se compõe o estereotipo) é kitsch.

E o pathos é justamente essa identificação que o individual acha na essência universal, transcendental. Ou deveríamos, mais do que ao pathos, ligar o Kitsch à compaixão - ao com-pathos, o pathos comum...

;)
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: EYre em 06.jan.2006, 23:40:43
Do que li agradaram-me particularmente as palavras "ensaiado" e "rebuscado"aplicadas ao kitsch porque as achei bastante expressivas.

Deixo duas perguntas: 1 - será que no kitsch temos um indivíduo "avisado", o criador, e um indivíduo naif ou, sendo reflexivo o próprio espectador do kitsch de naif tem muito pouco; 2 - quais são as alternativas ao kitsch?
Título: Re: Arte
Enviado por: maqe em 20.jun.2006, 16:40:25
ai ai ai

a pergunta e as opçoes estao mal colocadas rapazes!!!!

vejam re as corrigem
Título: Re: Arte
Enviado por: ca7arina em 20.jun.2006, 16:55:36
Arquitectura  :up
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 20.jun.2006, 18:02:25
Pintura/Ilustração/Design Gráfico ;D
Título: Re: Arte
Enviado por: *mOit3iRa* em 24.jun.2006, 12:20:49
Sou totalmente virada pras artes  ::)  grafitti, fotografia e musica principalmente  ;D
Título: Re: Arte
Enviado por: HaraHi em 26.jun.2006, 14:56:36
Pintura/Ilustração/Design Gráfico ;D
"Ditto".
Se bem que sou fanatico por Arquitectura, Escultura, Design (em geral) e outras artes digitais...

Salvador Dali e Rodin... definitivamente, os meus favoritos. (usem o Google e babem-se).
Título: Re: Arte
Enviado por: ninahh em 27.jun.2006, 14:51:30
Artes ;D  :D
Fanáticaaaaaaaaaaaaa

Sou doida pela arquitectura [curso que espero tirar  8)]  Santiago calatrava, Alvar Aalto, Siza Vieira, Mário Botta, Souto Moura..alguns dos meus favoritos..
mas não deixo de lado outras areas como a fotografia [1 formação, talvez, para melhorar], design gáfico , pintura, escultura, arte urbana, moda, dança, música....
entre outras...
 8)



A arte é a assinatura da civilização. (....)
Título: Re: Arte
Enviado por: kat em 27.jun.2006, 15:09:09
gosto mt d pintura...marc chagall, salvador dalí e miró são os meus favoritos  ;)


e acima d tudo adoro cinema  ;D
Título: Re: Arte
Enviado por: Prunella.Fuente em 27.jun.2006, 15:33:00
Pintura, cinema, ilustração, colagens, artes gráficas, escultura, música, teatro, design, fotografia. . . :)

(propaganda: já agora, quem se interessar, podia espreitar o meu tópico "Magazines, e-zines, multimédia, (web) design... ")  ;D

Título: Re: Arte
Enviado por: nicsparks em 28.jun.2006, 20:05:07
 :P Gosto de praticamente todos os tipos de arte!...

mas há uma que tenho que salientar : aquele anel em ferro, que dignifica-se num jardim da Cidade de Coimbra....

Lindo esse anel... :P :blush :-*
Título: Re: Arte
Enviado por: Lamb em 28.jun.2006, 21:38:49
Arte?...

...De te amar....
Cada contorno do teu corpo e cada contorno da tua alma.. para mim isso é arte.. da mais bela..


 :heart

desculpem este offtopic... não resisti :-[
Título: Re: Arte
Enviado por: Adagio em 29.jun.2006, 21:15:40
:P Gosto de praticamente todos os tipos de arte!...

mas há uma que tenho que salientar : aquele anel em ferro, que dignifica-se num jardim da Cidade de Coimbra....

Lindo esse anel... :P :blush :-*

ai esse anel!!!!!.. e a amiga k é sp despida la.......... amiga=arvore claro :P
Título: Re: Arte
Enviado por: nicsparks em 29.jun.2006, 21:48:09
:P Gosto de praticamente todos os tipos de arte!...

mas há uma que tenho que salientar : aquele anel em ferro, que dignifica-se num jardim da Cidade de Coimbra....

Lindo esse anel... :P :blush :-*

ai esse anel!!!!!.. e a amiga k é sp despida la.......... amiga=arvore claro :P

Não esquecendo claro, a outra árvore marcada..... :P ::)
Título: Re: Arte
Enviado por: Wasserfest em 30.jun.2006, 21:17:00
Palavras são escusadas...

http://www.jcstroe.com/copgarf1.jpg
Título: Re: Arte
Enviado por: Frida em 25.nov.2007, 02:19:53
Manuel Amado


Centro Cultural de Cascais até 20 de Janeiro

 :) :) :) :) :)
Título: Re: Arte
Enviado por: tinat em 25.nov.2007, 02:41:17
É pena que tenhas-mos só de escolher um tipo de arte, pois eu gosto de quase tudo o que lá está!!
Claro umas menos outras mais!
Mas adoro musica, cinema, teatro, culinária, ver umas boas fotos, etc..........
Título: Re: Arte
Enviado por: DuskTillDawn em 25.nov.2007, 07:06:20
É pena que tenhas-mos só de escolher um tipo de arte, pois eu gosto de quase tudo o que lá está!!
Claro umas menos outras mais!
Mas adoro musica, cinema, teatro, culinária, ver umas boas fotos, etc..........

Pois, pois isso é que não votei. lol
É impossivel escolher apenas uma das opções. Falo por mim, claro :/
Título: Re: há lá coisa mais KITSCH?
Enviado por: τοRoyalSizeΚΞ em 23.fev.2008, 19:50:42
Eu respondi Outros. Para mim séries de t.v como o a Lassie ou o Rex, ou todos os filmes ondem metem animais fofos a agir com caracteristicas humanas são bastantes kitsch.

"Skiiipyyyy Skiiipyyyy...nã nã nã nã nã nã Kangaroooooooo" lol

Há com cada bibelótt qu'ê nem vos digo!

