a carregar...

rede ex aequo - associação de jovens lgbti e apoiantes

Esqueceste-te da password?

Eventos da rede ex aequo

Mantém-te a par dos eventos da rede ex aequo

  1. home
  2. eventos
  3. 4º ciclo de cinema LGBT

4º ciclo de cinema LGBT

  • Videoteca Municipal de Lisboa
    Largo do Calvário, 2 (Alcântara)
    link do local

    Instituto Português da Juventude
    Parque das Nações, Lisboa

    link do local

  • de: 30/03/2007 14:30

    a: 01/04/2007 23:00

    Consulta a descrição para mais detalhes

A rede ex aequo – associação de jovens lésbicas, gays, bissexuais, transgéneros e simpatizantes – após o sucesso das edições anteriores do seu ciclo de cinema LGBT em 2004, 2005 e 2006, editou em 2007 a 4ª edição deste evento.

Os objetivos deste ciclo são não só sensibilizar os jovens portugueses em geral para questões da homossexualidade, bissexualidade e transgenerismo, especialmente no que diz respeito à fase de "assumir-se para si próprio", mas também tornar disponível aos jovens LGBT (lésbicas, gays, bissexuais e transgéneros) ou com dúvidas histórias ligadas à questão da orientação sexual e/ou identidade de género que abordem estes temas. O período de consciencialização e desta aceitação perante si próprio é especial, delicado e por vezes difícil na vida da maioria dos jovens LGBT. Na realidade a homossexualidade não é uma ameaça, mas sim a sociedade homofóbica que em si representa um perigo grave para todos aqueles, especialmente os jovens, que no seu dia a dia sofrem com o isolamento, as ofensas físicas e/ou verbais e a consequente baixa autoestima e ideação/tentativas de suicídio que o preconceito e a não aceitação da diferença geram.

A rede ex aequo apresentou 5 sessões de filmes de temática LGBT durante os dias 30 e 31 de março e 1 de abril durante o período da tarde e noite com vista a possibilitar uma maior flexibilidade no horário da projeção de filmes. O ciclo foi inaugurado na sexta, 30 de março, pelas 14:30 na Videoteca Municipal e as restantes sessões decorreram no Instituto Português da Juventude no Parque das Nações (31 de março, sábado e 1 de abril, domingo).

[Tópico no Fórum]

 

Os filmes apresentados foram:

Sexta-Feira, 30 de março de 2007, 14h30
Videoteca Municipal de Lisboa

GET REAL (G)
Simon Shore, 108m, Reino Unido, 1998

Premiado em vários festivais de cinema este interessante filme conta-nos a história de Steve, um adolescente que encontra várias dificuldades em se assumir. Quando se apaixona pelo desportista da turma, descobre que surpreendentemente este sente o mesmo por ele.

Sábado, 31 de março de 2007, 14h00
Instituto Português da Juventude

DON'T YOU WORRY, IT WILL PROBABLY PASS (L)
Neant-Falk, 74m, Suécia, 2003

Um documentário em que três jovens suecas relatam as suas histórias de uma maneira tocante e comovente, mas ao mesmo tempo triunfante junto da comunidade LGBT e dos seus aliados.
É feito um retrato do sentimento de estranheza universal da adolescência, neste caso mais acentuada por ser homossexual e onde está presente a todo o momento a intolerância da sociedade.
Alguns dos momentos mais marcantes advêm do medo que estas três raparigas têm de se assumir aos pais. Este documentário acaba por se revelar uma boa abordagem sobre os direitos dos homossexuais.

Sábado, 31 de março de 2007, 16h30
Instituto Português da Juventude

SOMMERSTURM (G)
Marco Kreuzpaintner, 98m, Alemanha, 2004

Tobi e Achim são os amigos desde sempre e sentem que nada se pode atravessar no caminho da sua amizade. Esperam ansiosos por irem acampar no verão e ganhar a competição de remo no interior da Alemanha. Tobi está completamente céptico quanto ao relacionamento de Achim com a namorada e começa a aperceber-se dos seus sentimentos por Achim. Eis então que chega à competição uma equipa gay de Berlim e Tobi fica completamente confuso. Na noite antes da competição, a tempestade que se abate é muito mais do que metereológica… Uma história tocante sobre as complexidades de ser adolescente.

Domingo, 1 de abril de 2007, 16h00
Instituto Português da Juventude

BEAUTIFUL BOXER (T) (GL)
Ekachai Uekrongtham, 108m, Tailândia, 2003

Baseado na vida real de Parinya Charoenphol, um pugilista Muaythai que se submeteu a uma operação de mudança de sexo para se tornar mulher.
O filme relata a sua vida desde criança quando gostava de usar baton e flores até à sua carreira sensacional como kickboxer, cuja especialidade são os movimentos do boxe antigo de Muaythai que consegue executar com perícia e graça e por fim o confronto com a sua própria sexualidade que levou à sua operação de mudança de sexo.

Domingo, 1 de abril de 2007, 21h00
Instituto Português da Juventude

THE EDUCATION OF SHELBY KNOX (L)
Marion Lipschutz e Rose Rosenblatt, 76m, EUA, 2005

Um documentário que mostra a luta de uma adolescente pelo direito à educação sexual nas escolas públicas de Lubbcock, uma pequena cidade do Texas, onde os índices de gravidez na adolescência e contaminação por doenças sexualmente transmissíveis são alarmantes. A única tese de educação sexual neste local baseia-se na abstinência como única forma de evitar estes problemas. Shelby Knox luta contra a mente conservadora dos cidadãos, apesar de ela própria ter assumido o compromisso de se manter casta até o casamento. Esta adolescente acaba por se envolver com os direitos dos homossexuais, defendendo que o importante é informar as pessoas para que elas próprias sigam seus caminhos. Um filme simples e direto que vale a pena ser visto e discutido.

A rede ex aequo teve ainda espaços de debate de 30 minutos após a exibição de cada filme.

 

A entrada foi livre!

Os filmes foram legendados em inglês ou português.

 

Outros ciclos de cinema organizados: