Outras Conversas > Artes & Letras

Fernando Pessoa

<< < (2/11) > >>

Geez:

--- Citação de: PRubia em 5 de Abril de 2012 ---
--- Citação de: Geez em 28 de Março de 2012 ---Também gostei de estudar, mas não de analisar. O que pode ser um pouco contraditório.

O que mais gostei foi o Alberto Caeiro!

"O Amor É uma CompanhiaO amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.
Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio."

--- Fim de Citação ---

Gosto tanto deste poema  :)

--- Fim de Citação ---

Um de tantos maravilhosos do Alberto Caeiro  :D

Miguel★:
Um génio absoluto! É o escritor português que mais me comove com os seus textos.

Donald:
O poema "Mar Português", de Fernando Ortónimo, conquistou-me logo pela primeira vez que o li!

Adorei Fernando Pessoa ortónimo assim como os seus heterónimos. De quando em vez vou citando palavras dos seus poemas... penso que aumenta o impacto daquilo que estamos a transmitir. :)

PRubia:

--- Citação de: Geez em 6 de Abril de 2012 ---
--- Citação de: PRubia em 5 de Abril de 2012 ---
--- Citação de: Geez em 28 de Março de 2012 ---Também gostei de estudar, mas não de analisar. O que pode ser um pouco contraditório.

O que mais gostei foi o Alberto Caeiro!

"O Amor É uma CompanhiaO amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.
Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio."

--- Fim de Citação ---

Gosto tanto deste poema  :)

--- Fim de Citação ---

Um de tantos maravilhosos do Alberto Caeiro  :D

--- Fim de Citação ---

concordo plenamente! não consigo escolher apenas um heterónimo. Todos eles, incluindo o ortónimo têm características que me agradam e puxam por diversos sentimentos diferentes. Fernando Pessoa foi um génio que apesar de já não estar entre nós, deixou-nos uma obra esplêndida onde encontro muitas semelhanças e descrições quase perfeitas de situações, momentos e sentimentos que vão surgindo na minha vida  :D

Geez:

--- Citação de: PRubia em 7 de Abril de 2012 ---
--- Citação de: Geez em 6 de Abril de 2012 ---
--- Citação de: PRubia em 5 de Abril de 2012 ---
--- Citação de: Geez em 28 de Março de 2012 ---Também gostei de estudar, mas não de analisar. O que pode ser um pouco contraditório.

O que mais gostei foi o Alberto Caeiro!

"O Amor É uma CompanhiaO amor é uma companhia.
Já não sei andar só pelos caminhos,
Porque já não posso andar só.
Um pensamento visível faz-me andar mais depressa
E ver menos, e ao mesmo tempo gostar bem de ir vendo tudo.
Mesmo a ausência dela é uma coisa que está comigo.
E eu gosto tanto dela que não sei como a desejar.

Se a não vejo, imagino-a e sou forte como as árvores altas.
Mas se a vejo tremo, não sei o que é feito do que sinto na ausência dela.
Todo eu sou qualquer força que me abandona.
Toda a realidade olha para mim como um girassol com a cara dela no meio."

--- Fim de Citação ---

Gosto tanto deste poema  :)

--- Fim de Citação ---

Um de tantos maravilhosos do Alberto Caeiro  :D

--- Fim de Citação ---

concordo plenamente! não consigo escolher apenas um heterónimo. Todos eles, incluindo o ortónimo têm características que me agradam e puxam por diversos sentimentos diferentes. Fernando Pessoa foi um génio que apesar de já não estar entre nós, deixou-nos uma obra esplêndida onde encontro muitas semelhanças e descrições quase perfeitas de situações, momentos e sentimentos que vão surgindo na minha vida  :D

--- Fim de Citação ---

Sinceramente, a poesia nunca me agradou. sempre achei maçador estudar poemas nas aulas de português, talvez porque estas não eram leccionadas da melhor maneira. Mas se há coisa que hoje gosto é do quão enigmáticos podem ser estes poemas do FP. Aliás até anda com vontade de descobrir mais. :)

Navegação

[0] Índice de mensagens

[#] Página seguinte

[*] Página anterior

Ir para versão completa