Quanto aos Reis do Kitsch - PIÈRRE ET GILLES!! E não é que eles conseguem dar a volta? :-X
Título: Re: Arte
Enviado por: dy em 09.jun.2008, 18:56:59
hey ho!!! falando num grande tópico  ;D (puxando aki a brasa à minha sardinha e tal lol xD)!! para kem kiser saber vamos ter várias exposições durante os próximos meses: 

- Le Corbusier (arte da rquitectura)- de 19 de maio a 17 de agosto, no museu berardo
- Utopia Photoespaña - de 20 maio a 27 de julho, no museu berardo
- maratona de fotografia digital de alfama- dia 28 de julho das 10h às 22h (para quem se kiser inscrever e participar)
- e o museu berardo têm andado com exposições todos estes meses correntes, é só passar lol xD
Título: Re: Arte
Enviado por: sugar em 09.jun.2008, 21:35:52
As formas de arte que mais aprecio é o teatro e a dança, sao 2 paixoes desde infancia...
Acho que n sou capaz de escolher entre uma delas, sao importantes para mim e ambas
ajudaram-me bastante no meu desenvolvimento fisico e psicológico
Título: Re: Arte
Enviado por: dy em 09.jun.2008, 21:54:34
tenhu uma amiga minha que é louca por ballet, sempre teve desde pequena... ms ultimamente quando mudou de país teve mt tempo parada, o que contribuiu para ficar destreinada e ixo (e axo k elas não podem é uma coisa axim do género), no entanto voltou a ter aulas e ixo para concorrer À faculdade de ballet clássico e ixo!!! já assisti a alguns expectaculos, e são mesmo soberbos!! mesmo! gostei bastante!! é mt aconselhável mesmo!! xD outra grande arte também!!  ;D :D
Título: Re: Arte
Enviado por: Tatiana em 06.jul.2008, 01:27:39
(http://www.aug.edu/augusta/iconography/webmuseum/cleanseTempleElGreco.1600.jpg)

El Greco

Christ Driving the Traders from the Temple

Oil on canvas, 106 x 129 cm
National Gallery, London
Título: Re: Arte
Enviado por: Ibearico em 06.jul.2008, 15:42:19
(http://www.flickr.com/photos/f3lixlovesyou/2608087172/)
Título: Re: Arte
Enviado por: Extravagant_excentric em 06.jul.2008, 18:50:20
([url]http://www.aug.edu/augusta/iconography/webmuseum/cleanseTempleElGreco.1600.jpg[/url])

El Greco

Christ Driving the Traders from the Temple

Oil on canvas, 106 x 129 cm
National Gallery, London



El Greco.... um dos divinos eternos da arte...


Arte, a minha vida, um dos meus maiores amores e uma coisa para a qual às vezes fico contemplando deixando cair a boca inconscientemente quase em delírio sensorial , quando os meus olhos tocam na essência da forma e da cor, da Arte! Amo-te querida arte,,, fazes a vida ser mais feliz, no meio de tanta ignorância e estupidez!
Título: Re: Arte
Enviado por: saturnine em 06.jul.2008, 18:55:16
genial e bizarro, Salvador Dalí   ;D

(http://escaravelhoandarilho.files.wordpress.com/2008/05/dali_voltaire.jpg)


[quem vê a pintura vista de longe tem uma percepção completamente diferente da imagem ^^]
Título: Re: Arte
Enviado por: Extravagant_excentric em 06.jul.2008, 19:02:02
genial e bizarro, Salvador Dalí   ;D

([url]http://escaravelhoandarilho.files.wordpress.com/2008/05/dali_voltaire.jpg[/url])


[quem vê a pintura vista de longe tem uma percepção completamente diferente da imagem ^^]


Fantástico...adoro também Salvador Dalí....


ai eu... eu adoro os artistas todos... lol...... cada um com a sua sensibilidade e características ::) ::) ::)
Título: Re: Arte
Enviado por: saturnine em 06.jul.2008, 19:08:25
Responder
Fantástico...adoro também Salvador Dalí....


ai eu... eu adoro os artistas todos... lol...... cada um com a sua sensibilidade e características ::) ::) ::)


o rapaz das artes, tá visto (e da elevada auto-estima lol)

dentro do género, tb gosto de René Magritte mas acho que é mais minimalista que Dalí ^^
Título: Re: Arte
Enviado por: Tatiana em 07.jul.2008, 03:19:56
(http://files0.fluxstatic.com/00024D840009440C000779FBFFFF/Jpg/B-1159/AR560x560,Resize)

Jacek Yerka
Título: Re: Arte
Enviado por: τοRoyalSizeΚΞ em 07.jul.2008, 04:41:54
Não consigo escolher na votação acima :-\ gosto de tantas.
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 07.jul.2008, 10:35:11
Tenho imensos artistas preferidos. Um deles é Escher:

(http://www.energiacreativa.org/aforismi_files/esher3.jpg)
(http://www.claymath.org/gallery/escher.jpg)
Título: Re: Arte
Enviado por: Sisen em 21.jul.2008, 15:02:08
(http://img513.imageshack.us/img513/8245/lukebrownnamastemb2.jpg) (http://imageshack.us)
(http://img513.imageshack.us/img513/8245/lukebrownnamastemb2.e6698f0172.jpg) (http://g.imageshack.us/g.php?h=513&i=lukebrownnamastemb2.jpg)

(http://img201.imageshack.us/img201/2849/lukebrown1ux1.jpg) (http://imageshack.us)

(http://img509.imageshack.us/img509/860/yogamural3yu7.jpg) (http://imageshack.us)


(http://img141.imageshack.us/img141/5223/gal404de5.jpg) (http://imageshack.us)

(http://img517.imageshack.us/img517/3667/maggietayloroptimistsdrcq1.jpg)[/

[URL=http://imageshack.us](http://img186.imageshack.us/img186/596/maggietaylorjumperstv2.jpg) (http://imageshack.us)
Título: Re: Arte
Enviado por: Mr Unchained em 21.jul.2008, 18:46:26
É pena so ter uma opção.

Porque eu sou artista de palco, nos meus espectaculos tenho o lado da dança, inclusivé ando num grupo de dança.
Tenho o lado do canto, que comecei há pouco tempo.
Tenho a representação, minha grande paixão.
E a expressão corporal, um trabalho contínuo de três anos. ;)


Alem disso, adoro escrever textos emotivos e metafóricos.
Desenhar roupas, apesar de nao ter experiencia, nem jeito.
E fazer varios objectos atraves de materiais reciclaveis, caixas, guarda-joias, malas, estojos, entre outras coisas.  :D
Título: Re: Arte
Enviado por: lost_head em 21.jul.2008, 20:59:58
(http://tecfa.unige.ch/tecfa/teaching/UVLibre/9899/jeu10/miro5.jpg)

Juan Miró :up :up :up
Título: Re: Arte
Enviado por: Gemini7 em 21.jul.2008, 21:48:50
(http://imagecache2.allposters.com/images/GDF/Z1794D.jpg)

