Outras Conversas > Artes & Letras

Fernando Pessoa

<< < (11/11)

TéNT:
A dissolução do 'eu' há-de ser sempre a temática de Pessoa que eu mais goste, por isso Álvaro de Campos é o meu buddy haha :P
Arrebentei com a escala a Português no 12º só com a matéria de FP, despertou o meu amor por poesia, realmente.
Acho que qualquer pessoa conseguirá identificar-se com pelo menos um poema do ortónimo ou dos heterónimos. Comigo, quando leio, sinto-me quase acompanhada por alguém que me compreende apesar de tudo. É deveras incrível.

"Apelo lançado ao meu sangue
Dum amor passado, não sei onde, que volve
E ainda tem força para me atrair e puxar,
Que ainda tem força para me fazer odiar esta vida
Que passo entre a impenetrabilidade física e psíquica
Da gente real com que vivo!"

Álvaro de Campos, Ode Marítima

nevertoolatetobehappy:
Estou neste momento a ler o "Livro do Desassossego". É um livro que me está a deixar marcas: houve um período em que tive de o deixar de lado, pois estava a agravar o estado "depressivo" em que me encontrava. Esta obra de Pessoa é como que um compêndio dos pensamentos mais negros, pessimistas, desesperados do poeta. Recomendo que leiam apenas se tiverem "estofo" para tal... Eu estou a gostar muito de o ler!

Sent from my GT-I8150 using Tapatalk 2

Arch:

--- Citação de: nevertoolatetobehappy em 17 de Setembro de 2014 ---Estou neste momento a ler o "Livro do Desassossego". É um livro que me está a deixar marcas: houve um período em que tive de o deixar de lado, pois estava a agravar o estado "depressivo" em que me encontrava. Esta obra de Pessoa é como que um compêndio dos pensamentos mais negros, pessimistas, desesperados do poeta. Recomendo que leiam apenas se tiverem "estofo" para tal... Eu estou a gostar muito de o ler!

Sent from my GT-I8150 using Tapatalk 2



--- Fim de Citação ---

Sem dúvida, não podia concordar mais. Aconteceu-me, por diversas vezes, fechar o livro, olhar em frente e pensar que ele conseguiu traduzir para palavras aquilo que eu pensava. Palavras, frases, parágrafos inteiros que me davam que pensar durante horas e dias.

iNd:
Li o Livro do Desassossego e, apesar de o achar um bom livro e de me identificar com algumas coisas lidas, como era inevitável, ficou aquém das minhas expectativas. Talvez porque é escrito demasiado na  primeira pessoa, não sei. Prefiro um bom livro de filosofia (ou de um outro tema) com o desenvolvimento e a exposição de um raciocínio. Ou talvez não o tenha lido numa boa fase. Do Fernando Pessoa gosto mais da poesia. (Em todo o caso é notável que uma pessoa que quase não tinha vida pessoal contivesse dentro de si tantas vidas e tanta complexidade.)

Navegação

[0] Índice de mensagens

[*] Página anterior

Ir para versão completa