rede ex aequo

Olá Visitante19.abr.2021, 13:39:18

Autor Tópico: Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!  (Lida 13261 vezes)

 
Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
#0

Offline Rapazalone

  • *
  • Novo Membro
Olá, sou um rapaz de 26anos moro no Alentejo neste fim do mundo que nada se passa...enfim foi aki ke arranjei trabalho..  Mas sinto-me perdido sozinho carente sem saber mais por onde andar e virar.. Nao tenho amigos ca.. Conhecidos muitos.. Sonho demasiado alto.. Choro pelos cantos... No trabalho fecho.me no wc sento-me no xao e choro e choro... So queria ser feliz ter alguem a meu lado que me desse um abraco mimos.. Carinho... Que n visse o sexo como algo mt importante.. Nesse aspecto nc tive nd com ninguem.. Kero entregar.me a uma pessoa que veja o amor.. Ke eu ame.. Sera ke peco demais? Sera ke o problema esta em mim? Ultimamente tenho visto filmes gay onde existe amor coisas tao lindas ke alguem e capaz de fazer por outro.. Era o que mais cria ser feliz.. Sentir.me amado.. Nao me sentir so.. Como sinto.me agora.. Sentir um abraco o calor de alguem junto com o amor... Mas acho que isso ja e um sonho ke nao passara disso e ke filmes sao filmes na realidade nd e assim... O ke faco da minha vida? Sinto um aperto no coracao... Sinto ke tenho uma depressão a caminho.. As vezes apetece.me desaparecer... As forcas estao a esgotar.se.. Alguem pode.me ajudar? Desculpem...

    Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
    #1

    Offline karlite

    • *
    • Novo Membro
    • Género: Masculino
    • Love is louder
    Olá Rapazalone.

    Sabes, eu também moro no Alentejo. Motivo esse, que pelo qual, me senti tentado em responder ao teu post. Confesso, em tom de dessabafo, que às vezes sinto algum receio em dar a minha opinião ou mostrar o meu ponto de vista. Tenho medo de ser mal interpretado. Principalmente quando sinto nas palavras apresentadas que estão desanimados. Vou tentar dar o meu melhor... Desculpa se não o consegui.

    Como disse vivo no Alentejo. Mas isso acaba por ser indeferente pois o alentejo é grande... . No entanto revejo-me em muitas coisas que dizes como te sentires sozinho...

    É muito fácil falar quando se está do outro lado. Mas tens de ter esperança. Eu também me sinto muito sozinho, perdido, sem rumo muitas vezes. Mas temos de manter a esperança. Mas como o fazemos? Eu apenas posso falar por mim. No que faço para não me sentir tão sozinho.
    Tento procurar ocupar os meus tempos livres com hobbies de que goste. Ás vezes até acabo por arranjar alguns que gosto mas que acabo por desistir por ver que não tenho jeito nenhum para aquilo, como por exemplo, jogar ténis. Até comprei uma boa raquete que agora está a ganhar pó na arrecadação ::)

    Na medida do possivel vou trabalhando para um dia ver se consigo realizar os meus sonhos, como uma viagem...

    Este fórum também me tem ajudado muito. Por vezes perco-me no tempo a vaguear por aqui e a ler os comentários e a interacção de todos por aqui. É a minha televisão. Muitas vezes é a minha companhia. Por aqui podemos conversar, desabafar sobre temas que não nos é possivel com ninguém por mais próximo que as pessoas estejam de nós.