Pop Art

A-d-o-r-o :heart
Título: Re: Arte
Enviado por: Livre-Mente em 21.jul.2008, 22:35:50
Só mesmo para escrever umas coisas porque de resto não tenho jeito para mais nadinha.. ;D
Título: Re: Arte
Enviado por: Valmont em 22.jul.2008, 19:30:32
Este sonho surrealista... (http://br.youtube.com/watch?v=6k3G62fri90)
Título: Re: Arte
Enviado por: freira em 23.jul.2008, 04:11:26
na história de vida, no olhar, no trabalho desenvolvido ... no culminar da obsessão :)
(http://i279.photobucket.com/albums/kk138/linhas_photo/egonschiele1.jpg)
Título: Re: Arte
Enviado por: freira em 24.jul.2008, 23:40:26
aqui está algo muito bom... permitam-me

(http://i279.photobucket.com/albums/kk138/linhas_photo/02.jpg)
                                                                                                MARIA
Título: Re: Arte
Enviado por: freira em 24.jul.2008, 23:44:32
mais uma, porque vale a pena... ;)

(http://i279.photobucket.com/albums/kk138/linhas_photo/018.jpg)
                                                                                                  MARIA
Título: Re: Arte
Enviado por: Ibearico em 24.jul.2008, 23:56:55
Mal posso esperar para visitar o Metropolitan Museum e o Moma!
Título: Re: Arte
Enviado por: Frida ! / Kahlo ? em 03.ago.2008, 16:57:15
(http://images.easyart.com/i/prints/rw/lg/1/3/Rene-Magritte-The-Son-of-Man-134151.jpg)(http://images.easyart.com/i/prints/rw/lg/1/3/Rene-Magritte-The-Son-of-Man-134151.jpg)(http://images.easyart.com/i/prints/rw/lg/1/3/Rene-Magritte-The-Son-of-Man-134151.jpg)
Título: Re: Arte
Enviado por: Adinatha em 03.ago.2008, 17:00:16
Musica, sempre! Nao vivo sem ela!
Título: Re: Arte
Enviado por: zerpp em 08.nov.2008, 18:00:37
A última exposição que vi foi no museo reyna sofia, em Madrid. E estava lá em exibição uma expo de arte cinética e arte experimental: adorei. As coisas que se conseguem fazer com conhecimentos em engenharia electrónica e que no final acabam por resultar em autênticas obras de arte. E obviamente que não perdi todo o espólio do Picasso e a esplêndida Guernica... Aquilo sim é que é um museu e belíssimo ponto de encontro. Adoro Madrid! E estou mrtinho por ver a ampliação do Prado...
Título: Re: Arte
Enviado por: zerpp em 01.dez.2008, 13:50:24
Confesso que aquele género de arte que se baseia em animais fantásticos e mesclas de animé com manga não me impressionam, aliás não consigo achar interesse nem curiosidade nesse género de arte. Magrite: também não me impressiona, nem me deixa curioso em conhecer a sua obra. Tem uma forma de pintar demasiado rígida e fria.
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 01.dez.2008, 14:16:03
Confesso que aquele género de arte que se baseia em animais fantásticos e mesclas de animé com manga não me impressionam, aliás não consigo achar interesse nem curiosidade nesse género de arte. Magrite: também não me impressiona, nem me deixa curioso em conhecer a sua obra. Tem uma forma de pintar demasiado rígida e fria.

O género daqueles animais mescladas com animé chamam-se "furries". Vem do termo "furr". E não são limitados aos animés ou mangas. Tens o exemplo dos Thundercats que são desse género e não são tão manga, animé assim. E não é um género de arte. O género artístico é a banda desenhada/ilustração. Diria que é mais pelo género temático. ;)

Magritte não se destaca tanto pela sua forma de pintar mas mais pelos conceitos por detrás das suas obras. Pelo menos para mim. ;) Porque o estilo dele é o Surrealismo, e o surrealismo pega muito no hiper-realismo nas técnicas de pintura. Se bem que eu prefiro o Magritte ao Salvador Dali. Pessoalmente falando.



A título de curiosidade, a está a tabela das onze artes segundo Ricciotto Canudo.

Aqui conseguem ver o porquê a referência de algumas manifestações artísticas segundo um número. Como quando dizem que o cinema é a Sétima Arte ou que a BD é a Nona Arte.

1ª Arte - Música (som)
2ª Arte - Dança/Coreografia (movimento)
3ª Arte - Pintura (cor)
4ª Arte - Escultura (volume)
5ª Arte - Teatro (representação)
6ª Arte - Literatura (palavra)
7ª Arte - Cinema (integra os elementos das artes anteriores somado a 11ª)
8ª Arte - Fotografia (imagem)
9ª Arte - Arte Seqüencial (Banda Desenhada)
10ª Arte - Jogos de Computador e de Vídeo (alguns jogos integram todos elementos de todas as artes anteriores somado a 11ª, porém no mínimo, ele integra as 1ª, 3ª, 4ª, 6ª, 9ª arte somadas a 11ª desde a Terceira Geração dos Jogos);
11ª Arte - Arte digital (integra artes gráficas computorizadas 2D, 3D e programação).
Título: Re: Arte
Enviado por: A1 em 01.dez.2008, 14:24:36
(http://www.artinthepicture.com/blog/wp-content/uploads/2008/01/christo.jpeg)

(http://www.utip.info/cheesetoastie/images/artists/christo_umbrellas.jpg)

(http://www.geocities.com/legalhistory/Icandy/krims/christo.jpg)

(http://lauratitian.com/images/christo.jpg)

CHRISTO
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 01.dez.2008, 14:26:25


CHRISTO


O meu preferido é o da ilha.
(http://www.channel4.com/culture/microsites/B/bigart/images/g_landart_2.jpg)
Título: Re: Arte
Enviado por: zerpp em 01.dez.2008, 14:45:37
Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?
Título: Re: Arte
Enviado por: A1 em 01.dez.2008, 15:00:14
Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?

Como é obvio ... a arquitectura (espaço) está disseminada por todas elas....  lol
Título: Re: Arte
Enviado por: zerpp em 01.dez.2008, 15:02:48
A Arquitectura sempre se considerou a Arte nobre e a arte maior, por incorporar todas as outras. E de repente não consta nessa lista. Ainda bem que nem todos lêem essas coisas e lhe dão relevância! Estou indignado! :-X
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 01.dez.2008, 16:20:36
Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?

