Assuntos Gerais > Trans

LGB...."T" - Abri os olhos

(1/18) > >>

Van_Yuki:
Ola...

Nao sou nova por aqui. Ja cá ando ha muito tempo, mas sempre me dei como simpatizante. Nada mais que isso. Mas não sei porquê... Abri os olhos durante uma conversa com um amigo meu (gay).

Desde pequena que sou estranha. Talvez um pouco anti-social... mas sempre tive os meus motivos. E sempre tive uma enorme facilidade em apanhar depressoes profundas. Eu sabia bem porquê: tinha tudo a ver com falta de auto-estima. Mas sempre pensei que eram fases da adolescencia, aquela tipica passagem em que queremos ser assim ou assado e nunca gostamos da forma que temos e somos...

Mas sempre fui pouco feminina. Aliás, desde que me lembro, nunca gostei de coisas femininas e não é apenas "não gostar"... Chega ao ponto de ser quase ódio e aversão. (Chorava quando a minha mae me queria vestir tops ou saias com rendinhas... quando tinha uns 6/7/8 anos). Portanto, penso que está claro: aos poucos fui-me apercebendo que a razao das minhas depressoes não era apenas o facto de ser adolescente... Eu não gostava, nem nunca gostei, e continuo a não gostar, de ser do sexo feminino.

Pelos 15 anos, eu já sabia bem disto. Foi a pior altura da minha adolescencia... Cheguei a pensar em suicidio (mas não a sério)... Pensava apenas que não ia conseguir continuar a viver assim, sendo quem sou... e que se morresse, não seria mau. Mas nunca tentei nada... Chumbei o 9º ano e tive de repeti-lo... Foi um pesadelo...

Actualmente, com 21 anos acabados de fazer, tento controlar as depressoes, tento esquecer o facto de não gostar de ser quem sou e tento ser o mais normal possivel... Mas por vezes (muitas vezes) é mais forte que eu e acabo por entrar numa profunda depressao... É simplesmente horrivel...  :'(

Costumo desabafar com esse meu amigo, e com a minha melhor amiga (a quem contei o meu problema).

So quis desabafar aqui tambem, porque o facto de tentar esquecer isto tudo, não me deixou ver que afinal pertenço mais a este forum do que pensava... Não faço parte do "S" de simpatizante, mas sim do "T"... (a nivel psicologico)

Obrigado...

hal:

--- Citação de: Van_Yuki em 17 de Abril de 2007 ---Ola...

Nao sou nova por aqui. Ja cá ando ha muito tempo, mas sempre me dei como simpatizante. Nada mais que isso. Mas não sei porquê... Abri os olhos durante uma conversa com um amigo meu (gay).

Desde pequena que sou estranha. Talvez um pouco anti-social... mas sempre tive os meus motivos. E sempre tive uma enorme facilidade em apanhar depressoes profundas. Eu sabia bem porquê: tinha tudo a ver com falta de auto-estima. Mas sempre pensei que eram fases da adolescencia, aquela tipica passagem em que queremos ser assim ou assado e nunca gostamos da forma que temos e somos...

Mas sempre fui pouco feminina. Aliás, desde que me lembro, nunca gostei de coisas femininas e não é apenas "não gostar"... Chega ao ponto de ser quase ódio e aversão. (Chorava quando a minha mae me queria vestir tops ou saias com rendinhas... quando tinha uns 6/7/8 anos). Portanto, penso que está claro: aos poucos fui-me apercebendo que a razao das minhas depressoes não era apenas o facto de ser adolescente... Eu não gostava, nem nunca gostei, e continuo a não gostar, de ser do sexo feminino.

Pelos 15 anos, eu já sabia bem disto. Foi a pior altura da minha adolescencia... Cheguei a pensar em suicidio (mas não a sério)... Pensava apenas que não ia conseguir continuar a viver assim, sendo quem sou... e que se morresse, não seria mau. Mas nunca tentei nada... Chumbei o 9º ano e tive de repeti-lo... Foi um pesadelo...

Actualmente, com 21 anos acabados de fazer, tento controlar as depressoes, tento esquecer o facto de não gostar de ser quem sou e tento ser o mais normal possivel... Mas por vezes (muitas vezes) é mais forte que eu e acabo por entrar numa profunda depressao... É simplesmente horrivel...  :'(

Costumo desabafar com esse meu amigo, e com a minha melhor amiga (a quem contei o meu problema).

So quis desabafar aqui tambem, porque o facto de tentar esquecer isto tudo, não me deixou ver que afinal pertenço mais a este forum do que pensava... Não faço parte do "S" de simpatizante, mas sim do "T"... (a nivel psicologico)

Obrigado...

--- Fim de Citação ---

Olá, Van_Yuki.

Quero felicitar-te pela tua coragem, por teres partilhado este desabafo connosco. De certeza que todos nós entendemos aquilo pelo que estás a passar e vamos ajudar-te no que pudermos, se assim quiseres.

Muita força para ti.  :-*

gumby:

--- Citação de: Van_Yuki em 17 de Abril de 2007 ---Ola...

--- Fim de Citação ---


Desde já, olá e bem-vinda aqui ao fórum.  ;)

Como a hal já fez, quero felicitar-te por teres tido a coragem de partilhar algo tão íntimo connosco. De maneiras diferentes, todos nós compreendemos aquilo porque estás a passar, e de certeza que alguém te tentará ajudar de uma maneira mais capaz que eu.

Mas porque não dás uma vista de olhos à brochura "Sermos Nós Próprios"? Podes encontrá-la aqui.

Qualquer coisa que precises, não hesites.  ;)

temporary_user:
Oi Van, acho que fizeste bem vir aqui desabafar.. Não te esqueças que há mais pessoas na tua situação, e talvez te saibam dar uma ajuda a superar / lidar melhor com isso ;)

Já agora, vai dar dia 24 na TVI, no programa "As tardes da Júlia", uma reportagem sobre a transexualidade - "Mulheres que se sentem Homens e Homens que se sentem Mulheres"

Força :-*

Van_Yuki:
Obrigado... Vou tentar ver isso...

Talvez me ajude a ultrapassar as depressoes que isto me provoca...

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

Ir para versão completa