    A rede exaequo também realiza duas vezes por mês reuniões em vários pontos do país que ajudam muito. Agora penso que estejam a decorrer reuniões em Lisboa, Aveiro e Porto. Já houve mais cidades e quem sabe brevemente não voltamos a ter novamente. O pessoal das reuniões é muito porreiro. Muito acessível. E as dinâmicas que lá se criam são fantásticas. Se puderes e quando puderes aparece numa. Vais ver que é outro mundo. Vais conhecer tantas pessoas. O sentimento de solidão nas reuniões vai desaparecer. Até pensei. Tanto tempo triste e a sofrer e estava tudo aqui. Eu é que não conhecia. Eu senti-me em casa. Soube foi a pouco, sabes. Eu já fui duas vezes a Lisboa. Não vou mais porque o meu trabalho não me permite. Mas se puderes força nisso. Fica um pouco longe eu sei. Mas eu também só vou de vez em quando. Faço um dia de passeio diferente em vez de ficar em casa triste a contemplar a minha solidão.  :P Ah e não tenhas medo de aparecer. É um local muito seguro para se conhecer pessoas e conversar. Consulta o sub forum das várias cidades. Periodicamente os coordenadores vão postanto informações sobre as próximas reuniões e informações relativas ás mesmas. ;D

    O amor é um sentimento muito bonito e não era suposto nos fazer sofrer. Há quem o tenha e não lhe dê valor... E nós aqui cheios dele e a sofrer por não o ter e a sofrer também por não o poder dar a ninguém. Tenta não pensar muito nisso (o que por vezes se torna impossivel especialmente quando vamos na rua e vemos um casal de namorados apaixonado ou vemos um filme e vemos uma bonita história de amor... e mais triste ainda quando se descobre que o filme ou livro foi baseado numa história real... É de ficar arrepiado... Tipo, o quê?? Isto aconteceu a alguem? Também queriaaaaaaaaaaaaaaa)
    Tenta arranjar amigos, sair e conhecer pessoal. Os entendidos na matéria dizem que não somos nós que encontramos o amor, é ele que nos encontra a nós. Eu cá acho que temos de fazer por isso. Por isso te digo, não te isoles, não te feches.

    Sobre o fato de chorares por vezes é o que mais me preocupa. Podes estar a entrar numa depressão ou mesmo já estares numa... Mas não percas a esperança. Tudo
    há-de melhorar um dia. Sê forte. Eu acredto que nós somos mais fortes do que qualquer circunstância. Força  :)

    Podias, quem sabe até, procurares psicoterapia. Podia ser que verbalizar as coisas te possa ajudar também. A meu ver o problema é o preço.

    Espero ter ajudado de alguma forma! Peço desculpa se não o fiz. Fiz o que pude e com a melhor das intenções. Se tiveres alguma dúvida mais, aqui o fórum é optimo para as apresentares. Não te inibas. O pessoal daqui é 5 estrelas.

    Um grande abraço
     ;D
      "Nunca compreenderemos o quanto um simples sorriso pode fazer" - Madre Teresa de Calcutá

      Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
      #2

      Offline Rapazalone

      • *
      • Novo Membro
      Olá KarLite,

      bem nem sei por onde começar para agradecer-te a tua mensagem.. foste muito fixe em partilhar tanta coisa comigo.. esta descansado que não foste mal interpretado.. esperança ainda resta um pouquinho mas.. estou a esgotar a força que tenho tido para vencer e não chegar a uma depressão, mas não sei até onde ir... não sei o que fazer mais.. sinto tanta falta de alguém.. um abraço.. oh pah.. eu já joguei tennis tenho raquete profissional e tudo.. mas.. com quem treinava infelizmente já não esta entre nos então deixei tudo para trás e esta ao pó num canto.. nem sei se alguma vez pegarei novamente.. talvez não sei.. sabes não tenho mesmo tempo para reuniões.. tenho uma profissão onde passo a maior parte do tempo fora.. então.. é complicado.. e depois sozinho sem ninguém para puxar por mim deixo-me ficar insolado no meu cantinho sem vontade para nada..o amor é lindo mas.. será que no meio gay existe? tenho visto series e filmes de historias reais e acho incrível como é possível existir algo assim.. nunca fui negativo mas neste sentido e com a perca de forças estou a começar a ser bastante..  tenho medo de desistir de vez de tudo principalmente da vida meu amigo... bem tu ajudaste um pouquito.. este sentimento esta cá dentro.. tenho o coração destrocado.. um aperto.. que por vezes nem me deixa respirar.. :(
      Obrigado pela resposta KarLite apesar de não te conhecer desejo.te as melhores felicidades do mundo e força.. mereces ser feliz.. pareces bom rapaz.. Que Deus te ajude!
      Um grande abraço

        Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
        #3

        Offline my_alterego

        • *****
        • Associad@
        • Membro Total
        • Género: Masculino
        Dado que vives no Alentejo, o meu conselho seria ires a uma das reuniões de Lisboa dado que, geograficamente te encontras mais perto desse local. Tenho a certeza que conseguirias arranjar uma data que fosse compatível com o teu horário de trabalho! Se te sentes um pouco receoso por seres completamente novo num desses contextos talvez mandar uma MP aos coordenadores a pedir mais informações ou combinares com um novo membro que também pretenda ir a uma reunião não seja uma má ideia!
        Muita força nesta etapa da tua vida que acredito que esteja a ser dificil. Mas acredita que, mais tarde ou mais cedo, "It gets better!"
          The purpose of our lives is to be happy
          Dalai Lama

          Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
          #4

          Offline the end

          • *****
          • Membro Ultra
          • Género: Masculino
          Sinto me completamente sozinho, ainda ontem, estive num jantar com pessoal lgbt, e nunca me tinha sentido tão sozinho na vida...perdi a noção do que é estar feliz, de bem com a vida...preciso de um abraço, de um carinho, de uma palavra aconchegante...sinto me deprimido. vou dormir
            Yes I can!

            Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
            #5

            Offline Pulse

            • *****
            • Membro Vintage
            • Género: Masculino
            • After all, losing all hope was freedom.
            Rapaz do comentário anterior, não vou escrever um muro de texto para te contrariar. Mas vou-te dizer que espero que um dia venhas a conhecer alguém que te mostre o quanto estás errado.
              And my head told my heart, let love grow. But my heart told my head, this time no, this time no.

              Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
              #6

              Offline Endovélico

              • ****
              • Membro Sénior
              • Género: Masculino
              • Are we to hang our hearts on such little things?
              Só pessoal deprimido aqui!  :wor
              E essa cena de dizerem que em Lisboa será melhor que em outro canto, é mentira.
              Eu vivo em Lisboa e quase que sinto o mesmo que o autor desde tópico.

              Aquilo que eu fiz, foi: Desistir
              Não vale a pena pensar em encontrar o homem perfeito, pensar em historias perfeitas, de que o amor é lindo!
              Meus amigos, o amor gay não existe nem nunca vai existir.  A única coisa que os homens gays querem é sexo.
              Mesmo que exista muitos que dizem o contrario, eles próprios não conseguem amar outros rapazes, ficam só amigos.

              Eu desisti porque não fazia mais sentido, mesmo que agora aparece-se um rapaz a querer conhecer-me, automaticamente só iria sentir alguma coisa se o acha-se giro, eu próprio que não procuro sexo, só consigo ter vontade de conhecer alguém se for giro, e depois de o conhecer ao vivo, acabo por perceber que não existe nada, que não tenho sentimentos por aquele homem.

              Foi ai que percebi realmente que até eu próprio não consigo amar, a não ser querer e ter vontade para sexo com rapazes giros, mesmo não querendo.
              Logo, desisti de tudo, e até de olhar para mim como gay, ou seja, já nada faz sentido porque se não consigo amar nenhum homem nem mesmo achar alguém que me ame, não faz sentido nenhum assumir ser gay.

              O problema é, se desisti ser gay, e se ser hetero é parvo, então serei o quê? Assexual? Não, simplesmente não sou nenhum desses rótulos, sou um homem sem orientação sexual, pelo menos passo a fingir que o sou.