Apenas falei da escala em associação às expressões de "Sétima arte" e "nona arte". Para saber o porquê e a origem das expressões. ;)

Nunca disse que Dali fosse melhor ou pior. Apenas o referi porque, em termos técnicos e em termos de inserção de estilos, ambos se inserem no mesmo movimento. Mas Dali é Dali. Incontestável.
Título: Re: Arte
Enviado por: Atzecs em 01.dez.2008, 16:59:21
Este senhor É arte:
(http://www.designboom.com/contemporary/lachapelle/04.jpg)
The House at the End of the World, 2005, Vogue Italy

David LaChapelle, um dos discipulos de Andy Warhol.

Título: Re: Arte
Enviado por: zerpp em 01.dez.2008, 17:06:52
Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?

Apenas falei da escala em associação às expressões de "Sétima arte" e "nona arte". Para saber o porquê e a origem das expressões. ;)

Nunca disse que Dali fosse melhor ou pior. Apenas o referi porque, em termos técnicos e em termos de inserção de estilos, ambos se inserem no mesmo movimento. Mas Dali é Dali. Incontestável.

Ok! ;) Consultem o site deste fotógrafo alemão. A obra dele é bizarramente verdadeira (vejam a parte das fashion victims) www.erwinolaf.com ... Gosto imenso. Mas, Arms, eu percebi o que querias dizer. Eu apenas critiquei a escala em geral... Ou a sua ordem, que mais parece desordem...
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 02.dez.2008, 01:00:12
Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?

Apenas falei da escala em associação às expressões de "Sétima arte" e "nona arte". Para saber o porquê e a origem das expressões. ;)

Nunca disse que Dali fosse melhor ou pior. Apenas o referi porque, em termos técnicos e em termos de inserção de estilos, ambos se inserem no mesmo movimento. Mas Dali é Dali. Incontestável.

Ok! ;) Consultem o site deste fotógrafo alemão. A obra dele é bizarramente verdadeira (vejam a parte das fashion victims) www.erwinolaf.com ... Gosto imenso. Mas, Arms, eu percebi o que querias dizer. Eu apenas critiquei a escala em geral... Ou a sua ordem, que mais parece desordem...

No caso da lista penso que remete mais para o sentido de qual surgiu primeiro na evolução da espécie humana... acho que vai mais por aí. Pelo menos sempre o vi nesse sentido e, segundo esse sentido, a lista parece ter lógica. Seria lógico que a primeira arte fosse a música uma vez que a fala surgiu antes da escrita. Teria lógica que a dança fosse antes da pintura porque imagino que as danças e cerimónias surgissem antes. Mais por aí... Nota que não digo que concordo, apenas que é a lógica que vejo na sequência da lista. Pode estar errada, mas é o meu ponto de vista.

A lista não pretende dar uma ordem. Como consegues ver, há artes ali que parecem não ter sentido com outras que lá estejam. Oq ue a música tem a ver com o desenho, por exemplo? Daí eu ter chegado à minha conclusão pessoal.
Título: Re: Arte
Enviado por: zerpp em 02.dez.2008, 22:43:12
Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?

Apenas falei da escala em associação às expressões de "Sétima arte" e "nona arte". Para saber o porquê e a origem das expressões. ;)

Nunca disse que Dali fosse melhor ou pior. Apenas o referi porque, em termos técnicos e em termos de inserção de estilos, ambos se inserem no mesmo movimento. Mas Dali é Dali. Incontestável.

Ok! ;) Consultem o site deste fotógrafo alemão. A obra dele é bizarramente verdadeira (vejam a parte das fashion victims) www.erwinolaf.com ... Gosto imenso. Mas, Arms, eu percebi o que querias dizer. Eu apenas critiquei a escala em geral... Ou a sua ordem, que mais parece desordem...

No caso da lista penso que remete mais para o sentido de qual surgiu primeiro na evolução da espécie humana... acho que vai mais por aí. Pelo menos sempre o vi nesse sentido e, segundo esse sentido, a lista parece ter lógica. Seria lógico que a primeira arte fosse a música uma vez que a fala surgiu antes da escrita. Teria lógica que a dança fosse antes da pintura porque imagino que as danças e cerimónias surgissem antes. Mais por aí... Nota que não digo que concordo, apenas que é a lógica que vejo na sequência da lista. Pode estar errada, mas é o meu ponto de vista.

A lista não pretende dar uma ordem. Como consegues ver, há artes ali que parecem não ter sentido com outras que lá estejam. Oq ue a música tem a ver com o desenho, por exemplo? Daí eu ter chegado à minha conclusão pessoal.

Esclarecido! ;) Deves ter um conhecimento sobre a arte muito grande... :)
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 02.dez.2008, 22:46:15
Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?

Apenas falei da escala em associação às expressões de "Sétima arte" e "nona arte". Para saber o porquê e a origem das expressões. ;)

Nunca disse que Dali fosse melhor ou pior. Apenas o referi porque, em termos técnicos e em termos de inserção de estilos, ambos se inserem no mesmo movimento. Mas Dali é Dali. Incontestável.

Ok! ;) Consultem o site deste fotógrafo alemão. A obra dele é bizarramente verdadeira (vejam a parte das fashion victims) www.erwinolaf.com ... Gosto imenso. Mas, Arms, eu percebi o que querias dizer. Eu apenas critiquei a escala em geral... Ou a sua ordem, que mais parece desordem...

No caso da lista penso que remete mais para o sentido de qual surgiu primeiro na evolução da espécie humana... acho que vai mais por aí. Pelo menos sempre o vi nesse sentido e, segundo esse sentido, a lista parece ter lógica. Seria lógico que a primeira arte fosse a música uma vez que a fala surgiu antes da escrita. Teria lógica que a dança fosse antes da pintura porque imagino que as danças e cerimónias surgissem antes. Mais por aí... Nota que não digo que concordo, apenas que é a lógica que vejo na sequência da lista. Pode estar errada, mas é o meu ponto de vista.

A lista não pretende dar uma ordem. Como consegues ver, há artes ali que parecem não ter sentido com outras que lá estejam. Oq ue a música tem a ver com o desenho, por exemplo? Daí eu ter chegado à minha conclusão pessoal.

Esclarecido! ;) Deves ter um conhecimento sobre a arte muito grande... :)

Eu sou de artes. ;) Tive que aturar estas explicações e estas listas durante anos a fio. Se bem que, no caso deste, nunca dei nas aulas e sempre tive curiosidade em saber porque é que se chamava ao cinema de sétima arte e fui pesquisar. A ordem das artes pareceu-me natural quando o associei àquilo que aprendi em História da Arte.
Título: Re: Arte
Enviado por: zzyzxrd em 31.mar.2009, 17:35:32
tambem sou de artes e aprecio muito desenhos realistas, que só pessoas com muita capacidade conseguem desenhar, fotografias autenticas.
estudo para um dia conseguir fazer metade do que eles fazem.
entretanto tento coisas destas:
(http://i40.tinypic.com/8zlmo3.jpg)
Título: Re: Arte
Enviado por: ctrl+alt+del em 31.mar.2009, 19:21:36
Confesso que aquele género de arte que se baseia em animais fantásticos e mesclas de animé com manga não me impressionam, aliás não consigo achar interesse nem curiosidade nesse género de arte. Magrite: também não me impressiona, nem me deixa curioso em conhecer a sua obra. Tem uma forma de pintar demasiado rígida e fria.

Adoro o Christo!! Faz coisas de cortar a respiração e dotadas de um espírito onírico e fantástico incrível. E tudo recorrendo praticamente a tecido! Mas, Arms, sim, o Magrite destaca-se pelos conceitos, mas é um pintor, primeiro que tudo... Já o Dali, em termos conceptuais é infindavelmente superior ao Magrite e com uma presença no surrealismo muito mais assegurada.
Relativamente à escala desse senhor. Bem, não concordo de todo com ela. Onde fica a Arquitectura? Esse senhor já leu o Gombrich?

Dizer que conceptualmente Dalí é superior a Magritte não me parece muito correcto... Basta pensar em La Trahison des Images (Ceci n'est pas une pipe), que provavelmente traz mais consequências a nível conceptual do que toda a obra de Dalí. Aliás, se vires um livro de arte conceptual é provável que encontres referências à obra de Magritte, algo que já não acho muito provável acontecer em relação a Dalí.
E dizer que o Magritte tem menos "presença assegurada" no Surrealismo... Lá porque o Dalí era excêntrico e conseguiu um mediatismo enorme, não faz dele um autor mais importante do Surrealismo, especialmente se pensarmos a longo prazo.
Título: Re: Arte
Enviado por: petala em 31.mar.2009, 19:33:09
Sem duvida alguma dança...É a arte universal em que para comunicar não é necessário nada mais do que o próprio corpo...
Título: Re: Arte
Enviado por: ctrl+alt+del em 31.mar.2009, 23:20:40
CHRISTO

Não te esqueças da Jeanne-Claude!

 ;D
Título: Re: Arte
Enviado por: dante cry em 19.abr.2009, 21:49:45
Eu adoro a arte de pintar e de poder retratar o que se pensa ou o que vai no mais fundo do nosso interior, para assim depois se conseguir decifrar o que vai na nossa alma e no espirito  :)
Título: Re: Arte
Enviado por: HumanNature em 20.abr.2009, 00:54:51
Música / Dança e se fosse possivel escolher uma 2ª opção Cinema / Teatro ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: sétimo_degrau em 18.mai.2009, 13:07:16
Ando viciada em Pollock.  :D
Não consigo explicar porquê, mas há qq coisa de muito especial nos quadros dele...
Sempre que posso enfio-me no Tate Modern e fico todo o tempo possível a olhar para o único quadro dele em exposição.
Título: Re: Arte
Enviado por: lxmartini em 18.mai.2009, 19:24:04
Wow, foi díficil escolher.
Um dos meus passatempos é Fotografia.. mas votei em Música e Dança, porque realmente, música é uma grande paixão :O
Mas adoro todas as opções :)
Título: Re: Arte
Enviado por: doorbell em 19.mai.2009, 13:20:58
http://www.helnwein.com (http://www.helnwein.com)

para mim este senhor é a minha maior fonte de inspiração, venero o seu trabalho.
Título: Re: Arte
Enviado por: Andre_92 em 19.mai.2009, 14:19:15
Pintura, Fotografia e Teatro/Cinema.

:D
Título: Re: Arte
Enviado por: EVA Pilot em 22.mai.2009, 19:15:02
Eu adoro a Arte, é inevitável não adora-la! No entanto acho triste que a arte não seja compreendida devidamente como um meio de transmissão de saber...

Não sou de nenhuma área artistica, no entanto fiz teatro durante muito tempo e tenho por habito desenhar imenso.
 ::)A música sempre esteve à minha volta e em mim  ::)
Actualmente, por ser um ramo de família, estou envolvida no mundo da moda...e até que curto
Título: Re: Arte
Enviado por: Minimalistic em 23.mai.2009, 03:53:56
É a Arte que comanda a vida e o circo é a melhor maneira de o expressar.  ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: Andre_92 em 23.mai.2009, 12:40:56
É a Arte que comanda a vida e o circo é a melhor maneira de o expressar.  ;)

Penso até que o teatro esteja mais ligado á arte.
O circo evolve mais preparação fisica que artistica.
Título: Re: Arte
Enviado por: Minimalistic em 23.mai.2009, 16:24:07
O Novo-Circo é uma mescla de Interpretação, Dança, Expressão Corporal e algum aparelho trabalhado técnicamente.

Um espectaculo de novo-circo acarreta consigo um grande trabalho de preparação em que nos casos de não haver um encenador, ou um director artistico, és tu que crias o teu proprio numero e o tentas contextualizar dentro da história global do espectaculo. Será incorrecto dizer que exige menos preparação artistica, visto que em qualquer escola de Circo na Europa tens História da Arte ou mesmo  História do Circo, entre muitas outras disciplinas teóricas que te ensinam a criar um fundamento e a desenvolver o teu número, tendo em conta varios factores históricos e culturais.

Infelizmente o público em geral, não o entende e prova disso é que por exemplo neste momento está em exibição em Portugal o Cirque du Soleil, que é provavelmente a maior e melhor companhia de novo circo do mundo. O espectaculo em questão chama-se Varekai, e quem o foi ver entende como uma série de numeros, uns a seguir aos outros, com pessoas técnicamente muito boas, mas esquecem-se da origem da palavra "Varekai", do que significa ou da mensagem que o espectaculo tenta passar, que neste caso está ligado a cultura cigana e aos saltimbancos, divulgando e elogiando esse modo de vida.

Está tudo ligado à preguiça do Português de procurar mais informação, ou de apenas ler a folha de sala que é fornecida antes dos espectaculos. ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: liss em 28.mai.2009, 04:02:56
Dá cor, dá valor e, muitas vezes, sentido à vida...
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 29.mai.2009, 09:23:48
O Novo-Circo é uma mescla de Interpretação, Dança, Expressão Corporal e algum aparelho trabalhado técnicamente.

Um espectaculo de novo-circo acarreta consigo um grande trabalho de preparação em que nos casos de não haver um encenador, ou um director artistico, és tu que crias o teu proprio numero e o tentas contextualizar dentro da história global do espectaculo. Será incorrecto dizer que exige menos preparação artistica, visto que em qualquer escola de Circo na Europa tens História da Arte ou mesmo  História do Circo, entre muitas outras disciplinas teóricas que te ensinam a criar um fundamento e a desenvolver o teu número, tendo em conta varios factores históricos e culturais.

Infelizmente o público em geral, não o entende e prova disso é que por exemplo neste momento está em exibição em Portugal o Cirque du Soleil, que é provavelmente a maior e melhor companhia de novo circo do mundo. O espectaculo em questão chama-se Varekai, e quem o foi ver entende como uma série de numeros, uns a seguir aos outros, com pessoas técnicamente muito boas, mas esquecem-se da origem da palavra "Varekai", do que significa ou da mensagem que o espectaculo tenta passar, que neste caso está ligado a cultura cigana e aos saltimbancos, divulgando e elogiando esse modo de vida.

Está tudo ligado à preguiça do Português de procurar mais informação, ou de apenas ler a folha de sala que é fornecida antes dos espectaculos. ;)

O que é o conceito de novo-circo tem a haver com o Cirque du Soleil? Tipo, dizes que o artista circense tem que preparar o seu número e adaptá-lo ao espectáculo quando o Cirque du Soleil não funciona bem assim.

Eu não concordo quando disseste que o circo é a melhor forma de arte. Não existem melhores formas de arte nem melhores formas de expressão de arte. São todos diferentes e todos têm formas diferentes de expressão. E todos têm o seu valor. Acontece que, para alguns, a sua forma de expressão é a mais eficaz. Não por ser melhor mas porque a pessoa que o utiiza se expressa melhor dessa forma.
Título: Re: Arte
Enviado por: Minimalistic em 01.jun.2009, 20:28:33
Antes de mais sugiro que faças uma pesquisa acerca do que é o novo circo, e depois que me digas quais são as diferenças em comparação com o Cirque du Soleil. O novo circo engloba toda uma mescla de interpretação, com dança e dotes corporais, pondo de parte os animais, e dando um foco principal às habilidades humanas.

Eu próprio estudo numa escola de novo-circo, e quando te disse que era essa a melhor forma de o expressar, é dizer, a melhor forma de EU o expressar, ou pelo menos como tenho mais facilidade ou mais gosto.

O conteúdo de cada espectáculo do Soleil varia sempre muito, mas neste caso em especifico posso-te dizer que todo o espectáculo "Varekai" foi criado numero a numero,  individualmente por cada artista e depois de avaliado ficou então incluido no espectáculo, ou posto de parte.
Sugiro que vejas tambem o documentário "Fire Within", que contem isso mesmo, a criação e todo o processo de trabalho que deu origem ao "Varekai".
Título: Re: Arte
Enviado por: Valmont em 01.jun.2009, 23:34:19
X-static Pro-Cess Steven Klein (http://www.youtube.com/watch?v=91JpwcKuAUk#lq-hq)

Uma forma de arte...
Título: Re: Arte
Enviado por: Arms em 02.jun.2009, 21:25:03
Antes de mais sugiro que faças uma pesquisa acerca do que é o novo circo, e depois que me digas quais são as diferenças em comparação com o Cirque du Soleil. O novo circo engloba toda uma mescla de interpretação, com dança e dotes corporais, pondo de parte os animais, e dando um foco principal às habilidades humanas.

Eu próprio estudo numa escola de novo-circo, e quando te disse que era essa a melhor forma de o expressar, é dizer, a melhor forma de EU o expressar, ou pelo menos como tenho mais facilidade ou mais gosto.

O conteúdo de cada espectáculo do Soleil varia sempre muito, mas neste caso em especifico posso-te dizer que todo o espectáculo "Varekai" foi criado numero a numero,  individualmente por cada artista e depois de avaliado ficou então incluido no espectáculo, ou posto de parte.
Sugiro que vejas tambem o documentário "Fire Within", que contem isso mesmo, a criação e todo o processo de trabalho que deu origem ao "Varekai".

Bom, não foi necessariamente o que percebi. Isto porque falaste que cada artista desenvolvia um acto e trazia para o circo mas não é isso que acontece no cirque du soleil. Os artistas desenvolvem os actos segundo os padrões do cirque, apesar de terem liberdade suficiente para improvisar. Mas agora falas-me de que o termo aplica-se pelo facto de não existirem animais e existirem actos com dança, etc. Aí concordo contigo. Só não concordei com o aspecto do artista desenvolver um acto independente e depois trazer para o circo. Até porque, no Cirque du Soleil, é imperativo que os actos sejam desenvolvidos lá pelo facto de cada espectáculo tem uma história linear.

E, amigo, eu fiz a minha pesquisa... Eu concorri para trabalhar no Cirque du Soleil e recebi informações sobre o seu método de funcionamento. ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: dante cry em 02.jun.2009, 22:15:31
Antes de mais sugiro que faças uma pesquisa acerca do que é o novo circo, e depois que me digas quais são as diferenças em comparação com o Cirque du Soleil. O novo circo engloba toda uma mescla de interpretação, com dança e dotes corporais, pondo de parte os animais, e dando um foco principal às habilidades humanas.

Eu próprio estudo numa escola de novo-circo, e quando te disse que era essa a melhor forma de o expressar, é dizer, a melhor forma de EU o expressar, ou pelo menos como tenho mais facilidade ou mais gosto.

O conteúdo de cada espectáculo do Soleil varia sempre muito, mas neste caso em especifico posso-te dizer que todo o espectáculo "Varekai" foi criado numero a numero,  individualmente por cada artista e depois de avaliado ficou então incluido no espectáculo, ou posto de parte.
Sugiro que vejas tambem o documentário "Fire Within", que contem isso mesmo, a criação e todo o processo de trabalho que deu origem ao "Varekai".

Bom, não foi necessariamente o que percebi. Isto porque falaste que cada artista desenvolvia um acto e trazia para o circo mas não é isso que acontece no cirque du soleil. Os artistas desenvolvem os actos segundo os padrões do cirque, apesar de terem liberdade suficiente para improvisar. Mas agora falas-me de que o termo aplica-se pelo facto de não existirem animais e existirem actos com dança, etc. Aí concordo contigo. Só não concordei com o aspecto do artista desenvolver um acto independente e depois trazer para o circo. Até porque, no Cirque du Soleil, é imperativo que os actos sejam desenvolvidos lá pelo facto de cada espectáculo tem uma história linear.