              É triste? Pode ser, mas é mais triste perder tempo a procurar algo que não existe. Porque todos os homens que tem uma maior vontade de amar alguém são os que mais tem dificuldade em encontrar alguém? Por causa disso mesmo, porque fomos enganados psicologicamente de que o amor existe e que é algo giro. Mas vamos a conhecer gays que não querem amor, só sexo, vão ver que não tem problemas nenhuns, estão bem resolvidos, e até tem amigos para se divertirem.

              É verdade, os gays mais fracos, são e sempre serão os que mais sofrem por acreditar em algo que não existe. Se desde cedo aceitar-mos que isso não passa de uma fantasia estúpida, poderemos ficar melhor. Mas é claro que, a carência e a falta de alguém afecta todos os dias, mas lá está, porque acham que os gajos que só querem sexo, estão bem, e não são deprimentes ? Por isso mesmo, ao fazerem sexo a carência vai morrendo.

              Eu estou pior, pior porque eu sei disto e fico desiludido por ver que  a realidade é mesmo assim. Como se fosse algum ultimato: Se não queres ser deprimente ou ter carência faz sexo, se não fizeres, ficas como estás!

              Mas existe outro processo, ou tentar virar heterossexual, se conseguirem, ou então tentar limpar o vosso cérebro com o assunto gay, porque o assunto gay, a palavra gay, só faz doer, e de feliz não trás nada.

              Por isso, eu desisti, é pena, mas lutar por algo que não existe, é ainda pior.
              Faz-nos iludir, fazer-nos criar aquela pequena esperança que um dia irá acontecer, mas isso é das maiores tretas que existe.
              Então não conseguem ver, tantos e tantos homens de 40, 50 anos sozinhos, e nós ainda novos também não temos como é claro. Existe homens de varias idades sozinhos, alguns ainda perdidos na fantasia que um dia iram achar o amor, a coisa que não existe.
              Se os velhos chegam a idade que chegam e não encontram o amor, quanto mais nós, e ainda é pior, porque ao sermos novos supostamente deveríamos ter mais facilidade, porque somos mais atraentes que os velhos.

              A verdade, é que nós não conseguimos aceitar que o amor não existe. Mas, porque será que existe tanta gente que sofre com isto? Porque imaginar amar alguém como vemos nos filmes é realmente giro, mas pessoal, se esse amor realmente existi-se, não haveria filmes a relatar tal coisa. Os filmes são frutos do desejo de que tal existi-se. É o mesmo que eu agora, fizesse um filme romântico gay, da tal maneira que eu gostaria de ter. E é assim que nascem essas historias lindas nos filmes, que na realidade, não acontecem.

              Agora se aparecer aqui alguém dizer que amor existe porque amou um rapaz, eu digo: Ilusão! É tudo uma ilusão que se cria no nosso anterior para não ver a realidade. O nosso cérebro tem essa capacidade. Se a relação acabar e voltarem a ver o suposto antigo amor, vão ver que não sentem nada e muitos até tem nojo , e ainda perguntam-se: Como namorei com aquilo? Pois, lá está, a ilusão, e a falta de carência, faz com que o nosso cérebro nos ilude e faz-nos querer acreditar que amamos uma pessoa.

              Mas, os homens que só querem sexo, e que tem namorado, muitos deles procuram outro para algo a 3 ou mais. Porque sabem que não há propriamente amor, só há uma amizade, e aceitam as coisas como elas são. Ou vivem assim, ou então vivem como nós, deprimidos. E nós que tentamos criticar esses gajos, pensando que eles estão erradas e que nós, k acreditamos no amor, pensamos que estamos no caminho certo. Quem é que acaba por ficar mais deprimido e carente? Esses gajos, ou nós? Nós claro! Então, quem está mal na verdade são todos aqueles que acreditam no amor, e só quando nós perceber-mos isso, é que conseguiremos sentir-nos melhor. Eu que não queria sexo por sexo, acabo por ter que pensar duas vezes, porque também quero ser um homem estável como aqueles homens.

              Pode ser triste, mas a vida é assim mesmo,
              É triste de várias maneiras.

              Tu estás tão agarrado à ideia que homem gay = sexo que deixas que isso se torne no teu único argumento.
              É pura treta.
              Eu sou gay e nunca fiz sexo com um estranho. Até à data só fiz sexo com 3 rapazes e em todos os casos estava numa relação com eles.
              Se calhar nunca amaste ninguém realmente, eu admito que talvez nunca tenha amado tampouco, por isso achares uma ilusão, não podes generalizar lá porque tiveste uns quantos namoros que correram mal ou porque o que vês à tua volta são situações pontuais.
              Como disse, eu namorei três vezes e ainda sou amigo dos meus ex; Não olho para trás com nojo.

              Se te sentes tão mal como o ''mundo'' gay que te rodeia é porque te dás com o universo de pessoas errado. Não podes deixar que isso te abale.
              Se um homem hetero pode amar porquê que um homem gay não pode? Lá por nunca teres amado porquê que os outros não hão de amar?
              Nunca digas nunca;

                Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
                #7

                Offline Shitmydadsays

                • ***
                • Membro Total
                foreveralone24,

                Eu já não vinha a este fórum há imenso tempo porque estava farto de perder a minha vida a tentar encontrar pessoas com quem me identificasse porque de certa maneira também me sinto sozinho e perdido como tu. Mas, regra geral, sempre que fazemos generalizações estamos a cometer um erro gigante.
                Não se pode colocar as pessoas numa caixa, tu devias saber isso melhor do que ninguém, e dizer que isto é assim e nós é que temos razão.

                Eu sou mais velho que tu e demorei quase todo o tempo que tu tiveste vivo a apaixonar-me, e até esse momento também não acreditava em amor, achava que não passava de toda uma industria inventada por Hollywood para vender cartões no dia dos namorados. Mas a verdade é que a vida me ensinou o contrário e um dia às de aprender a mesma lição... e depois ou a coisa te corre bem, ou ficas a desejar voltar ao dia em que não tinhas sentimentos por ninguém.

                Muitos homens gays, e mulheres, só devem pensar em sexo, bem como os heteros... mas não são todos e esse fórum prova um pouco isso.

                É claro que a vida é complicada, claro que toda a gente que por aqui escreve de certa maneira tem mais azar e joga com menos probabilidades que o comum dos mortais mas isso também faz com que no dia que finalmente algo aconteça que saibas apreciar o momento com mais força que aqueles que andam em relações desde dos 13 anos.

                A história de só gostares de rapazes giros, bem isso pode ser verdade, também acontece comigo, mas o conceito de giro muda de pessoa para pessoa e depois acabo a gostar de alguns que ninguém compreende, gostos há para todos. E quando gostares de alguém a sério, quando amares alguém, acredita que o aspecto físico vai ser a coisa menos importante é um poder que ultrapassa qualquer tipo de controlo ou vontade tua porque simplesmente deixas de ter algum tipo de controlo sobre o que pensas, o que queres, o que sabes e o que acreditas.

                Desejo que encontres alguém rapidamente, essa perspectiva não é saudável. E desejo-te melhor sorte do que aquela que eu tenho que só me apaixonei uma vez na vida e foi por um rapaz hetero.

                Mas se soubesses o quanto as coisas mudam em poucos meses saberias que qualquer tipo de afirmação que fazes agora pode vir a fazer-te rir daqui a uns tempos.

                Boa sorte.

                  Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
                  #8

                  Offline castlox

                  • *****
                  • Membro Elite
                  • Género: Masculino
                  Só pessoal deprimido aqui!  :wor
                  E essa cena de dizerem que em Lisboa será melhor que em outro canto, é mentira.
                  Eu vivo em Lisboa e quase que sinto o mesmo que o autor desde tópico.

                  Aquilo que eu fiz, foi: Desistir
                  Não vale a pena pensar em encontrar o homem perfeito, pensar em historias perfeitas, de que o amor é lindo!
                  Meus amigos, o amor gay não existe nem nunca vai existir.  A única coisa que os homens gays querem é sexo.
                  Mesmo que exista muitos que dizem o contrario, eles próprios não conseguem amar outros rapazes, ficam só amigos.

                  Eu desisti porque não fazia mais sentido, mesmo que agora aparece-se um rapaz a querer conhecer-me, automaticamente só iria sentir alguma coisa se o acha-se giro, eu próprio que não procuro sexo, só consigo ter vontade de conhecer alguém se for giro, e depois de o conhecer ao vivo, acabo por perceber que não existe nada, que não tenho sentimentos por aquele homem.

                  Foi ai que percebi realmente que até eu próprio não consigo amar, a não ser querer e ter vontade para sexo com rapazes giros, mesmo não querendo.
                  Logo, desisti de tudo, e até de olhar para mim como gay, ou seja, já nada faz sentido porque se não consigo amar nenhum homem nem mesmo achar alguém que me ame, não faz sentido nenhum assumir ser gay.

                  O problema é, se desisti ser gay, e se ser hetero é parvo, então serei o quê? Assexual? Não, simplesmente não sou nenhum desses rótulos, sou um homem sem orientação sexual, pelo menos passo a fingir que o sou.

                  É triste? Pode ser, mas é mais triste perder tempo a procurar algo que não existe. Porque todos os homens que tem uma maior vontade de amar alguém são os que mais tem dificuldade em encontrar alguém? Por causa disso mesmo, porque fomos enganados psicologicamente de que o amor existe e que é algo giro. Mas vamos a conhecer gays que não querem amor, só sexo, vão ver que não tem problemas nenhuns, estão bem resolvidos, e até tem amigos para se divertirem.

                  É verdade, os gays mais fracos, são e sempre serão os que mais sofrem por acreditar em algo que não existe. Se desde cedo aceitar-mos que isso não passa de uma fantasia estúpida, poderemos ficar melhor. Mas é claro que, a carência e a falta de alguém afecta todos os dias, mas lá está, porque acham que os gajos que só querem sexo, estão bem, e não são deprimentes ? Por isso mesmo, ao fazerem sexo a carência vai morrendo.

                  Eu estou pior, pior porque eu sei disto e fico desiludido por ver que  a realidade é mesmo assim. Como se fosse algum ultimato: Se não queres ser deprimente ou ter carência faz sexo, se não fizeres, ficas como estás!

                  Mas existe outro processo, ou tentar virar heterossexual, se conseguirem, ou então tentar limpar o vosso cérebro com o assunto gay, porque o assunto gay, a palavra gay, só faz doer, e de feliz não trás nada.

                  Por isso, eu desisti, é pena, mas lutar por algo que não existe, é ainda pior.
                  Faz-nos iludir, fazer-nos criar aquela pequena esperança que um dia irá acontecer, mas isso é das maiores tretas que existe.
                  Então não conseguem ver, tantos e tantos homens de 40, 50 anos sozinhos, e nós ainda novos também não temos como é claro. Existe homens de varias idades sozinhos, alguns ainda perdidos na fantasia que um dia iram achar o amor, a coisa que não existe.
                  Se os velhos chegam a idade que chegam e não encontram o amor, quanto mais nós, e ainda é pior, porque ao sermos novos supostamente deveríamos ter mais facilidade, porque somos mais atraentes que os velhos.

                  A verdade, é que nós não conseguimos aceitar que o amor não existe. Mas, porque será que existe tanta gente que sofre com isto? Porque imaginar amar alguém como vemos nos filmes é realmente giro, mas pessoal, se esse amor realmente existi-se, não haveria filmes a relatar tal coisa. Os filmes são frutos do desejo de que tal existi-se. É o mesmo que eu agora, fizesse um filme romântico gay, da tal maneira que eu gostaria de ter. E é assim que nascem essas historias lindas nos filmes, que na realidade, não acontecem.