E, amigo, eu fiz a minha pesquisa... Eu concorri para trabalhar no Cirque du Soleil e recebi informações sobre o seu método de funcionamento. ;)



A serio arms  :D ;D?
Título: Re: Arte
Enviado por: Delft em 13.jun.2009, 00:02:54
http://news.bbc.co.uk/local/bristol/hi/people_and_places/arts_and_culture/newsid_8096000/8096891.stm (http://news.bbc.co.uk/local/bristol/hi/people_and_places/arts_and_culture/newsid_8096000/8096891.stm)

Um slideshow da nova exposição do Banksy em Bristol. Gosto imenso :).
Título: Re: Arte
Enviado por: Trust em 13.jun.2009, 14:25:00
Porquê que a minha resposta está espalhada por 3 opções?

As minhas formas de arte predilectas: Música, Literatura e Fotografia.

Como só é possível votar uma, votei naquela que é o meu "céu", a música
Título: Musica, a combinaçao da arte =)
Enviado por: Mªggy em 18.jun.2009, 01:59:39
pk tudo e arte , a musica tal e qual como uma mulher e o simbolo da perfeiçao =)
como uma tela traça rostos , uma pauta pinta melodias...

=)*
Título: Re: Musica, a combinaçao da arte =)
Enviado por: MarcusLevi em 18.jun.2009, 12:00:43
pk tudo e arte , a musica tal e qual como uma mulher e o simbolo da perfeiçao =)
como uma tela traça rostos , uma pauta pinta melodias...

=)*

Tens razão! Uma das mais belas e antigas formas de arte trata-se a musica.
                 =) =)
Título: Re: Musica, a combinaçao da arte =)
Enviado por: sofcastro em 18.jun.2009, 16:56:10
musica,la dolce vita =)
Título: Re: Arte
Enviado por: ONE2 em 15.jan.2010, 21:54:20
Land Art -------"também conhecida como Earth Art ou Earthwork é o tipo de arte em que o terreno natural, em vez de prover o ambiente para uma obra de arte, é ele próprio trabalhado de modo a integrar-se à obra."

Título: Re: Arte
Enviado por: Apollo em 21.mai.2010, 20:18:12
Sempre libera, La Traviata, Verdi, Maria Callas (http://www.youtube.com/watch?v=N1Vof_gHnNs#lq-lq2-hq)

Classe. Sempre libera.
Título: Re: Arte
Enviado por: Agamemnon em 21.mai.2010, 20:20:42
Sempre libera, La Traviata, Verdi, Maria Callas ([url]http://www.youtube.com/watch?v=N1Vof_gHnNs#lq-lq2-hq[/url])

Classe. Sempre libera.


Eu adoroooo o prelúdio da Traviata. Qual a tua ópera favorita?
Título: Re: Arte
Enviado por: Wild Beast em 21.mai.2010, 20:21:18
Música, Cinema e Literatura, pela devida ordem de consumo.  :P

Não passo um dia sem ouvir realmente música de que realmente gosto.  ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: Apollo em 21.mai.2010, 20:23:30
Sempre libera, La Traviata, Verdi, Maria Callas ([url]http://www.youtube.com/watch?v=N1Vof_gHnNs#lq-lq2-hq[/url])

Classe. Sempre libera.


Eu adoroooo o prelúdio da Traviata. Qual a tua ópera favorita?


Orpheu, do Monteverdi.
Título: Re: Arte
Enviado por: Agamemnon em 21.mai.2010, 20:26:02
Sempre libera, La Traviata, Verdi, Maria Callas ([url]http://www.youtube.com/watch?v=N1Vof_gHnNs#lq-lq2-hq[/url])

Classe. Sempre libera.


Eu adoroooo o prelúdio da Traviata. Qual a tua ópera favorita?


Orpheu, do Monteverdi.


É muito bonita, sim. Mas acho que prefiro L'incoronazione di Poppea. De qualquer maneira só vi e ouvi a Orfeu uma vez. Gostas de Bellini?
Título: Re: Arte
Enviado por: Apollo em 21.mai.2010, 20:32:19
Sempre libera, La Traviata, Verdi, Maria Callas ([url]http://www.youtube.com/watch?v=N1Vof_gHnNs#lq-lq2-hq[/url])

Classe. Sempre libera.


Eu adoroooo o prelúdio da Traviata. Qual a tua ópera favorita?


Orpheu, do Monteverdi.


É muito bonita, sim. Mas acho que prefiro L'incoronazione di Poppea. De qualquer maneira só vi e ouvi a Orfeu uma vez. Gostas de Bellini?


Conheço mal a obra de Bellini. Onde viste a Orpheu?
Título: Re: Arte
Enviado por: Agamemnon em 21.mai.2010, 20:47:16
Sempre libera, La Traviata, Verdi, Maria Callas ([url]http://www.youtube.com/watch?v=N1Vof_gHnNs#lq-lq2-hq[/url])

Classe. Sempre libera.


Eu adoroooo o prelúdio da Traviata. Qual a tua ópera favorita?


Orpheu, do Monteverdi.


É muito bonita, sim. Mas acho que prefiro L'incoronazione di Poppea. De qualquer maneira só vi e ouvi a Orfeu uma vez. Gostas de Bellini?


Conheço mal a obra de Bellini. Onde viste a Orpheu?


Em casa. :P

http://www.amazon.co.uk/Monteverdi-LOrfeo-Region-NTSC-DVD/dp/B000JJSRMA/ref=sr_1_15?ie=UTF8&s=dvd&qid=1274471364&sr=1-15 (http://www.amazon.co.uk/Monteverdi-LOrfeo-Region-NTSC-DVD/dp/B000JJSRMA/ref=sr_1_15?ie=UTF8&s=dvd&qid=1274471364&sr=1-15)
Título: Re: Arte
Enviado por: Apollo em 21.mai.2010, 20:49:24
Eu já  vi ao vivo  ;D digo-te depois onde...  ::)
Título: Re: Arte
Enviado por: Agamemnon em 21.mai.2010, 20:50:35
Eu já  vi ao vivo  ;D digo-te depois onde...  ::)

 [smiley=chicote.gif]

Invejaaaaaaaaaaaaa >:(
Título: Re: Arte
Enviado por: Apollo em 21.mai.2010, 20:53:19
Eu já  vi ao vivo  ;D digo-te depois onde...  ::)

 [smiley=chicote.gif]

Invejaaaaaaaaaaaaa >:(

Por acaso, quero voltar a esse sítio depois do Verão...
Título: Re: Arte
Enviado por: Agamemnon em 21.mai.2010, 20:58:56
Eu já  vi ao vivo  ;D digo-te depois onde...  ::)


 [smiley=chicote.gif]

Invejaaaaaaaaaaaaa >:(


Por acaso, quero voltar a esse sítio depois do Verão...


Imagino!

http://www.youtube.com/watch?v=EJ2L_B7VOWs

Bellini! Norma! Casta Diva! Joan Sutherland! :)
Título: Re: Arte
Enviado por: zerpp em 30.ago.2010, 23:47:58
E aconselho duas exposições em exibição em Serralves da Grazia Toderi e Marlene Dumas. São ambas de arte contemporânea. A primeira assenta em manipulações digitais de filmes gravados pela artista e a segunda intitula-se "contra o muro" (o título diz tudo).

Confesso que achei as obras da Grazia Toderi espantosas, capazes de nos levar a ambientes utópicos e oníricos de uma expressividades estrondosa, tudo partindo de filmagens de cidades.

Não digo mais. É um bom programa ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: doorbell em 03.fev.2011, 12:47:51
Gostava tanto de ir à Fundação Serralves  ;D

Mas por cá, Lisboa, vou muito ao Museu Berardo e à Gulbenkian. Nunca fui ao Museu de Arte Antiga, mas está na minha lista de Museus que tenho que visitar.
E o melhor, para além de levar com uma dose de arte/cultura  lol, é que muitos museus são de entrada livre, não se tem que pagar nada! Já é uma ajuda!  :)
Título: Re: Arte
Enviado por: 100preconceitos em 21.mai.2011, 11:20:33
Há 2 exposições em exibição que estou a pensar ir:
Power to the people. entao e agora. Na galeria Zé dos Bois , no Bairro Alto
Urban Africa no Museu da Cidade, Campo Grande.
A primeira foca questões dos movimentos radicais dos anos sessenta e inicio de 70, as reivindicações e os direitos civis da comunidade afro-americana, o Black Panther Party: a sua ideologia, programas sociais e relações internacionais.
A segunda é um olhar através da fotografia e de uma introdução gráfica do continente africano incluindo bairros suburbanos, urbanizações clandestinas e paisagens urbanas.
Título: Re: Arte
Enviado por: sofiaferreira17 em 21.mai.2011, 13:25:02
Gostava tanto de ir à Fundação Serralves  ;D

Mas por cá, Lisboa, vou muito ao Museu Berardo e à Gulbenkian. Nunca fui ao Museu de Arte Antiga, mas está na minha lista de Museus que tenho que visitar.
E o melhor, para além de levar com uma dose de arte/cultura  lol, é que muitos museus são de entrada livre, não se tem que pagar nada! Já é uma ajuda!  :)

visita o de arte antiga mesmo~´e muito bom ;)
Título: Re: Arte
Enviado por: JDelgado em 21.mai.2011, 22:47:59
http://www.gametrailers.com/video/review-bioshock/23825

http://www.gametrailers.com/video/mood-trailer-child-of/713167
Título: Re: Arte
Enviado por: Sappho em 26.mai.2014, 23:48:52
(http://3.bp.blogspot.com/-RYaQiU_bbRI/UiXu2KWp_2I/AAAAAAAAGjQ/ZqzovoduOJs/s1600/Helena+Almeida+(32).jpg)
Helena Almeida

Spoiler (clica para mostrar/esconder)
Título: Re: Arte
Enviado por: Sappho em 16.jun.2014, 00:42:27
(https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-xpf1/t1.0-9/10382144_323569011130223_8983492824595732007_n.jpg)
Desconheço autor(a)
Título: Re: Arte
Enviado por: Nutopia em 20.jul.2014, 13:31:21
Les origamis de Mademoiselle Maurice

(http://www.ufunk.net/wp-content/uploads/2013/06/mademoiselle-maurice-artaq-2013-2.jpg)
(http://api.ning.com/files/yvIGQSBDwalb23akl9o9Gzgpw5piTbMutzsklE26vyz4Ye3KAgjwXHj8NNDJcPfRKzWQVK9pdtF3abNhNfM4xK1YPxoMqHMJ/MademoiselleMaurice2.jpg)
(http://www.artistup.fr/public/album_photo/69/8b/01/188df_b4dd.jpg?c=879a)


Spoiler (clica para mostrar/esconder)
Título: Re: Arte
Enviado por: Spektrum em 11.ago.2014, 20:53:55
Recentemente comecei a atentar mais à arte urbana. Deixo dois exemplos bastante familiares.

(http://pauseforclarity.files.wordpress.com/2014/07/vhils_aveiro3-copy.jpg)
Spoiler (clica para mostrar/esconder)
Alexandre Farto (aka Vhils). (TEDxAveiro'12)
Estação Ferroviária, Aveiro.

(http://www.visitcentrodeportugal.com.pt/wp-content/uploads/2014/07/situs-inversus.gif)
Spoiler (clica para mostrar/esconder)
Situs Inversus, Liliana Rodrigues. (Jardins Efémeros'14)
Rua Alexandre Herculano, Viseu.
Título: Re: Arte
Enviado por: Sappho em 13.set.2014, 17:09:29
Spoiler (clica para mostrar/esconder)

Adoro Vhils!
Provavelmente o meu primeiro contacto com o seu trabalho foi à entrada do arco8 em São Miguel.

(http://upmagazine-tap.com/wp-content/uploads/2013/07/vhils_azores_3jessejames_1000.jpg)
Título: Re: Arte
Enviado por: doorbell em 15.set.2014, 19:56:35
([url]http://3.bp.blogspot.com/-RYaQiU_bbRI/UiXu2KWp_2I/AAAAAAAAGjQ/ZqzovoduOJs/s1600/Helena+Almeida+(32).jpg)[/url]
Helena Almeida

Spoiler (clica para mostrar/esconder)


Lembro-me do primeiro contacto que tive com arte, e foi numa exposição na Gulbenkian com obras de Helena Almeida. Não sigo o trabalho dela mas aquela exposição marcou-me. :)
Título: Re: Arte
Enviado por: Sappho em 22.out.2014, 14:25:43
Spoiler (clica para mostrar/esconder)

(http://www.kireei.com/wp-content/uploads/2013/03/fan_ho_02.jpg)
Fan Ho, Approaching shadow
Título: Re: Arte
Enviado por: Lutfia em 27.nov.2014, 09:19:09
Não sei se conhecem o pintor Gustave Courbet. Foi um pintor realista do século XIX que criou muita controvérsia ao pintar cenas realistas e alguns temas homosexuais.
Título: Re: Arte
Enviado por: portugaisptfr em 27.nov.2014, 12:35:34
Não sei se conhecem o pintor Gustave Courbet. Foi um pintor realista do século XIX que criou muita controvérsia ao pintar cenas realistas e alguns temas homosexuais.

Um famoso quadro que ele pintou foi "A origem do mundo". A verdade nua e crua.