                  Agora se aparecer aqui alguém dizer que amor existe porque amou um rapaz, eu digo: Ilusão! É tudo uma ilusão que se cria no nosso anterior para não ver a realidade. O nosso cérebro tem essa capacidade. Se a relação acabar e voltarem a ver o suposto antigo amor, vão ver que não sentem nada e muitos até tem nojo , e ainda perguntam-se: Como namorei com aquilo? Pois, lá está, a ilusão, e a falta de carência, faz com que o nosso cérebro nos ilude e faz-nos querer acreditar que amamos uma pessoa.

                  Mas, os homens que só querem sexo, e que tem namorado, muitos deles procuram outro para algo a 3 ou mais. Porque sabem que não há propriamente amor, só há uma amizade, e aceitam as coisas como elas são. Ou vivem assim, ou então vivem como nós, deprimidos. E nós que tentamos criticar esses gajos, pensando que eles estão erradas e que nós, k acreditamos no amor, pensamos que estamos no caminho certo. Quem é que acaba por ficar mais deprimido e carente? Esses gajos, ou nós? Nós claro! Então, quem está mal na verdade são todos aqueles que acreditam no amor, e só quando nós perceber-mos isso, é que conseguiremos sentir-nos melhor. Eu que não queria sexo por sexo, acabo por ter que pensar duas vezes, porque também quero ser um homem estável como aqueles homens.

                  Pode ser triste, mas a vida é assim mesmo,
                  É triste de várias maneiras.

                  Tu estás tão agarrado à ideia que homem gay = sexoque deixas que isso se torne no teu único argumento.
                  É pura treta.
                  Eu sou gay e nunca fiz sexo com um estranho. Até à data só fiz sexo com 3 rapazes e em todos os casos estava numa relação com eles.
                  Se calhar nunca amaste ninguém realmente, eu admito que talvez nunca tenha amado tampouco, por isso achares uma ilusão, não podes generalizar lá porque tiveste uns quantos namoros que correram mal ou porque o que vês à tua volta são situações pontuais.
                  Como disse, eu namorei três vezes e ainda sou amigo dos meus ex; Não olho para trás com nojo.

                  Se te sentes tão mal como o ''mundo'' gay que te rodeia é porque te dás com o universo de pessoas errado. Não podes deixar que isso te abale.
                  Se um homem hetero pode amar porquê que um homem gay não pode? Lá por nunca teres amado porquê que os outros não hão de amar?
                  Nunca digas nunca;

                  concordo!

                  se calha ainda não conheceste a pessoa certa. tb existem mtos heteros que só estão interessados em sexo e não é por isso que deixam de existir casamentos e histórias de amor!

                    Sinto-me sozinho.. Carente...por fim farto da vida!
                    #9

                    Offline CineLorde

                    • *****
                    • Membro Ultra
                    • Género: Masculino
                    • Ren Visual
                    Se queres saber, estar no Alentejo ou na cidade nao faz diferença. Tudo depende de ti próprio. Chorar não soluciona nada e tens duas opçôes: ou optas por viver o resto da tua vida a sentir pena de ti mesmo, ou escolhes fazer mudanças. Não és feliz como estás, por isso o que é que podes perder em sair desse marasmo e iniciar um novo capítulo.

                       

                      Tópicos relacionados

                        Assunto / Iniciado por Respostas Última mensagem
                      42 Respostas
                      11328 Visualizações
                      Última mensagem 2 de Janeiro de 2018
                      por Atomic
                      753 Respostas
                      114688 Visualizações
                      Última mensagem Há 3 semanas
                      por unfold
                      O q fazer quando s está carente?

                      Iniciado por misundaztood* « 1 2 ... 83 84 » Apoio

                      1666 Respostas
                      230302 Visualizações
                      Última mensagem 23 de Março de 2013
                      por Oak
                      12 Respostas
                      7089 Visualizações
                      Última mensagem 18 de Julho de 2010
                      por fmateus
                      1 Respostas
                      1051 Visualizações
                      Última mensagem 6 de Março de 2016
                      por fmateus